Issuu on Google+

NĂŁo jogue esta revista em vias pĂşblicas


A partir de

R$

57.190

à vista (FreeStyle catálogo ETV1)


radar

por :

Guilherme laGes

Usando a razão

>

guilherme lages

Revisitando 1984, ano de lançamento do Uno no Brasil Parece que foi ontem. Há 26 anos o Uno marcava sua época assim como vários acontecimentos que foram decisivos na vida política, econômica e social do país. Na política, Tancredo Neves (PMDB) derrotava o candidato Paulo Maluf e se tornava Presidente da República por votação indireta. São inauguradas as hidreléticas de Itaipu e Tucuruí. MST é fundado no Paraná. Los Angeles recebe os Jogos Olímpicos e Joaquim Cruz é ouro nos 800 metros rasos. Niki Lauda sagra-se tricampeão mundial da F-1 e Nelson Piquet termina em 5º lugar. No futebol, o Fluminense conquista o Campeonato Brasileiro em final emocionante contra o Vasco. AtléticoMG (19º) e Cruzeiro (34º) decepcionaram os torcedores mineiros. Nasciam a atriz Carol Castro, Luiza Possi, Daniele Hypólito, esportista brasileira da ginástica olímpica e Ana Paula Caldeira, o primeiro bebê de proveta brasileiro. Madonna lança o seu 2º álbum e vende 22 milhões de discos com os sucessos “Like A Virgin” e “Material Girl”. Uma época difícil para a economia brasileira. Inflação galopante de três dígitos (223% ao ano), dívida externa de U$ 91 bilhões e vendas de veículos despencando. O setor prossegue e a Ford aposta em informatização, adotando o CAD. A Volks apresenta o Santana e a Quantum e destaque também para a chegada dos veículos Gurgel. E neste cenário nasceu o Fiat Uno, o carro que consquistou o consumidor brasileiro ao longo de sua trajetória. O carro evoluiu e chega totalmente reformulado em sua 2ª edição.



A última mexida no Fiesta foi em 2007 e esta agora deve ser a última antes da chegada do novo modelo mundial, previsto para setembro. Podemos dizer que a Ford rejuvenesceu a família com leves ajustes de estilo. A principal novidade está nos faróis que subiram pelas extremidades da carroceria e ficaram 50% mais eficientes. A nova grade trapeizodal e pára-choque completam o estilo na frente. As novidades esfriam na lateral e na traseira. A linha vem equipada de série com travas elétricas, abertura do porta-malas no painel, alarme com controle remoto e destravamento das portas. O quadro de instrumentos ganhou novo grafismo com iluminação branca, luz de manutenção programada e até um indicador do bom funcionamento do sistema de redução de poluentes. Estão disponíveis nas versões Fly e Pulse, um pouco mais completa, com faróis de neblina, computador de bordo e retrovisores na cor do carro. Os preços partem de R$ 29.900 para o Hatch 1.0 e R$ 33.550 para o Sedan. Se preferir a motorização 1.6, some em média R$4 mil.

Agile viajou às margens do São Francisco O compacto da GM foi o carro oficial do projeto ‘Os Chicos’ do jornalista Gustavo Nolasco e do fotógrafo Léo Drumond. Eles percorreram quase 5.000 quilômetros durante 30 dias ao longo das cidades ribeirinhas do rio São Francisco, no trecho entre Juazeiro (BA) e Três Marias (MG). O projeto relata a história do rio por uma ótica até hoje pouco explorada: a partir da vida de seus personagens, que vivem às suas margens. Eles buscaram Franciscos e Franciscas e, através da história dessas pessoas, documentaram as diferenças culturais ao longo do rio. Todo o material coletado será transformado no livro Os Chicos, que será lançado no final de 2010. Conheça todas as estórias e os bastidores desta viagem no www.oschicos.com.br

expediente

Editor Responsável Guilherme Lages pistadetestes@gmail.com

Distribuição Top Marketing - (31) 3371 6122 audrey@topmkt.com.br

Design e Diagramação Adriano Rocha adriano@dotzi.com.br

Assessoria de Imprensa Ampla Comunicação - (31) 3221 9241 ampla@amplacomunicacao.com.br (31) 3221 9241

Comercial Sarah Caldeira - (31) 2511 6311 sarah@midiamixcomunicacao.com.br

R. Desembargador Paula Mota, 1050 Belo Horizonte/MG - 31320-000

A revista Pista de Testes é uma publicação mensal da Dotzi Comunicação Editorial. As opiniões dos artigos e matérias assinadas não são obrigatoriamente as mesmas da revista. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem a prévia autorização por escrito. Pista de Testes não se responsabiliza pelo conteúdo publicitário veiculado.


Trilha estilosa: Citroen Aircross chega em setembro A montadora francesa inova e eleva o luxo do segmento SUV compacto. O C3 AIRCROSS é um daqueles carros que certamente voce nem terá coragem de colocar na terra. Ele foi desenvolvido exclusivamente no Mercosul para toda a América Latina. O design é inovador. A barra do teto, em alumínio, nasce na traseira e deságua na base do parabrisa. Os farois posicionados ao alto e o capô elevado provocam a sensação de robustez. As rodas diamantadas lembram um verdadeiro buggy. A parte traseira abriga o estepe na tampa e abusa das lanternas e partes em alumínio. Agora vamos para a prática: este charmoso Citroen vai provocar muita inveja nos donos de Palio Adventure e VW Crossfox. Não tenha dúvidas.

O pneu furou? Alguns cuidados na hora do reparo Quantas vezes o pneu do seu carro furou e você foi ao borracheiro mais próximo? Isto acontece com freqüência e achamos que o problema acabou. Mas especialistas alertam que um simples remendo pode causar prejuízos e provocar acidentes. Bruno Silveira, proprietário da Prime Pneus, revendedora autorizada das marcas Michelin e BF Goodrich alerta: quando o pneu fura, o objeto que o causou pode afetar a malha de metal da peça. Esse metal quando entra em contato com alguma umidade pode afetar o desempenho e tempo de vida do pneu. O remendo mais usado nas borracharias é o famoso ‘macarrão’ que segundo Bruno, não é aconselhável. Na maioria das vezes, é colocado sem a limpeza adequada da área afetada e o arame utilizado pode danificar camadas internas do pneu. A recomendação é o remendo ‘Tip Top’, ou o PRP – Plug de Reparo Permanente. O processo é o seguinte – em primeiro lugar é feito uma inspeção no local para checar possíveis avarias, depois a área preparada para receber o remendo e garantir a aderência da cola. Uma fresa diamantada entra em ação para trabalhar as superfícies, acertar a parte interna do furo e aparar as arestas para que nenhum metal fique saliente. Aplica-se a cola na parte interna e o remendo é colocado de dentro para fora evitando rebarbas de material. “Este remendo de borracha, quando inserido no pneu e puxado pelo lado de fora, se expande e se ajusta naturalmente ao pneu, vedando os dois lados e dando total segurança”, afirma Bruno. O preço é R$ 15,00 enquanto o reparo normal em uma borracharia você vai pagar em torno de R$ 10,00. (Texto: Paulo Carvalho)

www.pistadetestes.com.br




lançamentolinha VW novo Gol Ecomotion e retoques para Oa série especial Seleção

2011

A

TexTo :

Guilherme laGes FoTos : DiVulGaÇÃo

A linha Volkswagen chega com uma série de aperfeiçoamentos nos veículos. Uma das novidades é o Gol G4 Ecomotion, uma versão voltada a redução no consumo de combustível e emissão de CO2. Para comemorar o patrocínio oficial da seleção brasileira, a montadora preparou a série especial Gol Seleção, com motorização 1.0 Total Flex, rodas de liga leve e com 14 polegadas, pneus 185/60 R14, faróis com máscara negra, lanternas traseiras escurecidas, faróis de neblina, coluna central revestida de preto e detalhes na grade inferior dianteira. O preço é R$ 33.790. Gol G4 Disponível somente com motor 1.0, a quarta geração traz em todas as versões, para-choques pintados integralmente na cor da carroceria e novas calotas com 14 polegadas.

Montadora comemora o patrocínio com a CBF e lança a série especial Gol Seleção. Logomarca está na lateral, traseira e bordada nos bancos



são destaques. Demais modelos ganham novos equipamentos e opcionais interessantes

Parati 2011 Oferecida nos catálogos Trend, Titan e Surf, a perua recebeu novas rodas 15” e novo design para a inscrição “Surf”, que está aplicada nas faixas laterais e bancos dianteiros. Novo Gol e voyaGe Eles ganham as primeiras mudanças desde o seu lançamento. Na versão 1.0, rodas 14 polegadas de série e um novo tapete do assoalho, de material mais macio. O Gol 1.6 Power está com novas rodas 15”, friso lateral cromado, aviso sonoro do acendimento dos faróis, luzes de leitura para os ocupantes do banco traseiro e rede para contenção de bagagens no porta-malas. O Voyage recebeu as mesmas alterações e na versão Comfortline, um gancho para sacolas no porta-malas e piscas integrados aos retrovisores externos.


O “Concept” elimina o mecanismo de CD e adota dispositivos USB e cartões de memória SD-Card, além de Bluetooth integrado. É ofertado em toda linha, exceto no Polo e no Golf Friso cromado e novas rodas em liga leve para dar mais requinte aos modelos

Novas rodas de liga leve, parachoques dianteiro com apliques em preto nas grades inferiores, grade do radiador na cor preto brilhante, moldura cromada nos faróis de neblina

Linha PoLo Novas rodas 15”, frisos, insertos dos parachoques, maçanetas na cor da carroceria e palhetas dos limpadores de parabrisa no modelo Aerowisher. Na lista de opcionais, o módulo elétrico com luzes de cortesia com LEDs vermelhos, que iluminam o painel e console central. A versão Sedan conta com as mesmas alterações de série do hatch, além do gancho para sacolas no porta-malas. Linha GoLf A grande novidade é a nova versão Sportline 2.0 (R$ 62.470) com transmissão automática TipTronic de seis velocidades. A grade dianteira é nova, em preto brilhante, faróis com máscara negra e lanternas traseiras na cor preta. Bancos em couro preto são opcionais. A versão 1.6 conta com novas saídas de ar do painel, LED’s vermelhos no conjunto de iluminação interna e porta-copos incorporados ao console. A linha Volkswagen 2011 também traz três novas cores metálicas: cinza Spectrus, disponível para todos os modelos (exceto Gol GIV e Saveiro), prata Egito para os modelos da linha Voyage, Fox, Polo e Golf, além da azul Boreal para os modelos da linha Fox, Polo e Golf.

Rodas liga leve 15”, coluna B e carcaça dos retrovisores revestidos em preto brilhante. O interior traz revestimento dos bancos em couro com faixa central em tecido e nova iluminação de cortesia com LED’s vermelhos

www.pistadetestes.com.br




capauno

TexTo : FoTos :

Guilherme laGes DiVulGaÇÃo

Fiat recria o Uno e vira a página do segmento. O carro ganhou mais conteúdo, segurança, novos motores e kits de personalização

a fórmula da

resistência

O

O Uno chegou ao mercado brasileiro em 1984 e provocou polêmica com seu estilo marcante. Caiu nas graças do consumidor e há algum tempo freqüenta o topo das listas dos carros mais queridos e vendidos do país. Teve sua trajetória ameaçada com a chegada do Palio, resistiu ao tempo e agora é premiado com a segunda edição, cheia de novidades e requintes de carro de luxo. Impossível não dizer que os concorrentes envelheceram da noite para o dia. O novo Uno já está em todas as concessionárias do país. Ele preservou a identidade e chega com um conceito atual, formas quadradas, sem quinas e equipamentos inéditos no segmento. Por enquanto está disponível apenas com carroceria 4 portas (a de duas chega em 45 dias) nas versões Vivace 1.0, Attractive 1.4 e Way 1.0 e 1.4. O antigo Mille continua em produção e teve o seu preço reduzido em R$ 600,00.

Se o desenho do Uno foi ousado há 26 anos imagine agora. O novo modelo nasceu do conceito “New Square – quadrado e resistente como nenhum outro”. Tem plataforma inteiramente nova e desenvolvida no Brasil. Foi criado no caminho inverso do projeto e o carro só ganhou os primeiros traços após surgirem os resultados de pesquisas de campo com consumidores potenciais compradores do Uno. 80% dos componentes nunca foram utilizados em outros modelos da marca. As linhas do carro são pouco convencionais e para onde o seu olho fixar, vai encontrar um quadrado. São mais de 70 deles espalhados pelos cantos do carro. PARA TODOS E PARA CADA UM Por que produtos de massa não podem ser personalizados? Os consumidores querem ter carros

Quadrado ao quadrado Eles envolvem o pára-choque dianteiro, estão assimétricos na grade frontal, emolduram os faróis de neblina, fazem o contorno da caixa de rodas e abrigam o nome do carro na tampa traseira

Os vidros laterais grandes transmitem sensação de maior espaço interno



Os comandos do vidro saíram das portas e foram para o painel. Piorou muito e pode desagradar a muita gente


Os kits Tribal e Steel foram desenvolvidos para as versões Way. É composto por adesivos na tampa do porta-malas, na coluna traseira e adesivos badges nos para-lamas dianteiros

Preços Vivace 1.0:

inéditos, quase que únicos. A Fiat ousou mais uma vez e disponibiliza os kits de fábrica para personalizar o carrinho - Square, Smile, Jeans, Sunny, Tribal e Steel. Eles trazem adesivos, badges, apliques nas portas, coluna posterior, teto, para-choques, para-lamas, espelhos retrovisores externos, maçanetas, pomo do câmbio, freio de mão e molduras do painel. Os kits www, Arabesco e Podium podem ser adquiridos nas concessionárias. INTERNAMENTE Se por fora o Novo Uno é um quadrado sem quinas, o interior é um contraponto. As formas são arredondadas, acolhedoras e joviais. Cores e texturas leves, grafias e muito conforto. O painel é o ponto de destaque. A parte frontal traz a tecnologia “insert molding”, um filme estampado e injetado conjuntamente ao componente plástico — vem de série nas versões Attractive e Way e como opcional na Vivace. É outro ponto de personalização. O quadro de instrumentos é de formato circular, inclusive em seu display. Ele é iluminado por LED’s brancos, a leitura é

clara, facilitando a vida do motorista. A Versão Vivace traz também o Econômetro, o mesmo indicador de consumo instantâneo que equipa o Uno Mille Economy e o Palio Fire Economy. TECNOLOGIA O Novo Uno ganhou itens de conforto como direção hidráulica, ar-condicionado, rádio CD / MP3 player com Bluetooth, viva-voz e conexão USB. Como opcional a lista contempla airbags e ABS. O para-brisa passa a ser térmico. Tem a função de desembaçamento e quando acionado, leva até três minutos para desembaçar o vidro por completo. No final deste tempo a função é desativada automaticamente. A Fiat posicionou o novo Uno entre os segmentos A (popular) e B (acima de 1.0). Ou seja, entre aquele que faz uma compra mais racional e o consumidor que busca mais atributos no carro. Desta maneira, a montadora espera vender 10% a mais do Uno, que na versão Way representa 50% dos modelos produzidos em Betim. A partir do segundo semestre, 20% da produção do carro será exportada para América Latina, Caribe e África.

R$ 25.550 (2 portas) R$ 27.350 (4 portas)

Actrative 1.4:

R$ 29.280 (2 portas) R$ 31.080 (4 portas)

Way 1.0:

R$ 26.690 (2 portas) R$ 28.490 (4 portas)

Way 1.4:

R$ 30.070 (2 portas) R$ 31.870 (4 portas)

www.pistadetestes.com.br




impressõesnovo uno 2011 Andamos nas versões equipadas com os novos motores Fire EVO 1.0 e 1.4

Desempenho ou economia?

D

Durante as apresentações do Novo Uno na Praia do Forte, em Salvador, a montadora preparou um test-drive que não fosse causar surpresas aos engenheiros da fábrica. Foram 50 km de percurso em uma rodovia de perfeita conservação, asfalto liso e uma condição bastante favorável para o carro. Nada de calçamentos, pisos irregulares ou qualquer situação que pudesse provocar ruídos e rumorosidades de peças... E nestas condições de temperatura e pressão fomos para as provas. Os dois novos motores Fire EVO 1.0 e 1.4 causaram ótimas impressões e sensações diferentes ao volante. Um parêntesis: o nome EVO significa evolução e os componentes foram atualizados para garantir redução no consumo e em poluentes. Os motores 1.0 parecem mais dispostos, com arrancadas mais rápidas e um desempenho melhor. Aliás, desempenho é o principal objetivo deste motor que, abastecido com gasolina, gera potência máxima de 73 cv e torque de 9,5 kgfm a 3.850 rpm. Com álcool, a potência é de 75 cv e seu torque chega a 9,9 kgfm a 3.850 rpm. Os números de consumo da versão Vivace equipada com motor Fire 1.0 Evo apresenta consumo urbano de 15,6 km/l

10

TexTo :

FoToS :

GUILHeRMe LAGeS DIVULGAÇÃo

(gasolina) e 10,5 km/l (álcool) enquanto na estrada faz 20,1 km/l (gasolina) e 12,9 km/l (álcool). Rodando com a versão Attractive equipada com motor 1.4, a sensação é de menos potência que o motor de um litro. Parece faltar alguma coisa nas retomadas. Segundo a montadora, este propulsor foi concebido para conseguir uma maior economia de combustível. No caso do propulsor 1.4, em uso urbano, o carrinho pode rodar até 14,7 km/l (gasolina) e 10,3 km/l (álcool). Usando o Uno na estrada, o consumo melhora muito e com gasolina pode se rodar até 19,4 km/l (gasolina) e 12,8 km/l (álcool). Sua potência máxima de 85 cavalos e torque de 12,4 kgfm a 3.500 rpm rodando somente com gasolina. Usando álcool, sua potência é de 88 cv e seu torque, 12,5 kgfm a 3.500 rpm. Outro ponto relevante ao dirigir o novo Fiat Uno é o conforto a bordo. O volante de três raios tem boa pegada e o espaço para entrar e sair do carro é ainda melhor que a versão antiga. Os bancos estão melhores, acomodando bem o corpo. Os encostos de cabeça foram aumentados para maior proteção em caso de uma batida. O nível de ruídos é aceitável. O engate das marchas é preciso e confortável apesar do câmbio continuar extremamente longo.


TexTo :

GUILHeRMe LAGeS FoTo : DIVULGAÇÃo

gol ecomotion 2011

Pneus 165 / 70 e alta Pressão de calibragem

A

Saiba como esta fórmula vai ajudar o novo Gol Ecomotion a reduzir o consumo de combustível em quase 10%

A estratégia “BlueMotion” chegou ao Brasil na linha Polo e visa redução no consumo de combustíveis e poluentes. Agora disponível no Gol G4 Ecomotion, a montadora espera alcançar uma melhora no consumo do carro, que já é uma opção econômica. O objetivo é conquistar cada vez mais a confiança do consumidor e fazer frente ao Palio Economy, que promete e cumpre números interessantes de consumo. O Gol Ecomotion vem equipado com o motor EA 111 1.0 Total Flex, com 68 cv a 5750 rpm (gasolina) e 71 cv a 5750 rpm (usando etanol). Para atingir um novo patamar em termos de consumo, o carro teve o diferencial alongado em 6,8%, uma alteração que reduz ruídos e melhora o conforto. Mas o pulo do gato está nos pneus. Ele está calçado com rodas 13” e pneus Bridgestone B250 Ecopia, 165/70, substituindo os tradicionais 175/70. A vantagem é oferecer baixa resistência ao rolamento e para isso a pressão dos pneus foi aumentada para 39 libras na dianteira e 32 libras nas rodas traseiras. Como é na prática? A Volks fez um teste de rolagem com os dois pneus. Imagine o Gol em uma linha reta, rodando a 60km/h. Você o coloca em ponto-morto até sua parada total. Com o pneu 175/70 o carro percorreu 694 metros e com os novos 165/70, calibrados em alta pressão, o Ecomotion andou 867 metros. Ou seja, tem uma menor resistência ao rolamento e pelas contas da fábrica isto representa 5% de redução no consumo de combustível. Os outros 5% estão depositados nas alterações de motor e transmissão. Para compensar estas mudanças, a carga dos amortecedores foram aliviadas para garantir o conforto. Assim como no Palio Economy, a Volks incorporou um indicador digital de consumo de combustível no painel de instrumentos. O equipamento disputa lugar com hodômetro, termômetro e relógio e é de difícil leitura. Avaliamos o Gol Ecomotion em estradas na região de Campinas (SP). A sensação de rodar com os pneus menores e com alta pressão dá sensação de leveza. Os amortecedores recalibrados deixaram a suspensão mais macia, garantindo o conforto na estrada. Na versão duas portas, o preço parte de R$ 27.530, enquanto o Palio Economy começa em R$ 25.770.

O carro está mais leve a carga aliviada dos amortecedores garantem o conforto

O interior continua espartano e exagera no excesso de peças plásticas

www.pistadetestes.com.br

11


Artigo rogério mAchAdo

Rogério Machado tem 53 anos dos quais 32 dedicados à indústria automobilística, temperados com visitas anuais aos grandes polos mundiais do design e do antigomobilismo. Leciona Cronologia do Design Automotivo no curso de extensão Design Automotivo na FUMEC.

Uma visita ao passado e presente de um dos carros mais importantes da história da General Motors

Museu Nacional do

corvette

D

Desde 1982 todos os modelos Corvette da GM são produzidos na pequena cidade de Bowling Green no Kentucky e foi esta a cidade escolhida pela Sociedade Nacional de Restauradores de Corvette (NCRS) para montar sua biblioteca e museu. A GM cedeu o terreno a cerca de dois quilômetros da fábrica e após levantados fundos para a construção, o projeto foi executado e inaugurado em 1994. PISTA DE TESTES foi até lá conhecer o acervo e consideramos a organização surpreendente. A arquitetura relembra um ambiente industrial futurista e ainda fora do museu alguns itens decorativos, como uma caixa de correio inspirada no Corvette 1965, chamam a atenção. No imenso lobby são expostos lado a lado um modelo antigo e um modelo de produção recente, à frente da loja que reúne milhares de itens relativos ao esportivo americano. As exibições começam no Teatro Corvette onde é apresentado um filme sobre a história do carro, em algumas datas são incluídas palestras com integrantes da GM. Em seguida o percurso segue pela “Main Street” e pela “Nostalgia Alley” que são as vias internas pelas quais os visitantes apreciam o acervo, este traçado em forma de um

12

grande círculo atravessa galerias que apresentam os quase 60 anos de história do Corvette. Os displays contam com veículos rigorosamente restaurados, filmes sobre o processo de fabricação, veículos utilizados em crash tests, uma montagem do departamento de design com os designers responsáveis as e modelos propostos. Além disso, protótipos não produzidos, chassis em corte apresentando a sofisticada estrutura de alumínio, motores de vários períodos, enfim uma overdose de Corvette. O percurso termina no “Skydome”, uma estrutura em forma de cúpula, situada na parte central do prédio e que reúne modelos comemorativos, históricos, pace-cars e veículos de competição. Este display, com entrada de luz por clarabóias no teto, apresenta alguns veículos elevados e outros inclinados criando um interessante efeito visual. Na última sala antes da saída estão expostos raros veículos conceito dos anos 60 como o Astro Vette e o Astro II - XP880 além de preciosidades de colecionadores que se revezam periodicamente. Uma viagem fascinante. Para mais informações sobre eventos no museu Corvette acesse www.corvettemuseum.com


por :

Guilherme maviGnier

por :

rros nacionais Conheça quem vende mais em cada segmento dos carros nacionais

Guilherme maviGnier

ToPo dA TAbELA AbelA TOPO dA TAbelA HATCH COMPACTO

Ranking dos veículos mais vendidos em cada segmento no mês de abril e acumulado no ano. Os dados são da Fenabrave

por :

Guilherme maviGnier

O líder inquestionável de vendas se por : Guilherme maviGnier por : Guilherme maviGnier distancia cada vez quem mais do Palio, rros nacionais Conheça vende mais em cada segmento dos carros nacionais ComPACTo PiCAPE PEQUENA segundoHATCH colocado. Vamos ver como Difícil desbancar a liderança do Gol, que abre mais de 30.000 carros na frente do Palio. A Saveiro se comportou bem e já conquistou 25% do mercado. Enquanto isso a se comportará o oMille com perder a chegada Com o novo Uno, Celta deverá a 3ª posição em breve. Montana perde cada vez mais compradores. Deve deixar o mercado em setembro. do novo modelo, Modelo em maio. Abril/2010 Acumulado/2010 Modelo Abril/2010 Acumulado/2010

>

>

HATCH COMPACTO

AbelA TOPO dA TAbelA 1º VW/Gol 2º Fiat/Palio 3º GM/Celta

22.175 13.381 11.545

85.394 53.014 50.426

1º Fiat/Strada 9.037 2º VW/Saveiro 5.137 3º Chevrolet/Montana 3.372

33.282 17.063 13.067

O líder inquestionável de vendas se por : Guilherme maviGnier por : Guilherme maviGnier distancia cada vez mais do Palio, rros nacionais Conheça quem vende mais em cada segmento dos carros nacionais médio PiCAPE médiA segundoHATCH colocado. Vamos ver como As vendas do Focus continuam subindo e só não levou o bronze por uma diferença de Estabilidade nos números. Os únicos modelos que cresceram em vendas foram as se comportará o Mille com aelechegada 131 unidades. Entre os nacionais, foi o único que cresceu no volume de vendas. gigantes Ford F-150 e Dodge Ram. do novo modelo, Modelo em maio. Abril/2010 Acumulado/2010 Modelo Abril/2010 Acumulado/2010

>

>

HATCH COMPACTO

AbelA TOPO dA TAbelA 1º Hyundai/i30 2º Chevrolet/Astra 3º VW/Golf

3.231 2.570 1.501

12.189 10.570 6.131

1º Chevrolet/S-10 3.209 2º Toyota/Hilux 2.608 3º Mitsubishi/L200 1.546

13.445 10.035 5.953

O líder inquestionável de vendas se por : Guilherme maviGnier por : Guilherme maviGnier distancia cada vez quem mais do Palio, rros nacionais Conheça vende mais em cada segmento dos carros nacionais UTiLiTÁRio ESPoRTiVo segundoComPACTo colocado. VamosPREmiUm ver como A Citröen parece não ter sido afetada pelas baixas vendas de Abril. Pela primeira vez no O destaque aqui fica no quarto lugar. O Honda CRV tomou a posição do Chevrolet se comportará o Mille com a chegada ano, o C3 emplacou mais que o Punto. Captiva por pouco menos de 100 unidades emplacadas. do novo modelo, Modelo em maio. Abril/2010 Acumulado/2010 Modelo Abril/2010 Acumulado/2010

>

>

HATCH COMPACTO

AbelA TOPO dA TAbelA 1º Citroën/C3 2º Fiat/Punto 3º VW/Polo

4.171 3.051 1.324

12.205 11.303 4.783

1º Ford/Ecosport 3.721 2º Hyundai/Tucson 3.320 3º Mitsubishi/Pajero 1.831

14.534 11.815 6.291

O líder inquestionável de vendas se por : Guilherme maviGnier por : Guilherme maviGnier distancia cada vez mais do Palio, rros nacionais Conheça quem vende mais em cada segmento dos carros nacionais moNoVoLUmES segundoSEdAN colocado. ComPACTo Vamos ver como A disputa entre Fiat e Chevrolet nesse segmento continua parelha. Pode ser que com o Como aconteceu entre os sedans, a participação da Honda nesse segmento despencou. O se comportará Mille melhorem com a chegada Novo Classic osonúmeros um pouco para a montadora americana. número de Fit emplacados esse mês foi menor que a metade do mês passado. do novo modelo, Modelo em maio. Abril/2010 Acumulado/2010 Modelo Abril/2010 Acumulado/2010

>

>

HATCH COMPACTO 1º Fiat/Siena 10.817 2º Chevrolet/Classic 10.492 3º VW/Voyage 6.473

41.845 36.650 24.390

O líder inquestionável de vendas se distancia cada vez mais do Palio, segundoSEdAN colocado. médio Vamos ver como Ironicamente a crise da Toyota parece ter atingido apenas a concorrência. Honda Civic e se comportará o Mille com a chegada GM Vectra despencaram nas vendas ao passo que o Corolla caiu bem menos. do novo modelo, Modelo em maio. Abril/2010 Acumulado/2010

>

HATCH COMPACTO 14

1º Toyota/Corolla 4.790 2º Honda/Civic 2.416 3º Chevrolet/Vectra 1.575

17.521 10.883 6.718

O líder inquestionável de vendas se distancia cada vez mais do Palio, d 14 7/3/2010 19:11:20 Adriano segundoSEdAN colocado. GRANdE Vamos ver como O VW Jetta reagiu e mais do que dobrou o número de emplacamentos se comparado se comportará o Mille comdoaFusion chegada com o mês anterior. As vendas também cresceram. do novo modelo, Modelo em maio. Abril/2010 Acumulado/2010

>

14 1º Ford/Fusion

d 14

2º Hyundai/Azera 3º VW/Jetta

14

908 679 235

2.820 2.086 855

7/3/2010 19:11:20 Adriano

1º Honda/Fit 2.485 2º Chevrolet/Meriva 2.028 3º Fiat/Idea 1.821

14.535 9.138 7.764

> PERUAS

A velha perua Volks não quer entregar o bronze para a Peugeot. Nessa briga quem perde é a SpaceFox que acabou emplacando menos unidades que a irmã mais antiga Parati.

Modelo

Abril/2010

1º Fiat/Palio Weekend 3.069 2º VW/SpaceFox 514 3º VW/Parati 829

> miNiVANS

Acumulado/2010 11.693 5.946 2.515

7/3/2010 19:11:20 Adriano

Aproveitando da baixa nas vendas da Zafira, a Citröen colocou o Xsara Picasso lado a lado com a líder. Dá para reagir, mas os franceses devem mesmo ganhar esse jogo.

Modelo

Abril/2010

1º Chevrolet/Zafira 625 2º Citroën/Xsara Picasso 771 3º Citroën/C4 Picasso 349

Acumulado/2010

2.857 2.379 1.364

7/3/2010 19:11:20 Adriano


A Iveco acredita em performance, tecnologia e espírito de equipe. Scuderia Iveco – Fórmula Truck. Paixão pelo desafio. A Scuderia Iveco entra em sua terceira temporada de Fórmula Truck com ainda mais garra e inovação para continuar crescendo e conquistando resultados. Scuderia Iveco. Paixão por desafios.


Edição número 3