Page 172

171

minha sensação de peso forte. A repetição da frase do balanço gerou o momentum para a mudança gradual do peso leve para o forte, com o suporte de outras dinâmicas intercambiáveis de foco (direto na abertura inicial e no fechamento final das pernas e indireto na abertura), de tempo (rápido na abertura e sustentado no fechamento) e do fluxo (livre na abertura e controlado no fechamento).

Seqüência D'' Do impulso em minhas pernas (impulso apaixonado) eu ajoelho e realizo o movimento da “cauda de baleia”, agora somente três vezes. Para me ajoelhar, utilizo os Bartenieff Fundamentals (queda dos joelhos e deslize lateral da pélvis), mudanças em qualidades expressivas (em sua maioria impulsos apaixonados), suporte respiratório e muscular profundo, e intenção espacial (vide a notação do lado esquerdo da próxima Descrição Vertical de Motivo, correspondente à Seqüência A' & D'', Levantando, p. 173).

Seqüência A' A frase que se segue utiliza o tema esforço/recuperação. O movimento da baleia me leva à posição em pé na vertical com peso forte, fluxo livre e tempo acelerado (impulso apaixonado “esforço”) num foco direto e peso leve (estado estável “recuperação”). É um momento muito poderoso. Em um movimento espiralado ao longo de um percurso transverso, todo meu corpo é levado ao seu centro vertical com tensão espacial transversa e com forte suporte respiratório e muscular profundo. Esta integração é feita através de organizações corporais sobrepostas - homólogo, homolateral, e contralateral - apoiadas pelas conexões ósseas cabeça-cauda/cóccix e cauda-calcanhar, intenção espacial, Bartenieff Fundamentals (elevação da coxa e círculo do braço) e intensa expressividade. Minha atitude corporal usual tinha uma ênfase vertical para o alto com uso limitado das dinâmicas de peso forte e fluxo livre. Na Escala Pessoal, o trabalho no chão permitiu ao meu corpo sair de sua verticalidade, experienciando também o peso forte e o fluxo livre. Nesta frase A', sou capaz de deixar o chão e me levantar, indo para uma ênfase vertical mantendo as conexões corporais, a forma tridimensional e a relação com o espaço, integrando também dinâmicas intensas e diversas.

Gipe cit 19 (tradução de artigo)  

Ciane Fernandes Tradução: Melina Scialom SEM PERDA DE MEMÓRIA: UMA EXPLORAÇÃO COREOGRÁFICA

Advertisement