Page 1

Trabalhar,ajudar | fazer algo conjuntamente por natureza e espontaneidade (...) Um dos Problemas Básicos que o mundo está enfrentando é o problema da cooperação. Que significa a palavra “Cooperação” ? Cooperar é trabalhar juntos , sentir, juntos ter algo em comum, para que se possa cooperar livremente , Entretanto as pessoas em geral não se sentem inclinadas a coperar natural e espotaneamente ,Felizes; assim sendo, são forçadas a cooperar por vários por vários meios de persuasão – Ameça , intimidação ,castigo, recompensa. Este é o método mais comunente praticado em todo o mudo. Sob os governos tirânicos ,são os homens brutalmente forçados a cooperar e se não o fazem são liquidados ou jogados em campos de concentração. Nas chamadas nações civilizadas somos persuadidos a cooperar mediante o conceito de “pátria ” ou em prol de alguma ideologia caprichosamente elaborada elargaente propagada, a fiim de sermos persuadidos a aceita-la ; ou ainda, coperarmos para a execução e um plano traçado por uma certa pessoa – um projeto de Utopia. Assim é o plano da idéia , autoridade o que induz as pessoas a trabalharem juntas. Isso em geral se chama “coperação” e supõe sempre, recompens ou punição; quer dizer , atrás dessa cooperação está o medo. Estais sempre trabalhando em prol de alguma coisa – Da pátria do rei,do partido, de Deus ou do mestre, da Paz , ou para a realização de uma dada reforma. Vossa idéia de cooperação é “trabalhar juntos para um certo resultado” . Tendes um Ideal-- Fundar uma escola perfeita ou o que quer qui seja – para cuja realização estais trabalhando e por conseguinte dizeis ser nescessário coperação. Tudo sso Supõe a autoridade não ? Há sempre alguém que supostamente , sabe o que é mais acertado e por conseguinte dizemos : “Prescisamos cooperar para levar a cabo este plano” Pois bem eu não chamo isto de coperação. De modo nenhum é coperação ,poém uma forma de avidez um forma de medo de compulsão .Atrás de tudo está a ameaça de que se o indivíduo não coperar. O governo não o reconhecerá , ou o “plano qüinqüenal falhará” ou ele será mandado para um capo de concentração, ou o país perderá a a guerra, ou ele não entrará no céu . Há sempre alguma forma de persuasão , e onde há persuasão não pode haver verdadeira coperação. Tão pouco há coperação quando vós e eu trabalhamos juntos apenas porque tratamos fazer juntos um certo trabalho. Num trato dessa natureza, o que importa é o trabalho qui seja feito, e não a coperação. Vós e eupodemos combinar constuir uma ponte, ou uma estrad, ou plantar juntos algumas árvores, mas nessa combinação , há sempre o medo de


surgirem divergências, ou o medo de que eu não possa fazer minha parte no trabalho, deixando-o todo por vossa conta. Assim não ´´é coperação trabalharmos juntos á força de persuasão em virtude de mero acordo entre nós, porque em todo esforço exercido em tal base , está sempre latente a idéia de de ganharou de evitar alguma coisa. Para min cooperação é coisa muito diferente. Cooperação é a alegria de estar juntos e atuando juntos” – Sem se estar nescessariamente fazendo determinada coisa. Entendeis? As crianças muto novas normalmente gostam de “estar juntas e atuando juntas” já não notaste isto ? Estão sempre dispostas a cooperar em qualquer coisa. Não é questão de acordo ou desacordo , de recompensa ou de cstigo; querem simplesmente ajudar. Cooperam intuitivamentepelo gosto de “estar junta e atuando juntas”. Mas os adultos destroem esse natural e espontâneo espírito de cooperação da criança dizendo-lhe: se fizerdes isto, te darei aquilo; se não fizerdes isto, não te deixarei ir ao cinema“—e é assim que se Introduz o elemento corruptor . A verdadeira cooperação nasce , não pelo simples fato de se ter ajustado executar juntos um certo projeto, porém com alegria o sentimento de união; se posso usar aqui este termo; porque neste sentimento não há a obstinação das idéias e opiniões pessoais. Quando conhecerdes esta qualidade de coperação, sabereis também quando não se deve cooperar -- o que é igualmente importante. Compreendeis? E nescessario despertarmos m nos mesmos esse espírito de cooperação, porque então não é um mero plano ou acordo que nos fará trabalharmos juntos porém uma extraordinário sentimento de solidariedade. A ”alegria de estar juntos e atuando juntos” - sem nenhuma idéia de recompensa ou de castigo . Isto é uito importante . Mas, igualmente importante é saber quando não se deve cooperar; porque, se não somos sensatos podemos coperar com líderes insensastos , cheios de planos grandiosos e idéias fantásticas,tais como hitler e outros tiranos de todas as épocas. Por conseguinte,devemos saber quando não cooperar; e só saberemo quando conhecermos a alegria da verdadeira cooperação. Este é um assunto de discussão muito imprtante, porque, quando se sugere “trabalhar juntos”, vossa imediata reação é prvavelmente esta: “Para que fim ?” Que iremos fazer Juntos?”


Por outrs palavras, “o que se deverá executar” se torna mais iportante do que o sentimento de “etar juntos e atuando juntos ” ; e quando “o que se deverá executar” – O plao o coceito a Utopia ideológica – assume importância primária ,não há real coperação. O que então nos une éw apenas a idéia ; e se uma idéia tem o poder de nos unir-nos , outa idéia tem o poder de nos desunir. Assim o mais importante de tudo é que despertemos em no´s mesmos aquêle spírito de cooperação , aquele espírito de “estarjuntos,atuandojuntos” , sem idéia e recompensa ou de punição. A maioria dos jovens tem esse sentimento, que é espontâneo Livre , se já não foi corrompido pelos mais velhos.

Jiddu Krishnamurti - A cultura e o problema Humano- ed.CULTRIX - págs 114 e 115


Trabalhar,ajudar fazer algo conjuntamente por natureza e espontaneidade  

mais informaçoes em www.pensarcompulsio.blogspot.co.br

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you