Page 16

FOTOS DIVULGAÇÃO

Conversa com

LAICA - Você é atriz, cantora e bailarina, essencial para os musicais. Como e quando você decidiu se dedicar ao estilo? Simone Gutierrez - Eu comecei a me dedicar aos musicais de 2000 para 2001, quando fiz a minha primeira participação como ensemble na grande produção da Broadway “Les Misérables”. Desde então, nunca mais parei de me dedicar aos estudos de canto e de dança.

1

2

3

4 1 Simone (ao centro) como Tracy Turnblad, em HairSpray. 2 Com o ator e diretor Eduardo Berton, na pele da locutora Rita Londres de “AíPod”. 3 Em “New York, New York”, roubou a cena com a personagem Senhorita Perkins. 4 Em “Priscila, A Rainha do Deserto”, interpretará uma das divas e passará boa parte do espetáculo pendurada no ar por cabos.

16

LAICA | Fevereiro 2012

Para compor a personagem Tracy Turnblad em “Hairspray” você treinava na esteira cantando, para obter mais fôlego. Os musicais geralmente exigem mais do ator ou essa foi uma condição especial da peça? Eu acho relativo. Depende muito do que o espetáculo exige de você. Em “Hairspray” eu era a protagonista, dançava, cantava e atuava por duas horas e meia e tinha que ter muito fôlego e preparação física pra aguentar os cinco espetáculos semanais. Este ano, por exemplo, meu desafio vai ser não ter medo de altura [risos]. Vou fazer o espetáculo “Priscilla, A Rainha do Deserto” e a minha personagem é uma das três divas que ficam cantando o tempo todo penduradas em cabos voando pelo palco. Demais! Em algumas outras entrevistas você fala sobre o antigo sonho de ser bailarina e o fato de o seu tipo físico não favorecer muito. Quando foi que você resolveu passar por cima desse “entrave” e usar seu biótipo a seu favor? A vida é curta demais pra gente se preocupar com coisas passageiras. Eu sou perfeita, tenho saúde, força de vontade e descobri que me amava do jeito que eu era. Gordinha ou magra decidi que ser feliz comigo mesmo é o que fazia tudo dar certo. E deu! Você começou sua carreira no Teatro. Houve alguma resistência sua para ingressar na televisão, em “Malhação” e no “Zorra Total”?

Laica  

Revista Laica

Advertisement