Page 1

Í N D I C E

A Abandono, reclamações de má prática devido a, 51 Abordagem sem retalho na cirurgia de implante angulado guiada, 385 na elevação por balão de membrana antral, 225, 226f no conceito All-on-4, 442, 442f Abutment (pilar) de cicatrização, 31-32, 36f, 480f Abutment (pilar) Procera® de zircônia, 428f-429f Abutments (pilares) sob encomenda, 451-452, 451f-452f Abutments (pilares) UCLA, 452, 456, 461, 463f-464f Abutments (pilares), 31-32, 36f Atlantis™, 459, 459f cicatrização, 31-32, 36f, 480f fratura do, 480f gengiva e, 497 instrumentação, 498-499 na reconstrução com implante imediata à extração, 317, 318f-320f procedimentos laboratoriais envolvidos, 450-452, 451f-452f usina do (por?) computador, 154, 156f Accell®, 139t Achados negativos, documentação de, 43-44 Acidente vascular cerebral (AVC), falta de higiene devido a, 484f Ácido cítrico a 1% para procedimentos corretivos, 470 Ácido cítrico para procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 477f Ácido tranexâmico, 92 Ações estaduais de licenciamento administrativo, 43 Acoplamento, osso, 125f Administração de oxigênio hiperbárico, para paciente irradiado, 95, 356, 360 para crise hipertensiva, 86 Adrenalina, hipertensão e, 88-89 Agenda escrita para organização matinal, 35 Agenda para reunião matutina, 35 Agentes osteoatratores, 132-138, 133f-137f, 139t Agregação plaquetária na hemostasia, 91 AINEs (fármacos anti-inflamatórios não esteroidais), 91-92 Ajuste do implante, complicações associadas ao, 470, 477f, 479f Alanina aminotransferase (ALT), valores normais de, 61t Albumina, valores normais de, 61t Alegações de má prática, 48-51 Alinhamento, complicações do implante e falhas devido a, 470, 478f-479f. Ver também Posicionamento/colocação Aloenxerto dérmico acelular, 191, 192f em procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 474f Aloenxertos dérmicos, 191, 193f ALT (alanina aminotransferase), valores normais de, 61t Alta complexidade na restauração do arco maxilar total, 378-380, 380f AMBE (elevação por balão de membrana antral), 224-225, 224f-226f Aminoácido P-15, 138

Amoxicilina pós-operatória na cirurgia de levantamento de seio, 219 pré-operatória na cirurgia de levantamento de seio, 217 no enxerto ósseo, 278 Analgesia, pós-operatório na cirurgia de levantamento de seio, 219 no enxerto ósseo, 278 Anel de tecido mole, 170f Anestesia local em paciente diabético, 88 epinefrina no paciente medicamente complexo, 89-90 no paciente hipertenso, 88-89 para cirurgia de levantamento do seio, 217 para enxertos ósseos da sínfise da mandíbula, 279-280 para enxertos ósseos de ramo da mandíbula, 281 Anestesia no paciente diabético, 88 no paciente hipertenso, 89 para cirurgia de levantamento do seio, 217 para enxertos ósseos na sínfise da mandíbula, 279-280 para enxertos ósseos no ramo da mandíbula, 281 reclamações de má prática devido a complicações com, 49t uso de epinefrina (adrenalina) em pacientes medicamente complexos, 89-90 Antibióticos pós-operatórios na cirurgia de levantamento de seio, 219 pré-operatórios em procedimentos corretivos, 469-470, 474f na cirurgia de levantamento de seio, 217 no enxerto ósseo, 278 no paciente diabético, 87 no paciente tratado com bifosfonato, 93 Antro de Highmore. Ver Seio maxilar Antro maxilar anatomia cirúrgica do, 98-100 concentração de oxigênio no, 101 Antro, maxilar anatomia cirúrgica do, 98-100 concentração de oxigênio no, 101 Aplicação de escaneamento, 161-165 Apoio do lábio conceito All-on-4 e, 438t prótese maxilar fixa e, 252 Apresentação do caso, 29-31, 30f, 32f-35f no tratamento restaurador complexo com implante, 264 Arco extrafacial na elaboração do diagnóstico, 28-29 Ardeparina®, 92 Área pterigóidea, considerações anatômicas, 102-103, 104f-105f Área retromolar, considerações anatômicas para reconstrução com implante, 108f Arestin®. Ver Monociclina Armazenamento de casos, 35

503


504 Articulação temporomandibular (ATM) queixas de má prática envolvendo, 50 tomografia computadorizada cone beam em desordens da, 121, 122f Articulador semiajustável, 28, 28f, 65f Artrite reumatoide (RA), falta de higiene oral devido a, 484f Artrite, falta de higiene devido à, 484f As Good as New: A Consumer’s Guide to Dental Implant, 69f ASCs (células-tronco derivadas de adipócitos), 138 Aspartato aminotransferase (AST), valores normais de, 61t Aspectos econômicos da implantodontia, 14 Aspirado de medula óssea para cirurgia de levantamento do seio, 226, 227f Assistente “circulante”, 31 Assistente odontológico na manutenção do implante, 493t responsabilidades cirúrgicas do, 31-35, 36f-37f Assistente, clínico na manutenção do implante, 493t responsabilidades cirúrgicas do, 31-35, 36f-37f AST (aspartato aminotransferase), valores normais de, 61t Atrofia como complicação do implante subperiosteal, 56 mandibular posterior, lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual para, 232-250 maxilar, 309-312, 310f All-on-4 híbrido para, 436, 442-443, 443f-445f cirurgia de levantamento do seio para, 216-231 Dente em um Dia™ combinado ao Dente em uma hora™ para, 310-312, 311f implante zigomático para, 372-375 prótese fixa para, 251-259 Attachment (conexão) passivo tipo Lew, 323f-324f Augmen, 139t ? Augmentin®, 217, 219 Aumento da renda, necessidade e demanda para implante dentário e, 8-9, 9f-10f Aumento para prevenção da reabsorção óssea, 418 regeneração óssea guiada. Ver Regeneração óssea guiada (GBR) Autoconfiança/autoestima avaliação pré-operatória de, 63, 68f desfiguração facial e, 355 Auxiliar “estéril”, 31 Auxiliar cirúrgico, responsabilidades cirúrgicas de, 31-35, 36f-37f “Auxiliar que adiciona valor”, 32-34 Auxílio visual para educação do paciente, 64, 68f-69f Avaliação da dimensão vertical no conceito All-on-4, 438-439, 438f, 438t Avaliação dos sinais vitais na consulta inicial, 61 Avaliação consulta inicial na, 60-64 elaboração de diagnóstico, 25-28 laboratório, 28-29 na higiene pós-operatória e manejo do tecido, 492-494, 493b, 493t, 494f-495f na terapia complexa com implantes, 260-261 no Dente em um Dia®, 303, 303f no enxerto ósseo, 277-278, 277f-278f no implante imediato após extração, 316 educação do paciente, 64 história/estado dentário, 63

Índice

histórico da doença atual, 61 histórico médico, 61-63 queixa principal, 60 radiográfica, 110-123 Avaliação. Ver Avaliação Avitene®. Ver Hemostático de colágeno microfibrilar

B Baby-boomers, 7, 8f, 14 Bactéria associada à barreira de membrana, 192-193, 194f na peri-implantite, 493, 494f Bacteroides fragilis, 192 Barra de Linderman para colocação de implante e enxertos ósseos cicatrizados, 288 Barra de resina para prova, 456-457, 456f-457f Barra passiva tipo Lew, 458 Barra, 457-458, 458f colocação na prótese overdenture, 347f-348f complicações devido à desadaptação da prótese total, 481f de prova, 456f passiva tipo Lew, 458 zircônio, 458, 459f Barreira Atrisorb®, 188-190, 190f Barreira de membrana de ácido poliglicólico (PGA), 132 Barreira de membrana de ácido poliglicólico (PGA)/ácido poliático (PLA), 188, 189f Barreira de membrana de ácido polilático (PLA), 132 Barreira de membrana de poliglactina, 190, 191f Barreira de membrana de rede de celulose oxidada, 191-192 Barreira de tecido mole, 167-168 estudos clínicos na, 173-179, 174f-178f influência dos componentes transmucosos na, 168-170, 170f-172f Barreira membrana de ácido poliático, 186f-187f com ácido poliglicólico, 188, 189f Bilirrubina, total, valores normais de, 61t Biocoral®, 132 Bioglasses®, 132, 139t BioGran®, 139t Bioimplantes, 128-132, 129t alogênico, 130-131, 130f aloplástico, 132 autógeno, 129-130 cicatrização seguinte ao, 128 educação pré-operatória do paciente, 72 futuras inovações, 23 metas dos, 129 xenogeneico, 131-132 Bio-Oss®, 139t Bloqueadores do canal de cálcio, 89 BMPs. Ver Proteínas morfogênicas ósseas (BMPs) Bone Source®, 139t Brånemark, Per-Ingvar, 300 Brochura para educação do paciente, 64, 69f BT (tempo de sangramento), 91b

C CAD/CAM. Ver Desenho auxiliado por computador/manufatura auxiliada por computador (CAD/CAM) Cálcio, valores normais de, 61t Calendário de implantes, 35, 37f


Índice

Camada dupla na técnica de regeneração tecidual guiada, 205, 206f207f Canal alveolar, mandíbula posterior atrófica e, 233f-236f Canal incisivo, 100, 102f Canal mandibular, anatomia cirúrgica do, 107 Câncer bucal, implante zigomático no, 373f Câncer desfiguração facial devido ao tratamento de, 355-369 implante zigomático para, 372-376, 373f implante e, 94-95 pediátrico, 394-397, 396f-397f Canino direito decíduo retido exemplo de resultado bem-sucedido, 78f implante imediato após extração, 320, 321f-322f Canino direito decíduo, retido exemplo de resultado bem-sucedido, 78f implante imediato após extração, 320, 321f-322f Canino, decíduo direito retido exemplo de resultado bem-sucedido, 78f implante imediato após extração, 320, 321f-322f Cantiléver, comprimento excessivo do, 488f Carga estática, implante NobelActive™ e, 426, 427f Carga imediata, 301-302, 340-354 benefícios da, 314b da prótese fixa, 343, 346f da prótese overdenture, 347, 347f-348f de implante zigomático, 375, 375f definição de, 340-341 Dentes em um dia®, 302-306, 302f Dentes em uma Hora®, 306-309, 307f-310f em locais de extração, 347-349, 349f-351f. Ver também Implante imediato após extração evidência de, 301-302 exemplos iniciais de, 340, 341f-342f na restauração de um único dente, 343, 344f-345f no enxerto ósseo cicatrizado, 288 osseointegração e, 293 para maxila atrófica, 309-312, 310f, 375, 375f perda óssea e, 195 seleção do paciente, 341-343 tecnologia CAD/CAM na, 349-350, 352f-353f teoria do volume crítico de osso e, 417-418 avaliação inicial em, 303, 303f preparo inicial da conversão da prótese para, 303-304, 304f princípios de, 302-303 prótese temporária no, 305-306 protocolo cirúrgico, 304, 304f-305f restaurações permanentes suportadas por implante, 306f término da conversão de prótese para, 305, 305f Carga oclusal inicial, 340-341 Carga oclusal tardia, 341 Carga oclusal, 416 imediata, 340-341 inicial, 340-341 Carga distribuição com implante NobelActive®, 426 imediata. Ver Carga imediata remodelação e, 416 Cáries necessidade e demanda para implante dentário e, 9-13, 11f-13f perda dentária devido a, 1 Casquete de moldagem, 31-32, 36f

505 Causas nas leis para má prática, 42-43 Cavidade nasal, considerações anatômicas para reconstrução com implante, 102, 103f CBCT. Ver Tomografia computadorizada cone beam (CBCT) Células da linhagem óssea, 125, 126f Células no osso, 125, 125f Células-tronco derivadas de adipócitos (ASCs), 138 Células-tronco embrionárias humanas (hESCs), 138 Células-tronco embrionárias, 138 Células-tronco mesenquimais (MSCs), 138 Células-tronco na cicatrização óssea, 127, 128f para engenharia de tecidos, 138 Checagem da barra, 456-457, 456f Cicatrização atrasada seguinte à cirurgia de levantamento de seio, 219 Cicatrização na formação da barreira de tecido mole, 167 osseopromotores na, 136-138 seguinte à cirurgia de implante, 127-128, 128f seguinte à Piezocirurgia (Piezosurgery®), 404 tardia após cirurgia de levantamento do seio, 219 Cinzel para coleta de osso da tuberosidade, 279, 279f Cirurgia de implante guiada, 292-299, 294f-298f com implantes angulados, 384-386, 386f na carga imediata do implante, 345f Cirurgia de levantamento do seio, 216-231 anestesia para, 217 considerações anatômicas e biológicas, 216-217 educação pré-operatória do paciente, 71-72, 74f elevação da membrana Schneiderian na, 218 elevação por balão na, 224-225 enxerto na cavidade óssea na, 218, 221f incisão para, 217, 218f instruções pós-operatórias, 219 materiais de enxerto para, 225-226 na elevação da membrana com trépano, 221-224, 223f osteotomia bucal quadrilateral na, 217-218 para complicações associadas a, 219-221 perspectiva histórica, 216 preparação pré-operatória, 217 relatos de caso, 226-229 usando Mectron Piezosurgery®, 406, 410f Cirurgia avaliação do risco pré-cirúrgico, 61-63, 61b guiada, 292-299, 294f-298f imagem em 3D na, 153 preparo pré-operatório para. Ver Preparo pré-operatório Citocinas, 133 Classificação de risco pré-cirúrgico da American Society of Anesthesiologists (Sociedade Americana de Anestesiologistas), 61-63, 61b Clindamicina na cirurgia de levantamento de seio, 217, 219 Clopidogrel, 92 Cloreto, valores normais de, 61t Clube de Estudo de Seattle (Seattle Study Club), 20 Coágulo de fibrina na formação da barreira de tecido mole, 167, 170 Coágulo na formação da barreira de tecido mole, 167, 170, 172f Coágulo sanguíneo, na formação da barreira de tecido mole, 167, 170, 172f Cobertura de cicatrização na reconstrução de edêntulo parcial


506 moldeira aberta, 449-450 moldeira fechada, 448-449 na reconstrução de edêntulo total, 455-456 Cobertura do implante NobelActive™, 415-416 Cobranças, manejo do risco e, 41-42 Colágeno tipo I no osso, 125, 126f Colágeno como barreira de membrana, 185-186, 186f, 196-197, 196f em enxertos ósseos, 285, 287f estudo de caso, 201-209, 210f-211f na cirurgia de levantamento de seio, 219, 221, 222f tipo I no osso, 125, 126f Coleta do osso usando Mectron Piezosurgery®, 406, 407f-408f do sangue do paciente para produção de plasma rico em plaqueta, 72, 75f Collagraft®, 139t Colocação de Implante Virtual, 148 Competição entre dentistas, 41 Complicações iatrogênicas, 46 Complicações, 467-491 alinhamento e posicionamento do implante, 470, 478f-479f cirurgia subantral de levantamento do seio e enxerto, 219-221, 222f conceito All-on-4, 446 coroa e rebordo, 49 devido ao sistema de implante, 467, 468b documentação das, 44 explicação do profissional para o paciente, 45 extração, 50 fatores etiológicos em, 467, 468b fraturas e rachaduras, 470-478, 486f-488f frequentes, 52-58 iatrogênicas, 46 infecção, 470, 482f-483f lateralização do nervo alveolar inferior e distalização neurovascular mentual, 237, 247 lesão do nervo alveolar inferior, 478, 488f-489f manejo do risco para, 41 precisão e adequação, 470, 480f-481f problemas médicos e físicos, 470, 484f-485f protocolo para tratamento de, 469-470, 470b, 471f-477f relacionadas ao profissional, 468-469, 468b-469b, 469f relacionados ao paciente, 468, 468b tratamento de canal, 49-50 Composição química do implante, 168, 170-171 Comunicação com os pacientes documentação da, 44-45 para prevenção de reclamação de má prática, 41 com outros profissionais e cuidadores, 45 Conceito All-on-4 extramaxilar, 442-443, 443f, 445f taxas de sobrevida para, 446t Conceito All-on-4 híbrido, 437f, 442-443, 443f-445f Conceito All-on-4, 315f, 329-331, 334f-336f, 377, 435-447 complicações e terapia, 443, 446, 446f conceito de função imediata em, 435 conceito NobelGuide™, 442, 442f critérios de inclusão e exclusão para, 435-436, 436f-438f dados clínicos em relação ao, 442, 445t-446t extramaxilar, 442-443, 443f, 445f modificações de posição para, 380-381, 382f

Índice

planejamento do tratamento no, 437-438, 438f, 438t protocolo protético final, 442, 443f protocolo protético imediato, 440, 441f raciocínio clínico para, 435, 436f retalho, 437-440, 439f-441f taxa de sobrevida de implantes, 443, 445t-446t técnica de ancoragem extramaxilar e híbrida, 437f, 442-443, 443f445f vantagens do, 436-437 Concentração de oxigênio no antro, 101 Cone do implante NobelActive™, 415-416 Conector tipo barra, 457-458, 458f colocação na prótese overdenture, 347f-348f complicações devido a prótese total, 481f passiva tipo Lew, 458 prova, 456f zircônio, 458, 459f Conferência do planejamento do tratamento, 29 Configuração “M” modificada no conceito All-on-4, 380-381, 382f-383f Configuração “M” no conceito All-on-4, 380-381, 382f-383f Consentimento informado, 31, 72-76 fatores legais, 46 formato para, 32f-34f Consentimento, informado durante apresentação do caso, 31 fatores legais, 46 forma para, 32f-34f Considerações anatômicas, 98-109 área pterigóidea, 102-103, 104f-105f área retromolar, 107-108, 108f mandíbula, 103-107, 105f-108f maxila, 98-101, 99f-102f na cirurgia subantral de levantamento de seio e enxerto, 216-217 Consulta inicial, 60-64 educação do paciente na, 64 estado dentário na, 63 histórico da doença atual na, 61 histórico médico na, 61-63 no tratamento restaurador complexo com implante, 260-261 queixa principal na, 60-64 Consulta coordenador para, 26, 31 cuidado contínuo, 500 momento para, 30, 30f Consulta. Ver Consulta inicial Contagem de células brancas sanguíneas/leucócitos no paciente Contagem de células brancas sanguíneas/leucócitos no paciente tratado com quimioterapia, 95 Contagem de plaquetas avaliação pré-cirúrgica do, 91b no paciente tratado com quimioterapia, 95 Contaminação, formação de barreira de tecido mole e, 168-169 Conversão de prótese em Dente em um DiaV®, 303-305, 304f-305f Coodernador do implante (CI), 38 Corneto inferior, anatomia cirúrgica do, 100, 100f, 103f Coroa de porcelana fusionada ao metal (PFM) implante aparafusado com unitária, 460-461, 462f na reconstrução com implante imediata à extração, 317, 318f320f, 332f-333f Coroa PFM. Ver Coroa de porcelana fusionada ao metal (PFM)


Índice

Coroa metal fundido com porcelana implante aparafusado com unitária, 460-461, 462f na reconstrução com implante imediata após extração, 317, 318f-320f, 332f-333f reclamações de má prática devido a complicações com, 48t-49t, 49 Coroas de Procera® Zircônia, 428f-429f, 429 Coumadina. Ver Terapia com Varfarina Creatinina, valores normais de, 61t Crescimento da renda per capita, necessidade e demanda para implante dentário e, 8-9, 9f-10f Crescimento e composição da população, necessidade e demanda para implantes dentários e, 7-14, 7t, 8f Crescimento da implantodontia, 18, 18f-19f da mandíbula durante a infância, 390 da maxila durante a infância, 389-390 Crianças, 389-402 crescimento mandibular em, 390 crescimento maxilar em, 389-390 relatos de caso, 390-399 displasia ectodérmica anidrótica, 397-399, 398f-401f mandíbula edêntula, 394-397, 396f-397f oligodontia, 390-399, 391f-393f, 395f Crista do rebordo edêntulo, visibilidade da 255-256, 256f, 256t CT. Ver Tomografia computadorizada (CT) Cuidado contínuo, 500 na prótese overdenture, 37-38, 38f Cuidado domiciliar, 500-501 Curativo da ferida com colágeno reabsorvível, 196-197, 196f Cureta de resina, 499 Cureta para instrumentação em implante dentário, 498, 498f Cureta plástica, 499 Curetagem ultrassônica, 499 Custos na implantodontia na necessidade e demanda de implantes, 14 nos negócios em implantodontia, 18-20 CVA (acidente cerebrovascular), falta de higiene devido a, 484f

D Dados de base alterações nos, 492, 493b avaliação e documentação de, 498, 498b Danos em leis para má prática, 42-43 DBM. Ver Matriz óssea desmineralizada (DBM) Defeito auricular, desfigurante, 360, 361f-362f Defeito do compósito, prótese maxilar fixa, 254-255, 254f-255f, 255t Defeito nasal, desfigurante, 360-365, 363f-365f, 367f-368f Defeito orbital, desfigurante, 360, 361f-362f, 365, 366f Deiscência após cirurgia de levantamento de seio, 219 Deiscência da ferida após cirurgia de levantamento do seio, 219 Demanda para implantes dentários, 6 fatores que afetam, 7-14 melhora na tecnologia relacionada a implante dentário, 13 linha do tempo, 14 crescimento e composição da população, 7-14, 7t, 8f crescimento da renda per capita, 8-9, 9f-10f melhora na educação, 9, 11f cáries e perda dentária como, 11-13, 11f-13f Dente virtual, 151-152, 152f

507 Dente extração de. Ver Extrações natural versus implante dentário, 2f, 496-497 virtual, 151-152, 152f Dentes em dia®, 302-306, 302f avaliação inicial no, 303, 303f conversão da prótese para preparo inicial do, 304f término, 305, 305f para maxila atrófica, 310-312, 311f preparo inicial da conversão da prótese para, 303-304 princípios de direcionamento no, 302-303 prótese provisória no, 305-306 protocolo cirúrgico, 304, 304f-305f restaurações permanentes suportadas por implante no, 306f Dentes em uma hora®, 306-309, 307f-310f para maxila atrófica, 310-312, 311f relato de caso, 293-298 Dentista clínico-geral encaminhamento pelo, 20 implante realizado por, 18-19 Dentista da família, declínio do, 40 Dentista(s) competição entre, 41 complicações e falhas dos implantes devido a, 468-469, 468b469b, 469f família, recusa da, 40 na manutenção do implante, 493t visitante, 40 Depressão, desfiguração facial e, 355 Desbridamento, pós-cirúrgico, 498-499, 498f Desenho auxiliado por computador/manufatura auxiliada por computador (CAD/CAM) na carga imediata, 349-350, 352f-353f no conceito All-on-4, 442, 443f no Dente em um Dia®, 306 para desenho do abutment (pilar) Atlantis, 459 para fabricação de abutments (pilares), 451, 451f-452f para fabricação de barra de implante de zircônio, 458, 459f Desenho do implante carga imediata do implante e, 343 efeitos na formação de barreira de tecido mole, 169-170, 170f-171f higiene pós-cirúrgica e, 499-500 NobelActive™, 418-426, 419f Desenho transmucoso, efeitos na barreira tecido mole, 169-170, 170f-171f Desfiguração facial, 355-369 implante zigomático para, 371-376 implantes osseointegrados para, 358, 358f planejamento do tratamento, 359-360, 359f-360f reabilitação do paciente, 355-358, 356f-357f relatos de caso, 360-365 defeito nasal, 360-365, 363f-365f, 367f-368f defeito orbital, 360-365, 361f-362f, 366f Deslocamento de dente monocortical (MTD) e técnica de distração do ligamento (LD), 406, 411f Deslocamento no crescimento maxilar, 389 Deslocamento passivo no crescimento maxilar, 389 Despesas gerais em implantodontia, 19-20 Dexametasona, 278 Diagnóstico documentação do, 43-44 elaboração de, 25-28, 26f-27f


508 Diazepam no paciente hipertenso, 89 DICOM (imagem digital e comunicação na medicina), 148 Dieta controle no diabetes, 87 perda de dentes devido a, 1 Diferenciação de osteoblastos, 126 Dimensão vertical de oclusão (DVO), 28 Dióxido de carbono, valores normais de, 61t Discussão significativa, documentação da, 43-44 Discussão, significativa, documentação de, 43-44 Disfiguração. Ver Desfiguração facial Disostose cleidocraniana, 379f Displasia ectodérmica anidrótica, pediátrica, 397-399, 398f-401f Displasia ectodérmica, pediátrica, 397-399, 398f-401f Distalização do feixe neurovascular mentual, 232, 233f-236f, 244247, 248f-249f análise pré-operatória por tomografia computadorizada, 237-238, 239f anatomia do nervo e, 237, 238f educação pré-operatória do paciente, 72 indicações para, 232 limitações da, 232-237, 237f Documentação, 43 alteração de registros na, 45 da apresentação de casos, 31 da comunicação com pacientes, 44-45 da não colaboração, 44 do estado periodontal, 50 escopo dos registros na, 44 pontos práticos de manejo do risco na, 45-46 retenção de registros, 45 Doença bucal, perda dentária devido a, 1 Doutor. Ver Dentista(s) dPTFE (membranas de politetrafluoretileno de alta densidade), 197202, 197f-201f Drenagem linfática da cirurgia de levantamento do seio, 217 Drenagem venosa, maxilar, 98 Duplicador de prótese total Lang, 254-255, 255f Duplicadores, 254-255, 255f DVDs. Ver Vídeo DynaGraft Matrix™, 244, 244f DynaGraft™, 134f-136f, 329, 332f-333f

E Easy-Guide™, 148 Edema, seguinte à cirurgia de levantamento do seio, 219 Edentulismo parcial maxilar implante zigomático para, 376, 377f-378f implantes angulados para, 383, 384f procedimentos laboratoriais para reconstrução do, 448-453 impressão, 448-450 inserção, 453 restaurações cimentadas, 450-452 restaurações retidas por parafuso, 452 try-in (prova), 452 Edentulismo, procedimentos laboratoriais para reconstrução de, 448453 Educação nas faculdades, necessidade e demanda para implante dentário, 9, 11f Educação implantodontia

Índice

aumento de oportunidades para, 23 escolar, 22 melhora na população, necessidade e demanda para implantes dentários devido a, 9, 11f nos clubes de estudo, 20 paciente durante a consulta inicial, 64, 68f-69f manutenção do implante, 500-501 Efeitos cardíacos da norepinefrina e epinefrina, 90 Elasticidade, osso, implante NobelActive™ e, 425 Elevação da membrana central com trépano, 221-224, 223f Elevação por balão de membrana antral (AMBE), 224-225, 224f-226f estudo de caso, 226, 228f Elevação por balão na cirurgia de levantamento do seio, 224-225, 224f-226f estudo de caso, 226, 228f Embriologia do osso, 124 Endoscopia, anatomia nasal, 102, 103f Engenharia de tecidos, 138 Enoxaparina, 92 Entrevista. Ver Consulta inicial Enxaguante à base de clorexidina para manutenção do implante, 499 pré-operatório no enxerto ósseo, 278 Enxaguatórios antimicrobianos para higiene, 501-502, 501t clorexidina no enxerto ósseo, 278 para manutenção do implante, 499, 501-502 Enxerto da crista ilíaca, 226, 227f, 228 Enxerto em bloco monocortical utilizando Mectron Piezosurgery®, 405-406 Enxerto em ferradura de Brånemark, 258, 258f Enxerto em gengiva, livre, 278, 278f Enxerto esponjoso, 130 Enxerto gengival livre, 278, 278f Enxerto ósseo autógeno, 129-130, 129t biologia do, 276-277 na cirurgia de levantamento de seio, 225-226 Enxerto ósseo autógeno livre, 276 Enxerto ósseo autógeno não vascularizado, 129-130 Enxerto ósseo autógeno vascularizado, 129-130 Enxerto ósseo bovino, 131-132 Enxerto ósseo congelado fresco, 130 Enxerto ósseo derivado de bovino, 131-132 Enxerto ósseo onlay, 288, 289f Enxerto ósseo/enxertamento, 276-291 aloenxerto dérmico acelular, 191, 192f alogênico, 130-131, 130f aloplástico, 132 aumento de procedimentos, 22 autógeno, 129-130 avaliação pré-operatória, 277-278, 277f-278f biologia óssea e, 276-277 educação pré-operatória do paciente, 72 implantes instalados em alvéolos de dentes recém-extraídos, 288, 289f locais doadores, 278-284 ramo da mandíbula, 281-284, 282f-284f sínfise da mandíbula, 279-281, 280f-281f tuberosidade do maxilar, 278-279, 279f local receptor, 284-288, 285f-288f


Índice

negócios de implantodontia e, 22 no implante imediato após extração, 22, 314-315, 314b, 347 para cirurgia de levantamento do seio, 218, 221f, 225-226, 227f, 228 planejamento virtual do tratamento no, 154-161, 155f preparo do paciente, 278 reabsorção do, 276-277 triângulo ósseo (Triangle of Bone) e, 149 usando Mectron Piezosurgery®, 405-406 xenogeneico, 131-132 enxerto, 139t Enxerto/enxertamento, 276-291 aloenxerto dérmico acelular, 191, 192f alogênico, 130-131, 130f aloplástico, 132 aumento de procedimentos, 22 autógeno, 129-130 avaliação pré-operatória, 277-278, 277f-278f biologia óssea e, 276-277 colocação de implante na cicatrização, 288, 289f educação pré-operatória do paciente, 72 em procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 476f-477f locais doadores, 278-284 ramo da mandíbula, 281-284, 282f-284f sínfise da mandíbula, 279-281, 280f-281f tuberosidade do maxilar, 278-279, 279f local receptor, 284-288, 285f-288f na cirurgia de levantamento de seio, 218, 221f, 225-226, 227f, 228 negócios em implantodontia e, 22 no implante imediato após extração, 314-315, 314b, 325, 347 planejamento virtual do tratamento no, 154-161, 155f preparo do paciente, 278 reabsorção do, 276-277 tecido mole, 278, 278f triângulo ósseo (Triangle of Bone)e, 149 usando Mectron Piezosurgery®, 405-406 xenogeneico, 131-132 Epinefrina interação de fármacos anti-hipertensivos e, 89 na anestesia local hipertensão e, 88-89 para cirurgia de levantamento do seio, 217 para enxertos ósseos na sínfise da mandíbula, 279-280 para enxertos ósseos no ramo da mandíbula, 281 para paciente medicamente complicado, 89-90 Epitélio juncional, barreira de tecido mole e, 167 Epitélio, barreira de tecido mole e, 167 Equimose seguinte à cirurgia de levantamento do seio, 219 Equipe odontológica, 25-39, 68-71, 70f apresentação de caso para, 29-31 assistente clínico como membro da, 31-35, 36f-37f atendimento conforme reunião ou agenda matinal, 35 conceitos essenciais para membros da, 38 conferência do planejamento do tratamento e, 29 coordenação do implante na, 38 desempenho das funções, 38 elaboração do diagnóstico e, 25-28 higienista dentário como membro da, 35-38 manutenção pós-cirúrgica do implante e, 492 na manutenção do implante, 492, 493t no tratamento do paciente desfigurado, 28-29

509 no tratamento restaurador complexo com implante, 261 procedimentos laboratoriais e, 28-29 Equipe, odontológica, 25-39, 68-71, 70f apresentação de caso para, 29-31 atendimento matutino pelo, 35 auxiliar clínico como membro da, 31-35, 36f-37f conceito-chave para membros da, 38 conferência do planejamento do tratamento e, 29 coordenador do implante na, 38 desempenho das funções pelos, 38 higienista dental como membro da, 35-38 manutenção pós-cirúrgica do implante e, 492 na manutenção do implante, 492, 493t no tratamento do paciente desfigurado, 28-29 no tratamento restaurador complexo com implante, 261 procedimentos laboratoriais e, 28-29 processo diagnóstico e, 25-28 Escala de Hounsfield, 114 Escova de cerdas macias, 501, 501t Escova de dentes, 501, 501t Escova ultramacia, 501, 501t Escova ultrassônica, 501, 501t Escova unitufo interdental, 501, 501t Escova unitufo, 502f Esferas metálicas para marcação, 70-71, 72f-73f Especialistas encaminhamentos a, 20 grupos de estudo por, 20 Estabilidade carga imediata do implante e, 342 do implante NobelActive™, 418-419, 425-426 Estatuto de limitação, 47-48 Esterilização, formação de barreira de tecido mole e, 168-169 Estética considerações legais, 49, 57, 57f-58f desenho da prótese e, 499-500 no enxerto ósseo, 277 no implante imediato após extração, 316-317 no tratamento restaurador complexo com implante, 266, 268f Estrutura/ponte, 3f, 4-5 procedimentos laboratoriais para aparafusada, 460, 461f pilar de zircônio aparafusado com coroa Procera®, 462 pilar de zircônio aparafusado, 461-462, 463f-464f prótese unitária fixa aparafusada, 460-461, 462f reclamações de má prática devido a complicações com, 48t-49t, 49 Expansão do rebordo usando Mectron Piezosurgery®, 406, 409f-410f Expectativas do paciente discussão durante elaboração do diagnóstico, 28 ramificações legais das, 41 Exposição à radiação, 119-120, 120t Exsudato, purulento, 469-470, 474f Extração dentária. Ver Extrações Extração total, implante imediato após extração, 325, 326f-327f Extrações reabsorção de osso bucal seguinte a, 417 reclamações de má prática devido a complicações com, 49t, 50 regeneração tecidual guiada para prevenção de perda óssea seguinte a, 194-197 usando Mectron Piezosurgery®, 404-405, 405f


510 F Fabricação de software, 117, 118f Fabricação do implante. Ver Procedimentos laboratoriais Facilidade 11, 148 Faculdade, necessidade e demanda para implantes dentários, 9, 11f Fala, prótese maxilar fixa e, 252 Falha do implante, 467-491. Ver também Complicações alinhamento e posicionamento do implante na, 470, 478f-479f devido ao sistema de implante, 467, 468b fatores etiológicos na, 467, 468b fraturas e rachaduras na, 470-478, 486f-488f infecção na, 470, 482f-483f lesão do nervo alveolar inferior na, 478, 488f-489f má prática devido a, 52 precisão e ajuste da prótese em, 470, 480f-481f problemas médicos e físicos na, 470, 484f-485f protocolo para tratamento da, 469-470, 470b, 471f-477f relacionada ao paciente, 468, 468b relacionadas ao profissional, 468-469, 468b-469b Falta de colaboração documentação da, 44 perda óssea devido a, 475f Fármacos anti-hipertensivos, 89 Fármacos anti-inflamatórios não esteroidais (NSAIDs), 91-92 Fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGF) na cicatrização óssea, 127, 128f, 137 na formação óssea, 127 Fator de crescimento endotelial vascular (VEGF), 126-127 Fator de crescimento semelhante à insulina (IGF), 128f, 137 Fator de crescimento transformador beta (TGF- ß) na cicatrização óssea, 127, 128f, 136-137, 137f na formação óssea, 127 Piezocirurgia ( Piezosurgery®) e, 404 Fator de diferenciação do osteoclasto (ODF), 125 Fatores de crescimento de fibroblastos (FGFs), 127 Fatores de crescimento como osteoindutor, 133, 133f na cicatrização óssea, 127, 128f, 137 na formação óssea, 126-127 Fatores do hospedeiro na carga imediata de implante na, 342 Fatores endócrinos na formação óssea, 126 Fatores étnicos na necessidade e demanda para implante dentário, 7-8 Fatores intraoperatórios na falha do implante, 468, 469b, 469f Fatores pós-operatórios na falha do implante, 468-469, 469b Fatores pré-operatórios na falha do implante, 468, 468b, 469f Fatores raciais na necessidade e demanda para implante dentário, 7-8 Fatores relacionados à idade em implantes angulados, 384, 385f nas complicações, 470 no crescimento da população, 7, 7t, 8f no escore DMF, 11-13, 11f-13f Fatores relacionados ao gênero no índice CPO, 11, 11f Fatores sociais no manejo do risco, 40-41 Fechamento no enxerto ósseo da sínfise da mandíbula, 281 perda óssea e, 195 Feixe neurovascular mentual anatomia cirúrgica do, 106, 107f-108f tipo I versus tipo II, 237, 238f distalização do, 232, 233f-236f, 244-247, 248f-249f análise por tomografia computadorizada pré-operatória, 237-

Índice

238, 239f anatomia do nervo e, 237, 238f educação pré-operatória do paciente, 72 indicações para, 232 limitações do, 232-237, 237f sensação alterada devido ao implante, 237, 247 questões legais em relação a, 52 FGFs (fatores de crescimento de fibroblastos), 127 Fibras de Sharpey, 415 Fibrinólise, 91 Fichas de problemas sérios, 35, 37f Filamentos do implante NobelActive™, 419-421, 421f Filtros de celulose, 182 Financiamento, terceiros, 21, 31 Financimento de terceiros, 21, 31 Fio de náilon trançado, 501, 501t Fio dental, 501, 501t Fios, 501, 501t, 502f Fístula bucal, implante imediato pós-extração e, 329, 332f-333f Fístula, pré-molar com drenagem bucal, 329, 332f-333f Fita adesiva de retenção para prótese facial, 358, 358f Fixação com parafuso do enxerto ósseo, 284 colocação do implante seguinte à cicatrização e, 288, 289f Fixação do enxerto ósseo, 284 colocação de implante seguinte à cicatrização e, 288, 289f Fosfato tricálcico (TCP), 132 Fonética, prótese maxilar fixa e, 252 Forame incisivo, 100, 101f Forame mentual anatomia cirúrgica do, 106, 106f lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual e, 237 lesão ao, 478 mandíbula posterior atrófica e, 233f-236f Forma de avaliação cirúrgica, 29, 29f Formação de fibrina, 91 Formato de consentimento informado do ICOI (International Congress of Oral Implantologists), 32f-34f Formato de consentimento informado pelo International Congress of Oral Implantologists (ICOI), 32f-34f Fosfatase alcalina, valores normais de, 61t Fossa sublingual, anatomia cirúrgica da, 103, 105f Fotografia no processo diagnóstico, 26, 27f, 63, 66f-68f no tratamento restaurador complexo com implante, 261, 262f Fragmin®. Ver Ardeparina Fratura da mandíbula como risco na lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual, 237 devido à força excessiva durante a colocação, 468 do dente da maxila, implante imediato após extração para, 325, 328f-329f, 331 do implante, 57-58, 58f, 470-478, 486f-488f no conceito All-on-4, 446 subperiosteal, 56, 56f Função imediata, 435. Ver também Conceito All-on-4

G Ganz, Dr. Scott, 22-23 GBR. Ver Regeneração óssea guiada (GBR) Gem 21®, 139t


511

Índice

Gengiva marginal, manutenção do implante e, 496-497 Gengiva hipertrófica, no paciente hipertenso, 89 manutenção do implante e, 496-497 Geração dos baby boomers, demanda para implante entre, 18, 19f Gesso (emplastro) de Paris. Ver Sulfato de cálcio Glicocorticoides no enxerto ósseo, 278 Glicose monitoramento no paciente diabético, 87 valores normais da, 61t Globulina, cálculo, valores normais de, 61t Grafton®, 139t Grupos de estudo, 20 GTR. Ver Regeneração tecidual guiada (GTR) Guia cirúrgico, 73f Guia radiográfico no Dentes em uma Hora®, 307

H HA. Ver Hidroxiapatita (HA) Hapset, 139t HbA1c (hemoglobina glicada), monitoramento no paciente diabético, 87 HBO (oxigênio hiperbárico) para paciente irradiado, 95, 356, 360 Hemorragia, pós-cirúrgica, 468-469 Hemostasia no paciente medicamente complexo, 91-93 Hemostático de colágeno microfibular, 92-93 Heparinas de baixo peso molecular (LMWHs), 92 hESCs (células-tronco embrionárias humanas), 138 Hexakapron®. Ver Ácido tranexâmico Hidroxiapatita (HA), 132, 139t em procedimentos corretivos, 474f preservação do rebordo e, 195 Higiene bucal, 492-502 abordagem em equipe para, 492, 493t complicações devido à falta de, 483f-485f perspectiva do especialista na, 492-495 avaliação, 492-494, 493b, 493t, 494f-495f medição do sucesso e, 495, 495f-496f perspectiva do higienista em, 495-502 avaliação radiográfica, 498 cuidado contínuo, 500 cuidado domiciliar e educação do paciente, 500-501 cuidados com higiene, 501-502, 501t, 502f dentição natural versus implante dentário em, 496-497 desenho da prótese para maximização dos anestésicos, função e acesso à higiene, 499-500, 500f instrumentação e desbridamento do implante, 498-499, 498f499f programa de manutenção profissional, 497-498, 498b prótese maxilar fixa e, 253, 253f Higiene, 492-502 abordagem da equipe em, 492, 493t complicações devido à perda de, 483f-485f perspectiva do higienista em, 495-502 auxílio na higiene, 501-502, 501t, 502f avaliação radiográfica, 498 cuidado contínuo, 500 cuidado domiciliar e educação do paciente, 500-501 dentição natural versus implante dentário em, 496-497 desenho da prótese para maximização de anestésicos, função e acesso para higiene, 499-500, 500f instrumentação e desbridamento do implante, 498-499, 498f-

499f programa de manutenção profissional, 497-498, 498b perspectiva do profissional, 492-495 avaliação, 492-494, 493b, 493t, 494f-495f medição do sucesso, 495, 495f-496f prótese maxilar fixa e, 253, 253f Higiene, 501-502, 501t, 502f Higienista dental papel da equipe odontológica, 35-38, 37f-38f pós-cirúrgico, 493t, 495-502 avaliação radiográfica no, 498 continuidade do cuidado, 500 cuidado domiciliar e educação do paciente, 500-501 cuidados de higiene, 501-502, 501t, 502f dentição natural versus implante dentário, 496-497 desenho da prótese para maximização do acesso de anestésicos, higiene e função, 499-500, 500f instrumentação e desbridamento em implante, 498-499 programa de manutenção profissional em, 497-498, 498b Higienista papel na equipe odontológica, 35-38, 37f-38f papel pós-cirúrgico do, 493t, 495-502 avaliação radiográfica em, 498 cuidado contínuo, 500 cuidado domiciliar e educação do paciente, 500-501 cuidados da higiene, 501-502, 501t, 502f dentição natural versus implante dentário em 496-497 desenho da prótese para maximização de anestésicos, função e acesso para higiene, 499-500, 500f instrumentação e desbridamento do implante, 498-499 programa de manutenção profissional, 497-498, 498b Hipertensão ortostática, 89 Hipoglicemia, 87-88 Hipoxia na formação óssea, 127 História da implantodontia, 17-18 paciente doença atual, 61 médica, 61-63 odontológico, 63 História/estado dentário, 63, 63f-68f no tratamento restaurador complexo com implante, 261-262, 261f-263f Histórico médico, 61-63, 61b, 61t, 62f carga imediata do implante e, 342 HTR-PMI, 139t

I Idosos necessidade e demanda para implante dentário por, 7, 14 perda dentária em, 18, 19f IGF (fator de crescimento semelhante à insulina), 128f, 137 Imagem digital e comunicação na medicina (DICOM), 148 Implante de prótese total, 470, 477f, 479f Implante de terceira geração, necessidade para, 419b Implante de zircônio, aparafusado, 454f, 461-462, 463f-464f com coroa Procera® zircônia, 462, 464f Implante dentário. Ver Implante(s) Implante em 3D, 148 Implante imediato após extração, 313-339, 314b, 314t, 347-349, 349f-351f benefícios do, 314b


512 estética e, 316-317 exame e planejamento do tratamento em, 316 implante cônico para, 315, 315f implante NobelActive™ para, 315-316, 316f metodologia e diretrizes clínicas, 313-315, 314t procedimentos de enxertamento, 314-315, 314b qualidade óssea e, 316, 317f relatos de caso, 317-331 canino decíduo direito retido, 320, 321f-322f dente maxilar fraturado devido a queda, 325, 328f-329f extração total, alveoloplastia e reconstrução por implante, 325, 326f-327f fratura de incisivo maxilar, 331 perda mandibular devido a tabagismo, 320-325, 323f-324f pré-molar com drenagem por fístula bucal, 329, 332f-333f procedimento mandibular e maxilar All-on-4, 329-331, 334f-336f trauma em incisivo maxilar, 317-331, 318f-320f usando software SimPlant, 325-329, 330f-331f Implante intraoral de Brånemark, 371-376, 372f carga imediata do, 375, 375f modificações, 375-376, 376f para atrofia maxilar, 309-310 grave, 372-375 moderada, 375 para desfiguração facial, 360, 363f-365f, 365 para edentulismo parcial, 376, 377f-378f para maxila edêntula, 257, 258f para paciente com câncer, 372-376, 373f para trauma, 372, 374f Implante MKIII para desfiguração facial, 360 Implante NobelActive™, 414-434 conexão protética, 423-424, 424f core, 419, 419f-420f Corte reverso, 422, 422f-423f descrição técnica do, 418-424, 419f filamento, 419-421, 421f fisiologia óssea e, 415-416, 416f para implante imediato após extração, 315-316, 316f racionalização para e vantagens do, 424-426, 425f, 427f região apical, 421, 421f região coronal, 422-423, 423f relatos de caso, 426-432, 428f-433f requisições para, 418, 419b teoria do volume crítico de osso e, 415 observações clínicas que apoiam, 417-418 transmissão das forças para os dentes naturais e osso e, 416 Implante provisório imediato (IPI), 72, 76f Implante pterigóideo, 370-371, 371f Implante Replace Select Groovy, 317, 318f-320f Implante xenogeneico coral, 132 Implante zigomático, 371-376, 372f carga imediata do, 375, 375f modificações, 375-376, 376f no tratamento do câncer, 372-376, 373f para atrofia maxilar, 309-310 grave, 372-375 moderada, 375 para desfiguração facial, 363f-365f, 365 para edentulismo parcial, 376, 377f-378f para maxila edêntula, 257, 258f para trauma, 372, 374f

Índice

Implante(s), 5-6. Ver também tipos específicos abordagem da equipe, 492, 493t casos complexos envolvendo. Ver Tratamento restaurador complexo com implantes cobertura do seguro (plano de saúde) para, 20-21 componentes do, 31-32, 36f composição química do, efeitos na formação da barreira de tecido mole, 168, 170-171 de 600 d.C., 5, 5f definição, 1 demanda para crescimento do, 18, 18f-19f fatores que afetam, 7-14 dentição natural versus, 2f, 496-497 desenho do carga imediata do implante e, 343 efeitos na formação da barreira de tecido mole, 169-170, 170f-171f escala de saúde para, 493t falha do. Ver Falha do implante fratura do, 57-58, 58f, 470-478, 486f-488f no conceito All-on-4, 446 subperiosteal, 56, 56f higiene pós-cirúrgica e, 499-500 inserção e posicionamento do. Ver Posicionamento/colocação longevidade do, 38 manutenção pós-cirúrgica do, 492-502 avaliação e acompanhamento, 492-494, 493b, 493t, 494f-495f dentição natural versus implantes dentários, 496-497 função do higienista no, 495 medição do sucesso, 495, 495f-496f necessidade de, 6 fatores que afetam, 7-14 NobelActive™, 418-426, 419f novos investimentos em companhias associadas a, 18 prótese total desadaptada, 477f reclamações de má prática devido a complicações com, 48-49, 48t. Ver também Manejo do risco subperiosteal, 56, 56f transmandibular, 57 implantes agulhados tripoidais de Scialom Implantes angulados, 370-388. Ver também Conceito All-on-4 abordagem guiada de, 384-386, 386f arco da mandíbula, 377, 378f-379f arco da maxila, 377-380, 380f-382f considerações de posição, 380-381, 382f-383f fatores relacionados à idade, 384, 385f implante pterigóideo/tuberosidade, 370-371, 371f implante zigomático, 371-376 para edentulismo parcial, 383, 384f Implantes cerâmicos, 132, 139t, 174f-175f Implantes cônicos, 414. Implantes subperiosteais falhas, exemplo de tratamento bem-sucedido da, 80f para complicações associadas a, 56, 56f Implantes transmandibulares (TMI), para complicações associadas a, 44, 54f-55f, 57 Implantodontia auxiliada por computação, 22-23 clínicos gerais e especialistas em, 20


513

Índice

clubes de estudos em, 20 cobertura do seguro (plano de saúde), 20-21 como indústria global, 17, 18f crescimento da, 18-19, 18f-19f custos e despesas gerais em, 19-20 custos em, 18-20 demanda de pacientes em, 18 enxerto e desenvolvimento local, 22 fatores individuais que afetam, 21 financiamento de terceiros em, 21 história da, 17-18 inovações em, 23 internet e, 22 laboratórios odontológicos, 20 novos investimentos em, 18 projeções e predições em relação a, 23 treinamento em, 22 vendas representativas em, 21-22 Implantodontia auxiliada por computador, 22-23 módulos de software para, 116-119, 118f-119f para melhoramento de imagem 3-D, 110, 112f Impressão com moldeira aberta para reconstrução em edêntulo parcial, 449-450, 450f para reconstrução em edêntulo total, 455, 455f Impressão com moldeira fechada, 448-449, 449f Impressão com vinil polisiloxano (VPS), 26, 26f Impressão com VPS (Vinil polisiloxano), 26, 26f Impressões durante elaboração de diagnóstico inicial, 26, 26f formação de barreira de tecido mole, 170 no Dentes em um Dia®, 303 para reconstrução de edêntulo parcial, 448-450 moldeira aberta, 449-450, 450f moldeira fechada, 448-449, 449f para restauração de edêntulo total, 455-456, 455f Incisão ultrassônica. Ver Piezocirurgia (Piezosurgery®), Incisão para cirurgia de levantamento do seio, 217, 218f na elevação da membrana com trépano, 221, 223f na elevação por balão de membrana antral, 224, 224f para complicações associadas a, 219 para enxertos ósseos na sínfise da mandíbula, 279-280, 280f para enxertos ósseos no ramo da mandíbula, 281, 283 para lateralização do nervo alveolar inferior, 238-240, 240f Incisão, ultrassônica. Ver Piezocirurgia (Piezosurgery®) Incisivo maxilar fratura/trauma, implante imediato após extração para, 317-331, 318f-320f, 337f-338f lateral, congenitamente ausente, 147-154 Incisivo, maxilar fratura/trauma, implante imediato após extração para, 317-331, 318f-320f lateral, congenitamente ausente, 147-154 Índice cariados, perdidos, obturados (CPO), 11-12, 11f-12f Índice CPO (cariados, perdidos e obturados), 11-12, 11f-12f Índice internacional normalizado (INR), 91b, 92 Índice periodontal durante elaboração do diagnóstico inicial, 26-28 Inervação na cirurgia de levantamento de seio, 217 Infecção associada a membranas barreiras, 192-193, 194f pós-operatória, 54-55, 54f-55f, 470, 482f-483f

após a cirurgia de levantamento do seio, 221 peri-implantite, 493, 494f protocolo de tratamento, 469-470, 474f Infiltrado inflamatório desenho do implante e, 169 Informação por telefone, 26f Infuse®, 133, 139t Injeção de bupivacaína, como ferramenta de manejo de risco na lateralização do nervo alveolar inferior e distalização neurovascular mentual, 237 INR (Índice internacional normalizado), 91, 91b Inserção do tecido conjuntivo ao implante, 168 Inserção de restabelecimento em edêntulo parcial aparafusada, 453, 454f cimentada, 453, 454f de restabelecimento em edêntulo total, 465-466, 465f Insertos para dispositivo Piezosurgery®, 404 na preparação do local do implante, 411 Instruções pós-operatórias seguintes à cirurgia subantral de levantamento do seio e enxerto, 219 Instrumentação, pós-cirúrgica, 498-499, 498f-499f Instrumento com ponta de titânio, 499 Instrumentos para colocação do implante em enxerto ósseo cicatrizado, 288 para enxerto ósseo ramo da mandíbula, 282-283, 282f, 284f tuberosidade, 279, 279f para lateralização do nervo alveolar inferior, 240, 242f preparação pré-cirúrgica dos, 31 Insulinoterapia, 87 Internet, valores de implante na, 22 Investigação, resposta do dentista à, 46-47 Investimento em implantodontia, 18 IPI. Ver Implante provisório imediato (IPI) Irrigação, subgengival, 499

J Jig, 453, 454f

L Laboratório, dentário, 20 LD. Ver Técnica de deslocamento de dente monocortical (MTD) e distração do ligamento (LD) Lei de Wolff, 416 Leis, má prática, 42-43 Lençol de borracha no Dentes em um Dia®, 305, 305f Lesão aos nervos na lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual, 237 no enxerto ósseo na sínfise da mandíbula, 281, 281f no enxerto ósseo no ramo da mandíbula, 284 questões legais com, 52-53, 53f-54f Levenox®. Ver Enoxaparina Levin, Dr. Roger, 21 Ligamento periodontal (PDL) carga e, 416 fisiologia do, 415 osseointegração e, 497 Ligante RANK, 125 Ligante TRANCE, 125


514 Linha de transição, favorável versus desfavorável, 255-256, 256f, 256t Linha do sorriso, conceito All-on-4 e, 438t Linha oblíqua interna, anatomia cirúrgica da, 103, 106f Líquen plano erosivo, 484f Líquen plano, erosivo, 484f Lista de conferência pré-cirúrgica, 29 Lista de verificação diagnóstico e tratamento restaurador complexo com implante, 267f pré-cirúrgica, 29 Literatura para educação do paciente, 64, 69f LMWHs (heparina de baixo peso molecular), 92 Locais doadores, 278-284 autógeno, 129-130 ramo da mandíbula, 281-284, 282f-284f sínfise da mandíbula, 279-281, 280f-281f tuberosidade do maxilar, 278-279, 279f Local doador do ramo, 281-284, 282f-284f Local receptor para enxerto ósseo, 284-288, 285f-288f planejamento virtual do tratamento e, 159-161, 160f fratura do implante devido à profundidade inadequada do, 57-58, 58f, 487f-488f

M Má prática, 42-43. Ver também Manejo do risco acordos pagos para, 48, 49t-49t incidência de pagamentos realizados para solicitações de acordo, 49 prática de cobrança agressiva e, 41-42 Macrófagos na cicatrização óssea, 127, 128f Mandíbula edêntula carga imediata para prótese fixa, 343 prótese overdenture, 347f-348f pediátrica, relato de caso, 394-397, 396f-397f Mandíbula atrófica posterior, lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual para, 232-250 conceito All-on-4 para, 440 considerações anatômicas para reconstrução com implante, 103107, 105f-108f crescimento durante a infância, 390 edêntula. Ver Mandíbula edêntula fratura da devido à força excessiva durante a colocação, 468 na lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual, 237 implante imediato após extração para, 320-325, 323f-324f implantes angulados para, 377, 378f-379f Manejo do risco, 40-59 abandono e, 51 ações administrativas, 43 alegações frequentes, 48-58, 49t background, 40-42 consentimento informado, 46 considerações do seguro de responsabilidade profissional, 52 considerações financeiras do paciente e, 48 de complicações iatrogênicas, 46 documentação e manejo dos registros no, 43-48 estatuto de limitações, 47 expectativas do paciente e, 41

Índice

falha em referenciar, 51 fatores sociais, 40-41 leis para má prática odontológica, 42-43 prática de cobrança agressiva e, 41-42 resultados ruins e, 41 sindicância, 46-47 Manutenção do implante, 492-502 avaliação radiográfica, 498 avaliação, 492-494, 493b, 493t, 494f-495f cuidado contínuo, 500 cuidado domiciliar e educação do paciente, 500-501 cuidados na higiene, 501-502, 501t, 502f dentição natural versus implante dentário, 496-497 desenho protético para maximização de anestésicos, função e acesso à higiene, 499-500, 500f equipe odontológica para, 492, 493t instrumentação e desbridamento do implante, 498-499, 498f-499f mensuração do sucesso, 495, 495f-496f perspectiva do especialista na, 492-495 perspectiva do higienista em, 495-502 programa de manutenção profissional, 497-498, 498b Marius, 380, 380f Material de cimentação, formação de barreira de tecido mole e, 170, 172f Matriz óssea desmineralizada (DBM), 129t, 130-131, 131f, 139t Maxila edêntula cirurgia de levantamento do seio para, 216-231 implante zigomático para, 372-376, 375f, 377f-378f implantes angulados para, 383, 384f prótese fixa para, 251-259 carga imediata para, 343, 346f defeito do compósito e, 254-255, 254f-255f, 255t fatores para sucesso, 254-258 pré-planejamento do tratamento no, 252-253, 252f-253f prótese fixa suportada por implante na, 253, 254f restauração removível-fixa, 254, 254f restaurações metalocerâmicas na, 253, 253f visibilidade da crista residual e, 255-256, 256f, 256t zonas radiográficas da maxila e, 256-258, 256f-258f, 257t Maxila atrofiada, 309-312, 310f cirurgia de levantamento do seio para, 216-231 Dentes em um Dia® combinada a Dentes em um Hora para, 310-312, 311f implante zigomático para, 372-375 prótese fixa para, 251-259 técnica All-on-4 para, 436, 442-443, 443f-445f considerações anatômicas para reconstrução com implante, 98101, 99f-102f crescimento durante a infância, 389-390 edêntula. Ver Maxila edêntula implantes angulados para, 377-380, 380f-382f zonas radiográficas da, implantes sem enxerto e, 256-258, 256f258f, 257t Maxilectomia, 360-365, 363f-365f, 367f-368f, 373f Mectron Piezosurgery®. Ver Piezosurgery Membrana barreira de polímero líquido sintético (Atrisorb®), 188190, 190f Membrana de colágeno bovina, 185, 186f estudo de caso, 205-209, 210f-211f Membrana Schneiderian anatomia cirúrgica do, 98, 99f


515

Índice

elevação da, 218, 219f-220f perfuração usando Piezosurgery® para levantamento do seio, 406 Membranas barreiras biorreabsorvíveis, 185-192 ácido poliático, 186-188, 186f ácido poliglicólico e ácido poliático, 188, 189f aloenxerto dérmico acelular, 191, 192f colágeno, 185-186, 186f poliglactina, 190, 191f polímero líquido sintético (Atrisorb®), 188-190, 190f rede de celulose oxidada, 191-192 sulfato de cálcio, 190-191, 192f Membranas barreiras, 181-215 biorreabsorvíveis, 185-192 ácido poliático, 187-188 ácido poliglicólico e ácido poliático, 187 aloenxerto dérmico acelular, 191 colágeno, 185-186 malha de celulose oxidada, 191-192 poliglactina, 190 polímero líquido sintético (Atrisorb®), 188-190 sulfato de cálcio, 190-191 em enxertos ósseos, 285, 287f materiais utilizados para, 182-185 filtros de celulose, 182 membranas de politetrafluoretileno expandidas, 182-185 microbiologia associada a, 192-193 na reconstrução com implante imediata à extração, 314-315 para preservação do rebordo, 197-202 para prevenção de perda óssea pós-extração, 194-197, 196f relatos de caso, 202-213 seleção de, 193-194 Membranas barreiras, 181-215 biorreabsorvíveis, 185-192 ácido poliático, 186-188 ácido poliglicólico e ácido poliático, 187 aloenxerto dérmico acelular, 191 colágeno, 185-186 malha de celulose oxidada, 191-192 na cirurgia de levantamento de seio, 219, 222f poliglactina, 190 polímero líquido sintético (Atrisorb®), 188-190 sulfato de cálcio, 190-191 em enxertos ósseos, 285, 287f materiais utilizados para, 182-185 filtros de celulose, 182 membranas de politetrafluoretileno expandidas, 182-185 microbiologia associada a, 192-193 na reconstrução com implante imediata à extração, 314-315 para preservação do rebordo, 197-202 para prevenção de perda óssea pós-extração, 194-197, 196f relatos de caso, 201-213 seleção de, 193-194 Membranas de politetrafluoretileno de alta densidade (dPTFE), 183, 184f-185f, 197-202, 197f-201f estudos de caso, 205, 209-213, 212f-213f na técnica de regeneração do alvéolo aberto, 198, 199f-200f vantagens das, 202 Membranas de politetrafluoretileno expandidas (membranas ePTFE), 182-185, 83f-185f com ácido poliglicólico e ácido polilático, 187 microbiologia associada a, 192 perda óssea pós-extração e, 193, 195

Membranas de politetrafluoroetileno (PTFE) expandidas alta densidade. Ver Membranas de politetrafluoretileno de alta densidade (dPTFE) na regeneração tecidual guiada. Ver Membranas de politetrafluoretileno expandidas (membranas de ePTFE) Membranas ePTFE. Ver Membranas de politetrafluoretileno expandidas (membranas ePTFE) Microbiologia associada a barreiras de membrana, 192-193, 194f na peri-implantite, 494f Microcirurgia ortodôntica usando Mectron Piezosurgery®, 406, 411f Microfenda (microgap), desenho do implante e, 169 Micromovimento, carga imediata do implante e, 342 Microprecisão com Piezocirurgia (Piezosurgery®), 403 Microvibrações do dispositivo Piezosurgery®, 403 Minerais no osso, 126f Mini-implante, 13 Mobilidade, avaliação pós-operatória, 494, 495f Modelo cirúrgico, 31, 35f, 73f no conceito All-on-4, 442 Modelo de Lucite, 68f Modelo, cirúrgico, 31, 35f, 73f Modelos diagnósticos, 28, 28f, 30, 63, 65f no enxerto ósseo, 277 no tratamento restaurador complexo com implante, 261f Modelos, diagnósticos, 28, 28f, 30, 63, 65f no enxerto ósseo, 277 no tratamento restaurador complexo com implante, 261f Molar(es), mandibular anatomia cirúrgica do, 106-107, 108f enxerto no ramo da mandíbula na remoção do terceiro, 282-283 Moldagem para reconstrução em edêntulo parcial moldeira aberta, 449-450, 450f moldeira fechada, 448-449, 449f para reconstrução em edêntulo total, 455, 455f Moldes, diagnósticos, 28, 28f, 30, 63, 65f no enxerto ósseo, 277 no tratamento restaurador complexo com implante, 261f Monitoramento da hemoglobina glicada (HbA1c) no paciente diabético, 87 Monociclina para procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 477f Montagem de modelos de diagnóstico, 28, 28f, 63, 65f no tratamento restaurador complexo com implante, 261f MSCs (células-tronco mesenquimais), 138 MTD. Ver Deslocamento de dente monocortical (MTD) e técnica de distração ligamento (LD)

N National Practitioner Data Bank (NPDB), 49 Necessidade de implantes dentários, 6 fatores que afetam, 7-14 linha do tempo, 14 crescimento e composição da população, 7-14, 7t, 8f crescimento de renda per capita, 8-9, 9f-10f melhoria na realização educacional, 9, 11f cáries dentárias e perda dentária, 11-13, 11f-13f Necessidade e demanda futura para implante dentário, 1-16 Negócios em implantodontia, 17-24 Nervo alveolar inferior anatomia cirúrgica do, 106-107, 107f falha do implante devido a, 478, 488f-489f


516 lateralização do, 232, 233f-236f, 238-244, 240f-247f, 249f análise pré-operatória por tomografia computadorizada, 237238, 239f anatomia do nervo e, 237, 238f educação pré-operatória do paciente, 72 indicações para, 232 limitações do, 232-237, 237f lesão ao devido à lateralização, 237, 247 sensação alterada devido a, 52-53, 54f, 489f Nervo alveolar anatomia cirúrgica do, 106-107, 107f lateralização do, 232, 233f-236f, 238-244, 240f-247f, 249f análise pré-operatória por tomografia computadorizada, 237238, 239f anatomia nervosa e, 237, 238f educação pré-operatória do paciente, 72 indicações para, 232 limitações do, 232-237, 237f lesão ao devido à lateralização, 237, 247 falha do implante devido a, 478, 488f-489f no enxerto ósseo no ramo da mandíbula, 284 sensação alterada devido a, 52-53, 54f, 489f Nervo maxilar, 98 Nervos, lesão devido a enxerto ósseo na sínfise da mandíbula, 281, 281f devido à lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual, 237, 247 questões legais com, 52-53, 53f-54f Nitrogênio ureico, valores normais de, 61t Nitroglicerina para crise hipertensiva, 86 Nitroglicerina sublingual para crise hipertensiva, 86 NobelGuide™, 148 na cirurgia de implante guiada, 293 no conceito All-on-4, 442, 442f no Dentes em uma Hora, 308f Norepinefrina na anestesia local para paciente medicamente complicado, 89-90 Norian SRS, 139t Notas do progresso, 44 NPDB (National Practitioner Data Bank), 49 Núcleo do implante NobelActive™, 419, 419f-420f

O Obturador para desfiguração facial, 363f-365f, 365, 372, 373f Oclusão avaliação pós-operatória da, 494 conceito All-on-4 e, 438t dimensão vertical da, 28 ODF (fator de diferenciação dos osteoclastos), 125 Odontologia, implantodontia auxiliada pelo computador, 22-23 cobertura do seguro/plano de saúde, 20-21 como indústria global, 17, 18f crescimento da, 18-19, 18f-19f custos e despesas gerais em, 18-20 demanda de pacientes para, 18 enxerto e desenvolvimento local na, 22 fatores que afetam a prática individual, 21 financiamento de terceiros, 21 história de, 17-18

Índice

inovações na, 23 internet e, 22 laboratório odontológico, 20 mercados representativos, 21-22 novos investimentos em, 18 práticos e padrões de referência em, 20 projeções e predições em relação, 23 reuniões de estudo, 20 treinamento em, 22 Oligodontia, pediátrica, 390-399, 391f-393f, 395f ONJ (osteonecrose dos maxilares), relacionada ao bisfosfonato, 93-94 OP-1, 133, 134f-136f, 139t ORN (osteorradionecrose), 94-95 Ortodontia antes do tratamento com implante, 68, 70f reclamações de má prática envolvendo, 49t, 50 Ortoenxerto, 139t Osseointegração/implante osseointegrado, 5, 293 com implante NobelActive™, 425 diabetes e, 87-88 falha da, 300 ligamento periodontal e, 497 manutenção do implante e, 497-498 no paciente irradiado, 94-95 no paciente tratado com quimioterapia, 95 para desfiguração facial, 355-356, 358, 358f Osso alogênico liofilizado, 129t, 130, 130f desmineralizado, 130-131, 131f Osso alogênico, 129t, 130-131, 130f combinado com membrana colágena, 185-186 estudo de caso, 205-209, 210f-211f Osso alógeno, 139t Osso aloplástico, 129t, 132, 139t Osso compacto, 125, 415. Ver também Osso cortical carga imediata do implante e, 343 Osso cortical, 125, 126f, 129-130, 415 carga imediata do implante e, 343 enxertos, 285, 286f reabsorção de, 276-277 forças de carga e, 416 implante NobelActive™ e, 426 Osso fase I, 127-128 Osso lamelar/compactação, 128 Osso trabecular, 125, 126f, 415 carga e, 416 carga imediata do implante e, 343 reação ao implante, 418 Osso vertical maxilar, crescimento durante a infância, 389-390 qualidade do osso no implante imediato após extração e, 316, 317f Osso xenogeneico, 129t, 131-132, 139t Osso arquitetura do, 125, 126f celularidade do, 125, 125f células-tronco e efeitos da engenharia de tecidos no, 138 cicatrização do, 127-128, 128f osseopromotores no, 136-138 efeitos da carga no, 416 efeitos dos agentes osteoatratores no, 132-138 embriologia do, 124


517

Índice

fisiologia do, 415-416, 416f formação de, 125-127 implante NobelActive™ e fisiologia do, 415-416, 416f interdental, 417 qualidade do, implante imediato pós-extração e, 313, 316, 317f reabsorção do. Ver Reabsorção remoção usando Mectron Piezosurgery®, 405-406 triângulo ósseo (Triangle of Bone) na avaliação do, 149, 149b Osso/rebordo alveolar anatomia cirúrgica do, 98-100 expansão utilizando Mectron Piezosurgery®, 409f-410f preservação do membranas de politetrafluoretileno de alta densidade para, 197-202 meta de, 417 regeneração tecidual guiada para, 194-197 técnica de regeneração do alvéolo aberto para, 198-202 Osteoblastos, 125, 126f, 415 desenvolvimento embrionário dos, 124 diferenciação dos, 126 Osteócitos, 125 Osteoclastos, 125, 126f Osteodistração (osteogênese por distração), 418 OsteoGen®, 139t Osteogênese distração, teoria do volume crítico de osso e, 418 osso autógeno e, 129 OsteoGraft®, 139t Osteoindução, 132-133 Osteoindutores, 133-136 Osteonecrose dos maxilares (ONJ), relacionada ao bisfosfonato, 93-94 Osteonecrose dos maxilares, relacionada ao bisfosfonato, 93-94. Ver também Mandíbula; Maxila Osteopromotores, 136-138 Osteorradionecrose (ORN), 94-95 OsteoSet, 139t Osteotomia bucal na cirurgia subantral de levantamento de seio e enxerto, 217-218, 218f elevação por balão, 225 Osteotomia bucal quadrilateral, 217-218, 218f Osteotomia complicações devido a pouca ou excessiva, 468 na cirurgia de levantamento de seio, 217-218, 218f elevação por balão, 225 na distalização neurovascular mentual, 248f na lateralização do nervo alveolar inferior, 240, 241f no enxerto ósseo na sínfise da mandíbula, 280, 280f no enxerto ósseo no ramo da mandíbula, 281-282, 282f Piezocirurgia (Piezosurgery®) para características clínicas da, 403-404 dispositivo usado em, 404f ideia clínica e desenvolvimento da, 403 insertos usados em, 404 técnicas cirúrgicas, 404-411 Óstio acessório, 100, 100f-101f Óxido de alumínio, formação de barreira de tecido mole e, 170-171 Oxido nitroso e oxigênio no paciente hipertenso, 89 Oxigênio hiperbárico (HBO) para paciente irradiado, 95, 356, 360

P Paciente diabético, 87-88, 87f Paciente hipertenso, 88-89 Paciente irradiado, 94-95, 356 pediátrico, 394-397, 396f-397f Paciente medicamente complexo, 86-97 diabetes, 87-88, 87f hipertensão, 88-89 irradiação, 94-95 paciente tratado com bifosfonato, 93-94, 93f tendência de sangramento adquirida, 90-93, 91b, 91f uso de epinefrina na anestesia local para, 89-90 Paciente tratado com bifosfonato, 93-94, 93f Paciente tratado com quimioterapia, 95 Paciente apresentação do caso para o, 29-31 complicações e falhas do implante devido ao, 468, 468b comunicação com documentação do, 44-45 para evitar queixas de má prática, 41 considerações financeiras do, 48 discussão com o paciente durante o processo diagnóstico, 28 educação durante a consulta inicial, 64, 68f-69f expectativas do, 41 falta de colaboração do, 44 manutenção do implante e, 493t, 500-501 medicamente complexo. Ver Paciente medicamente complexo posicionamento do paciente na crise hipertensiva, 86 Padrão do cuidado, má prática e, 42 Pagamento opções apresentadas ao paciente, 31, 76 queixas de má prática devido à cobrança agressiva de, 47-48 Painel metabólico, 61t Papila, teoria do volume crítico de osso e, 417 Parafuso reforçado com membrana de alta densidade PTFE e titânio, 207-213, 212f-213f Parede bucal anatomia da, 415-416 reabsorção da, teoria do volume crítico de osso e, 417 PDGF. Ver Fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGF) PDL. Ver Ligamento periodontal (PDL) Penicilina, pré-operatória em procedimentos corretivos, 469-470 para cirurgia de levantamento do seio, 217 PepGen P-15®, 139t Perda dentária, 1-2 alteração da visão do paciente na responsabilidade para, 41 maxilar. Ver Maxila edêntula opções para recolocação seguinte a, 2, 492-493 em idosos, 18, 19f necessidade e demanda para implante dentário e, 9-13 Perda óssea aumento para prevenção de, 418 auxílio visual para educação do paciente, 38, 39f avaliação de, 494 como complicações do implante, 54-55, 55f, 471f-472f, 474f475f, 477f elevação do retalho e, 416 parede bucal, 417 prevenção de membranas de politetrafluoretileno de alta densidade para, 197-202


518 membranas de regeneração tecidual guiada para, 194-197, 196f técnica de regeneração do alvéolo aberto para, 198-202 teoria do volume crítico de osso e, 403, 417-418 Perfil da prótese, 253, 254f higiene e, 500, 500f Peri-implantite, 493, 494f papel da placa na, 497-498 Periodonto avaliação pós-cirúrgica do, 492 doença do, 1 reclamações de má prática devido à falha no diagnóstico e tratamento, 50 Perioglass®, 139t Periósteo, 415 PGA (ácido poliglicólico), 132 Phoenix, 139t Piezocirurgia (Piezosurgery®), 403-413 características clínicas do, 403-404 dispositivo usado na, 404f ideia clínica e desenvolvimento, 403 insertos usados em, 404 técnicas cirúrgicas, 404-411 evolução da, 411-412 expansão do rebordo, 406, 409f-410f extração dentária, 404-405, 405f levantamento do seio maxilar, 218, 220f, 406, 410f microcirurgia ortodôntica, 406, 411f preparação do local, 406-411, 412f remoção e enxerto ósseo, 405-406, 407f-408f Pilares pré-fabricados, 450-451, 451f Pixel, tomografia computadorizada, 114, 114f PLA (ácido poliláctico), 132 Placa radiográfica com sulfato de bário, 277, 277f Placa desenho do implante de acúmulo de, 169 manutenção do implante e, 497-498 Planejamento do tratamento. Ver também Planejamento/ desenvolvimento do caso considerações finais no, 71-76, 74f-85f documentação do, 44 envolvimento da equipe odontológica no, 68-71, 70f-74f na desfiguração facial, 359-360, 359f-360f no conceito All-on-4, 437-438, 438f, 438t no implante imediato após extração, 316 para prevenção da lesão do nervo, 52-53, 53f protocolo de planejamento de reabiliração edêntula clínica de Malo, 438t software para, 117-118, 119f-121f. Ver também Cirurgia de implante guiada virtual, 148-152, 151f, 154-161 Planejamento virtual do tratamento, 148-151, 154-161 Planejamento. Ver Planejamento do tratamento Planejamento/desenvolvimento do caso conferência do planejamento do tratamento, 29 consulta inicial em, 60-64 educação do paciente, 64 história/estado dentário, 63 histórico da doença atual, 61 histórico médico, 61-63 queixa principal, 60 documentação do, 44 elaboração de diagnóstico, 25-28

Índice

no tratamento restaurador complexo com implante, 262-263 para prevenção da lesão do nervo, 52-53, 53f pela equipe odontológica, 68-71 procedimentos laboratoriais em, 28-29 virtual, 148-152, 154-161 Plano de cera diagnóstico no enxerto ósseo, 277, 277f try-in (prova), 457, 458f Plano de orientação, 457, 457f Plano de tratamento do paciente, 30f Plasma rico em plaquetas (PRP) coleta a partir do sangue do paciente, 72, 75f como osteopromotor, 137-138 em procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 474f, 477f no Dente em um Dia®, 304 Plasma, rico em plaquetas coleta do sangue do paciente, 72, 75f como osteopromotor, 137-138 em procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 474f, 476f-477f no Dente em um Dia®, 304 Plavix®. Ver Clopidogrel Polimento do implante e abutment (pilar), 499 Polímeros, 132, 139t Polipeptídeos, 138 Política de satisfação garantida, 48 Política, responsabilidade profissional, 52 Pomada antimicrobiana para higiene, 501-502, 501t Ponte de Marius, 380, 380f Ponte Procera sobre Implantes (PIB), 423-424, 424f usinado de, 461, 463f-464f Pôntico, 417 Porphyromonas gingivalis, 193 Posicionamento/colocação cirurgia guiada para, 292-299 complicações e falha devido a, 470, 478f-479f do implante NobelActive™, 426, 427f fratura mandibular devido à força excessiva durante, 468, 469f na reconstrução com implante imediata à extração, 316-317, 317f no Conceito All-on-4, 436, 437f-438f, 442 híbrido, 437f mandibular, 440, 441f maxilar, 440, 441f modificações para, 380-381, 382f no Dente em um Dia®, 304, 304f prevenção da lesão ao nervo e, 53, 53f reabsorção mandibular e, 103-106, 106f software em, 154, 156f Potássio, valores normais de, 61t Pré-molar com drenagem por fístula bucal, implante imediato após extração, 329, 332f-333f segundo pré-molar ausente congenitamente, tratamento bemsucedido da, 78f Preparação pré-operatória para cirurgia subantral de levantamento do seio e enxerto, 217 responsabilidades do auxiliar clínico na, 31-35, 36f Preparo do local na lateralização do nervo alveolar inferior, 240-244, 242f na reconstrução com implante imediata à extração, 321f-324f negócios em implantodontia e, 22 para conceito All-on-4, 439-440 para implante NobelActive™, 425


519

Índice

reconstrução minimamente invasiva, 198-202 relato de caso, 201-205, 202f-204f usando Mectron Piezosurgery®, 406-411, 407f-408f, 412f usando membrana de colágeno bovina e osso alogênico, 205-209, 210f-211f Preservação da crista óssea com implante NobelActive™, 426 Preservação do rebordo membranas de politetrafluoretileno de alta densidade para, 197-202 metas de, 417 regeneração tecidual guiada para, 194-197 técnica de regeneração do alvéolo aberto para, 198-202 Pressão sanguínea, elevada, 88-89 Prevotella intermedia, 192 Problemas médicos, complicações devido a, 470, 484f-485f Procedimentos laboratoriais, 28-29, 28f, 448-466 complicações e falhas devido a, 470, 480f-481f manejo no consultório de, 35 reconstrução de edêntulo parcial, 448-453 impressão, 448-450 inserção, 453 restauração cimentada, 450-452 restaurações retidas por parafuso, 452 try-in (prova), 452 reconstrução de edêntulo total, 453-466 impressões, 455-456 inserção, 465-466 prova de infraestrutura, 462 prova de plano de cera, 457 relação cêntrica da mandíbula e barra de resina para prova, 456-457 restauração fixa aparafusada, 459-462 restauração fixa cimentada, 458-459 restauração overdenture removível, 457-458 Procedimentos ortognáticos, 68, 71f Procera® zircônia, 428f-429f formação de barreira de tecido mole e, 169-170 no Dente em um Dia®, 305, 305f ProOsteon®, 139t Proteína coagulação, na hemostasia, 91 morfogênica óssea, 126-127 total, valores normais de, 61t Proteínas da coagulação na hemostasia, 91 Proteínas morfogênicas ósseas (BMPs), 126-127 combinadas ao TGF-ß, 136-137 como osteoindutor, 133-136 piezocirurgia e, 404 Prótese aparafusada carga imediata da, 343, 344f para Dentes em dia®, 303-305, 304f-305f para edentulismo parcial higiene e, 500 inserção de, 453 procedimentos laboratoriais envolvidos, 452 para edentulismo total maxilar, 253, 253f procedimentos laboratoriais para, 459-462 Prótese fixa suportada por implante, maxilar, 253, 254f Prótese fixa, 4-5 carga imediata da, 343, 346f higiene e, 499-500, 500f

para maxila edêntula, 251-259 defeito do compósito e, 254-255, 254f-255f, 255t perfil protético, 253, 254f planejamento do pré-tratamento, 252-253, 252f removível, 254, 254f restauração metalocerâmica, 253, 253f visibilidade da crista do rebordo residual e, 255-256, 256f, 256t zonas radiográficas da maxila e, 256-258, 256f-258f, 257t para tratamento restaurador complexo com implante, 263 procedimentos laboratoriais para aparafusada, 459-462, 460f-464f cimentada, 458-459, 459f removível, 460, 460f provisória, 265, 265f-266f no enxerto ósseo, 285-288 Prótese híbrida, maxilar, 253 Prótese overdenture, 37f carga imediata da, 347, 347f-348f cuidado contínuo da, 37-38, 38f familiaridade do higienista com, 37 procedimentos laboratoriais envolvidos, 457-458, 458f Prótese parcial, 2-4 Prótese provisória. Ver Restauração provisória Prótese removível, 2-4 higiene e, 499-500, 500f overdenture, 37f cuidado contínuo da, 37-38, 38f familiaridade do higienista com, 37 para tratamento restaurador do implante complexo, 263 procedimentos laboratoriais envolvidos, 457-458, 458f sobre enxerto ósseo, 285-288 Prótese suportada por tecido, 2-4, 3f Prótese unitária, carga imediata para, 343, 344f-345f Próteses insatisfatórias, 4f prótese overdenture, 37f carga imediata, 347, 347f-348f continuidade do cuidado, 37-38, 38f familiaridade do higienista com, 37 procedimentos laboratoriais envolvidos, 457-458, 458f reclamações de má prática devido a complicações com, 48t-49t removíveis, 2-4 Protocolo de Planejamento de Reabilitação de Edêntulos (Edentulous Rehabilitation Planning Protocol), 437-438, 438t Protocolo de planejamento de reabilitação edêntula clínica Malo, 438t PRP. Ver Plasma rico em plaquetas (PRP) PT (tempo de protrombina), 91b PTFE. Ver membranas de politetrafluoroetileno (PTFE) PTT (tempo de tromboplastina parcial), 91b Puberdade, crescimento maxilar durante, 389 Punição devido a alteração de registros, 45 Puros, 139t

Q Quadro expositivo (Flip chart) para educação do paciente, 69f Qualidade do osso horizontal, implante imediato pós-extração e, 316 Quebra do implante, 470-478. Ver também Fratura Queixa principal, 60-64 no tratamento restaurador complexo com implante, 260 Questionamento do paciente durante o processo diagnóstico, 28 Questionário de histórico de saúde, 62f


520 Questões financeiras, 47-48 ações legais e, 47-48 opções de pagamento, 31, 76 Questões legais. Ver Manejo do risco

R RA (artrite reumatoide), falta de higiene devido a, 484f Radiografia cefalométrica lateral no acompanhamento diagnóstico, 63, 64f Radiografia cefalométrica na elaboração do diagnóstico, 63, 64f Radiografia digital bidimensional, 110-113, 111f-112f, 114f na elaboração do diagnóstico, 63, 64f-65f tridimensional. Ver Tomografia computadorizada cone beam (CBCT) vantagens e desvantagens da, 118-119 Radiografia oclusal na elaboração do diagnóstico, 63, 64f Radiografia panorâmica, 110-113, 111f-112f exposição à radiação depois do, 120t na elaboração do diagnóstico, 28, 63, 63f, 74f no Dente em um Dia®, 303, 303f no tratamento restaurador complexo com implante, 262f Radiografia periapical, 110-113 no processo diagnóstico, 63, 64f Radiografia, 110-123 aplicações de software, 110, 112f, 116-119, 118f-121f benefícios após a colocação do implante, 121-122, 122f digital bidimensional, 110-113, 111f-112f exposição à radiação e, 119-120, 120t imagem em 3-D cone beam, 111f-112f, 115-116, 115f-117f,122 marcadores e guias para, 70-71, 72f-73f na avaliação do enxerto ósseo, 277, 277f na avaliação pós-operatória e manutenção, 494, 498 na elaboração do diagnóstico, 28 no Dentes em um Dia®, 303, 303f no planejamento do caso, 63, 63f-65f no tratamento restaurador complexo com implante, 261, 262f queixas de má prática envolvendo, 50-51 tomografia computadorizada, 113-115, 114f. Ver também Tomografia computadorizada (CT) vantagens e desvantagens da digital, 118-119 Radioterapia, 94-95, 356 pediátrica, 394-397, 396f-397f Ramo da mandíbula, como local doador, 281-284, 282f-284f Raspagens para manutenção do implante, 499 Reabsorção aumento para prevenção da, 418 do enxerto ósseo, 276-277 elevação do retalho e, 416 mandibular, anatomia cirúrgica, 103-106, 106f parede bucal, 417 teoria do volume crítico de osso e, 403, 417-418 Reações liquenoides, 89 Receitas, 18 Reconstrução para edêntulo total, procedimentos laboratoriais para, 453-466 impressão, 455-456 inserção, 465-466 prova de barra de resina e relação cêntrica maxilar, 456-457 prova de plano de cera, 457 prova de subestrutura, 462

Índice

restauração fixa aparafusada, 459-462 restauração fixa cimentada, 458-459 restauração removível overdenture, 457-458 Rede de zircônio, 454f restauração aparafusada, 452 try-in (prova), 452 Reembolso/indenização, 20-21 Referências para especialistas em implante, 20 queixas de má prática associadas a falha em relação, 51 Regeneração óssea guiada (GBR), 194-197, 196f em enxertos ósseos, 285, 287f membranas de politetrafluoretileno de alta densidade para, 197-202 membranas teciduais para, 194-197, 196f na cirurgia de levantamento de seio, 218, 221, 221f-222f perda óssea pós-extração e, 195 relatos de caso, 205, 208f-209f, 209-213, 212f-213f Regeneração óssea guiada, 194-197, 196f membranas de politetrafluoretileno de alta densidade para, 197202 membranas teciduais para, 194-197, 196f relatos de caso, 205, 208f-209f, 209-213, 212f-213f produtos para, 128-132, 129t, 139t autógeno, 129-130 metas de, 129 Regeneração tecidual guiada (GTR), 181, 182f materiais utilizados para, 181-185 filtros de celulose, 182 membranas de politetrafluoretileno expandidas, 182-185 membranas biorreabsorvíveis para, 185-192 ácido poliático, 186-188 ácido poliglicólico e ácido poliático, 188 aloenxerto dérmico acelular, 191 colágeno, 185-186 poliglactina, 190 polímero líquido sintético (Atrisorb®), 188-190 rede de celulose oxidada, 191-192 sulfato de cálcio, 190-191 microbiologia associada a, 192-193 relatos de caso, 205-209, 206f-207f, 210f-211f seleção de membrana para, 193-194 Registro. Ver também Documentação alterações do, 45 documentação do estado periodontal no, 50 escopo do, 44 itens para serem incluídos no, 43-44 retenção do, 45 sindicância para, 46-47 Relato clínico. Ver Relatos de caso Relatos de caso armazenamento de, 35 implante imediato após extração, 317-331 na ausência congênita de incisivos laterais maxilares, 147-154 na cirurgia de levantamento de seio e enxerto, 226-229, 228f-230f na desfiguração facial, 360-365 na formação de barreira de tecido mole, 173-179, 174f-178f na reconstrução do alvéolo minimamente invasiva, 202-205, 202f204f na regeneração óssea guiada, 205, 208f-209f na regeneração tecidual guiada, 205, 206f-207f no implante NobelActive™, 426-432


Índice

no tratamento pediátrico, 390-399 no tratamento restaurador complexo com implante, 266-273, 268f-273f Remodelação, 128, 128f desenho do implante e, 169 força da carga e, 416 perda óssea e, 494 Réplica do implante, 31-32, 36f Representantes de vendas, 21-22 Responsabilidade do seguro, 51-52 Responsabilidade pessoal, declínio da, 41 Restauração com barra de implante de zircônio, 458, 459f Restauração com barra sobre implante, 457-458, 458f zircônio, 458, 459f Restauração imediata não funcional, 340-341 Restauração inicial não funcional, 341 Restauração metalocerâmica para maxila edêntula, 253, 253f Restauração provisória educação pré-operatória do paciente, 72, 76f formação de barreira de tecido mole e, 170 no Conceito All-on-4, 440 no Dentes em um Dia®, 305-306, 306f no enxerto ósseo, 285-288, 288f no implante pterigóideo, 371f no implante zigomático, 375f no tratamento restaurador complexo com implante, 264-266, 264f-266f Restauração. Ver Implante(s); tipos específicos Restaurações cimentadas para edentulismo parcial higiene e, 500, 500f inserção de, 453, 454f para edentulismo total maxilar, 253, 253f procedimentos laboratoriais para, 458-459, 459f procedimentos laboratoriais para, 450-452, 451f-452f Resultados bem-sucedidos, 77f-85f Resultados documentação de, 43 exemplos bem-sucedidos, 77f-85f Retalho em enxertos ósseos, 285, 288f em procedimentos corretivos, 470, 471f-472f, 476f na lateralização do nervo alveolar inferior, 240 no conceito All-on-4, 438-440, 439f-441f reabsorção e elevação do, 416 Retenção adesiva de prótese facial, 358, 358f Retorno venoso na cirurgia subantral de levantamento de seio e enxerto, 217 Retrator de nervo com gancho, 240, 242f Reunião matinal, 35 Risco, pré-cirúrgico, 61-63, 61b Role-playing (desempenho das funções em educação) pelos membros da equipe, 38 Rompimento, membrana, 219, 221, 222f Runx-2/Cbfa-1, 126

S Salina em procedimentos corretivos, 470, 471f-472f na elevação por balão de membrana antral, 224f, 225 Sangue, coletado do paciente, 75f

521 Sedação para paciente diabético, 88 para paciente hipertenso, 89 Sedação consciente no paciente hipertenso, 89 Seguro de responsabilidade profissional, 51-52 Seguro/Seguradora (convênios/planos de saúde) cobertura para implantes dentários, 20-21 pagamentos de ações por negligência pela, 49 responsabilidade profissional, 51-52 Seio maxilar anatomia cirúrgica do, 98-100, 99f expansão causada pela perda dentária, 98-100, 99f levantamento cirúrgico do. Ver Cirurgia de levantamento do seio morfologia do, 216-217 questões legais associadas a complicações e falha, 55-56, 55f Sensação alterada, 52-53, 53f-54f, 489f devido a enxerto ósseo na sínfise da mandíbula, 281, 281f devido a enxerto ósseo no ramo da mandíbula, 284 devido à lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual, 237 Sensação, alterada, 52-53, 53f-54f, 489f na lateralização do nervo alveolar inferior ou distalização neurovascular mentual, 237 no enxerto ósseo na sínfise da mandíbula, 281, 281f no enxerto ósseo no ramo da mandíbula, 284 Septo nasal, anatomia cirúrgica do, 100, 102f-103f Septo antral, na cirurgia de levantamento de seio, 221 nasal, anatomia cirúrgica do, 102f Serviços legais, disponibilidade de, 41 Síndrome da secura bucal, 89 Sínfise da mandíbula anatomia cirúrgica da, 99f, 103 como local doador, 279-281, 280f-281f Sínfise, mandibular anatomia cirúrgica da, 99f, 103 como local doador, 279-281, 280f-281f Sintograft™, 139t Sistema Atlantis®, 451, 451f, 459, 459f Sistema cardiovascular, efeitos da norepinefrina e epinefrina no, 90 Sistema de codificação em cores, 35 Sistema de extração X-Trac, 314 Sistema de Havers, 415 Sistema Nobel Biocare™, 451-452, 452f Sódio, valores normais de, 61t Software, 110, 112f-113f, 116-119, 119f, 148 fabricação, 117, 118f no processo diagnóstico e planejamento cirúrgico, 63, 64f, 117-118, 119f-121f para melhoria da TC e TCCB, 110, 112f, 146-147, 154-161 Software SimPlant® na lateralização do nervo alveolar inferior e distalização mentual neurovascular, 238, 239f no implante imediato após extração, 325-329, 330f-331f no processo diagnóstico e planejamento cirúrgico, 64f, 73f Solda, osso, 23 Soldagem óssea, 23 Sondagem do implante dentário perspectiva do especialista, 493-494, 494f perspectiva do higienista, 498 profundidade da, 168


522 Staphylococcus intermedius, 192 Stent de implante, 454, 455f Stent, implante, 454, 455f Streptococcus mutans, 193 Streptococcus pneumoniae, 192 subestrutura, 486f Sulco no implante NobelActive™, 425, 425f Sulfato de cálcio, 132 para regeneração tecidual guiada, 191f-192f, 196 Superfamília do fator de crescimento transformador beta (TGF- ß), 133, 133f Superfície de contato/superfície de ancoragem com implante NobelActive™, 425, 425f Superfície do implante sulcada, 315, 316f Superfície do implante carga imediata e, 301-302, 343 formação de barreira de tecido mole e, 168-169, 171-173 NobelActive™, 419f, 425, 425f textura, na reconstrução com implante imediata à extração, 315 zigomático, 371-372, 372f Superfície TiUnite do implante NobelActive™, 425, 425f Suprimento arterial na cirurgia subantral de levantamento de seio e enxerto, 217. Ver também Suprimento sanguíneo Suprimento e demanda para implantes dentários, 6-7 Suprimento sanguíneo manutenção do implante e, 497 na cirurgia subantral de levantamento de seio e enxerto, 217 para o osso, 415 teoria do volume ósseo crítico e, 403 Suprimento vascular na cirurgia subantral de levantamento de seio e enxerto, 217 para o osso, 415

T Tabagismo cicatrização tardia devido a, 219 perda devido a, implante imediato após extração para, 320-325, 323f-324f, 326f-327f seguinte ao enxerto ósseo, 288 Taxa de 10 anos de sucesso para implantes, 38 Taxa de 5 anos de sucesso de implantes, 5 Taxas de sobrevida. Ver Taxas de sucesso Taxas de sucesso, 5, 38, 445t-446t para conceito All-on-4, 443, 445t-446t TCP (fosfato tricálcico), 132 Tecido de tecido não queratinizado, 493, 493b Tecido mole abordagem em equipe para, 492, 493t alterações pós-operatórias no, 168 avaliação pré-operatória e enxerto ósseo, 278, 278f ceratinizado versus não queratinizado, 493, 493b enxerto de, 278, 278f imagem do software potencializado, 110, 112f-113f tomografia computadorizada cone beam, 110, 113f manejo pós-cirúrgico do, 492-502 avaliação na, 492-495, 493b, 493t, 494f-496f avaliação radiográfica na, 498 cuidado contínuo, 500 cuidado domiciliar e educação do paciente na, 500-501 dentição natural versus implante dentários, 496-497 desenho da prótese para maximização de anestésicos, função e

Índice

acesso para higiene na, 499-500, 500f higiene na síndrome da imunodeficiência adquirida, 501-502, 501t, 502f instrumentação e desbridamento do implante na, 498-499, 498f-499f papel do higienista na, 495 programa de manutenção profissional para, 497-498, 498b remoção em procedimentos corretivos, 469-470, 471f-472f, 477f Tecido mole ceratinizado higiene e, 499 vantagens do, 493, 493b Tecido mole peri-implantar, 167-180 higiene para, 501 Técnica de preservação do rebordo, 199f-200f Técnica de regeneração do alvéolo aberto, 198-202, 199f-201f Técnica do alvéolo (slot) como modificação do implante zigomático, 375-376, 376f Técnica do alvéolo de Stella e Warner, 375-376, 376f Técnico laboratorial, papel na manutenção do implante, 493t Tecnologia, melhora na, 13 Temperatura, complicações devido à temperatura elevada, 468, 469f Tempo de protrombina (PT), 91b Tempo de sangramento (BT), 91b Tempo de tromboplastina parcial (PTT), 91b Tendência a sangramento, adquirida, 90-93, 91b, 91f Tendência de sangramento adquirida, 90-93, 91b, 91f Teoria CBV. Ver Teoria do volume ósseo crítico (CBV) Teoria do volume ósseo crítico (CBV), 415 observações clínicas que apoiam, 417-418 Terapia anticoagulante oral, 90-91 Terapia anticoagulante, 90-93 Terapia antiplaquetária, 90-92 Terapia com ácido acetilsalicílico (Aspirina®), 91-92 Terapia com ácido acetilsalicílico, 91-92 Terapia com varfarina, 91 Terceiro molar, enxerto no ramo da mandíbula na remoção do, 282283 Testemunho de especialistas nos casos de má prática, 42 Testes laboratoriais em tendência a sangramento adquirida, 91b na avaliação pré-cirúrgica, 61t TGF- ß. Ver Fator de crescimento transformador beta (TGF-ß). Ticlopidina (Ticlid®), 92 Titânio carga imediata do implantes e, 340 formação de barreira de tecido mole e, 168, 170-171, 172f para reforço de membranas de politetrafluoroetileno, 182-183, 183f-184f estudos de caso, 205, 208f-209f, 209-213, 212f-213f microbiologia associada a, 192 polimento do, 499 restaurações fixas e, 459, 460f TMI. Ver Implantes transmandibulares (TMI) TMJ. Ver Articulação temporomandibular (ATM) TOB. Ver Triângulo ósseo (Triangle of Bone)(TOB) Tomografia computadorizada (TC), 113-115 na cirurgia de implante guiada, 293. Ver também Cirurgia de implante guiada na Dente em uma Hora®, 307, 308f na lateralização do nervo alveolar inferior e distalização neurovascular mentual, 237-238, 239f no enxerto ósseo, 277, 277f


523

Índice

no tratamento restaurador complexo com implante, 261-262, 263f realce no software, 146-147 visão axial, 150, 150f Tomografia computadorizada cone beam (CBCT), 111f-113f, 115116, 115f-117f benefícios além da colocação do implante, 122f exposição à radiação depois do, 119-120, 120t melhora no software, 110, 112f, 116-119, 146-147 na elaboração do diagnóstico, 63f no planejamento do tratamento, 150-152, 151f-153f, 154-161, 155f precauções, 122 scanner para, 63f triângulo ósseo (Triangle of Bone) e, 148-149 vantagens e desvantagens do, 118-119 vista axial, 150, 150f visualização bidimensional versus, 111f-112f Tomografia computadorizada cone beam I-CAT, 63f, 116f. Ver também Tomografia computadorizada cone beam (CBCT) Tomografia computadorizada espiral, 115 Tomografia computadorizada helicoidal, 115 Torque carga imediata do implante e, 342 fratura do implante devido a excessivo, 57, 58f, 487f-488f implante NobelActive™ e, 426, 427f Tratamento abandono do, 51 documentação do, 44 exemplos bem-sucedidos, 77f-85f Tratamento de emergência em crise hipertensiva, 89 para paciente diabético, 88 relacionado a vasoconstritores, 90b Tratamento endodôntico, reclamações de má prática devido a complicações com, 49t, 49-50 Tratamento restaurador complexo com implante, 260-275 apresentação do tratamento em, 264 avaliação do paciente em, 260-261 avaliação odontológica na, 261-262, 261f-263f estética em tecido mole, 266 estudos de caso para, 266-273, 268f-273f lista de verificação de diagnóstico e tratamento para, 266, 267f planejamento do caso, 262-263 provisionalização no, 264-266, 264f-266f Trauma desfiguração facial devido a, 355-369 implante zigomático para, 372, 374f Treinamento na tomografia computadorizada cone beam, 116 para implantodontia, 22 Triângulo ósseo (Triangle of Bone)(TOB), 148-150, 148f, 149b Triazolam, 89 TrueBone®, 139t Try-in (prova) da subestrutura, 462, 464f do restabelecimento de edêntulo parcial, 452 prova do plano de cera, 457, 458f Tubérculos genianos mandibulares, anatomia cirúrgica dos, 103, 105f-106f Tuberosidade do maxilar como local doador, 278-279, 279f implante pterigóideo e, 370

Tuberosidade, maxilar coleta óssea da, 278-279, 279f implante pterigóideo e, 370 Tumor, desfiguração facial devido a tratamento de, 355-369 implante zigomático para, 372-376, 373f

U UCLA, 452, 456, 461, 463f-464f

V Valores da unidade Hounsfield na imagem 3D interativa, 150-151 Valva cardíaca protética, 92 Valva cardíaca, protética mecânica, 92 Válvula cardíaca protética mecânica, 92 Vasoconstrição na hemostasia, 91 Vasoconstritores na anestesia local para paciente medicamente complicado, 89-90 VDO. Ver Dimensão vertical de oclusão (DVO) VEGF (fator de crescimento endotelial vascular), 126-127 Ver também Implante NobelActive™ para implante imediato após extração, 315, 315f Triângulo ósseo (Triangle of Bone)e, 149 Vestibuloplastia, 72, 75f Via nervosa mentual do tipo I de Solar, 237, 238f Via nervosa mentual do tipo II de Solar, 237, 238f Via nervosa mentual tipo I, 237, 238f Via nervosa mentual tipo II, 237, 238f Vídeo educação/informação do paciente, 35, 64 mostrando perda óssea pós-operatória, 39f Visão axial na tomografia computadorizada e tomografia computadorizada cone beam, 150, 150f Visibilidade da crista do rebordo residual, 255-256, 256f, 256t Visibilidade durante a piezosurgery, 404 Visualização bidimensional digital, 110-113, 118-119 vantagens e desvantagens da, 118-119 imagem 3-D cone beam versus, 111f-112f Vitamina A na formação óssea, 126 Volume de corpo estranho do implante NobelActive™, 425 Volume do implante/volume de corpo estranho com implante NobelActive™, 425 Voxel, 114, 114f

W Websites, vendas de implantes em, 22

X Xerostomia, 89

Z Zircônio formação de barreira de tecido mole e, 170-171 restaurações fixas, 459, 460f Zonas da maxila enxerto ósseo e, 277 prótese fixa e, 256-258, 256f-258f, 257t Zonas radiográficas da maxila, 256-258, 256f-258f, 257t

Pe19cap31  

OAISNFOAISNFOIASF,AOSIFNAOSIFN

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you