Page 163

De Pedro Palma há que esperar sempre o... inesperado. É disso que se trata, subjacente à mestria com que domina a luz e distribui a cor: o inesperado. Ou seja, aquilo que transforma o objecto/sujeito, que "está ali", numa fotografia assinada de modo único e irrepetível. Vejam-se os seus retratos de velhos, graníticos marcos do tempo... O que domina é aquela “outra forma" de sintetizar, de reescrever o que está. E isso chama-se Arte, pois claro.

Carlos Pinto Coelho (jornalista)

RETRATOS  

Photographic Portraits