Page 18

Conversa com

sempre sonha em trabalhar ao lado de pessoas competentes e inteligentes como o Miguel. Além de colega de trabalho, ele sempre foi muito amigo e alto astral. Nós nos conhecemos no trabalho, mas tenho certeza que seremos amigos pro resto da vida.

Já teve algum convite de gravadora para lançar um CD? Qual seria o estilo de música que você escolheria? Ainda não, mas tenho esse sonho. Adoro um pop rock romântico [risos].

Você se considera humorista? Acredita que existem vários tipos de humor? Qual é o seu? Eu adoro fazer as pessoas rirem [risos], sou assim desde pequena. Adoro imitar, fazer palhaçada, sou assim no dia a dia. Acho que isso acabou me levando a optar por ser humorista.

Se você vivesse em outra época, em décadas passadas, qual atriz você gostaria de ser? Fernanda Montenegro. “New York New York” é um clássico. Teve um estudo, uma preparação especial para esse espetáculo? Foi uma delícia fazer “New York New York”, foi

“Para ser sucesso tem que ser feito com dignidade, humildade e amor. E eu amo o que eu faço!”

Nascida para brilhar Fotogênica desde o berço, bailarina desde tenra idade e extremamente dedicada, Simone tornou-se um curinga em sua profissão. Não bastasse as habilidades de interpretação e dança, ela ainda tem encantado os críticos com sua afinação.

18

LAICA | Fevereiro 2012

Laica  

Revista Laica

Advertisement