Page 1

1


O PERÍODO INTEGRAL É ASSIM... ESTUDO DIRIGIDO 1, ESTUDO DIRIG IDO 2 ESPANHOL TEATRAL

CLUBE DE COSTURA e LITERATURA GRAFFITI ROBÓTICA JOGOS DIGITAIS CINEMA ESCOLA DE CHEFES* - *CUL INÁRIA e PERMACULTURA PERNA DE PAU CAPOEIRA ARTESANATO com PROJETO SOCIAL Bré Art – Brechó Social de Moda Sustentável PLANO DE TRABALHO S EMANAL

EDUCAÇÃO ALIMEN TAR ESPAÇO FÍSICO COMUNICAÇÃO LISTA DE MATERIAL IN DIVIDIUAL UNIFORME E MATERIAL PARA AS OFICINAS OPÇÕES DE CONTRATO OPÇÕES DE HORÁRIO VALORES VENHA EXPERIMENTAR MATRÍCULA CONTATO 2

3 4 5 5 6 6 7 7 8 8 9 9 10 11/12 13

14 15 15 16 16 17 18 18 19 19 20


Um programa educativo do CEAT que atua de forma transversal junto aos segmentos da escolaridade e se dedica à construção da autonomia dos estudantes. Um ambiente acolhedor e adequado à contemporaneidade, constituído por uma equipe multidisciplinar e, um leque diversificado de horários e de atividades com linguagens nas áreas culturais, corporais, artísticas e tecnológicas, as quais estão em conformidade com os quatro pilares da educação da UNESCO para o século XXI. Este programa considera a potencialidade de cada faixa etária, visando à ampliação de experiências cognitivas, criativas e lúdicas e o aperfeiçoamento das habilidades que os estudantes já possuem. Um espaço onde todos estão convidados a ensinar e a aprender, a sonhar e a realizar, onde os estudantes se desenvolvem pensando, refletindo, brincando, criando. Além disso, é planejado para proporcionar momentos em que os alunos jogam bola, trocam figurinhas, desenham e brincam. Há também o almoço e o lanche. Tudo isso acontece sob os cuidados de uma professora de turma, duas professoras auxiliares e uma atendente, além dos professores especialistas das oficinas. Um programa ideal para semear inspirações nos estudantes, incentivando-os a desfrutar da escola como um espaço de descobertas, aprendizagem e alegria.

3


Prof.ª Mariana Bertoche Prof.ªs Auxiliar Angela Nepomuceno/ Juliana Rocha Foi

especialmente

planejado

para que os

estudantes

desenvolvam o hábito do estudo e da pesquisa. É um momento estruturado para que eles façam as lições de casa, refletindo incentivar a capacidade de organização, o estabelecimento de rotinas para a construção da autonomia. Procuramos orientar e colaborar com o desenvolvimento dos nossos jovens para o enriquecimento pessoal e a integração do grupo.

Prof.ª Mariana Bertoche Prof.ª Auxiliar Angela Nepomuceno Um segundo tempo voltado para os estudantes que estejam necessitando de um maior auxílio nas lições de casa e nos estudos para testes e provas. Fica a critério das famílias optarem pela atividade desportiva oferecida nestes dias ou por este atendimento. Entretanto, ressaltamos que este momento não se configura como uma aula particular. Caso necessário, este tipo de atendimento será indicado às famílias pela coordenação do segmento escolar.

4


Prof. Ignácio Aldunate Nesta oficina, os estudantes se beneficiam das técnicas do teatro para aprender a língua espanhola de uma forma lúdica. Através de dinâmicas teatrais, jogos cênicos e dramatizações, aproximamos a língua, a expressão e a cultura espanhola do cotidiano deles, favorecendo, assim, a autoconfiança, o trabalho em equipe e o desenvolvimento criativo. Com essa metodologia, eles fixam as novas estruturas linguísticas e comunicativas naturalmente.

Prof.ª Marcela Carvalho Tem como objetivo ampliar o universo literário dos estudantes e estimular a formação do leitor. Nos encontros vamos ler, ouvir, cantar e contar histórias orais, fazendo uma imersão no universo encantado através do trabalho manual lento e prazeroso com linhas, agulhas e panos nas mãos. Vamos também bordar as ilustrações à mão, aprender a costurar diferentes pontos na máquina de costura e assim, permitir que as linhas gravem nos tecidos as nossas próprias histórias. Em parceria com a Oficina de Graffiti e Ilustração desenvolvemos um trabalho colaborativo para ampliar o movimento de criação do Bré Art – Brechó Social de Moda Sustentável.

5


Prof. Téo Senna Tem como objetivo ensinar conhecimentos e técnicas de pintura, composição, cor, forma, traço e pintura com spray no muro e também em outros suportes. As aulas se dividem no formato de palestras, prática em sala de aula e prática externa da escola.

Prof. Marcelo Ferreira É a ciência que estuda a construção de robôs, proporcionando um aprendizado prático que desenvolve nos jovens a capacidade de estudar, pensar e encontrar soluções que viabilizem expressar suas ideias corretamente. Tem como objetivo instigar o estudante a buscar novos conhecimentos e tecnologias e a querer aprender mais por meio das múltiplas áreas, como a Matemática, Física, História, etc. Além de socializar o estudante, o aprendizado construído de forma lúdica torna a atividade prazerosa e interessante, incentiva o trabalho em grupo, a cooperação e promove o diálogo e o respeito a diferentes opiniões. A oficina utiliza sucatas e diversos componentes eletrônicos para construir protótipos e maquetes.

6


Prof. Marcelo Ferreira Tem como objetivo ensinar a construir um jogo eletrônico. Para isso, os estudantes acessam conhecimentos de programação em computador e aprendem a fazer funcionar comandos conforme sua necessidade. Desta forma, desenvolvem conhecimento de programação, aprimoram um olhar crítico para a escolha de músicas e efeitos sonoros, de imagem e animação e do elemento principal em qualquer game: o conteúdo, a linha mãe que conecta todos esses elementos.

CINEMA Prof.ª Gisele Félix Tem como objetivo proporcionar aos alunos os conhecimentos básicos para a criação, realização e leitura crítica de audiovisuais por meio da observação e análise de filmes e vídeos, incluindo animações de exercícios lúdicos e da produção de seus próprios audiovisuais. Desta forma, os alunos entram em contato com a história da evolução da linguagem cinematográfica e com as técnicas necessárias à realização de um audiovisual.

7


Da h or ta à m e sa e à c om po s ta gem !

Prof. ª Suzete Marcolan - Nutricionista A Culinária associada à Permacultura tem como proposta despertar nossos jovens estudantes para o cuidado com o alimento que chega à mesa. Ao lidar com a terra e com a alimentos, para o preparo, na experimentação de antigas receitas e na criação de novas; além disso, os estudantes desenvolvem a atenção para o desperdício e para o consumo de alimentos saudáveis. O compartilhar dos alimentos que prepararam, o provar e o aprovar são momentos de prazer e

Prof. Marcio Lazaroni A Permacultura tem como objetivo criar uma “cultura permanente”. Partindo de uma metodologia lúdica analisaremos e aproveitaremos as características socioambientais ao nosso redor para estimular a consciência ecológica nos estudantes, e assim experimentar o prazer de se sentir parte ativa para a transformação de um mundo melhor. Associados à Culinária, vamos investigar de uma maneira consciente e crítica a origem dos alimentos e pesquisar possibilidades do aproveitamento máximo dos materiais utilizados na oficina. A autonomia ecológica passa por construir formas para nos aproximar da fonte da nossa alimentação.

8


Prof. Paulo Mazzoni e Prof.ª Juliana Medella Tem como objetivo proporcionar o desenvolvimento de várias habilidades corporais, em especial o equilíbrio. A oficina, além do aprendizado dessa técnica circense, oferece uma vivência segurança, seu ritmo de aprendizado, observando limites individuais, desenvolvendo o potencial físico de forma lúdica e estimulando a confiança em si mesmo e no próximo. Esta atividade trabalha noções de ritmo e proporciona a deliciosa sensação de reaprender a andar por uma nova perspectiva.

Mestre Garrincha e Equipe É uma manifestação cultural Afro-brasileira que apresenta uma multiplicidade de facetas inerentes não só às atividades esportivas, mas também às disciplinas escolares. O indivíduo conversa através do corpo, usando-o como veículo de transmissão de valores, leis, normas e condutas da sociedade na qual está inserido. Tem como objetivos: auxiliar o desenvolvimento da consciência corporal; proporcionar noções de ritmo; estimular as competências psicológicas e sociais como a autodisciplina, a autoestima, o respeito e a integração com os colegas. Além de ser um momento de conhecimento e brincadeira dirigida.

9


Prof.ª Mariana Bertoche /Prof.ª Angela Nepomuceno Tem como objetivos introduzir um novo paradigma de tendência ecológica, imprimindo no quotidiano dos alunos a criação, a produção e a consciência sobre a sustentabilidade; estimula a criatividade para a confecção de objetos com a utilização da sucata, transformando aquilo que nos incomoda em algo útil e belo; possibilita ao jovem ser agente preservador do meio ambiente e trabalhar a educação financeira. Em união com a oficina de Projeto Social, capacita nossos jovens como multiplicadores de ações que visam à valorização e o cuidado com o outro, assim como o fortalecimento do respeito nas relações dos diferentes grupos sociais e o comprometimento para

a

busca

de

soluções

para

os

problemas

da

contemporaneidade. Colabora, ainda, para a ampliação do Bré Art, - Brechó Social de Moda Sustentável criado pelos alunos do Integral, o qual fortalece o convívio dos jovens do CEAT com outras realidades.

10


Um dia surgiu um sonho. Um sonho de promover solidariedade com criatividade. Um sonho de envolver as crianças e jovens nessa atitude empreendedora. Um sonho de fazer o bem estando bem. O

Bré Art

- BRECHÓ SOCIAL de MODA SUSTENTÁVEL é um

projeto integrador do Período Integral, que está em sintonia com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) na medida em que promove a compreensão da cidadania como participação social; o exercício de direitos e deveres políticos, civis e sociais; e atitudes de solidariedade, cooperação, respeito ao outro e a si próprio. Seu alcance perpassa por todas as atividades, possibilitando um excelente diálogo entre as oficinas e promovendo uma boa integração entre as diversas faixas etárias, assim como o comprometimento da comunidade ceatiana. Tem como objetivo principal desenvolver nos estudantes a militância social. Além disso, possibilita trabalhar a educação financeira, a formação do leitor e o aprendizado de diversas técnicas de customização. Por meio de campanhas, recebemos doações de roupas e apoio das famílias. As peças recebidas são selecionadas pelos alunos, 11


lavadas e quando necessário são reparadas e customizadas para que possam ganhar nova vida. Estas peças são lançadas em perfeito estado nas coleções do Bré Art, o qual garante a venda a preços populares, gerando os recursos que são repassados através da compra de cestas básicas para uma *instituição social escolhida pelos alunos. Devido ao planejamento, a produção e a venda dos produtos, eles estudam matemática, literatura e outras disciplinas da vida prática. Assim, buscamos melhorar a qualidade de aprendizagem dos jovens, bem como promover qualidade de vida na comunidade na qual a escola está inserida. Portanto, com simplicidade, dinamismo e criatividade este projeto social possibilita melhorar a aprendizagem, aproxima o mundo da escola ao cotidiano dos estudantes e colabora para o desenvolvimento de práticas protagonistas que podem se multiplicar dentro e fora do ambiente escolar!

12


13


Suzete Marcolan - Nutricionista Considerando que a refeição é também um momento pedagógico, os jovens são acompanhados pela professora, auxiliar e atendente que são capacitadas para proporcionar aos estudantes experiências voltadas à cultura alimentar, à saúde e ao comportamento à mesa. Os cardápios são elaborados pela nossa nutricionista, Suzete Marcolan, para atender às necessidades de cada faixa etária, adequando as práticas alimentares das famílias com as recomendações nutricionais. A alimentação é saborosa, nutritiva, equilibrada e variada, possibilitando que nossos alunos fortaleçam o aprendizado de hábitos alimentares saudáveis. Em situações especiais como as intolerâncias e as alergias alimentares são feitas adaptações necessárias ao cardápio. Mensalmente o cardápio é enviado por e-mail e fica à disposição dos responsáveis no site da Escola. As refeições são preparadas pelo Buffet Cantina RGL e servidas em nosso refeitório. É importante observar que a cantina de nossa escola segue as orientações da Portaria Interministerial n° 1010 (MS e MEC) que incentiva a promoção da alimentação saudável na escola. Para os estudantes que trazem de casa seus lanches, solicitamos que sejam enviados de preferência frutas, queijos magros, pães e bolos simples, os quais podem ser guardados no frigobar da sala. Evitem alimentos gordurosos e industrializados com excesso de sal e açúcar. Refrigerantes, balas, chicletes e outras guloseimas não são aceitos na escola.

14


A sala multimeios foi preparada cuidadosamente para atender, adequadamente, à demanda do estudante de forma que ele possa se sentir acolhido e instigado para realizar as lições de casa; estudar; pesquisar; criar filmes; brincar; jogar e descansar, enfim, conviver com os colegas. O espaço é amplo, claro e arejado. Está equipado com: TV de LCD, DVD, Computadores, Notebook, Tablet’s, Frigobar, materiais e jogos pedagógicos para serem utilizados nas oficinas e atividades.

Utilizamos a mesma agenda da escolaridade, e-mails e o Inbox do Facebook a fim de otimizar o convívio e a interação com as famílias. Na página do Período Integral, no site do CEAT colocamos: Edital de Matrícula; Horário das Turmas e das Oficinas; Valores das Refeições/Buffet RGL; Cardápios; Circulares; Filmes e Revistas Digitais com as atividades realizadas nas Oficinas; Divulgação dos Encontros e muito mais... No Mural da página do Facebook postamos algumas dessas divulgações.

15


Os alunos deverão trazer escovas de dente com tampa e pasta de dente. Este material ficará guardado na sala. Repelente (opcional)

No dia a dia não é obrigatório o uso de uniforme. Solicitamos que o aluno use roupas práticas, leves e confortáveis. • Para a Capoeira - o aluno poderá adquirir o uniforme específico com o Mestre Garrincha. • O aluno das Oficinas de Graffiti e de Perna de Pau deverão adquirir o material que será solicitado pelos professores no prazo determinado. • Os alunos de Jogos Digitais deverão trazer um pendrive e um fone de ouvido (pode inclusive ser do modelo que vem nos celulares, desde que seja compatível com a entrada do computador e/ou notebook).

16


• Integral e Semi-integral - contrato mensal exclusivamente para alunos matriculados no CEAT, do 5º ao 8º ano do Ensino Fundamental II. Neste contrato, nosso aluno poderá frequentar 1, 2, 3, 4 ou 5 dias por semana e optar pelos dias e horários que melhor lhe convier; • Oficinas Avulsas do Integral - contrato por atividades, para faixa etária de 5º ao 8º ano do Ensino Fundamental II, tanto para alunos do CEAT quanto para os jovens que não são matriculados em nossa escola. Neste contrato, a família irá optar pelas atividades separadamente. Observe no plano de trabalho os horários para cada atividade; • Diária — quando a família necessitar, o aluno matriculado na escolaridade do CEAT poderá passar à tarde conosco. A diária tem como objetivo principal atender exclusivamente a uma necessidade emergencial das famílias; • OFICINAS INTEGRADAS - contrato realizado diretamente com o Professor das Oficinas. Acontecem fora do horário escolar - tanto para alunos do CEAT quanto para jovens que não são matriculadas em nossa escola. Os horários, faixa etária e vagas podem ser obtidos com o professor ou através do site.

17


Oferecemos três opções de horário e as famílias poderão mesclar as opções de acordo com suas necessidades: Entrada 12h30 12h30 12h30

Saída 18h 16h15 14h

A frequência anual no Período Integral abrange o pagamento de 11 parcelas mensais (de fevereiro a dezembro), de acordo com a tabela abaixo. O vencimento das mensalidades é no dia 3 de cada mês. Não cobramos taxa de matrícula nem taxa de material escolar. SEMI SEMI INTEGRAL 12h30 às 18h

OPÇÕES 5 dias 4 dias 3 dias 2 dias 1 dia Oficinas Avulsas Diária

INTEGRAL

4 atividades 12h30 às 16h30 2 atividades Almoço Almoço e lanche e lanche R$1.715,00 R$1.660,00 R$1.425,00 R$1.115,00 R$680,00 R$210,00 R$180,00

R$1.715,00 R$1.660,00 R$1.425,00 R$1.115,00 R$680,00 R$210,00 R$180,00

INTEGRAL 12h30 às 14h

1 atividade Almoço R$1.715,00 R$1.660,00 R$1.425,00 R$1.115,00 R$680,00 R$210,00 R$180,00

Obs.: Apenas o preço do almoço não está incluído na mensalidade.

18


Consideramos que, para fazer uma boa escolha, vale vivenciar e conhecer as atividades oferecidas. Desta forma, tanto nós podemos conviver um pouco com o aluno, quanto possibilitamos a ele a oportunidade de conhecer um pouco do nosso dia a dia, dos espaços físicos e da proposta em si. Então, para fazer parte do Período Integral, o aluno poderá participar de alguns momentos de convivência, realizando uma aula experimental. Os dias e horários deverão ser agendados com a Coordenação. Durante ou após a convivência, realizaremos uma entrevista com os familiares responsáveis. Nessa entrevista, conversaremos sobre as necessidades e as expectativas dos pais em relação ao Período Integral, das nossas possibilidades e sobre a participação do aluno na convivência.

Depois da convivência, os responsáveis poderão optar pelo que melhor atende às necessidades familiares, considerando as aptidões e a idade dos filhos, a disponibilidade de horário e o número de vagas oferecidas. A partir daí, terão o prazo de uma semana para assinarem o contrato na Secretaria da escola. Após essa data, não poderemos mais garantir a vaga.

19


CENTRO EDUCACIONAL ANÍSIO TEIXEIRA

PERÍODO INTEGRAL – 2018

Yvana Tomsic » Coordenação do Período Integral / Oficinas Integradas Bianca Santini » Auxiliar de |Coordenação Oficinas Integradas Emília Maria Fernandes » Direção

telefones: (21) 2557.5785 / 2556.2999 celular: (21) 98896.7180 (Yvana) e-mail: periodointegralceat@gmail.com site: www.ceat.org.br facebook.com/periodointegral.ceat

20

Manual de Matrícula do Período Integral » 2018  

Turno da Tarde Turma Tico Tico - do 5º ao 8º ano do Ens. Fundamental II

Advertisement