Page 1

“Melhor não incluir valores na alegria”, isso é para a gente do tempo passado. Eles agiam dentro de seus direitos com concessões, agiam em fases, com a propriedade do impulso. Mas também havia tanta coragem, muitos nem sequer deixaram que falassem por eles; eram os prodígios, os grandes intelectos interagindo e ajudando quem ainda estivesse em vias de aperfeiçoamento. Agora você teve um pensamento, uma lembrança! Agora está entre nós /_\ Atos III Agora você teve um pensamento


A ata descreve que “de tudo há para que você não saiba de turvações, temas servis, leis, descréditos, tudo para que não saiba de sua inteira potência. Como se fosse tombar pensar em qualquer fim (no caso, a morte!), assim dizendo tombar diante de tantos medos, diante daqueles resquícios glaciais. Uns assim seguem adentro nos receios mecânicos ou artificiais, vulgo apocalípticos, muito longe do chamado cerne espiritual (...)” /_\ Atos III Ata


Reclamam as crias que “a maior galera disse que estava dando erro em tudo, usam até um termo “estranho” (estranho é outro nome da apatia aqui) Reclamam também que “ninguém estronda nada, fica sempre sendo como se nada tivesse acontecido; no outro dia vão comentar quem traiu quem na novela, e isso de votação e eleição fica no passado.” “Só muda para quem raciocina. A cada pedrada que levam seu couro fica mais resistente então.” /_\ Atos III Estranho


Não tendendo à comunhão, eles ainda pensam em comércios nesta era. Mas vejamos toda a Natureza se pronunciando! As plantas se multiplicam, retiram da terra e da água seus nutrientes para o crescimento, cada vez mais em expansão, cada vez mais expostas. Nos expomos igualmente. Não há justiça acima da Natureza, os homens logo perceberão. Portanto, as injustiças aos seres inferiores não devem existir, fica claro. Os seres depois de sua gradual expansão tendem a se mesclar em uma só raça, voltando ao seu estado natural. É daí o entendimento /_\ Atos III Impressões da Natureza


Falamos dos seres. Seus corpos estão sempre em movimento, e se algo ocorrer além do comumente utilizado, algo que desconecte desse organismo, a eles pode ocorrer alguma doença, por exemplo. A integridade dos corpos-espírito é às vezes atingida por tais danos, e eles demoram encarnações inteiras para depurar, depurar rumo à perfeição a que São destinados. Muita gente humana aprende, e depois reconhecem a si próprios em plena atividade. Portanto, o períspirito é parte da matéria, ainda ligado ao corpo, e pode voltar com danos ainda em recuperação a esta mesma realidade. As pessoas dessa forma levam mais tempo para esquecer alguma coisa, e se curar. Esquecer existe como bom, todos sentimos, mas não sabemos sua real função Os espíritos usam as realidades para camuflar suas passagem pela matéria. Vejamos, as pessoas disfarçam quando falamos isso, querem dissuadir, mas sabemos. Sabemos que vão errar, fugir para outro lugar, outra viagem que vão distrair os que sabem; é o que se pode dizer. Mas continuarão se deparando com outras pessoas. Então vamos falar para elas em qual mundo estão? Falaremos que sabemos de tudo isso? Aceitarão? Mas felizmente a espiritualidade se descobre, é uma nova forma de enxergar à nossa volta. Somos os que dizem, nos esforçamos para olhar cara a cara os que sabem também. Libertar-se é morrer em paz, cumprir talvez nosso papel /_\ Atos III Impressões sobre a espiritualidade que se descobre


Da junção de dois corpos humanos nasce outro humano, moldado também pela matéria, vistoriado pelo seu espírito a fim de servir de receptáculo para sua atual evolução. Tal capacidade de reprodução assistida (...) As crianças nascem então puras como a Natureza em seus bons dias, prontas para atingir a realidade em sua ação /_\ Atos III Impressões sobre a reprodução humana


Aqui quem fala é antigo ainda em transição, eu sou um ancião para muitos! Vocês me ouçam, vejam, tem que ir todo mundo junto, no mesmo passo, e não se espante quando algo acontecer. Não é possível haver ainda tanta maldade, e por isso estamos aqui. Uma pessoa vê, muitas veem, deparadas e refletidas em suas vidas; é uma luz! /_\ Atos III O que diz o que pensa


(...) se você veio até aqui, enxergou algumas dessas placas que foram expostas... olha, se você veio até aqui foi para padecer, avisamos a você que estamos na Terra; aqui seria como o riso de Deus, o paraíso e sua felicidade, que vida próspera. Existimos como Humanos por Deus, através D’Ele, existimos dentro da materialidade que ama se desenvolver. Do Espaço viemos e ganhamos essas massas bípedes, logo após as explosões dos planetas, dos núcleos, toda essa luz unificadora. A paixão e energia solidificadas para a atual existência /_\ Atos III Se você veio


No segundo sonho, a ancestralidade lhe diz que continue e aperfeiçoe, pois há muito o que fazer nesta atual passagem... irrealizando a si mesmo ao inimaginável até então (...) /_\ Atos III Segundo sonho


Naquela visão espiritual, aquele momento através do respirar profundo, o tempo passa como em um choro... e vão ficando cada vez mais vívidas as lembranças, como o alimento que se evapora na sua boca; enquanto ela é aquela simetria passada por muitas gerações, tal memória, ela recorda a respiração que domina com rigidez leonina. A memória pede “força” /_\ Atos III Visão espiritual através do respirar

Profile for Paulo Vitor Grossi

Atos III 10 Volumes_ Paulo Vitor Grossi_ 2019_  

Atos III 10 Volumes_ Paulo Vitor Grossi_ 2019_  

Advertisement