Page 1

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

1


2

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

3


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

EDITORIAL

4 Uma nova revista. Um novo conceito. Caro leitor, cara leitora, vocês têm em mãos a revista Dia Melhor, concebida com novos conceitos no segmento editorial. Há muito que os meios de comunicação vêm sofrendo importantes mudanças, particularmente depois do advento da internet. O processo de comunicação por meio da internet, com todas as suas vertentes e modos, mexeu com todo mundo da mídia. Qual informação quero e quanto posso pagar? Perguntam-se todos, hoje em dia. Crescem os números de títulos dos veículos impressos de comunicação gratuitos; jornais, em especial. A Dia Melhor foi criada, entre outros, com tal conceito, consagrado mundialmente, a de ser uma revista gratuita. A parceria na distribuição com a Padaria Brasileira, a maior rede de padarias do ABC e uma das maiores e mais premiadas do Estado, determina o público a qual se dirige a Dia Melhor: gente que exige e está habituada com a qualidade oferecida pela rede há mais de meio século. Os temas e as pautas abordadas foram preparadas pelos profissionais da Dia Melhor focando as famílias que vivem no entorno das lojas da Brasileira e habitualmente as frequentam. Gente que faz tudo em família e pela família. Nas páginas da Dia Melhor vocês encontrarão assuntos inéditos, curiosos e relevantes em vários aspectos, que certamente serão úteis, de alguma forma. Agradecemos o interesse pela Dia Melhor e tenham os nossos votos de paz e saúde nos festejos de final de ano e por todo ano de 2010. Carlos A.B.Balladas Publisher

Nesta Edição 4 Editorial 6 Especial Meu Natal Inesquecível 10 Consumo Um “lobo” no mercado de pick-ups 11 Alerta A um clique do perigo 12 O vinho e sua história 13 Educação Dominando a globalização por meio do estudo 14 Estética Sua pele revela sua idade? 17 Saúde Coração de criança requer cuidados 18 Sugestões para a ceia de Natal da Brasileira 19 Carreira Coaching: Um processo conhecido por poucos 20 Turismo O Piauí tem praia? Tem, sem, senhor. 23 Banda larga não significa rapidez o tempo todo 24 Lançamento Leve para casa 26 Por que sou Brasileira?

Carlos A. B. Balladas Publisher Carla Guedes Reportagens Elaine B. da Luz Designer Natalia B.B. Balladas Elaine B. da Luz Diagramação Mariangela Cunha Ricardo Razuk Publicidade Créditos das fotos desta edição: Capa: Stockphoto Páginas internas: FuturaPress, CBB divulgação, Ag. O Dia, Governo do Estado do Piauí, Padaria Brasileira divulgação. A pele revela a sua idade? fonte: www.galderma.com.br A revista Dia Melhor é uma publicação bimestral da CABB Editora Ltda. Distribuição gratuita nas Lojas da Padaria Brasileira da região do ABC. Tiragem desta edição: 8.000 exemplares. Fale conosco: Avenida Utinga, 413. Santo André. S.P. CEP 09220-610 Tel. (11) 4463-3222 diamelhor@diamelhor.com.br Outras publicações da editora


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

5


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

ESPECIAL

6

Meu Natal inesquecível

E

mbora seja uma festa cristã, o Natal é encarado universalmente por pessoas dos diversos credos como o dia consagrado à reunião da família, à paz, à fraternidade e à solidariedade entre os homens. Nas línguas latinas o vocábulo Natal deriva de “Natividade”, nascimento de Jesus, ou “Missa de Cristo”, originado do termo inglês Christmas, ou ainda, “Noite Bendita”, do alemão Weihnachten. Mas, independente da religião e nacionalidade, o Natal é esperado por todos e para cada pessoa, tem um significado diferente. Para o jogador do Santo André, Marcelinho Carioca, a maior importância do Natal é que a data marca o nascimento de Jesus, o evento mais significativo que já aconteceu com a humanidade. “O sentimento do Natal não é de festa, de bebedeira, mas de integração da família, comemoração da oportunidade de vida eterna”. Paolo Cristiano Gambogi, diretor da rede Singular, ressalta que junto com tão importante data religiosa, há o clima de alegria e paz. “Paz pelo exemplo de Deus e alegria proveniente do final de ano, sempre cansativo, com tensões e problemas deixados em suspenso, quase esquecidos por alguns dias, até o ano novo começar. Então, para a maioria das pessoas é a hora de reflexão, da análise dos atos certos e falhos, do perdão, dos abraços, da confraternização com a família e amigos”. “O Natal é um evento sagrado que une as famílias”. Esta é a definição de Solange Frazão, personal trainer. Para ela, é a data na qual muitos se emocionam e descarregam todas as angústias do ano. “É uma época para se pedir perdão”. Para Magic Paula, ex-jogadora de basquete da Seleção Brasileira, o Natal também tem um significado importante. “O Natal para mim é um momento de reflexão das minhas atitudes durante o ano. Será que em algum momento em pensei no outro? Quanto eu me doei? Fui flexivel? Tive compaixão? O espírito de Natal é uma reflexão sobre a necessidade de estar sempre aprendendo com o nosso dia-a-dia”. Continua

“Com certeza, o Natal que nunca sai da minha lembrança foi quando ganhei um piano. Eu tinha seis anos e não esperava que meus pais comprassem um. Confesso que entrei em choque e passei a noite toda olhando para ele”.

Solange Frazão


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

7


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

8 Poderíamos relacionar diversos outros sentimentos a respeito desta deliciosa data, mas uma certeza todos temos: Natal é tempo de renovar, perdoar, abraçar, chorar de alegria, presentear e agradecer por estarmos vivos e tendo a graça de podermos comemorar mais um aniversário do nascimento de Jesus.

“Foram muitos Natais inesquecíveis... Aqueles de criança, onde junto com os irmãos e primos esperávamos papai Noel à meia noite. Depois a mesma coisa com meus filhos. Mas, ficou muito em minha lembrança o Natal de 1966, quando recebi a notícia da conquista de uma vaga na Engenharia da FEI, a relação candidato / vaga era de 16 para 01”. Paolo Cristiano Gambogi

“Meu Natal inesquecivel foi quando ainda era criança e viajamos na Kombi do meu pai para Presidente Prudente, cidade onde moravam meus tios e primos, e passamos todos reunidos”. Magic Paula

“Todos os dias de Natal foram maravilhosos para mim, porque sempre consegui reunir minha família. Teve um, em especial, quando eu tinha 14 anos, que me marcou. Na minha família não tínhamos condição de ter uma mesa farta e eu sempre sonhei com isso. Um vizinho nosso de bairro, que tinha uma condição financeira melhor, convidou os melhores amigos do filho e suas famílias. Fui convidado e tivemos uma noite de Natal muito feliz”.

Marcelinho Carioca


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

9


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

CONSUMO

10

Um “lobo” no mercado de pick-ups

H

á muito o motorista brasileiro adotou a pick-up como veículo de passeio. As ruas das nossas cidades estão cheias delas. Não é preciso pesquisa de mercado para constatar que veículos tipo pick-up são vendidos cada dia mais. A Volkswagen era uma das montadoras nacionais que não tinha pick-up em seu portifólio de produtos. Isto está perto do fim. Da

Argentina deve chegar a Amarok, que significa lobo na língua dos esquimós. Tecnologia inovadora, elevados padrões de conforto, sofisticação, segurança e desempenho são as promessas da Volks para a Amarok. O modelo que estará disponível no início de 2010 terá 5,25 metros de comprimento de carroceria e cabine dupla e quatro portas. Inicialmente a pick-up será oferecida com duas opções de potência. A primeira com motor 2.0 TDI (Turbo Diesel Injection) e dois turbocompressores sequenciais terá potência de 163 cavalos, cujo consumo médio será de 12,8 km/litro, mesmo no modo 4X4.

No segundo semestre haverá uma opção mais pobre em potência, com 122 cavalos, ambas com câmbio manual com seis velocidades. Highline inaugurará a linha de modelos da Amarok. A versão top de linha possui retrovisores externos e detalhes no interior e exterior cromados, além de molduras das caixas das rodas alargadas, pintadas na cor da carroçaria e rodas de alumínio de 18 polegadas. Ar-condicionado digital, revestimento dos bancos e detalhes de acabamento em couro e sistema de som sofisticado completam os detalhes de alto padrão de acabamento da Amarok.


A um clique do perigo

C

om a proximidade do Natal, a ansiedade e a correria para as compras de última hora podem reservar alguns perigos, principalmente para os consumidores que optam pelo comércio eletrônico a fim de evitar filas e o tumulto nas lojas. O período de festas é um dos preferidos pelos golpistas que atuam na internet. Os criminosos inovam, criando armadilhas para roubar dinheiro, identidade e informações financeiras dos internautas mais descuidados. Para alertar os consumidores, a McAfee, fabricante de antivírus, revela alguns dos golpes mais comuns nesta época. No período que antecede o Natal as pessoas ficam mais sensíveis, com a emoção aflorada; os golpistas, então, disso se aproveitam e enviam e-mails similares aos de organizações beneficentes legítimas, mas que na realidade são sites falsos criados para roubar as doações e informações de cartão de crédito. Até os cartões virtuais de Natal são falsificados. Desconfie de e-mails desconhecidos, promocionais e arquivos que contenham “power points” natalinos. E nunca faça compras, via internet, em ambientes que possuam redes sem fio.

11

ALERTA

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009


12

O vinho e sua história

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

A

caba de se lançada no País uma luxuosa edição traduzida para o português de “A História do Vinho”, de Hugh Johnson. O livro é considerado a obra-prima do autor, sendo o grande clássico internacional da literatura do vinho. Esta é uma das mais abrangentes e, certamente, uma das obras mais agradáveis sobre vinho em todos os idiomas. Nesta nova edição, totalmente impressa em cores, papel nobre e em capa dura, com mais de 120 de ilustrações, mapas e com uma seleção grandiosa de fotografias, este suntuoso livro soma a sua qualidade formal à prosa eloquente de Hugh Johnson, combinando o seu conhecimento excepcional sobre o tema. É uma leitura fascinante, que traça a história da civilização sob a óptica do vinho, desde os seus primórdios, passando pelo esplendor do bacanal do mundo antigo (festa em honra ao deus do vinho, Baco,) até os nossos dias. A História do Vinho, de Hugh Johnson. Tradução de Eliane Piereck; CMS Editora; 256 páginas; R$ 169.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

N

um mundo cada dia mais globalizado, a exigência de novos conhecimentos é uma constante em todas as profissões. Vivemos numa época em que novos saberes são produzidos – e propagados – em velocidades espantosas. Diante disso, estudar sempre tornou-se primordial e necessário em todas as atividades. No Brasil, apesar dos avanços na área educacional, ainda há carência de cursos atualizados em diversas áreas, em especial em administração de empresas. Para auxiliar o profissional que pretende completar seus estudos em outro país, o portal Universia traz dicas para negociar a viagem junto à empresa. Segundo o portal, boas dicas são: avaliar sua situação dentro da empresa e os resultados que obteve no período

recente; avaliar o panorama da empresa para ter noção das possibilidades; pesquisar sobre a possibilidade de atuar em filiais da organização no exterior ou sobre programas de atualização em instituições estrangeiras mantidos pela companhia; elencar os vínculos do curso pretendido com suas funções atuais dentro da empresa; analisar os benefícios que a especialização trará para sua produtividade; agendar uma data com seu gestor para apresentar a proposta; ter um plano alternativo caso a empresa negue seus pedidos, mesmo que isso exija fazer o curso com recursos próprios e sem garantia de emprego na volta e, por último, avaliar as possibilidades de mercado que o curso abrirá para sua carreira quando voltar ao País. O Universia (www.universia.com.br) é uma rede de cooperação universitá-

EDUCAÇÃO

Dominando a globalização por meio do estudo

13

ria. A rede foi criada na Espanha 2000, e lançada no Brasil 2002. Em seis anos, o Universia Brasil conquistou a parceria de 254 universidades, alcançando a marca de 2 milhões de usuários cadastrados, segundo os dados publicados em seu portal.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

ESTÉTICA

14

Sua pele revela sua idade?

A

resposta irá depender dos cuidados e hábitos que você adotou até aqui. Pequenas atitudes ao longo dos anos podem ter feito toda a diferença - para o bem ou para o mal - e vão continuar fazendo daqui em diante. O fato é que com o tempo a pele muda, e isso é natural. Pouco a pouco, ela deixa a aparência frágil e macia da cútis de um bebê para ganhar um toque mais seco.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

Infância

15

As alterações hormonais causam uma verdadeira revolução nas glândulas

Você já deve ter conhecido alguém que considerava ter a pele de um bebê e sabe o quanto isso é um elogio para qualquer mulher. Na verdade, apesar da maciez e brilho, a pele infantil é muito frágil, sensível e exposta a alergias. Isso ocorre porque o colágeno ainda está em formação, a cútis conta com menos pelos e as glândulas responsáveis pela produção do suor ainda não estão maduras, o que a deixa propensa a irritações. Deve-se evitar produtos com fragrância e optar por aqueles específicos para pele sensível e seca. Esteja atenta para o aparecimento de bolinhas ou lesões avermelhadas que coçam e até viram ferida, pode ser dermatite atópica. Neste caso, use um hidratante com fórmula suave e sem perfume. Nada de recorrer aos mesmos cosméticos que você utiliza porque gosta do cheirinho.

20 anos

Adolescência A palavra-chave nessa fase é “hormônio”, e com a pele não é diferente.

mais intensa no couro cabeludo e na pele. A acne aparece e os poros ganham uma aparência dilatada. Com o aumento da oleosidade, a recomendação é lavar o rosto com sabonete específico para este tipo de pele. Muito cuidado para não causar o efeito rebote, que é aquela oleosidade produzida em defesa ao ressecamento excessivo causado por muitas lavagens ou determinados produtos. Opte por sabonetes que limpam sem ressecar e que tenham fórmula suave, de preferência com extratos naturais que acalmam a pele, como calêndula e aloe vera. Embora a cabeça do adolescente esteja centrada no presente, é preciso lembrar que hábitos errados, como a falta do uso de filtro solar, podem trazer problemas graves no futuro. Para se ter uma idéia, cerca de 80% da exposição solar de toda a vida acontece até os 18 anos de idade e os efeitos nocivos do sol são cumulativos.

sebáceas e nos folículos pilosos. Nessa etapa é comum que a oleosidade seja

Chegou o momento em que a pele se torna plenamente madura. As células produzem grande quantidade de co-


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

16

lágeno e elastina, garantindo sustentação e firmeza. As glândulas responsáveis pela produção de suor e sebo passam a trabalhar com mais estabilidade, fazendo com que a pele se mantenha hidratada e com textura macia. A oleosidade excessiva pode ter ido embora, mas o cuidado na limpeza continua. Se sua pele ainda é oleosa, siga as dicas citadas na fase da adolescência. Caso ela seja mais sensível, escolha produtos com fórmula suave e, de preferência, sem fragrância. Isso irá garantir que a sua pele não responda ao uso dos produtos de forma alérgica. O protetor solar é imprescindível para evitar problemas mais adiante. Evite cigarro, bebida alcoólica em excesso e poucas horas de sono. Procure ter uma alimentação balanceada e com pouca gordura. Todo o corpo irá agradecer.

cado já dispõe de retinóides que oferecem ótimos resultados sem causar aqueles efeitos colaterais que antes faziam com que o tratamento fosse abandonado, como ressecamento excessivo, vermelhidão e descamação. O adapaleno é uma ótima opção e, recentemente, foi lançado em versão mais potente, com concentração de

dos 50 anos em diante

30 anos A famosa casa dos 30 traz os primeiros sinais de envelhecimento. Isso ocorre em parte porque a pele perde cerca de 10% do seu mecanismo de defesa, dando mais espaço para a perigosa atuação dos radicais livres. A renovação celular também perde força, tornando-se 20% mais lenta. É nessa fase que os resultados dos hábitos adotados até o momento irão aparecer e isso inclui o acúmulo de sol guardado na memória celular. Mantenha os bons hábitos mencionados na fase dos 20 anos e acrescente uma arma em seu arsenal: os retinóides. Além de acelerar a renovação celular que se torna mais lenta nessa fase, ele ainda combate as linhas finas que começam a aparecer. Com o avanço da tecnologia, o mer-

de rigidez, gerando flacidez facial. A capacidade de retenção de água também diminui, deixando a pele ressecada e desnutrida. É importante investir na hidratação, evitar álcool em excesso e procurar ter um sono com qualidade para que o sistema circulatório trabalhe bem. Uso de antirrugas é bem-vindo nessa fase e os retinóides devem ser mantidos. Não tome sol sem protetor solar, pois as manchas são mais resistentes nessa idade.

0,3% e tolerabilidade similar a da versão anterior.

40 anos Nesta etapa o envelhecimento é mais evidente. A espessura da pele é 50% inferior do que aos 20 anos e o tônus muscular diminui 30% a capacidade

As transformações iniciadas aos 40 anos se tornam mais intensas, as rugas ficam acentuadas e os lábios tendem a se tornar mais finos por causa da reabsorção óssea da mandíbula. A chegada da menopausa causa nova revolução hormonal fazendo com que a pele da mulher se torne mais fina e ressecada, além da diminuição na produção de fibras de colágeno e elastina. Nesta fase: limpeza, hidratação e proteção solar. Se as rugas incomodam muito, não é preciso se desesperar ou recorrer a técnicas invasivas, como a cirurgia plástica. Recentemente, o número de intervenções não-cirúrgicas ultrapassou o de cirurgias e isso se dá principalmente ao uso da toxina botulínica na estética. Com um procedimento rápido e simples, é possível ganhar uma aparência mais jovem. Atualmente, o mercado conta com novas opções de toxina botulínica que garantem resultados com uma aparência natural.


Coração de criança também requer cuidados

P

ara muita gente, a arterioesclerose (entupimento das artérias) é uma doença de adultos, principalmente de pessoas idosas. No entanto, já se sabe que esta é uma doença que se inicia desde os primeiros dias de vida e o assunto já é alvo de uma campanha da Sociedade Brasileira de Cardiologia Pediátrica e da Sociedade Brasileira e Matogrossense de Pediatria. “As crianças são muito afetadas pelos novos costumes da sociedade de consumo, como o sedentarismo e as grandes porções de alimentos, geralmente muito gordurosos, que acabam prejudicando a saúde”, afirma Natasha Slhessarenko, patologista clínica do Lavoisier Medicina Diagnóstica/DASA. A médica, que também é pediatra, explica que o entupimento das artérias pode começar ainda na barriga da mãe. “A mulher que se alimenta mal ou que fuma durante a gestação pode precipitar o nascimento de um recém nascido de baixo peso, o que pode predispor a uma série de alterações metabólicas nesta criança e pode culminar com o depósito de gordura nas artérias. Se a mulher tiver hipertensão e diabetes também pode haver predisposição para o bebê ter o problema”, explica a médica. Por isso, é preciso cuidar bem da saúde desde a gestação, com uma alimentação saudável, prática de exercícios físicos com acompanhamento profissional e seguindo sempre as orientações médicas. Esses hábitos devem continuar ao longo da vida e fazer parte da criação dos pequenos. Doces e lanches podem até entrar no cardápio da criança, mas só de vez em quando. No dia a dia, a dieta deve ter muita fruta, verdura, água, alimentos integrais, carnes e laticínios com pouca gordura. O segundo passo é ser ativo. A recomendação é que as crianças vejam televisão, usem o computador ou joguem vídeo games por, no máximo, 2 horas ao dia. É importante que a garotada tenha um período do dia com atividade física. Pode ser uma brincadeira mesmo, como jogar bola ou andar de bicicleta.

17

SAÚDE

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

18

Sugestões para ceia de Natal da Brasileira

Q

uem pretende reunir sua família e seus amigos para a ceia de Natal não precisa se preocupar, a Brasileira se encarrega do cardápio. Neste ano, além das sugestões tradicionais que levam a grife “Brasileira”, foram preparadas algumas novidades que, com certeza, conquistarão o estômago de seus convidados. Entre as novidades de pratos salgados estão Medalhão de Frango ao Molho Velouté (medalhão de frango envolto em bacon fatiado e coberto com molho a base de condimentos e cenoura ralada); Escondidinho de bacalhau (purê de batatas recheado com lascas de bacalhau com cobertura de queijo parmesão ralado); Quiche de bacalhau (massa para quiche com recheio de creme de bacalhau a base de bacalhau desfiado, batata ralada, requeijão e creme de leite com cobertura de queijo parmesão ralado). Para acompanhamentos: Arroz Agridoce (arroz branco com abacaxi, uvas passas e cheiro verde); Salpicão de peito de peru defumado (batatas, salsão em lâminas e maionese). Como sobremesa deliciosa Torta de Frutas secas com doce de leite (massa flora recheada com doce de leite, coberta com nozes, damasco, avelãs, castanhas do Pará e geléia de brilho). Além destas novidades, a Brasileira

disponibiliza outras quatro sugestões de entrada, 15 tipos de acompanhamentos, sete tipos de massas e 22 pratos à base de carnes bovinas, suínas e aves entre eles o tradicional Tender decorado, Chesters e perus, e muitos tipos de tortas e bolos para sobremesas. Também para presentes, a Brasileira possui algumas combinações de cestas natalinas já montadas ou de acordo com os produtos escolhidos pelo cliente, que vão de panetones e bolos a vinhos e espumantes. As encomendas já podem ser feitas pelos telefones 3757-2277 (Matriz); 4437-3545 (Jardim); 4994-1027 (Paço Municipal) e 4337-1110 (São Bernardo do Campo). Nos dias 24 e 31 de dezembro, as unidades funcionarão das 6h40 às 20h e nos dias 25/12 e 01/01 somente a unidade matriz funcionará das 7h30 às 12h. As demais permanecerão fechadas.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

Coaching: um processo conhecido por poucos

O

coach é o profissional que pode ser definido como um personal trainner comportamental. E coaching é o processo de expansão de consciência, autoconhecimento e alcance de objetivos. Aqui no ABC, o assunto ainda não é muito difundido, mas já existe empresa especializada. Alexandre Barros Carmona é responsável pela ABC Coaching, localizada no Centro de Santo André, e trabalha como coach há três anos. Segundo ele, diferentemente do que algumas pessoas possam imaginar, o coaching não é uma terapia - apesar de ser parecido com uma - e nem mesmo aconselhamento. Ele ajuda a pessoa no processo de mudança comportamental, que poderá ser útil tanto na vida pessoal quanto na profissional. O coaching de vida é indicado para

pessoas que têm como meta melhorar os resultados nas áreas familiar, emocional, intelectual, saúde, lazer e relacionamentos. Já os interessados no coaching de negócios buscam ajuda para sanar problemas. Entretanto, o foco não é a empresa em si, mas o empreendedorismo do indivíduo. “Trabalhamos mais com os micros e pequenos empresários, pois eles sentem muita dificuldade em contratar uma consultoria ou uma auditoria”, salienta. O trabalho de coaching pode contar ainda com o apoio de uma assessoria jurídica. “Não trabalhamos só com problemas, mas também para aqueles que buscam mais sucesso profissional”, destaca.

Carmona é um dos pioneiros em coaching no ABC

CARREIRA

19


TURISMO

20

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

O Piauí tem praia? Tem, sim, senhor.

L

ocalizado na Região Nordeste, o Piauí esconde uma exuberante beleza natural, principalmente, quando se fala da sua área litorânea, banhada pelo Oceano Atlântico. O Piauí é o estado marítimo de menor litoral, apenas 66 km de extensão e isto se deve ao sistema de colonização adotado no estado, do interior para o litoral e às questões de fronteiras com os estados vizinhos Maranhão e Ceará. Durante muito tempo, o Piauí foi um estado sem litoral. Somente no século XIX, o estado fez uma troca com o Ceará, cedendo os municípios de Príncipe Imperial, hoje Crateús, e Independência que permanece com o mesmo nome naquele estado, conseguindo em 1880, o território de Amarração, com os mesmos limites estabelecidos pelo Ceará. Com poucos recortes, o litoral apresenta costas baixas e arenosas, nas quais se observa a existência de dunas que resultam de ação do vento

sobre a areia das praias. Sua pequena extensão é dividida em duas partes: 30 km na Ilha Grande de Santa Isabel e 36 km na parte continental. O litoral piauiense começa na Barra das Canárias – na fronteira com o Maranhão e segue pela Ilha Grande de Santa Isabel, passando pelo farol e praia da Pedra do Sal, vai até a Barra da Timonha – na foz do rio São João da Praia, na fronteira com o Ceará. O principal acidente do litoral piauiense é o delta do rio Parnaíba, que só pertence ao Piauí em parte, o restante pertence ao Estado do Maranhão. Este rio nasce na Chapada das Mangabeiras e percorre 1.485 km até desembocar no mar, formando um espetáculo de rara beleza. O nome Delta é utilizado para designar aqueles rios que ao desaguar no oceano dividem-se e formam vários canais, e em apenas em três lugares do mundo este fenômeno acontece: Rio Nilo (Egito), YangTze (China) e Parnaíba.

Embora o litoral do Piauí tenha apenas 66 km de extensão, situado entre Maranhão e Ceará, pode-se dizer que este pequeno trecho foi abençoado pela natureza. Ao chegar ao mar, o Parnaíba divide-se em cinco grandes canais: Igaraçu, Canárias, Caju, Carrapato ou Melancieira e Tutóia. Mais do que apenas uma curiosidade geográfica, esta divisão proporciona a formação de dezenas de ilhas, igarapés, bancos de areia, manguezais, dunas e praias, num conjunto que forma um verdadeiro paraíso ecológico, repleto de vida vegetal e animal. No Delta do Parnaíba estão mais de setenta ilhas, algumas desertas e praticamente inexploradas, outras habitadas por pescadores e suas famílias. Uma das maiores, a Ilha do Caju, é um santuário ecológico de onze mil hectares de cenário diversificado, com florestas nativas de várias espécies que servem de alimentação para a fauna. Lá foi implantada a Reserva Particular do Patrimônio


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

Natural, para garantir a preservação deste ecossistema. Em sintonia com o ambiente, turistas lá encontram uma antiga fazenda agora transformada em pousada, bastante confortável. A maior ilha do Delta é a Ilha Grande de Santa Isabel, famosa pelo artesanato e por suas rendas, confeccionadas por rendeiras que aprenderam o ofício com suas mães que aprenderam com suas avós. Também a Ilha das Canárias é um lugar muito procurado por turistas e ambientalistas, onde a preservação ambiental está sempre em primeiro plano. A Ilha das Canárias está entre as que possuem melhores condições para a

21

prática do turismo ecológico. Como se ainda não bastasse, além do Delta do Parnaíba, o litoral do Piauí também tem algumas das melhores praias do nordeste, como a Praia de Atalaia, sempre movimentada com seus mais de 50 bares, ou então a Praia do Coqueiro, que já é considerada como um dos principais points do litoral, e dezenas de elegantes casas de veraneio. Já as praias de Macapá e Campo Grande são consideradas oásis de tranqüilidade, enquanto a praia de Pedra do Sal é a preferida dos surfistas, devido à suas grandes ondas. O único porto marítimo do Piauí é o de Luís Correia, antiga Amarração,

fundado em 1820 na foz do Iguaçu, pelo governo do Ceará. Atualmente, há no Piauí dois municípios litorâneos – Parnaíba e Luís Correia, ambos integrantes da microrregião do Litoral Piauiense, cujo o pólo é a cidade de Parnaíba. O clima do litoral piauiense é quente e úmido, com chuvas de verão e temperaturas médias anuais em torno de 26ºC e os totais pluviométricos estão por volta dos 1.200mm. A vegetação é constituída de mangues, vegetação de dunas e cerrados, também existem coqueiros que se espalham por todo o litoral. Nas partes baixas e úmidas, aparecem a carnaúba e o buriti.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

22

A pesca é a mais importante atividade econômica do litoral. Também merecem destaque as grandes reservas de sal e a Indústria de turismo. O

transporte marítimo é muito precário, porque o Porto de Amarração precisa ser ampliado e aparelhado para receber navios de grande calado.

Peixe é a base da culinária A culinária do litoral piauiense tem como base os peixes de água doce e salgada, como também os frutos do mar, o caranguejo e os mariscos. O caranguejo é o principal produto do Delta, sendo aproveitado em todas as comunidades deltaícas como fonte de renda e de subsistência das famílias de catadores de caranguejo. Um preparo muito utilizado dessa iguaria é o “caranguejo quebrado na hora”, servido com baião de dois, farofa e vinagrete. A carne de caranguejo também é muito utilizada em recheios de pizzas, lasanhas, hambúrguer, bolinho, pastéis e outras iguarias. A torta de caranguejo está presente no cardá-

pio regular dos restaurantes do litoral piauiense e o “caranguejo toc-toc” jamais pode faltar nas tardes quentes nos restaurantes da beira rio, tanto no Bairro do Carmo, como no bairro “Tucuns”. Outra deliciosa sugestão são as patinhas de caranguejo à milanesa, o ensopado e a casquinha. Na praia de Atalaia e nos restaurantes da Praia do Coqueiro, é servida a pescada amarela, iscas de filé de pescada e bolinho de peixe, além do famoso camarão ao alho e óleo e à milanesa. A cavala ou serra, servido ao molho escabeche e ao molho de camarão, presente em todo território piauiense, é um peixe facilmente encontrado nas praias do Piauí, assim como o pargo, abundante em Luis Correia e no Coqueiro; a pescadinha frita, servida com farofa na Pedra do Sal; o coró e a tainha, na Barra Grande. É possível encontrar o mexilhão no Cajueiro da Praia e o molusco taioba na ilha Danta e a ostra afrodisíaca no Delta, o que ajuda na recuperação das energias gastas durante o belo e deslumbrante percurso do Roteiro Jeri Delta, Lençóis.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

Banda larga não significa rapidez o tempo todo

A

s siglas aplicadas para medir o volume de dados e a capacidade de tráfego na Internet causam confusão entre os usuários de internet. Prova disso é que 16% dos lares brasileiros com conexão rápida não sabem a taxa contratada para acessar a Web, segundo a pesquisa TIC Domicílios 2008 do Comitê Gestor da Internet no Brasil. Entender o contrato com a operadora de conexão à internet faz com que você não fique irritado aguardando intermináveis minutos numa central de atendimento, segundo José Domingos Ferreira, empresário na área de internet. Ao contratar uma conexão, as dezenas de termos técnicos em inglês tornamse incompreensíveis para a maioria das pessoas. É preciso ir ao bea-bá da computação para entender a velocidade da banda larga. Associe que cada letra, número ou caráter, mesmo o espaço em branco, que você digita no Word, por exemplo, ocupa na memória de seu computador o equivalente a 8 bits, o que corresponde a um byte . O nome Dia Melhor utiliza 10 bytes, isto é, 80 bits. Seguindo esta lógica, um Megabyte (Mb) equivale a 1 024 Kilobytes, que corresponde a 1 048 576 bytes, isto é 8 388 608 bits. Os contratos de banda larga sempre dão garantias de Upload e Download. Upload significa o ato de enviar dados para outro computador e Download é o ato de trazer (baixar) dados num computador. As taxas de velocidade variam de acordo com o tipo de conteúdo solicitado ou enviado. A prestadora garante rapidez na comunicação da casa do usuário até a Internet. Daí para frente existem fatores da própria rede que influenciarão essas taxas.

De acordo com José Domingos, baixar um vídeo hospedado em um servidor do leste europeu, região onde não se garantem taxas altas de tráfego, influencia no tempo do seu download. As prestadoras de serviços de banda larga costumam oferecer conexão com o termo Mega. Ele refere-se à quantidade máxima de dados que vão trafegar pela rede. Já a taxa de transmissão dessas informações é referenciada em segundos. O plano Speedy 2 Mega da Telefônica, por exemplo, oferece velocidade de download de 2 Mbps (Megabit por segundo) e de upload é de 600 Kbps(Kilobit por segundo). No pacote da Net Virtua 2 Mega a velocidade de download é de 2 Mbps e a de upload é de 300 Kbps. Já no Velox 1 Mega da Oi, as taxas de descida de dados são de 1024 Kbps e de subida é de 300 Kbps. A velocidade de sua conexão à Internet depende não só das características técnicas de seu acesso como também do tráfego, dia e hora. Por isso devem-se fazer várias medições, para saber a estabilidade de seu acesso. Existem sites que oferecem medição, dois deles são http:// www.testesuavelocidade.com.br e http://www.gratis.com.br. Outra forma é você baixar qualquer arquivo da internet acima de 10 Mb e acompanhar na caixa de alerta a taxa de transferência em Kbps. A caixa de alerta é aberta automaticamente quando inicia-se o Download . Importante observar que a taxa no exemplo acima é de 441 Kbps e estamos utilizando uma conexão banda larga de 2 Mbps com 30% de garantia mínima, ou seja, no exato momento deste teste a companhia que nos fornece o serviço não está cumprindo o mínimo contratado que seria de 600 Kbps.

23


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

LANÇAMENTO

24

Leve para casa

O

tradicional sorvete de massa de fabricação da Brasileira já pode ser levado para casa. Acabam de chegar aos freezers da rede Padaria Brasileira as novas embalagens da linha “leve para casa” de 400 gr do sorvete, que vem nos sabores Giandúia, Iogurte com Amarena, Manga, Morango com leite, Creme, Flocos, Chocolate e Coco. As novas embalagens são práticas e os deliciosos sabores seguem a autêntica receita italiana e são produzidos com frutas naturais, não possuem conservantes e são isentos de gordura trans.

Os novos potes de sorvetes podem ser encontrados nas quatro unidades da

Padaria Brasileira: Matriz, Jardim, Paço Municipal e São Bernardo do Campo.


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

25


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

Por que sou Brasileira?

26

“Sou frequentador assíduo da Brasileira pelo ambiente agradável, ótimos salgados, bom atendimento e funcionários educados”.

Matheus de Almeida Lazari - publicitário

“Frequento a Brasileira todos os dias. Costumo tomar capuccino e comer um pão integral. Adoro o ambiente, as pessoas são muito simpáticas”.

Daise de Almeida Lazari - psicóloga

“Gosto do ambiente. Aproveito para ficar com a família.”

Bruno de Almeida Lazari - fisioterapeuta

“Frequento todos os dias. Gosto porque tem privacidade, o lugar é confortável, é completa no atendimento. Me sinto como se estivesse em casa”.

“Frequentamos assiduamente a Brasileira para almoçar. Tem bom atendimento e ambiente, além do caixa automático que facilita quando precisamos de dinheiro. Adoramos os lanches da Brasileira.

Victor Rodrigues e Raimundo de Luca empresários

Vilma Ferreira de LIma representante comercial

“O ambiente é agradável e familiar, os produtos são frescos e saborosos. Gosto de trazer os filhos após o término das aulas”.

Ieda Maria Souza Pessolato, jornalista e Maria Eduarda, Alvaro e Antonio

“Há variedades de produtos e fica perto de minha residência”.

Fabio Auad Palermo, cirurgião dentista e Ana Carolina

“Frequento a Brasileira pelo menos 4 vezes na semana. Os produtos são de ótima qualidade. Aprecio muito os pães, capuccino, roscas, doces e sorvetes. A Isabela gosta da coxinha e sorvete de chocolate”.

Silvana Fornaziero e a sobrinha Isabela

“Gosto e frequento diariamente a padaria. Confio nos produtos, tanto na qualidade quanto no valor”.

Neusa Furlaneto Boatto e os filhos Bruna e Gustavo

“A melhor padaria do ABC. Os produtos são bons. Um dos aspectos é a não venda de bebidas alcoólicas, tornando perfeito o ambiente familiar. Frequento desde 1975, quando vim para Santo André a trabalho.

Dr. Swami Gomes Teixeira Médico

“Vou à padaria de manhã para tomar café e a tarde para comprar pães e tomar lanches. Gosto do espaço, localidade e atendimento”.

Edilson Franzini

“Frequento a Brasileira pelo ambiente e higiene. Almoço pelo menos 2 vezes por semana na padaria e diariamente compro pães”.

Roberto Sponchiato


Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 -Dezembro 2009

27


28

Dia Melhor - Ano I - Edição nº 1 - Dezembro 2009

Revista Dia Melhor  

Revista mensal de circulação gratuita na região do Grande AABC

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you