Page 1

40% dapopul açãopedal adi ar i ament epr ot r abal ho.Éumapena,masnãoest ouf al andodeSão Paul o.Est a,naver dade,éar eal i dadedeCopenhagen,capi t aldaDi namar ca.Porl á,asbi ci cl et assão t ãoador adasque,em umar ecent er euni ãodopar l ament odi namar quês,t odososmi ni st r osdopar t i doLi ber alchegar am àr esi dênci adaRai nhaMar gar etI Inãoem car r osof i ci ai s,masem model osda mar caVel or bi s,di namar quesa,cl ar o,eumadas mai s hypadas do mundo.Eu não t enho uma dessas–aquinoBr asi l ,amar caévendi danal oj a Tag& Jui ce,em SãoPaul o,apar t i rdeR$3mi l– mast enhoami nhamagr el aamadade300cont os. Compr eihápoucomai sdeoi t omeses,quandor esol vit r ocarosupl í ci odot r ânsi t opaul i st anopel a l i ber dadedasduasr odas.Modést i aàpar t e,uma deci sãoi nt el i gent e,vi st oque,em SãoPaul o,avel oci dade médi a de uma bi ci cl et a é compr ovadament emai ordoqueadosôni bus.Depoi sdessa mudança,passeia publ i car no meu bl og ( www. descol ex. com) umasér i edepost si ncent i vando as pessoas a f azer em o mesmo. Qualer ao r et or no? Lei t or es di zendoqueser i ai mpossí velpedal arechegari nt ei r onoescr i t ór i o. Ent endo. São Paul o r eal ment e nãoéumaci dadepl anaechei ade ci cl ovi ascomo NovaYor k,Par i s, Londr esouBer l i m.Asdi st ânci as aquit ambém são enor mes.Mas penso que t udo é quest ão de quer ereacharum j ei t oquef unci onepr avocê.Nãopr omet or esol ver t odos seus pr obl emas,mas, conver sando com ami gos ci cl i st asecom basenami nhar ecent e exper i ênci a, posso dar umas di cas: -Suar ,omai ordosdr amas,éi nevi t ável .Masper cebique,com o t empoecom oganhodecondi ci onament of í si co,chego cada vezmai si nt ei r onot r abal ho.Seo di aest áum poucomai sf r esco,j ur oqueent r oi nt act onoescr i t ór i o. -Umaami gaci cl i st at em chuvei r onot r abal ho.El a vaicom umar oupa,chegal á,t omaumaduchae est ánova.I nvest i guesenasuaempr esanãot em i sso.Depoi sdequasedoi smesespedal ando,descobr iquel ánapr odut or aondeeut r abal hot em chuvei r o! -Out r aami gaf ezdosl ençosumedeci dosseusal i ados.Quandoeumor einaEur opa,i ncl usi ve,t i nha gent equet omavabanhocom el esnaépocadei n-

ver no mai sr i gor oso.Não acho mui t o hi gi êni co. Maspr adarum t r uquenot r abal ho,superf unci ona. -Euvoucom umacami set a,desodor ant eeuma t oal hi nha na mochi l a.Chego,vou no banhei r o, t omoaquel econheci dobanhi nhodegat o,passo um desodor ant e,col oco a cami set al i mpi nha e secaeoarcondi ci onadof azor est o.Enem venha t or cero nar i z.20 mi nut os depoi s não há quem di gaqueeuvi m debi ke.

Out r ai dei abacanaéi nvest i rem r oupasquef aci l i t em asuavi da.A l i nhaCommut erdaLevi ’ s,por exempl o,f oit odapensadapr aquem pedal apar a t r abal har .Ost eci dosusados,como o j eansea sar j a,sãot r at adoscom t ecnol ogi asquet or nam a r oupai mper meável ,r epel i ndo águaepoei r a,r eduzi ndo t r aços de t r anspi r ação e pr ot egendo cont r aodor es.Ost eci dossão el ást i cospr adar mai smobi l i dadeeconf or t o.Al gumaspeçast êm ai ndaapl i quesdepel í cul ar ef l et i vapar aaument ar avi si bi l i dade.

pag 15