Page 162

161

de meu padrão inicial de busca compulsiva. A princípio, um padrão competitivo compulsivo foi baseado num relacionamento de tempo linear, partindo de um passado acabado para um presente efêmero (não experimentado verdadeiramente), em direção ao futuro ideal. Durante as explorações de Sem Perda de Memória, a repetição estabeleceu uma nova estrutura, onde existe somente um presente experienciado e contínuo; o futuro está constantemente se tornando presente e o passado retroativo está constantemente sendo reconstruído através de sua presente repetição/ transformação nos movimentos corporais. Neste sentido, o passado não é inconscientemente repetido no presente, mas trabalhado e transformado no futuro, se tornando presente (LACAN 1975, 158). A estrutura linear anterior, orientada para um objetivo, se tornou tridimensional enfocando o processo. A Lemniscate ou Anel de Moebius tornou-se o símbolo deste processo, implicando em transições e percursos e não em objetivos finais, representando continuidade com transformação. Esta forma também representa um diálogo constante, um relacionamento dinâmico contínuo e não oposicional entre elementos cruciais neste processo: peso forte e leve, fluxo livre e controlado, interno e externo, corpo e mente (conectado através das emoções música), forma e significado, estética e terapia, dor e paixão. A forma da Lemniscate também representa uma qualidade de forma tridimensional (“esculpindo o ambiente”, desafiando meus padrões individualistas e lineares de filosofia e movimento), a cintura pélvica (a estrutura óssea do centro de peso e gravidade), a tridimensionalidade dos órgãos do corpo e suas interações complexas relacionadas às funções corporais e alinhamento corporal que providencia a distribuição apropriada de peso e a conexão cabeçacauda. A Lemniscate é uma imagem usada em LMA para facilitar o alinhamento dinâmico (outro princípio de Bartenieff) através de uma linha imaginária que conecta parte de cima e parte de baixo do corpo, viajando para frente por cima da cabeça, cruzando pelo centro do corpo, descendo pela coluna lombar, subindo pelo abdômen, atravessando pelo centro até a coluna torácica, nuca, e reiniciando o ciclo. Este ciclo pode crescer até incluir o centro da terra e parte do céu. A repetição é um tema importante em Sem Perda de Memória. Meus padrões lineares iniciais eram repetitivos de forma compulsiva, isto é, eu tendia a repetir os mesmos movimentos dentro da limitada possibilidade estabelecida

Gipe cit 19 (tradução de artigo)  
Gipe cit 19 (tradução de artigo)  

Ciane Fernandes Tradução: Melina Scialom SEM PERDA DE MEMÓRIA: UMA EXPLORAÇÃO COREOGRÁFICA

Advertisement