22_11_10

Page 1

edição PRIMEIRA

Pinto de Luna quer ser vereador Em entrevista à Luciana Martins, o delegado federal aposentado José Pinto de Luna antecipa que disputará a eleição de vereador por Maceió, em 2012, e diz ser contra o fim da aliança do PT com o prefeito Cícero Almeida. > A-6

Mega-Sena vai a R4 8 milhões Não saiu para ninguém a Mega-Sena deste sábado (20), que sorteou as dezenas 22-29-32-49-54-59. O prêmio para 4ª feira (24) deverá ser de R$ 8 milhões. A Quina teve 33 acertadores e cada um vai receber R$ 43.459,53.

Ano 7 | Edição 390 | Maceió, Alagoas, 22 a 28 de novembro, 2010 | R$2,00

TÉO VENCE BATALHA DO ESTALEIRO E cala quem dizia que o projeto era 'discurso eleitoreiro' Quem apostava que o estaleiro Eisa não passava de 'discurso eleitoreiro' saiu derrotado. Reeleito, o governador Teotonio Vilela

mostrou que a indústria naval de R$ 1,3 bilhão é um projeto sério. E brigou por ele: foi a Brasília, e obteve finalmente o aval do Ibama; Miguel Góes

foi ao Rio de Janeiro, e conseguiu o apoio do presidente Lula. Na sexta-feira (19) desembarcou em Maceió com a notícia que todos

ansiavam ouvir: "O estaleiro já é um fato concreto". Mais: do presidente da Petrobras ouviu que o Eisa está incluído na licitação

para produção de sondas marinhas no valor de R$ 30 bilhões. Batalha árdua, difícil, mas afinal vitoriosa. Téo Vilela derrotou os que, na

sombra, tentavam impedir a vinda do grande complexo naval que ocupará 50 hectares no litoral de Coruripe. > A-7

Divulgação

DUODÉCIMO DA CÂMARA É DE R$ 46 MILHÕES, AFIRMA TRIBUNAL

Dois momentos: o anúncio do estaleiro, em outubro de 2009, e o encontro de Téo Vilela com Lula, na semana passada no Rio: o Eisa está garantido

Apesar de um parecer do Tribunal de Contas do Estado, reconhecendo que o duodécimo da Câmara de Maceió, para 2010, é de R$ 46 milhões, a Casa só foi aquinhoada com R$ 36 milhões, daí a necessidade de suplementação. Para 2011, alegando a

Emenda 25, a Prefeitura só quer repassar R$ 35 milhões, mas o secretário de Planejamento, Márzio Delmoni, garantiu que haverá ajustes. "A Câmara receberá exatamente o que tem direito", afirmou Delmoni ao PRIMEIRA EDIÇÃO. > A-5

Maceió tem táxis demais - legais e clandestinos Primeira Edição

Fernando Toledo já conta com apoio de 15 deputados

> A-3

Hemoal inicia coleta de sangue nesta segunda-feira

> A-5

Téo deve chamar Givaldo Carimbão para governo

> A-3

'Blocão' tenta frear o PT e provoca indignação de Lula

> A-8

Alta temporada aumenta fluxo turístico no Estado

Repórter do PRIMEIRA EDIÇÃO flagrou táxi-lotação saindo de uma garagem localizada numa rua central de Maceió Divulgação

Consciência Negra tem celebração

> A-4

Flu goleia SP e assume liderança do Brasileiro O Fluminense reassumiu a liderança do Brasileiro, ao golear o São Paulo por 4x1, neste domingo, na Arena Barueri. O tricolor atingiu os 65 pontos, um a mais que o Corinthians que apenas empatou com o Vitória, em 1x1, no Barradão. O argentino Conca foi a sensação do jogo. > ESPORTES

ASA derrotado em casa Não foi o que a torcida alvinegra esperava: lutando dramaticamente contra o rebaixamento, o América de Natal se impôs e acabou derrotando o ASA por 2x1 no Municipal de Arapiraca. Foi uma despedida triste, mas o time alagoano já está garantido na Série B do próximo ano. > ESPORTES

Maceió tem táxis demais: 3.000 mil, para atender menos de 1 milhão de pessoas, o que dá 333 passageiros para cada taxista. Além disso, o sindicato dos taxistas admite que há cerca de 160 táxis clandestinos na praça. Resultado: nunca se viu tanta placa vermelha em veículos circulando nas ruas da capital. A renda média diária de um taxista é de R$ 118,00. O presidente do sindicato, Ubiraci Correia, defende o táxi-lotação, mas condena o moto-taxista e pede que esse tipo de serviço seja denunciado pelos usuários. > A-4

Conca fez um golaço e marcou presença na goleada do Fluminente ante o São Paulo por 4x1 neste domingo

O Dia da Consciência Negra (20 de novembro) foi celebrado neste sábado com inúmeras manifestações culturais e artísticas em Alagoas, especialmente na Serra da Barriga, palco das lutas de Zumbi dos Palmares. O evento teve o apoio do governo estadual, Fundação Palmares e Prefeitura Municipal de União dos Palmares.

Fale conosco | Redação: (82) 3033.3502 | Comercial: (82) 3033.2189 | Atendimento ao assinante: (82) 3033.5213 | Internet: http://www.primeiraedicao.com.br


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

A2 | Política

> DEBATE

PT não tem razão para romper com Cícero Judson Cabral diz que não se pode brincar de governar; Lenilda quer ouvir divergentes; Pinto de Luna é contra rompimento Luciana Martins Repórter

Por conta do processo eleitoral recente, o PT vive o dilema de manter ou romper sua aliança com o prefeito Cícero Almeida, em cujo governo exerce papel de destaque comandando a Secretaria Municipal de Educação. A discussão emergiu depois

que o PDT, presidido pelo exgovernador Ronaldo Lessa, e sob suas ordens, anunciou rompimento político com o prefeito ameaçando expulsar os pedetistas que se mantivessem em cargos na Prefeitura. Diante do impasse, o PRIMEIRA EDIÇÃO decidiu apurar o que se passa nas hostes petistas e constatou que, de fato,

há integrantes a favor e contrários à aliança, mas um ponto parece ser consensual: todos acham que deixar a administração, sem mais nem menos, constitui um insulto à população e coloca o PT na condição de aliado subserviente do PDT. O petista Judson Cabral, deputado estadual reeleito, admite que já foi contra a proposta do

PT integrar a gestão de Cícero Almeida. "Me coloquei contra, mas fui vencido pela maioria. Costumo respeitar as decisões do partido e, agora, estamos em outro momento, não podemos estar brincando de entrar em sair em pastas que tratam de políticas públicas como educação, saúde e outras áreas importantíssimas".

Segundo Cabral, o debate dentro do partido é enriquecedor e é preciso se levantar os questionamentos até esgotar esse debate. "A executiva tem que provocar a discussão. Agora, reafirmo que não podemos estar tratando a educação como uma mercadoria, que a gente pega, joga pra lá, joga pra cá. Nós temos que tratar seriamen-

te, inclusive buscando diálogo com o prefeito". Para ele, é importante avaliar essa parceria, ver os compromissos, independente de qual seja a 'onda política'. Ele diz que não se pode levar em consideração a decisão do PDT. "O PDT é um partido e tem a sua autonomia, o PT é outro partido e tem a sua autonomia".

Primeira Edição

Primeira Edição

> COBERTURA

PRIMEIRA EDIÇÃO previu, com precisão, a eleição dos federais arapiracanews.com

Divulgação

Arquivo

Da Editoria de política

Em matéria publicada na edição de 20 de setembro, sob o título "Eleição para deputado federal será uma batalha de gigantes", a Editoria de Política do PRIMEIRA EDIÇÃO acertou na mosca a previsão de vitória dos seis candidatos novos com mais chances de chegar à Câmara dos Deputados: Renan Filho, Célia Rocha, Rui Palmeira, João Lyra, Rosinha da Adefal e Artur Lira. A matéria dizia na abertura: "Não existe eleição fácil, mas a Celia Rocha, Renan Filho e João Lyra estavam na lista dos aspirantes com mais chances de conquistar o mandato de deputado federal, este ano, ALE Divulgação Arquivo aqui em Alagoas, será uma autêntica batalha do voto. Uma maratona que está exigindo não apenas preparo físico para viagens, caminhadas e andanças pelo estado afora, mas também prestígio, cacife político e dinheiro, muito dinheiro". O texto saiu ilustrado exatamente com as fotos dos seis aspirantes que o PRIMEIRA EDIÇÃO julgava com mais chances de eleição, e colocava no páreo dois nomes que, naquele momento da campanha, eram vistos com alguma possibilidade: Pinto de Luna e Paulo Fernan- Rosinha da Adefal, Artur Lira e Rui Palmeira, também aspirantes, se elegeram com votações consagradoras do dos Santos, o Paulão, ambos mostravam estacionários. observadores, o PE previu o dedo PT. PRESIDENTE Ao contrário de outros jor- clínio de Heloísa Helena na Pelo conjunto da cobertura nais, o PE em nenhum momen- campanha por motivos segura- (notícias, editoriais, colunas, GOVERNADOR O PRIMEIRA EDIÇÃO rea- to, na reta final do primeiro e mente enumerados: ausência pesquisas) o PRIMEIRA EDIlizou uma cobertura eleitoral segundo turno, publicou maté- de alianças (o PSOL se isolou ÇÃO posicionou-se favorável à equilibrada, mas desde o início ria apresentando 'empate técni- no processo) e falta de tempo eleição de José Serra para presimostrou o que parecia uma co'. Computados os votos, o re- no horário da propaganda gra- dente, por considerá-lo o mais obviedade: a tendência de cres- sultado oficial confirmava o fa- tuita no rádio e na televisão. preparado para exercer o coA previsão se confirmou mando do governo, mas em necimento de Teotonio Vilela. To- voritismo de Vilela: vitória com das as pesquisas de intenção de 140 mil votos, no primeiro tur- com Renan Calheiros assumin- nhum instante deixou de admivoto, inclusive as de institutos no, e com mais de 74 mil votos, do a liderança das pesquisas e tir que Dilma Rousseff, apoiada com Benedito de Lira conquis- pelo presidente Lula e pelos 12 contratados pelos adversários, no segundo turno. tando o segundo lugar, depois milhões de beneficiários do confirmavam um ritmo seguro de travar um confronto direto e programa Bolsa Família, era a SENADO de crescimento do candidato Contrariando as pesquisas pessoal com Heloísa. No final, grande favorita da batalha pretucano, enquanto seus principais concorrentes - Fernando iniciais e a opinião quase unâ- Benedito acabou como o mais sidencial. Acabou sendo, de toCollor e Ronaldo Lessa - se nime dos analistas políticos e votado. das, a previsão mais fácil.

Judson: “Assunto exige seriedade”

Pinto: “População é quem sofre”

PP dá sustentação a Lula Sobre as alianças, Judson lembrou que o partido do prefeito (PP) faz parte da base do governo Lula no Congresso Nacional. "É preciso tratar isso com muita seriedade e aprofundar essa discussão. Eu não faço juízo de valor, mas me preocupo muito porque estamos tratando da área de educação. Não podemos ficar na mesquinharia de questões partidárias". - Um setor do partido está entrando com uma representação para que seja discutido o rompimento com a administração municipal. Cabe à executiva analisar o documento e convocar um debate amplo, ir ao diretório municipal, uma estância ampliada, propôs Judson". Ele diz que Beltrão (Thomaz Beltrão, secretário Municipal de Educação) tem conduzido com muita seriedade uma pasta

importante da administração municipal, que é a educação. "Ele tem mostrado uma grande dedicação e tem conduzido com seriedade e sucesso a pasta da educação municipal. Inclusive regularizando processos, buscando diálogo e estabelecendo uma gestão democrática, que é hoje indispensável". Já a presidente do diretório municipal, Lenilda Lima, acha que a questão é complexa e que a tese de rompimento com o prefeito deve levar em consideração as insatisfações e opiniões dos militantes do partido. - Essa discussão está sendo feita com cautela, sem atropelar os espaços de ninguém. Temos o processo nacional para respeitar, estamos saindo de um pleito, e temos que resolver essas questões locais com maturidade - afirmou.

Pinto defende população Na visão de um neopetista famoso, o delegado federal aposentado José Pinto de Luna, o PT não deve se desligar do governo municipal, também em consideração à sociedade. Na entrevista à repórter Luciana Martins (A-6), ele faz o seguinte comentário sobre o assunto: - Na sua opinião, há motivo para o PT se desligar do prefeito Cícero Almeida? - Não. Eu sou um técnico, também, e vejo o que é bom para a sociedade. Desvincular por quê? Só por causa de apoio

político? E não se pensa na população? Acredito - e isso é opinião minha, não entro nos conflitos políticos partidários acredito que, se uma administração está dando certo para a população, não tem que se tirar isso do povo. Quer dizer vamos privar uma boa gestão só porque os partidos romperam? Penso que, se o PT está fazendo uma boa gestão para a população compondo o governo do prefeito Cícero Almeida, tem de ficar porque quem vai sofrer com isso é a população.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

Política | A3

> SECRETARIADO Romero Vieira Belo

Enfoque Político Rompimento descabido O PT cometeria erro crasso se, como mero caudatário do PDT, rompesse com o governo municipal de Cícero Almeida. O próprio Ronaldo Lessa foi insensato ao se desligar do prefeito, ainda mais ameaçando expulsar oscorreligionários que não o seguissem. Não foi Lessa quem fez o acordo político com Almeida para ocupar espaço na administração municipal? Acordo feito, aliás, sem nenhuma exigência de apoio político em caso de candidatura ao governo? Ao romper, num gesto de irresignação, Lessa não fez mais do que transformar o prefeito num adversário político. A ruptura do PT seria mais absurda ainda. Afinal, o próprio presidente Lula não foi um obstinado ao pedir voto para Benedito de Lira? E quem era Benedito senão um dos principais aliados do projeto para reeleger Teotonio Vilela? Ou Lula não sabia que Lira integrava o bloco partidário liderado pelo PSDB? O que deve importar aos petistas, neste momento, é o excelente trabalho que Thomaz Beltrão está realizando na Secretaria Municipal de Educação. Hoje, a Semed é um órgão com as finanças saneadas, funcionando de forma prática e objetiva. O PT deve também considerar que o prefeito de Maceió integra um partido (PP) que compõe a base de sustentação do governo Lula no Congresso Nacional, o que torna a aliança com Almeida plenamente justificável. Isso sem levar em conta que o rompimento só diminuiria a legenda, tirando-lhe um espaço político vital e indispensável ao seu projeto voltado para as próximas eleições municipais. Perder uma eleição é normal. Perder o rumo é sandice. PRESENÇA

OUTRA ERA

Eliane Aquino, eficiente secretária interina de Comunicação, foi quem representou o governador Téo Vilela na cerimônia de entrega do Prêmio Banco do Brasil/ Braskem de Jornalismo, versão 2010.

A bancada federal vai ter que trabalhar muito para conseguir apoio de Dilma aos projetos de Alagoas. O próprio Lula parece já ter sentido isso, tanto que pretende fazer recomendações a sua sucessora.

DUODÉCIMO NÃO COBRE DESPESAS DA CÂMARA O termo 'rombo', usado na manchete da edição anterior sobre a Câmara Municipal, não significa 'desvio de recursos', mas déficit orçamentário. O problema é antigo. A Câmara de Maceió opera com um duodécimo que não cobre suas despesas, daí a necessidade de suplementação, todo ano, para o fechamento de suas contas. 'ME CONVIDA, DILMA'

LULA POR LESSA

Comandante nacional do PDT, Carlos Lupi considera cumprida sua missão no Ministério do Trabalho, mas está pronto para dizer 'sim' se Dilma convidá-lo. Se deixar o governo, Lupi não terá como manter Ronaldo Lessa como um de seus principais assessores.

Não há motivo para desespero. Lula deixa o cargo no final de dezembro, mas terá prestígio de sobra para abrir espaço a fim de acomodar Lessa. Afinal, foi o presidente quem convenceu o ex-governador a trocar o Senado pela disputa ao governo alagoano.

RUI PALMEIRA PODE DISPUTAR PREFEITURA DE MACEIÓ EM 2012 O ex-governador (e ministro aposentado do Tribunal de Contas da União) Guilherme Palmeira anda empolgado com o desempenho eleitoral do filho Rui Palmeira, um dos mais votados para deputado federal em outubro último. Discretamente, GP acha que Rui, depois de sua passagem marcante pela Assembleia, já tem cacife e luz própria para concorrer à Prefeitura de Maceió em 2012. TOLEDO É FAVORITO 1

TOLEDO É FAVORITO 2

Se a eleição fosse hoje, Fernando Toledo ganharia a presidência da Assembleia Legislativa com, no mínimo, 15 dos 27 votos. Como será em fevereiro, o número de aliados deve chegar a 17 ou 18.

Teotonio Vilela tem interesse na formação da futura Mesa da ALE. O apoio do governador será decisivo para eleger o novo presidente. E o candidato de sua preferência é Fernando Toledo.

Téo deve convocar Carimbão para ajudar Alexandre Toledo Deputado federal seria nome do grupo para disputar sucessão de Cícero Almeida Fotos: Arquivo

Da Editoria de Política

Reeleito para cumprir seu terceiro mandato consecutivo, o deputado federal Givaldo Carimbão (PSB) deverá ser convocado pelo governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) para assumir uma secretaria no governo que será empossado a 1º de janeiro de 2011. A convocação faz parte de uma estratégia visando à sucessão municipal de 2012, em cujo cenário Carimbão poderá assumir a condição de candidato apoiado por um novo grupo político liderado pelos três políticos de maior destaque nas eleições deste ano: Teotonio Vilela, reeleito governador, Benedito de Lira, eleito senador mais votado, e Cícero Almeida, o prefeito maceioense cujo apoio foi disputado por lideranças da situação e da oposição. O convite a Carimbão atende também a uma outra conveniência: Teotonio Vilela precisa recompensar o empenho de Alexandre Toledo, que renunciou à Prefeitura de Penedo, antes de completar a metade do mandato, unicamente para atuar como um coringa da estratégia eleitoral tucana. Poderia ter sido o vice de Téo, formando uma chapa puro-sangue, mas acabou concorrendo a uma vaga na Câmara dos Deputados, sem sucesso. A operação será simples: como primeiro suplente, Toledo assumirá o mandato em Brasília, enquanto Carimbão ocupará uma secretaria (de destaque) até o momento (abril de 2012) em que terá de renunciar para concorrer à sucessão de Cícero Almeida. Carimbão é amigo e correligionário de Teotonio Vilela, e foi uma sugestão sua que

A permanência de Guido Mantega no Ministério da Fazenda não faz a menor diferença. Como diz Thomaz Nonô, Mantega é um mero figurante na condução da política econômica. Quem manda de fato é Henrique Meirelles, presidente do Banco Central. Meirelles tem as rédeas da economia nas mãos e mantém a inflação sob controle. DESTAQUE COMUNISTA

AVANÇOS EM MARECHAL

O alagoano Aldo Rebelo, eterno comunista do PCdoB, está na lista dos 52 congressistas que mais se destacaram em 2010. O petista José Genoino também está, mas, curiosamente, não foi reeleito.

No segundo ano de seu mandato, o prefeito Cristiano Matheus contabilizou grandes avanços em Marechal Deodoro. Um deles: o saneamento da Praia do Francês, que também será reurbanizada.

RENAN CARREARÁ MAIS RECURSOS PARA O ESTADO Independentemente do resultado das eleições para o governo, Renan Calheiros se mantém determinado a não abrir mão do título de campeão de liberação de recursos para Alagoas. Com Dilma na presidência, o senador terá a mesma influência que, no governo Lula, o fez bater recorde na obtenção de verbas federais para obras aqui no Estado.

Alexandre Toledo irá para a Câmara Federal

levou o governador, em 2009, a criar a Secretaria da Paz, voltado para um trabalho de apoio e recuperação aos jovens dependentes de drogas. Em relação ao prefeito Cícero Almeida, Carimbão tem se destacado por sua luta para liberar recursos federais destinados a obras em Maceió, dentre as quais se destaca a revitalização do Centro da capital, trabalho que vem sendo executado, com verba de emenda parlamentar, desde os tempos de Kátia Born na Prefeitura. Givaldo Carimbão ingressou na política nos anos 90, quando se elegeu vereador por Maceió e ficou conhecido pelo trabalho assistencial dedicado a menores abandonados.

Nas eleições deste ano, seu nome foi cogitado tanto para ser vice de Teotonio Vilela como para disputar uma das duas vagas de senador, mas ele terminou preferindo a reeleição. Ainda não se trata de um lance definido, mas deverá ser a única convocação de Vilela, pelo menos plano federal, a um político eleito em outubro último, a fim de compor no secretariado que assumirá em janeiro. Em relação Legislativa, circulam rumores de que o governador poderia convidar um deputado para abrir uma vaga para Alberto Sextafeira, líder do governo que, com menos de 20 mil votos, não conseguiu a reeleição.

> NOME FORTE

Fernando Toledo já tem o apoio de 15 deputados a sua reeleição Divulgação / ALE

Da Editoria de Política

O presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Toledo, já conta com o apoio da maioria dos deputados para se manter no cargo a partir de fevereiro do próximo ano, quando se inicia uma nova legislatura. Até sexta-feira (19) sondagem realizada pela Editoria de Política deste jornal confirmou que 15 dos 27 deputados que compõem o colegiado apóiam a reeleição de Toledo. Um dos parlamentares citou os nomes de todos os que apóiam Fernando Toledo, mas pediu que nenhum deles fosse revelado por motivos óbvios: "Se você revela o mapa, o adversário vai lá e faz o seu próprio caminho". Para garantir a permanência no cargo, Toledo precisa de 14 votos (maioria absoluta), mas ele já contabiliza 15 e, segundo aliados, até fevereiro esse número deverá ser ampliado para 17 ou 18, dependendo das composições que forem realizadas. Os aliados ressaltam ainda o fato de que o governador Teotonio Vilela participará do processo eleitoral tendo Toledo como o principal nome de sua preferência.

SERVIDORES QUEM MANDA NÃO E GUIDO, É MEIRELLES

Carimbão deverá ocupar secretaria de destaque

Os funcionários da ALE não votam nem influem na escolha da Mesa Diretora, mas a maioria (pelo menos os que se manifestam) concorda com a reeleição de Fernando Toledo, movidos por dois argumentos: 1 - o atual presidente é um dos responsáveis diretos pela aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios da categoria; 2 - como avalista do PCCS, Toledo tem,

Com articulações seguras, Fernando Toledo já tem apoio de 15 deputados para continuar presidente

mais do que qualquer outro, a responsabilidade de executar o PCCS a partir de janeiro próximo. Os trabalhadores também defendem a presença do atual 3º secretário Marcelo Victor na futura Mesa Diretora, considerando o papel que ele desempenhou em defesa do PCCS.

REPERCUSSÃO O presidente Fernando Toledo decidiu jogar duro para impor quorum nas sessões da Assembleia: desde quinta-feira (18) está em vigor sua determinação de, com base no regimento interno da Casa, descontar do subsídio as faltas dos deputados que dei-

xarem de comparecer às sessões sem apresentar justificativa plausível. A medida é 'antipática', para os parlamentares, mas Toledo justificou a necessidade de sua adoção lembrando que o período eleitoral já passou e que gera uma necessidade natural da presença dos deputados nas sessões da Casa. Na quinta-feira, o efeito da providência já se fez sentir: 14 deputados compareceram ao plenário assegurando quorum para análise e votação de projetos. O mais importante deles é o da Lei Orçamentária Anual (LOA) sem cuja aprovação o Parlamento não poderá entrar em recesso.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

A4 | Cidade

> FROTA CONFUSA

Maceió tem táxis demais, além dos clandestinos Táxi rende, em média, R$ 118,00 por dia; sindicato defende táxi-lotação e pede que usuários denunciem moto-taxistas Luciana Martins Repórter

Rapidez, comodidade e conforto são os itens principais que levam grande parte da população a utilizar o serviço de táxi. Luciana Maciel, estudante, é cliente assídua deste tipo de serviço. "Eu uso o serviço de táxi principalmente pela rapidez. Hoje o transporte público é demorado e inseguro. No táxi, a possibilidade de assalto é bem menor". Na capital existem 3.000 taxis para atender uma população estimada de 1 milhão de habitantes, ou seja, são 333 pessoas para cada táxi. O número é suficiente? O presidente do sindicato dos taxistas, Ubiraci Correia, afirma que sim. "O número está até acima do limite. Por conta disso tivemos que limitar o número de taxis e pedir a prefeitura para não concedesse mais licença". Da frota que roda em Maceió, 2.960 são táxis comuns e 40 são táxi de turismo. A cidade também possui 90 pontos de apoio que são dos táxis cadastrados em empresas. O assessor de transporte urbano da SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito), José Guilherme da Silva, informa que existe um estudo indicando que devem existir 300 táxis para cada habitante em cidade não turística e nas cidades turísticas deveria ser 500. "Mas, Maceió está muito bem servido de táxi". Ubiraci explica que para transformar um carro em táxi, primeiro é preciso ir à prefeitura para ter a concessão de táxi. De posse deste documento devemse procurar os órgãos competentes - Detran, Inmetro e o Sindicato - para legalizar o situação do veículo. "A legalização de um táxi não se dá somente em um órgão". Mas, segundo a SMTT, a licitação que concede o táxi está suspensa, já que a frota atual atende à demanda da população. "Nós já temos um número superior ao necessário para Maceió e isso está fora de cogitação, por enquanto não há previsão para licitação". O presidente do Sindicato dos Taxistas conta que a burocracia, hoje, é o que mais dificulta a regulamentação do serviço de táxi. Para se regularizar, o taxista tem que ir à SMTT, Inme-

Primeira Edição

tro, Senai, Detran e Secretaria da Fazenda. "São cinco órgãos que nós temos que percorrer. É um absurdo o atendimento desses órgãos. Hoje, com a internet, muita coisa podia ser facilitada". O valor total da regulamentação é em torno de R$ 600,00. Segundo ele o prazo para regularização do veículo é de 30 dias. "Para se ter uma idéia, por exemplo, no Inmetro, se fazia a aferição do taxímetro e saia no mesmo dia já com o selo. Hoje, para sair com o selo do Inmetro o taxista tem que esperar quase uma semana". A renda diária de um taxista é em torno de R$ 118,00.

CLANDESTINOS Ubiraci Correia garante que já diminuiu bastante o transporte clandestino na categoria. Atualmente, existe uma média de 150 táxis clandestinos, o que não representa 5% da frota. O que ajudou a combater essa ilegalidade foi o adesivo que contém a numeração do carro na porta, que não se repete. "Já aconteceu de parar dois taxis no sinal e um olhar para a porta do outro e falar, o que está acontecendo que o seu número está igual ao meu? A própria categoria se tornou fiscal dos que trabalham de forma irregular". A SMTT desconhece o número de taxis clandestinos que rodam na capital, mas, a fiscalização é feita para coibir essa prática. "Nós temos 40 fiscais, 6 supervisores e um coordenador que trabalham das 6 às 00hs". A fiscalização não é somente de trânsito. Segundo o assessor de transporte urbano, é fiscalizada a vestimenta do motorista já que não é permitido usar bermuda, nem boné, nem chinelo. "Se verifica a documentação, isso a nível de SMTT, dentro do regulamento de táxi, se ele está com a permissão em dia". De acordo com José Guilherme, cada proprietário de táxi tem direito a um motorista auxiliar que deve ser cadastrado junto ao órgão. "Esse motorista auxiliar tem a permissão. O proprietário não pode entregar o carro dele a qualquer um. Se em uma blitz ele estiver sem essa permissão, o carro estará sujeito a apreensão".

Há táxis demais circulando nas ruas de Maceió, entre legais e clandestinos, o que leva o sindicato da classe a defender a operação de táxi-lotação

vista na lei que regulamenta o serviço de táxi. "O serviço de táxi é divido em três modalidades: taxi convencional, táxi turismo e táxi-lotação. Está previsto no regulamento". Ainda segundo ele, o que aconteceu é que o município não teve interesse em regulamentar o serviço do táxi-lotação. Para regularizar o serviço de táxi-otação é preciso identificar alguns pontos como: quem deseja fazer a lotação, quais os corredores que necessitam desse serviço, retirada do taxímetro, fazer uma identificação diferente e definir a tarifa de táxi. "Isso tudo exige uma lei complementar que regulamentaria o serviço

de táxi lotação". Ubiraci afirma que já entrou com o pedido junto à prefeitura para que esta modalidade de transporte seja regulamentada. "Coloquei no conselho, ele foi discutido, em alguns momentos foi aprovado pela equipe técnica da SMTT, mas não houve interesse e o processo está lá, parado, engavetado". Para José Guilherme, a fiscalização do táxi-lotação é uma das mais difíceis de fazer, já que só pode ser constituída a prática ilegal se houver o flagrante. "Se o motorista pegar um passageiro 10 metros antes e/ou depois do ponto de ônibus, e a fiscalização pegar, ele vai ser autuado

por fazer taxi-lotação". Outra situação de flagrante, citada pelo assessor, é quando os próprios taxistas passam na rua chamando passageiros. Segundo observou, a proibição do taxi-lotação acontece pelas conseqüências dessa prática, que recairão sobre os próprios taxis e também sobre os ônibus. "O que vai acontecer é a evasão de renda dos próprios taxistas e também dos ônibus. Isso prejudica todos os lados. Transporte de massa, não se faz com carro pequeno". Atualmente, o maior problema da categoria é o moto-taxista. "Nosso maior problema são os moto-taxistas, que funcio-

Luciana Martins

nam de forma clandestina. E a questão é que o serviço de mototáxi não tem como ser fiscalizado". Ele conclui: "Se a prefeitura liberar o serviço de moto-táxi em Maceió, não precisa que ela libere os táxis porque o próprio sindicato vai liberar todos os taxistas para fazer o serviço de lotação. Senão o taxista não vai sobreviver". O assessor de trânsito orienta a população para denunciar qualquer prática ilegal de transporte público. O usuário pode ligar para 118. "O que nós pedimos é que a pessoa dê o máximo de detalhe que nós vamos apurar a denúncia". Luciana Martins

TÁXI-LOTAÇÃO O presidente do sindicato garante que a prática está pre-

Ubiraci Correia não aprova o moto-taxi, mas defende o táxi-lotação

José Guilherme afirma que não é fácil fazer fiscalização de táxi-lotação

> VERÃO QUENTE

Alta temporada elevará fluxo turístico alagoano Alagoas passa por um bom momento no segmento turístico. Sempre com boa ocupação hoteleira nos feriados - acima dos 90% -, o Estado apresenta um aumento constante no fluxo de turistas. Até o mês de outubro de 2010, o número de passageiros desembarcados ultrapassou o número dos desembarcados durante todo o ano de 2009. Entre as 'boas novas' estão os eventos que já estão esgotados no Centro de Convenções para o próximo ano e estão previstos para 2011 mais de 50 voos charters de 14 cidades brasileiras, além dos voos internacionais dos mercados tradicionais, como Argentina, Itália e Chile. O trade turístico de Alagoas se preparou durante o ano de 2010 para colher bons resultados nessa alta temporada. "A mais movimentada de todos os tempos". É

assim que o presidente do Grupo de Receptivos de Alagoas (Gral), Alfonso Dacal, define a temporada 2010/2011. O Gral tem como principal ação nessa temporada a qualidade dos serviços nos pontos de apoio e a segurança dos turistas em todo o Estado. "Já nos reunimos com a secretária de Estado do Turismo, Danielle Novis, e com a cúpula da segurança pública para destrinchar os pontos a serem melhorados. Vamos nos reunir com a Infraero para afinarmos com o aeroporto a chegada e saída de passageiros, além de reuniões que acontecerão antes da temporada, com Sindicato dos Guias, Transportadores de Turismo, pontos de apoio e demais envolvido. Tudo isso para oferecer um serviço de qualidade e tornar satisfatória a vinda dos turistas", afirma Dacal. Já para a presidente da Associação de Hotéis

de Maragogi e Japaratinga (Ahmaja), Verginia Stodolni, desde que foi criada, há 11 anos, a Ahmaja teve em 2010 sua melhor atuação no que tange à divulgação do destino. De acordo com Adriana Franco, diretora administrativa da Associação dos Empreendedores de Turismo do Litoral Sul de Alagoas (Assert Sul), a temporada será muito boa e os preparativos estão voltados para cultura. "Já estamos programando o Festival de Verão. Colocamos uma feirinha do artesanato para atender ao turista que vier ao litoral Sul e estamos preparando apresentações culturais", afirma. Segundo dados da Associação Brasileira de Indústrias e Hotéis (ABIH-AL), a ocupação média nos hotéis será de 90% durante a temporada. Tereza Bandeira, diretora executiva da ABIH-

AL, diz que alguns hotéis atingirão 100% de ocupação e isso é resultado de um trabalho efetivo na divulgação do destino. "Em 2010, a ABIH realizou visitação, capacitações, workshops e eventos nos mercados emissores como no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Cuiabá, Rio Grande do Sul, Londrina, entre outros, e o resultado dessa temporada será consequência dessas ações", afirma. De acordo com a Associação Brasileira de Agências de Viagens de Alagoas (Abav - AL), essa temporada promete consolidar o destino Alagoas, que já vem sendo o segundo mais procurado do Nordeste, há alguns anos, pela operadora CVC. "Com o mercado aquecido e o trabalho realizado com capacitações e treinamentos, a ABAV só tem ótimas expectativas para essa alta estação", declara Carlos Palmeira, presidente da Associação. (Secom/AL)


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

Cidade | A5

> LEGISLATIVO

A verdade sobre o duodécimo da Câmara Suplementação acaba sendo um 'mal necessário' para compensar duodécimo inferior ao que a Casa tem direito por lei Arquivo

Da Redação

Não existem 'gastos excessivos' ou 'despesas descontroladas', na Câmara Municipal de Maceió, conforme apurou a reportagem do PRIMEIRA EDIÇÃO, ao investigar as reais causas do desajuste financeiro que envolve o Legislativo da capital. O que existe - e não de agora é um de déficit orçamentário crônico devido à sistemática de repasse do duodécimo da Casa pelo Poder Executivo, gerando uma necessidade contínua, ano a ano, de suplementação para fechar as contas de cada exercício financeiro. Para esclarecer ponto a ponto o que ocorre com a Câmara, a reportagem ouviu autoridades do governo municipal e da Câmara, dentre as quais o vereador Galba Novaes, que a partir de janeiro sucede ao presidente Dudu Hollanda.

O DUODÉCIMO Por lei, o duodécimo da Câmara corresponde a 5% da arrecadação do município, cálculo que é feito em cima da receita do ano anterior, ou seja, da receita efetivamente apurada. Como a arrecadação de 2009 foi de R$ 900 milhões, a Prefeitura deveria ter repassado R$ 45 milhões para o Legislativo, e não os R$ 35 milhões que foram efetivamente transferidos. Para evitar defasagem no cálculo, estabeleceu-se que a receita válida seria apurada de junho a junho, mas como houve atraso na votação da LDO, a Secretaria Municipal de Planejamento fixou o

Miguel Góes

Galba Novaes diz que busca fórmula para evitar suplementação recorrente

Sem espaço, Câmara não abriga vereadores. Futuro presidente pretende reunir gabinetes em um único imóvel

duodécimo considerando o período de março de 2009 a março de 2010 (daí porque a verba para 2010 acabou sendo inferior à de 2009). O futuro presidente Galba Novaes explicou que a relação da Câmara com o prefeito é a melhor possível, mas adiantou que pretende discutir a fixação de um 'duodécimo realista', de modo que a Câmara não continue dependendo de suplementações. - Temos um relacionamento harmonioso com a Prefeitura e, dentro de um ambiente de parceria, vamos buscar a definição de um duodécimo que, sem acrescentar nada ao que a Casa tem direito, possa cobrir todas as despesas sem necessidade de

dos no ano passado. Com a mudança na composição das Câmaras Municipais determinada pela emenda constitucional, o Legislativo de Maceió, hoje com 21 vereadores, terá seu colegiado ampliado para 29 ou 31 membros (vai depender ainda do resultado do censo demográfico) a partir da próxima legislatura, ou seja, após as eleições de 2012.

suplementação.

MAIS VEREADORES Segundo Galba Novaes, a Câmara vai precisar também se adequar à nova realidade decorrente da aprovação da emenda constitucional (PEC dos Vereadores) que, absurdamente, elevou o número de vereadores ao mesmo tempo em que reduziu o duodécimo de 5% para 4,5% da arrecadação do município. Ele confirmou a existência de um parecer do Tribunal de Contas do Estado reconhecendo que a Câmara tinha direito a um duodécimo de R$ 46 milhões, para o exercício de 2010, exatamente 5% sobre os R$ 900 milhões arrecada-

mentar, rigorosamente dentro daquilo a que a Câmara tem direito - esclareceu Galba Novaes. Ele disse que, este ano, a Casa está precisando de R$ 4,5 milhões para fechar o exercício, o mesmo valor solicitado em 2009, mas lembrou que, no ano passado, a suplementação excedeu à quantia que a Casa realmente precisa e o restante do repasse foi devolvido á Prefeitura.

SUPLEMENTAÇÃO - Quando se fala em suplementação, muita gente dá uma interpretação equivocada ao assunto, sugerindo que se trata de dinheiro a mais para cobrir gastos perdulários, quando, na verdade, significa o repasse de uma verba comple-

TRANSPARÊNCIA Líder da bancada que dá sustentação ao governo de Cícero Almeida, Galba Novaes anunciou que a partir de janeiro a Câmara colocará no ar o seu "Portal da Transparência", criado através de

projeto de lei de sua autoria. - O portal vai divulgar pela Internet toda movimentação financeira da Câmara permitindo dessa forma que cada cidadão possa acessar os dados e se manter permanentemente informado sobre os recursos que são repassados para o Legislativo e qual sua real destinação - afirmou o futuro presidente. Galba Novaes antecipou ainda que vai adotar providências para reunir os vereadores em gabinetes que funcionem em um mesmo imóvel: "Hoje, há uma dispersão total, cada vereador se instala onde quer, e isso atrapalha o bom desempenho dos nossos trabalhos".

Secretário afirma que haverá ajustes Miguel Góes

Ouvido pela reportagem, o secretário municipal de Planejamento, Márzio Delmoni, admitiu que o duodécimo da Câmara deve ser tema de debate, de entendimento entre os poderes, para se fazer os ajustes necessários em busca de um consenso. Ele disse que a discussão se dará quando os vereadores iniciarem a análise do Orçamento para 2011, já enviado pelo prefeito Cícero Almeida, mas cuja apreciação depende do final da greve dos servidores do Legislativo. - É bom frisar - disse o secretário - que a Câmara tem direito aquilo que é direito, ou seja, aquilo que a Câmara tiver é de direito e a ela será repassado porque o Poder Executivo não pode, nesse caso, ficar com esses recursos - E acrescentou:. - O que for definido, o que tiver que ir para o Poder Legislativo

será obviamente enviado ao Poder Legislativo. A gente vai fazer os devidos ajustes no momento oportuno. Márzio Delmoni disse que somente na semana passada foi comunicado sobre o parecer do Tribunal de Contas reconhecendo que a Câmara tem dinheiro a R$ 46 milhões, mas ressalvou: - A gente tem uma resolução do Tribunal de Contas de 2005 em que ele justamente bate com aquilo que estamos aplicando até hoje, ou seja, o duodécimo hoje é feito em função da emenda 25 e da própria resolução do Tribunal que é em cima da emenda 25. Esse fato (o parecer sobre os R$ 46 milhões) é um fato novo. Então, é em cima desse fato novo que a gente vai trabalhar. Este fato eu só tomei conhecimento esta semana, então pra mim é novo, como eu já disse. Vou

Secretário Márzio Delmoni garante que duodécimo será objeto de ajustes

começar a trabalhar inclusive para saber até onde a gente pode

ir tanto nos R$ 35 milhões, podemos dizer assim, quanto nos R$

46 milhões. É isso que a gente vai começar a trabalhar essa semana, aliás eu já comecei a trabalhar. - Uma coisa - prosseguiu - é o que está no Orçamento, que está no projeto de lei. Está lá, é oficial, é aquele. O que vier depois seja pra mais, seja pra menos, a gente vai fazer os devidos ajustes quando houver oportunidade da leitura do próprio Orçamento na Câmara. Então, são caminhos distintos. Um é a gente trabalhar tecnicamente com o que a gente tem e com o que a gente poderá ter, caso isso ocorra. Então é isso que a gente vai estudar aqui, inclusive pra ver de que forma, em si aprovando ou se concretizando esse valor a mais, de que forma a gente vai atuar junto a Câmara para fazer o devido ajuste. Segundo Delmoni, o duodécimo da Câmara para 2011 está em quase R$ 35 milhões, menos do

que a verba de 2010, devido à redução imposta pela emenda constitucional, que deduziu de 5% para 4,5% o valor a ser calculado sobre a receita municipal. "Então, disse, em função da emenda a gente teve que fazer novamente os cálculos e isso aí acarretou a diminuição. O secretário de Planejamento não levou em consideração um detalhe: a emenda constitucional decorrente da PEC dos vereadores só poderá ter o redutor aplicado quando estiver em vigor, ou seja, depois das próximas eleições, quando serão criados e preenchidos os novos cargos nas Câmaras Municipais. Traduzindo: a emenda, de fato, prevê a redução do valor do duodécimo, de 5% para 4,5% da arrecadação do Município, mas isso só pode ensejar cálculo quando ela estiver em vigor.

> SANGUE

Hemoal abre campanha convocando doador Para marcar a Semana Nacional do Doador de Sangue, cujo dia é comemorado em 25 de novembro, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) inicia nesta segunda-feira (22), às 8h30, mais uma campanha de doação voluntária. O objetivo, além de triplicar o percentual de doações visando a grande demanda de transfusões durante os festejos de final de ano, é promover a conscientização entre os alagoanos, buscando aumentar o número de doadores voluntários. O Hemoal é responsável por abastecer toda a Hemorrede Pública de Alagoas, formada por hospitais, maternidades, além do Ambulatório de

Hematologia da instituição, onde são tratados pacientes vitimados pelas doenças do sangue. Com base nesta realidade e baseado no histórico de anos anteriores, onde o consumo de sangue triplicou durante o mês de dezembro, o hemocentro alagoano realiza uma vasta programação marcada por ações educativas e homenagens aos doadores habituais. Durante os quatro dias da campanha, que se encerra no dia 25, a direção do Hemoal estará ampliando o número de equipes multidisciplinares para atender a grande demanda de doadores. "Todos os anos celebramos, na última semana de novem-

bro, a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue e, mais uma vez, estaremos mobilizando toda sociedade alagoana para evidenciarmos o compromisso do Hemoal na sublime missão de salvar vidas, captando novos doadores de sangue, homenageando os já fidelizados e incentivando a prática cotidiana da solidariedade, já que uma doação pode salvar até quatro vidas", frisa a diretora do Hemoal, Verônica Guedes.

CRITÉRIOS Ela lembra que para se candidatar à doação de sangue o voluntário deve atender aos requisitos

básicos especificados pelo Ministério da Saúde, por meio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O doador deve ter idade superior a 18 anos, pesar 50 kg e portar um documento de identificação com foto. O doador também não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite, após os 10 anos, além de estar bem alimentado no momento do ato solidário. "No caso das gestantes e lactantes, não é permitida a doação e, no caso dos doadores que irão repetir o procedimento, é recomendado respeitar um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres", enfatiza Verônica Guedes.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

A6 | Cidade

> ENTREVISTA/ JOSÉ PINTO DE LUNA Geraldo Câmara

Ouvidor Geral geraldocamara@gmail.com

A novela do estaleiro Engraçado como em Alagoas tudo acontece de maneira muito mais difícil do que em outros lugares. Aqui, as pessoas parecem torcer pelo vilão, tal e qual acontece nas novelas globais, principalmente quando o personagem principal é bom e pode trazer benefícios para os que o rodeiam. Pois é assim com o Estaleiro Eiza que será (será?) instalado no município de Coruripe e que, sem dúvida alguma trará inúmeros benefícios e desenvolvimento, não só para aquela região mas para todo o estado de Alagoas. Pelo número de empregos que serão gerados, pelas pequenas e médias empresas que surgirão em função do grande empreendimento, pelo aumento do parque de serviços ao entorno dele, pelas habitações que surgirão, por tudo, enfim, que ocorre quando um grande empreendimento surge. Pernambuco está aí, crescendo a olhos vistos, transformando Suape no maior pólo de industrialização do nordeste e batendo todos os recordes de crescimento em todas as áreas. Seu povo torce, todos torcem para que, cada vez mais, Pernambuco dê certo. Aqui, as coisas parecem acontecer ao inverso. Na verdade, não deveria interessar a que partido político pertence o governador ou deputados e senadores envolvidos no grande projeto. O que se deveria focar é o futuro do estado e não mesquinharias que destroem e não levam a nada. Se o IMA tem razão, se é o IBAMA quem tem, nada deveria interessar, a não ser o diálogo que leve a um resultado final digno e que parece ter chegado, neste fim de semana, ainda que muita água ainda venha a rolar pela ponte. Nós, enquanto gente de imprensa, só gostaríamos de ver, o mais breve possível, a inauguração do protagonista desta novela e o fim dos vilões de plantão. DESTACÔMETRO O destaque vai para o grande e competente fotógrafo, Tadeu Giuliani, pela brilhante entrevista que nos concedeu no "Bartpapo" sobre a história da fotografia no Brasil e no mundo. No ar, nesta quinta, 25, pela TV Mar, canal 25 da Net.

OUVIDOR GERAL OUVIU... ...que nesta segunda-ffeira, dia 22, no gabinete do secretário da Educação, Rogério Teófilo, haverá uma reunião tripartite entre os envolvidos na construção do Programa Geração Saber, que objetiva mudar a realidade educacional. Participação do secretário Rogério Teófilo, da diretora de Fortalecimento Institucional e Gestão Educacional do MEC, Maria Luiza Alécio, das representantes do PNUD, Maristela Marques Baioni e Maria Tereza Fontes; e dos coordenadores do projeto de cooperação do MEC/PNUD, Laudo Bernardes e Liliane Marchiorato. ...que, anote, porque o convite é para o povo de um modo geral: As Comissões de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa e de Assuntos Urbanos da Câmara Municipal de Maceió, convidam Vossa Excelência para participar da Audiência Pública que debaterá acerca das Políticas Nacionais de Saneamento Ambiental e de Resíduos Sólidos objetivando adequar a Lei nº 5.234/02 que trata da Política Municipal de Saneamento Básico. Quem convida é a vereadora atuante Rosinha da Adefal. Dia 22 de Novembro às 15h no Plenário da Assembléia Legislativa - Praça Pedro ll - Centro. ...que a política é dinâmica todo mundo sabe. E que, às vezes é preciso engolir "sapo" para tirar o lucro lá na frente, nem se fala. É o que a presidente eleita, Dilma, está fazendo, ao pedir ao PT que tenha jogo de cintura, já que o aliado PMDB, unido a outros partidos passa a exercer uma perigosa liderança no esquema político do futuro governo. Se não tomar cuidado a nova presidente fica refém do PMDB que, aliás, tem uma grande experiência nas jogadas de grande nível. Renan, Sarney e o vice-ppresidente eleito, Michel Temer, todos são raposas soltas no cerrado do planalto. ...que, absolutamente inédito, o governador eleito da Paraíba, Ricardo Coutinho, propôs ao seu adversário e atual governador, uma pré-gestão do estado para que possa se planejar por antecipação. Ora, claro que o governador Maranhão negou o pedido, até por motivos constitucionais. Mas, o que, na realidade, nos leva a colocar essa nota é o ineditismo da proposta, o famoso "se colar, colou", algo que nunca vimos numa transição governamental. Seja lá como for, o governador José Maranhão prometeu que não haveria surpresas na transição. E aqui pra nós, Coutinho foi "cara de pau", né? ...que, realmente, ficamos tristes, Luciano Barbosa e eu, por vermos transferida, "sine die", a data em que receberíamos nossos títulos de "Cidadão Maceioense". Uma honra que nos dá vontade e ansiedade. No entanto, a greve dos servidores da Câmara, que trancou o edifício daquela casa legislativa com corrente e cadeado, impediu a entrega das honrarias. Claro que entendemos, principalmente ao verificarmos que a outorgante, vereadora Rosinha da Adefal está tão triste quanto nós. Mas, em breve, haveremos de comunicar a nova data aos nossos amigos. Obrigado pela compreensão a todos que estavam programados para comparecer à solenidade.

PÍLULAS DO OUVIDOR Primeira: A polícia tailandesa descobriu cerca de dois mil fetos humanos num mosteiro budista de Banguecoque, onde se praticavam abortos ilegais. Que religião, hein? Segunda: Pesquisa do IBGE sobre as Contas Regionais 2008 aponta que o PIB de Sergipe superou, pela primeira vez, o de Alagoas, colocando o Estado na 21ª posição do ranking nacional de geração de riquezas. Pois é, né? Terceira: Pare para pensar e ficar com água no boca: Não existe comida ruim, existe comida mal temperada. Quarta: Conversa vai, conversa vem, parece que o estaleiro Eiza sai do papel. Esperamos, porque chega de bomba no território alagoano.

ABRAÇOS IMPRESSOS Os meus abraços impressos vão para toda a cúpula da Polícia Militar de Alagoas que, à frente o Cel. Dário César, recebeu o nosso "Almoçando com a Notícia" para uma radiografia total da corporação.

"Solução contra violência é conter o tráfico de drogas" Homem da Operação Taturana topa assumir segurança, se for convidado e PT concordar Direto, objetivo, sem papas na língua. Assim, o delegado federal aposentado Pinto de Luna se conduz nesta exclusiva a Luciana Martins. Fala sobre sua convivência no PT, os conflitos das tendências internas, e adianta que será candidato a vereador por Maceió. "Estou pronto para disputar eleições, quantas vierem". Acha que poderia estar eleito deputado estadual, mas teria prejudicado Judson Cabral, e revela que se sentiu isolado no partido durante a campanha. O que é mais fácil, ser político ou ser policial? "Ser policial", respon-

de seguro. Responsável pela Operação Taturana, que escandalizou a Assembleia Legislativa em 2007, Pinto de Lula também comenta a hipótese de um possível convite do governador Teotonio Vilela para que assuma a Secretaria de Defesa Social. Quanto à saída do PT do governo de Cícero Almeida, ele é categórico: "Sou contra, vejo o lado da sociedade, se a gestão está sendo boa, é preciso garantir isso para o povo" (leia na A-2). Sobre a violência em Alagoas: "É preciso conter o mercado de drogas". Primeira Edição

to, aprendi que o último dia da eleição é muito importante, muita gente indecisa, gente que não sabe como vai votar haja vista o tanto de votos nulos e abstenções que tivemos. Então na próxima eleição, com certeza os três últimos dias serão muito importantes para mim. Mas ao contrário do que os outros fazem, a maioria faz (que é se dedicar a compra de votos, ao cadastro, todo mundo sabe que o pessoal faz isso) eu vou me manter nisso, na conscientização. Essa primeira experiência foi agradável e me dá know how para que eu possa seguir em frente, avaliando o que eu errei aqui para não errar nas outras.

Como o senhor define sua experiência nestas eleições? Uma experiência boa e agradável, mas ao mesmo tempo, decepcionante. Embora pareça um paradoxo, não é. Eu estava configurado para uma eleição ao Senado Federal, dentro desse processo político, mas não deu, embora tenha ganhado as prévias do partido num primeiro momento. No segundo momento já sofri a primeira decepção: deixar o projeto de senador e concorrer a deputado federal. Então, essa experiência não foi muito boa. Agora, depois da luta, o fato de você correr atrás do voto, tudo isso foi gratificante. É mais fácil ser policial ou político? Policial, muito mais fácil. Porque ser policial demanda um conhecimento técnico que não foge muito das expectativas que você tem sobre determinada ação. A política, não. Uma coisa dita de manhã, já não se confirma à tarde, já se reverte profundamente no outro dia. Na polícia isso não acontece, na investigação isso não acontece, o óbvio não foge tanto. A política é muito diferente da polícia e é mais fácil ser policial do que político.

Fica alguma mágoa do processo?

Pinto de Luna antecipa que será candidato a vereador na eleição de 2012

O que mais lhe satisfez na seara política? O contato com o povo. Esse contato foi muito bom pra mim, você conseguir 24.180 pessoas lhe atribuindo confiança, essa foi a minha votação, sem comprar nenhum voto e tendo que dizer não em muitas circunstâncias, isso para mim representou uma novidade, uma grande experiência. Ficou gravado, foi marcante. E o que mais lhe causou repulsa? Saber que muito ainda precisa ser feito para uma conscientização política. Não pelo fato de a pessoa ter que votar em mim ou em pessoas que elas acham que são certas. As pessoas podem votar em que elas quiserem, mas quando a pessoa se aproxima de você e diz claramente que se você não der nada a ela, ela não vota em você, ou seja, tem que dar alguma, isso pra mim é decepcionante, me causou repulsa. Muita coisa ainda tem que ser feita para essa conscientização. É lógico que se disser 'eu não voto em você, não voto porque não acredito nas suas propostas', tá ótimo. Agora 'eu não voto em você porque você não vai dar nada pra mim', pra que eu vou votar em você? 'Quem me der alguma coisa eu voto nele', isso pra mim foi decepcionante. O PT é um partido diferente, problemático, ou é uma legenda como as demais? O PT é um partido diferente dos outros. Eu aprendi a entender um pouco do PT, embora esteja filiado há um ano e dois meses. Mas eu fui provado, testado, torcido e retorcido dentro do partido. Eu sofri algumas ações em que pessoas com pouco tempo de filiação não sofreram. Eu aprendi a entender o PT, eu sei que vou me surpreender mais ainda. O PT é um partido de tendências, é um partido de várias tendências e cada uma com seu objetivo. Quando eu estava na majoritária para senador senti apoio de todas as tendências, mas quando cai para a proporcional, vi que cada tendência já tinha o seu candidato. Aí você fica sendo um corpo estranho no organismo. E isso foi muito mal pra mim, mas eu tenho que conviver com isso, foi o partido que eu escolhi. Mas é um partido diferente, é um partido de massa, que aqui em Alagoas precisa ser melhor trabalhado. O pessoal do PT sabe disso e

a gente esta aí pra somar os esforços. Considerando a discriminação sofrida dentro do PT, o senhor admite procurar outro partido? Não admito num primeiro momento procurar outro partido. Eu não fui descriminado na essência da palavra. O que houve foi esse choque de tendências. A partir do momento que saí da majoritária e cai numa proporcional (não tenho tendências, não aderi a nenhuma tendência ainda) fiquei praticamente como um quinto elemento, vamos dizer assim, já que eram quatro candidatos a deputado federal. A sorte é que uma tendência não veio com candidato dela e praticamente abraçou a nossa candidatura, mas tão logo acabaram as eleições, eles foram para o canto deles e eu para o meu canto, que é ficar isolado. Mas eu não tive essa discriminação, eu não senti isso. Agora, lógico que entendendo que o ambiente não está bom para mim, tenho que procurar outro lugar onde eu seja compreendido e onde eu tenha um espaço. Se não for no PT, vou procurar uma outra legenda. Mas, por enquanto, eu não penso em sair do PT. Pinto de Luna candidato a vereador ou a prefeito de Maceió. Isso está dentro de seus planos para 2012? Para prefeito não. Eu não tenho esse cacife político para ser candidato a prefeito, tenho noção disso. Agora para vereança eu acredito estar habilitado para isso por conta dos 15 mil votos que eu tive dentro de Maceió. Então 15 mil votos certamente elegeriam um vereador. Mas tenho que pensar nisso com carinho, eu entrei na vida política para disputar eleição. Tem político que vive a vida político-partidária para disputar partido, para disputar espaço dentro do partido, disputar cargos em comissão. Eu, não, quando eu entrei, eu vim para disputa política. Então, se eu conseguir as legenda e conseguir condições para isso eu vou disputar todas as eleições que eu puder. E certamente eu irei para uma disputa como vereador. Sua candidatura a senador, abortada pelos petistas, teria tido mais chance do que para deputado federal? Teria. E eu acredito nisso e não

estou sendo presunçoso nesta avaliação. Por quê? Nós tínhamos um planejamento estratégico para isso, mas, infelizmente o PT achou por bem abortar isso e entrar na lista dos governadores e deu no que deu. Ou teria sido mais fácil disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa? Eu acredito, sem presunção, que poderia estar eleito deputado estadual. Mas tem um jogo político nisso aí também. Eu iria disputar muito voto de consciência que foi dado ao deputado Judson Cabral, que já tem nome no partido, que já tem tradição no partido. Então caso eu viesse a disputar a eleição de deputado estadual, provavelmente ia dividir votos com Judson Cabral e eu jamais ia querer isso. A minha eleição foi casada com ele, eu dei uma força para ele e dei força pra outros candidatos do PT também, mas nós focamos em manter o deputado que nós já tínhamos que era o Judson Cabral. Eu entendo que poderia estar eleito, mas também poderia prejudicar a eleição do companheiro Judson. Durante a campanha, o senhor presenciou algum tipo de irregularidade, como alguém comprando voto? Não. Eu não cheguei a presenciar isso porque eu não me interessei nisso, eu tinha que cuidar da minha parte. Se eu fosse fazer isso, eu não ia fazer a minha eleição, a minha campanha. Eu ia focar numa coisa que é o lado policial e ia fazer aquele velho discurso de perdedor, eu ia ter 5 mil votos e ia ficar praticamente fazendo denúncia contra outras pessoas. Eu não procurei isso e sei que se procurasse eu acharia, mas eu deixei o lado policial de lado e fui procurar focar na minha campanha, sabendo das dificuldades por eu ter um modo de agir próprio. Eu não compro votos, eu não dou botijão de gás a ninguém, não paguei pinga a ninguém, não paguei cerveja e sei que tudo isso pesou contra mim, mas é o meu jeito de fazer política e eu não vou me render a forma de fazer política dando para receber o voto. Se eu procurasse acharia, mas eu não topei, ainda bem que não topei com isso. Que lição o senhor tira de sua participação no processo eleitoral? Uma lição boa. Eu aprendi mui-

Não. Eu sei que a minha votação foi fruto das minhas ações, sei que o sistema é bruto e é bruto mesmo, mas é traçar novas estratégias. É a primeira eleição que eu disputo e eu fui o segundo mais votado no PT. Ora eu fui 15º mais votado em Alagoas para deputado federal, poxa de 82 candidatos. De nove eu teria uma segunda suplência, há possibilidade de eu assumir, eu vou ser diplomado como segundo suplente. Então eu não dou isso como perdido, há essa possibilidade de eu assumir, quem sabe?! Estamos aí, de repente numa composição política alguém é convidado para alguma coisa e eu poderei assumir... Se o governador eleito, Téo Vilela, o convidasse para assumir a Secretaria de Defesa Social, o Sr aceitaria? Eu teria que pensar muito bem a esse respeito. Lógico que num primeiro plano eu levaria isso ao partido a que eu estou filiado. Por quê? Porque eu entendo que tenho que manter uma coerência da minha vida político partidária, mas, se o governador me convidasse para esse cargo, certamente ele estaria me convidando não pelo caráter político, mas pelo caráter técnico. Aí eu teria que mensurar isso até de maneira pessoal porque a gente sabe que se fosse de uma maneira política ele não convidaria alguém que estaria filiado a um partido que é oposição a ele. Então se um convite deste acontecer, eu sei que é de maneira técnica e eu tenho que avaliar. Se é por medida técnica, o governador deve estar pensando em fazer o melhor para a população e aí eu tenho que ver os anseios que a população tem a meu respeito, ao meu trabalho e ao que eu posso dar a ela. Isso aí vai ser submetido ao partido de uma maneira política, mas tem o lado técnico também e o lado pessoal. Então pode ser que eu aceite, pode ser que eu não aceite. A seu ver, onde se localiza a principal causa da criminalidade em Alagoas? A principal causa eu entendo que esteja na corrupção de maneira indireta e direta no tráfico de entorpecentes. De maneira direta porque a corrupção gera uma desigualdade social muito grande. As pessoas não entendem esse diálogo que os técnicos de segurança tem a esse respeito porque ainda aqui em Alagoas, bandido bom é bandido morto. Mas nós vamos conseguir evoluir e dizer que bandido bom não existe. Ele (bandido) tem que ser processado e julgado, absolvido ou condenado. Agora, de maneira direta o tráfico de entorpecentes está aí reinando e é preciso ser feita alguma coisa para inibir a oferta. E se inibir a oferta, o grande tráfico irá ver outro mercado que não Alagoas porque aqui o estado é pequeno e as mortes, principalmente dos jovens, elas com certeza diminuirão muito.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

Cidade | A7

> TEOTONIO VILELA:

"Estaleiro alagoano já é um fato concreto" Depois de longa batalha, Ibama autoriza IMA a conceder licença, e Alagoas tem confirmada indústria naval de R$ 1,3 bilhão fotos: Divulgação

Quem torcia contra, já pode relaxar, não há mais o que fazer - o governo ganhou a parada. O estaleiro Eisa, maior complexo industrial da história de Alagoas, já conta com autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) para ser implantado no Pontal do Coruripe. Não foi uma conquista fácil. Havia forças silenciosas trabalhando contra, movidas por interesses políticos, sobretudo pelo entendimento de que, consolidada a indústria naval de R$ 1,3 bilhão, o governador Teotonio Vilela se consagrará como a maior liderança política do estado nas últimas décadas. Antes de retornar a Maceió, procedente de Brasília e Rio de Janeiro, Teotonio Vilela bateu a última porta para garantir o projeto encampado pelo armador German Efromovich, presidente do Grupo Synergy: procurou o presidente Lula, a quem apelou, e ouviu como resposta o compromisso do governo federal de apoiar a execução do empreendimento sem mais delongas. No início da noite de sextafeira, em um hangar do Aeroporto Zumbi dos Palmares, o governador deu a notícia que todos aguardavam com ansiedade: o Ibama delegou ao Instituto do Meio Ambiente (IMA) competência para liberar uma área de 50 hectares destinada á implantação do Eisa.

LICITAÇÃO Além disso, Teotonio Vilela trouxe a garantia de que a Petrobras, através de sua Comissão de Licitação, considerou o estaleiro alagoano apto a participar do processo licitatório para

construção de sondas, num investimento que deve consumir R$ 30 bilhões. Vilela revelou que em reunião com o Ibama, em Brasília há dois dias, o órgão afirmou que o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) está apto para autorizar a construção do Estaleiro Eisa com 50 hectares de área em Coruripe, município situado no litoral sul alagoano. Quanto à luta para que Alagoas participe da licitação da Petrobras, o governador afirmou que a celeridade é o principal fator para o estado comemorar a grande conquista. "Ganhar a licitação é importante para dar celeridade ao início das obras e a captação de recursos. Mas independente da licitação, a implantação do Estaleiro Eisa em Coruripe já é um fato concreto", salientando, também, que teve a informação do presidente da Petrobras.

Durante lançamento de navio no Rio de Janeiro, Teotonio Vilela avistou-se com o presidente Lula, que deu total apoio a vinda do estaleiro para Alagoas

estaleiro estava sendo disputado por dez estados brasileiros, mas, durante a inauguração de um navio no estaleiro Mauá, no Rio de Janeiro, percebi que o presidente Lula defende a instalação do Estaleiro Eisa em Alagoas", disse Vilela.

FATO CONCRETO - A instalação do estaleiro em Alagoas já é um fato concreto, independente da licitação da Petrobrás - declarou o governador. No processo licitatório que chegou na reta final na quartafeira (17) o Eisa Alagoas havia sido excluído porque, naquele momento, era o único entre os sete concorrentes que ainda não havia obtido a aprovação de projeto por parte do Ibama. Aliviado pela certeza de que o Eisa agora é um projeto irreversível, Téo Vilela não descartou a possibilidade de que outros estados estariam interferindo na autorização da obra. "O

COM LULA

Empresário German Efromovich

Uma comitiva alagoana viajou junto com o governador, o eleito senador por Alagoas Benedito de Lira, o deputados Arthur Lira, Carimbão e Maurício Quintella e o secretário do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio. "Ficamos muito satisfeitos e vislumbrados com o que vimos. Participar da inauguração do navio no Bahia de Guanabara deu ainda mais força para lutarmos para trazer para Coruripe o Estaleiro Eisa, enfatizou, reforçando que o estaleiro que se instalará em Alagoas, em breve, teria 96 hec-

tares, mas, de acordo com o Ibama, a área será de 50 hectares,e mesmo assim será um espaço quatro vezes maior que o estaleiro Mauá. "Se já ficamos maravilhados com o que vimos lá, a alegria dos milhares de empregados com a tecnologia e a magnitude daquele estaleiro, imagine com o nosso que será quatro vezes maior", comemorou.

CELERIDADE O empresário German Efromovich disse que o crescimento da indústria naval depende da consciência política dos governantes, ressaltando o apoio do presidente Lula ao setor e pedindo celeridade nos trâmites burocráticos para a instalação do Eisa em Alagoas. "O governo Lula entendeu a necessidade de revitalizar a indústria naval para o crescimento econômico do Brasil. Por isso fa-

ço aqui um pedido ao presidente: não deixe que nenhuma formalidade, interesses políticos, entre outras artimanhas, interfiram na construção do Eisa em Alagoas. Essa indústria vai gerar mais de 60 mil empregos diretos e indiretos, além de criação de escolas e cursos de capacitação, numa região cheia de potencial e com uma população tão necessitada", enfatizou Efromovich. O presidente Lula disse que a indústria naval foi a maior responsável pelo aumento de empregos nos últimos dez anos. "Esses operários sabem o que é vestir o macacão, trabalhar e no final do dia poder levar o leite e o pão pra sua família. Nada dá mais prazer ao homem do que a garantia do seu emprego. Sempre acreditei que o Brasil poderia crescer beneficiando os brasileiros, continuo acreditando nisso", destacou.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

A8 | Nacional

> ESTA SEMANA

Dilma vai decidir futuro do BC e de Meirelles Presidente do BC diz ter revelado convite para conversa nesta semana para evitar insegurança nos mercados financeiros Fotos: Divulgação

Dilma deverá resolver a situação do Banco Central durante esta semana

Henrique Meirelles já deu a entender que aceita convite para ficar no BC

> NA BRONCA

Lula reage para barrar 'blocão' do PMDB e faz advertência a aliados BRASÍLIA - Foi rápida e forte a reação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à montagem de um "blocão" na Câmara dos Deputados liderado pelo PMDB, com 202 deputados, do qual participariam também o PR, PP, PSC e PTB. Menos de cinco horas depois do anúncio do bloco, o presidente Lula deu o troco. E arrancou de lá o PR e o PP. Primeiro, Lula convocou ainda na noite de terça-feira ao Palácio da Alvorada a presidente eleita, Dilma Rousseff, e o ex-ministro Antonio Palocci, para orientá-los a não ceder espaço no futuro governo aos partidos que formaram o bloco. Depois, foi deflagrada uma operação nos partidos médios para desfazer o que havia sido montado pelo PMDB. "O PR é aliado do governo e da presidente Dilma. Faz parte do governo. Não faremos nada em desacordo com o governo", declarou a seus comandados o senador Alfredo Nascimento (AM), presidente da legenda e ex-ministro de Lula. Ele disse que qualquer decisão terá de passar pela Executiva e não está nos planos a formação de um bloco. Nascimento teve o cuidado de não desautorizar publicamente o líder do partido na Câmara, Sandro Mabel (GO), que participara da formação do bloco na terça-feira, ao lado do líder do PMDB, Henrique

Lula reagiu ao ‘blocão’ a dvertiu os aliados

Eduardo Alves (RN). Mas deixou claro que não haverá nenhuma decisão agora, taxando a hora de "inoportuna". De acordo com um interlocutor de Lula, o presidente falou a Dilma das armadilhas que são preparadas pelos aliados no Congresso - como a da formação do blocão - e a orientou a evitar reação mais forte, pois ele trabalharia para abortar o movimento. Ao receber o futuro vice-presidente e presidente do PMDB, Michel Temer, na

Granja do Torto, ontem, para um café da manhã, Dilma ouviu as justificativas para a criação do bloco, mas minimizou a importância da notícia. O próprio Lula aproveitou uma entrevista coletiva para advertir o PMDB. Indagado sobre o bloco, ele afirmou: "Primeiro que não aconteceu. Parecia que ia acontecer, mas não aconteceu". E emendou: "A política é como um leito de um rio. Se a gente não for um desmancha-ambiente, se a gente deixa a água correr tranquilamente, tudo vai se colocando de acordo com que é mais importante. Se as pessoas tentam de forma conturbada mexer na política pode não ser muito bom". Soou como um alerta. Após as declarações de Lula, o PP também esquivou-se de maiores compromissos com o bloco. O líder do partido, João Pizzolatti (SC), disse que há muito tempo PR, PP e PTB falavam na criação de um bloco na Câmara, não para influir no governo. "Não seremos massa de manobra de nenhum partido", disse o ex-líder Mário Negromonte (PP-BA). O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, atacou a tentativa de formação do bloco: "Se alguém pensa que com ameaças vai conquistar seus interesses, vai perder. Não é um, nem serão dois partidos que vão definir a composição das mesas da Câmara e do Senado"

Líder: objetivo é frear avanço do PT Mentor de acordo entre partidos da base aliada, o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), confirmou que o blocão foi criado contra o avanço do PT na montagem do governo de Dilma Rousseff. Questionado sobre a atuação do PT neste período de transição, Alves respondeu que "eles estão avançando muito pelos jornais". "Uma hora é fulano na Saúde, fulano nas Comunicações. Precisamos todos parar com isso." O bloco conta com apoio de deputados de PR, PP, PTB e PSC, além do PMDB. O objetivo do grupo, que pode contar com

202 deputados na próxima legislatura, é não só angariar forças na montagem do governo, mas também na disputa por cargos de comando do Congresso. Segundo Alves, o PT não foi chamado de início para participar do bloco por ser um partido "mais complexo, com vários segmentos". "Você não conversa com uma liderança que fale pelo PT unicamente", afirmou. Alves argumentou ainda que o partido aliado não foi chamado pois Michel Temer (PMDB), vice-presidente eleito, está conversando diretamente com o presidente da legenda, José Eduardo Dutra e com José

Eduardo Cardozo, um dos coordenadores da transição de governo.

CARGOS Outra função do bloco, explicou o deputado, é ajudar o PTB e o PSC a conseguirem cargos no novo governo. "O PTB já teve [um ministério], mas perdeu. O PSC ganhou muitos deputados. Por isso o PMDB irá ajudá-los a ganhar seus espaços." Apesar das críticas ao PT, Alves nega que o bloco tenha sido anunciado em tom de ameaça. "Seria infantilidade. A ideia é fazer um pacto entre nós", afirmou.

FRANKFURT - A indefinição sobre quem conduzirá o Banco Central no governo Dilma Rousseff deve continuar pelo menos até esta semana. Sextafeira (19), em Frankfurt, na Alemanha, o atual titular do cargo, Henrique Meirelles, informou ter sido convidado pela presidente eleita para uma reunião que definirá o futuro do BC e também seu destino. Meirelles garantiu que Dilma é a favor da autonomia da instituição. O convite foi feito por telefone, na noite de quinta-feira, por um assessor direto de Dilma, cujo nome não revelou. "A equipe de transição me transmitiu o convite da presidente para termos uma conversa na semana que vem sobre o Banco Central no próximo governo", contou aos jornalistas, durante evento promovido pelo presidente do Banco Central Europeu, JeanClaude Trichet. Participavam ainda Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve (FED) - a autoridade monetária americana -, e o diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn. Queixando-se das especulações sobre a sucessão no BC, Meirelles afirmou que trazia a informação a público para evitar insegurança nos mercados financeiros. Sem entrar em detalhes sobre o teor do diálogo telefônico, confirmou o contato e se negou a fazer qualquer projeção a respeito de que cargo ocupará no novo governo, estimulando o suspense sobre sua permanência ou não no BC a partir de 2011. "Eu não tenho expectativa. Estou muito feliz de estar concluindo o governo com o presidente Lula, um trabalho que deu certo, que me gratifica

muito", comentou. "Tudo aquilo que nós nos propusemos a fazer oito anos atrás está demonstrando ter sido bem-sucedido neste momento." Sem imposições. Questionado pelo Estado sobre se continuará no posto caso seja convidado, Meirelles esquivou-se: "Isso será objeto de conversa." E garantiu que não levará condições para a reunião com Dilma. Meirelles ainda fez questão de afirmar que não vê ameaças à independência do BC na próxima gestão. Ele disse não ter ouvido diretamente de Dilma a suposta meta de reduzir a 2% a taxa de juros real em 2014. "A presidente eleita tem declarado repetidas vezes que é totalmente favorável à autonomia do Banco Central. É um sistema de trabalho que deu certo e acreditamos que vai continuar normalmente." Indagado se continua a favor da aprovação pelo Congresso Nacional de um projeto que garanta a autonomia do BC - que hoje é de fato, mas não de Direito -, Meirelles mais uma vez se esquivou. "Tenho declarado repetidas vezes que essa questão da autonomia legal é uma prerrogativa do Congresso Nacional e do presidente. Não cabe ao Banco Central comentar." Nem mesmo a confirmação de que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, será reconduzido ao cargo por Dilma tirou o presidente do Banco Central da neutralidade. "Não posso comentar notícias não confirmadas", argumentou, sem proferir nenhum elogio ou crítica à escolha. "É um período fértil para especulações. Vamos aguardar as decisões da presidente."

Dilma se irrita com atitude de Meirelles A presidente eleita, Dilma Rousseff, se irritou com Henrique Meirelles por ele ter divulgado que impõe condições para ficar no Banco Central, mas não descarta negociar sua permanência por um período tampão. De acordo com auxiliares de Dilma, Meirelles perdeu "muitos pontos" e deve "baixar o tom" para que os dois possam negociar sua posição no futuro governo. A presidente eleita disse a petistas que não convidou Meirelles a ficar, mas autorizou uma sondagem. A conversa definitiva deverá acontecer esta semana. Segundo se apurou, a intenção de Dilma era negociar com Meirelles sua permanência por um período de "três, seis ou oito meses", até que ela reorganize sua equipe econômica. CONTRARIADA Sexta-feira, Dilma ficou contrariada ao ser informada de que Meirelles teria dito à imprensa que fora convidado por ela para ficar no BC, mas

condicionou isso à manutenção da autonomia que desfrutou na gestão Lula. A futura presidente, segundo assessores, disse que desde sua eleição não havia conversado nem pessoalmente nem por telefone com Meirelles. Logo, afirmou, não foi feito convite.

INCÔMODO A avaliação da equipe de Dilma é que Meirelles teria criado uma situação incômoda para ela ao dizer que só ficaria com autonomia. Ou seja, não ficando, ele é quem teria decidido sair por não receber as garantias de liberdade de trabalho. Segundo um auxiliar, Meirelles "deu vários passos para trás" na definição do seu futuro dentro do governo Dilma. Além do BC, ele poderia ser aproveitado em outro ministério ou ser indicado para a embaixada brasileira em Washington.


Esportes

esportes@primeiraedicao.com.br

Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010 Programe-se - O tempo e as Marés - Opinião - Diário Oficial dos Municípios - Social

> SÉRIE B

ASA sofre nova derrota em Arapiraca: 2x1 Na última partida de 2010 no Coaracy da Mata Fonseca, Alvinegro voltou a decepcionar e perdeu para o desesperado América-RN ClickArapiraca

Futebolalagoano.com Pela 37º rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o ASA despediu-se de sua torcida jogando em casa, este ano, com uma derrota para o AméricaRN, por 2x1, jogando em pleno Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, na tarde deste sábado (20). Com o resultado, o Alvinegro desceu uma posição na tabela, ficando em 9º lugar, com 51 pontos. Já o América, com 41 pontos, é o 18º colocado e ainda tem chances de não ser rebaixado, dependendo da combinação de resultados. O ASA demonstrou superioridade na parte técnica, mas taticamente o seu adversário, o América-RN, mostrou certa superioridade e saiu de campo com a vitória. O América chegou ao primeiro gol, aos seis minutos, depois de erro do sistema defensivo. O meia Rone Dias, de fora da área, acertou um chute fortíssimo no canto direito do goleiro Paulo César, que nada pode fazer:1x0. Após o gol sofrido, o time alvinegro tentou esboçar uma reação, criando algumas jogadas, ora com o meia Ciel, ora com Luiz Mario e até com o Didira, mas, na hora da finalização, o time deixava a desejar, fazendo o técnico Vica ficar chateado com o desempenho final da equipe. Além de os meias de criação terem perdido alguns gols, o único homem no setor de ataque, o jogador Sylvestre, também contribuiu para as inúmeras chances perdidas na partida, fazendo com que o Alvinegro não chegasse ao gol de empate. Entretanto, aos 40 minutos, depois de uma falha do zagueiro Negrette, que errou o passe e deixou a bola nos pés do meia Ciel, ele não teve pressa, esco-

SORTEIO

Mais uma vez o ASA decepcionou e perdeu outra partida na Série B

lheu o canto direto e empatou a partida, fazendo a festa do povão alvinegro:1x1. Quando a bola rolou no segundo tempo, o Avinegro voltou a campo com a mesma postura que terminou o primeiro tempo. E, logo no inicio, com menos de dois minutos, por pouco o ASA não chegou ao segundo gol, após uma jogada do meio-campista Audálio. Mas a tarde realmente não era do ASA. Aos 19 minutos, depois de uma bola alçada na área, ninguém do sistema defensivo alvinegro conseguiu afastar o perigo, deixando a bola para o Washington, que tocou para o atacante Vavá. Ele só fez finalizar, ampliando o placar para o América: 2x1. Depois de marcar o segundo gol, o técnico Dado Cavalcanti começou a realizar algumas substituições para tentar fechar o sistema defensivo e assegurar

Resultados / Série B 19/11 19/11 20/11 20/11 20/11 20/11 20/11 20/11 20/11 20/11

São Caetano Paraná Icasa Náutico ASA Brasiliense Bahia América-MG Portuguesa Guaratinguetá

Santana volta para a direção do CRB

nato Brasileiro no próximo ano.

1x0 0x0 2x2 4x1 1x2 2x1 1x2 2x1 2x1 2x2

a vitória e, assim, poder ganhar uma sobrevida na briga contra o rebaixamento. Aos 28 minutos, o time de Arapiraca perdeu uma grande oportunidade de empatar. No primeiro lance, após entrar no lugar de Sylvestre, o atacante Medina errou o alvo e por pouco a bola não entrou. Com o lance de Medina, o ASA passou a pressionar ainda mais o time potiguar e, aos 43 minutos, o atacante Medina fez uma jogada inadmissível: com o goleiro totalmente fora do da meta, ele tocou para linha de fundo, desperdiçando o gol de empate. Portanto, com inúmeros gols perdidos e com a derrota confirmada, o time arapiraquense chegou à sexta derrota jogando em casa, nesta competição. Já o América-RN com a vitória chega aos 41 pontos e ganha uma sobrevida contra o rebaixamento para a Série C do Campeo-

O Departamento de Marketing da Agremiação Sportiva Arapiraquense, através da campanha Sócio-torcedor "Meu Coração é ASA" realiza na manha da próxima terça-feira (23), um grande sorteio para os sócios adimplentes com o mês de novembro. Dessa vez, a campanha não sorteará nenhum brinde extra, mas sim uma viagem com a delegação alvinegra para o último confronto do ASA na série B, contra o Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. No pacote, está incluso, além da passagem de ida e volta à hospedagem no mesmo hotel do elenco Alvinegro. Para participar desse sorteio, o sócio-torcedor deve pagar a mensalidade do mês de novembro até a segunda-feira (22), independente de quando venceu ou vencerá o boleto desse mês. Quem ainda não é sóciotorcedor e quiser concorrer à promoção, pode se cadastrar, pagar o boleto e também torcer para ser sorteado. No mês de dezembro, a campanha Meu Coração é ASA está preparando outras novidades para movimentar os sócio-torcedores, como o sorteio de bicicleta, DVD, notebook, entre outros brindes. Além disso, será apresentado o projeto da campanha para o ano de 2011. Para ser sócio, concorrer a prêmios e ter outros benefícios do programa, o torcedor pode realizar sua adesão através do site oficial (www.asaarapiraca.com.br/socio), indo ao Escritório do ASA, na Rua Domingos Correia, bairro Ouro Preto, em Arapiraca, ou ainda pelo telefone de contato (82) 8899.9934.

Próximos jogos / Série B Duque de Caxias Bragantino Coritiba Vila Nova América-RN Ponte Preta Santo André Sport-PE Ipatinga Figueirense

27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00 27/11 - 17h00

Vila Nova Coritiba Figueirense Ipatinga Ponte Preta Bragantino América-RN Santo André Sport-PE Duque de Caxias

x x x x x x x x x x

São Caetano Guaratinguetá Paraná Icasa América-MG Bahia Brasiliense Náutico Portuguesa ASA

Wyderlan Araújo

presidencial ser definida.

A cada dia que passa, aumenta a certeza de que Cícero Santana será o próximo presidente-executivo do CRB. O empresário continua realizando um trabalho forte nos bastidores para resolver algumas pendências do clube e adiantar o planejamento de sua gestão. Para facilitar o processo, Santana foi confirmando como o novo vice-presidente de futebol do CRB até o final da gestão de José Serafim. Com isso, o empresário será o representante legal do Galo da Pajuçara, tendo autonomia para participar de reuniões e resolver assuntos relacionados ao clube. A nova composição diretiva formada por Santana, também deverá entrar em ação, antes mesmo de a sucessão

REUNIÃO Nesta terça-feira (23), uma nova reunião envolvendo o futuro presidente do CRB, Cícero Santana, e os conselheiros está marcada para definir o planejamento para a próxima temporada. Até o momento, já está definido que o clube vai realizar sua pré-temporada no interior do Estado, devido às condições do Estádio Severiano Gomes Filho que ainda passa por reformas. A cidade de Passo do Camaragibe poderá ser escolhida para receber o elenco Alvirrubro, inclusive, alguns membros da diretoria já visitaram o local, onde o clube deve iniciar a preparação para o Campeonato Alagoano de 2011 no início do próximo mês.

<<< CORREÇÃO >>> Em nossa edição semanal de 25 a 31 de outubro, a editoria de esportes errou ao identificar o advogado do CRB, OSVALDO SESTÁRIO, pelo nome de ANTÔNIO CARLOS SESTARO. Lamentamos o ocorrido. Editoria do Jornal Primeira Edição.

Classificação / Série B 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

Coritiba Bahia Figueirense América-MG Portuguesa Sport-PE Paraná São Caetano ASA Bragantino Duque de Caxias Náutico Icasa Ponte Preta Guaratinguetá Vila Nova Brasiliense América-RN Ipatinga Santo André

P 71 65 64 62 59 56 53 52 51 50 49 48 48 47 44 43 43 41 40 40

J 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37

V 21 19 18 19 18 15 15 14 16 12 15 14 13 12 10 12 11 11 11 10

E 8 8 10 5 5 11 8 10 3 14 4 6 9 11 14 7 10 8 7 10

D 8 10 9 13 14 11 14 13 18 11 18 17 15 14 13 18 16 18 19 17

GP 67 63 64 56 66 54 45 49 52 50 45 41 49 49 45 48 39 39 45 52

GS 46 42 35 42 52 39 40 50 55 37 55 59 50 48 56 67 58 66 60 61

SG 21 21 29 14 14 15 5 -1 -3 13 -10 -18 -1 1 -11 -19 -19 -27 -15 -9


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

B2 | Esportes

> OUTROS ESPORTES

Com três de Marta, Brasil vence Chile: 3x1 Campeã por antecipação, Seleção teve sete vitórias em sete partidas e garantiu vaga na Copa do Mundo e Olimpíadas Globoesporte.com A Seleção Brasileira feminina terminou o Sul-Americano com o título e 100% de aproveitamento, no Equador. Neste domingo, a equipe do técnico Kleiton Lima encerrou sua participação no torneio vencendo o Chile por 3 a 1, com três gols da craque Marta. A conquista da competição continental pela quinta vez garantiu ao Brasil uma vaga na Copa do Mundo de 2011, na Alemanha, e nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres. Em sete jogos no Equador, as brasileiras conseguiram sete vitórias: Venezuela (4 a 0), Uruguai (4 a 0), Colômbia (2 a 1), Paraguai (3 a 0), Argentina (4 a 0), Colômbia (5 a 0) e Chile (3 a 1). - Conseguimos mais uma vitória, que era o nosso objetivo, fechando a competição com 100% de aproveitamento. As meninas que entraram mostraram a força do elenco brasileiro, já que conseguimos manter o mesmo desempenho dos duelos anteriores. Este título veio graças ao trabalho coeso da comissão técnica e o empenho e a determinação das nossas jogadoras - disse Kleiton. Também neste domingo, a Colômbia venceu a Argentina e ficou em segundo lugar do SulAmericano, com vaga em uma repescagem para ir às Olimpíadas. Brasil, Colômbia, Argentina

EFE

e Chile estarão no Mundial. Na primeira fase, Marta & cia. venceram Venezuela (4 a 0), Uruguai (4 a 0), Colômbia (2 a 1) e Paraguai (3 a 0). Na abertura do quadrangular final, a Seleção goleou a Argentina por 4 a 0. Na última sexta, a equipe bateu a Colômbia por 5 a 0 e ficou com o quinto título continental antecipado. - Estou muito feliz pela conquista, pois as nossas jogadoras trabalharam bastante em busca do objetivo, que era primeiro garantir vaga na Copa do Mundo e também nos Jogos Olímpicos, depois, ficar com o título, retomando a hegemonia no continente sul-americano - disse Kleiton.

FESTA PARA VETTEL Cerca de 10 mil pessoas esperavam por Sebastian Vettel neste domingo, em Heppenheim, cidade natal do piloto alemão. Campeão mundial na última semana, o piloto da RBR foi recebido com festa pela população. Chamado de “Vettelheim”, o lugar tem apenas 26 mil habitantes. - Fiquei sem voz, não esperava tanta gente. Uma coisa é ser campeão do mundo em Abu Dhabi, mas outra é celebrar este título na cidade em que nasci disse. O novo campeão receberá o título de cidadão honorário da cidade onde vivem seus pais e

Marta levanta a taça com alegria ao lado de Joseph Blatter (presidente da Fifa) e Nicolas Leoz (da Conmebol)

participará na próxima semana da Corrida dos Campeões de Dusseldorf, ao lado de Michael Schumacher. Na chegada, Vettel afirmou que o espanhol Fernando Alonso ainda não o cumprimentou pelo título, conquistado na semana passada, em Abu Dhabi. Disse também que se sente feliz na RBR e fugiu das comparações com o compatriota Schumacher, heptacampeão mundial: “É um feito único”.

STOCK CAR Após largar em sexto lugar, Cacá Bueno contou com uma dose de sorte e muita competência na estratégia de corrida para

Celso Teixeira volta para o comando técnico do Coruripe Márcio Ândrei

Celso Teixeira está voltando para o futebol de Alagoas. Polêmico e competente, Teixeira comandará o Coruripe no Campeonato Alagoano 2011. Além de Teixeira, a nova comissão técnica do Hulk dos Canaviais terá o preparador físico, Vitor Albuquerque. A direção do Coruripe nega a informação e afirma que o anúncio só será feito no dia 29 durante a apresentação do elenco. Mas uma fonte ligada a direção confirmou a contratação. O Coruripe também teria pensado em Gilson Kleina, que comandou o time no último titulo estadual do clube. Celso Teixeira já dirigiu o time alviverde por mais de uma vez. Em uma oportunidade saiu após um desentendimento que envolveu o diretor de futebol, Rosewellington Tavares e o presidente do clube, Maycon Beltrão. Em 2009, Celso voltou e comandou uma arrancada sensacional do Coruripe que tirou a equipe do risco de rebaixamento

vencer a etapa de Brasília da Stock Car, e chegar à vice-liderança do campeonato a apenas uma etapa do fim da temporada. Cacá vinha em segundo lugar quando um pneu do carro de Ricardo Maurício, líder da prova e do campeonato, furou na 30ª volta, tirando o piloto da prova e abrindo o caminho para o carioca vencer a prova e embolar a disputa pelo título da temporada. Segundo colocado na prova, Max Wilson, companheiro de equipe de Ricardo Maurício, assumiu a liderança do campeonato, somando 267 contra 261 pontos de Cacá na classificação, sem contar o descarte do pior resultado na SuperFinal.

- Pelo que a gente fez, a gente merecia estar vivo no campeonato. Se a gente vai ganhar ou não, se o Ricardinho no final vai ser o campeão, se o Max vai ser campeão, é outra coisa. Mas a gente merecia chegar na última etapa vivo na briga, pelo que a gente fez no ano inteiro - disse Cacá logo após a corrida. A prova começou com Ricardo Maurício mantendo a liderança e Allam Khodair pulando da terceira para a segunda colocação, passando Rodrigo Sperafico, que largara na segunda posição. Com um circuito menor que a média das pistas da Stock Car, os carros permaneceram muito próximos entre si,

aumentando a possibilidade de toques e acidentes. Logo na primeira volta, William Starostik saiu da pista e bateu na proteção, forçando a entrada do carro de segurança. Na relargada, na quinta volta, Rodrigo Sperafico passou Marcos Gomes e assumiu a terceira colocação. O carro de Gomes não rendia como o esperado, e Átila Abreu já chegava para lutar pela quarta colocação na sétima volta. Na liderança da prova, Ricardo Maurício abria cerca de 0,7s de Allam Khodair, não sendo ameaçado pelo rival. Na 12ª volta, Átila Abreu, que ocupava a 26ª posição, teve o pneu esquerdo traseiro estourado, o mesmo acontecendo com Thiago Marques na 14ª volta. Como Christian Fittipaldi bateu na barreira de pneus também na 14ª volta, o carro de segurança foi novamente acionado. Com isso, os pilotos ficaram novamente próximos na pista. A dez voltas do fim, a ordem dos pilotos era a seguinte: Cacá Bueno, Daniel Serra, Thiago Camilo, Max Wilson, Allam Khodair e David Muffato, embolando completamente a disputa pelo título da temporada 2010 da Stock Car. Na 42ª volta, Max Wilson ultrapassou Thiago Camilo e assumiu a terceira colocação na prova. No fim, Cacá, Max Wilson Thiago Camilo compuseram o pódio.

CSA já tem programação definida para Salvador Correio de Imperatriz

Polêmico, Celso Teixeira vai trabalhar no Coruripe na próxima temporada

e levou o Coruripe para as finais do 2º turno da competição, eliminando o favorito Corinthians e enfrentando o ASA. Após sua passagem pelo Coruripe, Teixeira voltou em duas oportunidades para Alagoas e atuou em CSA e CRB, deixando um rastro de polêmicas. No CSA envolveu-se em uma inexplicável orientação sobre um resultado que classificaria a equipe diante

do Santa Cruz. No CRB deixou o clube após um forte desentendimento com o Tenente Coronel, Walter do Vale, quando o militar chegou a sacar uma arma contra o treinador. Poucos profissionais que passaram no futebol alagoano tem a capacidade técnica do técnico Celso Teixeira de se envolver e ser envolvido, em confusões fora das quatro linhas.

Depois do vexame no jogo contra o ABC-RN, na quartafeira passada, quando foi derrotado em pleno Estádio Rei Pelé, por 4x2, pela fase classificatória do Campeonato do Nordeste, o CSA retomou as atividades, começou a “juntar os cacos” e já programou a viagem para jogar a partida contra o Vitória, na próxima quartafeira (24), no Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador-BA, pelas semifinais da competição. A supervisão de futebol do Azulão, por meio do supervisor do clube, Lourinaldo Melo, já tem traçada a programação de viagem. A delegação azulina vai embarcar no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na próxima terça-feira (23), em voo da TAM número 3193, às 12h40, com chegada prevista a Salvador por volta das 13h40. O retorno do elenco será na quinta-feira (25), também em

Lino viaja nesta terça para Salvador com a expectativa de chegar na final

voo TAM nº 3192, às 13h30, com chegada prevista a Maceió, às 14h30.

DESENTENDIMENTO Fora de campo, as declarações do técnico Lino voltaram a causar polêmica, esta semana, desta vez, dirigidas a um dos vice-presidentes azulinos. Em entrevista à Rádio Gazeta

AM, Lino revelou que está cheio das piadinhas do vicepresidente financeiro, Marcelo Bibiano. O treinador não citou que piadinhas seriam essas, mas pelo tom das declarações, percebe-se que nem tudo são flores no ambiente do Mutange, sobretudo em relação a alguns dirigentes.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

Esportes |B3

> BRASILEIRÃO

Flu goleia São Paulo e recupera liderança Muricy é ovacionado pelos torcedores dos dois times. Time carioca deslancha e foi favorecido pelo tropeço do Corinthians UO L

Globoesporte.com

Ataque do Fluminense funcionou novamente, e Tricolor segue firme na luta pelo título do Brasileirão Série A

Com os ouvidos no Barradão e os olhos na Arena Barueri, torcedores de Fluminense e São Paulo comemoraram juntos uma vitória carioca por 4 a 1 sobre os paulistas. Os visitantes celebraram a liderança, conquistada também graças ao tropeço do Corinhtians, e os torcedores paulistas vibraram com o prejuízo ao rival. O time carioca ficou com 65 pontos, garantiu matematicamente a vaga na Libertadores e voltou à primeira posição porque o Timão empatou com o Vitória por 1 a 1 no Barradão, no mesmo horário, e encerrou a rodada coim 64 pontos. O São Paulo, com 51, deu adeus ao objetivo de se classificar para a Libertadores e agora vai comemorar a Copa do Brasil. Na próxima rodada, o São Paulo encara o Atlético-GO, no domingo, no Serra Dourada, e o Fluminense joga contra o Palmeiras na Fonte Luminosa, no mesmo dia.

TROPEÇO No sobe e desce do Campeonato Brasileiro, agora foi a vez do Corinthians pegar o elevador para baixo. No dia em que Ronaldo voltou a se lesionar, passando a ser dúvida para as duas últimas rodadas, o Timão empatou por 1 a 1 com o Vitória, neste domingo, no Barradão, e perdeu a liderança para o Fluminense. Danilo e o goleiro Viáfara, batendo uma polêmica penalidade, marcaram. O resultado é ruim também para os baianos, ainda seriamente ameaçados pelo rebaixamento à Série B. O Fenômeno deixou o campo aos 27 minutos do primeiro tempo, sentindo dores na parte posterior da coxa direita. O jogador será reavaliado pelo no retorno da delegação a São Paulo. Antes mesmo dos testes, a presença dele até o encerramento da competição nacional já é uma incógnita. O placar em Salvador deixa o Corinthians na segunda colocação, com 64 pontos, um abaixo do Tricolor carioca, que derrotou o São Paulo por 4 a 1, em Barueri. Como consolo, o Timão garantiu antecipadamente uma vaga na Libertadores de 2011. Os baianos estão no limite para entrarem na zona do rebaixamento, em 16º, com 40 pontos, três a mais que o Avaí.O Corinthians volta a jogar no próximo domingo, contra o Vasco, às 17h, no Pacaembu, em São Paulo. Já o Vitória visita o Internacional, no mesmo dia e horário, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

RESERVAS DE LUXO Alguns colorados pediram. Torcedores chegaram a levar uma faixa ao Engenhão na tarde deste domingo, dizendo aos jogadores do Inter: entreguem para o Botafogo. Mas o time reserva treinado por Celso Roth não quis saber de rivalidade Gre-Nal. E venceu. Com gols de Andrezinho e Rafael Sobis, o Colorado fez 2 a 1 no Alvinegro carioca. Consequentemente, ajudou o Grêmio na concorrência por vaga na Taça Libertadores. Derrotado, o Botafogo segue com 56 pontos, na 6ª colocação empatado com o Atlético-PR, mas com menor número de vitórias (16 a 13). O Inter é o 7º, dois pontos atrás. E o Grêmio, maior beneficiado pelo resultado, segue na 4ª posição, fechando o G4, com 57. Na 37ª rodada, o Botafogo recebe o Prudente, novamente no Engenhão, às 17h do próximo domingo. No mesmo dia e horário, o Inter enfrenta o Vitória, no Estádio Beira-Rio.

ATLÉTICO-MG Rebaixamento é uma palavra cada vez mais distante da

nos, diminuiu para dois pontos a distância do líder, agora o Fluminense, com 65 pontos. Com o resultado, o time está garantido na Libertadores do ano que vem. A Raposa utilizou de uma arma mortal: as cobranças de escanteio. Tanto que todos os gols celestes saíram da jogada de bola parada. Roger, Henrique e Edcarlos marcaram para os donos da casa. Renato Augusto descontou para o Vasco. Na próxima rodada, a Raposa vai ao Rio de Janeiro encarar o Flamengo, no domingo, às 17h (de Brasília). Já o Vasco vai ao Pacaembu, para o duelo contra o Corinthians, no mesmo horário.

realidade do Atlético-MG. Em novo passo para a permanência na Série A em 2011, o Galo se impôs diante dos reservas do Palmeiras, fez 2 a 0 com tranquilidade e deixa o desespero para os rivais - Avaí, Guarani, Atlético-GO, Vitória... Diego Souza e Neto Berola foram os herois da vez e marcaram os gols atleticanos, que fizeram a equipe de Dorival Júnior sair de Araraquara com mais três pontinhos fundamentais na tabela. A duas rodadas do fim do Brasileirão, o Galo só precisa de uma vitória para se salvar. O Galo foi a 42 pontos, cinco acima do Avaí, primeiro da zona de rebaixamento, que ainda joga nesta 36ª rodada. Já o Palmeiras, mais interessado na SulAmericana, permaneceu com

AVAÍ VENCE O Avaí fez valer sua condição de dono da casa e fez 3 a 0 sobre o Atlético-GO, neste domingo, na Ressacada. O resultado tira a equipe catarinense da zona de rebaixamento. Agora, o time está em 16º com 40 pontos. O Dragão, que tem os mesmos 40 pontos, está em 15º. Os gols da partida foram marcados por Eltinho e Jeferson (dois). O Avaí jogou com um homem a mais desde a expulsão de Thiago Feltri, aos 39 minutos do primeiro tempo. O primeiro gol dos catarinenses saiu logo no minuto seguinte, na cobrança da falta, em chute de Eltinho que foi desviado pela defesa goiana. Como as duas equipes precisavam muito da vitória, ninguém quis ficar para trás e o jogo foi aberto desde o apito inicial. Dono da casa, o Avaí teve mais posse de bola e presença mais constante na área adversária. Os dois goleiros tiveram trabalho no início e trabalharam bem. No decorrer da partida o Avaí, cresceu e mostrou superioridade suficiente para conquistar o resultado positivo.

O Fluminense voltou à primeira posição porque o Timão empatou com o Vitória

50, na parte intermediária da competição. O foco do Verdão é a Copa Sul-Americana. O próximo adversário de ambas as equipes é o Goiás. O Palmeiras enfrenta o Esmeraldino na quarta-feira, no Pacaembu, pela semifinal da competição internacional. Já o Galo pega o mesmo rival no domingo, às 17h, em Sete Lagoas.

CORRENDO POR FORA O Cruzeiro conseguiu seu objetivo. Venceu o Vasco por 3 a 1, na Arena do Jacaré, e continua firme na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Se não subiu de posição na tabela de classificação, a Raposa, pelo me-

Resultados / Série A 20/11 20/11 20/11 21/11 21/11 21/11 21/11 21/11 21/11 21/11

Flamengo Grêmio Grêmio Prudente Vitória-BA Palmeiras Botafogo São Paulo Cruzeiro Avaí Goiás

2x1 3x1 1x1 1x1 0x2 1x2 1x4 3x1 3x0 1x4

Guarani Atlético-PR Ceará Corinthians Atlético-MG Internacional Fluminense Vasco da Gama Atlético-GO Santos

Próximos jogos / Série A 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00 28/11 - 17h00

Flamengo Internacional Botafogo Atlético-GO Corinthians Guarani Ceará Palmeiras Atlético-MG Avaí

x x x x x x x x x x

Cruzeiro Vitória-BA Grêmio Prudente São Paulo Vasco da Gama Grêmio Atlético-PR Fluminense Goiás Santos

Classificação / Série A 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

Fluminense Corinthians Cruzeiro Grêmio Atlético-PR Botafogo Santos Internacional São Paulo Palmeiras Vasco da Gama Ceará Flamengo Atlético-MG Atlético-GO Avaí Vitória-BA Guarani Goiás Grêmio Prudente

P 65 64 63 57 56 56 55 54 51 50 46 46 43 42 40 40 40 37 32 28

J 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36 36

V 18 18 18 15 16 13 15 15 14 12 10 10 9 12 11 10 9 8 8 7

E 11 10 9 12 8 17 10 9 9 14 16 16 16 6 7 10 13 13 8 10

D 7 8 9 9 12 6 11 12 13 10 10 10 11 18 18 16 14 15 20 19

GP 59 62 49 62 41 51 61 44 49 40 41 34 40 49 50 46 41 33 39 38

GS 35 40 36 43 44 38 47 40 53 39 43 41 42 59 56 55 47 49 64 58

SG 24 22 13 19 -3 13 14 4 -4 1 -2 -7 -2 -10 -6 -9 -6 -16 -25 -20


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

B4 | Roteiro Devassas - O que as mulheres gostariam que fizessem com elas na cama O espetáculo, que trata da sexualidade feminina, será reapresentado nos dias 26 e 27 de novembro (sexta e sábado), às 20h, no Teatro do Centro Cultural Sesi. Ingressos: R$ 20,00 (Inteira) R$10,00 (meia-entrada). Maceió Jazz Festival O 6º Maceió Jazz acontecerá de 25 a 28 de novembro deste ano. O evento terá uma programação focada na música instrumental, descentralizada e aberta ao público. O palco principal será montado na Praça Multieventos (praia da Pajuçara). Mas hotéis, bares e restaurantes da cidade também farão parte do roteiro de apresentações, serão 10 palcos. Confira a programação completa no site www.maceiojazzfestival.com.br Oficinas gratuitas para músicos Maceió Jazz Festival está abriu 40 vagas gratuitas para três oficinas, que acontecerão nos dias 24, 25 e 26. A inscrição pode ser feita até amanhã (23) através do site: www.maceiojazzfestival.com.br. Os oficineiros serão os músicos Arthur Maia, Gilson Peranzzetta e Mauro Senise. Oficina de guerreiro Oficina de Guerreiro com o Mestre Juvenal para o público com mais de 60 anos. A oficina tem inscrições gratuitas e acontece de 22 a 26 de novembro, das 9h às 12h, no Sesc Poço. Mais informações: 0800 284 2440 e 2123-2415

Chau do Pife faz show no Quartas Musicais No dia 24 de novembro, através do projeto Quartas Musicais, o instrumentista alagoano Chau do Pife estará se apresentando no Teatro sesc Jofre Soares, Sesc Centro, às 20h. Ingressos: R$ 5 para comerciários e estudantes e R$ 10 para usuários. Mais informações: 0800 284 2440 e 3326-3133 Comédia com Jessier Quirino O humorista, poeta, escritor e contador de causos volta a Maceió para duas apresentações: dias 24 e 25 de novembro, às 21h, no Teatro Marista. Os ingressos custam: R$ 50 e R$ 25 (estudantes e idosos) e estão à venda na Cia. das Havaianas, no Maceió Shopping. Mais informações: 3235-4280 e 9979-5959. Mês do Cinema no Sesc Oficina com Cineclube Tela Tudo Horário: 14h às 17h Apresentação do projeto "Imagens com Banda Sonora" com a banda Duvet Horário: 19h Quando: dia 23 (amanhã) no Sesc Arapiraca (Rua Manoel Cazuza, s/n, Santa Edwiges, Arapiraca, AL), dia 24 no Sesc Ler Palmeira dos Índios e dia 25 Sesc Ler Teotônio Vilela. Entrada franca Mais informações: 0800 284 2440 e 3326-3133

Participação especial com a Banda Time Machine Local: Sesc Poço (Rua Pedro Paulino, 40, Poço) Horário: 19h Ingressos: arquibancadas ? R$ 13 para comerciários; R$ 15 conveniados e R$ 30 para usuários Mesas ? R$ 17,50 para comerciários; R$ 20 conveniados e R$ 35 para usuários Mais informações: 0800 284 2440 Exposições Sobreluzes Artista visual Myrna Maracajá Fotografias, desenhos e gravuras digitais Galeria Sesc Arapiraca (Rua Manoel Cazuza, s/n, Santa Edwiges, Arapiraca, AL) Período: até 31 de dezembro Mais informações: 0800 284 2440 e 3326-3133

Ateliê Sesc Até o dia 30 de novembro, está aberta ao público a exposição Ateliê Sesc Aberto, com os artistas participantes do Ateliê Rosivaldo Reis e Lúcia Galvão Local: Galeria Sesc, Sesc Centro (Rua Barão de Alagoas, 229, Centro) Horário de visitação: terça a sexta-feira, das 12h às 18h Entrada franca Mais informações: 0800 284 2440 e 3326-3133 Luau Sesc Guaxuma Quando: 27/11 Banda Samba na Ladeira Horário: 21h às 00h

Happy Hour Especial Quando: 26/11 Show com Elymar Santos

> ARTIGO

> MÚSICA

Reflexões para um final de ano

Maceió Jazz Festival começa nesta semana

Os tempos medidos em calendários são assim. Anos passam rápido, séculos demoram mais e milênios muito mais ainda. O ano de 2010 vai acabar em breve, mas vem aí o 2011, recomeçando tudo. A vida é cruel e difícil de entender; mas é linda e maravilhosa se soubermos aprecia-la. Como nos calendários, ela termina, mas se renova, é efêmera e rápida individualmente, mas infinita globalmente. Todos nós sabemos o que é a vida simplesmente porque estamos vivos e temos a capacidade de auto percepção, mas os animais e as árvores também estão vivos e, talvez, nem saibam disso. Onde encontrar uma lógica nessa aparente complicação entre tempos e vidas, finitudes e infinitudes. Uma questão pode começar com o lema da bandeira brasileira: Ordem e Progresso. Há alguns filósofos que acreditam ser impossível conciliar os dois temas. Ordem implica em continuidade uniforme, em permanência de estado. Progresso implica em renovação, avanço, quebra de padrão. Como encontrar coerência nesse lema? A solução pode ser evolução. Evoluir significa passar de um estado a outro através do progresso, superando limites. Para os seguidores de Darwin, essa é a chave. Foi através de eventos alteradores do ambiente que as espécies evoluíram. Os indivíduos que conseguiram se adaptar às novas condições, sobreviveram e transmitiram essas condições às gerações seguintes. Como aplicar essas reflexões à nossa vida diária. Distinguindo quando manter a situação e quando se faz necessário buscar o progresso. Às vezes pode ser necessário vencer os limites. O objetivo será encontrar ou criar um novo patamar, uma outra situação, melhor do que a atual. Quase sempre são pressões externas que levam a uma tomada de posição. Para chegar a esse ponto, será necessária uma avaliação minuciosa do momento e circunstâncias atuais, dos modelos existentes, das possibilidades, quem sabe, das probabilidades de acerto. Mas os limites são muito tênues em muitas ocasiões. Voltemos à vida. O nosso planeta está numaposição limite no espaço, entre o calor excessivo do sol e o frio existente em áreas mais distantes. Além disso, o globo tem uma inclinação de seu eixo no grau suficiente para produzir um rodízio nas estações. Se assim não fosse, em algumas áreas o calor seria muito grande e em outras dominaria um frio intenso, de modo permanente. Aprendemos isso com a Geografia. A alternância das estações cria a possibilidade das plantações sazonais e das colheitas no momento certo, da renovação da natureza, do ciclo

entre o calor e frio. Essa ordem perfeita permitiu a vida, mas os cataclismas geraram a evolução, segundo Darwin, obrigando as espécies a evoluir pela adaptação. Isso em um enfoque macro. Se partirmos para o micro, o indivíduo, o humano, veremos que também aí existem limites tênues. A temperatura corporal é um exemplo claro. A variação permitida se situa em apenas 4 ou 5 graus, entre os 35 e os 40º, pois se a temperatura variar para menos ou mais do que esses limites, a vida começa a ser ameaçada. E vida ameaçada reage, pois ela quer se manter. E a manutenção se busca tanto no plano individual quanto no coletivo. Então, permeando a Ordem e o Progresso estão os Limites. E nós, humanos ditos racionais, mas embebidos e envolvidos pelas emoções, precisamos a cada momento definir onde devem ficar esses limites. A questão será sempre quando manter a ordem e quando e como buscar o progresso. Essas questões e as consequências das decisões tomadas estão presentes na vida diária: no trabalho, na família, nas relações sociais e políticas. O problema dos limites se aprofunda mais ainda quando sabemos, pela psicanálise, que o sujeito humano não é fruto de si mesmo, mas da sua história, da fala e do olhar do Outro. Foi desse Outro, de uma série de circunstâncias, que ele se constituiu, portanto suas "opiniões" têm muito daquilo que ele recebeu do Pai, da Mãe, ou mesmo da falta desse Pai e dessa Mãe, além do recebido da cultura e dos costumes da sociedade em que está inserido. É o que a psicanálise chama de sujeito. Assujeitado pela sua história, mas com a possibilidade de tornar-se o sujeito, aquele que age, que toma a decisão. Quando chega a essa posição ele se torna igual a como nos ensina a gramática, o sujeito é o senhor da ação. Então, caro leitor, cara leitora, busque um equilíbrio entre a sua ordem e o seu progresso, procurando se conhecer mais e administrar o melhor possível os seus limites, analisando o sujeito que você é. Mas respeite os limites do outro. Especialmente quando se aproxima um final de ano e expectativa de um novo, o momento parece oportuno para uma reflexão: o que devo e posso fazer para atingir um novo patamar em meu progresso pessoal, superando a ordem antiga e o que posso e o que devo realizar para contribuir na evolução da sociedade a qual pertenço e integro. As respostas a essas perguntas certamente não conhecem limites.

“Evoluir significa passar de um estado a outro através do progresso, superando limites”

Redação A partir da próxima quintafeira (25), os maceioenses poderão apreciar boas músicas instrumentais reunidas em um único evento: Maceió Jazz Festival, que volta Maceió após 11 anos de inatividade. O evento, que começa dia 25 e segue até o dia 28 de novembro, reunirá grandes artistas locais e nacionais. De acordo com o produtor e idealizador do projeto, Rogério Carnasciali, a volta do festival atende aos inúmeros pedidos recebidos durante todos esses anos em que a cidade ficou fora do circuito de eventos do gênero. O palco principal será montado

na Praça Multieventos, na Pajuçara, que receberá artistas alagoanos como Almir Medeiros, Brasil Modern Jazz Quarteto, Chau do Pife, Everaldo Borges Quinteto e Geraldo Henrique, além de Gandelman, Maia, Peranzzetta e Senise. A programação será iniciada às 20h e se encerrará às 23h20. Mais 10 palcos serão montados em hotéis, bares e restaurantes da cidade, os quais farão parte do roteiro das apresentações. O evento também oferecerá três oficinas de música e seminários sobre empreendedorismo cultural. As inscrições são gratuitas. Para mais informações, consulte o endereço eletrônico www.maceiojazzfestival.com.br

PROGRAMAÇÃO: DIA 25 (quinta-feira)

Local: Sesc Guaxuma (Rua Coronel Mário Saraiva, s/n, Guaxuma) Ingressos: R$ 5 a R$ 15 Ônibus para transporte do Sesc Guaxuma ao Sesc Poço: R$ 3 (por pessoa) Mais informações: 0800 284 2440 e 3326-3133 Música ao vivo em Guaxuma Quando: 28/11 Alisson Cunha: chorinho, samba e bossa nova Local: Sesc Guaxuma (Rua Cel Mário Saraiva, Manoel Cazuza, s/n, Guaxuma) Horário: 13h Ingressos: Gratuitos para comerciários, R$ 6,00 a R$ 15,00 Música ao vivo em Arapiraca Quando: 28/11 Banda Revelação Local: Sesc Arapiraca (Rua Manoel Cazuza, s/n, Santa Edwiges, Arapiraca, AL) Horário: 12h Ingressos: gratuito para comerciários, R$ 6,00 a R$ 15,00 A Serpente A peça "A Serpente", de Nelson Rodrigues, será apresentada em Maceió nos próximos dias 04 e 05, no Teatro Deodoro. No elenco, a atriz Débora Falabella. Ingressos a preços populares: R$ 20 e R$ 10. Informações: 3325-2373/9601-2828

Cinema em Maceió Shopping Maceió (3218.9700) Harry Potter e as relíquias da morte Aventura (11:00 somente sábado) 14:00 17:00 20:00 12 anos

A última música Drama 10:30 (somente sábado) 10 anos

Muita calma nessa hora Comédia (13:50 16:00 18:00 - somente 6ª/Sab/dom) 20:00 21:55 14 anos

Shopping Farol (3218.9777) Harry Potter e as relíquias da morte Aventura 13:00 15:50 18:40 21:30 12 anos

Tropa de Elite 2 Ação 16:50 19:10 21:30 16 anos

Muita calma nessa hora Comédia 14:50 14 anos

Shopping Pátio Maceió (3223-1400) Harry Potter e as relíquias da morte Aventura Dublado: 14:00 17:00 (20:00 exceto 3ª) Legendado: 15:30 18:30 21:30 12 anos Muita calma nessa hora Comédia (13:00 somente sab/dom), 15:00 17:25 19:40 21:50 14 anos

Red - Aposentados e perigosos Ação (13:35 somente sab/dom) 16:20 18:45 21:20 12 anos Garfield - Um super herói animal em 3D Animação 14h20 Livre

Jogos Mortais - O final em 3D Terror Dublado: 16:10 Legendado: 18:10 22:00 18 anos

Cine Sesi (3336.2277)

DIA 26 (sexta-feira)

Eu matei minha mãe Drama 20:50 - exceto segunda-feira 16 anos

Reflexões de liquidificador Comédia 17:20 - exceto segunda-feira 12 anos

5x favela - Agora por nós mesmos Drama 19:00 - exceto segunda-feira 12 anos

Honeydripper - Do blues ao Rock Drama 15:00 - exceto segunda-feira 14 anos

Horóscopo

DIA 27 (sábado)

DIA 28 (domingo)

Gilberto Costa Ribeiro Psicólogo

Áries de 21/03 a 20/04 Áries está sob a influência de fortes energias, ultrapassará todos os obstáculos caso mostre mais força de vontade e certezas. Lute pelos seus interesses pessoais.

Libra de 23/09 a 22/10 Libra terá uma semana tranquila, tente tirar alguns momentos para tratar de si, porque não ler um bom livro ou ir ao cinema. O convívio com os seus familiares será muito agradável.

Touro de 21/04 a 20/05 Touro vai deparar-se com situações que o levarão a analisar as suas experiências anteriores para que possa tomar decisões acertadas e prudentes no momento presente.

Escorpião de 23/10 a 21/11 Escorpião terá uma semana rica em progressos, a concretização de um objetivo está próxima. Terá grande poder de decisão em momentos decisivos

Gêmeos de 21/05 a 20/06 Gemeos deve ser prudente e agir com cautela a fim de evitar perdas de qualquer tipo. Tente tirar alguns momentos para meditar e refletir, verá que no final encontrará as respostas necessárias para que tudo dê certo.

Sagitário de 22/11 a 21/12 Sagitário terá uma semana promissora, novas portas podem abrir-se, permitindo encarar a vida de outra maneira. Mesmo tendo de ultrapassar alguns obstáculos, vai ter o controle de todas as situações.

Câncer de 21/06 a 21/07 Câncer terá uma semana intensa a nível de emoções e sentimentos. Terá de colocar as suas ideias em ordem para que possa tomar as decisões mais acertadas para o seu futuro.

Capricórnio de 22/12 a 20/01 Capricórnio terá uma semana tranquila e estável, poderá ter de dar apoio a amigos ou familiares que estejam numa situação delicada, nesse caso a sua ajuda será fundamental.

Leão de 22/07 a 22/08 Leão terá uma semana pautada por alguma desorganização, deve analisar cuidadosamente as suas decisões e atitudes porque o momento é de dúvida. Nada deve ser iniciado ao longo deste período.

Aquário de 21/01 a 19/02 A quário terá os objetivos bem delineados e estruturados para que tudo dê certo, vai conseguir transformar o que for necessário para alcançar a estabilidade desejada

Virgem 23/08 a 22/09 Virgem terá as recompensas merecidas pelos esforços anteriormente feitos. Vai sentir-se feliz e contente por ter o reconhecimento dos outros.

Peixes de 20/02 a 20/03 Peixes vai sentir-se indeciso em relação a alguns dos caminhos já escolhidos, não disperse o pensamento e ouça a sua voz interior. Algumas decisões serão positivas para o seu futuro.

O tempo e as marés - 22/11

31º Nascer do Sol: 04h51

Pôr do sol: 17h27

21º Probabilidade de chuva: 0%

Lua cheia

Marés altas 12h19..........1,8 ---------------------

Marés baixas 06h13..........0,3 18h32..........0,3


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

Opinião |B5

Foto da semana

Editorial

Choro dos derrotados Como fumaça no lixo, aqui e ali se houve que, em ação subterrânea, urde-se um esquema, uma 'operação jurídica', para impedir a diplomação e posse do governador Teotonio Vilela Filho. Qual seria o argumento contra a vitória de Vilela? Bom, não seria difícil arranjar alguém que, por um bom soldo, se dispusesse a testemunhar afirmando ter visto correligionários do candidato tucano comprando meia dúzia de votos. Mas, isso bastaria? Claro que, se a trama existe, quem a conduz sabe que isso não tem o menor cabimento. Não dá para contestar uma vitória afirmativa que os próprios adversários, no final da campanha, reconheciam como iminente, diante dos números frios de suas próprias pesquisas e levantamentos. Então, o que justificaria o ânimo em busca de uma virada no tapetão? A 'confiança' num dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral. Cita-se nominalmente Hamilton Carvalhido, o mesmo que relatou o processo da Ficha Limpa contra Lessa, e o absolveu. Mas, existe isso no TSE? Carvalhido faria tal jogo? E como chegar ao Tribunal Superior sem antes recorrer à instância própria, no caso, o Tribunal Regional Eleitoral? E como seria, aqui, sabendo-se que o TRE-AL já proclamou o resultado eleitoral atestando total correção e lisura no pleito? Ronaldo Lessa sabe o que é isso. Venceu em 2002 (ano de sua reeleição ao governo), mas Fernando Collor (seu aliado de hoje) recorreu para impedir-lhe a diplomação. Com denúncia infundada, Collor perdeu aqui e em Brasília. Fica, então, uma pergunta: será que o desespero (já arrefecido) levaria Lessa a usar contra Vilela, o mesmo veneno que Collor lhe injetou no passado?

O prédio à direita não lembra uma torre de Pisa moderna? Mas é só uma ilusão de ótica na selva de pedras de Maceió. Flagrante de Márcio Ândrei

O perigo sobre rodas

Dançando com o demônio

O Brasil adotou uma das 143 pessoas morreram. mais respeitadas e moder- Observe-se que a diferença nas legislações mundiais entre os dois feriados foi de para o trânsito. Com base apenas um óbito. Nas esnos princípios da civilidade, tradas do Distrito Federal e direção defensiva e muita cidades próximas, por informação, o Código Bra- exemplo, 50 acidentes causileiro de Trânsito foi moti- saram a morte de três pesvo para muitas comemora- soas e deixaram 34 feridas. ções após sua implantação, Quatro motoristas foram presos por dirigirem alcoohá treze anos. O Código foi um sucesso, lizados. Em Alagoas, 16 em seu primeiro momento, pessoas ficaram feridas nos porque conjugou uma lei 30 acidentes que ocorresevera - assimilada pela so- ram neste período. Felizciedade - com uma fiscali- mente, não houve mortes. zação rigorosa. Logo no A reiteração destas estatísprimeiro ano, quando eu ticas está merecendo uma ainda era Ministro da Jus- profunda reflexão e meditiça, foram poupadas 6 mil das pertinentes dos agenvidas ao mês. Naquele mo- tes responsáveis pelo trânmento - quando o Dena- sito em nossas ruas. Com o tran e Contran eram subor- arrefecimento da fiscalizadinados ao Ministério da ção estamos, celeremente, Justiça - tivemos a oportu- voltando à desconfortável nidade de regulamentar liderança do ranking muntodos os artigos da nova dial de mortes sobre rodas, que registrava no Brasil a lei. média de 35 De lá para cá mil mortes a muitas coisas mudaram, es“Além de retomar cada ano. Além de retopecialmente a fiscalização, é mar a fiscalino que tange é à fiscalização. igualmente impor- zação, i g u a l m e n t e A cada feriatante voltar a do prolonga- investir na edução i m p o r t a n t e voltar a invesdo voltamos do trânsito” tir pesado na a conviver educação socom números bre trânsito. aterradores de acidentes, feridos e mor- Isso deve ser feito tanto nas tes em nossas estradas. A escolas, como disciplina Polícia Rodoviária Federal obrigatória, quanto nas divulgou esta semana o campanhas educativas para balanço de acidentes nas população, através dos veíestradas federais no feriado culos de comunicação. Para de 15 de novembro. Ao to- lembrar a eficácia destas do, 142 pessoas morreram campanhas basta lembrar no feriado prolongado da que o uso do cinto de seguProclamação da República, rança é uma realidade no entre a meia-noite de sexta- Brasil graças às campanhas feira e a meia-noite da se- educativas. Todo esforço gunda. Segundo a PRF, fo- deve ser feito para evitarram registrados 2.525 aci- mos que a barbárie sobre dentes, num total de 1.486 rodas volte às nossas estradas. pessoas feridas. Trata-se do segundo feriado mais violento do ano Renan Calheiros nas estradas federais brasiÉ senador e líder da bancada do PMDB leiras, atrás apenas do feriado de Carnaval, quando

Um amigo meu certa vez disse que ´quem dança com o demônio nunca mais é o mesmo`. Constato que o Brasil está dançando com o demônio. Não me refiro aqui especificamente às diversas danças dos pagodes às baladas, nem às orgíacas manifestações 'culturais' que às vezes se apresentam no cenário nacional. Penso aqui no caso do endemoninhado de Gerasa, passagem misteriosa da vida de Jesus narrada pelos evangelistas sinóticos (Mt, Mc e Lc). Jesus atravessa o mar em direção à terra dos gerasenos. Lá vivia um homem atormentado, nu, entre túmulos, amarrado a correntes, algemas, grilhões, dos quais sempre conseguia se libertar. Dizia-se que estava possuído por uma legião de demônios. Ao encontro com Jesus o homem se atira a seus pés e seus demônios reconhecem Jesus e pedem para serem incorporados aos porcos, que viviam naquela região, certamente de atividade pecuária. Ao atendê-los, os porcos se precipitam no abismo e morrem afogados. Era de se esperar que o povoda região se regozijasse com a atuação salvífica do mestre, no entanto, ao encontrarem o homem que fora endemoninhado, completamente são, vestido dignamente e conversando, pedem a Jesus que vá embora dali. Esse

é um trecho dos mais difíceis de interpretação: O ambiente é externo ao povo de Israel, um ambiente (ideologia) de morte, de luta, militarista, de força, (notem as algemas, grilhões, túmulos), ele próprio quebrava as algemas e as cadeias. Os porcos representam os gentios (estran-

Apesar da fortuna gasta com a mídia, mostrando que moramos quase num Éden tropical, a verdade é bem outra” geiros) e seus costumes pagãos. A recusa de receber Jesus por parte do povo local mostra que a atividade econômica e a força militar (violência) era mais importante que o projeto de Jesus. O Brasil dança com o demônio na hora em que não retira seus filhos e filhas dos túmulos da ignorância e suas crianças ainda morrem de doenças há muito extirpadas de países civilizados, muito

mais pobres que o nosso. O Brasil dança com o demônio quando o poder repressor invade as comunidades pobres que já são invadidas pelo narcotráfico, e comsuas milícias, pela ausência de um estado honesto, oprimem mais ainda, aqueles que já vivem entre túmulos. A dança com o demônio, como disse meu amigo, não deixa incólume o seu parceiro. Apesar da fortuna gasta com a mídia, mostrando que moramos quase num Éden tropical, a verdade é bem outra. Por isso não queremos a presença real de Jesus, pois haveria o perigo dos porcos se precipitarem no abismo. É melhor para os habitantes que vivem fora dos túmulos, que o endemoninhado continue louco, quebrando de vez em quando as correntes, do que lúcido e livre. Um 'jesus' televisivo que faça milagres espetaculares para enriquecer os seus falsos sacerdotes é muito mais atraente para esse Brasil, pois os sacerdotes da prosperidade alimentam os donos dos porcos do planalto, que cuidam para que fiquem bem longe do abismo. Não sabem, no entanto que no abismo, eles próprios já estão precipitados de maneira irreversível. Assuero Gomes Médico e escritor

Organização política urgente Agora que terminou mais um processo eleitoral em nosso país, aproveito para falar sobre política sem mostrar predileção sobre A, B, C ou D e quem sabe até sobre Z. Falo assim porque não vejo sentido em um ponto na política nacional: a Pluralidade Partidária, ou seja, a diversificação de partidos políticos e o que esses representam para o processo democrático no geral. Entendo que a pluralidade de partidos é fundamental para o funcionamento da democracia, mas do jeito que vem se construindo partidos, de acordo com ideologias divergentes, vislumbro que para o bom andamento dessa democracia seja necessário enxugar o número de partidos que hoje existem, porque em ano eleitoral sempre vem a seguinte pergunta: quantos partidos estão concorrendo? Acredito que esse seja também o questionamento de vários eleitores brasileiros, pois o que são apresentadas são coligações de partidos em prol de uma candidatura master e sendo assim os partidos ´pequenos` acabam não mostrando sua representatividade no processo democrático. De acordo com o TSE, atualmente, são 27 os partidos que participam do processo democrático brasileiro e para enu-

merá-los escolhi a ordem alfabética das suas respectivas siglas: DEM, PC do B, PCB, PCO, PDT, PHS, PMDB, PMN, PP, PPS, PR, PRB, PRP, PRTB, PSB, PSC, PSDB, PSDC, PSL, PSOL, PSTU, PT, PT do B, PTB, PTC, PTN e PV. Observei que poderíamos fazer uma reorganização desses partidos em blocos de acordo com o direcionamento do pensamento de cada um, ou seja, são muitos que comungam do

“Isso é a prova de que a criação de partidos políticos no Brasil vem se dando à marcê do desejo de fulano ou beltrano” mesmo caminho. São eles: democráticos, trabalhistas, socialistas, progressistas, liberais, cristãos, comunistas, republicanos, apenas um ambientalista e um humanista. Alguns dos partidos comungam de dois ou mais correntes de pensamento que citei acima e ainda se organizam em bancadas como a ruralis-

ta, a industrial, a sindicalistas e a bancada religiosa, sendo assim continuo questionando os porquês da existência da Pluralidade Política, se pensam e agem relativamente iguais. Isso é a prova de que a criação de partidos no Brasil vem se dando à mercê do desejo de fulano ou beltrano que está descontente com o pensamento de cicrano e sendo assim cria mais um partido que na próxima eleição estará junto com o partido dissidente, ou seja, se agora está junto porque houve a separação antes. Não sou a favor do regime bipartidário que existia até 1980, mas sou a favor de uma reorganização política que demonstre aos eleitores maior credibilidade em relação ao pensamento dos nossos políticos. Espero que na próxima eleição esse quadro que aí está seja menos quantitativo e passe a ser mais qualitativo, mas pelo que tenho conhecimento existe uma reforma política pendente na Câmara Federal para ser votada e deixo aos políticos uma simples pergunta: existe vontade de se organizar a política no Brasil? Ammerson Freire Mariz Administrador de Empresas

> OS ARTIGOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DESTE JORNAL

PRIMEIRA

Luiz Carlos Barreto Goes Diretor-Geral

Romero Vieira Belo Diretor Editorial CNPJ 05.593.455/0001-8 CNPJ: 08.078.664/0001-85

Alda Sampaio Diretora Comercial

Privativa Comunicação e Representação Ltda. Representante nacional do Primeira Edição São Paulo: (11) 4197-1799 Rio de Janeiro: (21) 2262-6146 Brasília: (61) 3326-7876

Salvador: (71) 3341-2980 Recife: (81) 3241-1680

Endereço: Rua Ubiracy Costa Ferreira, 145 Jatiúca | CEP 57.036-780 Fone: (82) 3033-3502 Maceió | Alagoas Atendimento ao assinante: (82) 3033-5213 / 3033-2189


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

B6 | Especial

> INVESTIMENTO

Alagoas disputa usina nuclear com Sergipe Estudo da Eletronuclear descarta construção de centrais em São Paulo; Estados beneficiados serão decididos no governo Dilma fotos: Divulgação

São Paulo está fora da corrida pela instalação de novas centrais nucleares no País. Estudos da estatal Eletronuclear sobre a localização das próximas quatro usinas, programadas para entrar em funcionamento até 2030, levantaram obstáculos técnicos à construção de instalação nuclear no Estado. Grandes concentrações populacionais, pouca disponibilidade de água e, paradoxalmente, a presença de grande reservatório subterrâneo, o aquífero Guarani, são quesitos que desaconselham o funcionamento de uma central nuclear em São Paulo, de acordo com avaliação realizada pela estatal, a que o Estado teve acesso. As duas próximas usinas nucleares brasileiras serão construídas no Nordeste, às margens do rio São Francisco. A localização exata depende de uma decisão política do futuro governo Dilma Rousseff. Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe disputam a central. Com a saída de São Paulo do páreo, a Eletronuclear detalha estudos de outras localidades no Sudeste e não está descartada a ampliação das instalações de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, cidade que já abriga as duas primeiras usinas brasileiras. Angra 3 teve as obras retomadas recentemente, depois de mais de 20 anos de paralisação. Minas Gerais e Espírito Santo

Dilma Rousseff conduzirá processo para instalação de usinas nuclares no NE

também têm áreas que são avaliadas pela empresa. A localização das próximas usinas brasileiras é uma das indefinições do Programa Nuclear Brasileiro e será assunto no primeiro "encontro de negócios" da área, na próxima terça-feira, em São Paulo. Na ocasião, além da maior participação da indústria brasileira no fornecimento de materiais e peças para o setor, será debatida a possibilidade de a iniciativa privada construir e

operar essas novas instalações, por meio de concessões, como já acontece com usinas hidrelétricas, por exemplo. Mudanças no marco regulatório são defendidas com ênfase pelas grandes empreiteiras brasileiras e empresas multinacionais que atuam na área de energia. Também contam com o apoio de empresas internacionais fornecedoras de equipamentos e operadoras de instalações nucleares, como a Areva e a Westinghouse

Atualmente, a área nuclear é monopólio estatal. Parcerias privadas só começaram a ser admitidas recentemente, na exploração da mina de urânio de Santa Quitéria, no Ceará, que ainda não começou a operar. Debate. A quebra do monopólio é um assunto polêmico no governo e não avançou durante a administração de Luiz Inácio Lula da Silva. Mas volta com força no momento de formação do novo governo de Dilma Rousseff. O encontro de negócios de energia nuclear, patrocinado pela Fiesp, pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, contará com os principais atores do setor. Não se cogita quebrar o monopólio estatal no ciclo do combustível nuclear. A tecnologia brasileira é segredo militar, sob o controle da Marinha. O Brasil detém uma das maiores reservas mundiais de urânio e planeja o domínio no ciclo de enriquecimento, para a produção de combustível nuclear, em escala industrial até 2014. Durante o encontro em São Paulo, o estudo preparado pelo coordenador de planejamento e avaliação da CNEN, Francisco Rondinelli, que será apresentado, vai reiterar a possibilidade de o País exportar urânio enriquecido no máximo a partir da próxima década.

> TESTE

Enem ocorrerá na 1ª quinzena de dezembro, anuncia o MEC O Ministério da Educação (MEC) informou hoje que a nova prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os estudantes que têm direito a fazê-la será realizada na primeira quinzena de dezembro e a data exata será marcada na próxima quarta-feira. A informação foi divulgada 6ª feira depois de reunião entre o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Joaquim José Soares Neto, em teleconferência com o consórcio Cespe/Cesgranrio. Até lá, o Inep e o consórcio Cespe/Cesgranrio, encarregado da aplicação das provas, terão concluído a análise de todas as atas com registro de reclamações de alunos em 16.626 locais em todo o País. Para garantir que o trabalho seja concluído a tempo, as três instituições farão

Ministro Fernando Haddad diz que calendário do Enem cumpre prazos

plantão durante todo o fim de semana. O MEC não divulgou quan-

tas atas foram analisadas até agora e calcula que o total de alunos com direito a refazer o

exame não chega a 2 mil, o que significa menos de 0,01% dos 3,3 milhões alunos que fizeram o Enem em 6 de novembro. O ministério informou ainda que o calendário do Enem de 2010 segue rigorosamente dentro dos prazos, com a previsão da divulgação dos resultados para a primeira quinzena de janeiro de 2011. O início do processo de seleção unificada está confirmado para segunda quinzena de janeiro de 2011. Para o MEC, a pendência jurídica causada pela decisão da Justiça Federal do Ceará - já cassada - está definitivamente resolvida. O único problema agora decorre de eventuais causas individuais de estudantes que se sintam prejudicados. Hoje à meia-noite termina o prazo para que os alunos requeiram correção das provas que tiveram o cabeçalho do cartão de resposta trocado.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

PREFEITURA DE SANTA LUZIA DO NORTE DECRETO Nº 026/2010, DE 08 DE OUTUBRO DE 2010. Regulamenta o funcionamento do Conselho Tutelar do Município de Santa Luzia do Norte, e adota providências correlatas. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SANTA LUZIA DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Lei Orgânica do Município, em especial o seu artigo 63, inciso IV, e considerando o disposto na Lei Municipal nº 287/96, 21 de outubro de 1996, DECRETA: CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Fica regulamentado nos termos deste Decreto, o funcionamento do Conselho Tutelar do Município de Santa Luzia do Norte e as funções de Conselheiro Tutelar. CAPÍTIJLO II DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Art. 2º O Conselho Tutelar do Município de Santa Luzia do Norte funcionará em expediente aberto ao público em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8 (oito) às 17 (dezessete) horas. Parágrafo Único. Além do cumprimento do estabelecido no caput deste artigo, o exercício da função exigirá que o conselheiro tutelar se faça presente sempre que solicitado, ainda que fora da jornada normal a que está sujeito. Art. 3º Para garantir o atendimento em casos de emergência, o Conselho Tutelar funcionará em regime de plantão aos sábados, domingos e feriados, bem como no horário noturno de segunda a sexta-feira, em dias úteis. Art. 4º. Será estabelecida no Conselho Tutelar uma escala semanal de horários de trabalho, em sistema de revezamento, a ser cumprida pelos conselheiros tutelares. § 1º. Durante o horário de atendimento ao público, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, em dias úteis, a escala semanal de revezamento deve garantir a presença de pelo menos três conselheiros na unidade do Conselho Tutelar, sendo que um deles deverá permanecer na unidade, sem ausentar-se para atividades externas. § 2º. O Presidente do Conselho Tutelar deve afixar em local de fácil visibilidade a escala semanal de revezamento dos conselheiros tutelares e os meios de comunicação à distância que permitam o contato

com o conselheiro durante os horários de plantão, quando este se encontrar em atividades externas. Art. 5º. Como condição de eficácia, as decisões e medidas individuais tomadas em caráter de urgência pelo conselheiro tutelar de plantão devem ser submetidas e ratificadas pelo Colegiado, imediatamente apos o plantão em que foram tomadas. Art. 6º. A frequência dos conselheiros tutelares será apurada por meio de Registro Manual de Presença-RMP (Livro de Ponto). Art. 7º. O Registro Manual de PresençaRMP é o registro pelo qual serão verificadas, diariamente, a entrada e a saída dos conselheiros tutelares em serviço. § 1º. E vedado ao Presidente do Conselho Tutelar dispensar qualquer membro de registro de ponto e abonar faltas ao serviço. $ 2º. Compete ao Setor de Pessoal da Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Norte, o controle da freqüência dos conselheiros. Art. 8º. O conselheiro tutelar perderá: I - a remuneração do dia, se não comparecera ao serviço; e II - a parcela da remuneração diária, proporcional aos atrasos, ausências e saídas antecipadas, superiores há trinta minutos. CAPÍTULO III DA CONVOCAÇÃO DE CONSELHEIROS SUPLENTES Art. 9º. Os conselheiros tutelares serão substituídos pelos suplentes nos seguintes casos: I - vacância de função; e II – licença ou suspensão do titular que excederem a 20 (vinte) dias. § 1º. O suplente, no efetivo exercício da função de conselheiro tutelar, perceberá remuneração proporcional ao exercício e terá os mesmos direitos, vantagens e deveres do titular. § 2º. O presidente do Conselho Tutelar deverá comunicar ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e em despacho fundamentado e sob sua responsabilidade a necessidade de convocação do suplente. § 3º. Caberá ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente convocar o conselheiro suplente para a substituição do conselheiro titular. Art. 10. A convocação de suplente de conselheiro tutelar obedecerá à ordem de classificação geral do último processo de escolha dos membros dos Conselhos

Diário Oficial dos Municípios |B7

Tutelares, a ser informada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. CAPÍTULO IV DO USO DE EQUIPAMENTOS E DE MATERIAIS DE CONSUMO Art. 11. Os equipamentos, materiais de consumo e bens em geral cedidos ou fornecidos pelo Município ao Conselho Tutelar são de uso exclusivo dos Conselheiros no efetivo exercício de suas funções. Art. 12. Para utilização do veículo cedido pelo Governo do Estado de Alagoas, para uso exclusivo e em objeto de serviço do Conselho Tutelar do Município, deverá ser utilizada a planilha de controle de quilometragem e de consumo de combustíveis, a qual deverá ser encaminhada mensalmente, ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com cópia para a Secretaria Municipal do Trabalho e Promoção Social. CAPITULO V DAS CONDUTAS VEDADAS Art. 13 - E vedado ao Conselheiro Tutelar por ser considerada conduta incompatível com a função: I – Usar da função em beneficio próprio ou de terceiros; II – romper sigilo em relação às informações que lhe são de conhecimento em decorrência do exercício de sua função; III – exceder-se no exercício da função de modo a exorbitar sua atribuição, abusando da autoridade que lhe foi conferida; IV - recusar-se a prestar atendimento ou omitir-se no exercício de suas funções; VI – deixar de comparecer ao serviço; VII – proceder de forma desidiosa; VIII – apresentar-se ao serviço em estado de embriaguez ou sob efeito de entorpecentes; IX – retirar modificar ou substituir, sem permissão da autoridade competente, documentos ou objetos existentes na unidade do Conselho Tutelar; e X – ausentar-se do serviço no horário de expediente. CAPITULO VI DAS PENALIDADES Art. 14. As comunicações relativas à prática de infrações disciplinares por conselheiro tutelar serão encaminhadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente para apuração, mediante

sindicância ou processo administrativo disciplinar. Parágrafo Único. Qualquer cidadão poderá formular denúncia diretamente ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente para adoção das providências cabíveis. Art. 15. Compete ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente a avaliação, a fiscalização administrativa e o acompanhamento da atuação dos conselheiros tutelares, no que se refere ao exercício de seus deveres institucionais. Art. 16. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Ministério Público devem ser comunicado de todas as penalidades aplicadas aos conselheiros tutelares relacionadas às infrações administrativas. CAPÍTULO VII DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 17. A Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social prestará apoio técnico e administrativo para o funcionamento e desenvolvimento das atividades do Conselho Tutelar. Art. 18. Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação. GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SANTA LUZIA DO NORTE, 08 de outubro de 2010. Maria de Fátima Barros Lins | PREFEITA --------------------------------------------------PREFEITURA DE LIMOEIRO DE ANADIA HOMOLOGAÇÃO-PREGÃO PRESENCIAL Nº 011/2009 O Prefeito do município de Limoeiro de Anadia HOMOLOGA o presente processo no valor total de R$ 1.246.570,22 (um milhão, duzentos e quarenta e seis mil, quinhentos e setenta reais e vinte e dois centavos). EXTRATO DE CONTRATO Nº 011/2009-PP I CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE LIMOEIRO DE ANADIA, CNPJ: 12.207.403/0001-95. CONTRATADA: LUMISOL COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA, CNPJ: 04.336.714/0001-26. OBJETO: Aquisição de Materiais Elétricos pelos itens: 4; 13; 17 a 22; 28; 39 a 77; 79 a 99; 103 a 116 e 129 a 131. VALOR: R$ 1.127.139,50 (um milhão, cento e vinte e sete mil cento e trinta e nove reais e cinqüenta centavos). EXTRATO DE CONTRATO Nº 011/2009-PP II CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE LIMOEIRO DE ANADIA, CNPJ: 12.207.403/0001-95. CON-

TRATADA: M.L.C.S SILVA COMÉRCIO E SERVIÇOS-ME, CNPJ: 07.666.627/0001-25. OBJETO: Aquisição de Materiais Elétricos pelos itens: 1 a 3; 5 a 12; 14 a 16; 23 a 27; 29 a 38; 78; 100 a 102 e 117 a 128. VALOR: R$ 119.430,72 (cento e dezenove mil, quatrocentos e trinta reais e setenta e dois centavos). ASSINATURA DOS CONTRATOS: 21/10/2009. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Lei Federal nº 8.666 de 21 de junho de 1993 e, suas alterações posteriores, e na Lei nº 10.520/2002. Limoeiro de Anadia, 21 de outubro de 2009. James Marlan Ferreira Barbosa | Prefeito PREFEITURA DE LIMOEIRO DE ANADIA EXTRATO DE 1º TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 004/2009-PP. CONTRATANTE: MUNICIPIO DE LIMOEIRO DE ANADIA, CNPJ: 12.207.403/0001-95. CONTRATADA: AGROPECUÁRIA SÃO JOSÉ LTDA, CNPJ: 00.234.086/0001-17. DO OBJETO: O presente Termo Aditivo tem como objeto alterar a rubrica orçamentária constante na Cláusula Sexta e prorrogar o prazo de vigência constante da Cláusula Sétima do Contrato Original de nº 004/2009-PP. DA RUBRICA ORÇAMENTÁRIA: A Rubrica orçamentária constante do contrato original fica alterada de acordo com o Quadro de Detalhamento da Despesa Orçada/2010, passando a ter a seguinte dotação orçamentária: 09.010.15.122.0012.009- Manutenção da Secretaria Municipal de Obras. DA PRORROGAÇÃO: O prazo de vigência estipulado na Cláusula Sétima do Contrato Original, fica prorrogado para o dia 31/12/2010. DA FUNDAMENTAÇÃO: Inciso II, do art.57, da Lei nº 8.666/93. DA RATIFICAÇÃO: Os demais termos do Contrato original permanecem inalterados. Limoeiro de Anadia, 08 de janeiro de 2010. James Marlan Ferreira Barbosa Prefeito --------------------------------------------------PREFEITURA MUNICIPAL DE BRANQUINHA RATIFICAÇÃO – DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 008/2010 A Prefeita do município de Branquinha RATIFICA o presente processo no valor total de R$ 17.916,00 (dezessete mil, novecentos e dezesseis reais).

EXTRATO DO CONTRATO Nº 008/2010 – DL CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Branquinha, CNPJ: 12.332.995/0001-77. CONTRATADA: Altec Alagoas Tecnologia de Computadores Ltda, CNPJ: 04.254.990/0001-45. OBJETO: Locação de Equipamentos de Informática. VALOR: R$ 17.916,00 (dezessete mil, novecentos e dezesseis reais). Branquinha, 20 de julho de 2010. Ana Renata da Purificação Moraes Prefeita --------------------------------------------------CIGIP Consórcio Intermunicipal para Gestão de Iluminação Pública PORTARIA Nº 012/2010, De 09 de novembro de 2010 O Presidente do Consórcio Intermunicipal para Gestão de Iluminação Pública - CIGIP, no uso de suas atribuições previstas no Estatuto; RESOLVE: Art. 1º - Exonerar a Sr. EDMUNDO LEITE CATUNDA JUNIOR, portador do CPF/MF nº 007.575.304-94, com base no Art.9º, do Protocolo de Intenções, do cargo de provimento em Comissão de Superintendente Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor em 09 de novembro de 2010 e na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Maceió, 09 de novembro de 2010 Marcelo Ricardo Vasconcelos Lima Presidente do CIGIP Portaria nº 013/2010 De 01 de novembro de 2010 O Presidente do Consórcio Intermunicipal para Gestão da Iluminação Pública - CIGIP, no uso de suas atribuições previstas no Estatuto; Resolve: Art. 1º - Designar a Sr. Adaelson Correia Braga, portador do CPF/MF nº 045.066.754-52, com base no art. 9º, do Protocolo de Intenções, para ocupar o cargo de provimento em Comissão de Superintendente. Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Maceió, 09 de novembro de 2010 Marcelo Ricardo Vasconcelos Lima Presidente do CIGIP

> VIDA & SAÚDE

Sociedade Brasileira de Cardiologia alerta para excesso de sal na comida Brasileiro consome em média 12 gramas de sal nas refeições, ao passo que o recomendável são apenas 5 gramas Divulgação

concepcional pode ser substituída por um gel contraceptivo aplicado diretamente sobre a pele. Chamado de Nestorone, o produto está sendo desenvolvido pela Antares Pharma, indústria farmacêutica americana, e o estudo foi apresentado durante a conferência da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, em Denver (EUA). O remédio pode ser aplicado como um creme no abdome, nas coxas, braços e ombros e é rapidamente absorvido pela pele sem deixar resíduo. Testes clínicos preliminares mostraram que o creme é eficaz e tem boa tolerância, sem produzir os efeitos colaterais secundários associados à pílula, como náusea, aumento de peso e acne. O ingrediente mais importante é um novo tipo de progesterona sintética, muito parecida com o hormônio natural. O produto também tem uma classe de estrogênio quimicamente idêntico ao produzido pelas mulheres. Segundo os cientistas, o medicamento também pode ser usado por mulheres que estão amamentando, ao contrário da pílula, que pode interferir na produção do leite materno.

A hipertensão conhecida popularmente como "pressão alta", atinge cerca de 30 milhões de brasileiros, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Segundo a entidade, o excesso de sal na alimentação é uma das causas do problema. O conselheiro da Sociedade Brasileira de Hipertensão, Décio Mion afirma que o brasileiro tem consumido mais que o dobro da quantidade de sal recomendada diariamente pela Organização Mundial da Saúde (OMS). "O brasileiro consome diariamente uma média de 12 gramas (g) de sal nas refeições, quando o recomendado são apenas 5 gramas. É um alerta importante a esse excesso de consumo. O sal está relacionado ao desenvolvimento da hipertensão, e as pessoas com a doença podem ter complicações e aqueles que têm histórico na família se tornam mais vulneráveis", ressalta. O médico enfatiza que o sal é usado como conservante em boa parte dos alimentos consumidos diariamente e que por isso é necessário verificar o teor de sal no rótulo de cada um desses produtos. De acordo com a SBC, um pacote de 100g de pão de queijo tem 773 miligramas (mg) de sódio, uma porção de 100g de macarrão instantâneo, 1,516 mg, e um pacote de batata chips industrializada (100g), 607 mg. O hipertenso deve ainda evitar alimentos ricos em gordura animal, comidas muito calóricas e bebidas alcoólicas. A SBC recomenda que ele dê preferência a alimentos frescos, verduras, pescados, aves, cereais, frutas, legumes e fibras, além de praticar exercícios físicos. A instituição recomenda ainda que a população procure aferir a pressão arterial pelo menos uma vez por ano, com exceção dos que têm histórico de hipertensão na família ou sedentarismo. No intuito de alertar a população sobre o teor de sal nos alimentos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), apresentará nesta quinta-feira (18) um estudo com 20 categorias de alimentos. Foram avaliados não só o teor de sódio, mas também a variação da quantidade de gordura saturada e açúcares entre uma marca e outra. A ideia é chamar a atenção do consumidor a essas variações e que tipo de implicações podem trazer à saúde.

PÍLULA JÁ ERA De acordo com pesquisadores norte-americanos, a pílula anti-

ESTUDO

Pressão arterial alta, um mal que atinge cerca de 30 milhões de brasileiros

A médica Ruth Merkatz, do centro de pesquisa da organização sem fins lucrativos Population Council, com sede em Nova York, fez o estudo sobre o produto com 18 mulheres entre 20 e 30 anos. De acordo com o estudo, a dose ideal é de três miligramas do creme por dia. No período de sete meses nenhuma das mulheres que usou o tratamento ficou grávida. Os exames hormonais mostraram que o gel conseguiu suprimir a produção de óvulos nos ovários das mulheres testadas. "Estamos nas primeiras etapas de seu desenvolvimento, mas agora poderíamos continuar testando em muitas outras mulheres", afirmou Merkatz. O novo creme funciona da mesma forma que o adesivo anticoncepcional, disponível atualmente em alguns países. O adesivo é colocado sobre a pele e libera uma dose regular de progesterona e estrogênio, que evita que os ovários liberem um óvulo a cada mês. No entanto, o adesivo tem duas grandes desvantagens em relação ao gel: é visível e pode se soltar da pele.


Primeira Edição | 22 a 28 de novembro, 2010

B8 | Social CONFRATERNIZAÇÃO D O C OLUNISTA S OCIAL ROMEU LOUREIRO!

Revista Oushi

CARAS E BOCAS Murilo Jorge

Anotem na agenda, no dia 1º de dezembro, na Evviva Bertolini, dos empresários Alexandre e Luciene Moraes. Lista Vip de Bethânia Ducarmo.

BALAKUBAKOS! WWW.TUDOQUEHA.COM.BR anamonteiro@primeiraedicao.com.br Site e Coluna(on-line)

LOOP!

SUPER MÃES! A empresária Micheline Braga, (Climatize) e a grávida mais fofa do ano Lelly Almeida a espera de Lulinha

A boate você já conhece, agora conheça o sushi bar, cardápio exclusivo e variado. Adorooo!

TEATRO DEODORO! A SERPENTE!

O QUE HÁ! CITAÇÃO!

A inveja não se deseja só o que o outro têm, mas também o que o outro é!

BEIJO DA ANINHA!

Para leitora assídua da coluna, a jornaleira Zai,proprietária da Banca de Revista,que fica na Praça Marechal Floriano Peixoto. Meus agradecimentos de coração, aos inúmeros e-m mails que chegam, as pessoas que me encontram com elogios e coment´s sobre nossa coluna e blogs, agradeço de coração a cada um de vocês, desejo fazer sempre melhor, porque vocês são O QUE HÁ!

BLOG DO LÉO!

Aconteceu na sexta-ffeira, (19) a festança armada do confreire jovem Léo Palmeira no Baru, Barra Nova, quem comandou por lá a pista de dança foi: Cannibal, Xatrez, Forró dos Firmas de Caruaru,Affarra,e participação especial da cantora alagoana, que sou fã,Fabiana Canuto. Foi o que há!

EM JAMPA!

Minha amiga gastro, Eleusa Farias, rindo á toa com á aprovação de sua primogênita Anita, no vestibular em Medicina, na Universidade Federal de João Pessoas. Cheers!

MEGAESPETÁCULO DE BALLET!

No Teatro do Centro de Convenções, aconteceu a estréia do novo espetáculo da Academia e Companhia de Dança Maria Emília Clark - intitulado Místico Clã da Sereia e que contextual iza a vida e a obra, do cantor alagoano, Djavan. Teatro lotado.

MUNDIAL DA CULINÁRIA IATALIANA!

Restaurante Maria Antonieta recebe selo mundial da culinária italiana. Mesmo fora do eixo Rio-S São Paulo, onde estão local izados os mais famosos e premiados restaurantes da cozinha italiana no Brasil, o Maria Antonieta, restaurante alagoano especializado na culinária da Itália, acaba de receber um selo internacional que é para poucos. Recentemente, o chef alagoano Breno Gama foi convidado a fazer parte da FIC Federazione Italiana Cuochi (Federação Italiana de Chefs), tradi cionalíssima confraria internacional de chefs da cozinha ital iana. O título, que destaca o Maria Antonieta como um dos melhores restaurantes italianos do mundo, coloca o chef alagoano entre os cem associados convidados de todo país - e um dos três do Nordeste - que podem ostentar o brasão em sua doma, o uniforme de chef. Informando: Aline Angeli da [+]mais comunicação empresarial

FINAS E FOFAS IRÃO TRANCAR QUARTEIRÃO!

Confirmada a presença da top Raica Oliveira para festa do próximo dia ,(24) que a estilista Martha Medeiros arma em sua MAISON M,a moça decola from NY onde irá acontecer o lança mento do catálogo das criações assinadas pela estilista alagoana. Luxoo!

SELO PERSONALIZADO 100 ANOS TEATRO!

Na abertura do quarto dia da semana comemorativa pelo cen tenário do Teatro Deodoro, foi lançado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, em parceria com o Governo de Alagoas, o Selo Personalizado dos 100 anos que é composto por dois blocos: o primeiro traz imagens do Ipê amarelo e a bandeira do Brasil ao fundo. O segundo traz a ilustração gráfi ca focando nos 100 anos do Teatro Deodoro. A solenidade ocorreu na noite quinta, (18) no palco do Teatro Deodoro. Merci pelo convite.

+ Uma da GA PRODUÇÕES 04 a 05 de dezembro Local: Teatro Deodoro Horário: Sábado às 21:00h - Domingo às 20:00h

Divulgação

FIRST CLASS! JUSTIÇA FOI FEITA!

O prefeito de Colônia Leopoldina, Casio Alexandre, retornou ao cargo, na última terça-ffeira, 16, após suspensão de liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas por ficar claro que não havia motivo para o afastamento. A defesa de Casio alegou que o motivo de seu afastamento seria infundado uma vez que durante toda a investigação dos órgãos fiscalizadores, o prefeito e seus assessores nunca ten taram impedir o trabalho fiscal e que a prática desta forma de pagamento aos trabalhadores do matadouro era realizada desde 1996 e que nunca existiu "caixa 2".Cheers!

LOUNGE 27 BISTROT BAR! Zoom nos empresários da casa, o francês Frank Toumolin, (á esq) e Alan Moraes Márcio Ândrei

SOLTANDO A LÍNGUA! PRESSÃO DIGITAL!

No Twitter, criaram o movimento "Alagoas, quero Eisa!". É uma tentativa de pressionar a direção nacional do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente, (Ibama) a liberar a licença ambiental indis pensável à instalação de estaleiro no município de Coruripe, onde prometem o fabrico de sondas para exploração de petróleo.

IBAMA T ROCA CARANGUEJOS!

V IDA

DE

C RIANÇAS

P OR

I D A D E N O V A ! Ao l ado d e s ua C onceição, o empresário L uiz C arlos B arreto G óes, d iretor-g g eral d o PRIMEIRA E DIÇÃO, r ecebe m il c umprimentos d e familiares e a migos, n esta s egunda-ff eira, q uando completa i dade n ova

PARABÉNS! Para Rossana Monteiro, grande aniversariante do mês Divulgação

O Ibama prefere preservar caranguejos à vida de crianças que morrem todos os dias em Alagoas, vítimas da miséria. Alegando a "supressão" de 70 hectares de mangue, que seriam repostos em área três vezes maior, o Ibama vetou o projeto de um estaleiro na pobre região norte do Estado, onde seriam investidos R$ 1,5 bilhão, gerando dez mil empregos diretos numa região onde eles quase não existem.

CHEERS!

Para um amigo muito querido o dentista Eugênio Jucá.

DICA DA ANINHA!

EM ALTA! Nas f estas q ue n ão p aram de a contecer n a s eara, C ristóvão Oiticica e F átima.

LOUNGE 27 BISTROT BAR!

Chico Brandão

03 AMBIENTES RELAXANTES E CONFORTAVEIS; MUSICA AO VIVO (SEXTAS, SABADOS, DOMINGOS); DJ RESIDENTE TODOS OS DIAS; ATENDIMENTO DIFERENCI ADO AMERICAN BAR; CLUBES DE J.W RED LABEL E CLUBE VODCA ABSOLUT RS 75,00 VINHO DO PORTO BURMESTER RS 45,00 A GARRAFA; PETISCOS DA COZINHA ITALIANA, FRANCESA, MEDITER RANEA FEITOS POR QUEM MAIS ENTENDE. PRATOS INDVIDUAIS E ESPECIAIS A EXCELENTES PREÇOS. TUDO FEITO COM A QUALIDADE E A GARANTIA DOS GRANDES COZINHEIROS FRANCESES. Informações: 9106-0 0262 ou 9130-2 2882

HASHI!

O melhor sushi da seara de segunda a segunda. De domingo a quarta das 18 as 00h. De quinta a sábado das 18 as 01h. Segunda e terça promoção casal especial. End: Av. Dr. Antonio Gomes de Barros 172, Jatiuca. (Antiga Av. Amélia Rosa) Fone: 3235-2 2718.

FELICIDADES! Para Jadirlane Lacerda irá apagar as velinhas no próximo dia 25.

Márcio Ândrei

NA MAIOR DISCRIÇÃO! O médico e v ice-g g overnado, J osé Wanderley e sua esposa Simone D E S T A Q U E ! Jorge S ilveira e Família em alta sociedade