Page 160

159

Oito ou do infinito. Criado a partir da junção de duas extremidades de uma faixa, torcendo-se uma delas, este anel não possui separação entre dentro e fora. Ao percorrermos uma das suas faces, desembocaremos na outra e vice-versa. É o que Laban denominou de Lemniscate, em movimentos como se as pessoas “tivessem o desejo de abrigarem-se num plano curvo ou numa banda arcada, ou de afagá-la. ... [em] formas de linha dupla traçadas no espaço, em concordância, por duas partes do membro em movimento ou pelo torso (LABAN 1976, 97-8). O material de movimento previamente concebido começou a adquirir forma na seqüência dos Fundamentos Bartenieff em dezembro de 1993, e durante o período de janeiro de 1994, na Escala Pessoal. As sessões de movimento genuíno me levaram ao aumento de consciência corporal. Comecei a me sentir e a me perceber: o meu lado pessoal interno do relacionamento interno-externo. Ainda não era capaz de abrir meus olhos e me tornar direta ou indireta em relação ao espaço (o externo) sem imediatamente desconectar do meu senso corporal. A Escala Pessoal foi um exercício de integrar minhas sensações corporais de peso adicionadas à forma fluida e suporte da respiração no espaço, associando as quatro categorias de LMA. Representou o diálogo corpo-mente na Lemniscate, que aconteceu através do envolvimento pessoal trazido pela música. Oceano, de Caetano Veloso, fala do deserto e do oceano, imagens que associei, respectivamente, aos impulsos mágico (peso, fluxo e peso, sem variação de tempo) e apaixonado (peso, fluxo e tempo, sem foco). Estes dois impulsos chamaram minha atenção por não possuírem os dois fatores mais presentes em minha preferência (foco e tempo), e por sua ênfase nos fatores que mais me faltavam (peso e fluxo). Na Escala Pessoal eu inicialmente trabalhei com meus olhos fechados, deixando o movimento crescer dos sentimentos (fluxo) e sensações (peso), em sua maioria em estado onírico (fluxo e peso), e forma fluida em direção às linhas do espaço com forma tridimensional. Tornou-se uma seqüência permeada por exercícios, variações e princípios de Bartenieff, principalmente o suporte respiratório e a intenção espacial. Esta última difere dos pontos no espaço (categoria Espaço) ou das qualidades de direto ou indireto (categoria Expressividade), pois não diz respeito nem ao espaço físico nem a qualidades

Gipe cit 19 (tradução de artigo)  

Ciane Fernandes Tradução: Melina Scialom SEM PERDA DE MEMÓRIA: UMA EXPLORAÇÃO COREOGRÁFICA

Gipe cit 19 (tradução de artigo)  

Ciane Fernandes Tradução: Melina Scialom SEM PERDA DE MEMÓRIA: UMA EXPLORAÇÃO COREOGRÁFICA

Advertisement