Issuu on Google+

PaturĂş O patinho diferente

Polliana dos Santos Soares


Paturú O patinho diferente

Autora: Polliana dos Santos Soares Ilustração: Patrícia Costa


Era uma vez uma mam達e pata que estava anciosa esperando a vinda de seus filhotes. No ninho havia sete ovos. Todos os dias a mam達e pata cuidava com carinho de seus ovos. Entre os sete ovos havia um meio diferente, mas ela nem importava, estava mesmo preocupada com a chegada dos patinhos.


De tanto esperar... Chegou o dia. Foi aquela felicidade! Nasceram os patinhos! Havia 6 patinhos amarelinhos e um meio diferente. A mam達e pata estava t達o feliz com a chegada dos patinhos, que nem reparou que havia um diferente.


Todos os animais : o cachorro ,o gato , o peru , diziam; ___ Mas que bando de patinhos bonitinhos ! ___ Menos aquele ali , olha como anda ! ___ Que bico feio ! ___ Que cor estranha ! O patinho diferente , ouvia o que os animaizinhos diziam e ficava Muito triste


Um dia a mam達e pata levou seus patinhos para darem seu primeiro mergulho. A mam達e chamou de um em um para nadar. O patinho diferente ficou por ultimo. Os seis primeiros conseguiram, mas o patinho diferente, quando pulou para nadar, n達o conseguiu!


Ele cabisbaixo, ficou mais triste ainda. E todos ficaram rindo e zombando dele.


Em um certo dia, os patinhos resolveram brincar de esconde-esconde. E todos ficaram admirados com o patinho diferente pois ele conseguia se esconder em lugares muito alto. Por isso ninguĂŠm conseguia achĂĄ-lo. Ele era o melhor da brincadeira.


O tempo foi passando e as peninhas do patinho feio foram escurecendo até o patinho ficar todo pretinho. Todos ficaram admirados com aquela mudança. Os outros patinhos perguntavam: ___ Como você conseguiu fazer isso? ___ Você é mágico? ___ Que legal! Temos um irmãozinho diferente, nenhum outro patinho consegue mudar de cor. Com isso, o patinho diferente foi se animando, foi se sentindo melhor e mais feliz.


A mamãe patinha olhando tanta esperteza, resolveu insistir na idéia de ensiná-lo a nadar. E quando o jogou na água, sabe o que aconteceu? Ele voou, e voou bem alto! Todos ficaram surpresas olhando o patinho diferente voar. Neste dia, todos descobriram que ele não era um patinho, e sim um urubu, por isso que ele era diferente. A partir deste dia, ele foi morar com sua outra família, mas sempre que podia voltava para ver os patinhos e a mamãe pata. Agora ele era mais feliz ainda pois ele tinha duas famílias.


Paturu-O patinho diferente