Page 1

Setembro de 2017 – Ano 4 – Edição #36


2

EDITORIAL

MOMENTO DE OXIGENAÇÃO E FORTALECIMENTO os próximos dias 21 e 22 de oumais importante do PMDB de Santa N tubro, o PMDB de Santa Catarina Catarina, que é considerado o maior realiza as convenções que escolherão e mais organizado do país. os novos diretórios e as comissões executivas municipais, além dos conselhos de ética e fiscal e delegados à convenção estadual. Serão mais de 20 mil nomes, lideranças do PMDB, mobilizados nos 295 municípios. Um momento importante de fortalecimento da sigla na construção de um projeto para as eleições de 2018. Afinal, os delegados terão a missão de homologar os candidatos para o pleito que se avizinha; e as executivas e diretórios comandarão democraticamente a sigla no próximo biênio. Mais que uma troca ou manutenção de nomes à frente da legenda, as convenções são fundamentais para reoxigenar a base, o patrimônio

Nosso desejo é que o partido, em cada um dos 295 municípios catarinenses, esteja animado e organizado localmente, pronto para 2018. A participação efetiva dos filiados nesse momento de formação da sigla é o fio condutor da bandeira democrática que norteia nossa caminhada. Além da mobilização interna, precisamos, também, estar conectados aos anseios da população. É por isso que temos percorrido todas as regionais estabelecidas pelo processo de descentralização do governador Luiz Henrique da Silveira. Em cada roteiro estamos ouvindo segmentos importantes na busca por um diagnóstico do Estado, identificando demandas e

oportunidades regionais. Estamos no caminho certo. Fortalecendo internamente o PMDB e também fazendo debates importantes, que vão além dos muros da sigla, ouvindo a população. Assim como em outros momentos da história, o PMDB nunca se recolheu. A crise atual não abala os peemedebistas catarinenses. Estamos na rua, levantando a bandeira do 15 e reconectando a sigla ao sentimento popular. Sua participação é fundamental para construir conosco o futuro que queremos para Santa Catarina.

MAURO MARIANI | Presidente estadual do PMDB/SC

ARTIGO

SAÍDA PARA A CRISE M esmo que a passos lentos, o país vem saindo da fase mais aguda da crise. De acordo com os dados de agosto do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego fechou o segundo trimestre do ano com retração em 11 Estados. Esse resultado ainda está longe do que gostaríamos, mas já é um alívio após três anos de recessão. O destaque é para Santa Catarina, com queda de 0,4% em relação aos dados anteriores, mantendo-se como o Estado com menor taxa de desemprego, com 7,5%. O trabalho por conta própria tem sido uma alternativa para o combate ao desemprego. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), mais de 10 milhões de empresas foram criadas por necessidade nos últimos anos. A modalidade avançou 1,8% no último trimestre no Brasil, mostrando que novos empreendedores têm surgido, principalmente os microempreendedores individuais (MEIs). Em Santa Catarina, o fenômeno é ainda maior, com mais de 12 mil novos MEIs no mesmo período, um acréscimo de 4,7%. Empreender tem sido a palavra de ordem em tempos de crise. Embora não seja uma tarefa fácil, com comprometimento, disciplina e, sobretudo, confiança,

é possível driblar as adversidades. É preciso acreditar, ter disposição e aprender a agir como empreendedor. Como disse o pai da Teoria da Administração, Peter Drucker, “a melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”. A visão precisa ser positiva, inspiradora e desafiadora para ter o poder de moldar o futuro. Nosso papel, como gestor público, é criar ambientes cada vez mais favoráveis ao empreendedorismo. Assim estamos fazendo com programas como o Juro Zero, para MEIs, e o SC Bem Mais Simples, para facilitar os trâmites na abertura de empresas, diminuindo tempos e custos. O futuro após uma crise exige mudanças em todos os aspectos, e com políticas públicas de qualidade estamos melhorando a vida dos empreendedores catarinenses e, consequentemente, incentivando o desenvolvimento econômico em nosso Estado.

CARLOS CHIODINI | Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável de SC

INFORMATIVO DO PMDB SANTA CATARINA Textos: Núcleo de Comunicação PMDB/SC  Imagens: Arquivo PMDB/SC Contato: forca15pmdb@gmail.com  48 3222.1790  Rua Laura Caminha Meira 71 Centro – Florianópolis/SC – 88.020-310  Editoração: @Zdzain  


3

15 EM MOVIMENTO

PMDB REALIZARÁ CONVENÇÕES NOS 295 MUNICÍPIOS DO ESTADO E

m reunião da executiva estadual do PMDB, no mês de agosto, na Capital, os líderes da sigla homologaram a realização das convenções municipais, nos dias 21 e 22 de outubro. “Os eventos de renovação das executivas e delegados municipais acontecerão simultaneamente, em todo o estado, mobilizando o partido”, explicou o presidente Mauro Mariani. Fechados em torno do nome de Mariani como pré-candidato ao governo do Estado, os peemedebistas também definiram o calendário de ações até o final deste ano, fazendo uma avaliação do projeto “15 em Movimento”, que percorre Santa Catarina ouvindo as demandas da sociedade. “O PMDB faz um trabalho não só junto às bases, mas principalmente com os segmentos organizados da sociedade civil. Ouvir demandas e discutir propostas é fundamental para a construção de um projeto que atenda os anseios da população. As agendas têm sido extremamente pro-

dutivas”, destacou o vice-governador Eduardo Pinho Moreira. Até o final do ano, além de concluir os roteiros do 15 em Movimento e promover as convenções municipais, os peemedebistas também realizarão as convenções da JPMDB e do PMDB Mulher, a eleição dos novos coordenadores regionais e um grande encontro de prefeitos e vice-prefeitos. Com relação às pautas nacionais, os líderes destacaram que a bancada federal manterá o consenso nos posicionamentos. Também presentes à reunião, o ex-governador Paulo Afonso; os deputados federais, Celso Maldaner e Rogério Peninha Mendonça; os deputados estaduais Mauro De Nadal, Dirce Heiderscheidt, Ada de Luca, Manoel Mota e Luiz Fernando Cardoso Vampiro; o secretário da Administração, Milton Martini; presidente da CASAN, Valter Gallina; o vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi; o secretário da ADR de Itajaí, Edson Piriquito.

FIQUE ATENTO: • Convenções Municipais – 21 e 22 de outubro • Eleição dos Coordenadores Regionais – Até 15 de novembro

PARTIDO RENOVA COORDENADORES REGIONAIS

A

té o dia 15 de novembro, presidentes municipais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, delegados e deputados do PMDB catarinense, de cada região, elegerão os novos coordenadores regionais da sigla. A decisão foi oficializada pelo diretório estadual do partido, através de resolução. O objetivo é reorganizar a base partidária com foco na eleição de 2018. Postulantes a candidaturas de deputado não poderão exercer o cargo de coordenador. “Os coordenadores regionais cumprem papel estratégico e fundamental para os processos de mobilização e organização partidária, em todo o estado”, destaca o presidente do PMDB, deputado federal Mauro Mariani. Os coordenadores regionais do PMDB são responsáveis, entre outras questões, pela organização de ações em suas respectivas regiões, bem como pelo repasse de informações e fortalecimento da base peemedebista. “A força do PMDB vem da sua base, que sempre fez a diferença nos pleitos. Por isso, nossa organização somada ao planejamento são essenciais para 2018”, afirma Mariani.


4

15 EM MOVIMENTO

DESCENTRALIZAÇÃO, SEGURANÇA, INFRAESTRUTURA E SAÚDE PAUTARAM AGENDA DO 15 EM MOVIMENTO, NO OESTE E MEIO-OESTE CATARINENSE A caravana do 15 em Movimento segue com o projeto de construção de um plano de governo com base nas necessidades da população catarinense. Nos meses de julho e agosto, os líderes peemedebistas estiveram no Meio-oeste e Oeste do Estado, em Campos Novos e Curitibanos e São Lourenço do Oeste, Xanxerê e Seara, respectivamente. Em Curitibanos, o presidente estadual do PMDB, Mauro Mariani, o ex-governador Paulo Afonso, os deputados federais Celso Maldaner e Valdir Colatto, e o deputado estadual Romildo Titon ouviram a sociedade civil organizada e reforçaram o

projeto partidário, com candidatura própria em 2018, além de destacar os números de obras, ações e projetos que os governos municipais do PMDB realizaram nas cidades. Em Campos Novos, o PMDB esteve à frente da administração municipal por mais de 14 anos, e garantiu ao município o maior índice de saneamento básico do Brasil, com maior área atingida de pavimentação asfáltica, maior investimento em recuperação de estradas do interior, visando o agronegócio. “Mais de 96% das obras significativas dentro do município foram executadas pelo PMDB”, destaca o ex-prefeito, Nelso Cruz.

DESCENTRALIZAÇÃO, INFRAESTRUTURA E SEGURANÇA

J

á no Oeste, a caravana do PMDB catarinense, liderada pelo presidente da sigla, deputado Mauro Mariani, ouviu as demandas dos setores produtivos e de outros segmentos da sociedade civil organizada, em São Lourenço do Oeste, Xanxerê e Seara. “Nós não vamos discursar só para agradar às pessoas. O momento exige serenidade e política de enfrentamento aos problemas que o Brasil vive. A economia começa a dar sinais de melhora, porém, é preciso ter coragem para passar o Brasil a limpo. Seria mais confortável ficarmos em casa, mas nós temos a obrigação de vir até aqui e conhecer de perto as demandas da sociedade catarinense. Esse é o objetivo do 15 Em Movimento”, disse Mariani. De empresários e da imprensa, o grupo ouviu também questionamentos sobre infraestrutura, segurança, apoio ao agronegócio e a descentralização. “Vamos continuar defendendo a descentralização com o seu aprimoramento. As demandas regionais precisam ser resolvidas e administradas na região, impulsionando a economia local. A população precisa ser ouvida em sua cidade, participar dos processos e definir suas prioridades, junto com o Estado”, destacou o vice-governador Eduardo Pinho Moreira, que também acompanhou a agenda.


15 EM MOVIMENTO

5

SAÚDE

E

m visitas aos Hospitais da Fundação, em São Lourenço, Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, e Hospital São Camilo – São Roque, em Seara, os líderes ouviram reivindicações e exemplos de administrações filantrópicas, parcerias com a iniciativa privada e políticas de voluntariado. Questões de gerenciamento e resolutividade, ampliação de leitos, entre outras necessidades pautaram as conversas. Os líderes também fizeram questão de acompanhar o mutirão de cirurgias de cataratas, no Hospital da Fundação, em São Lourenço. “Uma das principais situações debatidas em todo o Estado é sobre saúde, especialmente nos hospitais. Um desafio para os governantes. Será indispensável reunir todos os representantes de hospitais de Santa Catarina e encontrar uma estratégia para consertar essa situação. Precisamos criar uma política de Estado. O governo deve ajudar as unidades com eficiência”, comenta Mariani.

DESCENTRALIZAÇÃO

O

modelo da descentralização administrativa implantado pelo PMDB, no primeiro governo Luiz Henrique, também foi defendido pelos líderes, que destacaram obras e ações que beneficiaram toda a região oeste. “Quando o Carlinhos Ecker foi secretário de desenvolvimento regional, em São Lourenço, seis dos 13 municípios da região não tinham acesso asfaltado. Hoje com o asfalto batendo na porta das cidades, a produtividade aumentou e a qualidade de vida das pessoas melhorou. A centralização não interessa para os municípios, interessa só a quem quer concentrar o poder. A descentralização é comprovadamente eficiente. Cabe avaliar um novo modelo, atualizado ao momento atual”, destacou Moreira.

DESTAQUE

MAURO MARIANI TEM O MELHOR DESEMPENHO LEGISLATIVO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

O

deputado federal Mauro Mariani (PMDB) tem o melhor desempenho legislativo da Câmara dos Deputados, superando os demais 512 parlamentares e o quinto do Congresso Nacional. Entre os critérios avaliados estão a presença em plenário, participação em comissões, além da quantidade e qualidade dos projetos apresentados e relatados. Os dados são do site Ranking dos Políticos. A pontuação dos políticos é definida de acordo com os dados obtidos sobre gastos, assiduidade, fidelidade partidária e processos judiciais. O site considera como válidas as informações vindas de fontes oficiais, como sites governamentais e de veículos de mídia de primeira linha. Além disso, o portal acompanha as votações mais importantes. O valor das leis analisadas é definido por Conselho de Avaliação de Leis, levando em conta o quanto elas ajudam ou atrapalham o país.


6

Informações das Assessorias de Imprensa da bancada federal

BANCADA FEDERAL

Cintes do momento que o Brasil atravessa, a bancada federal do PMDB, maior de Santa Catarina, está unida na defesa pela diminuição da carga tributária. Nossos deputados e o senador Dário Berger são unânimes no posicionamento contra qualquer aumento de impostos. O momento é de responsabilidade com foco na recuperação econômica do Brasil. Veja a posição de nossos parlamentares: 

SENADOR DÁRIO BERGER

evidente que o Brasil atravessa a mais séria e amarga crise de sua história. Neste momento singular, assumi a responsabilidade de presidir a Comissão Mista de Orçamento do Congresso, ciente de que posso contribuir com Santa Catarina e com o país. Tenho pautado minhas ações e conduzido o colegiado a fim de estabelecer regras claras aos gastos futuros do Governo e que não venham dificultar a retomada do caminho do desenvolvimento. Precisamos, mais do que nunca, de atitude para enxergar essa triste realidade e avançar num pacto nacional capaz de escrever uma nova página. As reformas estruturantes são importantes e necessárias para restabelecer a estabilidade fiscal e a tão sonhada retomada do crescimento, fundamental para sair desse estado de letargia. Sem esquecer que a verdadeira mudança que nós precisamos fazer não é só da legis-

lação, e sim das nossas consciências. A revolução ética e moral começa com cada um de nós. Classe política e população, todos precisam contribuir através de 

ações e dos gestos, com propósito de devolver a confiança e a credibilidade do Brasil. Vencemos outras crises e dessa forma haveremos de vencer esta."

DEPUTADO CELSO MALDANER

"N

o Brasil, quando vêm as crises, os poderes legislativo, judiciário e executivo precisam participar das reformas e dos cortes de gastos necessários. Infelizmente, sobra para o contribuinte pagar a conta através do aumento de impostos. Essa é a grande injustiça. Pela continuidade das não agradáveis, porém, necessárias reformas política, tributária e previdenciária, defendo também, urgência na votação do teto salarial e assim o enxugamento dos três poderes. O Congresso deve ser o protagonista da geração de emprego e renda, do controle da inflação, da baixa dos juros e da retomada do crescimento e do desenvolvimento do nosso país.”

DEPUTADO MAURO MARIANI

“A

Os números já apontam para o início de uma retomada da economia”, comemora o deputado federal Mauro Mariani. Nos três primeiros meses do ano, o PIB cresceu 1%, influenciado principalmente pela força da agropecuária. E a atividade industrial também começa a reagir junto com os demais setores. Para ele, a confiança em um futuro melhor está animando o mercado e a população, embora seja um processo gradual e de longo prazo. “Essa retomada só ocorre porque a equipe técnica do governo tem tomado decisões acertadas e o Congresso Nacional tem feito sua parte”, destacou Mariani, citando, por exemplo, a reforma trabalhista, que entrará em vigor em novembro. A expectativa é que essa modernização da CLT permita a abertura de novas frentes de trabalho.


Informações das Assessorias de Imprensa da bancada federal

7

BANCADA FEDERAL DEPUTADO ROGÉRIO PENINHA MENDONÇA 

E

nquanto a equipe econômica do governo se desdobra em busca de soluções para o déficit bilionário herdado do PT, um projeto que pode sanar esse rombo tramita em Brasília: a liberação dos cassinos, bingos e apostas pela Internet pode gerar receita de até R$ 30 bilhões aos cofres da União. “Em todo o mundo, a indústria de jogos gira mais de R$ 1,3 trilhão por ano. Com as Loterias da Caixa, o Brasil tem participação de apenas 1% nesse total”, explica o deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC). E acrescenta: “Mensalmente, cerca de 200 mil brasileiros saem para jogar no Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai. Por que não regularizamos essa atividade e passamos a arrecadar aqui mesmo, no nosso país?”. Contrário ao aumento de impostos, Peninha defende que legalizar os jogos seria a solução.

DEPUTADO RONALDO BENEDET

"E

stamos votando na Câmara dos Deputados as reformas necessárias para o desenvolvimento do país. O Brasil precisa se modernizar, melhorar a vida do trabalhador e encorajar o empresário a contratar mais, para retomarmos o crescimento e superarmos a crise. Pelo quarto mês seguido, o Brasil registrou aumento do número de vagas de emprego. Já a inflação, de 2,71%, é a menor desde fevereiro de 1999. São os sinais da retomada do crescimento que começam a ficar mais visíveis. O Brasil ainda sente os graves efeitos da crise, mas com a certeza de que já superamos parte do pior momento da nossa história recente.” 

DEPUTADO VALDIR COLATTO

"N

osso país está em um momento de recuperação. A crise abalou nossa economia e nos deixou fragilizados, mas a retomada do crescimento está encaminhada e a superação já está à vista. O caminho a seguir é o da redução dos juros. O Brasil precisa baixar as taxas escandalosas hoje praticadas, já que elas aumentam a dívida pública federal. Para que os R$ 3,5 trilhões acumulados em dívidas sejam pagos, os valores saem dos cofres públicos, e consequentemente do bolso do brasileiro. Para acabar com esse impasse, estamos fazendo as reformas essenciais para a retomada do crescimento e temos ainda que fazer a reforma tributária e uma auditoria da dívida pública. É essencial incentivar quem produz, quem trabalha, quem gera imposto e emprego que é o empreendedor brasileiro.”

Acesse nosso site e baixe o Manual das Convenções do PMDB

www.pmdb-sc.org.br


8

Conteúdo Assessoria de Imprensa dos deputados estaduais do PMDB/Bancada estadual

"O

PMDB está organizado em todos os 295 municípios catarinenses. Todas as decisões sobre candidaturas são tomadas ouvindo as lideranças em todas as regiões. Ou seja, nosso projeto para 2018 é uma proposta de partido e não um projeto individual.”  MAURO DE NADAL, líder da Bancada Estadual

"E

stamos vivendo um momento ímpar de maturidade partidária. De desapego a cargos e projetos eleitorais. Por um projeto de todos, que conta com o apoio do vice-governador Eduardo Moreira, do senador Dário Berger e das bancadas federal e estadual em favor do companheiro Mauro Mariani, que desde as últimas eleições já era reconhecido como nosso pré-candidato. Isso é muito importante, decisão sábia de não deixar transparecer qualquer dúvida sobre nosso apoio a um projeto que é do PMDB.”  DEPUTADO ALDO SCHNEIDER, vicepresidente da Alesc

"N

ossa melhor coligação é a da união do PMDB consigo mesmo, por isso vivemos um momento muito importante para alcançarmos êxito em 2018. Somos um partido que tem uma relação aberta e conectada com a sociedade. Daí a importância em ter foco para apresentar mudanças, com atitude, para melhorar os serviços que o Estado precisa oferecer aos catarinenses.”  DEPUTADO VALDIR COBALCHINI, vicepresidente da Executiva Estadual

BANCADA

BANCADA E REFORÇA SE DE UNIÃO PEEMEDEB O

PMDB sempre construiu fortes marcas em suas administrações estaduais. Com Pedro Ivo e Casildo Maldaner, fez um governo de austeridade administrativa saneando as contas públicas. Com Paulo Afonso, exerceu uma administração municipalista, firmando convênios com as prefeituras sem discriminar a origem de seus administradores. Com Luiz Henrique e Eduardo Moreira, promoveu a desconcentração administrativa, com um governo descentralizado a partir das

A bancada estadual valo dessa unidade como for PMDB catarinense, nu com as aspirações da so


Conteúdo Assessoria de Imprensa dos deputados estaduais do PMDB/Bancada estadual

ESTADUAL

ESTADUAL ENTIMENTO DOS BISTAS Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs). E o Partido sempre valorizou sua unidade, para alcançar grandes projetos. Como faz nesse momento, quando suas lideranças percorrem o Estado em contato com a base peemedebista, por meio do roteiro do 15 em Movimento, para organizar o planejamento da próxima campanha e colher sugestões com a participação do presidente da executiva e coordenador da bancada no Congresso, deputado federal Mauro Mariani.

oriza a construção rma de fortalecer o um projeto sintonizado ociedade.

"O

PMDB vive um momento muito bom, que deve ser valorizado, porque estamos encaminhando um entendimento sem a disputa por espaços. Essa coesão torna o Partido ainda mais forte. Tenho a convicção que os peemedebistas estão percebendo esse clima de harmonia com muita satisfação.”  DEPUTADO ROMILDO TITON

"O

PMDB deve avançar aglutinado em busca da definição de seu candidato ao governo, de preferência por comum acordo. Precisamos escolher um bom candidato, que apresente propostas inovadoras para Santa Catarina.”  DEPUTADO FERNANDO CORUJA

"T

enho a certeza de que o PMDB catarinense está fortalecido e alinhado no projeto partidário para 2018. Não vamos abrir mão da cabeça de chapa para a disputa do Governo do Estado. Estamos mais unidos do que nunca e vamos construir essa vitória.”  DEPUTADO ESTADUAL MANOEL MOTA

"O

"U

 DEPUTADA DIRCE HEIDERSCHEIDT

 DEPUTADO MOACIR SOPELSA, secretário de Estado da Agricultura

reconhecimento do deputado Mauro Mariani como pré-candidato ao governo estadual reflete o momento de unificação do partido em favor de uma liderança que tem história. Ele tem fidelidade ao PMDB e respaldo popular traduzido em grandes votações. Merece a oportunidade.”

nidade acima de tudo. Essa é a receita de sucesso para a eleição de 2018. Com a caminhada que estamos fazendo, com o PMDB conversando com suas bases e dando mostras de sua unidade, estamos construindo os fundamentos seguros para a jornada que temos pela frente.”

9


10

Conteúdo Assessoria de Imprensa dos deputados estaduais do PMDB/Bancada estadual

BANCADA ESTADUAL

"O

PMDB vive um momento de renovada esperança. O partido está unido em torno do presidente Mauro Mariani como candidato ao governo. Eduardo Moreira está sendo feliz nesta condução. A conexão deve ser ampliada e fortalecida a cada dia, pois ela nos conduzirá novamente à vitória.”  DEPUTADO LUIZ FERNANDO VAMPIRO, secretário da Executiva Estadual do PMDB e secretário de Estado da Infraestrutura

"M

auro Mariani é aquele que, além de unir o partido, consolida-se um grande companheiro, que conhece e vivencia a militância peemedebista. Reúne a experiência do Legislativo como do Executivo. É inovador e possui qualidades de uma gestão comprometida e responsável. Considero o Mariani um político que prioriza sempre o melhor para a sociedade catarinense.”  DEPUTADA ESTADUAL ADA FARACO DE LUCA, secretária de Estado da Justiça e Cidadania e Presidente do PMDB Mulher de Santa Catarina

"U

nião é a palavra que melhor define o partido neste momento. Estamos unidos pelo mesmo objetivo, que é fazer com que Santa Catarina continue trilhando no caminho da economia forte, com excelentes índices de desenvolvimento, de geração de emprego e de qualidade de vida. Para isso, continuamos trabalhando por todo o Estado, ouvindo as pessoas, apresentando nossos projetos e sempre nos colocando à disposição para fazer mais e melhor por Santa Catarina.”

 DEPUTADO ESTADUAL CARLOS CHIODINI, secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável

DEPUTADO ALDO SCHNEIDER REFORÇA SUA CONFIANÇA NA MISSÃO POLÍTICA A confiança na atividade política como instrumento para ajudar a vida das pessoas foi valorizada em depoimento do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Aldo Schneider, em recente encontro com os colegas da bancada estadual. Aldo faz tratamento contra o câncer e reduziu sua agenda em razão da saúde. Mas mantém o otimismo em relação a sua caminhada no PMDB. “Nesses últimos meses tive tempo para refletir sobre tudo, sobre a minha vida, e posso dizer a vocês que se fosse possível recomeçar eu faria tudo outra vez. Porque tenho certeza que somente por meio da vida pública, da política e com o poder que exerci primeiro em nível local, regional e mais recentemente estadual é que eu pude auxiliar a milhares de pessoas. Eu tenho muita satisfação em fazer esse balanço de vida e quero continuar essa jornada.”


11

PMDB NO GOVERNO

SAÚDE E PLANO DE INVESTIMENTOS QUALIDADE DE VIDA COMPROVA EFICIÊNCIA DA P GESTÃO DA CASAN U m canteiro de obras de esgotamento sanitário espalhado em todo o Estado de Santa Catarina simboliza a obstinação da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) em mudar o patamar de Santa Catarina neste indicador de qualidade de vida. Com minucioso planejamento, um Plano de Investimento superior a R$ 2 bilhões e muito trabalho, a gestão liderada pelo engenheiro Valter José Gallina vem mudando o cenário do saneamento básico no Estado − e também a imagem de uma empresa que nos seus primeiros 40 anos de vida teve enormes dificuldades econômicas e, por consequência, gerenciais. A visão de ineficiente da estatal ficou para trás, inspirando inclusive outras administrações públicas do Estado. Os investimentos ampliam e universalizam também o abastecimento de água. Há 30 meses não falta água no litoral catarinense, uma situação impensável no passado. A conclusão do Sistema Floco decantador junto à maior Estação de Tratamento de Água da empresa, localizada em Palhoça, que aumentou em 50% a capacidade de tratamento de água na Grande Florianópolis e evitou a suspensão do abastecimento durante períodos de chuvas intensas, é considerada a prin-

cipal obra, mas não a única a ajudar a solucionar problemas do passado. Nos últimos três anos, a CASAN ampliou em 30% a oferta de água ao Norte da Ilha de Santa Catarina – a região que mais recebe turistas no Verão –, instalou novos reservatórios em Florianópolis e São José, substituiu as tubulações por diâmetros maiores, instalou macromedidores na Capital para permitir um controle maior sobre as perdas e retomou a obra de implantação da Macroadutora 1.200 (1,2 metro de diâmetro) que vai solucionar de vez eventuais problemas de infraestrutura no abastecimento da Capital, de São José e de Biguaçu. Como revelou o colunista Cacau Menezes, no jornal Diário Catarinense, o presidente da CASAN já está sendo chamado de “Senhor Água” por ter solucionado problemas históricos de abastecimento no Litoral catarinense. No Interior, a construção ou a modernização de 30 novas estações de tratamento compactas e instalação de novos reservatórios, o aumento das redes de distribuição e a perfuração de poços onde os aquíferos permitem têm evitado que as prefeituras precisem editar decretos de emergência ou calamidade a cada estiagem, como no passado ocorria, especialmente no Oeste do Estado.

or orientação e aval do governo do Estado, o Plano de Investimentos da Companhia está tirando Santa Catarina dos últimos lugares do ranking nacional de cobertura de esgoto. No início dos anos 2000, o Estado ocupava a 24ª posição, mas em 10 anos saltou ao 18º lugar e vai terminar 2017 provavelmente como o 13º melhor Estado do país. “Ainda é uma situação incômoda para um Estado que está sempre nas primeiras colocações de todos os indicadores de qualidade de vida, mas o avanço mostra a determinação de nossa gestão em levar Santa Catarina para uma das quatro ou cinco primeiras posições do país até o início de 2019”, diz o engenheiro Valter José Gallina, diretor-presidente da estatal desde abril de 2015, e tesoureiro do PMDB estadual. O Plano de Investimentos em Sistemas de Esgotamento Sanitário (SES) contempla 45 obras em 30 municípios. É um canteiro de obras espalhado pelo Estado que tem oxigenado as economias regionais e gerado empregos, ajudando a enfrentar a crise pela qual passa o país e o próprio Estado. Levantamento de uma das construtoras que venceu a licitação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Biguaçu mostra que uma obra cujo recurso total é de R$ 40 milhões movimenta entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão por mês nas proximidades do município. São gastos em mão de obra local, rede hoteleira, alimentação em restaurantes, combustíveis e compra de materiais de construção, como areia, brita, cimento e outros. Além de ajudar a enfrentar a crise, os investimentos da CASAN estão levando mais conforto, saúde e qualidade de vida ao cidadão catarinense.


12

PMDB MUNICÍPIOS

NOVA ERA DO PMDB DE ITAJAÍ

VOLNEI MORASTONI É A REVOLUÇÃO QUE ITAJAÍ PRECISAVA Peemedebista é destaque no planejamento estratégico, na saúde, na educação, no resgate do porto e na proximidade com a comunidade

A

s três principais economias de Santa Catarina são do PMDB. Ao lado de Joinville e Florianópolis, Itajaí se destaca com o experiente governo de Volnei Morastoni. Sensível aos anseios da população, o prefeito cumpre o segundo mandato com a missão de estruturar a Itajaí do futuro. Afinal, a cidade que os itajaienses sonham é possível de ser construída, precisa apenas de uma gestão corajosa e ousada, que trabalhe com planejamento. O Planejamento Estratégico do Município de Itajaí (PEMI 2040) é uma importante ferramenta de trabalho adotada por Morastoni. Em parceria com especialistas universitários, um estudo participativo está em elaboração para apontar as ações necessárias para o desenvolvimento de uma Itajaí mais sustentável, inteligente e com justiça social. Um projeto de governo inovador e que ficará como legado para as próximas gerações. Como não poderia ser diferente, o prefeito, que também é médico, tem dedicado especial atenção à saúde. De maio a agosto, Morastoni realizou mais de sete mil exames e consultas, quase zerando a demanda reprimida. Um investimento na ordem dos R$ 3,5 milhões para garantir o acesso rápido aos diagnósticos e aos tratamentos do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, inaugurou recentemente o Centro Inte-

grado de Saúde (CIS) de Itajaí, complexo com cerca de sete mil metros quadrados de área construída – a maior estrutura de saúde administrada por um município em Santa Catarina. Itajaí também é referência para todo o Estado na qualidade do ensino da educação infantil. Além de assegurar o letramento e formação formal, o governo de Morastoni também investiu, logo no começo da gestão, no desenvolvimento da saúde emocional e da construção de relações saudáveis. Trata-se do programa Escola da Inteligência, inédito na região, desenvolvido pelo psiquiatra, pesquisador e escritor Augusto Cury. Outra grande ação do governo Morastoni é a retomada do crescimento do Porto, coração econômico de Itajaí. Estão em andamento obras importantes como a dragagem do canal de acesso, a bacia de evolução, a reconstrução dos berços 3 e 4 e a volta de linhas internacionais importantes. É extensa a lista de ações desenvolvidas neste primeiro ano de governo, o que comprova a competência do peemedebista no comando de Itajaí. O olho no olho com a comunidade, a partir do resgate do programa Prefeitura nos Bairros, é uma marca de Morastoni. Ele sempre optou por estar próximo aos itajaienses para que suas ações sejam assertivas e atendam aos anseios das comunidades.

V

isando reconectar a sigla com a sociedade e fortalecer a comunicação com os filiados à sigla, modernizando os processos de participação,o PMDB de Itajaí lançou, no mês de agosto, o projeto 15 Digital, durante o Arraiá do 15, que contou com a participação de quase mil filiados e convidados como o prefeito, vereadores e lideranças partidárias municipais e estaduais. “O momento é propício para a inovação e a oferta de internet é cada vez mais acessível aos cidadãos da nossa cidade portuária, que em sua maioria possuem um smartphone ou um computador ao seu alcance e podem usufruir de informações relevantes ao seu cotidiano. Sendo assim, o PMDB de Itajaí não poderia ficar fora dessa nova sistemática. O projeto 15 Digital foi desenvolvido com a finalidade de aproximar o trabalho do nosso partido ao filiado”, destaca o presidente municipal, Wilson Rebelo Junior. O 15 Digital é uma ação pioneira no estado, cujo principal objetivo é a centralização da gestão em nuvem. “Diante da grande demanda em nosso diretório, percebemos que gerenciar as fichas de papel com mais de 6,5 mil filiações não seria tarefa fácil. Após algumas reuniões, pensamos em uma plataforma web que reunisse não somente os cadastros em um só lugar, mas que permitisse novas solicitações de filiação pelo site ou aplicativo, e que nossos filiados pudessem atualizar as suas informações nos mesmos canais. Então, firmamos parceria com desenvolvedores que acreditaram e deram ‘start’ no projeto”, explica Rebelo. A funcionalidade do 15 Digital é diversa e ampla. Um grande diferencial, por exemplo, é a interação com as pessoas através de SMS e de mensagem de voz, que é enviada em forma de ligação telefônica com até 30 segundos de duração. Com esta tecnologia é possível realizar até 100 ligações por minuto, trazendo agilidade e eficiência com baixo custo operacional e tecnológico.


13

PMDB MUNICÍPIOS

SAIBA MAIS SOBRE O PMDB DE ITAJAÍ OS SEGMENTOS PARTIDÁRIOS SÃO ORGANIZADOS NO MUNICÍPIO? PMDB Itajaí é muito dinâmico. Trabalhamos de maneira segmentada como forma de atender especificamente cada filiado, futuros filiados e simpatizantes. Criamos o PMDB de carteirinha, onde cada filiado é contemplado com sua carteirinha ao qual comprova o tempo de fidelidade ao partido, proporcionando ao filiado satisfação em ser valorizado. Dando continuidade a nossa dinâmica, enviamos também a todos os filiados no mês de seu aniversário, um cartão de felicitações para que o filiado sinta-se lembrado e representado pelo partido. Os segmentos JPMDB e PMDB Mulher também estão organi-

O

zados com ações específicas. Temos, ainda, os Grupos Temáticos, como por exemplo, o PMDB em Movimento ou Itinerante, ação municipal do partido que irá atender aos sábados nos diversos bairros da cidade de Itajaí prestando serviços em várias áreas, propiciando à população carente um atendimento mais humanizado, trazendo as demandas da população para o governo. COMO PARTICIPAR DO PMDB DE ITAJAÍ? s filiações podem ser feitas no diretório municipal, na rua Heitor Liberato, n°1077, Sala 03, Vila Operária, no horário das 13 às 19 horas, de segunda a sexta, ou por meio de cadastro feito no nosso site oficial.

A

CURITIBANOS

"A SAÚDE FINANCEIRA DA NOSSA ADMINISTRAÇÃO É NOSSO DIFERENCIAL" Desde que o PMDB assumiu a Prefeitura de Curitibanos, em 2013, com o prefeito José Antonio Guidi – Dudão, mais de R$ 50 milhões foram destinados a investimentos

U

m dos fatores que contribuem para o sucesso da gestão é a saúde financeira do município - localizado no coração de Santa Catarina. Conforme adianta o prefeito Dudão, para chegar a esses resultados algumas medidas foram tomadas no início da administração. “Focamos em três princípios: gestão de pessoal, diminuição de despesas e aumento de receitas”, destaca. Reduzir o número de funcionários, eliminar pagamento de horas extras e indenizações de licença-prêmio, gerenciar férias, registro de ponto eletrônico para 90% dos funcionários e substituição de vigias por câmeras de vigilância,

integram algumas medidas da gestão de pessoas. A austeridade e o comprometimento nas ações refletem o bom momento em que vive o município. Concentrar a liberação de todas as despesas no gabinete do prefeito resultou em uma redução de gastos e controle efetivo no orçamento anual. “Nesse contexto, ainda reduzimos os salários do prefeito, vice e secretários nos dois mandatos, o que gerou uma economia de mais de um milhão de reais nos quatro primeiros anos de governo”, argumenta o prefeito. Alternativas eficazes no aumento da receita municipal representaram os índices crescentes em investimento. Por exemplo,

a realização de leilões de imóveis, veículos e inservíveis, o que permitiu a administração investir mais e renovar sua frota. “Também realizamos o recadastramento imobiliário, utilizando uma tecnologia avançada, com o georreferenciamento, o que representou um aumento de 20% na receita do IPTU”, comentou. Na área da educação, os investimentos em infraestrutura são considerados recordes. Os investimentos em infraestrutura no interior e nos bairros de Curitibanos, também, é fato relevante na administração. O programa habitacional do Loteamento Nova Alvorada também demonstra a sensibilidade com que o governo trata a população menos favorecida. O Loteamento está pronto para abrigar 550 famílias, com investimento de R$ 10 milhões. “Criamos a nova área industrial, com 300.000m², e recentemente iniciamos a implantação do Jardim Botânico, que contará com área de mais de 220.000m². São vários os projetos inovadores em execução, tais como o incentivo das culturas da oliveira e viticultura. Temos também o projeto do Mercado Público, que atenderá os produtores rurais do município no escoamento de sua produção. Enfim, somando esforços, adotando medidas de economia e gestão responsável, melhoramos cada vez mais o desenvolvimento da nossa cidade”, conclui o prefeito.


14

PMDB CÂMARAS MUNICIPAIS

A força do PMDB catarinense está nos municípios. Ao todo, cerca de 850 vereadores, eleitos em 2016, estão presentes nas cidades catarinenses legislando a favor de cada cidadão. A Revista Força 15 traz a cada edição um pouco do trabalho de nossa base. Acompanhe:

MARCLEI LIZETE RADIN GRANDO C

omo ingressou na política: desde cedo, sempre atuei em trabalhos comunitários, como catequista, coordenadora de grupo de jovens, coordenadora de associações comunitárias e integrante de outras entidades da comunidade. Nos anos de 2003 a 2008, passei a ser diretora de habitação, coordenadora da terceira idade, coordenadora de grupo de dança Sênior e secretária de assistência social. E em 2009, atuei como assessora parlamentar do deputado federal Celso Maldaner. Interagindo sempre com as pessoas, trabalho em prol da comunidade. Ingressei na vida política, buscando melhorar ainda mais a forma de ajudar a comunidade maravilhense. Na eleição de 2008, conquistei

IDADE: 44 anos VOTAÇÃO: 653 votos (vereadora mais votada da coligação) MANDATO: Terceiro mandato 592 votos, e fiquei como primeira suplente. Nas eleições seguintes, em 2012 e 2016, tive votações expressivas, atingindo 969 votos e 653 votos respectivamente, sendo em ambas a vereadora mais votada. Também atuei como líder da bancada; participei de importantes comissões como membro e presidente. O que me motiva: eu sempre acreditei no papel da mulher como importante instrumento de transformação social. Sempre fomos verdadeiras políticas, de grande influência e poder. Nossa influência é muito forte, mesmo que em grande parte “nos bastidores”. Podemos notar isso na história da humanidade. Em nossas famílias também isso é bem destacado.O poder de auxiliar nos

problemas, através de conciliação e diálogo entre os filhos e pais, foi nos lapidando para enfrentar problemas maiores e bem mais complexos. Projetos de autoria: como legisladora, além de indicação de projetos, como instituir o mês de agosto como “Agosto Laranja”, dedicado à realização de ações de conscientização e prevenção às deficiências; e indicações para instituir o dia do orquidófilo, meu trabalho é voltado à fiscalização da aplicação dos recursos. Bandeira: minha bandeira sempre foi a fiscalização e a correta aplicação dos recursos públicos. E faço dessa bandeira também o meu melhor projeto.

PAULO ROBERTO GHISLANDI BASILIO

IDADE: 23 anos VOTAÇÃO: 926 votos MANDATO: Primeiro

C

omo ingressou na política: desde muito cedo tive essa inclinação para a política. Quando criança, acompanhei um dos comícios do Paulo Afonso, e tenho em minha memória a emoção que sentia de estar ali naqueles momentos. No período escolar, era costume que eu liderasse a turma. Mas de fato, o meu ingresso foi no ano de 2012, quando me filiei ao PMDB e militei diretamente na campanha municipal daquele ano. Com a vitória eleitoral que a população de Canoinhas proporcionou a nossa chapa, fui convidado pelo prefeito Beto Faria (PMDB) e seu vice Wilson Pereira (PMDB) a instituir um

órgão específico para a juventude do município: a Assessoria da Juventude. E foi ali que comecei a trabalhar diretamente com políticas públicas. Já no ano de 2015, o deputado estadual Carlos Chiodini, que ocupa a secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, me convidou para trabalhar em seu gabinete na secretaria, e assim, iniciei mais um desafio, aprendi inúmeras coisas e pude conhecer de perto os órgãos do estado de SC. Lá permaneci pouco mais de um ano, quando retornei a Canoinhas, para assumir a ouvidoria do município, até junho de 2016, quando pedi exoneração para disputar uma vaga na câmara de vereadores nas eleições. Além de muito trabalho, durante essa trajetória tive grandes incentivadores, dentre eles prefeito e vice do município, deputado Chiodini; e o presidente do PMDB, Mauro Mariani. O que te motiva: Quanto à motivação, apesar do cenário complicado em que vivemos, ela vem justamente do encontro com a sociedade que clama por mudança e por novas práticas na política. Nós vivemos um momento de tensão no país, mas não podemos jogar todos em uma vala comum. Afinal, existem muitos políticos comprometidos com o desenvolvimento de suas regiões, de seus estados e do país. O que temos que mudar, de fato, são aqueles oportunistas, que não têm compromisso com a sua população. Projetos de autoria: quanto às proposições, posso citar algumas que certamente irão contribuir para o município. Uma delas é a criação do programa Jovem aprendiz, que visa a inserção dos jovens no mercado de tra-

balho. Em relação à causa animal, propus ao executivo municipal a criação de um conselho de proteção e bem estar animal. É uma forma de discutir com técnicos e instituições ligadas à causa animal a resolução dos problemas relacionados a esse tema. Outro projeto é o que institui pesquisa de satisfação aos usuários do serviço público, fazendo com que possamos ter noção de como estão sendo prestados os serviços para a população. Na área da educação, o projeto legislativo vai à escola, pretende aproximar a câmara de vereadores dos estudantes de Canoinhas, levando palestras e debates para as organizações escolares. Na mesma área, junto com a minha colega Camila Lima (PMDB), propusemos o transporte escolar universitário, que tem como objetivo facilitar o acesso daqueles que não possuem condições financeiras para arcar com todos os custos de um curso, fazendo com que o município dê sua parcela de contribuição através do transporte. Além de realizar uma oposição coerente e sempre vigilante, também questiono e sugiro ao executivo algumas ações, através das indicações e requerimentos. Bandeiras: uma das principais bandeiras, trata-se da inserção do jovem no debate da política, através de ações que o façam partícipe da construção da sociedade, passando pelas mais variadas áreas, mas com foco na educação e saúde. Além disso, não posso me furtar de atender os anseios da comunidade, os pedidos e sugestões. Afinal, a grande causa, a grande bandeira é a defesa dos interesses do cidadão Canoinhense.


15

PMDB MULHER

MAIS DE 500 MULHERES REFORÇAM APOIO AO PROJETO DO PMDB COM MAURO MARIANI O

quarto encontro macrorregional do PMDB Mulher, realizado em Palhoça, no dia 29 de julho, foi marcado pelos discursos de apoio ao presidente estadual do PMDB, deputado Mauro Mariani, pré-candidato da sigla ao Governo do Estado. Mais de 500 mulheres, de municípios da Grande Florianópolis e Litoral, prestigiaram o evento, organizado pela coordenadora regional, deputada Dirce Heiderscheidt. Estavam presentes lideranças como a presidente do segmento, deputada Ada de Luca; presidente do partido, Mauro Mariani; o senador Dário Berger; o ex-governador Paulo Afonso; prefeitos(as) da região; vereadores(as); entre outros. “Ninguém mais tem dúvida de que no próximo ano vamos apertar o 15 na urna. E quando a gente apertar no 15, é a foto de nosso presidente Mauro Mariani que vai aparecer. Juntos vamos construir um projeto para Santa Catarina”, disse o ex-governador Paulo Afonso, declarando apoio ao presidente. A força e participação da mulher foram ressaltadas por Mauro Mariani, bem como a importância de discutir os problemas e a crise política nacional, construindo soluções para passar o Brasil a limpo. “Neste momento de crise

que estamos vivendo, o mais confortável era ficar em casa. Mas o PMDB de SC faz questão de ser diferente. Nós queremos ouvir a sociedade e construir em conjunto um projeto que atenda aos anseios da população. Nós sabemos da importância da mulher nesse processo e queremos vocês efetivamente participando da construção de políticas públicas. É assim que o PMDB tem se constituído como o maior partido e conta hoje com o maior número de vereadoras, prefeitas e deputadas. Número que precisa ser ampliado”, afirmou. “Queremos e precisamos estar inseridas nos processos políticos. Este evento é mais uma demonstração de que a mulher quer sim participar. E todas nós estaremos engajadas na construção do projeto do PMDB para 2018, com o deputado Mauro Mariani”, ressaltou a deputada Dirce. Para a presidente do PMDB Mulher, deputada Ada de Luca, a causa das mulheres ainda é grande, na busca por espaços. “Nós temos a oportunidade, mas precisamos lutar pela mulher, dedicar tempo a essa causa, participar de forma efetiva”, disse e destacou também apoio a Mariani. Em sua base eleitoral, o senador

Dário Berger reafirmou seu compromisso com o presidente do partido em Santa Catarina e falou do momento nacional. “Nas dificuldades que temos que reencontrar o novo caminho para o Brasil e não há outro caminho que não seja através da política”, concluiu. Entre as lideranças presentes, estavam a prefeita de Rancho Queimado, Cleci Veronezi; representantes da JPMDB estadual; membras da executiva do PMDB Mulher, como a tesoureira Chyntia Mariani; entre outros. O próximo encontro do PMDB Mulher ocorre no dia 23 de setembro, em Maravilha, onde reunirá as peemedebistas da região Oeste. E no dia 07 de outubro, encerra a agenda de mobilizações com um grande evento no Planalto Norte.


WWW.PMDB-SC.ORG.BR | SETEMBRO DE 2017 | ANO 4 | EDIÇÃO #36

ESTRADAS E BANDEIRA S

N

FUNDAÇÃO ULYSSES GUIMARÃES

o próximo dia 2 de outubro, a FUG-SC irá se diar o evento cional “Estrada na s promover disc e Bandeiras”, que irá ussões entre m ilitan líderes políticos e sociedade. A tes, do programa ideia é ap pessoas e aprim roximar a política das acordo com o orar a democracia. De se Chico Donato, cretário de gestão, o foco é mobiliz lideranças do ar pa melhor o traba rtido, apresentando lho da Fundaç ão e como seus cu rsos podem le var conhecimento aos m ai local do evento s diversos públicos. O e a grade de pr mação serão divulgados pe ogralos canais oficiais da FU G-S (facebook.com C, nas redes sociais. /FUGSC/).

DIRETÓRIOS DE NAVEGANTES, RIO NEGRINHO, ITAPIRANGA E BRAÇO DO NORTE PROMOVEM CURSOS DE FORMAÇÃO DA FUG Cursos foram organizados por membros do JPMDB, PMDB Mulher com apoio de militantes

A

formação política e a qualificação dos militantes do PMDB como agentes transformadores da sociedade. Esses princípios norteadores da Fundação Ulysses Guimarães serviram de estímulo para iniciativas promovidas por peemedebistas de Navegantes, Rio Negrinho, Itapiranga e Braço do Norte. Eles organizaram as primeiras turmas de capacitação usando o material didático e metodologias de ensino oferecidas pela FUG-SC, que consiste tanto em encontros presenciais como uso de tecnologias de ensino a distância. Para o presidente da FUG-SC, deputado estadual Carlos Chiodini, o comprometimento de membros voluntários do partido em organizar os encontros em seus municípios é fundamental para o sucesso dos cursos de formação. “Todos os cursos que estamos disponibilizando são de excelente qualidade, com o selo de grandes instituições de ensino do Brasil. Cabe lembrar, que vivemos um momento histórico em nosso país, de reflexão e que não basta apenas criticar, as pessoas precisam se preparar para atuar na política”, destacou Chiodini,

lembrando que “estar bem preparado é um pré-requisito essencial nos dias de hoje”, concluiu. Com o suporte de material didático oferecido pela FUG, e após terem participado do curso de formação de mediadores oferecido no início deste ano, em Florianópolis, as primeiras iniciativas de formação se iniciaram lideradas por membros do Diretório Municipal de Navegantes e Itapiranga, do PMDB Mulher de Rio Negrinho e da Juventude do PMDB de Braço do Norte. Em Rio Negrinho, no dia 5 julho, foi aberta a primeira turma de formação do curso de “Políticas Públicas de Gênero”, organizado pela mediadora Flávia Vicente, coordenadora da FUG na região. “Hoje, Rio Negrinho possui somente uma vereadora mulher e a representatividade feminina é muito pequena em nosso município, e com a FUG teremos oportunidade em capacitar melhor as mulheres para as próximas eleições”, destacou Jessica Lourenço, participante do curso. No dia 19 de julho, uma segunda turma foi implantada, também formada por um grupo de mulheres do PMDB. Ainda dentro do mês de

julho, também foi aberta uma turma de “Dicção e Oratória” no município de Navegantes, que teve como mediador o membro do diretório Sérgio Trimmer, com o apoio do vereador Cirino Cabral. No mês de agosto, foi a vez da Juventude de Braço do Norte organizar o curso de “Dicção e Oratória”, organizado pela presidente da JPMDB do município, Simara Prá, que também atuou como mediadora do encontro. As aulas foram realizadas nos dias 7, 14, 21 e 28 do mês, demonstrando o compromisso e o interesse dos participantes, garantindo o sucesso da iniciativa. Também em agosto, nos dias 12, 19 e 26, o mediador Miguel Aloisio Schneider organizou e ministrou o curso de “Dicção e Oratória” no município de Itapiranga. “Pela adesão que tivemos, podemos afirmar que a iniciativa foi um sucesso. É um curso que agrega muito, tanto para a nossa vida pessoal quanto profissional, sem contar para a qualificação na atuação na política. Tenho certeza que em breve estaremos abrindo novas turmas”, garantiu Simara.

Mais informações pelo e-mail www.fundacaoulysses.org.br/blog/cursos/ ou facebook.com/FUGSC/

Força 15 | Informativo 9 PMDB-SC  

Informativo 7 do Diretório Estadual do PMDB Santa Catarina.