Page 1

Jornal Negócios 25­07­2013

Periodicidade: Diário

Temática:

Política

Classe:

Economia/Negócios

Dimensão:

618

Âmbito:

Nacional

Imagem:

S/Cor

Tiragem:

18239

Página (s):

33

Questões que

a remodelação coloca Rating da República PEDRO SANTANA LOPES

Pires de Lima não deixava a empresa por meses Tendo a deixado é porque o CDS aposta a prazo de dois anos Por esse lado muito dificilmente existirão novas questões que afetem a estabilidade governativa

Aremodelaçãoanuncia

datemimplicaçõesque me 1

recem desde já alguma

ponderação

Primeira questão a diplomacia económica Como é sabido com este Governo aresponsabilidadeporessa área passou para o Ministério dos

Negócios Estrangeiros E em conse

quência o ministro Paulo Portas as

sumiu esse desígnio e meteu om

bros ao trabalho correndo Mundo

com aAICEPprocurando mobilizar investimento estrangeiro para Por tugal E fê lo de um modo que susci tou aplauso generalizado Paulo Portas assume agora as funções de vice primeiro ministro com a responsabilidade da coorde nação económica Rui Machete as sume a pasta dos Negócios Estran geiros Quem comandará a AICEP no Governo Paulo Portas Mas en

tão nessecaso coordenará também os Negócios Estrangeiros E quem irá correr Mundo Rui Machete

como mobilizador nocaso de inves tidores externos Não creio Pedro Reis Presidente da AICEP entrará

noGovernotrabalhando maisdeper

toaindacomonovovice ministro EqualopapeldeAntónio primeiro Pires de Lima Ministro da Econo

mia nos termos tradicionais oufun

vimentodoCDS PPpodemdissipá lasporcompleto PiresdeLimanão

cionando como ministro adjunto de Paulo Portas na coordenaçãoeconó

deixava a empresa por meses Ten do a deixado é porque o CDS aposta a prazo de dois anos Por esse lado

2 De qualquer modo a entrada de

questões que afetem a estabilidade governativa

mica

António Pires de Lima no Governo

tem um significado muito especial

Não oconheço suficientementepara

muito dificilmente existirão novas

Significa isso que acabaram as di ferenças entre os dois partidos ou mesmo entre personalidades no seio do Governo Claro que não Só que serão seguramente tratadas e geridas de outro modo de preferên

ciaforado Conselhode Ministros A reuniões desse Conselho só deve ir

aquiloquejá estiver razoavelmente acordado

poder falar das suas capacidades Sei

3 Álvaro Santos Pereira foi um mi

pre essa possibilidade Escreve estas palavras quemjá formou Governo e

nistro de quem só passaram a dizer bem quando estava para sair Já não é mau porque normalmente é só de

que há uns bons anos se punha sem

acompanhou deperto aconstituição

de outro Dois nomes da parte do CDS têm sido sempre indicados para a pasta da Economia António

Pires da LimaeAntónio Lobo Xavier

Desta vez António Pires de Lima foi mesmo convidado e aceitou Isso

significa uma grande aposta do CDS PP nesta nova fase do Governo Se

os mercados internacionais e os in

vestidores têm algumas dúvidas so bre a estabilidade da nova solução política por causa do grau de envol

pois disso acontecer Jorge Moreira da Silva esteve

para ser ministro logo no início des te Governo segundo rezam as cró nicas E por causa de acordos entre os partidos isso não chegou a acon tecer E ninguém falou desses acor dos como combinatas ou nego ciatas

Santos Pereira não se deve

esquecer de que o primeiro minis

tro o segurou durante dois anos mesmo em períodos de contestação generalizada

Foi substituído mas não deve le

var isso a mal Pode acontecer pelas mais variadas razões

Nestes dias até Augusto Santos

Silva o elogiou Santos Pereira deve olhar para esses cumprimentos

matérias que ficam à sua guarda

Tem um curriculum considerável e

é prudente e reservado Teve uma tareia difícil como pri meiro vice presidente do PSD com muitas competências delegadas por

como atitudes de circunstância e

Pedro Passos Coelho Entre outros

nada mais do que isso Muitas pes

dossiers teve de gerir o das eleições

soas sabem que trabalhou e muito e que procurou fazê lo sempre bem com imaginação e ousadia Poderá agora servir o País de outras manei

ras Não é só no Governo que se ser ve um País Quem pediu logo nos pri meiros dias para ser tratado só por

Álvaro mostrando desprendimen

autárquicas Saiu dois meses antes de elas ocorrerem Sentirá alívio

Quero crer que sim Agora os dossiers que vai terde gerirestarão mais ade quados ao seu perfileaos seus conhe cimentos Esperemos que os resul tados demonstrem também a tradu

ção dos atributos que revelou no des

to das ilusões do poder não deve ago

envolvimento da Plataforma Des

4 De Jorge Moreirada Silvahá quem espere muito Foi secretário de Es

mais a Cavaco Silva na nova compo

ra dar a ideia contrária

tado no meu Governo no Ministério

do Ambiente dirigido por Luís No bre Guedes Agoravai ser ele o minis tro e terá certamente oportunidade

para mostrar se merece essas altas

expectativas Pessoalmente sei que tem um saber aprofundado sobre as

envolvimento Sustentável

É um dos nomes que agradará

sição do Executivo Aliás a influên cia do Presidente não pode ser igno rada nos ministros do PSD agora em

possados

Advogado

Assina esta coluna semanalmente à quinta feira Este artigo de opinião foi escrito em

conformidade com o novo Acordo Ortográfico

Negocios 25 de julho de 2013