Page 1

NST ER Communication and Branding Coordinator 2012

Paulo Marcos Pereira dos Santos


Agenda • Global Personnel – Expatriação e programas de trainees no exterior

• New Leadership Activation – Formação de líderes jovens

• Company without borders – Investimento em atividades sociais globais


Global Personnel

Expatriação e programas de trainees no exterior


Global Personnel Público Alvo

Expatriação

Organizações que desejam expatriar colaboradores; Organizações que desejam enviar, em caráter temporário, colaboradores para organizações parceiras em outros países; Organizações que desejam elaborar programas de trainee com experiência internacional.

Organização define o destino desejado (é necessário que haja um escritório da AIESEC); Organização define o colaborador que será enviado (é necessário que ele passe no processo de seleção de membros da AIESEC); Envio.


Global Personnel Trainees no exterior •

A organização oferta uma vaga de trainee em um escritório no exterior; O processo seletivo da AIESEC é incluído como parte do processo de admissão; Após o período, o trainee tem a possibilidade de retornar ao seu escritório de origem e ser contratado permanentemente.


Global Personnel - SWOT Forças

Fraquezas

• •

Empresa retém talentos; Mais intercâmbios com menor necessidade de promoção para estudantes; Perfil aderente com a organização (uma vez que ela que fará a indicação do EP); Muito mais barato do que processos comuns de expatriação.

Pouco flexível no contexto da AIESEC (como depende muito da organização, não há como fazer match manias, task forces e iniciativas do gênero para aumentar a performance).


Global Personnel - SWOT Oportunidades

Ameaças

Fortalecer parcerias existentes (unidades de fora do país deverão ter parcerias com as entidades locais da AIESEC para viabilizar o envio do EP); Expansão de mercado (trará novas organizações para a AIESEC).

• •

Necessidade de entregas de alta qualidade; Necessidade de excelentes coperações entre entidades; Atrito no caso de reprovação do candidato indicado pela organização; Mais burocracia.


Global Personnel – Exemplos de Viabilidade GCDP

GIP

Lethycia Wust é uma colaboradora efetiva da Fundação Pró-Rim, em Joinville. Esta fundação tem parceria com outra fundação vinculada a saúde, em Lisboa. Através de prématch, Lethycia se tornou uma EP GCDP em Lisboa, na fundação parceira. Depois de seu retorno, continuou empregada na Pró-rim.

A Embraco, em Joinville, possui unidades em diversos países, inclusive na Itália. A Embraco na Itália costuma oferecer vagas de trainee no Brasil. O processo seletivo é da AIESEC e Embraco em conjunto. O selecionado vem da Itália e trabalha na unidade Embraco de Joinville. Depois do intercâmbio existe a possibilidade de efetivação em sua cidade na Itália.


New Leadership Activation

Formação de líderes jovens


New Leadership Activation Oferecer TMP e TLP para organizações. • No momento em que a organização perceber a necessidade de melhorar alguma das competências do framework da AIESEC em algum de seus jovens colaboradores, ela pode encaminhá-lo para o processo seletivo de TMP e TLP; • Possibilidade do colaborador assumir um TLP diretamente, sem necessidade de passar por um TMP antes; • A organização poderá posicionar tal benefício como projeto de Responsabilidade Social Corporativa; • A organização poderá solicitar que as jobs do TMP e TLP sejam feitas durante uma parte do expediente, e que sejam prestadas contas.


New Leadership Activation - SWOT Forças

Fraquezas

• •

Temos cases de sucesso (alumni que hoje são chefes de estados, por exemplo); Gera um alto impacto positivo, por formar um agente de mudanca; Redução da necessidade de promoção de TMP e TLP; Mão de obra mais madura e capacitada entra na AIESEC.

Pessoas que trabalham tendem a ter menos tempo disponível do que as que só estudam; Só poderá abrangir profissionais de até 30 anos.


New Leadership Activation - SWOT Oportunidades

Ameaças

• •

Novas parcerias; Através da entrada de membros a partir de parceiros, desenvolveremos uma cultura mais profissional; Como será um programa entregue a uma organização parceira, nos habituaremos a medir e analisar o impacto de TMP e TLP.

AIESEC estará mais exposta a parceiros, o que exigirá imediatamente mudança cultural; Problemas com qualidade de experiência não serão tolerados como hoje; Possibilidade de atrito quando um indicado pela empresa não passar no processo seletivo.


New Leadership Activation – Exemplos de Viabilidade • A Burt’s Bees é uma empresa focada em cosméticos 100% naturais. Eles garantem sustentabilidade em todas as fases da cadeia de suprimentos, produção e distribuição; • Os colaboradores da empresa são constantemente incentivados a exercer trabalho voluntário em prol da sociedade e do meio ambiente. Uma porcentagem de sua carga horária é reservada para trabalhos voluntários semanais, durante o expediente; • Uma empresa como a Burt’s Bees seria um excelente caso para começar esta iniciativa, oferecendo TMP e TLP nas horas reservadas a atividades voluntárias.


Company without Borders

Investimento em atividades sociais globais


Company without Borders A organização adquire um pacote de raises de EPs. • Pode ser utilizado para subsidiar raises de colaboradores que desejam realizar um GCDP nas férias. Tal estímulo faz com que mais pessoas queiram causar um impacto positivo através de um GCDP, evidenciando um aumento da responsabilidade social da empresa. A empresa também ganha um colaborador que passou por um GCDP. • Estes raises também podem ser utilizados para ajudar jovens com potencial, porém sem recursos financeiros.


Company without Borders - SWOT Forças

Fraquezas

• •

Estrutura simples, facilitando a entrega; Alto impacto positivo, vinculado com CSR; Alto volume, melhorando as operações da AIESEC;

Dificilmente será tratado como um programa contínuo, e sim como um projeto temporário; Caso a organização opte por subsidiar os raises GCDP de seus colaboradores nas férias, ela deverá dar quase duas semanas a mais de férias, uma vez que GCDPs tem duração mínima de 6 semanas.


Company without Borders - SWOT Oportunidades

Ameaças

O impacto que o GCDP subsidiado pela organização causou será registrado para apreciação da organização, isto nos ajudará a medir impacto; Reduz esforços de promoção para estudantes, a empresa definirá para quem subsidiará os raises (desde que a pessoa passe no processo seletivo da AIESECA).

Trata-se de um projeto que tende a ser bastante volumoso e com baixa tolerância a falhas; A empresa exigirá acompanhar a evolução dos intercâmbios, deveremos manter um nível de impacto positivo e qualidade alto; Depende de boas coperações.


Contatos:

Paulo Marcos Pereira dos Santos AIESEC Joinville

Facebook.com/pmpsantos Twitter.com/pmpsantos


Portfólio Alternativo - Job Seletiva NST ER 2012.2  

Portfólio Alternativo - Job Seletiva NST ER 2012.2

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you