Page 1

57

Anotações


Vocês já aprenderam sobre os seres vivos, e agora vamos aprender como eles são classificados e como sobrevivem! Puxa, professor! É tão legal entender que existem seres tão pequenos que nós podemos vê-los com o microscópio! Vamos começar logo!


2

OS SERES VIVOS o que vocÊ vai aprender •

os seres vivos

o início de vida na terra

Vidas microscópicas

Os vírus

as Bactérias

Os Protistas

Os Fungos

Cientistas que estudaram micro-organismos

AS PLANTAS

fotossíntese

AS FLORES

polinização e dispersão das sementes

germinação

Animais

Invertebrados

Vertebrados

CADEIA ALIMENTAR


60

OS SERES VIVOS Professor(a): inicie este capítulo retomando com os alunos todo o conhecimento

os seres vivos sobre os seres vivos trabalhado nos anos anteriores, questione-os, peça que dêem exemplos de seres vivos conhecidos.

você sabe o que são seres vivos? Antes de iniciarmos este capítulo do livro pense em tudo o que você aprendeu até hoje e responda esta pergunta.

a) Qual é a característica comum de todos os seres vivos? Ser formado por uma ou mais células.

b) Cite alguns seres vivos que você conhece. Resposta pessoal.

o início de vida na terra Para ser considerado um ser vivo, o organismo deve ser composto por uma ou mais células, que pode ser poricarionte, quando o núcleo não é recoberto por uma membrana, ou eucarionte, quando o núcleo é recoberto por uma membrana. A vida na Terra teve início há bilhares de anos com o surgimento dos seres unicelulares e microscópicos. Os primeiros seres vivos surgiram na água, com o passar do tempo foram adquirindo características e se adaptando às condições do ambiente, hoje o planeta inteiro é habitado por uma enorme variedade de formas de vida. As bactérias foram os primeiros seres vivos, a partir delas, outros seres surgiram. As plantas foram os primeiros seres vivos a ocupar o ambiente terrestre, já os répteis foram os primeiros animais adaptados a andar no solo firme e a suportar altas temperaturas, então surgiram outros animais e o que conhecemos hoje são cinco reinos que englobam milhares de espécies, são eles: o reino monera, das bactérias; o reino protista, dos protozoários; o reino fungi, dos fungos; o reino plantae, das plantas, e por fim o reino animal, dos animais.


61

Vidas microscópicas Em nosso planeta existem muitos seres vivos que nos rodeiam. Eles estão presentes em toda parte, no entanto, alguns não conseguimos ver a olho nu porque são microscópicos. Esses organismos só podem ser vistos com auxílio de um equipamento chamado microscópio, que possui lentes de aumento e nos permite enxergar estruturas extremamente pequenas, muito menores que um grão de poeira. Por meio desse recurso, o homem pôde realizar maravilhosas descobertas para a Ciência. O ramo que estuda os seres vivos microscópicos chama-se microbiologia. O termo microbiologia vem da derivação das palavras gregas milkrós, que significa pequeno, e bíos, que significa vida. Muitos micro-organismos são causadores de doenças, no entanto, outros nos trazem benefícios, como a decomposição de seres mortos. Professor(a): apesar de não enxergarmos esses seres, eles estão presentes em nossa vida, muito mais que imaginamos. Pergunte aos seus alunos se sabem quais os alimentos que possuem seres microscópicos em sua composição (leite fermentado com lactobacilus, queijo, iogurte, pão, vinho, cerveja etc.). Questione-os também sobre os micro-organismos patogênicos, como os causadores da toxoplasmose, doença de Chagas, leishmaniose, entre outros. É importante explicar que muitos desses seres ajudam os seres humanos, como os micro-organismos da flora intestinal e os bioindicadores de qualidade da água.

HORA DE EXPERIMENTAR Experimento – Videomicroscopia. Experimento – Kit lâminas: n.º 5 (Paramécio), (Ameba) e n.º 14 (Penicillium). Apresente aos seus alunos o microscópio. Deixe que manipulem o equipamento e aproveite para expor as lâminas de alimentos, doenças que elas podem causar etc.


62

OS SERES VIVOS

Os vírus

Professor(a): forme duplas e distribua uma tira de papel com o nome de uma doença causada por vírus, como: rubéola, gripe, varíola, AIDS, sarampo, febre amarela, catapora, caxumba, hepatite, poliomielite etc. Solicite que realizem uma pesquisa a respeito dos sintomas, das formas de contágio e da prevenção dessa doença. Em seguida, oriente-os a apresentarem as conclusões para a turma.

A maioria dos cientistas que estudam os vírus não os consideram como um ser vivo. Isso porque não possuem estruturas que todos os outros seres vivos têm. Sendo assim, precisam ficar sempre dentro de uma célula de outro organismo para usar suas estruturas. Fora dela, não conseguem permanecer ativos e se reproduzir. Não conseguimos visualizá-los em microscópios comuns, apenas em microscópios superpotentes. São menores e mais simples que as bactérias, além de serem compostos de proteínas e material genético. As doenças causadas por eles ocorrem porque, ao infectar uma célula, desregulam o seu funcionamento normal, causando, assim, danos ao organismo hospedeiro. Algumas doenças causadas por vírus são: gripe, poliomielite, raiva, catapora, caxumba, sarampo, rubéola, febre amarela, dengue, herpes, AIDS e hepatite. Não existe medicamento para matar os vírus causadores de doenças, mas existem vacinas para alguns deles. Elas servem apenas para prevenir, não para curar. A outra forma de tratar doenças causadas por vírus é alimentar-se bem e descansar, para que nosso organismo fique mais forte e consiga combatê-los. Nossas armas de defesa são os anticorpos, que conseguem reconhecer e destruir os vírus invasores.

as Bactérias

Professor(a): inicie a aula falando sobre as características das bactérias, tais como: seu tamanho, sua utilização na fabricação de alimentos, doenças que elas podem causar etc.

As bactérias são organismos microscópicos presentes em praticamente todos os ambientes do Planeta. Elas são seres vivos que não estão nem no reino animal, nem no reino vegetal, elas possuem seu próprio reino, chamado monera. Podem viver na água, na terra ou no ar. Formadas apenas por uma única célula, são chamadas unicelulares e não possuem membrana ao redor do núcleo, sendo então consideradas procariontes. Algumas produzem seu próprio alimento, assim como as plantas, outras precisam buscar outras fontes de energia. Existem, também, as que são parasitas de outros organismos, conseguindo, assim, seu alimento. As bactérias parasitas podem causar várias doenças, como meningite, lepra, tétano, cólera e tuberculose. Algumas diarreias podem ser causadas por toxinas produzidas pelas bactérias. Nossa pele é repleta de bactérias que não nos fazem mal. Porém, quando nos machucamos, são elas que invadirão a ferida e causarão infecções. No nosso intestino também existem as que não nos prejudicam, pelo contrário, auxiliam na digestão e, sem elas, teríamos grande dificuldade para realizar este processo. As bactérias realizam uma tarefa muito importante no nosso ambiente, pois fazem a decomposição dos serem que morrem. Elas reciclam os elementos presentes nos organismos em decomposição e os devolve à natureza.


63 As diferentes formas das bactĂŠrias podem er vistas na figura a seguir.

Espirilos

Estafilococos

BactĂŠria flagelada

Diplococos

Estreptococos

Cocos

Bacilos


64

OS SERES VIVOS

Os Protistas

Professor(a): os protistas apresentam algumas características que os diferenciam dos moneras. Apresente aos alunos as características dos protozoários e compare-as com as bactérias. Assim, os alunos poderão acompanhar o processo de evolução que ocorreu e diversificou os grupos.

Os protozoários são seres unicelulares ou pluricelulares, produtores ou não do próprio alimento, que vivem em ambientes terrestres ou aquáticos. Alguns são parasitas, outros são de vida livre. O reino dos protozoários chama-se Protista e dele também fazem parte algumas algas. Diferentemente das bactérias, os protistas apresentam, uma membrana ao redor do núcleo, sendo considerados organismos eucariontes. Para se locomoverem, podem utilizar flagelos, cílios ou pseudópodes (palavra que vem do grego e significa “falsos pés”). As doenças mais comuns causados por eles são: doença de Chagas, leishmaniose, giardíase, toxoplasmose e malária.


65

Os Fungos Os fungos, por muito tempo classificados como plantas, fazem parte de um grupo separado porque não possuem clorofila e não fazem fotossíntese. Assim, não produzem seu próprio alimento, como as plantas. Eles se diferenciam também das bactérias por possuírem membrana ao redor do núcleo. Alguns têm apenas um núcleo; outros podem ser unicelular ou pluricelular. Eles estão presentes no ambiente terrestre, podem apresentar tamanhos e formatos variados e fazem parte do Reino Fungi. Assim como as bactérias, atuam na decomposição de plantas e animais mortos. Alguns são utilizados na nossa alimentação, como o champignon e o shitake. São importantes para o homem e utilizados na fabricação de pães, bebidas alcoólicas e queijos. Na fabricação do pão, são as leveduras (também conhecidas como fermento biológico) as responsáveis pelo processo de fermentação, através do qual, depois de algumas reações, a massa cria pequenas bolhas de gás carbônico em seu interior, fazendo com que o pão cresça e fique fofo. Professor(a): apesar de possuir um tamanho reduzido, os fungos desempenham um papel importante na natureza, visto que são decompositores. Se possível, colete alguns fungos, como champignon, orelha-de-pau, bolor do pão e coloque-os em uma lâmina com uma gota de água. Depois leve ao microscópio, para seus alunos observarem suas características. Dica: hifas são células longas que podem apresentar apenas um núcleo ou inúmeros e são exclusivas dos fungos.


66

OS SERES VIVOS

Já a produção de bebidas, também ocorrida a partir da ação dos fungos, é realizada por meio da fermentação de diferentes ingredientes. A cerveja, por exemplo, é produzida a partir da fermentação de um grão chamado cevada. O vinho, por sua vez, é resultado da fermentação das uvas. As doenças causadas pelos fungos recebem o nome de micoses. As mais comuns são frieiras, a candidíase ou “sapinho” e as micoses de pele. Os medicamentos para tratar as micoses chamam-se antifúngicos.

ORELHA-DE-PAU

CHAMPIGNON

BOLOR

LEVEDURA

a) Observe a imagem a seguir:

Utilizando as palavras do quadro, explique o que está acontecendo com a laranja.

PESC 5º ano  

Livro fundamental 5º ano

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you