Page 1


“Capa negra usei, por Coimbra me apaixonei.” Coimbra, nossa Coimbra, tens escritas nas pedras seculares histórias de outros tempos. Foste o marco da juventude de um país. Serás sobretudo um marco na nossa juventude. Com o Mondego aos pés e a praça cheia de estudantes. Com as infinitas Monumentais e o badalar da velha Cabra. A capa aos ombros ao passar no Arco de Almedina. O fado que as guitarras tocam durante as serenatas. A Queima das Fitas e a Festa das Latas. Da alta até à baixa, não há nada que manche mais as tuas paredes se não esta saudade. Este amor que entristece por se conhecer o seu fim, por se saber que por muito eterna que sejas, em breve pertencerás a outros e o que nós em ti vivemos será vivido por eles. Não me interpretes mal, não há maior orgulho do que sentir que abraçamos uma herança de gerações perdidas no tempo e que a passamos aos que vêm depois, tal como nos foi entregue a nós. É respirar-te Coimbra! É o orgulho de vestir de negro e ver as tuas ruas varridas constantemente pelas nossas vestes. Iremos sempre emocionar-nos com o luar espelhado no Mondego. Por tudo o que nos deste, por todos os que nos deste, terás sempre lugar em nós. Cegos não seremos, porque te vimos, com os olhos e com o coração, e viveremos para sempre, porque sabemos que te amámos.

Saudações Académicas

A Comissão Central da Queima das Fitas 2014


O presente texto resulta muito provavelmente de um erro de casting. Os alunos homenageados neste livro cometeram a lisonjeira mas pouco reflectida decisão de me escolherem para autor desta dedicatória. Desconhecedor destas tradições coimbrãs e com muito poucos anos “de casa”,duvido que consiga preencher os requisitos próprios de um texto destanatureza. Curiosamente, esses poucos anos no seio da Universidade de Coimbra sãotalvez um dos primeiros pontos comuns que tenho convosco. Tal como vocês chego a um curso já existente do qual, também, não deixo de ver os pontos porventura menos positivos. Mas, seguramente como aconteceu convosco, fui-me apercebendo das enormes potencialidades do percurso académico delineado assim como da qualidade humana que me acompanhava, quer entre os colegas quer entre aqueles que, sinceramente, me deram o privilégio de ser meus alunos. Partilho convosco, desde logo, esse ponto de partida, mesmo se do outro lado da mesma estrada, de uma caminhada conjunta de conhecimento e reconhecimento. Aquele ponto inicial foi profusamente enriquecido, ao longo destes anos, com vários momentos de convívio, dentro e fora da sala de aula, com praticamente cada um de vocês. Uma palavra especial para aqueles que tiveram a infelicidade de escolher o Seminário de Música. Saibam que não se trata apenas de uma oportunidade única de vos infernizar a vida durante um semestre. Vocês estão seguramente entre aqueles com quem mais aprendo ajudando a alargar horizontes com vertentes da Música que nunca trabalhei. Imagino que algumas palavras auspiciosas sobre o futuro sejam devidas aqui. Refugio-me cobardemente no lugar comum de que ninguém sabe o que futuro nos reserva. Mas, seja como for, espero, sinceramente, que este vosso percurso dos últimos três anos vos tenha preparado com a fundamental bagagem e consequente capacidade crítica para apreender, decidir e agir perante este “admirável mundo novo” que nos entorpece com a sua barbárie mas que, francamente, não podemos deixar que nos cegue da extraordinária beleza de muito do que nos rodeia. Uma última palavra de boa sorte e de esperança que, sempre que vos for possível, sigam as vossas paixões. Sem grandes despedidas. Não vale a pena. Este mundo é demasiado pequeno. Até breve. Paulo Estudante. Abril 2014


Novos Fitados do Curso Estudos Artísticos Ana Carolina Neves Rodrigues Ana Carolina Viana Santos Ana Filipa Rodrigues Leandro Ana Margarida Carvalho Sousa Ana Sofia Domingues Vilarinho Ana Sofia Maia de Oliveira André Alvarez Girão Ribeiro Carina Pereira Fernandes Cátia Isabel dos Santos Gouveia Cláudia Sofia Pinto Sousa Daniel Filipe Moreira Alves da Silva Daniel José da Silva Matos Madeira Daniela Filipa Mendes Fernandes Jéssica Pestana Matos Lima Rodrigues Joana Marujo Pinto Margarida Maria Fraústo Rigueira Ataíde Almeida Maria Beatriz Afonso Neves Esperança Barroca Marta Filipa Ferreira Rebelo Sara Daniela Marques Cunha Susana Maria Fonseca Figueira Henriques Urbano Jorge Bragança da Silva Ferreira Vanessa Neto Batista


Carolina Rodrigues

Ana Carolina Santos

Ana Filipa Leandro

Ana Sousa

Sofia Vilarinho

Sofia Maia

AndrĂŠ Ribeiro

Carina Fernandes

CĂĄtia Gouveia


ClĂĄudia Sousa

Daniel A. Silva

Daniel Madeira

Daniela Fernandes

JĂŠssica Pestana

Joana Pinto

Margarida Rigueira

Beatriz Barroca

Marta Rebelo


Sara Cunha

Vanessa Batista

Susana Henriques

Urbano Ferreira


Ana Carolina Neves Rodrigues


Ana Carolina Viana Santos


Ana Filipa Rodrigues Leandro


Ana Margarida Carvalho Sousa


Ana Sofia Domingues Vilarinho


Ana Sofia Maia de Oliveira


André Alvarez Girão Ribeiro


Carina Pereira Fernandes


Cรกtia Isabel dos Santos Gouveia


Clรกudia Sofia Pinto Sousa


Daniel Filipe Moreira Alves da Silva


Daniel JosĂŠ da Silva Matos Madeira


Daniela Filipa Mendes Fernandes


JĂŠssica Pestana Matos Lima Rodrigues


Joana Marujo Pinto


Margarida Maria FraĂşsto Rigueira AtaĂ­de Almeida


Maria Beatriz Afonso Neves Esperanรงa Barroca


Marta Filipa Ferreira Rebelo


Sara Daniela Marques Cunha


Susana Maria Fonseca Figueira Henriques


Urbano Jorge Braganรงa da Silva Ferreira


Vanessa Neto Batista

154_v1  
Advertisement