Page 1


ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553


04

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017

Apostar em um projeto de paisagismo valoriza a chácara. Confira algumas dicas! Você tem uma chácara e sente que ela está precisando de um up no visual? Por ser um local inserido na natureza e ter contato direto com os animais, um bom projeto de paisagismo faz total diferença para a chácara. local em que serão plantadas. É possível escolher uma árvore que dê frutos de sua preferência, como amoreira, laranjeira e limoeiro. Assim, é possível consumir algumas frutinhas que vieram direto do pé e que você próprio plantou. Para que tudo fique nos conformes, é preciso ter atenção com a manutenção do local. Mantenha a grama sempre cortadinha e cuide das suas plantinhas! Para que a área externa da chácara fique moderna e aconchegante, é necessário apostar em um ótimo projeto de paisagismo. Para escolher as flores, folhagens e árvores é preciso de alguns cuidados e que somente especialistas no assunto podem ajudar! Por isso, separamos algumas dicas e sugestões para transformar a sua chácara em um ambiente perfeito para receber a família e os amigos. Confira:

que irão compor a área externa da chácara, é necessário entender melhor a qualidade do solo e conhecer bem a área que será modificada. Determinadas espécies de plantas precisam de cuidados especiais ou se instalam apenas em solos específicos com uma iluminação diferenciada.

Depois de entender melhor a área que será modificada, é hora de escolher Antes de escolher os itens as espécies de plantas e o

Para complementar o seu cantinho, é possível apostar em fontes de água, laguinhos e até uma pequena calçadinha até a casa para deixá-la mais aconchegante e moderninha.


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

05


06

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

07


08

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017

Com as estações de trabalho bem organizadas a produtividade pode aumentar. Confira! Antes de qualquer coisa, você sabe o que é uma estação de trabalho? Elas foram planejadas para organizar o ambiente de trabalho e agrupar as pessoas que pertencem a um mesmo setor. Por exemplo, os colaboradores do setor financeiro podem ficar instalados próximos uns dos outros para melhorar a produtividade e até reduzir os custos. Esta é uma opção perfeita para quem tem um ambiente amplo e não quer ou não pode investir em divisórias ou fazer uma reforma!

balho muito grande. No mercado é possível encontrar estação de trabalho em formato reto, em “L” intercaladas, em “U” e em ilhas. A escolha depende somente das necessidades da sua empresa.

As estações de trabalho são criadas por meio de itens modulares, sendo um móvel super versátil. Desta forma é possível utilizá-lo conforme a sua necessidade, seja criando espaços isolados ou montando locais para trabalhos em equipe. Antes de optar pelas estações de trabalho, estude o fluxo de trabalho dentro da empresa, além do espaço necessário. Para que a organização do ambiente fique disposta da melhor forma possível, os

móveis precisam ser práticos, funcionais e ergonômicos. Além disso, as estações de trabalho são perfeitas para quem precisa otimizar o sistema elétrico

e tamanho ideal, entenda as necessidades dos colaboradores. Se o espaço será utilizado apenas para computador, não é necessário investir Para escolher o formato em uma estação de trada empresa. Cada estação é capaz de englobar a conexão de energia, telefone e internet. Chega de bagunça com os fios!


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

09


10

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017

Datas comemorativas são perfeitas para alavancar as vendas.

Muitos lojistas e comerciantes aproveitam as datas comemorativas para aparecer mais no mercado e, consequentemente, vender mais. Por isso, são usadas algumas estratégias para chamar a atenção dos clientes. máscaras, penas, plumas e outros acessórios. As cores mais usadas neste período são as de tons mais quentes. E que tal apostar em adesivos e pinturas? O importante é abusar da criatividade e inovar na sua vitrine! Tenha em mente que é o conceito da sua loja que irá definir o estilo da decoração de Carnaval. Para as lojas mais sofisticadas, o estilo de decoração de Carnaval é o mais clean e minimalista. É importante não apagar o seu produto em meio aos adereços. Dica: utilize penas de tons coloridos para caracterizar a vitrine. E que tal personalizar os manequins?

Uma delas é apostar em uma bela decoração a ponto de ser convidativa. A vitrine de Carnaval é essencial para essa festa que é comemorada em todo o país e tem visibilidade para o mundo todo. Confira algumas dicas para estar por dentro da tendência de decoração de lojas e do comércio para esta época do ano. A customização é chave na decoração da loja! O item que não pode faltar na vitrine em época de Carnaval são os adereços coloridos e chamativos. Tendo isto em vista, é importante seguir o estilo da loja e o tipo de segmento que ela pertence. Desta forma, a decoração ficará harmônica e os seus clientes irão sentir-se mais confortáveis e animados. Para decorar a vitrine, podem ser utilizados os mais variados enfeites de Carnaval, como:


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

11

Ducati anuncia recall da Scrambler por falha no sensor do suporte lateral A falha pode desligar a moto em movimento. A empresa deixou claro que nenhuma ocorrência, aqui no Brasil, foi relatada com o problema. Porém, os motoristas deverão procurar por uma concessionária da empresa para realizar a substituição de fixação do parafuso do suporte lateral do modelo. Para mais informações, contate a Ducati pelo telefone 0800 738 2284, de 2ª a 6ª feira, das 8h às 17h, ou o site www.brasil.ducati.com.

Esta semana a Ducati anunciou o recall da Scrambler devido a falhas notadas no sensor do suporte lateral do modelo. O recall engloba 326 motocicletas das versões Icon, Urban Enduro, Classic e Full Throttle da moto, de modelos 2015 e 2016, produzidas no período de 19 de junho de 2015 a 23 de dezembro de 2016 e com numeração de chassi, não sequencial, entre o intervalo 95VK100AAGM000001 a 95VK100AAGM000552. Segundo a montadora, o problema no sensor do suporte lateral pode desligar a moto em movimento ou ligar enquanto o suporte ainda esteja estendido. Em comunicado divulgado pela empresa, é relatado a necessidade da troca do parafuso. Esta conclusão foi tomada após serem realizados alguns testes de segurança e qualidade na Scrambler. O problema pode ter sido ocasionado por conta de uma porca de retenção do pivô do suporte lateral da moto afrouxar e acabar se soltando. Assim, gerando uma falha no sensor do interruptor do suporte lateral ao não detectar a posição correta, possibilitando dar partida quando o modelo está estacionado. Em outros casos, a moto pode ainda engatar uma marcha e se movimentar com o suporte lateral abaixado, ou o sensor do interruptor pode acabar desengatando com a Scrambler em movimento, fazendo com que o motor desligue.


12

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017

O modelo clássico dos anos 90 volta em formato SUV médio. O carro da moda dos anos 90 sem dúvidas, podemos afirmar que foi o Mitsubishi Eclipse. O modelo deixou de ser produzido em 2011 por não ter mais relevância no mercado. E, com o intuito de ressuscitar o modelo no mercado, a Mitsubishi criou uma estratégia: transformou o Eclipse em um SUV médio. Batizado de Mitsubishi Eclipse Cross, o modelo será apresentado em março no Salão de Genebra. Com versão de produção seguindo o conceito XR-PHEV II, o Eclipse Cross tem a frente pontiaguda, linhas ascendentes nas laterais e acentuadas no teto que levantam a traseira do modelo, trazendo o conceito de esportividade sem deixar de lado algumas características marcantes do antigo Eclipse. O carro-conceito conta com 4,49m de comprimento. Caso o modelo chegue ao mercado exatamente com esta medida, estará entre a ASX e a Outlander. A ideia da Mitsubishi é concorrer com os SUV’s mais caros, como Jeep Renegade, Honda HR-V, Hyundai iX35 e Jeep Compass. A plataforma presente no Mitsubishi Eclipse Cross será uma versão encurtada da Outlander. Com isso, será possível a implementação do sistema de tração S-AWC e, possivelmente haverá a versão híbrida plug-in, que poderá ser carregada na tomada. Um

sistema com muitas referências da Outlander PHEV. O NOVO Eclipse contará com um motor 1.5 turbo com injeção direta de gasolina e cerca de 160cv combinado com o câmbio CVT. Já o motor 2.2 turbodiesel, virá acompanhado de um câmbio de seis marchas e estará presente somente nas versões

mais completas, e consequentemente, mais caras. O Mitsubishi Eclipse Cross está previsto para chegar ao mercado no segundo semestre de 2017!


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

13

Volkswagen Karmann-Ghia: relembre o clássico Lançado em 1955, em pouco tempo se tornou um grande sucesso Um dos modelos que mais marcou história e fez a cabeça dos apaixonados por carros foi o clássico Karmann-Ghia. Originado pela união da mecânica invejável dos alemães Karmann e o estilo marcante dos italianos do estúdio de design Ghia, hoje se tornou uma raridade clássica. Equipado com uma mecânica já conhecida na época e a manutenção fácil do VW Fusca, o Karmann-Ghia começou a ser produzido na Europa em 1955 e em pouco tempo se tornou um grande sucesso no mercado automobilístico.

Neste mesmo período, a montadora alemã começou o processo de instalação no território brasileiro. Em 1962, o VW Karmann-Ghia teve seus primeiros quilômetros rodados aqui no Brasil contrastando com os grandes carrões de origem americana que reinavam na frota de automóveis da época.

Pouco tempo depois, o modelo passou por algumas dificuldades no mercado brasileiro, até que em 1971 deixou de ser produzido e deu lugar ao Karmann-Ghia TC com traços muito próximos ao Porsche 911. Porém, o TC não teve a mesma aceitação de seu antecessor por conta dos problemas em sua composição, deixando, então, de ser produzido em 1975.

Ou seja, foi a primeira geração do modelo que ganhou os olhos dos apaixonados por clássicos da época. Com fabricação aqui no Brasil de 1962 até 1971, o modelo se tornou uma grande raridade no mercado. A média de preços encontrados está entre R$ 80 mil e R$ 100 mil, dependendo do estado do veículo. Porém, ao falar sobre os modelos conversíveis do Karmann-Ghia, produzidos a partir de 1968, os preços sobem mais ainda. Foram produzidas apenas 177 unidades na época, hoje é negociado por colecionadores por preços de ouro, chegando a valer até R$ 144 mil.


14

ANUNCIE 9215.8876

O que é gastronomia hoje? - parte 02

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017

tação. O conhecimento da culinária depende da compreensão dos processos físico-químicos que se passam dentro da panela. Ele se desenvolveu muito associado ao avanço da indústria alimentar e, nas últimas duas décadas, ocupou também o terreno do “artesanato”conforme praticado nos restaurantes e, por imitação, nos lares dos mais aferrados gourmets. Já a gastronomia se desenvolveu nos últimos trinta anos, a par com os novos conhecimentos da fisiologia humana, mostrando como o consumo alimentar, além do paladar, mobiliza os outros quatro sentidos de modo a produzir uma complexa noção de “gosto”, enraizada na nossa psicologia. Por fim, a gastronomização é objeto de disciplinas como a semiótica, mostrando como aquilo que é percebido pelos sentidos compõe o moderno signo alimentar que se expressa em vários domínios, notadamente o marketing e a publicidade.

Em primeiro lugar a culinária, que nos remete ao conjunto de transformações materiais por que passam as matérias-primas alimentares até serem consumidas, incluindo tecnologias, tabus alimentares etc; em segundo lugar, a gastronomia, entendida como aquele procedimento comparativo que indica as melhores formas de tratamento de um determinado produto, dentro de uma determinada sociedade ou grupo com uma configuração de gosto particular; em terceiro, a gastronomização, que é a projeção dos valores associados à gastronomia no território do marketing e demais argumentos de venda de um produto alimentar. A ciência, sem dúvida, pode nos socorrer no entendimento dessa tripla dimensão da alimen-

No entanto, nem sempre foi assim, e a grande mudança de status do comer no mundo moderno, pondo em destaque a qualidade do que se ingere em vez da simples quantidade, se deveu – segundo ensinam sociólogos como Jean-Pierre Poulain – à crise de confiança na indústria alimentar. Ela, que se mostrava tão segura até os anos 1980, vendendo-se como a única garantia de qualidade para a alimentação nas sociedades de massa, teve sua credibilidade corroída a partir do episódio conhecido como “vaca louca” (encefalopatia espongiforme bovina), surgida na Inglaterra por conta do modo de alimentação e manejo dos rebanhos, submetendo-os ao canibalismo, gerando o mal que, acredita-se, poderia ser transmitido aos homens e outras espécies animais.


Janeiro | 2017

ANUNCIE 9215.8876

15

ANUNCIE 3644.9553

PLANALTO 3644.2311 | Rio Negrinho

Diferenças entre Bulldog Inglês e Francês

Ambos são calmos, dóceis e carinhosos.Você sabe quais são as diferenças entre Bulldog Inglês e Francês? Aqui neste texto vamos apresentar as principais delas. Diferenças Físicas Ao observar e comparar dois cães de cada raça, as diferenças são claras. O Francês tem as orelhas eretas como um morcego e estão sempre levantadas, enquanto as do Inglês são mais baixas e inseridas na cabeça.

Ambos possuem diversas dobras de pele no rosto, mas o Inglês tem mais. E o Francês tem olhos mais característicos, A origem das duas raças não é totalmente certa. Ouve-se algumas histórias a respeito de como surgiram no mundo… Dizem que o Bulldog Francês, também conhecido grandes e observadores. como frenchie, é uma variação em versão “mini” do Bulldog Inglês, que existe desde o A pelagem das duas ração são parecidas, possuem pelos século XIII na Inglaterra, quando era usado como entretenimento ou esporte, em lutas curtos e fáceis de limpar, mas as cores de cada um variam de touros e de ursos. mais. Enquanto as cores mais comuns no Inglês são branca, tigrado, areia e marrom claro, no Francês são creme, branca, preta e fulvo. Diferenças Comportamentais Tanto o Inglês quanto o Francês possuem as mesmas características em questão de temperamento: são dóceis, carinhosos, inteligentes e calmos. Divertidos e brincalhões, os cães da raça Bulldog Francês adoram conviver e brincar com crianças. Também gostam de ser o centro das atenções e não são muito de latir para atrair olhares para eles. Possuem muita energia para brincar e correr! Já os cães Bulldog Inglês não são muito de fazer exercícios, preferem ficar mais calmos dentro de casa e assim são ótimas companhias à família e também a bebês.


16

ANUNCIE 9215.8876

ANUNCIE 3644.9553

Janeiro | 2017

Planalto Negócios Fevereiro 2017  

Adquira sua versão impressa na banca mais próxima, é grátis!!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you