Issuu on Google+

publ&MAG art & lifestyle


Capa . Cover

publ&MAG treze.thirteen

O BaĂş dos Sonhos II . Julho/Agosto. 009 . July/August 009


publ&MAG art & lifestyle

O Baú dos Sonhos II José D'Almeida & Maria Flores Titulo do trabalho Fotografia . José D’Almeida & Maria Flores . Artistas Plásticos Modelo . Maria Flores e-mail: josealmeida.mariaflores@gmail.com


publ&MAG art & lifestyle

ano/year 03 . número/number 13 . Julho/Agosto . 009 . July/August . 009 [ publicação bimestral gratuita ]


publ&MAG art & lifestyle

13

#thir

teen www.publisitio.biz/publi.htm

Sandra 06Costa Grau 24Zero Eduardo 36Sardinha

Sztuka 14Fabryka Daniel 34Fernandes Teatro 40do Montemuro


page

.06

http://olhares.aeiou.pt/sindome

Sandra Costa Portugal


publ&MAG art & lifestyle


Sandra Costa

Nascida em 83, Sandra Costa é uma criadora

de arte, cujos objectivos são acima de tudo a realização pessoal. Começando como muitos outros com uma pequena maquina powershot, com funcionalidades automáticas, o desejo de controlar certos aspectos que nessa máquinas não eram possível, deram origem a um investimento que na altura achava um desperdício económico, todavia a vontade de ir mais alem neste mundo fê-la tornar esse sonho realidade. Tendo envergado outra vertente na fotografia, foi na arte de congelar um momento que Sandra sentiu ser o que gostava de realizar efectivamente. E assim aos poucos fotografando pequenas coisas, e crescendo mais aos pouquinhos, viu em Sandro o seu melhor modelo e cúmplice nestas andanças, obrigado por tudo! Entre outras pessoas que deram ânimo e mais força, ajudas valiosas e pequenas surpresas muito agradáveis! A vontade e seguir mais alem, aprendendo o maximo possivel com todas as situações que se deparem pelo caminho.


Tiny Little Fractures

Count varck

publ&MAG art & lifestyle


where did ...


will you call me this night

in to the light

publ&MAG art & lifestyle


there´s something in your eye


heal me doctor

Feeling sick...

publ&MAG art & lifestyle


page

.14

sztuka fabryka Spain | Asturias


publ&MAG art & lifestyle

diy fashion collection


sztuka fabryka

diy fashion collection

Concept of diy fashion collection 2D

stencil pieces on textile, cut out all pieces and assemble them into one 3D fashion piece. This collection was inspired by our DIY urban shrines, where we transform flat stencil pieces into 3D urban shrines. We wondered if we were able to realise the same concept into wearable fashion pieces. Pieces you can assemble just by cutting out and assemble. This resulted in 6 different silhouettes with dresses, skirts, pants, etc. which received very good critics since they were presented at a fashionshow. Maybe also the aesthetic of the building plate has to do a great part with this, the aesthetic of the stencils give even a classic silhouette a modern look.


publ&MAG art & lifestyle

> BACK

> FRONT


> LEFT


publ&MAG art & lifestyle


> RIGHT


publ&MAG art & lifestyle


publ&MAG art & lifestyle

sztuka fabryka

diy fashion collection www.sztuka-fabryka.be


page

.24

http://www.grauzero.com

Grau.Zero Portugal

arquitectura


publ&MAG art & lifestyle


Grau.Zero http://www.grauzero.com : geral@grauzero.com

casa sg light

Dividiu-se a “massa” volumétrica da implantação

passível de ser “utilizada” em dois pequenos paralelepípedos, unidos por um elemento de ligação. Utilizou-se uma flexão de 10º, nos dois volumes de forma a manterem entre si uma linguagem própria e comum. No entanto, a aplicação desta flexão é executada em cada um deles em eixos opostos. Este gesto criou um posicionamento distante ao nível formal entre os dois bloco, permitindo ter diversas leituras da volumetria. Estes grandes volumes quase cegos proporcionam assim uma imagem iminentemente plástica. Esta relação entre “corpos” é enfatizada pela marcação da entrada que se evidencia através de um seccionamento do volume rotacionado no eixo vertical. A entrada da habitação acontece assim numa zona de tenção formal. Enfatizou-se na habitação o seu alçado norte em virtude de coexistir com uma escola primária. Para a resolução do programa, onde as questões prementes foram tidas no campo da funcionalidade, utilizou-se um pé direito alto, “não standard”, de modo a redefinir e a equacionar a escala da habitação, reportando-a assim, as nossas referências escultóricas. O espaço criado pretendeu-se o mais “fechado e controlado possível para o exterior de modo a romper com algumas das formas de identificação arquitectónicas, nomeadamente vãos exteriores que foram utilizados no menor número possível. A iluminação/ventilação dos quartos é feita a partir de pequenos pátios interiores resultando um dos alçados interiores num pequeno jardim exterior.


publ&MAG art & lifestyle


publ&MAG art & lifestyle


publ&MAG art & lifestyle


publ&MAG art & lifestyle

Grau.Zero

casa sg light

Arquitectura: Sérgio Manuel Nobre Gustavo Custódio Especialidades: Marcelo Alves da Fonte Fotografia: Manuel Correia

Dono de obra: Sérgio Jorge Gomes. Localização: Santo Tirso, Portugal. Área de intervenção: 230 m² Datas: Projecto: Ago.004/Fev.005 Construção: Ago.005/Nov008.


page

.34

/ >Daniel Fernandes< http://www.myspace.com/icarusdecidevoar icarus_daidalos@hotmail.com

ilustração - Minimoog” por Telmo Pereira


publ&MAG art & lifestyle

Gershon Kingsley - Music to Moog by http://www.myspace.com/gershontheking

Kraftwerk - The Man-Machine http://www.myspace.com/kraftwerk

O meu papá trabalha muito. A minha mamã diz que é para um dia termos um futuro melhor e eu acredito no que ela me diz. Eu sei que um dia poderemos estar todos juntos mais tempo porque o meu papá não terá de ir trabalhar. Todo o trabalho vai ser feito por máquinas e as pessoas vão ter mais tempo para fazer as coisas que gostam e a minha mamã vai ter um robot cozinheira que a vai ajudar a cozinhar e a lavar a loiça. O meu papá não tem carro. Acorda todos os dias muito cedo para apanhar o autocarro que o leva ao trabalho. Eu não gosto de autocarros... São sujos e cheiram mal. Um dia, quando não houver autocarros, os automóveis não vão ter rodas e vão voar como os aviões e o meu papá não vai precisar de acordar tão cedo para ir trabalhar. Eu não gosto de buzinas porque me magoam os ouvidos. Tudo isso vai acabar. Não vai haver mais filas de trânsito, pessoas aos berros e todo o mundo vai sorrir e andar mais devagar porque vão ser mais felizes. Na escola vão-nos ensinar coisas mesmo importantes porque vai haver mais tempo para elas e ninguém vai precisar de aprender coisas chatas para os empregos. Eu acredito no futuro, no nosso futuro.No futuro que vamos construir. Agora vou parar de escrever e vou dormir... Vou dormir e vou sonhar... Vou sonhar porque me aguarda o amanhã e quero estar preparado.


Jens Lekman A Pop

page

.36 Eduardo Sardinha Ă&#x2030; por Acaso


publ&MAG art & lifestyle


JENS LEKMAN

A Pop É por Acaso (ou o Crooner Quotidiano Chega a Portugal) A maior parte das coisas a escrever já estão escritas. Quem quer que viva da (na?) palavra escrita tropeça constantemente no que ia dizer, melhor dito. A pop, a música pop(ular) neste caso, há perto de duas décadas que tropeça nas décadas precedentes, revisitando estilos e temáticas. O que fazer então quando se quer escrever sobre Jens Lekman e Stephen Metcalf já tinha espetado na Slate o título “A Maior Exportação Musical da Suécia”, coadjuvado pelo subtítulo “Não, não são os Abba. É Jens Lekman” e pelo relato de como a sua filha de quatro anos diz que a sua música preferida é “You Are the Light”? Inevitavelmente, espetar a história de Metcalf no nosso texto. A opção não é a do facilitismo, mas a de facilitar a apreensão da obra Lekman a quem não a conhece, na altura em que o sueco, finalmente, toca em Portugal. Lekman será a melhor exportação musical da Suécia no momento e o interesse que desperta numa miúda de quatro

www.jenslekman.com

anos diz muito da sua rara sensibilidade pop, a ombrear com a dos (errr) celebrados Abba, mesmo que a sua música tenha pouco a ver com a do quarteto que mais discos vendeu depois dos Beatles. Aliás, os nomes mais frequentemente associados a Lekman são os de Burt Bacharach, Stephen Merrit (Magnetic Fields, Future Bible Heroes…), Van Dyke Parks, Morrissey ou David Byrne; para não entrarmos por Sinatra ou Tormé. Ora, também Lekman sabia que também na pop estava tudo escrito (como até se pode comprovar pelos nomes atrás) quando começou a escrever canções em segredo. Mas como descobriu que vivia na pop (ou ela em si) não facilitou e foi naturalmente escrevendo as histórias mais ou menos quotidianas, mais ou menos apaixonadas, mais ou menos inventadas que pingavam na sua vida e espetando em cada canção o que colhia do já escrito: da guitarra folk do primeiro álbum (ou colecções de canções, como prefere chamarlhes) à entrada orquestral do mais recente, da pop luminosa de “You Are the Light” ao disco de “Sipping on the Sweet Nectar”, ao doo-wop de “Kanske Ar

Jag Kar I Dig”, ao caribenho calypso, à pop britânica dos 1980s, à brasileira lambada, ao synthfunk… Assim, por ser tão naturalmente de (em?) si, a pop de Jens Lekman é escancarada por acaso, embebida em cintilante calda naïve e de travo crooner sem querer. E, escusado será dizer, que se escreve lindamente, como se nunca tivesse sido escrita, como se crianças de quatro anos e pais trintões dessem por si a cantarolá-la sem sequer dar conta do brilhante e inteligente que simplesmente é. (Também por acaso, Jens Lekman deu por si entertainer. À volta do mundo tanto já apareceu sozinho de cavaquinho na mão como acompanhado de uma secção de metais feminina. À Lugar Comum, que o traz a Portugal, confidenciou que pretende para os concertos lusos uma atmosfera “celebratória e dançável”. É prometedor.)


publ&MAG art & lifestyle

CONCERTOS 17 de Julho Salão Brazil Coimbra info.

18 de Julho Maus Hábitos Porto

www.lugarcomum.pt Jens Lekman (álbuns)

Discografia Night Falls over Kortedala (Secretly Canadian/Flur, 2007) Oh You’re So Silent, Jens (Secretly Canadian/Flur, 2005) When I Said I Wanted to Be Your Dog (Secretly Canadian/Flur, 2004)


Teatro do Montemuro http://www.teatromontemuro.com/

Â&#x201C; ...o dom de fazer

portugal

page

.40


publ&MAG art & lifestyle

pequenos milagres!Â&#x201D;


O Teatro do Montemuro, á semelhança de espectáculos de anos anteriores, como Terra dos Cinco Rios, Os Gregos

ou Vasco na Cama, volta a prestar atenção ao mais jovem dos públicos, as crianças, apresentando recentemente “Qaribó” e “Mãos Grandes”. De volta às escolas, bibliotecas, e serviços educativos para brincar com todos em espectáculos que acontecem com o público, o Teatro do Montemuro leva consigo fantoches, marionetas, sombras e cenários surpreendentes que se podem instalar até em salas de aulas. Há espectáculos que têm o dom de fazer pequenos milagres! O uso das marionetas aproxima as crianças, estimulando a sua curiosidade e atenção. As cores e os movimentos, despertam concerteza a sua criatividade.


publ&MAG art & lifestyle


publ&MAG art & lifestyle


13 ano/year 03 número/number 13

publ&MAG art & lifestyle

publicação bimestral gratuita

. Julho/Agosto . 009 . July/August . 009

Copyright

© All rights reserved. All rights belong to their owners. No part of this publication may be reproduced without permission of the copyright holder. Every effort has been made to contact owners of coppyright material produced in this emag. In the event of a copyright query, please contact the Publisher. publigeral@gmail.com

publ&MAG art & lifestyle

FICHA TÉCNICA Propriedade: publiSITIO® Coordenador do projecto: Carlos Coutinho Costa Design: publiSITIO® Periodicidade: Bi-mestral Colaboram nesta edição: José D’Almeida, Maria Flores, Sandra Costa, Sztuka Fabryka, Grau Zero, Daniel Fernandes, Eduardo Sardinha, Teatro do Montemuro. Contacte-nos: publigeral@gmail.com

Agradecimento a todos os colaboradores que tornaram esta edição possível: José D’Almeida, Maria Flores, Sandra Costa, Sztuka Fabryka Grau Zero, Daniel Fernandes, Telmo Pereira, Eduardo Sardinha, Teatro do Montemuro. Ricardo Santos Meireles, Sérgio Nobre, Carlos Silva, Daniela Gonçalves, Pedro Vasconcelos. INFO/ Reserva-se o direito de selecção das informações, conteúdo gráfico ou outros, que fazem parte da revista, não tendo a publ&MAG que justificar qualquer opção tomada. CONTEÚDOS/ Os textos apresentados não são da resposabilidade da publ&MAG. Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. PUBLICIDADE/ Todo o conteúdo publicitário é da responsabilidade do anunciante. CONTACTOS/ Para fazer chegar as suas propostas/sugestões e comentários: publigeral@gmail.com

SUBMIT YOUR WORK. TO: publigeral@gmail.com DIMENTIONS & FORMAT JPG / 148mm x 210mm / 150 dpi / RGB


publ&MAG art & lifestyle

see U in September

publ&MAG art & lifestyle

Also available at:


art & lifestyle

13 publ&MAG www.publisitio.biz publimag@portugalmail.pt


publMAG13