Issuu on Google+

BIOQxispa-te NOVOS FITADOS DO CURSO DE BIOQUÍMICA

U N I V E R S I D A D E D E C O I M B R A Q U E I M A D A S F I T A S 2 0 1 4


“Capa negra usei, por Coimbra me apaixonei.” Coimbra, nossa Coimbra, tens escritas nas pedras seculares histórias de outros tempos. Foste o marco da juventude de um país. Serás sobretudo um marco na nossa juventude. Com o Mondego aos pés e a praça cheia de estudantes. Com as infinitas Monumentais e o badalar da velha Cabra. A capa aos ombros ao passar no Arco de Almedina. O fado que as guitarras tocam durante as serenatas. A Queima das Fitas e a Festa das Latas. Da alta até à baixa, não há nada que manche mais as tuas paredes se não esta saudade. Este amor que entristece por se conhecer o seu fim, por se saber que por muito eterna que sejas, em breve pertencerás a outros e o que nós em ti vivemos será vivido por eles. Não me interpretes mal, não há maior orgulho do que sentir que abraçamos uma herança de gerações perdidas no tempo e que a passamos aos que vêm depois, tal como nos foi entregue a nós. É respirar-te Coimbra! É o orgulho de vestir de negro e ver as tuas ruas varridas constantemente pelas nossas vestes. Iremos sempre emocionar-nos com o luar espelhado no Mondego. Por tudo o que nos deste, por todos os que nos deste, terás sempre lugar em nós. Cegos não seremos, porque te vimos, com os olhos e com o coração, e viveremos para sempre, porque sabemos que te amámos.

Saudações Académicas

A Comissão Central da Queima das Fitas 2014


Chegou a nossa vez. Sim, agora é o nosso momento. Durante três anos vivemos uma cidade, um curso, uma tradição, uma experiência indescritível que só quem a vive perceberá. Fomos caloiros, aprendemos os valores da praxe, o sentimento de fazer parte da ‘cidade dos estudantes ‘e de integrar a maior e mais antiga Academia do país. ‘Coimbra é uma lição de sonho e tradição’, entrámos crianças e saímos adultos, crescemos, aprendemos a ser mais independentes e a ver o mundo de um prisma diferente, travámos fortes amizades, umas temporárias e outras para a vida, chorámos, rimos, caímos e aprendemos a reerguer-nos, a nunca desistirmos dos sonhos, pois o impossível é apenas algo ainda não alcançado. Aqui nos preparámos e transformámos, não só académica e profissionalmente, mas também enquanto seres humanos e cidadãos. Assim, se os sonhos ou as peripécias da vida nos levarem para o estrangeiro, não nos esqueceremos do país e da magnífica instituição que nos formou, que nos deu asas para voar, a Universidade de Coimbra. Somos hoje os Finalistas da Licenciatura em Bioquímica do ano 2013/2014, o que não seria possível sem algumas pessoas que são para nós as mais importantes e às quais deixamos os nossos sinceros agradecimentos. Fomos recebidos de braços abertos pelos nossos Padrinhos e Madrinhas e a eles agradecemos por nos terem integrado na vida académica. Sentimos o apoio dos nossos professores que, sem dar a mão tal como se faz aos bebés, estiveram presentes e disponíveis a ajudar na nossa formação. A eles deixamos um grande obrigado! Aos nossos afilhados, agradecemos a possibilidade de termos sido para eles aquilo que já alguém foi para nós e deixamos os desejos de um futuro brilhante. Às nossas famílias, que sofreram com a nossa menor disponibilidade, pedimos desculpa e agradecemos a dedicação, os conselhos, o exemplo que são para nós. Agradecemos também por nos terem proporcionado a oportunidade de viver a melhor vida académica, a vida académica de Coimbra. Se tanto passámos, foi por uma boa causa, pois hoje somos finalistas. “Levo na memória Risos prantos e histórias Coisas que não esqueço, Peço só poder voltar”

“E para Bioquímica não vai nada, nada, nada?” Novos Fitados de Bioquímica 2013/2014


Foi com enorme prazer que aceitei o convite para dedicar algumas palavras aos Novos Fitados do Curso de Bioquímica, por ocasião da Queima das Fitas de 2014. Estão prestes a concluir o vosso primeiro ciclo no ensino superior universitário. Um ciclo que acompanhei de perto e que, para mim, se iniciou com uma tarefa quase hercúlea: memorizar rapidamente as vossas caras e fazer-lhes corresponder, não só os vossos nomes, mas também as vossas personalidades. Uma tarefa que sempre me imponho no início de cada novo ciclo, não só pela necessidade de vos avaliar, mas também, e em não menor medida, pela necessidade que tenho de vos conhecer. Preciso conhecer os vossos pontos fortes e as vossas dificuldades. Preciso compreender as vossas expectativas e os vossos receios. Preciso entender o que vos trouxe à Bioquímica. Pois só assim saberei qual o caminho que devo trilhar. E só assim vos sei ensinar. Gosto de Bioquímica. Gosto que, ao fim destes anos todos, a Bioquímica me continue a surpreender. Gosto que a Bioquímica vos surpreenda. Gosto de participar nessa surpresa. E gosto de pensar que, ao partilhar convosco a visão que da Bioquímica vou construindo, vos ajudo a desvendá-la, pois só assim a poderão apreciar. É um ciclo curto. Demasiado curto, talvez. E, contudo, quão determinante poderá ser para o vosso futuro. Sinto esse peso. Pois quero que alcancem tudo o que eu alcancei.


Quero que cheguem onde eu não cheguei. Quero poder manter a ilusão de ter contribuído positivamente, ainda que muito modestamente, para o vosso futuro, que eu desejo brilhante. Pois só assim poderei continuar a acreditar que vale a pena Foi com enorme prazer que aceitei o convite para dedicar algumas palavras aos Novos tentar inovar, ondedeteria sido mais repetir. Que vale pena exigente, Fitados do Curso Bioquímica, porfácil ocasião da Queima das aFitas deser 2014. Estão onde teria sido mais fácilofacilitar. Que vale pena personalizar, onde teria sido fácil prestes a concluir vosso primeiro cicloa no ensino superior universitário. Um mais ciclo que acompanhei de perto e que, para mim, se iniciou com uma tarefa quase hercúlea: massificar.

memorizar rapidamente as vossas caras e fazer-lhes corresponder, não só os vossos nomes, mas também as vossas personalidades. Uma tarefa que sempre me imponho no início AnadeFrias, Ana ciclo, Jorge,não Ana Oliveira, Ana Rodrigues, André Beatriz cada novo só pela necessidade de vos avaliar, masRoma, também, e em não menor medida, pela necessidade que tenho de vos conhecer. Preciso conhecer Escada, Carla Henriques, Cátia Seabra, Cláudia Almeida, Daniela Antunes, Daniela os vossos pontos fortes e as vossas dificuldades. Preciso compreender as vossas Costa, Élia Fogeiro, Eurico Serrano, Sousa, Filipa Ribeiro, Filipa Rovira, expectativas e os vossos receios. PrecisoFábio entender o que vos trouxe à Bioquímica. Pois Filipe Vicente, Francisca Mora, Gonçalo Santos, Inês Gosto Brás, de Inês só assim saberei qual o caminho que devo Teixeira, trilhar. E sóGustavo assim vos sei ensinar. Bioquímica. Gosto que, ao fim destes anos todos, a Bioquímica me continue a Tavares, Joana Almeida, Joana Pereira, João Amorim, João Silva, Juliana Simões, surpreender. Gosto que a Bioquímica vos surpreenda. Gosto de participar nessa Lara Azul, Liliana Nisa, Marcel Velze, Marco Ferreira, M.ª da Inês Fonseca,vou Masurpresa. E gosto de pensar que, Van ao partilhar convosco a visão que Bioquímica riana Café, Mariana Tomás, Martinhapois Silva, Miguel Lopes,apreciar. Nuno Mendes, construindo, vos ajudo a desvendá-la, só assim a poderão É um cicloPedro curto.Pedro Demasiado curto, talvez. E, contudo, quão determinante poderá ser para o Nunes, Ribeiro, Rita Lopes, Rita Oliveira, Sara Oliveira, Solange Craveiro, vosso futuro. Sinto esse peso. Pois quero que alcancem tudo o que eu alcancei. Quero Vera Cunha e a todos os Novos Fitados de Bioquímica dos quais me possa ter, moque cheguem onde eu não cheguei. Quero poder manter a ilusão de ter contribuído mentaneamente, esquecido, obrigada por me ajudarem a acreditar. por me positivamente, ainda que muito modestamente, para o vosso futuro, Obrigada que eu desejo brilhante. Pois só assim poderei continuar a acreditar que vale a pena tentar inovar, ensinarem a ensinar. Desejo-vos as maiores felicidades! onde teria sido mais fácil repetir. Que vale a pena ser exigente, onde teria sido mais fácil facilitar. Que vale a pena personalizar, onde teria sido mais fácil massificar. Ana Coimbra, 12 de Abril deRoma, 2014 Beatriz Escada, Carla Frias, Ana Jorge, Ana Oliveira, Ana Rodrigues, André Henriques, Cátia Seabra, Cláudia Almeida, Daniela Antunes, Daniela Costa, Élia Fogeiro, Eurico Serrano, Fábio Sousa, Filipa Ribeiro, Filipa Rovira, Filipe Vicente, Francisca Mora, Gonçalo Teixeira, Gustavo Santos, Inês Brás, Inês Tavares, Joana Almeida, Joana Pereira, João Amorim, João Silva, Juliana Simões, Lara Azul, Liliana Nisa, Marcel Van Velze, Marco Ferreira, M.ª Inês Fonseca, Mariana Café, Mariana Tomás, Martinha Silva, Miguel Lopes, Nuno Mendes, Pedro Nunes, Pedro Ribeiro, Rita Lopes, Rita Oliveira, Sara Oliveira, Solange Craveiro, Vera Cunha e todos os Novos Fitados de Bioquímica dos quais me possa ter, momentaneamente, esquecido, obrigada por me ajudarem a acreditar. Obrigada por me ensinarem a ensinar. Desejo-vos as maiores felicidades! Coimbra, 12 de Abril de 2014


Novos fitados do curso de Bioquímica Ana Filipa Pimentel Lopes Rovira da Silva Ana Isabel Mendes Frias Ana Isabel Verdasca Jorge Ana Rafaela Gomes Soares Oliveira Ana Rita Rodrigues Lopes Ana Sofia Abrantes Dias Ana Sofia Batalha Rodrigues Ana Sofia Dias André Emanuel Serra Roma Beatriz Isabel Alves Escada Carla Filipa Simões Henriques Catia Alexandra Seabra Vieira Claudia Soares de Almeida Daniela Neves Antunes Daniela Santos Conde Costa Élia Simões Fogeiro Eurico da Silva Serrano Fábio de Jesus Ribeiro de Sousa Gonçalo Duarte Gomes Teixeira Inês Filipa Caldeira Brás Inês Moura Tavares Joana Sousa Pereira Joana Trigo Rodrigues Almeida João Afonso Azevedo Pereira da Silva José Filipe Amado Coelho Nunes Vicente Juliana Gomes Pereira Juliana Sofia Machado Simões Lara Raquel Sopas Azul Liliana Marina dos Santos Nisa Marco António Rodrigues Ferreira Maria Inês Arêlo Manso da Fonseca Mariana Carolina Coimbra Café Mariana Santos Vidal Tomás Martinha Leonor Paz Silva Miguel Monteiro Lopes Nuno Miguel Carnim Mendes Pedro Emanuel Cardoso Nunes Pedro Miguel Gomes Ribeiro Rita Maria da Rocha Oliveira Sara Rodrigues Oliveira Solange Isabel Silva Craveiro Vera Sofia Costa Cunha


ANA FILIPA PIMENTEL LOPES ROVIRA DA SILVA


ANA ISABEL MENDES FRIAS


ANA ISABEL VERDASCA JORGE


ANA RAFAELA GOMES SOARES OLIVEIRA


ANA RITA RODRIGUES LOPES


ANA SOFIA ABRANTES DIAS


ANA SOFIA BATALHA RODRIGUES


ANDRÉ EMANUEL SERRA ROMA


BEATRIZ ISABEL ALVES ESCADA


CARLA FILIPA SIMÕES HENRIQUES


CATIA ALEXANDRA SEABRA VIEIRA


CLAUDIA SOARES DE ALMEIDA


DANIELA NEVES ANTUNES


DANIELA SANTOS CONDE COSTA


ÉLIA SIMÕES FOGEIRO


EURICO DA SILVA SERRANO


Fテ。IO DE JESUS RIBEIRO DE SOUSA


GONÇALO DUARTE GOMES TEIXEIRA


INÊS FILIPA CALDEIRA BRÁS


INÊS MOURA TAVARES


JOANA SOUSA PEREIRA


JOテグ AFONSO AZEVEDO PEREIRA DA SILVA


JOANA TRIGO RODRIGUES ALMEIDA


JOSÉ FILIPE AMADO COELHO NUNES VICENTE


JULIANA GOMES PEREIRA


JULIANA SOFIA MACHADO SIMÕES


LARA RAQUEL SOPAS AZUL


LILIANA MARINA DOS SANTOS NISA


MARCO ANTONIO RODRIGUES FERREIRA


MARIA INÊS ARÊLO MANSO DA FONSECA


MARIANA CAROLINA COIMBRA CAFÉ


MARIANA SANTOS VIDAL TOMÁS


MARTINHA LEONOR PAZ SILVA


MIGUEL MONTEIRO LOPES


NUNO MIGUEL CARNIM MENDES


PEDRO EMANUEL CARDOSO NUNES


PEDRO MIGUEL GOMES RIBEIRO


RITA MARIA DA ROCHA OLIVEIRA


SARA RODRIGUES OLIVEIRA


SOLANGE ISABEL SILVA CRAVEIRO


VERA SOFIA COSTA CUNHA


Agradecimentos Licor Beirão

Eunice Cabeleireiros

Talho Adriano Brás Emília Teixeira Gomes

José Fonseca da Silva – Caixilharias, PVC, madeiras e alumínio

Restaurante “A Trempe”

Vicata, Unip, Lda Carlos Cordeiro Miranda, Unip, Lda


Dedicat贸rias



148_BIO_V3