Issuu on Google+

NEWS

Informativo I 2011 - ano 1 - Edição nº03 I Dezembro

Setor

Indicadores definidos no CETEC são importantes aliados para crescimento das empresas

C

riado em 2006, o CETEC – Centro de Tecnologia do PISO, ganhou em 2011 um novo escopo de trabalho visando desenvolver cada vez mais indicadores padrões para facilitar o dia-a-dia do empresário. O estudo, que antes era focado apenas em tecnologia, foi ampliado também para processos e pessoas. Ao longo deste último semestre, foram realizadas reuniões cujas discussões foram baseadas em indicadores relacionados ao setor de Produção, contando com 10 empresas participantes: Pleno, Consinco, Riberus, Smarapd, Âncora, Vórtice, TecnoSoftware, CHB, Control-M e Inca. “A participação da CHB junto ao CETEC,tem nos trazido melhorias constantes devido ao intercâmbio com outras empresas e com os temas relevantes que são apresentados em nossas reuniões. Estamos utilizando os indicadores definidos no CETEC com grande sucesso e esperamos que mais

Conheça as novas frentes do CETEC Tecnologia: Viabiliza e implementa fóruns de discussões sobre mobile, web e frameworks; Pessoas: Apoiador na capacitação de processos e negócios; Processos: Indicadores setoriais, administrativos e globais.

empresas do setor também sigam este padrão para que possamos ter uma análise mais confiável nos números de desempenho do segmento”, afirma Carlos Henrique de Barros, diretor de Tecnologia da CHB Sistemas. Segundo Flávio de Barros, presidente do PISO, esses indicadores que definem valores de referência, são a base de um

importante trabalho de melhoria no desenvolvimento do software produzido pelas empresas associadas. “Além da obtenção de dados concretos, as reuniões promovem a integração e fomentam a discussão em prol de objetivos de crescimento comuns”, esclarece o presidente. As reuniões voltam a acontecer a partir do início de 2021.

Tecnologia

Sebraetec-GPO está de volta Após anúncio em novembro de retomada de suas ações com empresas de TI, o Sebraetec –GPO já possui um grupo de 15 associadas ao PISO que aderiram às consultorias que serão ministradas a partir de março de 2012. São elas: Ace-data, CCM, NST, Simsoft, Ancora, CHB, Vortice, Control-M, Pleno, Cash Motor, Custom, Riberus,

Danysoft, Hadrion e Visual Mídia. O programa, que garantirá às empresas acesso a conhecimento de inovações tecnológicas, pensamento estratégico, análise de negócios, etc., objetiva a melhoria de processos e produtos das organizações, sendo 80% subsidiado pelo SEBRAE e contando ainda com o apoio do Softex-Campinas.


Editorial

Um balanço positivo de nosso Polo em 2011

A

o final de mais um ano torna-se oportuno fazermos um balanço das ações empreendidas no calendário que se encerra o que, no caso de uma associação como o PISO, não deixa de ser uma prestação de contas aos seus associados. Felizmente, para o nosso setor, há muito o que se colocar. Na área de Recursos Humanos, um setor de extrema importância em nossas empresas, tivemos um grupo de RH bastante atuante, trazendo palestras todos os meses sobre temas variados, sempre com foco em boas práticas de RH com o objetivo de desenvolvermos as pessoas e retermos os colaboradores em nossas empresas. Ainda na área de RH, desenvolvemos ou participamos de movimentos de capacitação de pessoas, como o ‘Descobrindo Talentos’, o ‘S2B’ e o curso para Analistas de Negócio. A melhoria de processos é uma preocupação frequente no PISO, com vistas a promover o desenvolvimento e a competitividade das empresas associadas. Nessa linha, tivemos muito sucesso com 10 empresas participando em processos de implementação e avaliação no modelo MPS.Br em vários níveis. Pensando em governança e processo, o CETEC, um dos grupos de trabalho do PISO, iniciou um importante trabalho de discussão e definição de indicadores de desempenho que se tornarão padrão e servirão de benchmark entre os associados. Nessa primeira etapa, foram definidos cinco indicadores para o setor de produção ou desenvolvimento de software. Em janeiro, iniciaremos as discussões e definições para o setor de Service Desk, também conhecido como Suporte. Finalizando o ano, tivemos a adesão de 15 empresas ao programa GPO, desenvolvido em parceria com o Sebrae e o Softex. Nesse programa, o SEBRAE subsidia 80% do custo com o projeto que nessa

Expediente

edição permite direcionar para a implementação dos níveis iniciais do MPS.Br a um valor bastante acessível – estando ainda o programa aberto para as empresas que desejarem participar em 2012. Outra questão importante para uma associação é o reconhecimento desta como representativa do setor. Nesse ano iniciamos a aproximação com as entidades sindicais com o objetivo de levar ou defender o interesse de nosso setor. Trouxemos Luigi Nese, presidente do SEPROSP, para uma reunião com os empresários e estamos viabilizando uma representação local desse sindicato patronal. Realizamos uma primeira reunião com o SINDPD local com o objetivo de criarmos aproximação e sermos o interlocutor entre esse sindicato e as empresas. Avançamos em nossa parceria com o Softex na realização do MPS.BR e do GPO, recebemos contato da ASSESPRO para sermos o representante local dessa associação de alcance nacional, projeto que será avaliado na próxima gestão. Tivemos participação ativa por meio de alguns diretores em movimentos como o CADES, da ACIRP, e o Forum Ribeirão 2021, da Câmara Municipal de Ribeirão Preto. Na estrutura do PISO, tivemos o acréscimo de mais uma colaboradora, a Elisângela Dallo, que iniciou para cobrir a licença

maternidade da Andresa Zamoner, porém, com seu bom trabalho, continuará conosco para atender a demanda que já possuímos e que aumentará com os projetos previstos para o próximo mandato. Para finalizar, tivemos no dia 30/11 a eleição da diretoria que conduzirá a entidade no período 2012/2013 a qual será apresentada nessa edição. Continuando na presidência da entidade por mais um mandato, agradeço em nome de toda a diretoria atual, as colaboradoras do PISO, Andresa, Thayla e Elisângela, aos diretores que agora encerram o seu mandato, a todos que contribuíram para que nossa entidade desenvolvesse projetos importantes e de interesse de nossos associados. Ao diretores que iniciam em Janeiro e desejo sucesso e empenho em prol do nosso setor. Desejo a todos um feliz Natal e que 2012 traga muito sucesso, paz e prosperidade.

Grande abraço, Flávio Barros, Presidente.

Eleições

Nova diretoria do PISO inicia mandato em janeiro de 2012 Em eleição realizada no último dia 30 de novembro, foram eleitos Presidente e membros da diretoria do PISO que assumirão o mandato 2012/2013. Flávio de Barros, presidente do Polo desde 2007, permanece no cargo e Ronan Rocha, assume agora a vice-presidência. Conheça a nova diretoria:

- Célia Felipe - Diretora Administrativo-Financeira - Antônio Victuri – Diretor de Tecnologia - Carlos Henrique Ferreira – Diretor de Relações com o Mercado Conselho Fiscal: - Wladimir Bianchi - Flávio Laguna - Mário Martinez

O PISO News é uma publicação do Polo Industrial de Software de Ribeirão Preto direcionada a associados. Coordenação Geral: Flávio de Barros, presidente - Apoio editorial: Andresa Cantolini Zamoner Jornalista Responsável e editora: Lívia Komar (MTB: 45.945) Redação: Lívia Komar e Mariana Nakane - Diagramação: Mariana Nakane - Produção: Plano A Comunicação Empresarial

PISO - Rua Aureliano Garcia de Oliveira, 185 - sala 15 - Ribeirão Preto-SP - Fone: (16)3236-5445 - Fax: (16)3236-5442 - contato@piso.org.br


Entrevista

O

Entrevista do Mês: S2 IT

Piso News entrevista este mês João Henrique Ferreira Barbosa, Diretor Executivo da S2 IT Solutions Consultoria, empresa especializada em outsourcing de operação de TI e desenvolvimento de soluções sob medida. Qual a história da S2 IT? Sediada em Ribeirão Preto e Araraquara, a S2 IT, empresa da S2 Group, é uma companhia de atuação nacional especializada em outsourcing de operação de TI e desenvolvimento de soluções sob medida para companhias de diversos segmentos e portes. Foi constituída em fevereiro de 2009 após a fusão de duas importantes empresas da área de TI do interior de São Paulo, ambas com mais de 15 anos de história. No final de 2009, incorporou outra empresa da região, a W3S (Araraquara), visando a oferta de mais serviços para o setor privado, além de uma atuação mais efetiva no setor público. No início de 2011, deu origem à S2 Group, que engloba a S2 Business, S2 Labs e a S2 Outsourcing. Devido ao seu histórico de sucesso, a S2 IT é uma das primeiras empresas no Brasil a conquistar a certificação máxima do novo programa Oracle PartnerNetwork Specialized, estando classificada no nível Platinum, com diversas especializações técnicas distintas. Além disso, mantém estreita aliança e altos níveis de especialização técnica com outros fabricantes mundiais de soluções, como Microsoft e Red Hat que ampliam consideravelmente sua oferta de produtos e serviços em TI. Atualmente, a S2 IT é uma companhia completa em pleno processo de expansão, com mais de 300 clientes ativos em carteira e cerca de 80 colaboradores divididos entre as operações de Araraquara, Ribeirão Preto e São Paulo. Qual é o principal mercado de atuação da s2 Group? A S2 Group atende a empresas de diversos portes e segmentos. Sua carteira de clientes ativos conta hoje com mais de 300 empresas do setor público e privado, entre elas Drogacenter, Odontoprev, Fundação

Telefonica, AACD, GLOBO.com, IG e UOL. Quais as dificuldades que a empresa enfrentou para se manter no mercado? A carência de mão-de-obra qualificada é um dos principais problemas enfrentados hoje, o qual a empresa tem contornado com programas de qualificação e atualização constantes, além da valorização dos seus colaboradores com a implantação de um novo plano de carreira inspirador. Atualmente a empresa trabalha em algum projeto? Internamente, a empresa está trabalhando em vários projetos de melhoria de processos e estruturação de novas áreas e funções. No primeiro semestre de 2011, a S2 Group apresentou aos seus colaboradores um projeto inovador que fomenta o empreendedorismo e proporciona os recursos necessários para a criação de novos negócios dentro do grupo. Os colaboradores têm a oportunidade de se tornarem sócios dos novos empreendimentos. Este projeto foi iniciado com a criação da S2 Labs, especializada em transformar ideias em negócios. Algumas ideias já começaram a sair do papel e viraram até reportagem da revista Você S/A. Ao longo deste ano, executamos vários projetos de gerenciamento de infraestrutura de software, outsourcing da operação de TI de alguns clientes de grande porte e ainda desenvolvemos soluções sob medida na nossa fábrica de software. Como o PISO influencia as atividades

E

das empresas? Os eventos e atividades de interesse do setor promovidos pelo PISO, além de promoverem a capacitação dos profissionais, atuam como geradores de mudanças que as empresas necessitam, principalmente no tocante aos seus processos internos. O que deve ser melhorado no setor de TI em Ribeirão Preto e região? Como o PISO pode participar desse processo? É unanime que a falta de mão-de-obra capacitada no setor de TI é um grande desafio a ser vencido. Diversas são as ações necessárias, das conjunturais as pontuais, e entendemos que o PISO pode continuar atuando fortemente no apoio a melhoria dos processos das empresas do setor, que muitas vezes não possuem o nível de profissionalização necessária. Uma empresa estruturada e com processos bem definidos, consideramos como fator preponderante a retenção de talentos. Qual é a análise que a empresa faz da importância do PISO para a profissionalização da área? A representatividade proporcionada pela união das empresas integrantes do PISO perante os órgãos governamentais e demais associações de classes, e as ações de capacitação e incentivo aos processos de melhoria das empresas proporcionadas pelo PISO, são fundamentais para a profissionalização do setor de Tecnologia da Informação.

Novidade

Piso com novo site

m dezembro, entrou no ar o novo site do PISO, que foi planejado com o objetivo de levar mais dinamismo para o usuário. A associação priorizou um layout mais moderno e uma navegação otimizada e dinâmica, contando com banco de talentos para associados, notícias das empresas associadas e do mercado de Tecnologia da Informação em geral e também importantes parcerias em prol

do desenvolvimento do setor na região. Além disso, o internauta poderá conhecer um pouco mais sobre a atuação do PISO e visualizar seus informativos mensais. Acesse www.piso.org.br


Talentos do Piso

Em busca do equilíbrio

P

ara fechar o ciclo de 2011 com bons fluídos, contamos nesta edição a história do diretor de qualidade da TTI – Travel Technology Interactive, Wladimir Bianchi que recentemente esteve na Índia, em busca de expandir sua visão, perceber outras realidades e encontrar seu equilíbrio, o que o ajudou a fechar um ciclo e iniciar uma nova etapa. Foram 15 dias de viagem em Novembro,

percorrendo cidades como Delhi, Agra, Dehradun, Rishikesh, Pathankot, Dharamsala, Amritsar e Ravi River na divisa com o Paquistão. “A Índia vive a espiritualidade à flor da pele. Como eu visitei as principais cidades de peregrinação e devoção, posso dizer que eu mergulhei nesse universo”, revela Wladimir. Assim, durante sua peregrinação pelo país, em que teve contato com as mais variadas culturas, filosofias de vida, religiões, rituais, sempre diante de uma beleza natural sem igual, Wladimir pôde encontrar o equilíbrio entre inteligência física, emocional, mental e espiritual. Para ele, ter a consciência dessas quatro áreas o ajuda bastante em seu cotidiano, principalmente profissional. “Quanto mais estimulamos o nosso

cérebro, mais criativos nos tornamos. Hoje, mais do que nunca, criatividade é uma peça chave para o sucesso em qualquer profissão”. Apaixonado por música, uma das experiências mais belas de Wladimir na Índia foi conhecer o trabalho de duas mulheres de religiões distintas que buscam unir as pessoas através da música. “Entre as iniciativas dessas mulheres está um CD em que 30 crianças de culturas diferentes cantam canções com orações e mantras. “O nome desse trabalho é ‘Children Beyond’, com músicas do budismo, cristianismo, hinduísmo, judaísmo, islamismo e sikhismo”, finaliza o diretor de qualidade, que durante 10 anos fez parte do Coro Cênico Bossa Nova, reconhecido no Brasil e no exterior.

Um brinde a 2011 Para celebrar o sucesso do ano de 2011, o PISO reuniu os empresários associados e seus familiares para um coquetel de confraternização que aconteceu no dia 15 de dezembro no Hotel Taiwan. Confira quem esteve por lá.

Confraternização


Informativo Piso