Issuu on Google+

Pherfil Cobrança

Março / 2013 Volume 1, edição 1

Crescimento Contínuo

De olho no crescimento

Nesta edição:

A

prender é algo que todos deveriam gostar, a oportunidade de ter novos conhecimento ou completar aqueles que você já tem, por si só, deveria dar as pessoas o subsidio para o desejo de aprender mais e mais.

Prestação de Contas

2

Qualidade

2

Treinamento e Desenvolvimento

2

Segurança do Trabalho

3

CEP—Centro de estudo de processos

3

Casa de Saphê Cultura e Organização

3

Porém, infelizmente, não é assim que ocorre, o crescimento vem sempre ligado à algum desejo, um motivo, uma meta por de trás da meta.

Entendimentos

4

As formas de incentivo são diversas, podem se dar desde nas “broncas de família” as “Cenouras de

Burro”, premiações que tentam conduzir o foco do colaborador somente no momento presente, fazendo com que ele olhe somente para a “cenoura” logo a dois palmos, mas não veja o horizonte. A prática não esta errada, mas deve ser agregada a uma série de outros sistemas para que tenha um efeito saudável.

A busca tem que ser contínua e nunca de um lado só.

Hoje fala-se de geração Y, Z, W, seja ela qual for, o que todas as gerações sempre buscam é estar bem, este estar bem é que pode ser alterado com o passar dos tempos, e as empresas que acompanham esta modifica-

ção são aquelas que tem maior chance de reter seus talentos, fazê-los crescer, angariar sua simpatia fazendo-os vestir a camisa da empresa trazendo o crescimento para a organização.

Devair Pierazo Personal & Professional Coach

Toda mudança tem a sua própria resistência.

Produtividade e Qualidade de Vida Assim como um dia Ecologia não passava de uma palavra bonita na boca de meia dúzia de políticos e agitadores verdes (fui um deles!), hoje com o mundo rumando para um entendimento maior para o assunto, surge neste início de era um novo para-

digma a ser curado, pode -se trabalhar, ter uma boa produtividade e ainda manter-se a Qualidade de vida? Não só se pode, como se deve. O caminho para isto é muito simples apesar de

exigir em alguns casos uma grande mudança organizacional ou pessoal. Colaboradores que conhecem o seu trabalho e entendem a sua importância são a base para uma boa prestação de serviços.


Página 2

E

Crescimento Contínuo

Volume 1, edição 1

Prestação de Contas Fase 1 Levantamento m processo no setor de prestação de contas o desenho do processo. Esta é a parte inicial para

o entendimento das ações a serem tomadas, os rumos e as mudanças necessárias. O entendimento do macro e do micro processo são possíveis através do mapa deste processo. Como todo projeto vamos separa-lo

Diversas ações

são tomadas em

ção do projeto entre e não

cada fase do projeto,

além do dia 19 de abril.

Nos encontramos na fase de Levan-

Desta forma teremos tempo

tamento do pro-

para fazer do projeto uma

cesso, com térmi-

ideia concisa.

no previsto para

Pontos a serem discutidos:

22 de março .

A segunda fase,

Elegibilidade

de

um

“anjo” no setor de PC.

de Estudos, terá uma semana para

em 5 fases:

sárias e finalizar a homologa-

realização prevendo seu final para

Levantamento - Estudo

29 de março.

Ajustes - Implantação

Pretendemos

implantar

todas

as

mudanças que se fizerem neces-

Homologação

Qualidade Qualidade Total Assim como a fidelidade, qualidade só é qualidade se for 100%.

O

setor de qualidade é a menina dos olhos de qualquer empresa, mas aquelas que se enquadram em prestação de serviços têm que ter sobre a mira dos holofotes a qualidade. A qualidade se dá em 3 níveis: Cliente Comprador A Pessoa ou empresa que

D

ifusão e Conhecimento são as bases para um bom setor de T&D. Estar um passo a frente das necessidades da empresa e “prever” os rumos através das informações fornecidas pela qualidade, RH e diretoria.

contrata os serviços, a qualidade na prestação das contas e na busca de resultados é seu foco. Cliente Interno Os colaboradores e companheiros de trabalho, o trabalho em conjunto é a meta para o perfeito atendimento do CI, entender os processos e como cada área esta interligada é o caminho para a QT.

Cliente Usuário É o que tem maior contato com a empresa, e é por conta dele que a empresa existe, basicamente a qualidade dele está relacionada a Cortesia, Conhecimento e Solução.

O setor de qualidade tem função de base trazendo informações para fomentar as ideias e regular as críticas dentro da implantação de projetos.

Treinamento & Desenvolvimento O setor de treinamento tem função importante no comportamento dos novos funcionários, pois deve também proceder a integração dos novos funcionários e passar para eles, confiança, segurança assim como as diretrizes da empresa.

O Dinamismo do setor de treinamento é a peça fundamental para que ele aconteça de maneira tranquila e possa trazer os resultados necessários.

Não damos soluções: Apresentamos caminhos.


Crescimento Contínuo

Volume 1, edição 1

Página 3

Segurança do Trabalho

S

egurança do trabalho é um termo que envolve muito mais do que placas de pisos molhados, extintores de incêndio e capacetes em uma obra. A segurança do trabalho engloba também a qualidade do ar que se respira, a quantidade de luz do ambiente e o uso correto dos equipamento que asseguram a postura correta. Trato neste momento de 2

destes pontos: 1.

Luminosidade

2.

Ergonomia

Segundo as NBRs 5382 e 5413 entende-se que a iluminância exigida é variável em função da atividade realizada. É necessário calcular em diversos horários do dia qual a quantidade de luz natural e de luz artificial no ambiente, para tal aferimento se faz o uso de um aparelho chamado luximetro.

Ergonomicamente falando os P.A. da Pherfil se apresentam aparentemente dentro das normas, porém é necessário comprovar que cada funcionário teve um mínimo X de horas de treinamento em ergonomia.

Preservar os sentidos e promover o entendimento Iluminância: [E] Expressa em lux (lx), é o fluxo luminoso que incide sobre uma superfície situada a uma certa distância da fonte.

CEP - Centro de Estudo de processos

O

centro de Estudo de Processos tem como base a fórmula Envolvimento X Desenvolvimento, a ideia central é desenvolver líderes com visão macro e sistêmica dos processos faUm projeto zendo-os es-

que é de todos nunca fica sem ninguém.

pecialistas em seus setores e generalista nas operações da empresa. Com o desenho sistêmico de todos os processos e o engajamento dos responsáveis de cada setor podemos gerar uma equipe concisa e coesa, onde os gestores possam se integrar e substituir uns aos outros em casos de necessidade, eliminando, ou, nesse primeiro momento, diminuindo drasticamente os “casos de pânico”.

Este CEP dá start em outros projetos que torna o processo em si um facilitador , permitindo que novos integrantes entendam “o que fazer” com maior facilidade e permite também desenhar um PCI (Processo de Crescimento Interno), e mais além ajudar o RH na descrição de cargos e na implantação de Plano de Carreira.

Sempre há o que oferecer!

Casa de Saphê - A casa de Sabedoria Pherfil

P

rojeto a longo prazo a “CASA DE SAPHÊ” é uma proposta de educação continuada. Usando como imagem a casa de Sapê, casebres geralmente pobres e mal acabados trazer a noção

de que a humildade perante o conhecimento é o caminho para entender que “SEI QUE NADA SEI” (Sócrates). Usando o SAPÊ como base transformamos a palavra para SAPHÊ, onde dizemos “SABEDORIA PHERFIL”, então a Casa de Saphê, exis-

tirá para promover a cultura da empresa e também alterar o nível de conhecimento prático, teórico e cultural dos colaboradores.

Alie-se ao tempo e tenha tempo para tudo, sem perder tempo com nada.

A casa de Sapê é a mais profunda expressão da humildade.


Pherfil Cobrança

Nascemos com o compromisso de nos tornar referência em resultados para nossos clientes e de oferecer

Campinas : Rua Barão de Jaguara, 1091 - 7 andar Jundiaí : Posto de Atendimento :Rua do Rosário, 533 - Centro Unidade: Av.: São Paulo, 235 - Vl. Arens

bons negócios para seus consumidores. Para isso temos como principal pilar o capital humano, seguido de uma constante melhoria na qualidade dos processos e na solidez de nossa infraestrutura, além de parcerias

Tel: Campinas: +55 - 19 - 3518-5000 Jundiai: +55 11 - 3109-7800

estratégicas com provedores de alta tecnologia. Presença é mais do que participar da vida de milhares de brasileiros. Vai muito além de atendê-los diariamen-

Estamos na Web!

te. Para nós, presença é vida. E como a vida é um

Www.pherfil.com.br

tantemente.

composto de mudanças, nós também mudamos consMudamos porque sabemos que cada vez que algo muda no mundo ativa um ciclo invisível de transforma-

Nosso trabalho e poupar o seu

ções, que mexe com os sonhos e com a vida da gente. Por isso, mais do que mudar, temos o compromisso de não fazer igual. A gente trabalha diferente. A gente trabalha por você, para que os seus sonhos sejam realidades cada vez mais presentes na sua vida.

Entendimentos

T

o d o projeto d e v e não só existir dentro de si, mas coexistir com outros projetos. Etimologicamente falando projeto quer dizer “projetar”, propriamente de lançar, atirar, jogar à frente. Um bom projeto deve lançar-se no futuro, identificar as necessidade atuais e prever as necessidades por vir. Um bom projetista deve desenvolver visão sistêmica e visão periférica, as

duas se confundem e se fundem provendo um desenho amplo das necessidades e dos caminhos a serem percorridos para o atingimento dos objetivos e o cumprimento de metas. Este Boletim, mostra uma parte disto, de que forma costumo trabalhar e para onde meus olhos se direcionam no momento. O entendimento das funções e atribuições é fator principal para um bom desenvolvimento de um trabalho. Outros fatores importantes são: o conhecimento das habilidades, dos pontos de resistência e flexi-

bilidade, do grau de comprometimento e das interferências externas.

Por estes e outros motivos, inicio este plano de ação em 6 frentes diversas, dividindo os projetos em CP / MP e LP (Curto, Médio e Longo prazo), pois, todos esses setores podem influir e influenciar de modo positivo, ou não em todos os outros projetos à serem apresentados.

Devair Pierazo - Gestor de Projetos Pherfil


Boletim Pherfil- Projetos 01