Page 63

MAIS! Acesse

www.revistalaica.com.br

Mágica As três fadas da cozinha da Imeradores: da esq. para dir., Juliana, Cláudia e Lourdes. Ao lado, os quitutes de sucesso dos ensaios.

foi para a escola Embaixadores e o segundo, para Falcão de Ouro). Mas história sempre comeca muito antes da passarela. Os preparativos requerem horas de dedicação e estimularam três diretoras de alas a irem para cozinha colocar tempero no Carnaval. “Estávamos preocupadas em matar a fome do pessoal e hoje a comida já faz parte da festa”, contou Lourdes Lima, uma das cozinheiras. A prioridade na cozinha da escola são alimentos que rendam mais, mas sejam rápidos e saborosos, de acordo com a diretora de Carnaval, Elaine Silva de Souza. Além de Lourdes, Juliana Azevedo e Claudia

e veja as receitas do escondidinho, do estrogonofe e da farofa.

Pereira são responsáveis pela cozinha. “É um cardápio comunitário. Usamos o que temos e inventamos nossos próprios pratos”, disse Claudia, autora do strogonoff de frango. Juliana, responsável pelo arroz e por um dos tipos de farofa, contou que o segredo é fazer algo que a própria família gostaria. “Sempre penso nos meus filhos, pois tudo que se cria com amor dá certo”, disse Juliana, Criadora da farofa fria e do escondidinho de calabresa, Lourdes aposta na fórmula da generosidade. “Aqui todos podem participar, pois ‘Quem samba, samba e quem não samba, se apresenta’”, afirmou Lourdes.

Coração Mestre Bica, regente da bateria, comanda o coração da escola, com 90 ritmistas. À dir., o carnavalesco Nilton Rodrigues Júnior. que vive uma verdadeira paixão pela Imperadores do Samba e faz de tudo para unir o pessoal.

63

LAICA | Fevereiro 2012

Laica  

Revista Laica

Advertisement