Page 1

PET FAEFI/UFU Nº 2 JUNHO- JULHO- AGOSTO 2012

UAI e Sudeste PET 2012 Página 05

Quinto período do curso de Educação Física promove gincana Página 04

Arquivo Pessoal

A segunda edição do Jornal InfoPET vem aí, com cara nova e matérias que irão colocar você por dentro das atividades do grupo PET Educa, e também dentro do mundo da Educação Física. Nessa edição mostraremos a participação dos alunos da Educa UFU nas Oficinas e Minicursos realizados pelo PET no primeiro semestre de 2012, um depoimento entusiasmado da nova presidente da Atlética da Educa, também teremos o que rolou no UAI e no Sudeste PET, algumas curiosidades sobre as Olimpíadas de 2012 em Londres, e por último uma grande dica de um professor. Confira!

Minicurso de Lutas

O PET Educação Física promoveu nos dias 11, 12 e 13 de abril o Minicurso de Lutas. Os participantes do evento puderam conhecer algumas

Oficina de Badminton

regras e vivênciar na prática alguns golpes de Jiu-Jitsu, de Judô, de Muay Thay e de MMA (Artes Marciais Mistas). Página 03

Atlética ganha nova presidência Arquivo Pessoal

Editorial

Alunos do curso de Educação Física conheceram um pouco do esporte que envolve raquete e peteca: o Badminton. A oficina foi realizada pelos integrantes do PET Educação Física, no mês de abril. Página 02

Página 06

Boxe Feminino é a mais nova modalidade dos Jogos Olímpicos Página 07

Acesse o nosso site: www.pet.faefi.ufu.br


Peteca e raquete em um mesmo esporte?

PET Educa promove Oficina de Badminton para alunos da Faculdade de Educação Física

Divulgação

Badminton virou modalidade esportiva no século XIX

O Badminton originou-se na Grécia, há dois mil anos atrás. A modalidade era jogada com tacos e petecas. O objetivo era rebater a peteca com o taco mantendo-a no ar. Esse “jogo” era praticado por adultos e crianças e, posteriormente, no século XIX, na Índia, foi instituído co-

mo desporto, criando assim regras para a prática da modalidade e matérias específicas para o Badminton. Esse esporte é muito rápido, atingindo velocidade superior a 300 Km/h numa raquetada. É praticado um contra um ou em duplas. Cada jogador possui uma raquete para rebater a peteca em direção ao lado adversário. A quadra é retangular e no centro é colocado uma rede (semelhante ao voleibol). O PET Educação Física promoveu uma oficina, a qual foi dividida em duas fases. A primeira foi realizada no anfitea-

Abadia Adenísia Rocha e Silva

tro do CENESP, onde foi feito uma breve introdução sobre a história do desporto e apresentado as regras. A segunda fase aconteceu no Ginásio 2, nessa etapa os participantes puderam vivenciar a prática do esporte, sendo estruturada de forma que todos os inscritos participassem da oficina.

Arquivo Pessoal

Oficina possibitou aos participantes conhecimentos teóricos e práticos sobre o esporte

Oficina de Rugby

Participantes conhecem regras e jogadas do esporte

O Rugby é um esporte que surgiu na Inglaterra e chegou ao Brasil a mais de 100 anos. Porém, a expansão em terras brasileiras é recente. O jogo consiste em atravessar o campo e apoiar a bola na zona de pontuação ingoal do adversário (uma área no final do campo que vai de lateral a lateral e pode ter até 20 metros de comprimento), feito isso, é marcado um try (5 pontos) para o time que conseguiu apoiar a bola. Além disso, a equipe ainda ganha o direito a um chute de bonificação que vale mais 2 pontos. Existem outras formas de se pontuar, por meio de um chute numa cobrança de falta ou um chute chamado dropkick, ambos valem 3 pontos.

Murilo Arthur da Silva Nascimento

Para defender é necessá- do esporte e em que consiste o rio derrubar o adversário no Rugby. No final da oficina os chão e assim disputar a posse da alunos puderam jogar o Touch­ bola em um ruck (formação em rugby, uma versão do esporte que os jogadores têm que ganhar sem o contato físico. A oficina o território em que está a bola). foi interessante, pois houve uma Outras formações do es- grande participação dos alunos porte são: o line out, a cobrança no curso e os fundamentos do de lateral, onde a bola é lançada esporte foram bem trabalhados. entre uma fila de cada time e os jogadores podem ser erguidos para pegar a bola, e também o scrum, formação usada para cobrança de faltas leves. A oficina realizada pelo PET Educa foi uma introdução básica ao esporte. No encontro os parDivulgação ticipantes conheceram as Nos últimos anos o Rugby vem se regras básicas, o espírito popularizando no Brasil


Minicurso de Lutas

PET Educa realiza encontro de prática de MMA, Jiu Jitsu, Judô, Muay Thai

Eduardo Alves Saramago e Gabriela Silva Borges

teve um diferencial, a vivência foi feita em "O minicurso uma acade- foi importante mia de lutas. para mim, pois Foi minis- abriu a mente trada uma sobre os vários aula de ar- tipos de artes tes, envol- marciais." Fotos: Arquivo Pessoal vendo tanto Participantes conhecem algumas técnicas da modalidade Sérgio Murilo Santos Araújo técnicas da Estudante de Direito luta em pé O currículo do curso de UNIUBE Educação Física da UFU abran- quanto no solo. Antes de encerge, na disciplina Esportes Com- rar as aulas, todos os ministranplementares, as lutas em geral. O tes fizeram demonstração de minicurso de lutas promovido combate. Sendo que, nas moda"É um prazer pelo PET Educa apresentou qua- lidades Muay Thay e MMA, os inestimável tro modalidades para os alunos: alunos vivenciararam o combate poder vivenciJiu-Jitsu, Judô, Muay Thay e diretamente com o professor. ar várias lutas, Nós, como alunos do MMA (Artes Marciais Mistas). que até então O minicurso durou três curso de Educação Física e pratisó conhecíadias, cada modalidade teve qua- cantes de artes marciais, achamos de vista, tro horas para as atividades. A mos muito importante a em tão curto espaço de temproposta dos ministrantes com- iniciativa de um minicurso vol- po. Que venham os próximos preendeu uma breve exposição tado para as lutas, pois o nosso minicursos." da história, vivência de funda- currículo não compreende esse mentos básicos e algumas aplica- tema em uma disciplina específiAna Paula Alves Santos ções de técnicas específicas de ca. E a luta, como é um dos obEstudante de Educação Física jetos da Educação Física, cada luta aborda nos encntros. UFU O primeiro dia começou poderia ter espaço na Universicom o Jiu-Jitsu e o Judô, que fo- dade. ram ministrados conjuntamente. Os alunos aprenderam técnicas de projeção e quedas do judô, e de torções e imobilizações do Jiu-Jitsu, além de regras e fundamentos básicos de ambas as modalidades. O Muay Thay foi a arte marcial ministrada no segundo dia. Os participantes do curso aprenderam como executar joelhadas, chutes, cotoveladas e socos dentro das regras dessa luta. No terceiro dia, o MMA Alunos tiveram aulas teóricas e práticas sobre diversas lutas

Eu Fui!


Quinto período promove Gincana na FAEFI Tradição do curso de Educação Física volta a acontecer

teração e confraternização entre os discentes. Estudantes que já participaram das edições anteriores contam as experiências:

Fotos: Arquivo Pessoal

As provas acontecem na Educação Física

campus

da

“Com a Gincana, tive a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos na disciplina de Organização de Eventos. A Gincana ofereceu por meio das diversas atividades o contato com várias turmas do curso de Educação Física, além da descontração e divertimento. Foi muito válido e enriquecedor participar da comissão organizadora da XIX Gincana BafanaBafana, que proporcionou-me a construção de conceitos voltados para a organização de eventos, trabalho em equipe, promovendo a união entre os alunos da turma”.

Eduardo Sales

em uma das disciplinas do curso é sem dúvida uma ideia impar, uma grande e divertida iniciativa. A gincana proporciona tanto aos alunos organizadores do evento assim como aos participantes experiências únicas, promove a socialização, recreação e lazer. A oportunidade que tive de ser uma das organizadoras de um evento com a "Gincana da Educa" me oportunizou como graduanda do curso de Educação Física uma rica vivência, que acrescentou hoje valor ao meu currículo”.

Os alunos do quinto período do curso de Educação Física como atividade avaliativa da disciplina Prática Pedagógica do Planejamento e Organização de Por Raytta Silva Viana Atividades Culturais (PIPE08) irão realizar uma Gincana. O evento que objetiva integrar todas as turmas do curso está na vigésima edição. A Gincana vai ter provas em que equipes formadas pelos Por Fernanda Aparecida graduandos de Educação Física disputarão o título. O evento “A Gincana realizada pepossibilita aos alunos do quinto los alunos da FAEFI como re- A Gincanca promove interação entre os período a vivência de como é organizar um evento e promove in- quisito parcial para aprovação alunos da Educa

Equipes da UFU participam de competiçõesLaura Maia e Luana Maia A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) possui equipes femininas e masculinas de treinamento nas modalidades de Handebol, Basquetebol, Futsal e Voleibol.

Os times participaram dos Jogos Universitários Mineiros (JUMS) que aconteceram de 16 a 20 de junho em Lavras/MG. Os vencedores desse torneio se classificam para os Jogos Universitários Brasileiros (JUBS), que serão disputados de 18 a 27 de outubro em Foz do Iguaçu/RS. No início do ano, as Times femininos de Voleibol e de equipes participaram da Liga de Futsal da UFU foram campeões Fotos: Arquivo Pessoal

Desporto Universitária. A primeira fase ocorreu no mês de abril em São João Del Rei (Minas Gerais), onde todos os times femininos da UFU foram campeões e classificaram para a segunda fase que aconteceu de primeiro a seis de maio em Campo Grande (Mato Grosso). A seleção de voleibol feminino teve a melhor classificação, terminou em 4º lugar.


PET Educa participa do UAI e Sudeste PET de 2012 Encontros entre os grupos PET promovem troca de experiências

Jacqueline Aimê dos Reis Vilela e Raytta Silva Viana

Fotos: Arquivo Pessoal

A petiana Jacqueline apresentou um dos trabalhos do PET Educa, no UAI PET

Ensino, pesquisa e extensão foram os temas abordados nos dois eventos anuais que reúnem os grupos do Programa de Educação Tutorial (PET): o IV UAIPET e XII Sudeste PET. O PET Educa participou dos encontros com apresentações das atividades realizadas pelo grupo no ano passado. O evento teve o apoio do grupo InterPET da UFU. UAI PET

ram os trabalhos: "Atividades de ensino realizadas pelo grupo PET Educação Física em 2011" e "V Semana Científica da Educação Física- PET 'Educaça Física: Novo Tempo, Novas Perspectivas"", que foi uma breve apresentação das atividades de ensino realizadas pelo grupo PET Educação Física em 2011 como: Oficina de Yoga, Oficina de Artes Circenses, Minicurso de Tênis, Cine Educa, Seminário de Artigos em Inglês e a V Semana Científica da Educação Física. Sudeste PET

O encontro reúne os grupos PET de toda a região Sudeste do país. Nesse ano, a décima segunda edição do evento aconteceu na Universidade Federal do Espírito Santo na cidade de Vitória, entre os dias 05 e 08 de abril. O tema em discussão foi a “Vivência no PET: Impactos na Formação Profissional e Social”. O PET Educa participou do evento com os trabalhos "PET Educação Física: pesquisar é preciso" e "PET Educação Física: atividades de extensão - EMEI, doação de sangue e ação social".

Entre os dias 23 e 25 de março aconteceu o IV UAIPET, sediado na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) em Diamantina/MG. O evento foi destinado a todos os grupos do PET de Minas Gerias. O tema do encontro foi “Conhecimento, Integração e Cultura”. O UAIPET contou com palestras, Grupos de Trabalhos e Discussão (GTD’s), mesas-redondas e apresentação de trabalhos na modalidade de painel. Os representantes Integrantes dos grupos PET da UFU participaram do do PET Educa expuse- XII Sudeste PET em Vitória/ES

Fala aí! "O IV UAI PET foi muito interessante. Não só promoveu a discussão das atuais práticas do Programa de Educação Tutorial, mas também propiciou uma troca de experiências entre os grupos. O evento foi de suma importância, despertando entre nós, petianos, o pensamento político e crítico, acerca dos objetivos e práticas do PET." Fernanda Oliveira

Representates do PET Educa durante o Sudeste PET 2012

"O XII Sudeste PET possibilitou-me por meio das palestras, mesas-redondas, grupos de discussões, grupos de trabalhos e apresentação de trabalhos contato com os grupos PETs da região Sudeste. Além disso, foram promovidas atividades culturais que permitiram uma melhor interação entre os grupos." Fernanda Aparecida


Educação Física elege novos membros para Atlética o poder de trabalhar por eles e, principalmente, para eles. É muito gratificante saber que temos o apoio e o voto de confiança. Nós vamos fazer valer essa espera por melhorias. O curso de Educação Física por estar nesse meio esportivo, já carrega consigo uma expectativa e, consequentemente, uma responsabilidade de bom desempenho, mas além de bons resultados nos campeonatos, nós queremos mais que apenas focar em competições, queremos interação entre os próprios alunos da Educa, socialização com outros cursos da UFU e também outras faculdades, proporcionar divertimento e momentos de lazer. E como objetivo fundamental, queremos que os alunos sintamse parte da Atlética, parte de algo que é para eles e que acima de tudo eles têm todo o direito de ter voz sobre as decisões que vão ser tomadas. As expectativas para toda a gestão são as melho-

res possíveis, mas estamos cientes de que há também muito trabalho, tanto para compensar todo esse tempo sem regularização e, sem dúvida, para melhorar a Atlética do curso de Educação Física. E em nome da Diretoria Executiva da Associação Atlética Acadêmica da Educação Física, eu gostaria de agradecer a todos os alunos que compareceram e votaram, mostrando e agregando força ao corpo discente e principalmente pelo apoio à Chapa Renovação.

Resultados da II Supercopa DIESU A campanha do curso de Educação Física foi espetacular na II Supercopa Universitária organizada pela DIESU (Divisão de Esporte e Lazer Universitário). A competição aconteceu no mês de maio. Dentro das três modalidades (Basquetebol, Vôleibol e Handebol) que foram distribuídas para ambos os gêneros, a Educa foi campeã em quatro

Fotos: Arquivo Pessoal

A cada semestre, o curso de Educação Física se torna mais organizado e com alunos mais preocupaJuliene Costa dos em se Presidente da Altética unirem para garantir seus direitos. As eleições para a Atlética foi uma prova disso. Depois da regularização da Atlética, as eleições aconteceram contando com a presenças dos alunos que garantiram o direito de voto. Como nova Presidente da Associação Atlética Acadêmica da Educação Física, sinto-me com uma responsabilidade enorme, porém muito feliz de tê-la, pois quem nos colocou foram os alunos, eles votaram confiando em nós, da Chapa Renovação e em nossas propostas, nos dando

Juliene Gonçalves Costa (Presidente da A.A.A Educação Física)

Breno A. G. da Silva

modalidades (Basquetebol fe- sa nos torneios em que disputa. minino e masculino, Vôlei feminino e Handebol feminino). O Vôlei masculino ficou com o segundo lugar e o Handebol masculino em quarto lugar. Com os resultados alcançados na Supercopa os alunos do curso de Educação Arquivo Pessoal Física fizeram uma ótima campanha. Isso manteve a tradição Time de Handebol feminino confirma da Educa de ser forte e vitorio- favoritismo e sai vitorioso


Londres 2012: o entra e sai de modalidades

Boxe feminino é uma das novidades dos Jogos Olímpicos de 2012

Os Jogos Olímpicos de Londres 2012 acontecerão dos dias 27 de julho a 12 de agosto e contará com algo inédito: a presença das mulheres na modalidade de boxe. Pela primeira vez, as

Paralimpíadas em Londres

Fernanda Oliveira

Os Jogos Paralímpicos ocorrerão em Londres, entre os dias 29 de agosto e 9 de setembro. O evento contará com a participação de mais de cinco mil atletas de 150 países, inclusive do Brasil. Vinte esportes estão no programa paralímpico de 2012. Nas Paralimpíadas de Pequim, em 2008, os atletas brasileiros conquistaram 16 medalhas de ouro, 14 de prata e 17 de bronze. Nosso país ficou em 9º lugar no quadro de medalhas.

Fotos: Divulgação

Priscilla Sagário

peã mundial de boxe em 2010 e bronze nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara), as inglesas Savannah Marshall, Natasha Jonas e Nicola Adams. Ainda falando de novidade, essas Olimpíadas ainda contam com novas provas de canoagem e ciclismo e as disputas de duplas mistas no tênis. Enquanto isso, algumas modalidades se despedem dos Jogos Olímpicos, entre elas estão o Beisebol e o Softbol. Com isso o evento conta com 29 modalidades de 26 esportes.

mulheres trocarão socos no ringue. A classificação das atletas para as Olimpíadas será decidida no campeonato da China que acontece no mês de maio. Entre as favoritas para competir está a brasileira Roseli Feitosa (cam-

Caça-palavras Esportes Olímpicos

HIPISMO BADMINTON JUDÔ NATAÇÃO PENTATLO REMO TAEKWONDO TÊNIS TIRO TRIATLO VELA VOLEIBOL BOXE CANOAGEM CICLISMO ESGRIMA FUTEBOL HANDEBOL ATLETISMO BASQUETE

Fonte: http://rachacuca.com.br/palavras/caca-palavras/esportes-olimpicos-medio/


Ler não é estudar! O estudo faz parte da vida de todo estudante, pelo menos deveria, não sendo diferente a realidade do universitário. Entretanto e infelizmente, essa parece não ser uma prática comum entre a maioria dos estudantes que observo. Vejo em meus alunos um interesse em saber, afinal quem não gostaria de saber mais? Mas, um descaso completo com a fonte do conhecimento, o raciocínio, o que obviamente, gera uma contradição incorrigível, pois não é possível conhecer algo se não nos empenhamos no entendimento do que está escrito, ou do que está sendo falado em qualquer ocasião que seja.

Prof. João Elias Dias Nunes

Quando digo empenho, não me refiro ao número de horas despendidas no estudo de um assunto, me refiro a um comprometimento real com o que está sendo estudado, um compromisso, que nos leva a pensar e a procurar soluções para um possível obstáculo encontrado no caminho, como por exemplo, algum mal entendimento devido a uma leitura rápida, ou algum tema no qual falta conhecimento para o esclarecimento amplo da questão. Temos o hábito de achar que devemos entender tudo quando lemos, e que quando não entendemos, o autor é que não teve seus méritos de nos conse-

guir fazer entender. Mera ilusão, na verdade, há muitos conhecimentos que precisamos merecer para alcançá-los, merecer com esforço e com a vontade de saber. Não obteremos o saber lendo um par de livros e um conjunto de artigos, ou estudando para conseguir uma nota mínima. Enquanto não colocarmos nosso raciocínio a serviço da obtenção desse bem não o desfrutaremos. Um bem tão grande, que supera a questão de somente entender o que estava no texto, pois nos sentimos vivos, ao descobrir que temos a capacidade de conhecer e desvendar por nós mesmos.

Expediente Tutora PET Eduação Física:

Fonte: http://arteemanhasdalingua.blogspot.com.br/2012/01/uma-luta-diaria.html

Profª. Dra Geni de Araújo Costa Equipe: Abadia Adenísia Rocha e Silva, Cíntia Aparecida de Sousa, Evertton Trindade de Castro Martins e José Duarte Naves Junior Colaboração: Breno A. G. da Silva, Eduardo Alves Saramago, Eduardo Sales, Fernanda Oliveira, Fernanda Aparecida, Gabriela Silva Borges, Jacqueline A. dos Reis Vilela, Juliene Gonçalves Costa, Laura Maia, Luana Maia, Priscilla Sagário e Raytta Silva Viana e Prof. João Elias Dias Nunes Impressão: Imprensa Universitária/Gráfica UFU Email: peteducaufu@yahoo.com.br Telefone: (34) 3218-2945

InfoPET  

Informativo produzido em parceria com o PET Educação Física UFU

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you