Page 1

Pedro Dutra Janeiro 2014


01.Livro 001, 2013 12 páginas. colagem em caderno pautado. letra, fotografia à cores. 25,5x19,3 cm 02.Livro 002, 2013 12 páginas. colagem em caderno pautado. letra, fotografia à cores. 25,5x19,3 cm 03.Planta Verde, 2014 (livro-caixa) 12 fotografias.desenho sobre impressão à cores. 1 planta aquitetonica. pintura sobre impressão em papel vejetal. video. bilota: video. ano: 2014. duração: 19’. cor: colorido capitação digital. 04.Estudo para casa verde, 2013/2014 carta. frames do registro. É uma construção com cores em papel de seda com aproximadamente 3 m2. A carta tem a mobilidade de ocupar essa extensão aberta e ser fechada reduzindo seu tamanho a aproximadamente 30X40cm. O papel aceita o espaço, é sensível ao desenho que o espaço oferece. Cada vez que a carta é aberta ela desenha ou marca no papel de seda, fazendo com que essa extensão se torne um novo lugar dentro do espaço onde foi aberta. A carta foi enviada para Araras . SP, Brasil. O envelope de 30X40cm contem 284 gramas. carta (objeto) folhas de papel seda e envelope de cartão. 2013

05.Exercicios de casa, 2014 2 páginas. Recorte. 31x21,5 cm cada página. 06.Voce se lembra? 2014 fotografia à cores e texto. 22x22 cm 07.Laço, 2013 frames de video video. bilota: video. ano: 2013. cor: colorido capitação digital. 08.Exercicio 001, 2013 desenho-resultado. caneta esfereográfica sobre papel. dimensões variáveis Um galho (objeto), dois papéis (suportes) e três desenhos. 09.Horizonte, macha verde, 2013 9 pinturas. acrílica sobre madeira 15x15 cm cada. 10.De passagem/ em paisagem, 2014 frames de video. video. bilota: video. ano: 2014. cor: colorido. duração: 1’35’’.capitação digital. 11.Série exercicios de cor e gente - 001, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm


12.Série exercicios de cor e gente - 002, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 13.Série exercicios de cor e gente - 003, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 14.Série exercicios de cor e gente - 004, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 15.Série exercicios de cor e gente - 005, 2014 . 2 colagens. colagem sobre papel. 21x29 cm 16.Série roupa - 001, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 17.Série roupa - 002, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm

18.Série roupa - 003, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 19.Série roupa - 004, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 20.Série roupa - 005, 2013 . colagem sobre papel. 29x42 cm 21.Cavalo, 2013 frames de video video. bilota: video. ano: 2013. cor: colorido duração: 1’00’’. capitação digital.


Noções como paisagem, horizonte contraem considerações significantes em grande parte do conjunto de trabalhos. Sente-se a necessidade do investigar dessas noções quase como um ensaio inicial, onde a síntese e o limite ao essencial são evidentes. A paisagem como imagem estática, que toca o difuso, e a sua relação com o homem (ser observador) desencadeia certas problemáticas com a memória. Essa relação do homem com a paisagem é de passagem, não estática. A relação é atacada pelo momento visual e pela memória (imagem estática e sintética - linha, mancha, cor) - particularidades fundamentais na exploração deste processo pictórico, com as devidas noções profundamente destacadas. É evidente um estudo de cor subentendido. As cores primárias (amarelo, vermelho e azul) tornam-se meio de todo o processo. É evidente a sua linhagem e como todos os aspectos explorados tendem em culminar nesses três pontos cromáticos. Necessidade em entender o lugar do verde diante a dignidade espacial e circunstâncias do amarelo, vermelho e azul, e que predominância tem a sua participação. No acto de recorte e colagem parece existir um processo gráfico, que se revela desenho. O momento do desenho força um olhar atento para com o objecto, que será automaticamente dissecado e sujeito a uma nova organização das suas partes (John Berger - Berger on Drawing). Existe uma preocupação de um registo da descoberta interior de um acontecimento, que resulta na reorganização pictórica do que já existe, foi visto ou relembrado. Um fenómeno que acontece com um trato delicado e uma consciência das propriedades visíveis (forma, cor). Para tal, também é evidenciada a preocupação da transparência dentro dos apectos do que é visível. As camadas são jogo consequente dessa procura e nova disposição. A linguagem textual aparece como acesso a outros ambientes, que manifestam novas informações ao reconhecimento das imagens, por parte do observador. Maria João Petrucci Janeiro 2014

Pedro Dutra_Portefólio Janeiro 2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you