Page 1

v

Sociedade

Tecnologia

MARCOS BORGA

Dêem-lhe sol

Consumo Tudo ao molho Uma técnica agrícola especial permite produzir legumes e fruta biológicos mais baratos

I

magine um terreno onde se cultiva frutas, produtos biológicos transformados, que a vegetais, legumes e ervas aromáticas bioló- Biosite também vende, mas não produz. gicos. Imagine, ainda, que nesse pedaço de O «segredo» para produzir com «qualidaterra existem diversas espécies e variedades, de a preços baixos» é a Ciência. A agrónoma todas misturadas. Se pensou numa pequena aplica uma técnica designada consorciação horta familiar, tire daí a ideia. Do que aqui se que, garante, «permite aumentar quatro vezes fala é de agricultura profissional. a produtividade de um terreno e reduzir a O tal campo onde cresce a miscemão-de-obra». Por isso, vende mais O Dado barato. Este método consiste em lânea de plantas mora em Monteplantar, numa mesma fila, várias mor-o-Novo, tem cerca de 800 m2 e espécies, com ciclos de crescimentos é a unidade de produção da Biosite, diferentes e em que as caracterísuma cooperativa que promove a agricultura biológica e a defesa ticas de umas (cheiros, tamanho, Número de espéda Natureza. A cara do projecto necessidade de água, etc.) protegem cies de plantas é Raquel Sousa, 48 anos (na foto), e ajudam a desenvolver as outras. cultivadas, em engenheira agrónoma e professora Imagine um tomate, uma alface, cada monda, pela universitária. Esta nortenha de depois um alho, uma couve-galega, a Biosite raízes rurais, criada entre Monção e seguir um pimento e uma meloa – e Viana do Castelo, diz que «é possível produzir por aí fora, até começar outra fila, com uma legumes e vegetais de qualidade, mas a preços ordem diferente. baixos». Por isso, resolveu começar a cultivar Vantagens? Raquel Sousa explica: «Não há estes produtos e a vendê-los em cabazes, atra- picos de produção, evitam-se as pragas e é vés da net (http://biosite-com.blogspot.com), possível estar sempre a colher e a plantar. Só evitando os intermediários. Os preços vão de dá trabalho no início de cada monda. Depois, é deixar a Natureza funcionar.» É a agricultura €19,99, para 5 kg, a €65, para 20 kg, e o cliente pode optar por fazer combinações com outros simplex. PEDRO MIGUEL SANTOS

30

90 v 20 DE MAIO DE 2010

É a prenda ideal para quem não larga o telemóvel: um carregador solar portátil. Uma hora de sol, apenas, dá-lhe vida nova. «Também pode ser usado numa câmara digital, num mp3 ou num PDA», afirma Letícia Souza, 32 anos, uma das quatro sócias da Irritante, sobre o gadget que, com portes de envio, fica por pouco mais de 30 euros. Mas há mais: sob o desígnio de ecológico, decorativo e engraçado, é possível, acedendo a www.irritante.pt, encontrar objectos curiosos – seja uma roseira com saídas USB ou umas colunas que parecem uns sapatos de salto alto, dignos de O Sexo e a Cidade. «Chamámos-lhe ‘Irritante’ para brincar com a ideia de que é tudo tão bom que até irrita», diz Letícia. O catálogo tem perto de cem peças e resulta de uma «pesquisa intensiva de produtos que se adaptem ao conceito e não existam no mercado português».

Sexo

Portuguesas ‘gourmet’

Destaques telegráficos do que revelam, quanto à sexualidade feminina, as mais recentes pesquisas nacionais:

Para elas, fantasias e emoções é que •contam na satisfação de metade das inquiridas dizem•-seMais «muito satisfeitas» com a sua vida sexual

feminina é um remédio •paraA masturbação aliviar a tensão e ajudar ao sono

Tudo ao molho  

O Dado Tecnologia Sexo 90 v 20 DE MAIO DE 2010 • Mais de metade das inquiridas dizem- • A masturbação feminina é um remédio • Para elas, fan...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you