Page 1

BRAVOSAMORES Agosto - 1ª edição

prescindível que ela seja bela. Ela tem que ter, e tem, um fundamento e operação na sua vida. Eu gosto de vender as minhas criações, as minhas viagem, mas tambem é legal quando conversamos sobre os momentos das pessoas (coisas, fatos, ou lugares) que vai contar a história desta pessoa. Igual a uma foto com um grau muito mais elevado. Também vejo o que está acontecendo a meu redor e traduzo em minhas pinceladas. Causar uma sensação de fome, de medo ou de alento. Isto para mim é arte. JBA - Sua telas são sempre alegres? André - Meu sentimento em relação à produção da arte é alegria. Teve uma tela que pintei quando terminei uma relação e fiz alguma coisa com aquela sensação angustiante. Guardei e não mostro para ninguém. JBA - Não é o Retrato de Dorian Gray? André - (Risos) Não, são as emoções despertadas pela arte.

A GENTE NÃO QUER SÓ COMIDA JBA - O processo de produção é lento? André - Estou produzindo bastante. A pintura em si, a escolha de cor, o desenho. Isto é legal porque é necessário que o pensamento flua para criar coisas novas. Em algum momento da minha vida vou sair do figurativo e querer contar uma história mais complexa para fazer as pessoas pensarem mais. Humor negro, talvez. Aquela banana já é um começo desta fase. JBA - Transgressor? André - Eu gosto de transgredir. É meu jeito e minha personalidade. Um pouco de deboche, de humor. JBA - E daqui para frente, o caminho é o mercado internacional? André - Ainda quero criar um mural com minha interpretação da Guernica (Pablo Picasso) e tenho a idéia de fazer uma escultura com minha tela do Galo ("O Galo Português") para colocar em algum espaço aberto em Balneário Camboriu.

19

Mostra Coletiva Arte em Movimento A Mostra Coletiva Arte em Movimento segue até dia 30 de jolho no Atlântico Shopping. O evento marca a programação do mês das Artes Visuais da Fundação Cultural de BC. Estão presentes o Grupo de Artistas Plásticos de Balneário Camboriú (GAP) e o Grupo de Artes Visuais de Balneário Camboriú (CROMA). Na Estação Barra Sul do Parque Unipraias, segue até o dia 31 de julho, uma mostra coletiva de artistas plásticos. Os artistas em exposição no Atlântico Shopping são: Galdino Vieira, Iara Venier, André Zanotelli, Olga Aquino, Renata Gonçalves, Fabio Matsushita, Mª Liege Garcia, Cilmara Bittencourt, Evelina A. Carrajola, Anderson Pires, Franci Floriani, Tânia Maria de Souza, Graziela Ughini Cozer, Fernando Pauler, Ivette Moreno Castillo, Elizabeth do Amaral, Arlene Delatorre, Gislaine Wachter, Maria das Dores, Mirian Arceno, Raphael Silva, Eduardo Vaso, Rosa B. Tanaka, Mario Molina, SoniaRosa, Vera Regina Ghisleni, Zane Azeredo, Jana Garcia, Carlos Vergana e Elvira Criminácio. Fotografias de Marcos Schaefer, Celso Peixoto,

Jusselen Maria Nunes, Paulo Wolf, Rivo Biehl, Xady, Carina Bogetti e Adriano Fernandes. O Mês das Artes Visuais apresentou também Painés Articulados colocados no calçadão da Avenida Central e na Barra Sul. Vários artistas participaram da pintura de painéis articulados interagindo sua arte com quem passava pelo local.

Mostra 4 Elementos 2011 A festa de lançamento da Mostra 4 Elementos foi em grande estilo. Arquitetos, parceiros, imprensa e convidados brindaram com Kelyne Bins de Marco, idealizadora da mostra - 5ª edição do evento - que este ano tem 14 ambientes assinados por 22 profissionais. A mostra acontecerá de Julho a Dezembro, Segunda a Sexta: 9h às 18h, Sábado: 9h às 15h na loja 4 Elementos, na 3ª. Avenida, 1929, Centro.

REFLEXÃO

Na Inglaterra os Hábitos Culturais não vem somente do berço, e sim das escolas. Através de um programa conhecido como Revisão Educacional, os escritores tem vital importância na educação, através de visitas as escolas. Os autores fazem trabalhos juntamente com os alunos, no intuito de ensiná-los a gostar de escrever e ler simultaneamente. De acordo com pesquisas, o hábito de ler e escrever torna a criança mais criativa, a mente mais aberta para a cultura, meio ambiente e para a sua própria vida. De acordo com o Journal of the Society of Authors, 2011. Esse Programa Educacional preserva a cultura literária de gerações, pois tudo o que foi ensinado, fica arquivado no acervo da biblioteca na escola. Podemos então entender, o porquê da educação refinada e polida dos Britânicos.

Berenice Dunbar é escritora. Os romances de sua autoria Minha Infância fez Minha História e Mudança de Paradigmas, estão a venda na livraria Nobel, Av. Alvim Bauer, Balneário Camboriu. Mudança de Paradigmas é uma saga familiar iniciando no século XVII no Maranhão. Relata a influência cultural deixada pelos franceses nesse estado. A historia descreve situações com profundeza, detalhando cultura e estilo brasileiro da época, em seus mínimos detalhes.

Jornal Bravos Amores  

1ª Edição de Agosto de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you