Page 1

O NOSSO JORNAL Edição Nº2 Direção: Alice Soares - Natália Magalhães | Coordenação: Hercílio Costa - Natália Magalhães - Pedro Teixeira

CONCURSO DE IDEIAS EP Fafe alcançou o 3º lugar na final intermunicipal.


O NOSSO JORNAL É com grande orgulho e satisfação que publicamos mais uma edição do “O nosso Jornal”. Na 2ª metade do ano letivo 2014/2015 a Escola Profissional de Fafe

Daniel Teixeira

EDITORIAL

Editor

proporcionou várias atividades, visitas de estudo, celebração de dias festivos, palestras, concursos, entre outros, sempre com o interesse de motivar os seus alunos

para a aprendizagem, criando sonhos e objetivos de vida. Esperamos que gostes de folhear as próximas paginas. Diverte-te!

VISITA DOS ÍNDIOS PATAXÓS

Índios Pataxós vindos do Brasil visitaram a EPFafe

No

estreitar

de

sobre diversos assuntos.

relações entre Fafe e

De

destacar

Porto Seguro (Brasil), hoje

em

1500,

a nossa escola recebeu

os

alguns

portugueses chegaram

da

elementos

comunidade

Índios

de

Pataxós.

apresentaram

Estes

a

sua

ao

quando

descobridores Brasil,

primeiro

este

foi

povo

o

com

quem tiveram contacto.

comunidade aos jovens,

Foi,

partilhando

momento

algumas

que,

sem

um

marcante,

tradições e costumes.

o

Os alunos puderam

confraternização

e

colocar

partilha

e

questões

qual

dúvida, permitiu de

usos

a

costumes

que

nos

diferenciam

desta

comunidade, mas que

assemelham, em alguns aspetos,

ao

nosso

“modus vivendi”.

ao mesmo tempo se

PEÇA DE TEATRO - “MATEMÁTICOMANIA” Alunos da EP Fafe foram ao teatro

o

Para

apresentaram-se

com satisfação, que os

social,

ver a Peça de Teatro

interessados, motivados

alunos que participaram

na

maioria

“Matemáticomania” no

e verbalizaram a sua

nesta

atividade

dos

alunos,

de

que

Porto – Jardins do Palácio

admiração em relação

desconstruíram

a

Matemática

é

de Cristal – Auditório da

à

preconceito

cujos

BMAG, foram também

conteúdos matemáticos

a Matemática não é

conteúdos são de difícil

momentos de saudável

que abordam em sala

importante e não tem

compreensão

convívio entre os alunos

de aula, em situações

utilidade na vida real.

qualquer aplicabilidade

das

concretas e simples do

no quotidiano de cada

16.6 e 20.1 e respetivos

seu

um, organizou-se

professores. Os alunos

podemos

uma

2

Visita de Estudo para

preconceito

presente

pag

desconstruir

disciplina, e

sem

uma

turmas

7.6,

8.7,

aplicabilidade

dia-a-dia.

dos

Assim, concluir,

de

o que


O NOSSO JORNAL

CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDEDORAS IN.AVE EP Fafe alcança 3º lugar na Final Intermunicipal Escola

A 23 de Abril decorreu

de

Fafe

no auditório da Câmara

aderiu

pela

Municipal de Fafe a

primeira vez ao Concurso

final municipal, tendo

de

Escolas

recebido a concurso 9

Empreendedoras

ideias, 4 das quais da

In.Ave.

EPFafe, nomeadamente

A

Profissional (EPFafe)

Ideias

Tratando-se

de

mais

para

valia

uma os

ScutsPT, PayLess, Água Multisabores

e

Multi-

Desta

final

alunos participantes, a

Batom.

EPFafe não hesitou em

Municipal

aderir à iniciativa tendo

Profissional

de

Fafe

realizado várias sessões

arrecadou

os

dois

de

primeiros lugares com

acompanhamento

onde os

recebeu técnicos

da

Escola

os projetos ScutsPT e PayLess. Tendo vencido

GesEntrepreneur.

a

Desta

projeto

iniciativa

a

final

municipal, ScutsPT,

o dos

também fizeram parte

alunos Cátia Nogueira,

os

Fábio

docentes

António

Marinho

e

Almeida, Carla Ferreira

Vera

Carvalho,

do

e

Curso

Técnico

de

que

Hercílio

Costa

incentivaram,

Multimédia,

passou

motivaram e orientaram

automaticamente

a

os alunos nas suas ideias

representar o município

de negócio.

na final intermunicipal

que

decorreu

no

Profissional

de

Fafe

passado dia 6 de Junho,

em

no Auditório do Centro

do Município de Fafe

Hípico de Cabeceiras

arrecadou

de Basto. A concurso

lugar.

apresentaram-se

A ideia ScutsPT consiste

8

representação o

terceiro

projetos, o vencedor de

numa

cada um dos municípios

para

que

após registo de uma

compõe

a

CIM

aplicação telemóvel,

do Ave. Apresentadas

matricula

cada uma das ideias

utilizador, das portagens

a

das antigas SCUT’s que

concurso,

composto

o

pelo

Gabriel

júri Eng.

Pontes

Secretário

Executivo

tem

para

interesse pelo

notifica

que

pagar.

o

O

demonstrado

projeto

espelha

da CIM do Ave, Dr.

bem a qualidade da

Francisco Banha – CEO

ideia

da

pelos alunos da Escola

GesEntrepreneur

e Dr. Filipe Teixeira –

apresentada

Profissional de Fafe.

ADRAVE, teve a tarefa de

selecionar

melhores. Durante a apresentação na final intermunicipal

ScutsPT

as

3

O

projeto

da

Escola

pag

Equipa e apoiantes na final intermunicipal

Final Municipal

3


O NOSSO JORNAL

S.VALENTIM

A EP Fafe festejou o dia dos namorados

Numa altura em que

dinâmica

se comemora o “Dia

designada

dos

Cuidadosamente

Namorados”,

a

EPFafe

pertinente a

a

grupo “Escolha

achou

as suas Ações” e a

aproveitar

posterior orientação da

oportunidade

explorar

de

para

temática

realização de trabalhos práticos

por

parte

sobre a “Violência no

dos alunos, para fins

namoro”.

expositivos.

efeito

Para

foi

este

realizada,

A

pertinência

da

em contexto de sala

ação de sensibilização

de

designada

aula,

uma

ação

“Fim

à

uma sensibilização que

violência no namoro”

envolveu a exposição

depreendeu-se

teórica de conteúdos

com o facto de nos

relacionados

últimos

com

a

anos

se

ter

violência no namoro e

vindo a constatar um

a igualdade de género,

aumento

a

de interações violentas

prática

de

uma

significativo

entre

jovens

casais

como e onde procurar

de namorados. Deste

ajuda e incentivar a

modo, com o intuito

denúncia deste tipo de

de sensibilizar os alunos

ocorrências.

preparou-se

Assim sendo, todos os

uma

exposição teórica que

alunos

pretendeu informar e

a valorizar o amor e a

esclarecer acerca das

condenar a violência. O

diferentes

amor andou no ar e não

formas

violência dos

no

dos

namoro,

sentimentos

causam

de

na

se

sempre

está

numa

vítima,

que passaram na Rádio

a

que deste

Escola. Ao longo da semana os

alunos

sensibilizados

para

a

alguém que sofre de

e depois de atingidos

violência

pelo cupido do amor

no

namoro, as

adequadas

de pôr termo a uma relação

no

foram

violência

formas

FELIZMENTE HÁ LUAR

habituais

género ou se conhece

nomeadamente

Turma organizadora - 16.6

as

dedicatórias de amor

envolvido

situação

faltaram

dedicaram

que

procedimentos

adotar

se

confirmaram

namoro

que

este não dói, mas sim constrói.

violenta,

Alunos da EP Fafe foram ao teatro

No dia 3 de Março

Teatro II, da disciplina

as turmas do 3º ano da

de português, decorreu

EPFafe, deslocaram-se

no Auditório do Centro

ao Teatro Experimental

Cultural

do Porto, para assistirem

Olival, em Vila Nova de

à peça Felizmente há

Gaia. No final os alunos

luar, de Luís de Sttau

tiveram a oportunidade

Monteiro,

de

por pag

encenada

António

Júlio.

e

colocar

Social

do

questões

A

relativas à obra. Tratou-

peça é parte integrante

se de um momento

4 do módulo 11, Textos do

muito agradável! Minutos antes do início da peça


O NOSSO JORNAL

VI JORNADAS LITERÁRIAS DE FAFE “As vozes da Terra”

16

Na a

semana

21

de

de

março

decorreram, no âmbito das

VI

Jornadas

Literárias,

atividades

alusivas ao tema: “As vozes EP

da

Fafe

Terra”.

A

desenvolveu

diversas

atividades

ao longo da semana, destacando-se: -“Cultura e ação” que decorreu no dia 16 e 17 de Março, na EPFafe, com os

esta

alunos

atividade tiveram

oportunidade

de

a por

à prova a sua cultura

Natália Magalhães e Tiago Rebelo

geral.

Fafe.

No

dia

19

de

representação

da

-”Dia da escola”, esta

Março

estivemos

“à

“Lenda da justiça de

atividade começou por

conversa com o escritor

Fafe”.

volta das 21 horas com

Tiago Rebelo” .

Pode dizer-se que foi

uma demonstração de

O escritor chegou à

duas danças de folclore

escola e foi recebido

“grande”,

e uma do jogo do pau

com o folclore e o jogo

alunos

envolveram-

executados por alunos

do pau, duas tradições

se

e

participaram

e professores da EPFafe.

que marcam a cultura

nas

atividades

De seguida, os nossos

fafense.

grande

convidados tiveram a

fez uma visita às nossas

Além

oportunidade de fazer

exposições

depois

ainda acrescentar que

uma visita guiada pelas

respondeu a todas as

as tradições da nossa

tradições da nossa terra.

questões

elaboradas

terra

Depois

visita,

pelos alunos relativa a

bem

convidados

sua vida profissional e

traduzindo

pessoal.

tema

da

os

participaram

numa

De

seguida, e,

tertúlia levada a cabo

-”Encerramento

por

Jornadas Literária”,

Daniel

Bastos

e

das

José Pedro Fernandes

no dia 21 de Março,

que

foi

falaram

do

o

que

os

com

empenho.

disso,

podemos

estiveram

muito

representadas, à

letra

o

“as vozes da

terra”!

encerramento

património cultural de

das Jornadas Literária

Fafe. No final, todos se

e

dirigiram ao cantinho

a

da gastronomia para

de

provar os sabores de

uma

a

mais uma semana em

EPFafe

teve

oportunidade participar

com

magnífica

Demonstração de folclore

pag

5

Demonstração de folclore

Demonstração de trabalhar a palha


O NOSSO JORNAL

MÊS DA PREVENÇÃO CO Cerimónia de abertura

A Cerimónia de

responsabilidade

abertura do Mês da

toda

Prevenção

pretendeu-se

Tratos na

dos

na

Maus

Infância

EPFafe

a

esta

contou

de

sociedade, com

comemoração

consciencializar

com a presença da

comunidade

Associação

a

Orquestra

a para

importância

da

de Música de Fafe que

prevenção

dos

nos presenteou com 3

maus-tratos

na

excelentes temas. Dois

infância,

alunos leram os poemas

do

fortalecimento

“Poema de Criança” e

das

famílias

“Meninos de Rua”. No

sentido

de

uma

final da sessão foram

parentalidade

positiva

lançados balões azuis.

e ainda do fundamental

Sendo a proteção das

e n v o l v i m e n t o

crianças

através no

comunitário.

Associação Orquestra de Música de Fafe

Sopro de combate aos maus-tratos na infância e adolescência

No dia 21 de abril

de género, o bullying, a

luta contra a Violência

respostas na interação

de 2015, os Serviços de

violência doméstica e

Doméstica, no Namoro

social,

em

situações

Psicologia e Orientação

em especial a violência

e a Desigualdade de

específicas,

apelando

e o Centro de Recursos

no namoro. As sessões

Género.

além

à assertividade e ao

em Conhecimento da

foram

da caraterização das

recurso a medidas de

EPFafe providenciaram

contexto de sala, com

formas

proteção adequadas.

a realização de uma

um grupo de três turmas

os

ação de sensibilização

e três grupos de duas

puderam treinar as suas

designada “SOPRO de

turmas

Combate

aos

facultando

Tratos

Infância

na

Adolescência”. atividade com da

a

do

por

em

assim

Esta

jovens alunos, quer no

contou

debate de conteúdos quer

realização de dinâmicas

projeto

de grupo para reflexão

pag enfoca a desigualdade 6

e

debate

temática

alunos

também

na

SOPRO,

SOPRO Feminino, que

violência,

a

participação ativa dos

expostos

de

sessão,

e

colaboração

entidade

através

Maus-

realizadas

Para

sobre

a

referente

à

Associação Orquestra de Música de Fafe


O NOSSO JORNAL

ONTRA OS MAUS TRATOS Debate sobre o bullying

Sendo o Bullying

uma

prática

(física que

e

violenta

psicológica)

cada

vez

passado mês de abril, Mês da Prevenção aos Maus-Tratos,

todos

os

mais

nossos alunos puderam

afeta a nossa sociedade

assistir a um filme que

e sobretudo os mais

retrata

esta

jovens, e sendo esta

muito

comum

uma prática que em

os jovens. O debate

muito

decorreu de uma forma

nos

preocupa,

prática

recebemos na EPFafe

agradável

Criminóloga

participativa. Os alunos

Joana

e

entre

muito

Carvalho (Técnica da

puderam

Comissão de Proteção

papel da vítima e do

de Crianças e Jovens de

agressor

Fafe), a qual organizou

o

um debate com alguns

quando estas situações

alunos sobre o tema. No

acontecem.

que

perceber e

o

também

devem

fazer

Assembleia de Crianças e Jovens

No dia 18 de maio

Cunha (Presidente da

de 2015 realizou-se na

Camara

Câmara Municipal de

de

Fafe a Assembleia de

Dias

Jovens alusivo ao tema

da

Prevenção dos Maus

República) Sílvia Soares

Tratos à Família. Assim,

(Presidente

da

CPCJ

mais uma vez alunos e

de

os

quais

professores da EPFafe participaram

Plateia

neste

Municipal

Fafe);

Laurentino (Deputado

Assembleia

Fafe),

da

responderam a todas as questões colocadas

evento de uma forma

pelos

alunos

ativa. Esta Assembleia

escolas

do

contou com a presença

que versaram o tema

de

violência doméstica e

Clara

Mendes da

Marques (Deputada

Assembleia

das

concelho

violência no namoro.

da

República) Raul Membros da mesa

pag

7


O NOSSO JORNAL Assembleia da República

No dia 3 de Junho a

CPCJ de Fafe promoveu uma visita à Assembleia da República com o objetivo

de

levar

propostas na

debatidas

Assembleia

Crianças Os

as

e

alunos

de

Jovens. puderam

desfrutar de uma visita guiada às instalações da

mesma.

Tiveram

ainda o privilégio de ler e entregar uma das propostas à deputada Clara Marques Mendes, para que esta pudesse discutir em plenário as mesmas.

Clube da Inteligência Vamos treinar a inteligência

Enquadrado

no

e

plano

de

feedback dos docentes

e de transmissão de

durante a semana as

atividades do SPO da

acerca de dificuldades

saberes.

turmas

EPFAFE

sentidas e dos resultados

Entre os dias 25 e 29

na

obtidos

de maio decorreu a

Puzzles

aula, e também ativa

semana

da

e Geografia e tiveram

e demonstrativa, com

EPFAFE

Ginásio

oportunidade de optar

decorrer do 2.º e do

a

prática

Mental do Clube da

entre

3.º período letivo, mais

de

e

Inteligência

Dominó,

concretamente

dinâmicas

anual o

Clube

Inteligência a de

atividades

no

entre

solicitação

em

sala

execução charadas de

de

de

de

grupo,

espaço

de

diversão

aberta e

o

contou

com

a

colaboração

docentes

pelos

Uno,

alunos.

Assim,

participaram

construção sobre

jogar

de

História

o

Loto,

Sueca

e/ou

recompensando-

o dia 23 de fevereiro

exercícios e jogos de

das

Ana

se o aluno vencedor do

e o dia 30 de junho

raciocínio

Alves e Paula Martins

Loto com a oferta de

do

e

para

um chocolate.

presente

ano.

A

de

diferencial reeducação

metodologia à qual fez

p e d a g ó g i c a .

e

recurso foi expositiva e

Envolvendo

todas

as

de

interrogativa,

turmas

escola,

o

de 8

promoveu

implementação

do

pag

da

da

através

fornecimento materiais

promoção

de

cognitiva

Ginásio

da

Mental

do

a

preparação dinamização atividades

ludopedagógicas numa

sala

decorada

Clube da Inteligência

a rigor com imagens

proporcionou

e

um

letras

efetuadas


O NOSSO JORNAL

De 25 a 29 de maio,

competências, atitudes

a

e

escola

longo

esteve,

ao

toda

a

os

aberta

a

venham a atingir no

de

semana, toda

a

comunidade

para,

mais

uma

para

nossos

desempenho

que

jovens da

sua

atividade

profissional,

se mostrar a todo o

níveis

excelência,

concelho

quer como cidadãos,

o

vez

valores,

trabalho

de

realizado pelos alunos

quer

durante o seu percurso

formados nas diversas

formativo. Assim sendo,

áreas

tivemos

Cada curso preparou

oportunidade

como de

técnicos formação.

de partilhar com alunos

diversas

e

das

de forma a possibilitar

concelho

aos participantes uma

professores

escolas

do

(Agrupamento Escolas

de

Montelongo;

Agrupamento Escolas

Prof.

de Carlos

atividades

maior

proximidade

e com

envolvimento a

capacidade

inovadora,

criativa

e

Teixeira e Colégio de

empreendedora

Fornelos) a aposta que

caracteriza a EPFafe.

a nossa escola tem feito

Ao longo deste desafio,

numa

os

formação

que

alunos

que

puderam

contempla o domínio

assistir a workshops de

de

vendas, informática e

conhecimentos,

fotografia;

atividades

num

divertido

torneio

ao ar livre; oficinas de

de

televisão/fotografia;

Humanos”.

demonstração

ainda a hipótese de

dos

trabalhos realizados no

conhecer

âmbito

Escola.

da

robótica,

“Matraquilhos Tiveram a

Rádio

automação, eletrónica e

modelação

participar,

no

3D

e

final,

pag

9


O NOSSO JORNAL

A semana não podia ter terminado de melhor forma: uma Glow Party, na qual todos os alunos do concelho e toda a comunidade pode participar. Foi uma festa cheia de cor, muito brilho e onde não faltou música e muita animação. Foi sem dúvida, uma festa que marcou pela diferença.

pag

10


O NOSSO JORNAL

ATIVIDADE DE FINAL DO ANO Complexo turístico de Rilhadas No dia 26 de junho, a

o

EPFafe

confraternização,

um

proporcionou

dia

diferente

a

juntava-se-lhe

a

que

sempre

ultrapassavam

que o

se

proporcionou

desenvolvimento

partilha e a cooperação.

com sucesso mais um

pessoal

seus

Os alunos praticaram

desafio, já que o leque

essenciais ao saudável

Complexo

em “jogos desportivos”,

de

crescimento

nomeadamente

tinham aos seu dispor

humano,

aos

no

mútuo,

e

inesquecível alunos

respeito

do

ser

de

Foram

desenvolvidas

Vólei e o Futebol, onde

era variado.

num ambiente natural.

atividades de caráter

puseram à prova a sua

Depois de um almoço

Guardamos a memória

lúdico-desportivo

destreza

para

de

com

físicas. Para além da

energias

necessária

feita,

promover entre

a

escolar,

objetivo o

de

convívio

comunidade num

espaço

física,

e

resistência atividade

estes

pretendiam

o

que

social,

Turístico

o

Rilhadas.

atividades

e

jogos

fortalecer

retemperar

enquadrado

uma

e

digestão

os

alunos

alegria estampada no

usufruíram do merecido

rosto dos nossos alunos,

descanso

piscina

já que “o passado é

na

satisfação,

enorme partilha

e

rodeado pela natureza

o espírito de equipa, a

do Complexo Turístico

história, o futuro é um

e

competição

de

mistério e o presente é

que

apelou

à

saudável

Rilhadas,

participação de todos

e valores da cidadania.

puderam

os

O

para

elementos,

completa

numa

integração

boa

entusiasmo disposição

e

a

eram

se

apanhar

onde

aproveitar refrescar banhos

e de

do ser humano com a

evidentes no rosto dos

Sol. Foi neste ambiente

natureza,

alunos,

de

imperando

e

a

alegria

uma dádiva”.

descontração

pag

11


Momentos

Os momentos passados na EPFafe

pag

12

O Nosso Jornal - 2ª Edição  

Jornal dos Alunos da Escola Profissional de Fafe

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you