Issuu on Google+

Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Monitores e ecrãs Resoluções padrão da imagem num ecrã Resolução em pixels Norma Horizontal x Vertical QVGA 320x240 VGA 640x480 SVGA (Super VGA) 800x600 XGA 1024x768 SXGA 1280x1024 UXGA (Ultra XGA) 1600x1200 1 pixel (picture element) = 1 ponto da imagem no ecrã Quanto maior for a resolução do ecrã/imagem utilizada, mais informação podemos visualizar. UXGA

1600

SXGA

1280

XGA SVGA VGA

1024 800 640 4 8 0

Monitores CRT Dimensão do ecrã (na diagonal, em polegadas) Tecnologia do ecrã

6 0 0

7 6 8

1 0 2 4

1 2 0 0

14” e 15” (modelos antigos, em fim de vida) 17” e 19” (mais comuns) 20 e 21” Plano (melhor) Com curvatura (pior à +reflexo) Suporte das normas MPR-II, TCO’95 ou TCO’99 (+exigente) 0.28 (pior nitidez) a 0.20 mm (> nitidez)

Normas de restrição de emissões de radiações Dot Pitch (distância na horizontal entre os pontos que formam a imagem) 60 Hz (má) Frequência máxima de varrimento vertical na resolução típica/recomendada 72 e 75 Hz (média) 85, 100 Hz (maior estabilidade na imagem à menor cansaço dos olhos) Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

1 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Monitores/Ecrãs LCD-TFT Dimensão do ecrã Pixel Pitch Nível de Brilho Taxa de Contraste Tempo de resposta

15” (+barato) 17”, 19” (mais comuns) 21”, 22” (utilizações profissionais, +caros) 0.30 a 0.264 mm (< melhor) 210 a 350 cd/m2 (> melhor) 300 a 1000:1 (> melhor) 3 a 25 ms (< melhor, provocando menos “arrastamento da imagem” à importante por ex. para vídeo e jogos)

Nos monitores CRT a dimensão (na diagonal) do ecrã é sempre inferior em cerca de 1” em relação ao publicitado, pois essa área do ecrã não é visível e está escondida pela moldura da caixa do monitor. A resolução típica da imagem de um ecrã LCD-TFT de 15” equivale à de um monitor CRT de 17”.

Monitores Plasma à Ecrãs de grande dimensão, custo muito elevado, + comuns em espaços públicos. Usados mais como TV do que como monitor de computador. Vantagens em relação aos LCDs: § Permitem ecrãs de maiores dimensões; § Maior contraste nas cores; § Maiores ângulos de visão.

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

2 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Barramentos externos (External Buses) à Ligações/conexões aos periféricos Mbps = Megabits per second MBps = Megabytes per second (8 vezes +) MBps = MB/s = MB/sec = MBytes/sec

Interface

Características principais

Porta PS/2

Exemplos de periféricos conectados Ratos, Teclados

Porta paralela ( IEEE 1284)

150 KBps (modo Centronics, SPP) 2 MBps (modos ECP e EPP)

Impressoras, Plotters, Scanners, Dispositivos de armazenamento externos (menos vulgar)

Porta de série (RS-232C)

115 Kbps

Modems externos, Ratos, Máquinas de calcular científicas, Telemóveis (mais antigos)

USB 1.0 / 1.1 Low-Speed, Full-Speed

} } } } } }

USB 2.0 Hi-Speed

} }

FireWire (IEEE 1394a)

} } } } } } }

Velocidade máxima: 12 Mbps ≈ 1 - 1,5 MBps Tipo de conexão universal a vários tipos de dispositivos Pode conectar até 127 dispositivos em cadeia Plug-and-Play (PnP) Hot-pluggable (podem ser conectados e desconectados mesmo quando o computador está ligado) Pode fornecer energia eléctrica aos dispositivos conectados Velocidade máxima: 480 Mbps ≈ 55 - 60 MBps (40 x USB 1.0/1.1) Compatível com USB 1.0 / 1.1

Velocidade máxima: 400 Mbps ≈ 50 MBps Pode conectar até 63 dispositivos Plug-and-Play (PnP) Hot-pluggable Pode fornecer energia eléctrica aos dispositivos conectados Garante uma velocidade de transmissão sustentada, sem perdas ou interrupções Pode conectar 2 periféricos directamente sem necessitar do computador

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

Ratos, Teclados, Modems externos, GamePads, Joysticks, Impressoras, Scanners, Câmaras Fotográficas Digitais, Dispositivos de armazenamento externos (Pen Drives, discos rígidos, drives CD-RW e DVD±RW), Telemóveis

Câmaras de vídeo digitais, Dispositivos de armazenamento externos (discos rígidos, drives CD-RW e DVD±RW)

3 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação FireWire 800 (IEEE 1394b)

} }

Velocidade máxima de transmissão de dados entre o computador e o(s) periféricos: 800 Mbps ≈ 100 MBps Restantes características idênticas às da norma FireWire anterior - IEEE 1934(a)

DVI – Conexão digital permite (só nos LCDs): } Maior qualidade da imagem } Ajuste automático de algumas definições da imagem

Item A B C D E F G H I J K L,O M N

Descrição Porta PS/2 do rato Porta PS/2 do teclado Porta de Série Porta Paralela Saída de áudio digital – coaxial Saída de áudio digital – óptica Saída de áudio digital dos 2 canais frontais Esq./Dir. Saída de áudio digital dos 2 canais surround Esq./Dir. Saída de áudio digital do canal central e subwoofer Entrada de áudio Entrada do microfone Portas USB Conector IEEE 1394 (FireWire) Conector de Rede/LAN (RJ-45)

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

15-Pin VGA: Monitor CRT e LCD com interface analógico 24-Pin DVI-D: LCD com interface digital

Cor Verde Azul ou Lilás Verde água Lilás Laranja Verde claro Preto Amarelo Laranja Azul claro Rosa Preto Preto Preto

4 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

No futuro, vai ser progressivamente abandonado o uso dos conectores de tecnologia obsoleta (portas PS/2, Paralela e de Série), substituídos pelos conectores USB e FireWire.

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

5 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Suportes de armazenamento Disquetes convencionais (Floppy-disks, diskettes) Densidade

DD Double Density

HD High Density

ED Extended/Enhanced/E xtra-High Density

360 KB 720 KB

1,2 MB 1,44 MB

2,88 MB

Dimensão

5” ¼ 3” ½

Drives de disquetes

Disquetes/Discos amovíveis de alta capacidade Imation Super Disk (LS-120) – 120 MB, 240 MB (compatíveis com as disquetes convencionais) Iomega Zip – 100 MB, 250 MB e 750 MB Iomega Jaz – 1 e 2 GB Castlewood ORB – 2,2 GB Usados principalmente para arquivo e backup (cópia de segurança) de informação. Possuem uma maior capacidade de armazenamento, são mais rápidos a aceder e a gravar informação, mais resistentes e fiáveis, mas mais caros e por vezes incompatíveis (Zip, Jaz e Orb) com as disquetes convencionais e muito menos difundidos. Actualmente, em desuso, devido aos USB Flash Disks ou Pen Drives e aos CD-R(W)s e DVD-R(W)s. Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

6 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

CD (Compact Disc) Formatos CD-A (Áudio) à CDs vulgares de música CD-ROM (Read-Only Memory) CD-R (Gravável / Recordable) CD-RW (Regravável / ReWritable) Capacidades de armazenamento de áudio ou informação 74 min. à 650 MB 80 min. à 700 MB (mais vulgares) 90 min. à 800 MB (pouco comuns) Num CD-R podemos gravar normalmente apenas uma vez a informação, por exemplo para gravar documentos e programas ou para fazer uma cópia de um CD de áudio/música. Num CD-RW podemos gravar múltiplas vezes, i.e. gravar, apagar e voltar a gravar a informação várias vezes (comporta-se de forma idêntica a uma disquete) Uma desvantagem dos CD-Rs relativamente aos CD-RWs é que se durante o processo de gravação de um CD-R, o computador bloquear ou ocorrer uma falha de energia, o CD-R fica inutilizado e temos que usar um outro novo para voltar a gravar. Com um CD-RW, simplesmente apagamos o CD-RW e voltamos a tentar gravar. Quando compramos um CD-R ou um CD-RW (este último tem normalmente o dobro do preço) devemos verificar primeiro a capacidade de armazenamento do CD que pretendemos e depois a velocidade máxima a que podemos gravar ou “queimar” o CD (i.e. 16x, 24x, 32x, etc.). Se gravássemos um CD-R de 74 min. á velocidade de 1x, o processo demoraria aproximadamente 74 min. Se “queimarmos” um CD idêntico mas à velocidade de 32x, o processo de gravação demora aproximadamente 32x menos tempo (2:40 min. a 3 min.). Drives de CDs • • •

Leitor/Drive de CD-ROM Velocidades +comuns: 48x a 52x Gravador/Drive de CD-R (já não fabricados, substituídos pelos gravadores CD-RW) (Re)Gravador de CD-RW Velocidades até 52x32x52 40

X

Velocidade máxima de Gravação CD-R

24 Velocidade máxima de Regravação CD-RW

x

48 Velocidade máxima de Leitura CD-ROM

1x = velocidade de rotação na leitura de um CD-Áudio/Música = 150 KBytes/seg 48x = 48 x 150 KBytes/seg = 7200 KBytes/seg Um leitor de CD-ROM lê CDs de música normais, CD-ROMs e CD-Rs e a grande maioria (compatíveis com a norma MultiRead, normalmente c/velocidades >=32x) lê também CD-RWs.

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

7 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

DVD (Digital Versatil Disc) Capacidade de armazenamento actual DVD-5 = 4,7 GB - single-sided single-layered disc à 120 min. DVD-9 = 8,5 GB - single-sided double-layered disc à 240 min. DVD 1x = 1,4 MBytes/seg Volume de transferência de dados na gravação em DVD à velocidade de 1x ≈ gravação em CD à velocidade de 9x. Formatos DVD-Vídeo, DVD-A (Áudio), DVD-ROM, DVD-RAM (1º formato regravável, pouco compatível com drives DVD-ROM, usado para fazer backups), DVD-R, DVD+R, DVD+R DL (Double Layer) DVD-RW, DVD+RW, DVD-R DL DVDs Double Layer – Permitem fazer a cópia integral dos DVDs-Vídeo, sem compressão adicional, mantendo assim a qualidade de imagem ou uma cópia sem partes do conteúdo “cortadas”. A sua capacidade de armazenamento permite armazenar até 4 horas de vídeo, equivalendo aproximadamente a 12 CDs. Actualmente são muito caros e necessitam de um gravador que suporte a gravação neste tipo de DVDs. Sucessores do DVD: Estão ainda na sua fase inicial de evolução. Foram criados fundamentalmente para armazenar vídeo de alta definição (> qualidade que o de DVD).

Blu-ray Disc HD DVD

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

Formatos BD-ROM BD-R BD-RE HD DVD-ROM HD DVD-R HD DVD-RW

Capacidades 25 GB e 50 GB (DL) 15 GB e 30 GB (DL)

8 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Disco rígido/duro (Hard Disk Drive - HDD) Interface Modo de transferência Capacidade actual mais comum Velocidade de rotação (>melhor) Cache / Buffer (>melhor) Tempo de acesso médio (<melhor)

E(nhanced)-IDE S(erial)ATA (sucessor do E-IDE)

SCSI

UDMA/33 ou ATA/33, ATA/66, ATA,100 e ATA/133 (melhor) SATA/150, SATA/300 40 a 750 GB 5.400 a 7.200 rpm 2 a 16 MB 8 a 10 ms

Vários, até 360 MB/s

(servers e workstations à +rápidos e muito +caros)

18 a 72 GB 10.000 a 15.000 rpm 2 a 8 MB 3 a 4,5 ms

O disco rígido é o suporte de armazenamento secundário mais importante num computador, não só devido ás vantagens das suas características quando comparadas com outros suportes de armazenamento secundário, mas também à função que desempenha: Características: Possui o desempenho ou velocidade de transferência de dados mais elevado. Possui uma grande capacidade de armazenamento de informação. É fiável no armazenamento da informação. Função: Guarda/armazena o Sistema Operativo, todos os programas que temos instalados no nosso computador, os documentos que criamos e também, por exemplo, outros ficheiros que transferimos da Internet (músicas mp3, vídeos, etc.).

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

9 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Unidades Flash USB / USB Flash Drives/ Pen Drives Actuam como memórias portáteis/amovíveis com conexão USB ao computador, para guardar e transportar informação de forma segura e fácil entre computadores. São leves, fiáveis e resistentes, com um tamanho idêntico ou inferior ao de um isqueiro, não precisam de cabos, alimentação exterior de energia, pilhas ou de baterias. Têm capacidades de armazenamento que se situam normalmente entre 64 MB e 4 GB. A maioria permite armazenar informação numa área privada, encriptada, só acessível através da introdução de uma palavra-passe (password), garantindo a privacidade e segurança da informação. Constituem uma alternativa cada vez mais utilizada em relação às disquetes e aos CD-R(W)s para transportar informação entre computadores.

Tamanho real

Cartões de Memória Flash / Flash Cards / Memory Cards § § § § § §

CompactFlash Card Type I/II, Microdrive xD-Picture Card Smart Media Card SD (Secure Digital Card) e miniSD MMC (MultiMediaCard) Memory Stick, Memory Stick PRO, Memory Stick Duo, Memory Stick PRO Duo

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

10 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Usados normalmente em máquinas fotográficas digitais, telemóveis, Handheld PCs, Pocket PCs, leitores de música portáteis (mp3, iPod, etc.). Capacidades de armazenamento típicas entre 32 MB e 4 GB.

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

11 / 12


Introdução às Tecnologias da Informação e da Comunicação

Redes e conectividade LAN (Local Area Network) / Redes locais WAN (Wide Area Network) / Redes alargadas (ex: Internet) Equipamentos Placa/controlador de rede Modem (analógico, RDIS, ADSL, de cabo) Hub (concentrador) Switch (comutador) Router (encaminhador) Com fios (wired) Linhas telefónicas analógicas Linhas telefónicas digitais (RDIS) Cabos de fibra óptica Cabos de cobre de pares entrelaçados blindados ou não (UTP, STP) - (utilizados normalmente em redes locais ou domésticas) Sem fios (wireless) Curto alcance

§ §

IrDA (infra-vermelhos) 115 kbps, 1 Mbps e 4 Mbps, alcance até 1 metro; (rádio-frequência) 1 Mbps, alcance até 10 ou 100 metros;

Wi-Fi Wireless Fidelity (IEEE 802.11) 11 ou 54 Mbps, alcance até 50 – 100 metros; Longo alcance § Satélite § GPRS, EGPRS, UMTS (3G) - telemóveis 2ª e 3ª geração §

Prof. Paulo Resende (Rev.2.2 – 2006/07)

12 / 12


itic