Page 1

REVISTA

ANO 1 - EDIÇÃO 03

MUND JULHO / AGOSTO / SETEMBRO 2013

A IMPORTÂNCIA DA SEGURANÇA PÚBLICA EM GRANDES EVENTOS página 8

FADISP aplica metodologia exclusiva no Curso Preparatório para o Exame da OAB

Saiba como lidar com suas finanças: A tranquilidade financeira começa com organização

página 4

página 18


PALAVRA DO DIRETOR

Qualidade da infraestrutura também conta na hora de estudar! Desde o primeiro dia em que as Faculdades ALFA assumiram a administração da FADISP em São Paulo, vêm procurando a melhoria das instalações físicas oferecidas à Alunos e Professores para o exercício do processo ensinoaprendizagem. Hoje, após investimentos significativos por parte de nossa Mantenedora, e contando com a compreensão da Comunidade que vivenciou cada dia das obras e reformas executadas, podemos dizer que ambas as Unidades, Pinheiros e República, estão em condições de oferecer um ambiente muito agradável e confortável a todos aqueles que as frequentam. São poucas as instituições de ensino que podem oferecer tais condições! A nossa expectativa é de que a qualidade da infrainfraestrutura, compreendida por salas de aula, biblioteca, equipamentos acadêmicos e de suporte, colocada à disposição de um Quadro Docente de altíssimo nível, resulte na formação de profissionais qualificados e bem preparados para o mercado de trabalho. É com este propósito que foram idealizadas as matrizes curriculares de todos os Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Lato e Stricto Sensu, oferecidos pela FADISP. Sem dúvida alguma, uma combinação que tem totais condições de ser bem sucedida. Sejam todos e todas bem-vindos e bem-vindas à ALFA / FADISP! Nelson de Carvalho Filho Diretor-Superintendente

EXPEDIENTE

Presidente

Edição

José Alves Filho Nelson de Carvalho Filho

Lívia Fernanda Ferreira da Silva Vanilde Pereira Ramos Carolyni Brito Sucoski Camila Arantes

Diretor Acadêmico

Textos

José Antônio Arantes Salles

Erika Apolinário Gabriela Caruso Gisele Soares

Diretor-Superintendente

Diretora de Marketing e Vendas Maysa Andreusa Godoy Simões

Revisão Camila Arantes

Projeto gráfico 600ml Comunicação 2


índice

CAPA

8

A IMPORTÂNCIA DA SEGURANÇA PÚBLICA EM GRANDES EVENTOS O Brasil será sede dos maiores eventos esportivos e tem atraído investidores do mundo inteiro. Segundo dados do Relatório do São Paulo Conventions & Visitors Bureau, a cidade é uma das top 20 em eventos internacionais, acima de Roma, Munique, Sydney e Montreal. O país está em 9º lugar mundial no mesmo quesito e se prepara para a chegada da Copa do Mundo da FIFA em 2014 e das Olimpíadas em 2016.

cursos e carreiras

4

exame da ordem 

6

MERCADO IMOBILIÁRIO

10

direito internacional 

12

GESTÃO DE PROJETOS

13

ALUNOS DE SUCESSO

15

ACORDO ORTOGRÁFICO

17

administração 

18

calendário 

19

3


CURSOS E CARREIRAS

FADISP aplica metodologia exclusiva no Curso Preparatório para o Exame da OAB

A FADISP está em constante busca pela excelência e por colocar seus alunos sempre em um lugar de destaque no mercado de trabalho, buscando o aprimoramento de sua grade curricular e ofertando aos seus alunos cursos de graduação, preparatórios e de extensão que possam suprir as necessidades e anseios de uma sociedade em constante mudança. E um dos exemplos dessa busca são os Cursos Preparatórios para o Exame da OAB 1ª e 2ª Fase. Os Cursos Preparatórios para o Exame da OAB da FADISP são organizados para garantir a revisão completa e sanar as dúvidas que surgem durante o período que precede a prova, focando em questões com o maior nível de exigência, já que a prova tem um alto índice de reprovação. Segundo o Professor e Coordenador dos Cursos de Extensão da FADISP, Luiz Fernando do Vale de Almeida Guilherme (foto), o principal motivo para esses números é “a falta de aprendizado básico, onde tentamos ajudar o aluno a entender como interpretar a prova da OAB”.  As aulas destes cursos preparatórios são 100% presenciais e incluem material didático digital para facilitar a aprendizagem dos alunos, que têm as apostilas disponíveis em formato PDF, e videoaulas para ajudar na maratona de estudos diária.  Os professores dão ênfase em revisão teórica e

ARQUIVO PESSOAL

Aulas 100% presenciais, material didático digital e videoaulas estão entre os diferenciais do curso

simulados, além de aplicação de metodologia exclusiva que permite aos alunos realizarem seus estudos de forma eficaz, a fim de obterem a melhor performance no exame de Ordem. “O aluno pode esperar passar na OAB. Temos um método revolucionário de aprendizado onde o aluno entende a lógica da prova”, conclui o Professor. No último exame da OAB aplicado em 28 de abril, 92% dos alunos que fizeram esse curso preparatório foram aprovados para a 2° fase da prova.

Veja outros cursos oferecidos pelas Faculdades ALFA e FADISP: Cursos Profissionalizantes:

Conhecimento Aplicado:

Gestão da Qualidade, Tecnologia Digital e Mobile, Área Jurídica, Tributária e de Negócios.

Gestão de Qualidade, Clima Organizacional, Métodos Quantitativos Matemáticos, Avaliação de Desempenho, Comportamento Organizacional, Estratégia de Gestão de Processos e da Qualidade, Formação de Competências, Benefícios e Serviços, Métodos Quantitativos Estatísticos, Estratégia de Gestão de Pessoas, Segurança, Saúde, Higiene e Medicina do Trabalho e Análise de Custos.

Cursos Preparatórios: Certificação ANBIMA (voltado para profissionais do mercado financeiro).

Cursos Preparatórios: Para Concursos em Nível Médio e Superior. 4


CURSOS E CARREIRAS

Saiba como se preparar para a primeira entrevista de emprego

ARQUIVO PESSOAL

A entrevista de emprego é o momento mais importante do processo seletivo e um dos principais passos para conseguir entrar no mercado de trabalho. Para algumas pessoas pode parecer fácil mostrar-se confiante e demonstrar capacidade para o cargo, mas para a maioria dos entrevistados enfrentar essa etapa até chegar ao cargo desejado é uma tarefa bastante difícil. Durante uma entrevista de emprego, o entrevistado precisa tomar cuidados com alguns aspectos que certamente serão avaliados pelas empresas. Os candidatos precisam se preparar corretamente para este momento e evitar aqueles erros fatais que podem custar o cargo até mesmo dos mais preparados. “Na entrevista do primeiro emprego é importante ser verdadeiro, falar sobre as habilidades e conhecimentos, usar vestimentas de acordo com a vaga pretendida, jamais usar tênis e boné”, explica a Professora Mestre Andreia Tassiane Antonacci, advogada especialista em Direito Trabalhista e Previdenciário, coordenadora adjunta na graduação de Direito e professora do curso de Administração da FADISP.

“Conhecer, buscar informações quanto à missão e visão da empresa, assim fica mais fácil demonstrar as expectativas e habilidades vinculadas à vaga” Profª Andreia Antonacci

Outros pontos também são importantes e contam na hora da admissão, tais como, o conhecimento do candidato diante dos assuntos que envolvem a empresa e os produtos que ela fabrica. O saneamento de todas as dúvidas do entrevistador irá demonstrar o interesse pela vaga. Para a Professora Andreia Antonacci, os preparativos antes ajudam na hora de ser entrevistado e o candidato precisa “conhecer a empresa e buscar informações quanto à sua missão e visão, assim fica mais fácil demonstrar as expectativas e habilidades vinculadas à vaga”. Ao ser chamado para uma primeira entrevista, o candidato deve saber se comportar de maneira adequada e causar uma boa impressão, com certeza isso aumentará suas chances de conseguir uma vaga. Além da insegurança, a professora ainda cita outros cuidados importantes que o candidato precisa evitar na frente do entrevistado, “o candidato deve ser honesto, não mentir, não falar mal de outras entrevistas realizadas, não mencionar conhecimentos que não possui, como por exemplo, o conhecimento em outras línguas”. Se o candidato se mantiver calmo e seguro, o entrevistado se sairá bem em todas as etapas do processo seletivo. Além disso, é necessário lembrar que o entrevistador e o entrevistado, apesar de estar em lados opostos da mesa, buscam a mesma coisa: acertarem em sua escolha, tendo sucesso ao combinar um profissional com uma posição em aberto dentro de uma empresa. 5


exame da ordem

O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é um grande desafio para quem se forma em Direito e deseja exercer a profissão. Para os alunos de Direito da FADISP, Andreia Cristine Siraque (foto ao lado) e Gerivan Santos de Almeida, o alto grau de exigência da prova não foi um obstáculo, pois mesmo cursando o último ano da faculdade, já podem comemorar o excelente desempenho na prova, fruto do grande esforço e dedicação nos estudos. Passar na prova é um desafio, exige determinação, disciplina e esforço. Para o estudante de Direito Gerivan mesmo tendo se preparado pouco mais de um mês, teve que renunciar algumas atividades que tomariam seu tempo e “a maior dificuldade foi tentar administrar o tempo para conciliar o período de preparação para a 2° fase do Exame da OAB com as provas e os trabalhos da faculdade, bem como o estágio”. A estudante Andréia acredita que focar nos estudos tenha ajudado no resultado do exame. “Estudei todo o tempo de que dispunha, nos intervalos da faculdade, após a faculdade e durante os finais de semana. Para a primeira fase do exame da OAB, o que me ajudou foi ter estudado durante todo o curso na faculdade, pois antes da prova apenas revisei a matéria fazendo exames anteriores da OAB, contudo, para a segunda fase do exame, fiz um bom cursinho por cerca de 40 dias, o que foi essencial”. A prova é dividida em duas fases. A primeira é composta por 80 questões de múltipla escolha. Quem acertar o mínimo de 40 questões passa para a segunda fase. Na segunda fase o candidato precisa redigir uma peça processual e responder a quatro questões, sob a forma de situações-problema. O estudante Gerivan achou a primeira fase fácil, mas a segunda foi um pouco difícil. “O Exame da OAB trouxe o Agravo de Instrumento como peça prático-profissional em Direito tributário, o que foge do comum, pois há mais de cinco anos não havia histórico de exigências de nenhum tipo de Recursos na segunda fase em Direito Tributário”. 6

ARQUIVO PESSOAL

Alunos comemoram desempenho no Exame da Ordem

Segundo Andréia, o Exame poderia ter algumas alterações, principalmente no valor. “Com a redução do número de questões, tanto da primeira quanto da segunda fase do exame, seria resolvido, definitivamente, o problema de insuficiência de tempo para resolvê-las. O valor da taxa do exame de R$ 200,00 é abusivo e deveria ser reduzido. Afinal, somos apenas estudantes ou recém-formados tentando entrar no mercado de trabalho”. Para aqueles que pretendem prestar o Exame da OAB ou ainda não conseguiram passar, os estudantes passam algumas dicas. “É necessário que os candidatos saibam quais são as suas dificuldades para trabalhar em cima delas mantendo o equilíbrio, pois uma prova feita sob pressão pouco resultado será obtido”, ressalta Gerivan. “Fazer todas as provas anteriores tanto da primeira fase do exame da OAB como da segunda, bem como um bom cursinho para a segunda fase, o que entendo fundamental para dar a desenvoltura exigida pelo exame”, afirma Andréia. Com a satisfação e o alívio de passar no Exame da OAB, os estudantes já pensam no futuro. Assim que concluírem o curso de Direito, pretendem realizar a pós-graduação e se especializar na área.


VESTIBULAR FADISP

Cursos a partir de

R$320

2 Unidades: Praça da República e Pinheiros

Mestrado e Doutorado em Direito

600 bolsas de até 100% para Direito, Administração e Ciências Contábeis 50 anos de expertise em gestão de negócios e 12 anos de FADISP reunidos na mesma sala de aula.

Na ALFA Goiânia

8 www.fadisp.com.br ) 3061.0212

Nota 4 no MEC Uma das principais IES do Centro-Oeste Parcerias com IBM, SAP, Harvard, Microsoft e HSM

Unidade Praça da República

Unidade Pinheiros

Rua Basílio da Gama, 77 / 81 Rua João Moura, 313 (a 50 metros do Metrô República) (a 30 metros da Av. Rebouças)

*A DIFERENÇA DO VALOR NORMAL DA MENSALIDADE NA PRIMEIRA FAIXA PARA CADA CURSO SERÁ SUPORTADA POR BOLSAS DE ESTUDOS A SEREM CONCEDIDAS PELAS FACULDADES ALFA E FADISP NO ATO DA MATRÍCULA E MEDIANTE CONTRATO. O BENEFICIÁRIO DA BOLSA DE ESTUDO DEVERÁ SE COMPROMETER A RENOVAR SUA MATRÍCULA SEMESTRALMENTE ATÉ O FINAL DO CURSO, CONFORME CONTRATO ENTRE AS PARTES.

7


matéria de capa

A importância da segurança

pública em grandes eventos

O Brasil será sede dos maiores eventos esportivos e tem atraído investidores do mundo inteiro. Segundo dados do Relatório do São Paulo Conventions & Visitors Bureau, a cidade é uma das top 20 em eventos internacionais, acima de Roma, Munique, Sydney e Montreal. O país está em 9º lugar mundial no mesmo quesito e se prepara para a chegada da Copa do Mundo da FIFA em 2014 e as Olimpíadas em 2016. Segundo a professora e coordenadora do curso de Pós-graduação em Segurança Pública com ênfase em Grandes eventos, Rina Ricci, a Copa do Mundo e as Olimpíadas necessitam de profissio-

Jornada Mundial da Juventude A Jornada Mundial da Juventude, que promove a cada dois ou três anos um encontro de jovens do mundo todo com o Papa, foi recebida na cidade do Rio de Janeiro, de 23 a 28 de julho. Apesar do clima de tranquilidade, alguns problemas foram relatados durante a visita do Pontífice ao grandioso evento: Segurança – Em sua chegada ao Brasil, o Papa Francisco acabou preso em um engarrafamento, o que expôs o Pontífice ao perigo, uma vez que centenas de pessoas cercaram o veículo. O problema ocorreu por uma falha de comunicação do trajeto entre o centro de controle do Estado e a prefeitura.

8

nais qualificados na área da Segurança Pública e Privada. Para que esses eventos ocorram com sucesso total, o Brasil deve estar preparado nos quesitos de educação, treinamento e planejamento anterior aos eventos. “Além dos grandes eventos locais como Feiras, Congressos, Shows, Jogos esportivos, Fashion Week, Bienais, o Brasil será a sede de grandes eventos mundiais e esses eventos precisam continuar com toda a segurança. Para isso é necessário o comprometimento com a prevenção, só assim manteremos a tranquilidade pública, dentro da lei e os costumes de nosso país, preservando o direito Transporte – Quando a jornada foi oficialmente aberta, o metrô da cidade do Rio de Janeiro ficou parado por mais de duas horas. Além disso, metrô e ônibus não foram suficientes para atender a demanda durante todo o evento , o que causou muitas reclamações de superlotação dos transportes públicos da cidade por parte dos peregrinos e da população. Infraestrutura – Os peregrinos que fizeram a vigília na Praia de Copacabana de sábado para domingo afirmaram que o número de banheiros químicos era insuficiente para a quantidade de pessoas que estavam por lá. Outro problema relatado foi o mau cheiro desses banheiros, uma vez que muitos vazaram por causa da demanda.


matéria de capa

do cidadão a conviver harmonicamente em sociedade e, principalmente, quando sai para se divertir em um grande evento.”, explica a professora. Em eventos de grande porte, são destacados os agentes especializados para tal função, que tenham tido em sua formação conhecimentos necessários para a detecção preventiva de eventuais atos danosos que possam interferir no brilhantismo dos grandes eventos. Para atender as necessidades do mercado, este profissional deve saber implantar, organizar e gerir eventos de grande porte com habilidades estratégicas, táticas operacionais, administrativas, além de ter conhecimento jurídico e de relacionamento social para desenvolver a capacidade de análise e prevenção de riscos. Os grandes eventos são caracterizados também pelo seu significado histórico, político e de popularidade, envolvendo grande número de pessoas, dentre estas autoridades e VIP’s, estando sujeito a ameaças reais ou potenciais, requerendo a mobilização geral dos organismos de inteligência. O planejamento da segurança em grandes eventos perpassa por um conjunto de ações de Inteligência de Segurança Pública para grandes eventos e contribuem para a perspectiva de atuação do Estado – prevenção e da Segurança do Cidadão. “Temos como exemplo as finais de grandes campeonatos nos EUA, visitas de líderes religiosos como o Papa, megashows de cantores internacionais, entre outros. Nestes, agentes do FBI (Unidade de Ciência Comportamental – Quântico), Scotland Yard e outros são treinados para atuar de forma preventiva, tendo em seu currículo conhecimentos sobre a Psicologia das Multidões”, explica Maria Emilia Marinho de Camargo, psicóloga clínica e forense.

Psicologia das multidões Psicologia das Multidões ou Psicologia de Massas é um ramo da Psicologia que estuda, entre outros temas, as características próprias assumidas pelo ser humano, quando reunidos em grupos. Sob esta ótica, observa-se que acrescidas as características próprias e individuais, o ser humano, quando em situações grupais assume ações inconscientes que substituem sua atividade consciente e que modificam seu comportamento. Ou seja, “uma multidão adquire uma alma coletiva poderosa”, porém momentânea.

FADISP oferece Curso de Segurança Pública como ferramenta de especialização para os grandes eventos O Brasil receberá um dos maiores eventos esportivos: a Copa do Mundo. No entanto, a área da Segurança necessita ser melhorada, onde a solução implica na capacitação dos gestores e da segurança dos grandes eventos. “Dentro dos estádios quem irá atuar são os profissionais da iniciativa privada. Fora dos estádios podem atuar os da iniciativa privada e, com certeza, a atuação da Polícia Civil, Federal e Militar também se faz necessária”, informa a professora Rina Ricci, coordenadora do curso de Pós-graduação em Segurança Pública com ênfase em grandes eventos. Com um conteúdo inovador, o aluno irá desenvolver a capacidade de planejar, implantar, organizar e gerir eventos de grande porte; através de habilidades estratégicas, táticas operacionais, administrativas, além de ampliar os conhecimentos jurídicos e de relacionamento social com ênfase especial para segurança e análise de prevenção de riscos. A Pós-graduação é oferecida na Unidade República da FADISP, sob a coordenação da professora Rina Ricci, bacharel em Direito pela UMC, Bacharel em Comunicação Social pela FAAP e Pós-graduada em Administração pela FCAV/USP. O curso é indicado para profissionais das áreas de Segurança Pública ou Privada, Comunicação, Administração, Planejamento Estratégico e Organizadores ou Coordenadores de Eventos Coorporativos, Esportivos e Sociais. 9


MERCADO IMOBILIÁRIO

Eventos no país contribuem para o boom Imobiliário Mercado cresce e se valoriza com a proximidade de grandes eventos Prestes a sediar a Copa do Mundo e os jogos Olímpicos, o Brasil vivencia grandes oportunidades de crescimento econômico, e entre os diversos segmentos, um tem ganhado grande destaque: o setor imobiliário. Os jogos proporcionam aos brasileiros, além da emoção de torcer, gritar e se emocionar em cada jogo, novas oportunidades de trabalhos e investimentos. Devido a um conjunto de fatores, tais como, a queda do índice de desemprego, o aumento das linhas de crédito com juros menores, a ampliação do mercado consumidor e o déficit habitacional brasileiro, a valorização do mercado imobiliário vem crescendo durante seguidos anos, colocando a economia brasileira em um patamar de estabilidade. O resultado disto é que o setor imobiliário saiu do período de estagnação e se reaqueceu. Criando expectativas otimistas de que os próximos anos não serão diferentes, por conta dos eventos, os imóveis tendem a ter uma maior valorização, principalmente nas capitais onde serão realizados os jogos. 10

“Esses grandes eventos não são a causa do aquecimento do mercado imobiliário, mas sem dúvida, criam novas oportunidades para investimentos em áreas de potencial de mercado”, declara o Professor Doutor da pós em Direito Imobiliário da FADISP, Daniel Carnio Costa. Os jogos sediados no Brasil nos próximos anos contribuem para que o mercado imobiliário sofra uma influência direta, principalmente nas cidades que receberão jogos e no entorno das grandes obras de infraestrutura que já estão sendo realizadas. Algumas áreas, antes degradadas, tendem a ser revitalizadas. Os projetos e a própria estruturação das cidades têm feito com que construtores e incorporadores olhem com mais atenção para alguns pontos das cidades que sediarão os jogos na certeza de valorização e essa situação cria uma oportunidade de investimento imobiliário”, ressalta Carnio. Com o aquecimento do mercado imobiliário, muito se fala em um boom imobiliário, porém para o Professor Daniel Carnio Costa o aquecimento desse mercado já é nítido. “Não penso que haverá


um boom imobiliário, uma vez que o aquecimento desse mercado já é uma realidade, mas sim um prolongamento desse aquecimento em razão das novas oportunidades surgidas em razão da Copa. A expectativa é que a Copa do Mundo crie áreas de valorização em razão da revitalização e da implementação de melhorias urbanas em determinadas áreas”. Esses acontecimentos no país interferem direta e positivamente na economia de maneira geral, o que contribuem para o aumento nas contratações voltadas a mão de obra qualificada, favorecendo mais empregos, principalmente para áreas de construção civil e engenharia. Além desta expectativa definida de empregos, há também um desenvolvimento nos serviços privados, formais e informais que serão estimulados. O setor de turismo será outro beneficiado pela vinda de turistas que movimentarão economicamente os restaurantes, parques e setores hoteleiros. Para a economia do país será um excelente negócio. Com a alta do mercado imobiliário, a atenção também se volta às oportunidades de compra e venda. Para aqueles que estão pensando em vender ou adquirir um imóvel, segundo o Professor Daniel Carnio, esse momento é ótimo para investimento. “É possível que novos negócios apareçam em função das obras relacionadas à Copa do Mundo e, sem dúvida, será possível identificar

ARQUIVO PESSOAL

MERCADO IMOBILIÁRIO

Prof. Daniel Carnio Costa boas oportunidades de investimento imobiliário. A baixa remuneração do capital em aplicações financeiras tornou o investimento em imóveis muito mais atrativo”. Os mega-eventos esportivos no país contribuíram para o crescimento do mercado imobiliário e, mesmo depois dos jogos, as oportunidades continuarão a sentir os efeitos das obras. “Observando-se o que já ocorreu em outros países, um dos principais legados deixados pelos grandes eventos é a criação de áreas de grande valorização imobiliária e a transformação de áreas anteriormente degradadas em novos bairros propensos ao desenvolvimento”, relata Carnio. Para aqueles que pretendem adquirir um novo imóvel, a atenção precisa estar redobrada nesse momento. É necessário primeiramente observar a finalidade desejada, quanto ao uso, valorização, renda ou empreendimento. Vale lembrar que este tipo de investimento é tido como de grande segurança, pela estabilidade de renda e liquidez relativa, portanto, não pode ser uma visão de curto prazo ou médio prazo. Segundo o Professor Daniel Carnio Costa, é necessário estar atento a alguns detalhes: “Identificada a oportunidade de negócio, se deve verificar, antes de tudo, a regularidade da obra e da situação financeira do vendedor. Saber quem é a construtora, quais as outras obras por ela já realizadas. Verificar se é uma empresa idônea e com boa saúde financeira, notadamente quando se tratar de compra de imóvel na planta”. 11


DIREITO INTERNACIONAL

contrato internacional •V  árias jurisdições competentes, ao menos em tese •C  ompetência internacional e interna •D  uas ou mais legislações, ao menos em tese •C  ontextos cultural e político diversificadose diferenciados • P ráticas empresariais e comerciais distintas

contrato nacional • Existência de apenas uma jurisdição (Estado) competente • Competência interna • Legislação Nacional • Apenas uma cultura/política • Mesma ótica empresarial e comercial

$

moeda do país Moeda Forte (Dólar, Euro, Ien, Franco Suíco, Etc.)

Idioma Pode haver mais de um idioma, não necessariamente o das partes.

Entenda como funcionam os contratos internacionais Confira as principais diferenças entre os contratos nacionais e internacionais Com a globalização, as relações econômicas entre diferentes países se intensificaram e o meio através do qual estas relações se formalizam é o contrato internacional. Neste tipo de documento as partes envolvidas estabelecem condições de troca de bens e de serviços, destinado a estabelecer uma regulamentação de interesses entre as partes, com o objetivo de adquirir, modificar ou até mesmo extinguir relações jurídicas de natureza patrimonial criando assim um vínculo jurídico. Os contratos internacionais são um pacto entre Estados soberanos, regulado por um conjunto de normas jurídicas. Eles têm por finalidade um acordo de vontades entre as partes envolvidas, criando-se direitos e deveres. Segundo a Professora Mestre em Direito Internacional Rosana Bastos Alarcon, da FADISP, “O funcionamento dos contratos internacionais conecta-se com mais de um ordenamento jurídico e não podem ofender a ordem pública. 12

É necessário observar o ordenamento jurídico ao qual se vincula, os princípios do direito e da boa fé”. Os contratos são considerados internacionais por características específicas. Para identificar se um contrato é internacional, é necessário ficar atento se as partes envolvidas têm diferentes nacionalidades ou domicílio em países distintos. Além disso, observar se o objeto do contrato é entregue ou prestado de forma extraterritorial e se os lugares de celebração e execução das obrigações não coincidem.    Quando se trata de contratos internacionais é necessário analisar alguns detalhes. A Professora Rosana Alarcon explica que “Os contratos internacionais exigem cuidados diferenciados e merecem uma atenção especial quanto a definição do momento de formação do contrato e a utilização dos incoterms (Termos Internacionais de Comércio) nos contratos de compra e venda de mercadorias”.


GESTÃO DE PROJETOS

De olho no futuro, FADISP firma parceira com EUAX Objetivo do curso é qualificar cada vez mais os profissionais do setor para o exigente mercado de trabalho, afirma Ivanow Com a abertura e o aumento da competitividade no mercado de trabalho, cada dia mais as empresas buscam por profissionais com qualidades multidisciplinares, capazes de gerir projetos e lidar com os contratempos que o dia-a-dia organizacional impõe. Atenta a esse cenário, a FADISP criou o curso Premium de MBA em Gestão de Projetos. Reconhecida por sempre primar pela excelência em seus cursos e por estar à frente quando o assunto é preparar seus alunos para o mercado, a Faculdade firmou uma parceria com a EUAX, empresa especializada neste segmento, para ministrar um curso onde o desenvolvimento de competências e habilidades fundamentais para o bom desempenho no gerenciamento de projetos inserido no contexto organizacional sejam trabalhados. Gestão de Projetos é uma área da Administração aplicada de conhecimentos, habilidades e técnicas na elaboração de atividades relacionadas para atingir um conjunto de objetivos pré-definidos, num certo prazo, com um certo custo e qualidade, através da mobilização de recursos técnicos e humanos. “De forma mais simplificada, muitos

definem que projeto é toda ação que tem começo, meio e fim”, resume o Professor e Coordenador do Curso de MBA em Gestão de Projetos da FADISP, Pedro Ivanow. O objetivo do curso é apresentar aos profissionais as técnicas da Gestão de Projetos, tornando-os capazes de analisar as etapas da concepção inicial do projeto, de modo a acelerar o seu desenvolvimento, atendendo o seu objetivo, prazo, custo e qualidade ou até mesmo reduzindo os custos e melhorando os controles, independentemente do porte da proposta. A ideia é que a Gestão de Projetos minimize possíveis falhas inerentes aos processos. Segundo o Professor Pedro Ivanow, “até alguns anos atrás, a Gestão de Projetos tinha uma associação clara com projetos de TI ou de Engenharia. Mais recentemente, a Gestão de Projetos passou a ser uma necessidade em diversos segmentos de negócios”. A necessidade de ter profissionais com habilidades multidisciplinares agrega ao especialista em Gestão de Projetos um diferencial importante em sua trajetória profissional, já que o curso cria ou 13


refina conhecimentos essenciais para o bom desempenho no ambiente de trabalho. O profissional passa a adquirir conhecimentos necessários para lidar com projetos, desenvolvendo habilidades para administrar cenários que cercam habitualmente este mundo. Para Ivanow, “a falta de Gestão de Projetos em um ambiente de negócios traz situações de permanente dúvida. Podemos citar como exemplos de ineficiência a inexistência de planejamento detalhado, a falta de previsibilidade para riscos, descontrole de prazos normalmente decorrentes de escopos mal definidos, de padrões de qualidade inadequados, entre outros“. A maioria dos executivos passam muitas horas traçando planejamentos, desenhando escopos, elaborando atividades de forma mais realista possível, entretanto, durante o processo de execução, obstáculos surgem e as falhas acontecem. É nesse momento que o profissional se vê diante da necessidade de estar pronto para gerir o projeto. O Curso de MBA em Gestão de Projetos da FADISP oferece, diante deste contexto, a possibilidade de entender o processo e ter domínio sob um

ARQUIVO PESSOAL

GESTÃO DE PROJETOS

Prof. Pedro Ivanow arsenal de técnicas de gerenciamento de projeto que se torna fundamental para as organizações e para os profissionais que buscam um lugar de destaque no mercado.

AUSÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS

BENEFÍCIOS DA GESTÃO DE PROJETOS

Não cumprimento dos prazos

Aumento do comprometimento com objetivos e resultados

Mudanças de escopo constantes

Melhoria de qualidade nos resultados dos projetos

Problemas de comunicação

Disponibilidade de informação para a tomada de decisão

Concorrência entre o dia-a-dia e o

14

projeto na utilização dos recursos

Aumento da satisfação do cliente (interno/externo)

Recursos humanos insuficientes

Aumento de integração entre as áreas

Não cumprimento do orçamento

Minimização dos riscos em projetos


ALUNOS DE SUCESSO

Estudantes que se destacaram nos seus cursos orgulham a FADISP Alunos mostram que é possível conciliar estudos e trabalho com dedicação

fotos: ARQUIVO PESSOAL

Conciliar trabalho, estudos e vida pessoal não é uma tarefa fácil, mas existem alunos que vão além e conseguem se destacar diante deste panorama. Murilo Martins, Danielle Lima (foto ao lado) e Shamonny Croce (foto abaixo) são exemplos de estudantes que dedicaram o seu melhor e foram destaque nos cursos de Administração e Direito da FADISP. Para alguns, a escolha dos cursos se deu por vocação, como conta Shamonny: “Desde criança sonhava em ser juíza. Achava encantadores os filmes que se passavam em tribunais, que envolviam o Direito e sabia que este era meu futuro. Quando ingressei na faculdade minhas expectativas foram superadas porque vi que o Direito é muito melhor do que imaginava”. Para outros, a opção foi tomada por um mercado de trabalho promissor. “Sempre quis fazer um curso que me permitisse atuar em diversas áreas e o curso de Administração proporciona um leque extenso de opções”, explica Danielle. Já a escolha da Faculdade foi feita em busca de um corpo docente de qualidade e por uma metodologia de ensino que prima por Excelência, onde a teoria está sempre ligada à prática consciente da mesma no mercado de trabalho. “Escolhi a FADISP porque sempre foi uma faculdade conceituada no mercado, que possui professores renomados e, inclusive, estes professores são acessíveis a todo o instante, sempre estando perto do aluno para auxiliar e sanar as eventuais dúvidas”, esclarece Shamonny. A dedicação dos alunos e o comprometimento da Instituição de Ensino podem ser decisivos no mercado de trabalho, gerando resultados que começam a ser alcançados logo após a conclusão da graduação, como conta o ex-aluno Murilo: “As possibilidades de crescimento e as portas que se abriram são um sinal positivo de que foi um investimento que valeu a pena”. Acompanhar a trajetória dos nossos alunos e constatar o quão bem colocados eles estão no mercado de trabalho nos traz a satisfação e a certeza de que primar pela qualidade é sempre a melhor escolha.

15


ALUNOS DE SUCESSO

Aluno que ingressou cedo no mercado, concilia trabalho e estudos

No último semestre de Direito, Sant’ana ingressou no mercado no início do curso

A caminhada até a conclusão do ensino superior é longa. Tudo se inicia ainda no Ensino Médio quando o adolescente tem que tomar a decisão de qual carreira seguir e em qual faculdade estudar. Depois começa a maratona de estudos com os cursinhos pré-vestibulares. Há ainda a pressão do vestibular e, só depois de vencer essa longa batalha, o estudante consegue finalmente ingressar para a faculdade. Essa jornada, porém, é somente o começo. A maior realização para o estudante, além de iniciar a vida acadêmica e de se formar, é entrar no mercado de trabalho e começar a exercer a profissão e colocar em prática tudo aquilo o que ele aprendeu. Mas nem sempre é possível concluir a graduação e exercer a profissão, o que traz muita insegurança aos recém-formados. Se o estudante não escolhe uma faculdade bem conceituada fica ainda mais difícil. Para o estudante do último semestre em Direito Flávio Correa Sant’ana da FADISP, que trabalha na AES Eletropaulo e já atua na área desde o início do curso, mesmo passando por todas essas etapas da vida de estudante, “não foi difícil entrar no merca-

16

do de trabalho e o diferencial na hora do processo seletivo entre os candidatos, foi o curso escolhido”. Quando se está na faculdade, o que se aprende é o essencial para exercer a profissão, mas somente na prática é possível conhecer melhor a carreira escolhida e assim crescer profissionalmente. Para Sant’ana, “esse tempo de trabalho tem sido bom para colocar em prática o que aprendi na faculdade, principalmente referente ao direito do trabalho”. O estágio ainda é visto como a porta para quem quer ingressar ao mercado de trabalho, mas mesmo assim, nem todos os estudantes conseguem estagiar durante o período que cursam a graduação. Hoje o mercado está cada vez mais competitivo, o que dificulta até mesmo os profissionais mais qualificados para a vaga. O estudante cita algumas dicas para quem pretende e ainda não conseguiu entrar no mercado de trabalho. “A minha dica é que mesmo tendo um trabalho ou estágio, cujo salário ou a bolsa sejam elevados, vale a pena abrir mão para poder entrar no mercado, mesmo que seja para ganhar menos. Pois assim, desde cedo, o aluno terá melhor capacidade técnica para almejar novos desafios”.


ACORDO ORTOGRáfico

Acordo ortográfico só entrará em vigor em 2016 Estudantes e concurseiros terão três anos para se adaptar às novas regras Com o intuito de aproximar e padronizar as grafias das palavras dos países lusófonos, ou seja, os que têm o português como língua oficial, o Novo Acordo Ortográfico, que entraria em vigor em 01 de janeiro de 2013, foi prorrogado por mais três anos pela presidente Dilma Roussef. No decreto publicado no “Diário Oficial da União”, a presidente determina que o período de transição para implementação das novas regras vai até 31 de dezembro de 2015. Com isso as determinações do novo acordo deverão ser seguidas, obrigatoriamente, a partir de 2016. A prorrogação se fortaleceu em dezembro, liderada por um grupo de senadores que considerava necessário mais tempo para adaptação. Com a mudança, a coexistência entre os dois modelos afetará, especialmente, a vida de concurseiros e estudantes que prestarão o vestibular e se preparavam para encarar unicamente as novas regras da língua portuguesa, a partir de 1º de janeiro. Segundo o Professor Mestre em Educação e Comunicação Claude Silva Lima, da FADISP, “após 31 de dezembro de 2015, todo cidadão brasilei-

ro, concurseiro ou não, deverá escrever de acordo com as mudanças apregoadas pelo Acordo. É uma responsabilidade de cada cidadão, de cada pessoa, ater-se ao zelo pela escrita da Flor do Lácio, inculta e bela”. Os brasileiros terão um período extra para se adequar às novas regras. Durante esse tempo, tanto a grafia anterior como a nova serão aceitas oficialmente. Para o professor da FADISP “isso significa que até essa data coexistirão a ‘velha ortografia’, de antes do acordo assinado em 1990, e a nova ortografia prevista pelo mesmo acordo. Em assim sendo, ambas as ortografias vigem e não seria de bom alvitre questionar suas alterações em provas ou concursos”. “A prorrogação vem oferecer um período maior para que todos se esmerem na busca dos ajustes linguísticos necessários, permitindo um aprofundamento de estudos dessas questões. É um período curto e necessário, se considerarmos que em Portugal o período de convivência entre as duas normas também vai até 2015, e, em Cabo Verde, o prazo chega até 2019”, afirma Lima. 17


administração

Como lidar com suas finanças: a tranquilidade começa com organização Quando falamos sobre organizar as finanças, a primeira coisa que nos vem à cabeça é que trata-se de um assunto para especialistas na área. Mas, segundo o Professor e Economista Roberto Oliveira, da FADISP, isto é um grande mito, “as pessoas já lidam com as finanças sem ter a noção de estar fazendo, o grande problema é que elas não têm o controle de seus ganhos e gastos”. Esta realidade trazida pelo Professor mostra que a dificuldade em controlar as despesas e equilibrá-las está ligada à falta de consciência de que organizar as finanças é algo simples, entretanto, pouco comum entre os brasileiros. Organizar o que se ganha e o que se gasta através de um fluxo de caixa é o primeiro passo para colocar em ordem a sua vida financeira e obter tranquilidade em possíveis eventualidades. Neste fluxo, você poderá identificar as entradas e saídas de dinheiro. “Não ignore nenhum item, por mais insignificante que possa parecer, pois ele é mais um evento dentro de seu fluxo financeiro” alerta Oliveira. É só a partir desta organização que você pode18

rá ver o que está gastando e identificar o que é supérfluo, adiando ou suprimindo este ou aquele gasto das suas despesas. Para o Professor Roberto, atualmente “a sociedade nos impõe um status de consumo e não devemos nos deixar levar por isto, o nosso padrão de vida se adequa às nossas necessidades básicas e à nossa renda. As pessoas têm que saber que o seu padrão de vida está limitado aos seus proventos”. Administrar adequadamente e planejar os seus gastos em consonância com o seu rendimento, guardando sempre um percentual de 10% dos seus ganhos, lhe dará segurança financeira em momentos difíceis e evitará gastos com despesas financeiras, tais como juros de cheque especial e rotatividade de cartões de crédito. “Dê preferências para compras à vista, isto lhe proporcionará descontos e poder de barganha com o vendedor. Não compre por impulso, veja se o produto ou serviço que está comprando realmente é necessário para aquele momento”, conclui o Professor.


calendário

Um resumo das atividades de nossas faculdades para você ficar atualizado FADISP

Faculdades ALFA

10/06/2013 – V  isita dos alunos Colégio Maria Imaculada Dr. Piero Roversi para um ALFA Tour seguido de Júri Simulado.

08 a 31/07/2013 – Curso de Férias ALFA

27/05/2013 – V  isita dos alunos do 3° ano do ensino médio do Colégio Santa Marcelina, para conhecer as instalações da unidade Pinheiros e realizar o Júri Simulado.

27/06/2013 – 1° Encontro Alfa Campus Tech Unidade Perimetral

25/05/2013 – F eira de Profissões do Colégio Claretiano com participação dos professores da FADISP 18/05/2013 – X  II Fórum de Informação Profissional promovido pela FADISP no Colégio Santa Marcelina 11/05/2013 – III Seminário de Mudanças Tributárias – Unidade Praça da República

28/06/2013 – IX Caminhada da Fé - ALFA / Festa do Divino – Trindade

13/06/2013 – Início das inscrições para calouros 29/05/2013 – I Simpósio em Psicologia e Organizações – Unidade Perimetral 16/05/2013 – Inauguração do 1º Centro de Pesquisas Científicas em Desenvolvimento Regional do Centro-Oeste Brasileiro – Unidade Perimetral 20/04/2013 – XXI Prêmio Coca-Cola de Redação – Unidade Perimetral

16/04/2013 – 1  º Workshop Alfa Campus Tech – Unidade Praça da República 12/04/2013 – D  ebate na AASP com participação de professor da FADISP

19


PÓS-GRADUAÇÃO em direito FADISP PRÓXIMAS TURMAS PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO EDUCACIONAL RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIA DIREITO E PROCESSO DO TRABALHO

50 anos de expertise em gestão de negócios e 12 anos de FADISP, na mesma sala de aula. A FADISP, Tradicional faculdade de Direito de São Paulo pertencente ao Grupo José Alves, um dos mais importantes e tradicionais grupos empresariais do País, apresenta seus cursos de Pós-Graduação na área do Direito. São cursos exclusivos, com mensalidades acessíveis e que contam com Coordenadores reconhecidos pelo mercado e pelo meio Acadêmico.

Unidade Pinheiros – Rua João Moura, 313 (a 30 metros da Av. Rebouças) • 11 3061-0212

Unidade PRAÇA DA República – Rua Basílio da Gama, 77/81 (a 50 METROS do Metrô República) • 11 3259-3200

20

w w w.fadisp.com.br

Revista Mundo FADISP #3  
Revista Mundo FADISP #3  

A revista mensal da FADISP - Faculdades ALFA

Advertisement