Page 9

8

Hoje o grupo é formado por 08 meninas e 07 meninos com idades entre 08 e 15 anos. Ainda em 2004, consolidamos dois projetos de Teatro dentro da São Luís. Em junho apresentamos a peça do Padroeiro dos Adolescentes São Luís Gonzaga, idéia esta de dois adolescentes que nos procurou para apresentá-la após a missa dedicada ao Santo na sua festa de morte. O Auto de Natal, Natal Jesus Minha Alegria, é apresentado no dia de Natal às 18h numa área descampada em frente à comunidade. O cenário é construído pelo próprio grupo com a ajuda dos moradores que emprestam ripas, madeira, carro de mão, telhas e diversos materiais para construímos as casas de Maria e Isabel, empreitada esta que dura uma semana. Desde 2005, temos contado com o apoio da FUNJOPE no que se refere à iluminação, sonorização, folders do Auto e do uniforme utilizado nas aulas. A gravação do auto é feita no estúdio de gravação do Departamento de Comunicação da UFPB. Nosso processo de trabalho é acompanhado pela Profª. Dra. Ciane Fernandes e pelo Prof. Everaldo Vasconcelos, importantes elos de irmandade Laban com quem tenho dividido nossas conquistas, desafios, angústias e alegrias inerentes ao processo de trabalho do grupo. Ao final de cada semestre o Grupo se reúne com as mães para fazer uma avaliação do trabalho desenvolvido e ouvir o que cada mãe tem a dizer da experiência superada a cada encontro. Esta é a oportunidade das mães que praticamente mal falavam em nossas reuniões, se sentirem mais a vontade de se colocarem expressando a mudança positiva no desenvolvimento dos seus filhos, ajudado pelo teatro.

Alfabetizando através do Sistema Laban A idéia de unir as partituras de movimento criadas por Rudolf von Laban conhecida em seu Sistema pelas Formas Cristalinas ao Alfabeto, originou-se a partir da realidade apresentada dentro do grupo; quando descobri que várias crianças e adolescentes não sabiam algumas letras do alfabeto, alguns dias da semana e meses do ano. Senti-me angustiada e constrangida diante do quadro, ou seja, a perversidade do descaso educacional diante dos meus olhos junto àquelas crianças indefesas, as maiores vítimas da exclusão social. Então, para facilitar a memorização dos textos da peça, no caso São Luís, aproveitei os

Gipe cit 19 (tradução de artigo)  

Ciane Fernandes Tradução: Melina Scialom SEM PERDA DE MEMÓRIA: UMA EXPLORAÇÃO COREOGRÁFICA

Advertisement