Issuu on Google+

revista

Carnificina O impacto das fotografias de Werner Boschif

1.

25 anos de Circo / Um Conto ChinĂŞs / Castelo de Areia (ed. Tordesilhas) / Indie Game: The Movie / Para Ler o Livro Ilustrado


Charge publicada na quarta edição do Circo Editorial


Sumário Sumário Sumário p.6 Filme: Um Conto Chinês

p.4

p.8

25 anos de Circo Editorial

Capa: a fotografia de Wener Boschif

p.12

p.14

A estreia da Editora Tordesilhas nos quadrinhos

Para Ler o Livro Ilustrado

p.13

Lançamento da trilha sonora de Indie Game: The Movie


8 / out. 2011


Werner Bischof Werner Bischof morreu jovem mas deixou uma significativa obra fotográfica. Nascido em 1916 na Suíça, já com dezesseis anos passou a freqüentar a Escola de Artes e Ofícios de sua Zurique natal. Ali aprendeu desenho e pintura com Alfred Willimann e fotografia com Hans Finsler. Seus primeiros trabalhos são estudos formais beirando o abstrato, que lhe servirão de base estética para o mergulho no conteúdo que virá mais tarde. Decidido a seguir a carreira de pintor,

Bischof mudou-se para Paris em 1939. Mas começou a guerra e ele retornou para a Suíça, convocado pelo exército. Sem muito tempo para pintar, continuou fotografando, e em 1941 foi convidado por Arnold Kübler para publicar na recém-lançada revista Du. Por mais de dois anos, seus trabalhos apareceram nas páginas de Du, ainda com predominância da preocupação formal. Terminada a guerra, Bischof resolveu viajar pela Europa

devastada, e a sua fotografia mudou radicalmente. Como voluntário de organizações internacionais de ajuda, visitou a Itália e a Grécia entre 1946 e 1947, e no ano seguinte explorou a Europa oriental. Suas reportagens fotográficas começaram a ser conhecidas internacionalmente e em 1949 Bischof, agora casado com a italiana Rosellina, mudou-se para a Inglaterra, onde colaborou com o Picture Post e o Observer. No ano seguinte juntou-se à agência Magnum.


10 / out. 2011

Em 1951 começou a publicar reportagens na revista Life, sobre a fome na Índia, a guerra da Coréia, e outros temas de impacto jornalís-

tico. Fascinado pelo oriente, fez um grande ensaio fotográfico sobre o Japão antes de partir para a América do Sul, seu próximo assunto.

Mas em 1954 um acidente de jeep nos Andes matou Werner Bischof. Sua obra fotográfica, porém, já havia deixado marcas de um es-


revista carnificina /

11

tilo todo próprio, que faria escola. A melhor definição é dele mesmo, numa carta a Rosellina quando estava trabalhando na Índia: "O que eu vejo, o que relato, vale a pena ser mostrado, mas não do ponto de vista puramente artístico. O que chamamos de belas fotos são geralmente estáticas, e ao fazer clichês perfeitos corremos o risco de cair numa armadilha, a de perder a vida multicolorida e inquieta. Mas por que não fotografar uma história humana positiva sem excluir a beleza?"


12 / out. 2011

Castelo de Areia Mais uma editora se prepara para estrear seu selo dedicado às histórias em quadrinhos neste ano. Depois das editoras Autêntica – com Nemo – e Ática – com o Agaquê – a Tordesilhas programa para setembro o álbum Castelo de areia, dos franceses Pierre Oscar Lévy e Frederik Peeters. Lançado na França em

2010, o texto de Lévy, conhecido lá fora por seus documentários, é digno dos romances da ficção surreal de Philip K. Dick, onde 13 personagens vão viver situações estranhas e absurdas em uma praia, a partir do momento em que encontram um cadáver de uma mulher a boiar no mar, imagem que ilustra a capa da versão original da graphic novel. A trama

sugere uma história lírica, fantástica e misteriosa, cuja trama vai sendo revelada gradualmente. A dupla se conheceu ao trabalhar junto na adaptação cinematográfica de Pílulas azuis. Uma belíssima estreia, que aponta para mais um selo promissor no que diz respeito à tradição franco-belga das histórias em quadrinhos.


Indie Game: The Movie Audio magician Jim Guthrie, whose work on Sword & Sworcery recently earned Best Original Score at the Canadian Video Game Awards, has waved his metronome-like wand and summoned forth a 24-song Indie Game: The Movie Soundtrack for $5 CAD. The digital album releases May 15, but those who preorder now can download 4 tracks in the file format of their choosing. Cory Schmitz designed the fancy album art seen

above and commemorative T-shirts. The double vinyl preorder costs $32 CAD, and the T-shirt package is $19.99 CAD. All packages come with a digital copy of the album. Those who haven't sampled Guthrie's work before or who are in-

terested in previewing those 4 early-release tracks can hear his tunes here.



Projeto de revista