Page 1


Sobre a Motirô Motirô é uma palavra da língua Tupi-guarani que significa reunião de pessoas de uma aldeia para a realização de uma tarefa com fins de colheita ou construção. A escolha do nome se deu por sermos uma coletivo de comunicação da boca do povo. Uma agência de publicidade e propaganda voltada para os brasileiros. Ao revelar a nossa história, e principalmente a de nossos clientes, buscamos o novo. Novas ideias, novos caminhos, novas formas de co-

municar. Motirô é mutirão. Um monte de gente diferente junta com um objetivo comum: construir soluções criativas.


Missão Nossa missão é proporcionar diferentes formas de se comunicar, que considerem a diversidade do país e das pessoas que nele vivem.

Valores Nossos valores são pautados na ética e respeito à diversidade, na preservação e valorização da cultura e da responsabilidade social.

Negócio Nosso negócio é comunicação, publicidade e propaganda.


Motirô, construção da marca A marca é uma representação simbólica de uma série de informações sobre um produto, um serviço, um grupo de produtos e serviços, ou uma instituição. A sua exposição visual é constituída tipicamente por nome (marca nominativa), imagens ou conceitos que distinguem o produto, serviço ou a própria empresa (marca figurativa). A marca pode ser representada visualmente pela composição gráfica e tipográfica, como é o caso desta em questão. Em referência a uma

série de palavras relacionadas ao conceito atrelado à ela, no final de todo o processo de pesquisa, chegou-se a quatro palavras que conteriam em sua essência todo o DNA da Motirô: orgânico, pessoas, Brasil e imaginário. A partir dessas palavras, iniciou-se o processo de busca por referências que trasmitissem o conceito de uma agência que carrega consigo o que existe de mais orgânico e plural no aspecto de ser brasileiro: sua alegria, vivacidade, capacidade de conjugar diferentes vertentes

da cultura em algo único. A Motirô é uma agência que objetiva entender a cultura de seu país e todos que vivem nele.


zumzumzum raiz etnia barro terra roquenrou tamborim cuíca na mosca na lata berimbau berimba meimbira motirô baleia maria canela cravo caracol carvão cana encruzilhada risco rabisco quiabo rascunho

aipo tamoio palmares urtiga carrapicho batuque fubá patota lore frevo roda lusco-fusco birra açafrão agridoce aipo pilão povo cafuso cru casca bagaço semente crosta ponto cruz manga

tucano arara marota tamboril cipó margem manguezal canto quindim ponte farinha barra mandioca borda chão eira poeira beira terraço cada laje pedaço terreiro mossa seca eiva

tijela mancha cumbuca mandala tico fala telha mosaico talhe muamba rastro mandacaru traçado mosca multidão junta mutirão cobogó graça vera-cruz banzo tronco paradeiro bronco ecoar bromo

escambo mandaçaia calha estandarte


Símbolo Motirô, em Tupi-guarani, significa a união de pessoas para fins de colheita ou de construção. Mais que isso, significa o apoio e a união constituintes das comunidades indígenas. Esse comportamento também é comum a muitos grupos de animais, como formigas e cupins, mas foi nas abelhas e suas colméias que buscamos nossa primeira inspiração. Os alvéolos hexagonais que compõe as colméias se mostraram uma forma interessante de trabalho. Entretanto, observamos que o trabalho das abelhas poderia ser asso-

ciado à mecanização, padronização, o que não representa nosso viés comunicacional. Por outro lado, o hexágono nos remeteu ao processo de combinação de elementos da química orgânica. Encontramos aí o cerne do nosso conceito: a união de diferentes componentes em uma única estrutura. Entre os elementos químicos que formam as cadeias carbônicas existem duplas ligações e foram elas que nos fizeram chegar a malha criada no símbolo. Após uma série de testes foi criada para o hexágo-

no uma textura inspirada num componente prioritário na identidade da marca: a cultura indígena brasileira.


Lettering Foram realizadas diversas tentativas de desenho para o nome Motirô. Em um primeiro momento, foi escolhida, como base para o lettering, a tipografia Mana, desenvolvida pelo designer Rafael Goicoechea. No entanto, pelo fato de o nome possuir uma forte relação com o orgânico, decidiu-se que a melhor solução seria adaptar a escrita ao traço irregular, feito livremente com a mão. Dessa forma, optamos por nos livrar de fontes rígidas e padronizadas,buscando construir

um lettering que não só remetesse ao trabalho com a terra, presente no conceito motirô, mas também revelasse a raíz étnica da palavra.


publicidade no plural

Assinatura Esta é nossa assinatura. Ela foi pensada com o intuito de unir, numa expressão sucinta, a utilidade da marca no termo publicidade (criar propagandas, comunicar) e o seu diferencial no plural (ser fruto de um trabalho coletivo e integrado). Com a utilização da expressão no plural, a assinatura transmite, de forma condensada, o conceito da marca. Ou seja, Motirô não é apenas uma agência de comunicação e publicidade, mas se distingue por considerar e inserir em sua comunicação as diferenças dos

brasileiros, tanto os que produzem quanto os que recebem a mensagem.


Marca, versão principal, auxiliares e alternativas Com o objetivo de atender as diferentes variações de uso e a diversidade de suportes de aplicação, a marca Motirô apresenta algumas variações. A versão principal em preto e branco é preferencialmente recomendada pois é a que melhor se adequa às diferentes possibilidades de impressão. Além desta, foram criadas versões alternativas nas cores preto e amarelo.

publicidade no plural


publicidade no plural

publicidade no plural

positivo

escala de cinza

publicidade no plural

negativo


publicidade no plural

publicidade no plural

publicidade no plural

principal com aplicação

principal com aplicação maior

horizontal com aplicação


Marca, dimensionamento mínimo Foi estabelecida como menor dimensão para reprodução impressa do símbolo 1cm de largura. Em algumas situações, como reproduções em impressoras jato de tinta e outros meios de baixa resolução (flexografia, serigrafia), é possível manter a mesma dimensão de 1cm de largura, a julgar a medida de acordo com a resolução do equipamento.

1 cm


1/3

1

Marca, área de proteção Com o intuito de preservar a integridade da marca, estabeleceu-se uma medida para a área de proteção – margem de segurança que a protege de interferências causadas por outros elementos posicionados próximos à ela. Deve-se respeitar a área livre em volta da marca estabelecida com base nas proporções e linhas criadas no seu desenho. É importante lembrar que esta regra é válida para todas as suas versões.

publicidade no plural

1/3 1/3


Asap (Regular) ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWYXZ a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v wy x z 1234567890 . : ; `’ “ (: * !?)

Asap (Bold) ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWYXZ a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v wy x z 1234567890 . : ; `’ “ (: * !?)

Asap (Italic) ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWYXZ a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v wy x z 1234567890 . : ; `’ “ (: * !?)

Asap (Bold Italic) ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWYXZ a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v wy x z 1234567890 . : ; `’ “ (: * !?)

Tipografia A tipografia é um elemento fundamental para a consolidação de qualquer sistema de identidade visual. O uso de uma família tipográfica é um recurso indispensável para a normatização dos padrões de comunicação textual de qualquer instituição. Com o intuito de estabelecer uma comunicação gráfica entre o lettering criado e a palavra motirô, optou-se por uma tipografia que possui formas simples e que não entrasse em conflito com o lettering apresentado. A

escolha se deu pela família da fonte Asap, encontrada na logomarca e nos textos de apoio presentes na identidade criada.


R 0 G0 B 0

C 100% M 100% Y 100% K 100%

Hexadecimal #000000

R 249 G 223 B 60

C 5% M 7% Y 83% K 0%

Hexadecimal #f6de4a

Cor e identidade Uma das formas mais visíveis de diferenciação de marcas de um mesmo segmento se dá por meio do uso de cores. Para alguns segmentos de mercado, o uso extensivo das cores institucionais é o recurso mais importante entre os elementos básicos de um sistema de identidade. Uma das premissas básicas para o bom funcionamento do sistema de identidade diz respeito à especificação de um código cromático. É importante que seja mantida uma unidade

cromática em todo o sistema, tendo em vista que as cores sofrem alterações conforme o processo de impressão, superfície utilizada (papel, tecido, chapa metálica etc.), fonte de luz e ambiente.


Não distorcer a marca

Não alterar o nome da marca

Assinaturas da marca, formas não permitidas Emprega-se o termo assinatura para denominar as combinações entre símbolo e tipograma. As assinaturas são a forma de apresentação mais recorrente da marca e, provavelmente, as mais reconhecíveis. Os exemplos a seguir têm como único objetivo demonstrar possíveis aplicações incorretas das assinaturas que devem ser evitadas.

Não alterar a cor da marca

Não diminuir o símbolo da marca

Não alterar a ordem de composição da marca


Manual de Identidade Visual Agência Motirô Desenvolvido por Beatriz Chaves Otávio Andrade Pedro Paulo Teixeira Raquel Câmara

Motirô - Manual de Identidade Visual  

Manual de Identidade Visual desenvolvido para a Agência Motirô. Diretoras de Arte: Beatriz Chaves e Raquel Câmara Redatores: Pedro Paulo Te...