Issuu on Google+

Pedro Miguel de Sá Leite Correia da Costa, nascido a 21 de Abril de 1967, é licenciado em Arquitectura pela Universidade Lusiada, possui pós-graduação em Reabilitação da Arquitectura e Núcleos Urbanos pela Universidade Técnica de Lisboa, Curso de “Arquitectura Y Construccion con Tierra” pelo CIAT – Centro de Investigação de Arquitectura Tradicional da Universidade Politécnica de Madrid, Curso de Física de Construção e Tecnologias Solares Passivas pelo ISEL – Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e pelo CEEC – Centro de Estudos de Engenharia Cívil, Curso de “Impacte na Acústica do Ambiente” promovido pela Ordem dos Arquitectos Portugueses, Curso de “Condicionamento Acústico de Edifícios” promovido pela Ordem dos Arquitectos Portugueses, Curso de Medidor Orçamentista da Construção Cívil pelo INEPI – Instituto de Ensino Profissional Intensivo, Curso de “como Fazer Projetos de Investimento pela Companhia Própria, frequência do Congresso Mundial de Arquitectura de Terra em Berlim – Alemanha, Curso de projectista de instalações solares térmicas – instituto de engenharia e tecnologia industrial e Curso de Geobiologia e Radiestesia pelo Centro Harmonia, Worshop BIO-TRAME´s – cérebro direito , cérebro esquerdo – institut Mayol international, formação profissional em Agricultura biológica –associação Portuguesa de agricultura biológica e Curso de Feng shui. Frequência do 1º Congresso de Agricultura Sustentável e Ambiente da UNI – Universidade Independente, Frequência no 1º Salon de Bioconstruccion em Barcelona, 1º seminário técnico internacional sobre tratamento de águas residuais em zonas húmidas artificiais – Ministerio das cidades, ordenamento do território e ambiente, frequência no 2º seminário “ arquitectura de terra em Portugal” escola superior Gallaecia e associação centro da terra, frequência no IAC_NOCMAT inter american conference on non conventional materials and technologies in ecological and sustainable construction, frequência no seminário “O potencial da cortiça na bioconstrução”, frequência no Seminário de Construção em madeira – instituto de desenvolvimento tecnológico e HMC 08 – 1st historical mortars conference – Laboratório nacional de engenharia civil. Ministrou palestras de Eco-arquitectura e eco-materiais, lecionou a disciplina de reabilitação de Edifícios a jovens dos 17 aos 22 anos e foi tutor de mais de 30 estagiários recém licenciados em Arquitectura, nas áreas de urbanismo, arquitectura e interiores onde sempre disseminou a eco arquitectura e eco construção como a via a realizar no nosso presente providenciando, assim, um futuro verdadeiramente ecológico. Interessa-se pela área da saúde e bem-estar do corpo e espírito o que o levou a frequentar Cursos de Yôga, de Reiki pelo USUI SHIKI RIOHO do Centro internacional Luso-Brasileiro de Terapia Reiki, os cursos de “A Arte de Viver a Vida em Harmonia” nivel 1, 2, 3, 4, e 5 pela RENASKIGI e tem conhecimento de nutrição, Reflexologia e DO-IN, Numeralogia grafologia, Tarot de Marseille, Astrologia, e Geobiologia. A Agricultura Biológica, Compostagem, as energias renováveis e o ambiente são áreas que muito o motivam, tendo curso de agricultura biológica ministrado pela Associação portuguesa de Agricultura Biológica. A arquitectura é a área a que se dedica profissionalmente, de 1997 a 2011 via empresa COMTERRA ECO ARQUITECTURAS, criada pelo próprio, e com experiência nas áreas de urbanismo, arquitectura em geral, museus, reabilitações, remodelações, ampliações, direcção e fiscalização de obras. Dedica-se desde 2000 à concepção, execução e construção de Projetos de Eco-Arquitectura. Neste conceito, entende integrar o Bioclimatismo, a Bio-Arquitectura, A Arquitectura de Terra, Geobiologia e Radiestesia, Utilização de Energias Renováveis e Feng Shui, entre outras. Após experiência prática na construção com as várias tecnologias de construção de terra decide melhorar o comportamento do material de base, no sentido de lhe transmitir contemporaneidade, nomeadamente adaptação ás metodologias de construção modernas, adaptabilidade aos actuais construtores e melhorias efectivas no que diz respeito ao comportamento à água, um dos grandes “calcanhares de Aquiles” da construção tradicional em terra crua. É co-autor de 2 patentes internacionais relacionadas com a construção ecológica sendo, estes, recicláveis e entregues à natureza de forma directa sem qualquer prejuízo, pelo contrário, em alguns casos as plantas agradecem pois o material providencia a médio prazo a neutralização do pH dos solos, nomeadamente, Suberlyme

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


e Cimento Verde, estando no presente momento, a promove-las no sentido da sua fabricação industrial e comercialização. Paralelamente constituiu, de 1999 a 2007, a ART&VEG, Organizações e Exposições, Lda, com uma área de actividade variada - desde a criação de um pequeno workshop até à realização de Seminários e Congressos, passando pela produção de Feiras e Cursos. A ART&VEG deve a sua razão de existir, à materialização numa empresa, de toda uma filosofia de base que abraça cada um destes Projetos, apesar de diferentes entre sí, todos os eventos produzidos encontram-se unidos na sua essência pela convicção de que através da cooperação é possível melhorar o mundo em que vivemos, a todos os níveis. Pensar globalmente para agir localmente foi a meta inicial. Pensar e agir globalmente é o macrobjectivo. Dentro deste pressuposto, são abordados um vasto universo de temas, desde a alimentação, a gestão de recursos naturais, a reciclagem, a preservação do ambiente, a tolerância, o respeito pela vida. Destaca-se das realizações desta firma, a 1ª FEIRA GASTRONÓMICA VEGETARIANA e a VEGETARIANA2001, VEGETARIANA2002, VEGETARIANA2003, VEGETARIANA2004, VEGETARIANA2005, VEGETARIANA2006, feiras gastronómicas em que o vegetarianismo é catalizador para a consciência do papel do homem no nosso mundo. Este evento foi constituído por vários temas tais como: A Agricultura Biológica, A Alimentação Saudável (vegetariana), a Educação, o Ambiente, O respeito pela vida, as energias renováveis, Terapias e meditação entre outros, representando no território português um dos passos mais importantes para que hoje se considere o vegetarianismo uma forma de nutrição viável e normal, com grandes vantagens para a nossa qualidade de vida. Realizou o 1º Bio mercado em Portugal que se prolongou durante 6 meses consecutivos no mercado municipal de Oeiras, ideia que se disseminou até aos nossos dias nas suas mais variadas vertentes e locais da país por mãos de associações e agricultores biológicos empreendedores. Frequentou curso de electrónica e energias renováveis na escola Laser, com o sentido de compreender o mais profundamente possível a energia na sua vertente prática e as suas formas de realização na actualidade. Realiza e ministra cursos de Eco Construção onde a construção com terra tem um papel fundamental. FUNDADOR E ARQUITECTO da empresa COMTERRA ECO ARQUITECTURAS sediada em S. João do Estoril que nasceu da necessidade Contemporânea de respeitar os recursos ambientais e energéticos do planeta. Conta com 14 anos de experiência, 9 dos quais dedicados à Eco-arquitectura e eco-construção. Tem criado sistemas ecológicos construtivos, possuindo patentes internacionais de materiais ecológicos totalmente recicláveis, para a construção. Da idealização de edifícios multifamiliares, museus, centros de interpretação, moradias, edifícios de escritórios e comerciais, até á arquitectura e construção ecológica são alguns dos os campos de intervenção da COMTERRA. Destacam-se como quase auto-suficientes o estudo prévio do Museu do Jurássico da Lourinhã, a reabilitação do Castelo de Silves e o centro de reinterpretação do Castelo de Salir entre outros. Temas como a Bioclimática, Geobiologia, Construção em Terra, Bio-construção, Geoconstrução, Feng Shui, Energias Renováveis, Piscinas Biológicas, Recuperação e Tratamento das Águas através de Plantas são parte integrante do trabalho diário da nossa equipa de técnicos especializados. A Eco-arquitectura representa uma série de intenções projectuais ligadas à ecologia, meio ambiente, harmonização electromagnética, questões éticas relacionadas com o Ser, com o Ambiente e poupança energética. Eco-Construção é a materialização e o culminar de um processo projectual que reflete toda a problemática da Tectónica na construção. Utilizando sempre que possível materiais ecológicos, reciclados, preferencialmente de empresas Nacionais, misturando “Tecnologia Tradicional” com Alta Tecnologia.

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


A Eco-Arquitectura é na sua essência, o planeamento para a construção de zonas, locais, espaços e todo o tipo de construções saudáveis, integradas nos ambientes, pelo respeito, pela análise e compreensão do que nos envolve, a Mãe Natureza. É o resultado da conjugação de várias ciências, disciplinas, técnicas e saberes, alguns centenários, com tecnologias e sistemas construtivos, novos, actuais e vernaculares, todos, amigos do ambiente! A Eco-Arquitectura e Eco-Construção destacam-se, dos outros métodos de construção existentes pelo mundo fora, por serem, sem qualquer sombra de dúvida, até ao momento, as que melhor se integram com a natureza, como também aquelas que puderam vir a ser verdadeiramente universais. Esta universalidade caracteriza-se principalmente, pelo respeito das características ecológicas e valores locais, conjugadas com a liberdade criativa saudável dos projectistas de todas as nacionalidades. Dos materiais, importa a sua origem, transporte e transformação, da aplicação e sistema construtivo, a sua simplicidade e eficácia, comum aos dois, esta economia de meios, a poupança energética e a reciclagem. A ECO-ARQUITECTURA materializa-se em ECO-CONSTRUÇÂO de edifícios ecológica e energeticamente eficientes, interactivos com as envolventes imediatas, ou seja com a energia produzida pelo ambiente natural, limitando drasticamente as patologias comuns derivadas das humidades na construção. Podemos dizer que uma ECO-CONSTRUÇÂO respira! - Explora o potencial solar - Reduz as emissões de CO2 libertadas para atmosfera; - Usa materiais e energias renováveis; - Recicla - Contribui para a qualidade das envolventes naturais e construídas; - Propõem Arquitectura ecologicamente responsável em todas as escalas, tendo em conta as necessidades humanas e sociais; - Contribui para a eficiência urbana. - Utiliza materiais de construção ecologicamente apropriados - Usa sistemas de conservação de água. - Recicla os dejectos comerciais e domésticos - Maximiza o aproveitamento dos recursos naturais disponíveis - Aperfeiçoa os Projetos para que se maximize a sua eficiência energética - Utiliza os materiais de modo que, em conjunto, se produza uma maior - eficiência energética, isolamento térmico e isolamento acústico. - Permite que as paredes da construção “respirem” ( passagem da água em estado de vapor através das paredes, sendo no entanto impermeáveis à água no estado sólido), evitando patologias associadas a fungos e humidades - Utiliza a energia envolvente à construção (amplitude térmica) a favor da redução de gastos em energias complementares. SUSTENTABILIDADE / ECO-EFICIÊNCIA DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL As acções desenvolvidas pela humanidade no meio ambiente ao longo do tempo culminaram, com o despertar de uma consciência ambiental sobre a importância da natureza, que passou a ser considerada essencial para o bemestar e a sobrevivência humana. É através do surgir de soluções criativas, contemplado o desenvolvimento de Projetos, a experimentação de novos materiais, tecnologias, formas, a indução de novos hábitos de utilização das edificações e consumo, com o grande contributo de uma “produção limpa” e com a adoção do princípio da eco-eficiência, que se percorre o caminho para o desenvolvimento sustentável. Assim, é imprescindível que asseguremos um verdadeiro compromisso com uma ética sustentável, traduzindo na prática os seus princípios, acrescido da integração entre conservação – limitando as nossas atitudes à capacidade do nosso planeta – e desenvolvimento – permitindo que as pessoas possam levar vidas saudáveis e plenas em todos os lugares. ECO-EFICIÊNCIA

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


A eco-eficiência tem como valor principal a qualidade de vida e consiste num instrumento de desenvolvimento sustentável, ou seja, um novo modelo de gerenciamento, onde se procura produzir mais e melhor, utilizando-se menos insumos, provocando menos poluição, redução do desperdício e contabilizando-se os menores custos possíveis. A eco-eficiência é uma ferramenta do desenvolvimento sustentável, dentro do conceito do pensar globalmente agindo localmente, considerando de um lado o aspecto económico, de outro o ecológico, e ambos associados à visão social, onde as responsabilidades são de todos, independente dos interessados pertencerem ao sector público ou privado, considerando que as empresas precisam da sociedade para levar avante os seus negócios. Do ponto de vista sistémico ambiental, podemos dizer que a ecologia constitui uma espécie de plataforma lógica da economia, pois falarmos da casa, significa mencionarmos o ambiente envolvente, onde pensar globalmente significa agir localmente, através da eco-eficiência, que é uma ferramenta do desenvolvimento sustentável. Bio climatismo Define uma abordagem de Projeto arquitectónico onde se procura uma relação íntima do edifício com o lugar e as condições climatéricas. A partir da elaboração e interpretação de estudos climáticos, são definidas estratégias que orientam a adopção de medidas na concepção do edifício com o objectivo de obter, uma elevada eficiência energética e conforto higrotérmico, visual e acústico. Através da arquitectura tira-se partido dos elementos favoráveis do clima e criam-se soluções para amenizar factores redutores do nível de conforto. Num clima ameno, como é o mediterrâneo, a adopção de um desenho bio climático pode reduzir em mais de 80 % o consumo de energia para climatização do ar ambiente, proporcionando um melhor conforto. Bio-Construção Este termo refere-se à construção de edifícios recorrendo a materiais que permitem conciliar: baixos impactes ambientais, viabilidade técnica e a promoção da economia local. Tem a sua origem nos sistemas construtivos das arquitecturas vernáculas e, portanto, relacionados com aspectos intrínsecos locais. As qualidades vitais destes materiais são avaliadas em função dos impactes sobre a vida, em todas as fases do edifício, desde a extracção das matérias-primas, seu transporte e transformação, à edificação e uso da construção, reciclagem dos materiais após a sua vida útil e influência que o edifício tem sobre a saúde das pessoas que o habitam. Os materiais e as tipologias de construção são seleccionados de forma a optimizar o conforto com um gasto mínimo de recursos. É sempre dada preferência a materiais locais, orgânicos ou inorgânicos, que permitam criar um ambiente interior agradável e são. Para isso, devem ser permeáveis ao vapor de água, ao ar (transpirar) e à radiação natural cosmotelúrica, e ser higroscópicos (capazes de absorver, reter e libertar a humidade ambiental). Energias Renováveis A problemática em torno da intensidade do consumo da energia a partir de fontes convencionais, como os combustíveis fósseis, tem-se convertido numa preocupação primeira da humanidade. Para além da dependência face a recursos não renováveis, que a médio prazo se esgotarão, coloca graves problemas de poluição atmosférica com repercussões alargadas, como o aquecimento global do planeta. Na Europa, estima-se que cerca de metade das emissões de dióxido de carbono para a atmosfera se devem à energia consumida nos edifícios. É urgente promover o aproveitamento de formas de energias inesgotáveis e de menor impacte ambiental, como a do sol e do vento, na arquitectura. Geobiologia A Geobiologia é uma ciência que estuda as relações entre a Terra (Gea) e a vida (Bio), a influência das energias cosmotelúricas sobre os seres vivos. No âmbito da arquitectura ecológica, o estudo dos campos de forças electromagnéticas à superfície terrestre permite escolher os locais mais adequados à construção de edifícios, evitando ou corrigindo efeitos nefastos para a saúde humana e promovendo o bem estar.

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


Para além de estudar a influência das ondas nocivas de campos electromagnéticos naturais, gerados por desequilíbrios presentes no subsolo, a Geobiologia estuda também os efeitos da contaminação eléctrica ou da ionização do ar devidos à intervenção humana. Aqui, são objecto de investigação as relações entre doenças graves, como o cancro, e as perturbações electromagnéticas devidas a redes de alta tensão ou às estruturas metálicas dos próprios edifícios, entre outras. Feng Shui Esta ciência milenar chinesa, procura através de diversas estratégias de orientação, implantação e organização, desenvolver um sistema harmónico entre os espaços, pessoas e objectos. Com provas dadas na melhoria da saúde dos utentes dos espaços tratados, o Feng Shui é um potencializador da correcta relação entre o Homem e a Terra, respeitando e configurando compromissos entre a Geobiologia e a própria natureza humana, traduzindo-se em espaços de grande valor harmónico e sensorial. Perante isto, prevê-se toda a implantação, localizações de acessos, entradas, ligações, posicionamento de quartos, cozinha e escritório, áreas de transição e configurações de formas e funções. TRABALHOS REALIZADOS 1998 Projeto de Execução (Colaboração) – Remodelação e Ampliação do Hotel Reno – LOCAL Projeto de Remodelação “Duchesse Café” – LOCAL Projeto Gráfico – Capa para Anuário Estatístico do Exército Co-criação e Projeto de Máquina de Testes à compressão para Provetes de Pavimentos Co-criação e Projeto de Máquina de Testes ao Corte para Provetes de Pavimentos Projeto de Remodelação/Licenciamento e Ampliação – Colónia de Férias – Fábrica da Igreja de Alcântara – Lisboa Projeto de Recuperação – Bar do Museu Militar de Lisboa/Loja de Vendas Projeto Moradia Uni familiar “Casa Cuca” – LOCAL Projeto Licenciamento e Execução para Centro de Interpretação – Castelo de Salir, Caldas da Rainha Projeto de Alterações de Moradia Uni familiar – Paço de Arcos 1999 Projeto para Plano de Pormenor Santa Cruz em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Madeira Projeto de Licenciamento para Urbanização de Moradias Turísticas – 65 Fogos – Imotorres em parceria com atelier Ascenção/Atlante – LOCAL Projeto de Licenciamento para Ubanização de Moradias Uni familiares – 18 Fogos – Imotorres em parceria com atelier Ascenção/Atlante – LOCAL Projeto para Edifício de Habitação Colectiva – 11 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Porto Santo, Madeira Projeto para Estalagem em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Portela, Madeira Projeto de Licenciamento para Urbanização de Habitação Colectiva a Custos Controlados em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Porto Novo, Madeira Projeto de Licenciamento para Urbanização de Habitação Colectiva em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Drº J. Vieira Cruz – Madeira Projeto para Museu Rural de Montemor-o-Novo, Évora Projeto de Quinta para Restauração e Acessoria à obra – LOCAL Projeto de Revitalização do Castelo Almadena – Faro Peritagem para Moradia Uni familiar – LOCAL Projeto de Licenciamento para Urbanização de Habitação Colectiva, Comércio e Serviços – 126 Fogos – Porto Salvo, Oeiras Projeto de Licenciamento para Urbanização de Habitação Colectiva a Custos Controlados – 152 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Belo Construções – Madeira 2000

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


Projeto de Execução para Urbanização de Habitação Colectiva a Custos Controlados – 152 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Belo Construções – Madeira Estudo de Viabilidade de Loteamento para Habitação a Custos Controlados em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Santo da Serra, Madeira Projeto de Licenciamento para Urbanização de Habitação Colectiva a Custos Controlados – 91 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Mãe de Deus, Madeira Estudo de Viabilidade para Centro Comercial e Habitação Colectiva – 4520 m2 em parceria com atelier Ascenção/Atlante – S. Vicente, Madeira Estudo de Viabilidade para Urbanização a Custos Controlados em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Sítio da Tendeira, Madeira Projeto (colaboração)de Revitalização do Jardim dos Namorados - Silves Estudo de Viabilidade para Edifício de Escritórios – Securitas – Linda a Velha Projeto de Licenciamento/Legalização Loja de Frutas/Escritórios – Unicon – Madeira Projeto de Licenciamento e Execução de Ervanária e assistência à obra – Fundação Felício – Madeira Projeto de Licenciamento e Execução de Loja para Centro de Vimes da Madeira – IBTAM – Madeira Projeto Gráfico para Carimbo de Biblioteca – LOCAL 2001 Projeto de Execução para sede da ARQITEC – LOCAL Projeto de Execução para Urbanização de Habitação Colectiva a Custos Controlados – 91 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Mãe de Deus, Madeira Projeto e Acessoria à obra para Exposição sobre Palácio Almoada de Alcáçova de Silves – Museu Nacional de Arqueologia – Lisboa Projeto de Remodelação para Moradia Uni familiar no Castelo de Estremoz – Estremoz Projeto para Armazém – Estremoz Projeto para Cobertura de Abrigo em Área Protegida – Estremoz Projeto de Execução para Escritório – Funchal – Madeira Projeto de Licenciamento para Armazém de Máquinas Agrícolas em Área Protegida – Estremoz Projeto de Licenciamento para Moradia em Área Protegida – Freguesia dos Arcos – Estremoz Projeto de Licenciamento de Edifício Comercial em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Porto Novo, Madeira Projeto de Licenciamento para Habitação Uni familiar de Moradias em Banda – 4 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Mãe de Deus, Madeira Estudo de Viabilidade para Urbanização de Habitação a Custos Controlados – 103 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Sítio da Pedra Mole – Arquimadeira – Funchal, Madeira Projeto de Revitalização e Execução do Castelo de Silves – em fase de execução - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Execução para Loja e Escritórios de Empresa de Brindes Publicitários – LOCAL Projeto Licenciamento de Edifício de Habitação Colectiva a Custos Controlados – 15 Fogos em parceria com atelier Ascenção/Atlante – Mãe de Deus, Madeira – em estudo Projeto de Licenciamento e Execução para Moradia Uni familiar – Costa da Caparica - ECO-ARQUITECTURA Projeto do Museu do Jurássico – Lourinha - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento para “Café Chaplin” – Estremoz Projeto de Licenciamento para Café/Restaurante “Tubias” – Estremoz Projeto de Arquitectura de Ampliação de Habitação – Carlos Cabrita ,Arcos, Estremoz Projeto de Remodelação de Estabelecimento Comercial - Pastelaria - Catarino – Estremoz 2002 Projeto de Arquitectura, Licenciamento, Execução e construção de Estabelecimento de Restauração “Govinda Ji” – Oeiras - ECO-ARQUITECTURA Ante-Projeto de Colégio Interno, Alentejo - Estudo Prévio - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Quinta Ecológica – LOCAL - ECO-ARQUITECTURA 2003 Projeto, construção e Acessoria à obra de Moradia Uni familiar – Arraiolos - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento de Moradia Uni familiar – Viseu - ECO-ARQUITECTURA

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


2004 Projeto de Licenciamento e Acessoria à obra de Moradia Uni familiar – Vila do Conde - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento de Remodelação e Ampliação de Moradia Uni familiar – Marinha Grande - ECOARQUITECTURA 2005 Projeto de Licenciamento e Acessoria à obra de Moradia Uni familiar – Águeda - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento de Ampliação de Moradia Uni familiar – Paço de Arcos Projeto de Licenciamento para Legalização de Estação de Instalações Agrícolas e Habitação – Portalegre Projeto de Licenciamento de Moradia Uni familiar – Coimbra - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento, Execução e Acessoria à obra de Moradia Bifamiliar – Vila Nova de Famalicão - ECOARQUITECTURA Projeto de Licenciamento de Estabelecimento Comercial “Panisena” – Alcochete Projeto de Licenciamento de Estabelecimento Comercial “Vegafarma” – Alenquer Projeto de Licenciamento de Cento de Terapias Alternativas – Alenquer Projeto de Instalação e execução de ECO-CASA para CASA DECOR 2005 – Cascais - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento e Acessoria à obra de Estabelecimento Comercial e execução da obra “JUSTNAT” – Amadora Projeto de Licenciamento de Espaço Comercial e execução da obra “Flôr de S. João” – Estoril - ECOARQUITECTURA Projeto de Licenciamento de espaço Comercial e execução da obra “Bar Souk” – Lisboa 2006 Projeto de Licenciamento de Espaço Comercial Municipal e execução da obra “Jardim do Lago” – Cascais - ECOARQUITECTURA Projeto de Interiores de Cozinhas para Andar Tipo e Hall de entrada comum – Odivelas Projeto de Alterações e execução da obra de Estabelecimento de Prestação de Serviços “Vip Clinic” – Lisboa Projeto de Licenciamento e execução da obra de Estabelecimento Comercial “Lois” – Lisboa Projeto de Licenciamento e execução da obra de Estabelecimento de Restauração e Bebidas “Flôr de S. João” – Estoril - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento de Edifício de Serviços e Armazenagem “Biosani” – Palmela 2007 Projeto de Execução e execução da obra de Moradia Uni familiar “Nair Pires” – Aroeira - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Alterações de Edifício de Habitação Colectiva de Uso Misto – Lisboa Projeto de Licenciamento e Execução de Moradia Uni familiar “Casa J. Carvalheira” – Arraiolos - ECOARQUITECTURA Projeto de Licenciamento e Execução de Moradia Uni familiar – Góis - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Execução e de Conceito “Clínica Prestige” – Viseu Projeto de Execução de Moradia Uni familiar “Casa Mediterrâneo” – Angola - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Execução de Moradia Uni familiar “Casa Estoril” – Angola - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Execução de Moradia Uni familiar “Casa Roma” – Angola - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Execução de Moradia Uni familiar “Casa Egipto” – Angola - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Licenciamento e de Execução de Moradia Uni familiar “Casa Ian & Julie” – Tavira - ECOARQUITECTURA Projeto de Licenciamento e de Execução de Moradia Uni familiar – Estoril Projeto de Licenciamento e de Execução de 2 Moradias Uni familiares “Casa Magda” e Casa Rosa”– Almada ECO-ARQUITECTURA Estudo para Projeto de Execução para obra de Alterações de Estabelecimento Comercial – “ Crew Bar” – Cascais Projeto de Licenciamento e de Execução de Moradia Uni familiar “Villa Duarte” – Guxerre, Santarém - ECOARQUITECTURA Estudo Prévio do Museu do Jurássico e envolvente – Lourinhã - ECO-ARQUITECTURA

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


Estudo para Projeto de Alterações de Estabelecimento Comercial – “ Estúdio 198” – Lisboa Alterações ao Projeto Base, desenvolvimento e execução de Hotel Kandamba – Angola - ECO-ARQUITECTURA Desenvolvimento de Projeto de Aldeia Urbana – Angola - ECO-ARQUITECTURA 2008 Projeto de Licenciamento e execução da obra de ECO-Moradia Uni familiar “Quinta da Terra” – Santiago do Cacém - ECO-ARQUITECTURA Projeto de Execução para Stand FIL Lisboa “Isocor” – Lisboa Projeto de Licenciamento de Estabelecimento de Restauração – Churrasqueira – Loures Projeto de Licenciamento de Edifício de Habitação Colectiva – Lisboa Estudo para o Desenvolvimento de Eco Expansive Model - ECO-ARQUITECTURA Estudo para stand da Fiat – Lisboa Projeto das Clinicas Praestigium – Lisboa Projeto de arranjos exteriores Huambo – Angola Projeto de remodelação dos escritórios da ACIT - Lisboa 2009 Projeto de linha de mobiliário de cortiça Projeto de eco – Turismo rural – Alcantarilha Algarve Projeto de relógio solar Projeto para as instalações da fábrica Fradical – Évora Remodelação de apartamento Pedro Ramazzotti – Lisboa Projeto de Remodelação de apartamento Nuno pereira – Linda Velha Projeto de remodelação das instalações da Alutécnica – Montijo 2010 Projeto de arranjos exteriores para jardim de moradia , Pedro Maria – Oeiras Design de móvel de recepção da COFELY – Alcântara Alteração de projeto de licenciamento de edifico , Largo do Mastro, Squifir – Lisboa Projeto e obra de remodelação de apartamento Alberto Henriques – Lisboa Projeto de loteamento para Dr. Oliveira – Abrantes Projeto de remodelação da Loja de óptica da Parede – Parede 2011 Projeto de parque infantil - casal S. Brás Projeto de remodelação dos escritórios da Medtronic – Lisboa

Rua Armandinho, n.º19 – 5º esq. 1950 Lisboa - Portugal Telm: +351914515605 pedrocorreia@comterra.pt http://issuu.com/pedrocorreia_arq


CV_Compacto