Page 1

Jornal Negócios 19­09­2013

Periodicidade: Diário

Temática:

Política

Classe:

Economia/Negócios

Dimensão:

541

Âmbito:

Nacional

Imagem:

S/Cor

Tiragem:

18239

Página (s):

37

Algo vai melhor no reino de Portugal Rating da República PEDROSANTANA LOPES

matéria de tão grande sensibilidade Em e que mexe tanto

no dia a dia de muitas pessoas de idade existe uma obrigação acrescida de tudo fazer para que as pessoas não se

injustiçadas ao ponto da revolta pelo menos interior

de repente depois da

tima avaliação tudo E come

nosdequeVítorGasparsaiuquan çouamudar Lembremo

do acabou esse exame e de que a

partir dessa altura o Governo tam

bém mudou Mudou o Governo e

mudaram dois representantes das

instituiçõesquecompõem atroika E mudaram para melhor as notí

cias sobre a economia portuguesa e sobre outras economias europeias E mudou o discurso mais radical

da oposição E mudou o interlocu tor português para a troika a partir de há uns meses Paulo Portas

O que não terá mudado desde então Não mudou a espera pelas eleições alemãs não mudou a des

confiança dos mercados em relação a Portugal não mudaram as contra

dições frequentes de outras entida des que compõem a troika e porve

ies as contradições entre as suas palavras ou os seus escritos e os seus actos

Não mudou a atitude nem o dis

curso do primeiro ministro em re

lação à firmeza da linhaestratégica de exigência e de rigor Mas perce be se que algo mudou àvolta dopri

meiro ministro com o seu óbvio co

nhecimento Com efeito jánão é só Paulo Portas que tem discurso dis tanciado da troika pois o PSD pela voz do seu vice presidente coorde nador critica 1 pelo menos o FMI pela sua inflexibilidade nas negocia

ções Não mudou o enigma que constitui a frieza dura do presiden te da Comissão Europeia em rela

ção a Portugal nem a indiferença

distante de Vítor Constâncio quan to aos assuntos do nosso País Te

mos duas pessoas em lugares cha ve da troika mas aparentemente seria igual se não tivéssemos Não mudou o nível de expectativas quanto à possibilidade do Tribunal Constitucional contrariar as medi

das do Governo nem mudou por outro lado a atitude de princípio de cada um dos parceiros sociais em

relação ao programa de ajustamen to confederações patronais com preensíveis CGTP sempre contra UGT sempre céptica e dialogante Certo certo é que o clima políti co mudou agora que se iniciaram as

oitava e nonaavaliações Antes Por

tugal não tinha margem para vincar as suas divergências agora tem ape sar de tudo mais margem de mano bra para fazerveràtroika como te nho dito que não pode haver estu pidez na escolha das medidas de corte na despesa no próximo ano E em que se traduziria essa estupidez Ela existiria se tivesse como efeito

aniquilar os ténues mas promisso res sinais de recuperação que se

vêm verificando nos indicadores

económicos Esse é um desafio mui

to complexo mas essencial manter

o equilíbrio entre a fidelidade aos compromissos e a fidelidade às con vicções Parece que acabaram os briefings mas faz mesmo falta um sobre esta matéria da convergência das pensões Já foi sublinhado di versas vezes porém eu quero tam bém fazê lo é devido aos portugue ses que vivem em situação mais di fícil e aqueles que vêm serem alte rados os seus direitos adquiridos

uma explicação cabal Éduroextin

guir um serviço é duro aumentar impostos é duro congelarcarreiras é duro tudo isso Mas mexer em

pensões baixas é em muitos casos humanamente complicado O Go

verno tem muito trabalho feito so bre a matéria e tenho a certeza de

que pode fundamentar publica

mente de modo esclarecedor a ra

zão de ser das suas opções Em ma téria de tão grande sensibilidade e que mexe tanto no dia a dia de mui tas pessoas de idade existe uma obrigação acrescida de tudo fazer para que as pessoas não se sintam injustiçadas ao ponto da revolta pelo menos interior O desenvolvi mento de uma sociedade principal mente quando ela está a envelhecer não dispensa o contributo dos que têm mais idade para a coesão social Portugal tem esse activo até em

comparação com outros países e não deve consentir que ele seja pre

judicado pela secura e aridez de co municados lacónicos Foi pena que o primeiro ministro não tivesse po

dido dar a entrevista à RTP para fa

lar de todas essas matérias mesmo

que o líder da oposição pudesse dar outra entrevista dias depois

Porque será que Portugal caiu nesta mania de proibir debates nas autárquicas entrevistas a gover nantes e a líderes partidários Será que a austeridade também chegou à liberdade Compreendermos o que decide quem nos representa sentirmos o respeito e uma explica ção mesmo que discordemos dela é essencial para um funcionamen to eficaz do sistema político

Advogado Assina esta coluna semanalmente

à quinta feira Este artigo foi escrito em conformidade com o novo Acordo Ortográfico


Negocios 19 de setembro de 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you