Page 1

Director: tiago Prista | outubro 2011 | ano ii . nº 5 | Distribuição Gratuita

CirCUito Da BoaviSta

MoMentoS De GranDe

eSPeCtÁCUlo

SeGUroS

DeStaQUe

teSt-Drive

Bragaseg inicia processo de internacionalização

autoSueco quer tornar expressGlass uma marca mundial

a sensação de conduzir o range rover evoque


A ABRIR

ExpressGlass Sintra

» Mirandela e Sintra «

2 • Outubro’11

Duas novas lojas mais perto de si! A ExpressGlass continua a sua expansão no mercado nacional, tendo reforçado recentemente a sua cadeia nacional de lojas de reparação e substituição de vidro automóvel com a abertura de mais dois novos espaços em Mirandela e Sintra. A nova loja de Mirandela conta com uma área de 220 m2, duas boxes de substituição e uma boxe de reparação. Por seu lado, a loja inaugurada em Sintra apresenta uma área de 245 m2, contando com três boxes de substituição e uma boxe de reparação. Estes dois novos espaços constituem-se como uma mais-valia para a Rede ExpressGlass que diariamente procura garantir uma cada vez maior proximidade geográfica com os seus clientes e qualidade do serviço prestado.

Empresa 100% portuguesa, a ExpressGlass conta actualmente com 94 lojas em território nacional (Continente e Ilhas) e 40 serviços móveis que se deslocam até junto do cliente para resolver todos os seus problemas de uma forma rápida e cómoda, sem custo adicional para o cliente.

ExpressGlass Mirandela

Contactos das novas lojas Mirandela

Av. das Comunidades Europeias, nº 243 - R/C Telefone: 278 105 268

SINTRA Rua Vale do Lage, 4 – Armazém 4 Telefones: 219 807 462/219 818 283


EDITORIAL

a aposta ganha no DeSPorto A visibilidade da marca ExpressGlass no desporto é para nós muito importante, ao permitir o contacto com milhares de pessoas – clientes, potenciais clientes, parceiros de negócio. Esta tem sido, de facto, uma aposta ganha, justificada pelos excelentes resultados em termos de audiência e visibilidade que a actividade desportiva nos tem permitido alcançar.

António Cunha

Administrador da ExpressGlass

ficha técnica Propriedade: EXPRESSGLASS – Vidros para Viaturas, SA | Director: Tiago Prista | Sub-Director: Joana Marques | Conselho editorial: António Cunha redacção e Projecto Gráfico: Be Widyou – Comunicação e Negociação, Lda. | Instituto Empresarial do Minho, Lugar de Casal, Soutelo, 4730-575 Vila Verde | Telefone: 253 320 020 | Fax: 253 320 050 | E-mail: geral@widyou.com | www.widyou.com Departamento comercial: Brandhostel | geral@brandhostel.pt | impressão: Gráfica de Labruge | tiragem: 3500 exemplares | Distribuição gratuita

3 • Outubro’11

A associação ao DESPORTO que a ExpressGlass tem vindo a desenvolver com muita satisfação é hoje considerada um dos melhores investimentos para as empresas que pretendem criar uma relação de confiança com os seus consumidores. Empresas e marcas líderes há muito que privilegiam esta forma de comunicar com os seus clientes, beneficiando da boa imagem de atletas ou equipas desportivas junto da opinião pública e com eles gerando resultados extremamente positivos. Com o bom desempenho da equipa ou dos desportistas a ExpressGlass ganha uma imagem francamente positiva, empreendedora e impulsionadora do bem-estar social. A associação de uma marca ao desporto gera, de facto, um forte impacto no público. Hoje, sabemo-lo melhor do que ninguém. Hoje comunicamos e estamos com os nossos clientes nos seus momentos de lazer, quando está mais disponível para receber a mensagem da ExpressGlass. Mas, não basta patrocinarmos o que quer que seja, para nós é importante escolher a modalidade que mais se identifica com os nossos clientes e apelamos à criatividade dos nossos profissionais de marketing para conseguirem com que a ExpressGlass se sobressaia, inovando com algo que tenha o poder de mexer com as pessoas, de as fazer sentir realizadas. A ExpressGlass não se alheou a este facto e desde sempre tem apostado no marketing desportivo. Seja no futebol, no golfe, no automobilismo, entre outras modalidades, procuramos ir ao seu encontro.E principalmente proporcionar-lhe grandes momentos de lazer connosco. A presente edição da EG Magazine é demonstrativa disso mesmo trazendo à capa o apoio da marca ExpressGlass a um evento internacional, como é o Circuito da Boavista, e o impacto que esta aposta teve em termos de notoriedade institucional.


SEGUROS

» “Casa roubada, trancas à porta”! «

Como escolher o melhor seguro para proteger a sua casa? Nunca ouviu dizer que “um dia o azar bate à porta” ou “depois de casa roubada, trancas à porta”? Pois bem, para que um dia não tenha que dar razão a estes provérbios, saiba que uma boa cobertura multirriscos-habitação pode ajudá-lo a poupar milhares de euros caso a sua casa seja atingida por um incêndio, uma inundação, um sismo ou um roubo, entre muitos outros imprevistos que podem ocorrer. É um facto que a maioria dos consumidores compra casa com recurso a crédito e muitos acabam por contratar a apólice no próprio banco. Contudo, pode contratar um seguro para o recheio noutra seguradora se considerar que é mais vantajoso. Todas as apólices contemplam um conjunto de coberturas que constituem a base do seguro e são de contratação obrigatória. Além disso, o segurado pode subscrever outras coberturas que são facultativas e que podem ser contratadas mediante o pagamento de um prémio adicional. A par das coberturas habituais – incêndio, danos por água, furto ou roubo, fenómenos sísmicos, tempestades e

inundações, responsabilidade civil, privação temporária do uso da habitação e aluimento de terras – pode optar por coberturas específicas para o recheio. É o caso, por exemplo, da assistência ao lar, riscos eléctricos e acidentes pessoais. Uma atenção especial deverá ser dada

no que toca à avaliação dos seus bens a segurar. O ideal é realizar uma avaliação fiel, já que a seguradora só pagará uma parte dos prejuízos, em caso de sinistro. Sobrevalorizar não adianta em nada, uma vez que terá de pagar mais de prémio e a companhia de seguros apenas lhe pagará o equivalente ao valor real. De acordo com a Deco – Associação de Defesa do Consumidor, “a avaliação correcta é fundamental quer para pagar um prémio justo, quer para receber a indemnização certa, se algo correr mal. Se os bens estiverem avaliados num valor inferior ao real, em caso de sinistro a seguradora só indemniza os prejuízos na proporção entre o capital seguro e o valor real, ficando o resto a cargo do segurado”. Não se esqueça ainda que o preço da apólice depende não só do valor dos bens seguros, mas também das características do imóvel (ano de construção e de conservação) e dos sistemas de protecção instalados (a existência destes dispositivos poderá traduzir-se num desconto até 30%, segundo a Deco, no prémio anual da cobertura do recheio).

Sabe se a sua carta de condução já caducou? A data de renovação que está indicada na sua carta de condução pode já não ser válida. Desde 2008, que a renovação da carta de condução passou a ser obrigatória aos 50, 60, 65, 70 anos e depois de dois em dois anos. A não renovação da carta de condução pode, nos termos da legislação em vigor, condicionar o funcionamento do seguro automóvel. Para mais informações sobre os procedimentos e documentação necessária, consulte o site do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres: www.imtt.pt


SEGUROS

Bragaseg inicia processo de internacionalização EG Magazine - O que esteve na génese da criação da Bragaseg? Alexandre Carvalho - Antes de criar a Bragaseg, já trabalhava há alguns anos no ramo da mediação de seguros, pelo que a criação da empresa resultou da necessidade de crescimento do negócio. Actualmente com uma carteira de clientes na ordem dos 7000 clientes, dos quais uma grande fatia é preenchida por particulares, a Bragaseg dispõe de quadros técnicos altamente qualificados e sujeitos a um aperfeiçoamento permanente, para que face às constantes exigências do mercado segurador, possa oferecer aos seus clientes as soluções que melhor se ajustam às suas necessidades, com uma maior eficácia e qualidade. EG - Quais são os principais serviços prestados pela Bragaseg? AC - O serviço prestado pela Bragaseg inclui o apoio e a assistência permanente aos seus clientes de todo o tipo de seguros, nos segmentos Vida e

começar a sentir uma retoma, ainda que ligeira. Julgo que 2012 será um bom ano. Não tenho dúvidas que será um ano de oportunidades.

Não Vida, sendo o serviço pós-venda um factor distintivo da sua qualidade, eficácia e rigor. A Bragaseg pauta-se por um acompanhamento personalizado e eficaz junto dos seus clientes. E como não basta termos apenas o melhor preço (que, de facto, é também importante), para nós oferecermos a melhor relação qualidade/preço é um factor determinante no relacionamento com os nossos clientes.

EG - Em termos futuros, quais são os próximos passos a dar pela Bragaseg? AC - Já em 2012, a Bragaseg vai iniciar o seu processo de internacionalização, através da aposta em mercados emergentes, como é o caso de África. Assim, no próximo ano estaremos presentes em Moçambique. Um mercado que nos surgiu como uma oportunidade de negócio, no seguimento da parceria que desenvolvemos com a Lusitania Seguros que já está a operar naquele país.

EG - Como vê a Bragaseg a evolução do mercado segurador, principalmente no momento actual de crise económica? AC - De facto estamos a atravessar um momento de conjuntura económica muito difícil. A actividade seguradora está a decrescer, em virtude do encerramento de empresas e do desemprego que se tem verificado. No entanto, não podemos esquecer que as coisas continuam a andar, nem podemos estar a pensar sempre em crise. É neste contexto que acredito que a partir do segundo semestre deste ano vamos

EG - Que balanço pode fazer do relacionamento da Bragaseg com a ExpressGlass? AC - Trata-se de um relacionamento que já existe há cerca de quatro anos e do qual resulta um encaminhamento quase total dos nossos clientes, fruto da qualidade do serviço prestado pela ExpressGlass. De facto, este tem sido um relacionamento que tem corrido muito bem, em resultado da abertura e da proximidade que as duas empresas têm estabelecido entre si.

5 • Outubro’11

» Qualidade, rigor e eficácia pautam actividade da mediadora de seguros «

A actuar no mercado segurador há 12 anos, a Bragaseg – Mediação de Seguros, Lda. é agente principal da Lusitania Seguros, com a qual tem vindo a reforçar uma parceria estratégica. Localizada em Braga, com novas instalações mais amplas e modernas, a Bragaseg prepara-se para abrir na cidade um novo espaço, três vezes maior do que o actual. Para além de Braga, a Bragaseg está também presente no concelho limítrofe de Vila Verde. Em entrevista à EG Magazine, Alexandre Nuno Carvalho, um dos sócios-gerentes da empresa, fala-nos da evolução da empresa e dos planos para o futuro.


EVENTOS

» 1º Encontro com Seguradores e Mediadores da zona de Aveiro «

Partilha de experiências

6 • Outubro’11

No sentido de aumentar e reforçar a fidelização com toda a carteira de parceiros da ExpressGlass da zona de Aveiro, do ramo segurador e da mediação de seguros automóvel, a ExpressGlass organizou, no passado dia 30 de Junho, o 1º Encontro com Seguradores e Mediadores 2011. Esta é uma das iniciativas que integra o Tour de Eventos que a ExpressGlass

realizará por todo o país. Até ao final deste ano decorrerão mais duas acções nas cidades de Viseu e de Lisboa. O cenário escolhido para a realização do evento em Aveiro foi a Quinta da Fontoura, em Albergaria-a-Velha, e contou com a presença de cerca de 160 pessoas. Esta foi uma excelente oportunidade proporcionada pela ExpressGlass aos seus parceiros da

região de Aveiro para, em ambiente informal, estabelecerem contactos, trocarem experiências e, certamente, estreitarem laços de amizade. Este encontro serviu ainda para os parceiros ExpressGlass se inteirarem um pouco mais acerca da actividade da ExpressGlass e do seu posicionamento actual no mercado. Após o jantar, os convidados foram


EVENTOS

7 • Outubro’11

surpreendidos com a actuação de um grupo de flamenco argentino que proporcionou um extraordinário espectáculo de dança flamenca.


AUTOMÓVEIS

» Circuito da Boavista «

Momentos de grande espectáculo

8 • Outubro’11

A ExpressGlass foi um dos patrocinadores oficiais do Grande Prémio Histórico do Porto e da prova do WTCC – Mundial de Turismo que se realizaram, nos passados meses de Junho e Julho respectivamente, no Circuito da Boavista, na cidade do Porto. Os dois pilotos portugueses Vítor Araújo e José Pedro Fontes – que

na temporada automobilística 2011 são patrocinados pela ExpressGlass – alcançaram excelentes classificações na edição deste ano do Circuito da Boavista. A ExpressGlass renova os parabéns a Vítor Araújo, que venceu as duas corridas da Taça de Portugal de Clássicos 1300, e a José Pedro Fontes que alcançou um 1º lugar e

um 2º lugar na Taça de Portugal de Circuitos. Para além do apoio institucional à realização das provas do Circuito da Boavista, a ExpressGlass proporcionou aos seus clientes a oportunidade de assistirem a estes dois grandes espectáculos automobilísticos. Numa bancada exclusiva na Rotunda da Anémona, a primeira


AUTOMÓVEIS

Vítor Araújo

realizou ainda diversas iniciativas promocionais. Destaque ainda para o passatempo realizado em parceria com a Rádio Nova que ofereceu bilhetes aos ouvintes para poderem assistir ao Circuito da Boavista. Joana Marques, gestora de Marketing da ExpressGlass, sublinha a importância da presença da marca

ExpressGlass naquele que é o maior evento do desporto automóvel no Norte do país: “A nossa estratégia de criação de notoriedade da marca ExpressGlass passa por um forte envolvimento no desporto automóvel em Portugal. O Circuito da Boavista é um dos maiores eventos que se realizam no nosso país e não poderíamos deixar de estar presentes.”

9 • Outubro’11

curva a seguir à zona de partida, os clientes ExpressGlass viveram momentos de grande espectáculo. A presença da marca esteve também bem visível no “Paddock” através de uma exposição com demonstrações do serviço móvel de reparação, bem como um jogo lúdico com oferta de brindes. E ao longo de todo o Circuito, a ExpressGlass

José Pedro Fontes


DESTAQUE

» tomás jervell, presidente do Grupo auto Sueco «

“a nossa aposta é tornar a expressGlass uma marca mundial” Referência no mercado português no negócio do vidro automóvel, a ExpressGlass foi recentemente adquirida pela Auto Sueco, tendo constituído um importante passo para o posicionamento deste Grupo no mercado aftermarket automóvel. Em entrevista à EG Magazine, Tomás Jervell, presidente do Grupo Auto Sueco, explica as razões que levaram à aquisição da ExpressGlass e apresenta algumas das apostas futuras para o reforço desta marca.

eG Magazine – recentemente, o Grupo auto Sueco adquiriu 66,67% do capital da expressGlass. Como surgiu este interesse pela expressGlass e o que representa, em termos de negócio, para a auto Sueco? tomás jervell – Desde 2006 que o Grupo Auto Sueco é parceiro da ExpressGlass a nível internacional, nomeadamente na sua expansão em Angola, Cabo Verde e Brasil, sendo que esta parceria se revelou bastante positiva a todos os níveis. Assim, e de forma natural, surgiu a possibilidade de, por um lado, reforçarmos a parceria existente no home market da ExpressGlass (Portugal) e, por outro lado, dotarmos a ExpressGlass de uma maior e mais célere capacidade de expansão e crescimento da marca em outros países. A nova holding ExpressGlass que detém 100% de participação de todas as operações do negócio do vidro automóvel é detida em 66,67% pelo Grupo Auto Sueco e em 33,33% pelo outro bloco accionista constituído pela maioria dos anteriores accionistas desta operação em Portugal. Esta aquisição veio reforçar o posicionamento da Auto Sueco no mercado aftermarket automóvel no nosso mercado. Esta marca é uma referência no mercado português no negócio do vidro automóvel e já


conquistou uma posição de destaque nos mercados angolano, brasileiro e cabo-verdiano. Este foi mais um momento marcante na história do Grupo Auto Sueco. O contributo da ExpressGlass para o nosso volume de negócios é de cerca de 5%, mas a médio prazo esperamos duplicar este indicador. eG – Quais são os principais objectivos que pretendem alcançar para o futuro da expressGlass? o reforço da internacionalização será uma das apostas? tj – A aquisição da marca ExpressGlass foi mais um passo no reforço da nossa actividade de distribuição e retalho de peças automóvel, o que vai de encontro à estratégia que temos definido para a Unidade de Negócio de Peças e Componentes do Grupo Auto Sueco. Estamos já a

estudar a expansão da ExpressGlass em três continentes: Europa, África e América do Sul. A nossa ambição é apostar na internacionalização desta marca a curto prazo, de modo a tornarmos a mesma uma marca mundial. eG – e em termos de futuro do Grupo auto Sueco, podemos contar com novos projectos? Quais? tj – A nossa aposta é expandir a actividade da ExpressGlass, tornando-a uma marca mundial, mas obviamente estamos atentos a novas oportunidades que possam surgir neste e noutros sectores de actividade. A curto e médio prazo o nosso principal foco será na consolidação de todas as actividades nos diferentes mercados onde actuamos. eG – num contexto de crise internacional, Portugal atravessa um dos

períodos mais difíceis da sua economia. Como olha o Grupo auto Sueco para este cenário? e que mensagem gostaria de deixar aos empresários que actualmente se encontram receosos, mas com vontade de arriscar? tj – A difícil situação económica e financeira em que o país se encontra e os efeitos que daí resultaram para os sectores da actividade em que o Grupo Auto Sueco opera, obrigaramnos a intervir de forma activa e determinada quer na potenciação da estrutura de vendas, quer no redimensionamento da estrutura de custos, quer ainda em matérias de índole eminentemente financeira, no sentido de garantir a geração de liquidez e a solidez das nossas contas. Apesar do contexto macro-económico difícil, considero crítico mantermo-nos atentos a todas as oportunidades de investimento que possam surgir.

11 • Outubro’11

DESTAQUE


colombo maia shopping Norte shopping


CURIOSIDADES

» automóveis «

Mito ou verdade? Tudo começa quando ouvimos um amigo que diz que ouviu de outra pessoa e assim sucessivamente. É muito comum ouvirmos dicas sobre a conservação, a direcção e até a reparação de veículos. E quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto. O mesmo acontece quando se trata de automóveis. Muitos são os “diz que disse” sobre automóveis, mas será que haverá algumas verdades, para além dos mitos?

aMorteCeDoreS DeSGaStaDoS aUMentaM o riSCo De hiDroPlanaGeM (aQUaPlaninG) verDaDe. Amortecedores ineficientes não garantem o contacto permanente entre o pneu e o solo, permitindo a formação de uma camada de água entre eles que interfere sensivelmente na segurança do veículo. lavar o Motor PoDe traZer ProBleMaS verDaDe. Não é que seja proibido lavar o motor. Mas, com a invasão electrónica nos motores dos automóveis, vieram também algumas restrições, sendo uma delas a lavagem do motor. Esta deve ser sempre realizada com extremo cuidado e por pessoas habilitadas para esse serviço. a GaSolina aDitivaDa aUMenta a PotÊnCia Do Carro Mito. A gasolina aditivada tem

“detergentes” a mais na sua composição que limpam todo o sistema de alimentação e garantem, isso sim, uma maior vida útil ao motor do veículo. oS viDroS Do Carro DeveM Ser liMPoS CoM ÁlCool Mito. O álcool mancha os vidros. Estes devem ser limpos com água e detergente. Se DeiXar o teleMÓvel Dentro Do Carro CoM o alarMe liGaDo e reCeBer UMa ChaMaDa, o alarMe PoDe DiSParar? verDaDe. Alguns modelos de telemóveis podem provocar o disparo do alarme do telemóvel. Mas este é já um tipo de ocorrência que tem vindo a diminuir fruto da evolução das novas tecnologias tanto nos telemóveis, como nos alarmes. PaSSar Por loMBaDaS oU valetaS na DiaGonal ajUDa a PreServar oS aMorteCeDoreS e a SUSPenSÃo. Mito. Passar por lombadas ou valetas com o veículo na diagonal faz com que os movimentos de torção do carro gerem forças laterais na movimentação dos componentes da suspensão e do amortecedor, ocasionando folgas excessivas, ruídos e empenamentos. DeiXar o Carro eM Ponto Morto DUrante UMa DeSCiDa eConoMiZa CoMBUStÍvel. verDaDe. Embora seja uma prática nada segura e muito pouco

recomendável, é um facto que permite economizar combustível. Mas, apenas nos veículos sem injecção electrónica. No entanto, esta prática apresenta-se como um perigo, dado que o carro desengatado não conta com o auxílio da travagem do motor que contribui para uma melhor dirigibilidade. o GPl tira PotÊnCia ao veÍCUlo. Mito. O mito da perda de potência é uma consequência histórica. Os sistemas GPL mais antigos instalados em motores de carburador eram, de facto, ineficientes, havendo uma perda de potência que poderia chegar aos 10%. Mas, actualmente, com os sistemas de gestão electrónica isso já não acontece. Aliás, existem casos de motores turbo em que a afinação adequada permite um aumento de potência aproveitando a maior octonagem do GPL. PreSSionar o alarMe eM CiMa Da CaBeÇa oU noUtra Parte Do CorPo aUMenta o alCanCe Do DiSPoSitivo? verDaDe. Algumas partes do corpo humano podem funcionar como uma antena. Ao encostarmos o porta-chaves no corpo, a polarização das ondas, assim como a irradiação do sinal, mudam e não há controlo sobre isso. Dependendo das condições a que o produto está submetido (temperatura, humidade, corpo da pessoa) o alcance pode aumentar ou diminuir.

13 • Outubro’11

o alarMe FaZ a Bateria DeSCarreGar Mito. É muito raro que um alarme seja a causa da bateria descarregada. Isto porque a maioria dos alarmes de qualidade apresentam um consumo mínimo quando comparado com os faróis e componentes de ignição. No entanto, caso a instalação tenha sido realizada de forma incorrecta, a bateria poderá apresentar um consumo fora dos parâmetros normais. É , por isso, fundamental realizar a sua instalação em lojas especializadas.


ACTUALIDADE

» Parceiros brasileiros visitam expressGlass em Portugal «

Uma aposta no benchmarking No passado mês de Julho, a ExpressGlass Portugal recebeu a visita de uma comitiva de parceiros brasileiros, em representação de 30 lojas franchisadas ExpressGlass localizadas no Brasil. Esta visita teve por objectivo não só dar a conhecer as instalações portuguesas da ExpressGlass, mas também possibilitar aos seus parceiros do Brasil uma acção de benchmarking. Desta forma, os empresários brasileiros puderam conhecer e aprofundar as melhores ideias, os melhores processos e os procedimentos mais eficazes que conduzam a um desempenho superior no serviço prestado a cada cliente.

» Carros & crianças «

14 • Outubro’11

atenção aos perigos! Os automóveis exercem uma atracção especial sobre as crianças e, embora sejam aparentemente inofensivos quando estacionados, encerram em si perigos que podem ser mortais. Daí que, mesmo dentro de propriedades privadas, os automóveis devem estar sempre trancados. Asfixias, entalões graves nas portas e nos vidros eléctricos ou carros que são destravados e deslizam são apenas alguns exemplos de acidentes que envolvem crianças. Por si só, um carro parado não constitui uma ameaça. No entanto, só o facto de uma criança poder ter o acesso facilitado, na perspectiva de olhar para o carro como um potencial objecto de brincadeira, já é um risco. O maior perigo para crianças trancadas num carro é, de facto, o calor. Os bebés transpiram muito mais do que os adultos e, por isso, sentem mais rapidamente os efeitos de ficarem

num ambiente muito quente. Uma criança trancada dentro de uma viatura pode sofrer desidratação ou insolação. Se ficar muito tempo fechada podem ocorrer danos no cérebro e até morrer. Estudos do Centro de Segurança da General Motors nos EUA revelaram que, num dia com temperatura de 27 graus, o interior de um carro estacionado ao sol pode atingir os 49 graus em apenas

30 minutos, chegando a 60 graus em duas horas. Uma criança que fique 15 minutos num lugar fechado a mais de 50 graus pode sofrer danos irreversíveis ou mesmo morrer. As janelas fechadas no automóvel aumentam o “efeito de estufa” no seu interior e deixar uma fresta aberta pode não ajudar muito. A entrada de ar corrente até pode reduzir a temperatura ambiente, mas pode não ser o suficiente para evitar problemas de saúde. Mas, há também o reverso da medalha. As crianças também podem sofrer com temperaturas muito baixas dentro do carro. Se ficarem muito tempo num local frio, podem ocorrer problemas respiratórios e circulatórios, afectando principalmente as pontas dos dedos. Uma coisa é certa: os adultos não se devem esquecer que um carro não é um lugar para um bebé ou uma criança ficar sozinha, nem que seja por pouco tempo!


LOJAS EXPRESSGLASS

» Marco vilar, loja expressGlass do Marquês «

“Qualidade, rapidez e eficiência no serviço são fundamentais” Nesta edição da EG Magazine fomos ao encontro de Marco Vilar que nos abriu as portas da loja ExpressGlass do Marquês, no Porto. Satisfazer com rapidez e eficiência as necessidades do cliente e proporcionar-lhe a melhor relação qualidade de serviço/preço é um dos grandes desafios que o responsável pela loja do Marquês procura melhorar dia após dia.

eG – acha que a localização desta loja é fundamental para atrair novos clientes? Porquê? Mv – Sem dúvida que esta loja está bem localizada. É um espaço muito central na cidade do Porto e que tem mostrado ser determinante para atrair

novos clientes. Dada a sua centralidade, a loja ExpressGlass do Marquês tanto é procurada pelas pessoas que moram na periferia, mas que trabalham no Porto, como pelas pessoas que habitam na cidade e, assim, não têm de se deslocar à periferia. eG – Face à concorrência, quais as vantagens competitivas da rede expressGlass que gostaria de destacar? Mv – Face ao que existe no mercado, a rede ExpressGlass leva vantagem em diversos aspectos, entre os quais destaco a qualidade do serviço, o bom atendimento, a rapidez e a eficiência. Julgo que é fundamental para os clientes, incluindo os que não têm seguro de vidros, a excelente relação qualidade do serviço/preço que temos para oferecer. O número de clientes que nos visita tem

de facto vindo a aumentar. Até porque o serviço que a ExpressGlass tem para lhes oferecer é sem dúvida muito bom. eG – há quanto tempo é colaborador da expressGlass? Quais as principais diferenças da expressGlass face à data da sua entrada? Mv –Sou colaborador da ExpressGlass há seis anos e desde o início tenho verificado uma grande evolução, a começar pela contínua abertura de novos centros ExpressGlass por todo o país. Mas, a conquista de 100% do mercado segurador foi, sem dúvida, a maior evolução que nós tivemos. Em termos competitivos, este facto veio beneficiar a rede ExpressGlass, já que para nós é uma mais-valia qualquer cliente, qualquer que seja o seu seguro, poder vir ter connosco tranquilamente porque sabe que o seu problema vai ser resolvido. Julgo que estamos no bom caminho e, pela nossa parte, procuraremos diariamente dar o nosso melhor. loja eXPreSSGlaSS Do MarQUÊS Rua João Pedro Ribeiro, nº 846 Tlf.: 225 027 441 Fax: 225 097 297 E-mail: marques@expressglass.pt horÁrio De FUnCionaMento: Segunda a Sexta: 09h00 às 12h30 | 14h00 às 18h30 Sábado: 9h00 às 12h00

15 • Outubro’11

eG Magazine – Quais os desafios que enfrenta como responsável de uma loja expressGlass? Marco vilar – Como responsável da loja ExpressGlass do Marquês procuro sempre oferecer um bom atendimento, com boa disposição, e ajudar o cliente ao máximo naquilo que são as suas necessidades. A organização da loja, a rapidez e a eficiência do serviço são desafios diários que procuramos melhorar continuamente. Antes de tudo temos de saber ouvir o cliente, sentir as suas preocupações e necessidades. Uma vez que nesta loja ExpressGlass tratamos sobretudo dos vidros laterais, são vários os clientes que vêm ao nosso encontro após terem tido as suas viaturas assaltadas. Chegam cá stressados, chateados e nós temos de procurar recebê-los da melhor forma, sempre com um sorriso e dispostos a ajudar. No meio do azar, mostramos ao cliente que estamos aqui prontos a colaborar e resolver o seu problema o mais rápido possível.


DICAS & CONSELHOS

» Chegou o inverno «

Que cuidados devo ter com o meu automóvel?! a Bateria

No Inverno, com a temperatura mais baixa, o motor pode precisar mais da bateria (isto é, mais energia) para funcionar. Então, é importante que esteja tudo em ordem.

Boa viSÃo

A iluminação da estrada é essencial quando conta com etapas nocturnas na sua viagem, ou simplesmente quando pode necessitar de utilizar as luzes do seu carro para fazer frente a condições meteorológicas menos favoráveis. Verifique todos os ajustes de luzes (mínimos, médios e máximos), bem como luzes de mudança de direcção (piscas), travagem, nevoeiro e marcha-atrás. Não esqueça de verificar o estado das escovas do limpa pára-brisas, bem como da escova do vidro traseiro. Quando estacionar por períodos mais longos, levante as escovas para que não se colem ao vidro devido ao gelo.

16 • Outubro’11

o ar-ConDiCionaDo

No Verão o ar-condicionado é utilizado quase todos os dias. O Inverno chega, a temperatura cai e este acessório fica esquecido no carro até o calor voltar novamente. O problema é que muito tempo desligado pode ressecar as borrachas de vedação e danificar o sistema. Mesmo no Inverno, recomendase que o ar-condicionado seja ligado uma vez por semana por pelo menos dez minutos. Este tempo de funcionamento fará o gás circular pelo sistema e lubrificar as borrachas, mantendo a qualidade do ar-condicionado.

Proteja a PintUra Do SeU aUtoMÓvel Com a chegada do inverno, que traz consigo as baixas temperaturas, alguns cuidados especiais são importantes para manter o brilho e a protecção da pintura do carro. Se possível, deixe seu automóvel estacionado em locais fechados. Durante a noite, o nevoeiro e a inversão térmica trazem consigo diversos poluentes que atacam o brilho da pintura;

das árvores: o ácido corrói a pintura a longo prazo. Por isso não deixe que estes resíduos colem e sequem sobre a superfície da pintura. Lave com água corrente e sabão neutro, evitando assim estragos e prejuízos futuros;

Se deixar o carro sob o sereno ou nevoeiro, deite um pouco de água para tirar a camada mais grossa de poluição que entretanto se instalou. Lave com certa frequência o carro, para evitar que a sujidade fique impregnada;

Aplique produtos de protecção nas partes plásticas externas e internas, que hidratam o plástico e renovam o brilho. Caso a superfície esteja esbranquiçada, use produtos especialmente formulados para recuperar o brilho;

Mantenha a superfície do carro encerada, e prefira produtos de alta qualidade que tenham protecção contra raios UV. A cera facilita a lavagem e forma uma camada protectora na superfície; Evite a aplicação de produtos com solventes no seu carro, que podem deixar resíduos que misturados aos poluentes, atacam a pintura. O ideal é usar água e sabão neutro, ou melhor ainda, a lavagem a seco; Cuidado com fezes de pássaros e outros dejectos orgânicos como seiva

Mantenha os vidros limpos, pois a superfície costuma acumular ácido, poluição e a sujidade do meio ambiente;

Também é importante hidratar o couro, mas antes disso recomenda-se a higienização do carro para facilitar a acção do hidratante; Evite deixar o carro muito tempo fechado. Ao estacioná-lo em locais fechados, mantenha um quarto do vidro aberto, para facilitar a circulação do ar. Se notar água na carpete, bancos ou nos vidros (parte interna) é sinal de infiltração. Verifique o motivo, para evitar que fungos e bactérias proliferem no automóvel.


TEST-DRIVE

» Range Rover Evoque «

Foi no passado mês de Junho que o Range Rover Evoque se deu a conhecer em Portugal, num evento exclusivo da Marca Range Rover, onde os clientes convidados puderam ter o primeiro contacto com a gama Evoque. O Range Rover Evoque é o modelo mais leve e compacto de toda a história da Range Rover. Um verdadeiro Range Rover em formato compacto que se encontra disponível em dois tipos de carroçaria: versão 5 portas e versão coupé (3 portas). O Range Rover Evoque é o modelo da marca mais amigo do ambiente, por emitir menos de 130 g/km de dióxido de carbono (CO2) ciclo combinado. O Evoque estará disponível em versões de tracção dianteira e integral, com motores turbo diesel de 2,2 litros com 150 e 190 cavalos, a que se juntam caixas manuais ou automáticas de seis velocidades. A gasolina vai estar disponível o motor 2.0 de 240 cavalos com tracção integral e munido de uma caixa automática de seis relações.

Tanto o coupé, como o de 5 portas realçam-se pelas suas generosas opções de personalização, pelo que os clientes têm a oportunidade de adaptar o seu veículo ao seu estilo de vida. O Evoque estará disponível em várias cores e combinações que permitem contrastes entre as cores do tejadilho e da carroçaria. Irá encontrar igualmente interiores com design de qualidade e requinte. O Range Rover Evoque proporciona aos seus clientes a possibilidade de optar por três elegantes conceitos de acabamentos: PURE (fresco e contemporâneo), PRESTIGE (luxuoso) e DYNAMIC (atraente e desportivo). Disponível para entrega desde o início do mês de Setembro, é comercializado com preços a partir de 42.780,00 euros (impostos à data da publicação). Visite um dos concessionários Land Rover/Range Rover da Auto Sueco Automóveis, em Queluz de Baixo (o mais antigo Concessionário na região de Lisboa) ou em Almada – Laranjeiro.

17 • Outubro’11

Irresistível!...


HORA DE LAZER

» técnico de Marketing na expressGlass «

josé tor jervell é Campeão nacional de vela José Tor Jervell, técnico de marketing na ExpressGlass, sagrou-se, este ano, campeão nacional de vela, na classe Laser Radial. Título que alcançou ao representar o Clube de Vela Atlântico, na Figueira da Foz. A treinar regularmente desde os 7 anos, actualmente, o velejador pratica vela individualmente pelo Clube de Vela Atlântico em Leixões,

nas classes de vela laser: radial e standard. Sobre o título agora conquistado, o jovem de 27 anos afirma que “tinha expectativa de ficar bem neste

campeonato, mas não esperava ganhar, pois não treino todos os fins-de-semana”. José Tor Jervell diz ainda sentir-se “muito feliz” com esta vitória.

» Festas 80’s renascença em tavira «

Momentos inesquecíveis! A ExpressGlass juntou-se às férias no Algarve e apoiou a iniciativa “Festas 80’s Renascença que decorreu em Tavira, ao longo do passado mês de Agosto. Foi um mês de festa, com tempo para avivar as melhores memórias da década de 80, muita música, convidados especiais e várias surpresas.


HORA DE LAZER

» todo-o-terreno «

o prazer da condução off road! Actualmente a planear uma nova expedição todo-o-terreno com fins humanitários à Guiné, José Franco, da Loja ExpressGlass Cascais, revela-nos a sua paixão pelo 4x4 e os benefícios que daí retira quer a nível profissional, quer pessoal e familiar.

eGM – Chega a entrar em competições ou noutro género de eventos associados ao todo-o-terreno? jF – Deste prisma, a competição é apenas com as máquinas e o superar das dificuldades impostas pelo terreno. eGM – Que resultados tem alcançado? jF – O melhor dos resultados que tenho obtido é, sem dúvida, a forte amizade com os companheiros das expedições. eGM – os contactos que vai estabelecendo a este nível ajudam-no também no âmbito profissional da expressGlass (notoriedade da marca,

encaminhamento de serviço...)? jF – Pelo facto deste desporto ou hobby estar directamente ligado ao sector automóvel, e de estar sempre presente a imagem Expressglass nas viaturas, impulsiona a nossa marca no meio, sendo já uma referência no meio off road. Esta actividade do todo-o-terreno envolve, hoje em dia, milhares de portugueses e empresas do sector automóvel, muitas das quais poderiam potenciar em muito a sua actividade. Dou como exemplo as companhias de seguros que queiram ganhar este mercado criando seguros para estes veículos que em muitos casos, tal como acontece com os automóveis clássicos, apenas transitam uma dezena de vezes por ano a preços mais baixos e ajustados à realidade. Da mesma forma, têm surgido muitas empresas ligadas aos acessórios 4x4 e off road. Existem também países que promovem um turismo vocacio-

nado para este meio com entrada de boas receitas económicas, tal como acontece com Marrocos. eGM – Quais os benefícios que retira da prática deste desporto? jF – Estou neste momento a planear uma expedição de Oeiras à Guiné com fins humanitários. Aproveito esta oportunidade para promover a expedição e começar a reunir empresas e instituições que nos queiram apoiar a levar ajuda às crianças e necessitados guineenses. Neste género de expedições há sempre muito a apreender e, essencialmente, a lição de que por muito que possamos oferecer, muito mais iremos receber de quem por este mundo fora precisa. eGM – Como consegue conciliar este hobby com a vida profissional e familiar? jF – É muito fácil conciliar este hobby com a vida profissional, pois são eles os primeiros a incentivar e a querer participar. É algo que uma família como a minha pode fazer em conjunto, tirando daí também o proveito de assim ganharmos tempo com quem mais amamos.

19 • Outubro’11

eG Magazine – Como nasceu este “bichinho” pelo todo-o-terreno? josé Franco – Nasceu pelo gosto de viajar, de conhecer diferentes culturas e distintos modos de vida, tanto por este belo Portugal, como pelo mundo fora... Curiosamente o todo-o-terreno era algo que não admirava, pois há o estigma de ser algo praticado por uns indivíduos que por aí andam a partir jeep’s e a danificar o nosso planeta... Pois puro engano, aqui neste meio tenho conhecido pessoas que tal como eu obtêm o máximo prazer de partilhar o prazer de condução off road e o fascínio pela natureza...


rede nacional a operar na substituição e reparação de vidros de viaturas

novas lojas expressGlass em Portugal! • Cobertura de todo o território continental e ilhas • Acordos com Seguradoras • Acordos com Gestoras de Frota

Bragança

Mirandela

Barcelos V.N. Famalicão ~ Mondim de Basto Póvoa de Varzim Maia Santo Paços de Tirso Ferreira Matosinhos Amarante Porto Penafiel Vila Nova de Gaia Lamego Gondomar Santa Maria da Feira S. João da Madeira

Mirandela Sintra Águeda Oliveira do Hospital Cantanhede ~

Torres Novas Lourinhã Vila Franca de Xira Torres Vedras Mafra Sintra Cacém Amadora

Alverca

Seixal

Açores

Salvaterra de Magos

Benavente

Camarate Odivelas

Elvas

Lisboa

Trajouce

Cascais

´

Montijo

Montemor-o-Novo

Pinhal Novo ´

´ Quinta do Conde (Sesimbra)

Corvo Graciosa Lages

Flores ^

S. Jorge Faial

Horta Feteira

Terceira Angra do Heroísmo

Madalena

S. Miguel

Pico

Valados Ponta Delgada Rosário Lagoa

S. Maria Vila do Porto

Porto Santo

Madeira

Aljezur ~

Camacha

Lagos Albufeira

Loulé

Olhão

Express Glass Magazine  
Express Glass Magazine  
Advertisement