Page 1

Prevenção de queda Guia de Orientações

Programa de Atenção Domiciliar a Saúde.


A importância da prevenção de quedas no dia a dia do idoso. O número de queda aumenta com a idade, em ambos os sexos e em todos os grupos raciais. No Brasil pelo menos 30% da população acima dos 60 anos cai pelo menos 1 vez ao ano. De todas as quedas, 5% resultam em fratura de algum ponto do corpo. A queda pode causar diminuição dos movimentos, trazendo insegurança e medo ao idoso, em um mecanismo que se torna cumulativo. Um efeito dominó de eventos prejudiciais à saúde e à qualidade de vida: quem já caiu uma vez, tem medo de cair de novo, o que gera o receio de realizar as atividades de rotina, fazendo com que o idoso passe a ficar mais restrito ao ambiente domiciliar.

Motivos mais comuns para a ocorrencia de quedas: • Presença de doenças crônicas, tais como doenças cardíacas, pulmonares, derrames, Doença de Parkinson, Mal de Alzheimer e Demências, artroses, osteoporose, labirintite etc. • Grande número de medicamentos ingeridos. • Uso indiscriminado de calmantes, de antidepressivos ou anti-hipertensivos. São frequentemente associados às quedas do idoso por deprimirem seus reflexos posturais. • O uso continuo de bebidas alcoólicas. • Diminuição da visão, ou uso de óculos com graduação errada. • Diminuição da audição. • Mobiliário posicionado de forma errada. • Fraqueza muscular, alteração da postura. • Uso de calçado inadequado para as atividades diárias (Ex.: chinelos de dedo, pantufas, solados de couro e salto alto para andar na rua) • Tapetes sem aderência ao piso.


Como prevenir as quedas? Evite pisos lisos, escorregadios, com irregularidades ou que contenham tapetes sem aderência. Observe se há móveis que atrapalhem a locomoção no ambiente. Prefira escadas e degraus com corrimão e fita antiderrapante, o que torna a descida/subida mais segura.

Outras orientações: • Altura da cama e cadeiras deve ser apropriada para manter os pés nos chão quando sentado. • Mantenha barras de apoio e um banquinho no banheiro, para facilitar o apoio e a lavagem dos pés. • Ocupe-se com atividades que estimulem a coordenação motora. • Você pode até ter vários médicos, mas um deles deve ser o principal: ele será o responsável pela verificação dos medicamentos e cuidados gerais. • Utilize calçados adequados.

Quando é hora de informar meu médico? • Se você começar a apresentar dificuldade para se levantar, ou se locomover. • Quando perceber que está com fraqueza nas pernas. • Quando estiver em acompanhamento com mais de 5 médicos. • Se estiver tomando mais de 10 comprimidos de remédio ao dia. • Ao perceber que necessita de adequação do domicílio. • Ao apresentar queda desde a última visita médica, ou contato telefônico.


www.procaresaude.com.br


Guia de Orientaçoes - Queda  

Livreto ProCare

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you