Diagramar jornais - Loterias em Foco 2

Page 1

ANO 01 - EDIÇÃO 02 - FEVEREIRO/2010

LOTERIAS em FOCO APOSTADORES MERECEM UM JORNAL ASSIM!

Distribuição Gratuita

LOTERIAS

R$ 6 bilhões na loteria espanhola Pág. 03

LOTERIAS

Divulgação CAIXA

MEGA SENA DA VIRADA SUPEROU AS EXPECTATIVAS R$ 4,9 milhões na Lotomania em Registro

Pág. 05

LONDRINA

Londrina está em estado de alerta com a Dengue

Pág. 08

ECONOMIA

Banco Central divulga modelos de novas cédulas

Pág. 09

ESPORTE

Ídolo de 1992 lamenta situação do LEC

Pág. 10

LOTERIAS

O maior prêmio da Mega Sena saiu para Brasília e outro para a cidade de Santa Rita do Passa Quatro. Em entrevista ao jornal LOTERIAS EM FOCO, o proprietário da lotérica Avenida, localizada na cidade do interior paulista disse que o ganhador de R$ 72 milhões é um idoso de 68 anos de idade e que tem 11 filhos. Outros dois filhos já faleceram. O ganhador sempre comparecia na unidade lotérica para fazer sua “fezinha”. Pág. 03

LONDRINA

Quase saiu Mega da Policial matou Virada em Londrina dois criminosos Por pouco que a Mega Sena da Virada contempla um londrinense. Houve um bilhete de cinco acertos na lotérica Condor, dois bilhetes na lotérica Colimas e outros dois bilhetes na lotérica Scalassara. O bolão foi um bom negócio para os apostadores. Como exemplo, na lotérica Condor, graças ao bolão particular, rendeu pouco mais de R$ 109 mil em prêmios, garantindo várias quadras e quinas. A sorte passou muito perto da cidade. Pág. 04

Cinco criminosos, aparentemente todos menores de idade, tentaram assaltar uma residência no Conjunto Lindóia, região leste de Londrina, em início de janeiro. O proprietário da residência é policial civil e surpreendeu os criminosos. Em troca de tiros, dois morreram e outros três conseguiram fugir. Pág. 07

RESULTADOS - Confira suas apostas das loterias da Caixa Pág. 06 CULTURA -Criadores do carnaval são gregos e romanos Pág. 11

CULTURA - Zilda Arns: um exemplo de caridade e amor Pág. 11

Resto de sangue seco de adolescente morto, após tentativa de assalto

ESPORTE - LEC pode subir no ranking da Timenania Pág. 10 EXTRA - Após 16 anos, Cadeião será revitalizado Pág. 12 + LOTERIAS - Lotéricas recebem doações ao Haiti Pág. 12

MEGA SENA

É MAIS FÁCIL GANHAR... COM 6 DEZENAS?

OU MAIS DEZENAS? ARRISQUE SUA SORTE NOS BOLÕES ! -> Consulte patrocinadoras pág. 5


2 LOTERIAS em FOCO

opinião

Edição 1 - Novembro de 2009

EDITORIAL

Agora é pra VALER! Democracia ! Enfim chegou a hora. Apostadores das casas lotéricas de Londrina ganhou, definitivamente, ou meio de comunicação exclusivo. Para os leigos da comunicação, o JORNALISMO SEGMENTADO corresponde ao ato de ter um produto jornalístico voltado para uma determinada categoria comercial ou de leitores, que tem o mesmo conceito cultural. Portanto, este jornal segmentado atinge aos anseios dos que apostam nas loterias da Caixa. Com material diversificado, clientes das casas lotéricas que pagam apenas contas, por exemplo, também terá horas de prazer na leitura. Nesta primeira edição

oficial o leitor vai encontrar do que de melhor foi em loterias na cidade de Londrina. Várias unidades lotéricas pagaram a quina da Mega Sena da Virada. Sabe o que isso significa? Londrina por muito pouco não foi destaque por pagar o maior prêmio das loterias. Por falar em maior prêmio... a REPORTAGEM DO LOTERIAS EM FOCO teve a oportunidade de entrevistar o responsável da lotérica Avenida, da pequena cidade paulista Santa Rita de Passa Quatro. Foi de lá um dos bilhetes milionários de R$ 72 milhões, que ficou na história das loterias do Brasil. É neste jornal que encontrará infor-

mações devidamente apuradas a respeito do que o apostador mais quer saber: ONDE SAEM OS PRÊMIOS DAS LOTERIAS. E quando falamos de diversidade, falamos de editorias específicas de Londrina, Cultura, Esporte e Economia. E não são enxurradas de notícias. São informações mais apuradas para a compreensão do que acontece na cidade. Londrina merece um jornal diferente. Apostadores e lotéricos também merecem ter uma publicação que traga, a cada edição mensal, algo a mais, curioso para manter todos devidamente informados. Apostadores merecem um jornal assim!

PARTICIPE DA PRODUÇÃO DO LOTERIAS EM FOCO. Mande críticas, opiniões, sugestões de pautas para o jornal destinado aos apostadores das loterias www.loteriasemfoco.blogspot.com

@ loteriasemfoco@gmail.com (43) 9960 8993 LOTERIAS em FOCO

ENQUETE

O que faria com R$ 72 milhões ?

A Mega Sena da Virada mobilizou as unidades lotéricas para atender a grande demanda de apostas. Afinal, R$ 144 milhões, o maior prêmio da história da loteria nacional, mexeu com o imaginação de todos os brasileiros. Essa bolada foi dividida por dois ganhadores. O jornal LOTERIAS EM FOCO consultou alguns apostadores na casa lotérica Samuara, localizada na Av. Maringá, para saber o que faria com R$ 72 milhões. E você, o que faria com uma conta bancária tão recheada assim? Olha, eu viajaria muito para pensar bem o que fazer com tanto dinheiro assim. Contrataria até alguém, capacitado, para auxiliar na administração dessa fortuna. Afinal, você já viu o Ronaldinho cuidar e administrar o dinheiro dele? É muita grana para uma pessoa só ter controle. Eu apenas investiria em imóveis aqui em Londrina, mas viver não, de fato iria embora daqui. Na Mega da Virada participei em bolão da lotérica, bolão da família e jogos particulares. Infelizmente acertei no máximo duas dezenas. Apostador - Edvaldo Oliveira Coelho

EXPEDIENTE

LOTERIAS em FOCO Edição 02 / fevereiro de 2010

Não tenho a menor Com tanto ideia do que fazer dinheiro assim, com tanto dinheiro ajudaria muito a assim. Só ganhando minha família e as mesmo para saber pessoas de boa fé. o rumo a tomar Afinal, o que fazer na minha vida. com tanto dinheiro Só sei que viveria assim? Não vou em Londrina sem levar nada dessa problemas e que eu ajudaria muita gente boa que Terra. O importante é ter saúde. conheço. Eu viveria em Londrina sem medo. Apostei duas Mega Sinceramente, viver de juros apenas não é uma má ideia. Sena simples mas não acertei nenhuma dezena. Juros e férias eternamente. Mas lembro ter acertado 17 dezenas na Lotomania. Eu fiz cinco jogos da Mega da Virada. Acertei quatro Jogos desde o começo e na minha opinião a Mega dezenas. Não ganhei nada porque acertei as quatro Sena seria muita mais legal de ela também pagasse dezenas em jogos separados. terno. Segurança lotérica Samuara, Evandro Silva Teodoro

OPINIÃO

Mega da Virada: todos ganham

Em entrevista concedida ao jornal LOTERIAS EM FOCO, do proprietário da Edição, Pauta, Reportagem e lotérica Alterosa, Linconl MiyaDiagramação zawa, opinou sobre os benePaulo Augusto Sebin fícios da Mega Sena da virada. Segundo ele, nos finais de ano Fotos: Paulo Sebin e o comércio sempre teve partiDivulgação cipação ativa para vender seus Contato: 43-9960 8993 produtos e recuperar tempos -> loteriasemfoco@gmail.com ruins ao longo do ano. A categoria lotérica não tinha o que Impressão: Gazeta do Povo (Jornal oferecer, proporcionalmente de Londrina) ao aumento de gastos, como o pagamento do 13º dos funTiragem: 3.500 exemplares cionários, entre outros. De fato, a Mega Sena da Distribuição: Banca de virada inseriu toda a categoria Revista Flamengo e Lotéricas patrocinadoras (observe na página lotérica no fervor comercial, 5). oferecendo mais diversidade de produtos. PAULO SEBIN - PUBLICAÇÕES As filas dos apostadoLTDA. res em busca de registrar suas apostas para “correrem o ris-

Jornalista responsável Paulo Augusto Sebin,

Apostador - Nivaldo Nunes Pereira

co” de serem milionários, já responde por si muitas expectativas. Mas abrangendo ainda mais a opinião de Miyazawa, não é apenas a categoria lotérica que ganha. A estrutura social também é favorecida. Segundo dados da Caixa, de toda a arrecadação da Mega Sena, 3,14% é destinado ao Fundo Penitenciário Nacional. 7,76% para o Fundo de Financiamento ao Ensino Superior. 3% ao Fundo Nacional da Cultura, além de outras distribuições sociais. Obviamente, que quanto maior o valor arrecadado pela loteria, maior é a distribuição para o desenvolvimento de projetos sociais existentes pelo Estado Brasileiro. Como exemplo, os recursos

destinados ao Fundo de Financiamento ao Ensino Superior, ao qual dá maior poder ao governo oferecer sistemas de financiamento para estudantes que devido as falhas das desigualdades sociais, não conseguem entrar nas universidades estaduais ou federais. Os financiamentos ajudam alunos a se ingressarem no ensino superior nas instituições privadas de ensino. Por tanto, as loterias não têm apenas o objetivo de oferecer a oportunidade de apostadores serem ricos. Vários seguimentos governamentais são beneficiados. Mas não podemos deixar de ressaltar que os valores arrecadados deve, de fato, chegar íntegro aos cofres públicos, declarando à sociedade os mecanismos de defesa para

evitar desvios e possíveis tentativas de lavagem de dinheiro. Uma coisa é estar no papel as destinações, outra é chegar ao destino correto. Cabe aos órgão competentes rígidas fiscalizações e transparência aos apostadores. Pela opinião do apostador Nivaldo Nunes Pereira, quanto mais pessoas ricas no Brasil, mais desenvolvimento teremos. Parece estranho e inimaginável, mas quantos milionários o Brasil não ganhou desde a fundação da Mega Sena, por exemplo? Bem administrados, estes bens geram impostos e desenvolvimento ao país. Sonhar não custa nada. Apostar nas loterias é a oportunidade de mudar a vida. Para melhor.


loterias

LOTERIAS em FOCO

Edição 1 - Novembro de 2009

3

MEGA DA VIRADA

Santa Rita do Passa Quatro A cidade de Santa Rita do Passa Quatro está localizada mais na região norte do Estado de São Paulo. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade conta com aproximadamente 30 mil habitantes, distribuídos em território de 753 Km ². Segundo dados históricos dispostos no site do IBGE, em 1820, poucas pessoas habitavam a região, contando-se entre elas Antônio Jacinto Nogueira e sua Família. Em 1839,mudou-se de Pouso Alegre, Minas Gerais, para o trecho da margem direita do Rio Mogi-Guaçu, entre os afluentes Claro e Bebedouro, o Alferes de Milícia José Vieira da Fonseca, acompanhado dos genros Ignácio Ribeiro do Vale, Luiz Ribeiro da Fonseca, Julião Ribeiro Salgado e, mais tarde, Antônio Manoel de Palma e Francisco Ferreira da Rocha. A região foi sendo povoada e, em 1860, Ignácio Ribeiro do Vale e seu filho Deocleciano Ribeiro, fundaram Santa Rita em terras pertencentes, na época, ao Município de São Simão. Até levantamentos apurados em 2008, a cidade de Santa Rita do Passa Quatro contava com uma frota de 7.611 automóveis. Havia no mesmo ano 1.751 motocicletas. O índice do Produto Interno Bruto (PIB) foi avaliado em R$ 12.126 per capita. A cidade de Londrina obtinha até o mesmo ano o valor de R$ 16.055 per capita. Seu índice de pobreza está avaliada em 11,83%. O índice de pobreza em Londrina, de acordo com o IBGE, está avaliado em 36,49%. Essa diferença está proporcional ao tamanho proporcional da cidade. Londrina conta com pouco mais de 500 mil habitantes, contra 30 mil de Santa Rita do Passa Quatro.

Apostadores humildes faturam maior prêmio da Mega Sena Segundo proprietário da lotérica Avenida, da cidade Santa Rita de Passa Quatro, o ganhador é um aposentado de 68 anos e que tem 11 filhos. Sua origem é bem pobre. Ele resgatou o prêmio na cidade paulista de Ribeirão Preto A Mega Sena da Virada superou as expectativas da Caixa Econômica Federal e também da maioria dos empresários lotéricos. O que se pordia notar nas casas lotéricas da cidade de Londrina eram filas enormes, constitídas por brasileiros que queriam mudar de vida, com o objetivo de realizarem seus sonhos com o maior prêmio já pago pela loteria nacional. Ao todo foram R$ 144.901.494,92 distribuídos para dois ganhadores, pelo consurso 1140, realizado em 31 de dezembro de 2009. O sorteio foi transmitido pelas principais emissoras de Televisão. Um de-

les é de Brasília, e outro é da pequena cidade do interior paulista, SAnta Rita do Passa Quatro. Cada um levou a fortuna de R$ 72.450.747,46. A arrecadação total de apostas de todo o país foi de R$ 435.346.884,00. A única lotérica da cidade, a lotérica Avenida, foi a contemplada em emitir a aposta milionária. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Caixa, o apostador da cidade paulista fez aposta simples de R$ 2,00. O proprietário da lotérica Avenida, José Roberto Baptista, em entrevista concedida por telefone explicou que estava em uma churrascaria para comemorar a passagem do ano, quando uma senhora ainda falando ao celular o cumprimentou e eu parabéns. “Eu não entendi absolutamente nada, porque não era meu aniversário. Depois ela me informou que um dos ganhadores era da nossa cidade”, contou. O proprietário lotérico ainda permaneceu na churrascaria até às 2 horas da manhã do dia 1º de janeiro. Ainda de acordo com

Baptista, quem faturou o maior prêmio da Mega Sena foi um idoso de 68 anos de idade e que tem 11 filhos. Outros dois filhos já faleceram. O aposentado cortava grama para um outro senhor da cidade paulista apenas para fazer bicos. “Ele é de origem bem pobre mesmo. Ele sumiu da cidade. Acredito que esteja numa chácara qualquer na cidade de Ribeirão Preto, onde sacou o prêmio milionário”, disse Baptista. O sortudo foi resgatar o prêmio ainda na segunda feira (04/01/2010). Segundo o proprietário da lotérica, já faz 30 anos que trabalha com loterias e também já trabalhou 10 anos em um banco. O ganhador era administrador de uma fazenda e fazia operações bancárias com ele. Baptista revelou que às 6 horas da manhã a TV Globo ligou para ele com o intuito de conseguir uma entrevista. “Marquei a

entrevista para as dez horas da manhã na lotérica. Meia hora antes de eu chegar já tinha outras duas emissoras de TV. Parecia um exército de prontidão”, ironizou com o assédio da imprensa local. Com 30 anos no ramo de loterias, o empresário lotérico lembrou que há quatro anos pagou aproximadamente R$ 1 milhão na Lotomania. Há três meses também pagou prêmio de R$ 200 mil pela loteria federal. O outro prêmio saiu para a unidade lotérica Fila da Sorte, localizada dentro da Estação Rodoviária do Plano Piloto. Há rumores de que o ganhador(a) seja viajante, estava apenas de passagem pela capital brasileira. Os números sorteados pela Mega Sena da Virada, concurso 1140, foram: 10 27 40 46 49 58.

R$ 144 milhões mexeu com o sonho dos brasileiros

Certamente a Mega Sena da Virada mexeu com a imaginação e sonho de praticamente todos os brasileiros. Alguns fizeram apostas simples, para não passar em branco e correr o risco de faturar o maior prêmio da loteria no Brasil. Outros arriscaram mais, em desdobramentos de bolões. O apostador Luciano Aparecido de Souza participou dois bolões e fez outras seis apostas simples da Mega Sena. “Peguei apenas terno no meu jogo simples”, lembrou. Segundo o apostador, o bolão que entrou tinha 22 sócios, todos amigos de um bar, ao qual cada um fez uma aposta. “Conhe-

ço outro grupo de pessoas que fizeram um bolão, com 15 sócios e eles acertaram a quadra”, lembrou Aparecido. No caso da apostadora Alisângela Alves do Prado, fez apenas dois jogos simples da Mega Sena, mas que não acertou nenhuma dezena. A apostadora afirmou que não saberia o que fazer com tanto dinheiro. “Joguei sem me planejar como gastar o dinheiro. Uma coisa eu sei é que jamais ficaria em Londrina”, ressaltou. Antônio Rodrigues da Silva apostou uma Mega simples e participou de um bolão. Segundo o

apostador, o bolão não deu prêmio mas com muita sorte acertou uma quadra em seu jogo simples. “O bolão que entrei tinha 50 sócios mas acabou não dando nada, Na minha Mega particular ganhei uma quadra e deu mais ou menos uns R$ 600 reais”, explicou. Com bom huApostador Luciano Ap. de Souza mor, questionado o que faria caso houvesse R$ 72 milhões em sua do país. “Certamente ficaria fora do conta bancária, Silva disse não saber país, mas num hotel bem luxuoso muito bem o que fazer com a for- para pensar e planejar como investir tuna, entretanto, ressaltou que sairia o prêmio”, disse o apostador.

Loteria espanhola pagou incríveis R$ 6 bilhões

Se os brasileiros acham R$ 14 milhões muito dinheiro, imagine R$ 6 bilhões, ou 2,32 bilhões de euros. Isso mesmo. Não foi erro de digitação. Este foi o prêmio pago em 22 de dezemLocalização da cidade paulista bro de 2009 pela Loteria Federal

espanhola, chamada de “El Gordo”. O país praticamente parou para acompanhar ao sorteio nas emissoras de TV e rádios. Segundo o jornal “El País”, Sob o número 78.294, um prêmio de 3 milhões será pago a

4

28 ANOS a serviço da boa leitura e entretenimento

Mecânica Camata

Cel. 9991-1588

Rua Visconde de Mauá, 168 - Mercado Shangri-lá - BOX 50 B Shangri-lá - CEP 86070-660 - Londrina - PR

um escritório do bairro de Bravo Murillo e terá de ser repartido entre todos os trabalhadores do escritório. De acordo com a Loteria da Espanha, pouco mais de 20 milhões apostas foram feitas.

Rodas

Camata & Viana Ltda. Especializado em Injeção Eletrônica Serviços de Regulagem Serviços de Retífica Serviços de Suspensão Serviços de Freio

RUA REBOUÇAS, 133 - FONE: (43) 3348-1797 - LONDRINA - PR

Todo ano, este é um dos eventos mais esperados no país europeu. Além do primeiro bilhete, o “El Gordo” paga outros nove prêmios que variam de 1 milhão de euros (segundo lugar) a 300 mil ( até a décimo lugar).

Já pensou público frequente nas casas lotéricas ver sua empresa? ANUNCIE NO JORNAL LOTERIAS EM FOCO Comercial: (43) 9960 8993 LOTERIAS em FOCO


4

LOTERIAS em FOCO

Edição 1 - Novembro de 2009

loterias

ANO BOM

Lotéricas de Londrina pagaram bons prêmios no ano passado Bolão de um grupo de trabalhadores rendeu pouco mais de R$ 109 mil. De acordo com o proprietário da Lotérica Condor, o bolão rendeu 4 cartelas premiadas com cinco acertos e mais 30 cartelas premiadas com quatro acertos pelo concurso 1128 da Mega Sena Entre os meses de novembro e dezembro do ano passado a sorte definitivamente passou pela cidade de Londrina. A lotérica Condor, por exemplo, pagou vários bilhetes premiados em bolão da Mega Sena. Foi pelo concurso 1128, do dia 21 de novembro de 2009. Ao todo foram 04 quinas, pagando cada uma o valor exato de R$ 24.034,81. Também teve o pagamento de mais 30 quadras, pagando cada uma R$ 435,65. Com isso, o bolão resultou o valor líquido de R$ 109.208,74. De acordo com o proprietário da lotérica Condor, Valdir Coelho, o bolão premiado não é da lotérica, mas sim de um grupo de pessoas que trabalham juntas em uma determinada empresa. O ganhador apareceu

na lotérica para saber como poderia receber a premiação. “Ele não sabia como funcionava para receber o dinheiro. Ele apareceu aqui, conferimos os jogos e eu mesmo levei para a Caixa”, afirmou Coelho. Ainda de acordo com ele, o ganhador não revelou em quantos sócios o bolão era constituído. A primeira medida tomada pelo empresário lotérico foi fixar uma faixa anunciando todas as premiações. E a quina da Mega voltou a soprar na unidade lotérica. De acordo com Valdir Coelho, pela Mega Sena da Virada, sorteada em 31 de dezembro, foi emitida uma quina da Mega. “Fiquei sabendo através de um dos consultores de campo da Caixa. Mas não sabemos quem foi o sortudo porque

não apareceu na lotérica”, ressaltou. A Mega Sena da Virada pagou para quem acertou cinco dezenas o valor de R$ 34.724,23. Indagado sob a premiação de R$ 109 mil, o aposentado Armando Duarte, de 66 anos, afirmou que distribuiria o dinheiro para os familiares e ficaria com uma quantia que achasse necessária. “Boa parte iria para meus filhos. Ajeitaria a vida deles”, salientou. O aposentado fez questão de lembrar que tanto com os R$ 109 mil que saiu na lotérica Condor, quanto os R$ 72 milhões da Mega da Virada, ficaria na cidade de Londrina sem problemas. Investiria na cidaProprietário da lotérica Condor, Valdir Coelho de. Ainda de acordo com ele, torceu para o maior prêmio da história da Mega saísse para quem acertasse cinco nas pelo seu primeiro nome, ganhador tranquilo. Francisco lembra que dezenas. “Assim teria mais o Francisco, fez a seguinte gente para gastar, ou seja, pergunta: “O que você com- há alguns anos acertou 18 quanto mais ganhadores, praria com R$ 109 mil hoje?”. pontos na Lotomania, gamais o próprio país se desen- Segundo ele, o padrão de rantindo assim prêmio de R$ vida do brasileiro está tão alta 1.708,40. “Por dois números volve”, opinou. Já para o apostador que nem mesmo a premia- deixei de faturar quase 1,5 que quis ser identificado ape- ção citada pode deixar um milhões”, lamenta.

Mais um ... Na trave em Londrina Região está com sorte

A lotérica Portal da Sorte também passou perto de pagar o prêmio da Mega Sena. Com isso, a cidade de Londrina por pouco não viraria destaque nacional com o prêmio milionária da Mega Sena da Virada. Segundo a funcionária responsável pela lotérica na ausência do proprietário, Celi Oliveira, informou que o consultor de campo da Caixa, Vanderlei Salviato ligou avisando que saiu a Quina da Mega Sena da Virada. “Colocamos faixa na entrada da lotérica para anunciar o prêmio”, disse. Ainda de acordo com a funcionária, o portador do bilhete premiado de R$ 34 mil não compareceu e que certamente já recebeu o prêmio em uma das agências da Caixa.

Por pouco que a Mega Sena da Virada contempla um londrinense. Houve um bilhete de cinco acertos na lotérica Condor, dois bilhetes na lotérica Colimas e outros dois bilhetes na lotérica Scalassara. Para o proprietário da lotérica Colimas, Cassiano Coelho Mascarenhas, por pouco que não saiu o maior prêmio da loteria em Londrina. E em dose dupla. Foram registrados nos terminais lotéricos dois bilhetes premiados com a quina. “Foi Quina da Mega em dose dupla. Mas até agora nenhum deles apareceram aqui na lotérica”, disse. Ainda de acordo com Mascarenhas, somando as premiações de todos os bolões feitos na lotérica Colimas,

foram pagos 26 quadras pela a última Mega do ano. Para ele, o principal objetivo no momento é de fato pagar prêmios relevantes em Londrina. “A gente tem sempre a idéia de pagar prêmio grande na cidade. Este é o meu sonho”, revelou Mascarenhas. Na lotérica Scalassara a sorte também passou e quase pagou o maior prêmio da Mega Sena. Houve emissão de dois bilhetes premiados com cinco acertos. Segundo a atendente da lotérica Scalassara, Jessica Larissa, os ganhadores ainda não havia aparecido. “Também acertamos três quadras em bolão de Mega Sena com sete dezenas apostadas. “, lembrou Larissa.

A sorte soprou a região. Em 18 de novembro de 2009 foi emitido em um dos terminais da lotérica Alterosa bilhete premiado em R$ 8.083,07, pela quina da Mega Sena, pelo concurso 1127. Segundo o proprietário da lotérica Alterosa, Lincoln Miyazawa, ficou sabendo da premiação por um e-mail enviado pela superintendência da Caixa. “Logo depois mandei fazer um ‘banner’ e no anúncio da lotérica num jornal ficou por três dias anunciando o prêmio”, explicou Miyazawa. Segundo o proprietário,

o ganhador não apareceu na unidade lotérica. Miyazawa lembrou que em 06 de outubro do mesmo ano também houve pagamento de quina da Mega Sena. “No ano passado foram registrados quatro quinas da Sena. Batemos na trave quatro vezes”, comemorou. Na opinião dele, a Mega Sena da virada foi positiva, pois a população arriscou ainda mais nas loterias. Comparado ao comércio, Miyazawa comparou o último concurso da Mega de 2009 como “boom” do comércio, que sempre tem algo a oferecer aos seus consumidores.

Britânico que ganhou na loteria gastou tudo em balada

MIDIA.COM - O britânico Michael Carroll, de 26 anos, tinha 18 quando tirou a sorte máxima e venceu um concurso nacional de loteria. Ele levou, na época, a bolada de 9,7 milhões de libras (R$ 28 milhões). Ainda avisou, em entrevistas: “Agora eu vou viver!”.

Ele não estava brincando. Após oito anos viajando pelo país e mundo, comprou iates, apartamentos, carros de luxo e não parou um só dia para respirar. Segundo jornais britânicos, só com prostitutas calcula-se ter gastado cerca de R$ 300 mil. Com cocaína, o morador de

Norfolk, no leste da Inglaterra, gastou R$ 230 mil. Comprou o equivalente a R$ 2,3 milhões em aparelhos de som, TVs, computadores e uma variedade impensável de eletrônicos – todos vendidos. Para fazer baladas com os amigos e amigas, gastou aproximadamente R$ 2

milhões.

Agora sem dinheiro, com algumas contas a pagar, Carroll mora numa quitinete alugada e recebe cerca de R$ 122 de seguro-desemprego por semana. Por maior que seja o prêmio ganho em loteria, a

fortuna não é infinita. Cabe ao ganhador saber investir o dinheiro ganho, saber aplicar e nunca deixar o dinheiro parado. O britânico Carrol pode ser exemplo aos ganhadores das loterias no Brasil que se não aplicar o dinheiro, um dia pode acabar.


loterias

SÓ PATROCINADORAS TÊM LOTERIAS EM FOCO GRATUITAMENTE APENAS AS LOTÉRICAS QUE PATROCINAM JORNAL EXLUSIVO AOS APOSTADORES DISTRIBUEM O LOTERIAS EM FOCO GRATUITAMENTE. ADQUIRA O SEU EXEMPLAR EM UMA DESSAS UNIDADES LOTÉRICAS

LOTÉRICA ALTEROSA LOTÉRICA LOTEBOL

Av. Tiradentes - 1241 - BL A Loja 04 Fone: 3327 0205

LOTÉRICA LONDRISORTE

Av. Rio de Janeiro - 211 Sala 08 Fone: 3323-8383

LOTÉRICA LOTOPRÊMIO

ANO BOM

R$ 4,9 milhões na Lotomania

DAEL

Até o momento da entrevista realizada por telefone em 18 de janeiro deste ano com a responsável da lotérica Registro Loterias, na cidade de Registro, interior paulista, o ganhador não resgatou o prêmio em agência bancária da cidade. Segundo ela, o prêmio não foi em bolão, mas sim aposta simples Registro. Este é o nome da cidade do interior paulista onde emitiu bilhete premiado de R$ 4.958.654,45 na Lotomania, pelo concurso 999, realizado em 06 de janeiro deste ano. O prêmio certamente gerou expectativas aos apostadores onde foi emitido o bilhete premiado, a Registro Loterias. Em entrevista por telefone, a responsável pela unidade lotérica, Silvia Regina, disse que não foi bolão, mas sim aposta simples da Lotomania. Logo que ficou sabendo do prêmio

5

milionário, inseriu uma faixa para divulgar o feito na cidade paulista. “o ganhador não apareceu na casa lotérica e nem sabemos se já resgatou o prêmio que tem direito”, afirmou Silvia. Segundo ela, não foi resgato o prêmio em nenhuma agência da cidade de Registro. Entretanto, o ganhador pode ter ido em agências bancárias das cidades vizinhas, como a pequena Cajati, cidade de apenas 30 mil habitantes, segundo dados do IBGE em 2009. Enquanto houver esperanças, apostadores sonham de

faturar uma bolada de aproximadamente R$ 6 milhões. A responsável pela lotérica explicou que há apostadores que pegam resultados do concurso 999 da Lotomania para conferir apostas e verificar se não é um ganhador desatento que ainda não recebeu o prêmio. Ainda de acordo com Silvia, há vários comentários de quem seria o milionário na cidade. “Há clientes que falam que o ganhador é de tal rua, de tal lugar, que trabalhava em um ramo. Mas certeza mesmo a gente não tem. São apenas comentários do pessoal”, explicou. De acordo com dados do site da Caixa, a cidade de Registro possui apenas duas unidades lotéricas. A Registro Loterias possui cinco máquinas operando.

a debandarem da região, passando Registro por uma fase de estagnação. Voltou a se desenvolver a partir de 1917, quando, através da companhia ultramarina Kaigai Kogyo Kabushiki Kaisha, chegaram à região cerca de duas mil famílias japonesas. A lavoura de arroz expandiu-se com os japoneses”. Ainda de acordo com o IBGE, foi a partir da construção da Rodovia Regis Bitencourt - BR 116, surgiu um novo ciclo de desenvolvimento

da área, sendo Registro como um dos mais promissores centros. Até o ano de 2009 a cidade possuia pouco mais de 55 mil habitantes, espalhados em uma área de 716 Km². Foram registrados até a data da pesquisa, pouco mais de 8 mil veículos e 4 mil motocicletas circulantes na cidade. Sua incidência de pobreza é considerada alta, pois atinge 32% dos níveis da pesquisa, enquanto que Londrina, 500 mil habitantes tem margem perentual de 36%. A cidade paulista tem como uma das principais fontes de renda a agropecuária, praticada em um total de 24 mil hectares pelos proprietários rurais da região.

INTERIOR PAULISTA

R: Quintino Bocaiúva 1045 - Loja 01 Fone: 3324-1619

LOTÉRICA ROYAL

LOTERIAS em FOCO

Edição 1 - Novembro de 2009

R: Sergipe - 1182 Fone: 3323-8383

LOTÉRICA WM R: Maranhão - 240 Royal Plaza Fone: 3324-1116

LOTÉRICA SÃO PAULO R: Sergipe - 514 Fone: 3322-1401

A cidade de Registro fica ao sul do Estado de São Paulo. A principal Rodovia que corta a cidade é a Régis Bittencourt, que tem início na capital paranaense. Pelos dados históricos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), “a fundação de Registro data dos tempos coloniais, durante a exploração do ouro no Alto da Ribeira, quando eram detidas num porto fluvial, as canoas com destino a Iguape para cobrança do dízimo devido à coroa Portuguesa. Daí o nome de Porto do registro. A exploração indiscriminada e a descoberta de outras jazidas - Minas Gerais e Goiás - levaram os aventureiros LOTERIAS em FOCO

Está esperando o quê para ser visto?

R: Sergipe - 514 Fone: 3322-1401

L JORNA O N E I ANUNC FOCO M E S A I LOTER Comercial: (43) 9960 8993


6

LOTERIAS em FOCO

Edição 1 - Novembro de 2009

resultados

LOTOFÁCIL Concurso: 477 Data: 09/11/2009 Dezenas: 02-04-0607-08-10-11-12-1416-18-20-23-24-25 Rateio: 15 acertos: 8 bilhetes - R$185.196,45 14 acertos: 1.382 bilhetes - R$ 656,35 ** 13,12 e 11 acertos prêmios fixos de R$ 12,50, R$ 5,00 e R$ 2,50 respectivamente

Concurso: 476 Data: 05/11/2009 Dezenas: 01-05-0607-09-10-11-13-1415-16-17-19-24-25 Rateio: 15 acertos: 1 bilhete - R$2.359.556,64 14 acertos: 424 bilhetes - R$ 1.523,70 ** 13,12 e 11 acertos prêmios fixos de R$ 12,50, R$ 5,00 e R$ 2,50 respectivamente

Concurso: 475 Data: 03/11/2009 Dezenas: 02-03-0405-06-09-10-11-1314-17-20-21-23-25 Rateio: 15 acertos: 0 bilhete - R$0,00 14 acertos: 433 bilhetes - R$ 1.204,84 ** 13,12 e 11 acertos prêmios fixos de R$ 12,50, R$ 5,00 e R$ 2,50 respectivamente

Concurso: 474 Data: 29/10/2009 Dezenas: 01-02-0305-09-10-11-12-1516-17-18-21-23-24 Rateio: 15 acertos: 2 bilhetes - R$733.503,80 14 acertos: 461 bilhetes - R$ 1.363,81 ** 13,12 e 11 acertos prêmios fixos de R$ 12,50, R$ 5,00 e R$ 2,50 respectivamente

Concurso:1125 Data: 11/11/2009 Dezenas: 03-07-2933-42-56 Rateio: Sena: 1 bilhete R$19.093.732,19 Quina: 263 bilhetes R$ 7.314,59 Quadra: 11.744 bilhetes - R$ 234,00

Concurso:1124 Data: 07/11/2009 Dezenas: 07-11-1618-33-49 Rateio: Sena: 0 bilhete - R$ 0,00 Quina: 122 bilhetes R$ 12.110,47 Quadra: 7.528 bilhetes - R$ 280,37

Concurso:1123 Data: 04/11/2009 Dezenas: 04-14-1939-45-60 Rateio: Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 51 bilhetes R$ 20.674,90 Quadra: 3.386 bilhetes - R$ 444,86

Concurso:1122 Data: 31/10/2009 Dezenas: 26-44-4649-55-56 Rateio: Sena: 0 bilhete - R$ 0,00 Quina: 20 bilhetes R$ 56.270,34 Quadra: 2.425 bilhetes - R$ 662,97

Concurso:1121 Data: 28/10/2009 Dezenas: 04-17-1854-56-59 Rateio: Sena: 1 bilhete - R$ 22.023.474,44 Quina: 94 bilhetes R$ 21.458,13 Quadra: 6.105 bilhetes - R$ 471,99

Concurso: 983 Data: 11/11/2009 Dezenas:02-03-1015-17-19-24-27-3341-54-55-58-60-6972-78-87-91-93 Rateio: 20 acertos: 0 bilhetes- R$ 0,00 19 acertos: 16 bilhetes - R$ 17.077,60 18 acertos: 232 bilhetes - R$ 1.177,77 17 acertos: 1.960 bilhetes - R$99,57 16 acertos: 11.138 bilhetes - R$17,52 0 acertos: 0 bilhetes - R$ 0,00

Concurso: 982 Data: 07/11/2009 Dezenas:02-03-1013-16-18-26-28-3238-40-42-44-46-4866-73-75-77-83 Rateio: 20 acertos: 3 bilhetes-R$211.639,64 19 acertos: 34 bilhetes - R$ 8.498,76 18 acertos: 446 bilhetes - R$ 925,55 17 acertos: 4.024 bilhetes - R$51,29 16 acertos: 15.014 bilhetes - R$13,74 0 acertos: 1 bilhete R$ 144.478,98

Concurso: 981 Data: 04/11/2009 Dezenas:01-02-0315-28-31-39-40-4151-56-69-77-78-8588-89-90-97-00 Rateio: 20 acertos: 1 bilheteR$5.808.665,02 19 acertos: 13 bilhetes - R$30.997,24 18 acertos: 203 bilhetes - R$ 1.985,04 17 acertos: 1.809 bilhetes - R$159,11 16 acertos: 10.998 bilhetes - R$26,17 0 acertos: 0 bilhete R$ 0,00

Concurso: 980 Data: 31/10/2009 Dezenas:12-14-1619-21-23-24-26-4546-48-52-61-66-7580-83-85-97-99 Rateio: 20 acertos: 0 bilheteR$0,00 19 acertos: 18 bilhetes - R$22.801,32 18 acertos: 268 bilhetes - R$ 1.531,44 17 acertos: 2.476 bilhetes - R$118,40 16 acertos: 14.279 bilhetes - R$20,53 0 acertos: 0 bilhete R$ 0,00

Concurso: 979 Data: 28/10/2009 Dezenas:08-09-1516-17-42-47-48-5254-59-71-73-77-8487-94-95-96-00 Rateio: 20 acertos: 0 bilheteR$0,00 19 acertos: 06 bilhetes - R$57.854,32 18 acertos: 134 bilhetes - R$ 2.590,49 17 acertos: 1.437 bilhetes - R$172,54 16 acertos: 9.506 bilhetes - R$26,08 0 acertos: 0 bilhete R$ 0,00

Concurso:2146 Data: 14/11/2009 Dezenas:04-15-3542-46 Rateio: Quina: 0 bilhete R$0,00 Quadra: 249 bilhetes - R$ 2.026,42 Terno: 10.554 bilhetes - R$68,29

Concurso:2145 Data: 13/11/2009 Dezenas:06-08-3746-53 Rateio: Quina: 0 bilhete R$0,00 Quadra: 133 bilhetes - R$ 3.600,76 Terno: 8.707 bilhetes - R$78,57

Concurso:2144 Data: 12/11/2009 Dezenas:06-07-0953-67 Rateio: Quina: 0 bilhete R$0,00 Quadra: 112 bilhetes - R$ 3.674,59 Terno: 9.808 bilhetes - R$59,94

Concurso:2143 Data: 11/11/2009 Dezenas:01-20-5162-74 Rateio: Quina: 0 bilhete R$0,00 Quadra: 56 bilhetes R$ 6.343,79 Terno: 4.531 bilhetes - R$112,00

Concurso:2142 Data: 10/11/2009 Dezenas:06-28-3444-60 Rateio: Quina: 0 bilhete R$0,00 Quadra: 84 bilhetes R$ 3.946,24 Terno: 5.802 bilhetes - R$81,61

Concurso:2141 Data: 09/11/2009 Dezenas:13-15-2152-72 Rateio: Quina: 1 bilhete R$921.153,03 Quadra: 107 bilhetes - R$ 3.124,41 Terno: 6.902 bilhetes - R$69,19

Concurso: 811 Data: 13/11/2009 1º faixa:06-09-10-2037-45 Sena: 0 bilhete R$0,00 2º faixa:04-10-22-2438-48

Concurso: 810 Data: 10/11/2009 1º faixa:18-30-32-3442-45 Sena: 0 bilhete R$0,00 2º faixa:02-26-40-4546-49

Concurso: 809 Data: 06/11/2009 1º faixa:08-10-29-3449-50 Sena: 0 bilhete R$0,00 2º faixa:07-17-22-2330-42

Concurso: 808 Data: 03/11/2009 1º faixa:08-09-12-1527-50 Sena: 0 bilhete R$0,00 2º faixa:05-08-16-2936-47

Concurso: 807 Data: 30/10/2009 1º faixa:06-11-13-2936-37 Sena: 1 bilhete R$299.686,08 2º faixa:02-05-17-2039-47

Concurso: 807 Data: 30/10/2009 1º faixa:06-11-13-2936-37 Sena: 1 bilhete R$299.686,08 2º faixa:02-05-17-2039-47

Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 19 bilhetes R$ 4.783,50 Quadra: 1226 bilhetes - R$ 105,90

Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 15 bilhetes R$ 5.415,48 Quadra: 769 bilhetes R$150,90

Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 12 bilhetes R$ 6.824,42 Quadra: 1001 bilhetes - R$116,87

Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 20 bilhetes R$ 2.999,47 Quadra: 1101 bilhetes - R$77,83

Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 30 bilhetes R$ 2.769,43 Quadra: 1331 bilhetes - R$89,17

Sena: 0 bilhete R$0,00 Quina: 30 bilhetes R$ 2.769,43 Quadra: 1331 bilhetes - R$89,17

Extração: 04397 Data: 11/11/2009

Extração: 04396 Data: 07/11/2009

Extração: 04395 Data: 04/11/2009

Extração: 04394 Data: 31/10/2009

Extração: 04395 Data: 04/11/2009

Extração: 04394 Data: 31/10/2009

1º - 37.353 - 250.000,00 2º - 29.147 - 27.000,00 3º - 04.453 - 14.300,00 4º - 45.814 - 12.000,00 5º - 25.636 - 10.060,00

1º - 25.350 - 600.000,00 2º - 18.201 - 31.500,00 3º - 14.178 - 24.000,00 4º - 05.257 - 15.390,00 5º - 13.809 - 10.500,00

1º - 41.777 - 250.000,00 2º - 48.559 - 27.000,00 3º - 52.191 - 14.300,00 4º - 67.501 - 12.000,00 5º - 02.028 - 10.060,00

1º - 52.574 - 600.000,00 2º - 03.538 - 27.000,00 3º - 69.904 - 24.000,00 4º - 69.187 - 18.000,00 5º - 15.701 - 12.540,00

1º - 41.777 - 250.000,00 2º - 48.559 - 27.000,00 3º - 52.191 - 14.300,00 4º - 67.501 - 12.000,00 5º - 02.028 - 10.060,00

1º - 52.574 - 600.000,00 2º - 03.538 - 27.000,00 3º - 69.904 - 24.000,00 4º - 69.187 - 18.000,00 5º - 15.701 - 12.540,00

Concurso: 478 Data: 12/11/2009 Dezenas: 02-03-0507-09-10-11-12-131618-22-23-24-25 Rateio: 15 acertos: 7 bilhetes - R$ 182.665,53 14 acertos: 708 bilhetes - R$ 1.105,72 ** 13,12 e 11 acertos prêmios fixos de R$ 12,50, R$ 5,00 e R$ 2,50 respectivamente

MEGA SENA Concurso:1126 Data: 14/11/2009 Dezenas: 04-31-4252-57-59 Rateio: Sena: 0 bilhete - R$ 0,00 Quina: 21 bilhetes R$ 55.019,03 Quadra: 2186 bilhetes - R$ 755,06

LOTOMANIA Concurso: 984 Data: 14/11/2009 Dezenas:05-06-0913-14-18-24-30-3843-45-52-53-56-6275-80-86-98-00 Rateio: 20 acertos: 0 bilhetes- R$ 0,00 19 acertos: 15 bilhetes - R$ 19.733,53 18 acertos: 213 bilhetes - R$ 1.389,69 17 acertos: 1.646 bilhetes - R$128,45 16 acertos: 10.115 bilhetes - R$20,90 0 acertos: 0 bilhetes - R$ 0,00

QUINA

DUPLA SENA

FEDERAL

TELE SENA

TIMEMANIA Concurso: 89 Data: 07/11/2009 Dezenas:04-08-10-4162-72-73 Rateio: 7 acertos: 0 bilhetesR$ 0,00 6 acertos: 2 bilhetesR$ 91.836,16 5 acertos: 160 bilhetes - R$ 1.093,28 ** 4 e 3 acertos prêmios fixos de R$ 6,00 e R$ 2,00, respectivamente Time Coração: River/ PI Concurso: 88 Data: 31/10/2009 Dezenas:09-18-19-4060-65-75 Rateio: 7 acertos: 0 bilhetesR$ 0,00 6 acertos: 3 bilhetesR$ 53.879,55 5 acertos: 118 bilhetes - R$ 1.304,58 ** 4 e 3 acertos prêmios fixos de R$ 6,00 e R$ 2,00, respectivamente Time Coração: Palmeiras/SP Concurso: 87 Data: 24/10/2009 Dezenas:11-21-25-3437-55-72 Rateio: 7 acertos: 0 bilhetesR$ 0,00 6 acertos: 8 bilhetesR$ 19.139,71 5 acertos: 160 bilhetes - R$ 911,41 ** 4 e 3 acertos prêmios fixos de R$ 6,00 e R$ 2,00, respectivamente Time Coração: Vasco da Gama/RJ Concurso: 89 Data: 07/11/2009 Dezenas:04-08-10-4162-72-73 Rateio: 7 acertos: 0 bilhetesR$ 0,00 6 acertos: 2 bilhetesR$ 91.836,16 5 acertos: 160 bilhetes - R$ 1.093,28 ** 4 e 3 acertos prêmios fixos de R$ 6,00 e R$ 2,00, respectivamente Time Coração: River/ PI Concurso: 88 Data: 31/10/2009 Dezenas:09-18-19-4060-65-75 Rateio: 7 acertos: 0 bilhetesR$ 0,00 6 acertos: 3 bilhetesR$ 53.879,55 5 acertos: 118 bilhetes - R$ 1.304,58 ** 4 e 3 acertos prêmios fixos de R$ 6,00 e R$ 2,00, respectivamente Time Coração: Palmeiras/SP


londrina

LOTERIAS em FOCO

Edição 1 - Novembro de 2009

7

VIOLÊNCIA

Policial reage a assalto e mata dois criminosos Dois adolescentes, um de 14 e outro de 17 anos de idade foram mortos após tentativa de assalto a uma residência no dia 04 de janeiro, no conjunto Lindóia. Havia uma festa no local. O proprietário da casa assaltada é um policial civil. Ao todo, foram cinco criminosos. Três fugiram levando um celular e um aparelho de DVD Noite de terror em casa de um policial civil. No dia 04/01 (segunda-feira), havia uma festa na casa do policial, localizada no conjunto Lindóia, região leste da cidade, quando por volta das 22 horas cinco rapazes, aparentemente todos menores de idade, invadiram a residência e fizeram todos os convidados da festa como reféns. Entre os convidados estavam mulheres e crianças, além de um investigador, que também participou do tiroteio. Em momento de distração, o proprietário do imóvel que é policial civil conseguiu pegar sua arma e efetuou vários disparos e atingiu dois criminosos que morreram no local. Outros três conseguiram fugir. Segundo o policial civil, apenas dois rapazes estavam portando armas de fogo. Ele apenas sofreu ferimentos leves devido aos disparos terem pego de raspão. Um dos adolescentes armados mantinha todos os ocupantes da casa rendidos na varanda enquanto que outro criminoso, também armado, se dirigiu até a cozinha para revirar uma bolsa. Segundo o policial, foi nesse momento que achou oportuno reagir. “Quando um deles foi para a cozinha revirar

a bolsa, peguei a minha arma que estava em cima da geladeira. Foi aí que peguei a arma e comecei a efetuar os disparos”, explicou. Segundo ele, o maior medo era que os criminosos vissem as armas em cima da geladeira e descobrissem que era policial. “Você acha que eles simplesmente iriam embora sabendo que eu era policial e que poderia persegui-lo? Certamente teriam reações”, justificou. Pela contagem do policial, foram 12 tiros disparados aproximadamente. Os outros três bandidos que conseguiram fugir levaram a chave do carro, um celular e um aparelho de DVD. Será aberto inquérito policial como tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte). CORPO NO QUINTAL Um dos criminosos baleado morreu no local. Outro faleceu no exato momento que pulava o muro vizinho. O caminhoneiro Fabio Salin se deparou com a rua Mandaguaçu interditada, cercada por muitos curiosos. O portão de sua casa estava lacrada pela polícia. Um dos adolescente mortos estava morto no fundo de sua residência. Segundo Salin, não estava no local no momento do tiroteio. “Eu não estava em casa. Quando cheguei levei um susto porque havia muita gente curiosa. Demorou para cair a ficha”, disse. Ainda de acordo com Salin, chegou a ir ver o corpo da vítima. Estava com muito sangue tanto no corpo quanto no chão, próximo a uma árvore plantada no local. Segundo ele, depois que levaram o cadáver, ficou o mal cheiro de sangue coalugado. “Eu coloquei gasolina e apliquei fogo para tirar o cheiro ruim que ficou”, deta-

Foto: Paulo Sebin

Resto de sangue seco de adolescente morto, após tentativa de assalto a uma casa de policial

lhou. A reportagem do LOTERIAS EM FOCO entrou na residência do caminhoneiro para visualizar o local onde o criminoso caiu já morto do muro onde tentava fugir, ainda baleado. Salin ficou surpreso ao ver que no muro ainda havia vestígios de sangue (ver foto nesta página). “Não tinha visto que ficou um pouco. Depois tenho que tirar isso”, exclamou. O caminhoneiro ressaltou que a polícia acredita que as marcas de sangue no muro sejam da cabeça do criminoso, proveniente do impacto dele na queda. Salin afirmou que a atitude do policial é plausível. Na opinião dele, se cada 10 tentativas de assalto, cinco deles os criminosos fossem atingidos ou mortos, a violência diminuiria. Além, é motivo de revolta ao saber que marginais entram no meio de uma festa para espalhar o pânico. Ainda de acordo com ele, há oito anos mora no conjunto Lindóia e nunca se deparou com ato tão violento. Os adolescentes mortos foram Marcos Vinícius Dias, de 14 anos e João Carlos Santos Rocha, de 17 anos de idade.

MEDO NA COMUNIDADE

Ninguém quer ser identificado. Todos com medo e ainda chocados com o ocorrido. Essa é a sensação quando vai conversar sobre o tiroteio que aconteceu no dia 04/01. Segundo moradores locais, o bairro sempre foi calmo. Mas agora, pelo fato de três bandidos ainda estarem soltos, a comunidade ainda está assustada e com medo. Não era para menos. O tiroteio ocorreu num horário em que muitos ainda estavam acordados. Alguns vizinhos disseram que a primeira atitude foi trancar as portas com receio, pois ainda não sabiam o que estava acontecendo. “Eu que moro sozinha fiquei apavorada. Tranquei as portas bem rápido e estava muito assustada, porque eu sabia que os barulhos eram de tiros e não simplesmente bombinhas que a molecada solta”, afirmou moradora que pediu para não ser identificada. Somente o tempo fará os moradores locais esquecerem tamanha violência. Já a sensação de paz pode levar mais tempo para chegar.

Assistência Técnica Autorizado Filizola Telefax: (43) 3329-3373

NOVA LOJA Av. Higienópolis, 1844 - 3354 3851

R: Quintino Bocaiúva, 1154

Londrina - PR


8 LOTERIAS em FOCO

londrina

Edição 1 - Novembro de 2009

PERIGO

Dengue ainda pode assustar londrinenes Foto: Paulo Sebin

Calor e chuvas constantes. Prato cheio para a proliferação do pernilongo transmissor da Dengue, o Aedes Aegypti. Para Vigilância Sanitária, se a população não colaborar, o risco de epidemia é alto para 2010 Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, em 2009 foram registrados 92 casos de Dengue. Devido a alta quantidade de chuvas e calor, o risco da doença disseminar é alto. Por isso, há a necessidade da população estar atenta, alerta a gerente da Vigilância Sanitária de Londrina, Denise Nunes. O índice de proliferação do pernilongo transmissor é medido pelo sistema chamado de Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRAs), sistema ao qual substitui o Levantamento de Índice Amostral (LIA). Para Denise, a atual metodologia é mais simplificada. Ao todo são 189 localidades vistoriadas pelos agentes e estudadas pela LIRAs. Segundo ela, um sistema fornecido pelo Ministério da Saúde sorteia as localidades e quarteirões a serem analisados. “Deste quarteirão sorteado, 20% dos imóveis, que abrange também terrenos baldios, são vistoriados pelos agentes. O profissional verifica um imóvel e pula quatro, para vistoria o local seguinte”, explicou

Gerente da Vigilância Sanitária, Denise Nunes

local e é a vigilância sanitária que vai averiguar. As multas variam de acordo com o tipo de foco, a quantidade deles no local”, alertou. Na opinião da gerente da Vigilância Sanitária, a população tem que colaborar mais e deve ser o próprio fiscalizador de sua casa. “Tem que ter cuidados porque é uma doença fácil de ser controlada. No verão, depois que o mosquito botou os ovos, em até 8 dias já está adulto e voando por aí”, explicou. PONTOS ESTRATÉGICOS

como funciona o LIRAs. O sistema é implantado quatro vezes ao ano. Denise lembrou que segundo o último levantamento realizado em outubro do ano passado, a margem de proliferação ficou em 1%, índice tolerável pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Devido a isso, a gerente da Vigilância Sanitária acredita que o índice aumentará. “Ficamos em cima margem tolerável. Mas como está chovendo muito e faz muito calor na cidade, além das pessoas estarem viajando, esse percentual infelizmente pode aumentar”, alertou. Ainda de acordo com o último levantamento, o maior tipo de foco encontrado foi em lixo, como tampinhas de garrafas ou copos plásticos espalhados no quintal ou na rua, não mais em vasos de plantas. A principal arma da secretaria de saúde para o combate a dengue são os trabalhos de campo realizdos pelos agentes

de saúde. Ao todo são 230 agentes, mais 50 profissionais da FUNASA, Ao todo são 30 equipes espalhadas pela cidade. Além, há oito supervisores que supervisionam os trabalhos de campo. Também há equipes diferenciadas. A equipe de inseticida é acionada quando ocorre caso suspeito de dengue. O veneno chamado de Ultra Baixo Volume (UBV) é aplicado pelos profissionais responsáveis em um raio de 300 metros onde mora a pessoa com suspeita de ter adquirido a doença. “Esse veneno não faz mal nem para os seres humanos, nem para os animais”, frisou Denise. Também há equipe que realiza palestra em escolas ou montam feiras educativas sobre a doença. Os agentes passam em média a cada dois meses a cada residência. Em alguns casos as multas para em locais precários ainda estão sendo aplicadas. “As equipes em campo informam o

Denise Nunes salientou que há locais considerados Pontos Estratégicos (PE), que correspondem a cemitérios, ferro velhos, entre outros. Ou seja, são locais considerados de alto risco. Nestes pontos, a visita dos agentes ocorrem a cada 15 dias. Recentemente o Autódromo de Londrina entrou na lista de PE e irá receber visitas quinzenais dos profissionais de saúde. No início do ano agentes de saúde encontraram aproximadamente 40 focos nos pneus utilizados para segurança no autódromo. Segundo Denise Nunes, o Clube Automóvel de Londrina, órgão responsável por administrar o autódromo, recebe treinamentos por parte dos agentes. “Foi uma falha na administração, pois 90% dos pneus tinham furos e cortes para escoamento da água, mas a maioria deles estavam para o lado de cima devido as batidas dos carros. Faltou arrumar os pneus”, detalhou.

Lixo é principal foco de proliferação do Aedes A gerente da Vigilância Sanitária de Londrina, Denise Nunes, informou que o último levantamento do LIRA apontou o lixo como principal foco da dengue na cidade. De fato, não precisou percorrer muito para encontrar possíveis focos. Ás margens do Ribeirão Lindóia, rio que passa entre os bairros Mister Thomaz e Lindóia, região leste, por descaso da população, há grande quantidade de entulhos, sacos plásticos, madeira e, claro, potes plásticos com água depositada. Conforme pode ser observada na foto ao lado, não foi encontrado larvas, mas alguns insetos mortos. Mas não demoraria muito para que o Aedes Aegypti encontrasse verdadeiro berçário para sua proliferação.

Para piorar a situação, a região leste foi apontada pelo último levantamento como a região com maior número de focos registrados. Para a moradora local, Maria Madalena dos Santos, o lixo na beira do rio é falta de respeito com todos os moradores do bairro. Para ela, é raro a Prefeitura limpar, mas quando o serviço é feito, logo aparecem mais lixos. “Antes jogavam imóveis. Agora é mais lixo, como sacos e garafas plásticas”, testemunhou. Para ela, não adianta cuidar do quintal se outros não fazem o mesmo. ESTADO DE ALERTA

O primeiro boletim divulgado pela Secretaria de Saúde

Lixo é foco de Dengue do Paraná em 2010 apontou que houve 150 casos da doença, sendo 86 autóctones, ou seja, a manifestação ocorreu dentro do estado do Paraná. Segundo o boletim, a cidade de Londrina ocupa a 3º posição em casos confirmados da doença, perdendo apenas para Maringá e Foz do Iguaçu. Segundo levantamento do O aumento dos casos de LIRA´s divulgado já neste ano, o dengue na cidade teve início no índice de infestação atingiu 4,5%, final do novembro, quando foi bem acima do permitido pela identificado um surto da doença Organização Mundial da Saúde no assentamento Novo Amparo (OMS), sendo o limite de até 1% II (região leste). por município.


economia

Edição 1 - Novembro de 2009

LOTERIAS em FOCO

DINHEIRO

Cédulas do Real vão mudar

As novas notas da moeda brasileira será do mesmo estilo adotado pela União Européia, com o intuito de avitar falsificações e mais identificação das notas com a população do país. Até 2012 todos os tipos da moeda serão modificadas gradualmente

POR ASSESSORIA DE IMPRENSA E ABRIL - A nova família do real anunciada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pelo presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, terá cédulas de tamanhos diferentes, conforme o valor de face da nota. O objetivo é reduzir o risco de falsificação, nos casos em que cédulas de menor valor são “lavadas” em processos químicos e reimpressas com valor maior, prática muito utilizada pelos falsificadores. Essa característica já é usada na Europa, onde a cédula do euro tem tamanho crescente, conforme

o valor. No Brasil, essa característica será igual, com células maiores para valores maiores. A nova família do real, no entanto, manterá as cores e os temas das notas atuais. Segundo o BC, notas de R$ 50 e de R$ 100, que terão as atuais figuras de animais na horizontal, em imagem tridimensional, e começam a circular no primeiro semestre deste ano.Já as notas de menor valor, R$ 2,00 R$ 5,00 R$ 10,00 e R$ 20,00 serão trocadas gradualmente até 2012. Notas em circulação continuação a valer até a substituição integral. O lema da campanha de lançamento é “O Real Ficou ainda Mais Forte”. As notas são assinadas por Guido Mantega e Henrique Meirelles. Lançada em julho de 1994, a série de cédulas atual permaneceu praticamente inalterada por 15 anos.

O diretor de Administração do Banco Central, Anthero Meirelles, disse que, com a renovação do maquinário da Casa da Moeda, a empresa voltará a ser competitiva para produzir cédulas e moedas para outros países. Segundo ele, existe demanda para que a estatal brasileira exporte dinheiro. O ministro Guido Mantega afirmou, ao apresentar as novas cédulas, que o real é uma moeda forte e reflete a solidez da economia brasileira. O Banco Central informou que a nova família das cédulas vem sendo desenvolvido desde 2003, em conjunto com a Casa da Moeda. De acordo com a instituição, a nova família vai manter a diferenciação por cores predominantes, de modo a facilitar a “rápida identificação dos valores” por parte da população.

9


10 LOTERIAS em FOCO

esporte

Edição 1 - Novembro de 2009

LONDRINA

Ídolo de 1992 lamenta atual situação do LEC loucura. Bianchi parou de jogar em 2000 e, atualmente, é comerciante na cidade. Para ele, o Londrina hoje vive uma situação vergonhosa. “O time não pode ficar à mercê de um campeonatinho como uma série D do campeonato brasileiro”, criticou. Ainda de acordo com ele, o time mereceria estar bem acima devido a tradição que o clube e aos anos de vida do clube paranaense. O ex-jogador confia na volta do time, mesmo que isso seja difícil, devido à falta de apoio financeiro. “Para ter investidor tem que estar bem no campo. Ninguém vai investir em uma galinha morta”, opinou.

Alexandre Bianchi jogou pelo Londrina Esporte Clube até o ano de 1996. Bianchi marcou seu nome em 1992, quando o Tubarão conquistou seu último título do campeonato paranaense. Bianchi ainda vive em Londrina e trabalha como comerciante

PAULO SEBIN E CIRO CAMPOS - Alexandre Bianchi é um daqueles ex-jogadores que muitos torcedores do Tubarão não esquecem. Ele começou a carreira como jogador aos 10 anos pelo Tubarão, aos 17 anos estava no profissional e ficou no clube até 1996, totalizando segundo ele cerca de 880 jogos pelo Tubarão, além da vivência de uma boa fase e orgulho de ter defendido o time da sua cidade natal. Em todo esse tempo, ele marcou presença em campanhas vitoriosas do LEC, como no do último título paranaense, conquistado no ano de 1992. “Dediquei a minha vida toda ao Londrina”, contou. Segundo ele, nessa cam-

COPA DO BRASIL

Alexandre Bianchi, ex-jogador do Tubarão que ajudou a conquista do Paranaense de 1992

panha o time começou “cambaleante”. “Depois dos 11 empates seguidos, nós [os jogadores] nos fechamos e falamos: vamos ganhar,” contou. Dito e feito. E o título veio depois da

vitória na final sobre o União Bandeirantes. Antes disso, o Tubarão venceu o Atlético-PR nos pênaltis na semi-final, com direito a uma cobrança convertida por Bianchi, levando a torcida à

O Londrina vai estrear na Copa do Brasil no dia 24 de fevereiro contra o Uberaba. E o desafio será fora de casa. Muitos torcedores estão desacreditados com o time depois de tantos capítulos na novela sob a administração do clube. Entretanto, a Copa do Brasil pode ser um termômetro de como o Londrina vai se comportar e o quanto vai aumentar a temperatura em relação com a torcida.

LEC pode subir na Timemania Adeus

PESQUISADO EM ASSESSORIA CAIXA E R7.COM - Mudanças na Timemania para o ano de 2010. Os clubes serão reposicionados nos grupos com base no total de indicações no Time do Coração recebidas no ano de 2009. Nos dois anos anteriores os grupos foram definidos em função da colocação dos times nas divisões do campeonato brasileiro de 2007.Neste ano, os 20 times mais indicados como Time do Coração em 2009 vão dividir 65% do que é destinado aos clubes (Grupo 1). Os que ficarem entre as posições 21 e 40 dividem 25% (Grupo 2). Os demais 40 ficam (Grupo 3) com 8% e os que estão fora do volante (Grupo 4) farão a partilha de 2%. Mais 2% da arrecadação é destinada aos clubes de acordo com o número de apostas recebidas. Segundo últimos dados disponibilizados pelo site oficial da Caixa, Flamengo e Corinthians, consideradas as maiores torcidas do país, lideram o ranking da loteria, seguidos por Palmeiras, São Paulo e Grêmio. O clube que pode ser o

maior beneficiado com a reclassificação é o Bahia, que, com as indicações até o concurso 94, sobe em 2010 do Grupo III para o Grupo I. Com 1.135.797 escolhas no Clube do Coração, o time está na décima terceira colocação, com 2,15% do total. Já para os clubes Fortaleza, Vitória, Ceará e Coritiba também podem ser beneficiados. Todos pertencem ao Grupo II, mas podem subir ao primeiro grupo. Com o novo posicionamento, o Fortaleza está logo atrás do Bahia, na 14ª posição, com 864.456 indicações. Ceará e Coritiba estão em 18º e 19°, com 704.232 e 696.790 indicações, respectivamente. Ainda existe uma grande disputa entre o Sport e o Juventude para a permanência no Grupo I. Eles estão separados por 16.983 indicações, com vantagem para o Sport, que mantém a 20ª colocação e assim garante a última vaga no Grupo principal. Além do Juventude, que luta para se manter no Grupo I, outros

quatro clubes podem sair do grupo principal. Náutico, Figueirense, Paraná Clube e América (RN) podem cair. Náutico e Figueirense, com a atual posição de indicações, cairiam para o Grupo II. Já para Paraná e América (RN) o prejuízo seria ainda maior. Ambos podem cair para o Grupo III, ocupando as 55ª e 63ª posições, respectivamente. Ascensão do Londrina Esporte Clube Com a posição do concurso 94, mais oito clubes ascenderiam de Grupo. Todos do III para o II. ABC (RN), Treze (PB), Londrina (PR), Guarani (SP), Joinville (SC), Botafogo (PB), Uberlândia (MG) e River (PI) postulam vaga no Grupo II. Ou seja, o Tubarão receberia mais recursos da loteria. Até o concurso 94, o LEC estava em 28º colocação, com 12.327, ou 0,96% das apostas registradas. Portanto, o time londrinense passaria a receber 25% do montante destinado aos clubes de futebol do país.

Godói

ASSESSORIA - O comentarista esportivo e ex-árbitro Oscar Roberto Godói, da Bandeirantes, foi demitido pela emissora por ter feito críticas contra a emissora durante uma transmissão de futebol, quando estava no ar. Ele recebeu um elogio de um telespectador repassado pelo narrador Luciano do Valle - agradeceu e logo depois afirmou que não há o mesmo reconhecimento por parte da Band. No dia seguinte, a emissora anunciou a demissão do comentarista, que fazia a crítica das arbitragens e costumava “carimbar” os gols marcados nos jogos transmitidos pela rede quando os considerava em conformidade com as regras. A crítica feita por Godoi aconteceu na quarta-feira da semana passada, durante o jogo Corinthians e Ponte Preta. Oficialmente, a direção da Band diz que a demissão do comentarista “faz parte de uma renovação de pessoal”.


cultura

LOTERIAS em FOCO

Edição 1 - Novembro de 2009

HISTÓRIA

Invenção dos Gregos

Ritos. Foi assim que surgiu o carnaval que nós conhecemos atualmente. Na verdade, o carnaval pode ser considerado “mutações” de ritos que eram praticados ainda no período da Grécia Antiga. Como exemplo, os jovens que em determinada idade passam para a fase adulta, eram realizados ritos de bailes com máscaras para tal celebração. Segundo relatos pesquisados por Felipe Ferreira, autor da obra “O livro de ouro do carnaval de ouro”, foi na era Cristã

que há relatos mais detalhados sobre o início de ritos e festas com utilização de máscaras, desfiles e bebidas, ou seja, que se tornou festa mais popular. No Antigo Egito havia festa com máscara para homenagear a deusa Ísis, responsável por superar as tragédias da vida. Entretanto, um dos relatos mais marcantes eram festas grego-romanas comemoradas sempre no mês de março, na Antiga Roma. Eles festejavam o deus Dionísio e as celebrações tinham como características procissões de pessoas mascaradas cobertas de peles e galhos, com o intuito de disfarçarem de animais. Portanto, a palavra carnaval não se refere ao modo das festas, mas sim o tempo marcado para celebração de algo comemorativo, ou seja, para a celebração os mitos da Roma Antiga. Segundo pesquisa de Felipe Ferreira, o carnaval conhecido nos dias de hoje data-

se no ano de 604 quando o papa Gregório I proclamou que os fiéis deveriam deixar de lado a vida cotidiana em determinado período do ano para dedicar às reflexões espirituais. A intenção da Igreja não era criar uma festa de bagunças e bebedeiras, fato que poderia causar insultos e brigas. Mas com o passar do século, a fesNatália Guimarães - Vila Izabel ta Carnaval mais bagunceira e de folia era vantajoso para descontrair principalmente aos problemas a população dos problemas so- sociais e políticos. ciais e políticos enfrentados na Os gregos e romanos época. podem ter inventado as comeDe forma mais crítica, morações mascaradas e desfipodemos associar a mesma les. Mas o brasileiro conseguiu ideia para os dias atuais. O Car- transformar o Carnaval uma arte naval é vantajoso ao comércio e com identidade própria.

Foto: Autor desconhecido

De acordo com dados históricos, as festas “carnavalescas” tiveram início ainda no período da Grécia Antiga. Também há relatos de festas parecidas no Império Egípcio. O carnaval era considerada festa pagã pela Igreja Católica

História de Zilda Arns

Fonte: Pastoral da Criança

Foto: Pastoral da Criança

Dra. Zilda Arns Neumann, 75 anos, é médica pediatra e sanitarista, fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança e coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, organismos de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Também foi representante titular da CNBB, do Conselho Nacional de Saúde e membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). Nascida em Forquilhinha (SC), residia em Curitiba (PR), mãe de cinco filhos e avó de dez netos. Escolheu a medicina como missão e enveredou pelos caminhos da saúde pública. Sua prática diária como médica pediatra do Hospital de Crianças Cezar Pernetta, em Curitiba (PR), e posteriormente diretora de Saúde Materno-Infantil, da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, teve como suporte teórico diversas especializações como Saúde Pública, pela Universidade de São Paulo (USP) e Administração de Programas de Saúde Materno-Infantil, pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS). Sua experiência fez com que, em 1980, fosse convidada a coordenar a campanha de vacinação Sabin para com-

bater a primeira epidemia de poliomielite, que começou em União da Vitória (PR), criando um método próprio, depois adotado pelo Ministério da Saúde. Em 1983, a pedido da CNBB, criou a Pastoral da Criança juntamente com Dom Geraldo Majela Agnello, Cardeal Arcebispo Primaz de São Salvador da Bahia, que na época era Arcebispo de Londrina. Desenvolveu a metodologia comunitária de multiplicação do conhecimento e da solidariedade entre as famílias mais pobres, baseando-se no milagre da multiplicação dos dois peixes e cinco pães que saciaram cinco mil pessoas, como narra o Evan-

gelho de São João (Texto bíblico). A educação das mães por líderes comunitários capacitados revelou-se a melhor forma de combater a maior parte das doenças facilmente preveníveis e a marginalidade das crianças. Após 25 anos, a Pastoral acompanha mais de 1,9 milhões de gestantes e crianças menores seis anos e 1,4 milhão de famílias pobres, em 4.063 municípios brasileiros. São mais de 260 mil voluntários que levam conhecimentos sobre saúde, nutrição, educação e cidadania para as comunidades mais pobres. Em 2004, a Dra. Zilda Arns recebeu da CNBB outra missão semelhante, fun-

dar, organizar e coordenar a Pastoral da Pessoa Idosa. Atualmente mais de 129 mil idosos são acompanhados todos os meses por 14 mil voluntários. Pelo seu trabalho na área social, Zilda Arns recebeu condecorações tais como: Woodrow Wilson, da Woodrow Wilson Fundation, em 2007; o Opus Prize, da Opus Prize Foundation (EUA), pelo inovador programa de saúde pública que ajuda a milhares de famílias carentes, em 2006; Heroína da Saúde Pública das Américas (OPAS/2002); 1º Prêmio Direitos Humanos (USP/2000); Personalidade Brasileira de Destaque no Trabalho em Prol da Saúde da Criança (Unicef/1988); Prêmio Humanitário (Lions Club Internacional/1997); Prêmio Internacional em Administração Sanitária (OPAS/ 1994); títulos de Doutor Honoris Causa das Universidades: Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Universidade Federal do Paraná, Universidade do Extremo-Sul Catarinente de Criciúma, Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade do Sul de Santa Catarina. Zilda é Cidadã Honorária de 10 estados e 35 municípios; e foi homenageada por diversas outras Instituições, Universidades, Governos e Empresas.

11


12

LOTERIAS em FOCO

+ loterias

Edição 1 - Novembro de 2009

SOLIDARIEDADE

LOTÉRICAS PODEM RECEBER DOAÇÕES AO HAITI O Haiti é o país mais pobre das américas. Em 12 de Janeiro deste ano um terremoto de grande escala devastou o pequeno país. Chegou a atingir mais de 7º da escala Richter. Em 1751 um grande terremoto atingiu a mesma região e provocou muitos estragos naquela época. A Caixa Econômica Federal disponibiliza nas casas lotéricas captação de recursos para serem enviados ao Haiti. Os valores doados podem ser entre R$ 1,00 até R$ 1.000,00 O pais mais pobre das américas foi atingido no dia 12 de janeiro por um terremoto que praticamente devastou o país. A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que podem passar dos 150 mil mortos. O epicentro foi detectado na capital Porto Príncipe, e atingiu pouco mais de 7 graus da escala Richter. O tremor ocorreu às 16h53 locais (19h53 horário de Brasília). O Brasil teve percas importantes nessa tragédia. A fundadora da pastoral da criança, Zilda Arns, morreu soterrada enquanto palestrava

em uma igreja local. O Brasil enviou vários aviões e profissionais para ajudar nas buscas e na reconstrução do país. O presidente do Haiti afirmou no dia 27 de janeiro que 170 mil pessoas foram enterradas. Sua maioria em valas comuns, pois o não há como enterrar os mortos de forma tradicional devido ao sistema caótico que entrou o país. Segundo informações da assessoria de imprensa do governo federal, foram confirmadas as mortes de pelo menos 21 brasileiros -18 deles militares das forças de paz

da ONU, além do diplomata Luiz Carlos da Costa, segundo homem da missão, da médica e fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, e de uma mulher com dupla nacionalidade, cuja identidade não foi divulgada a pedido da família. Segundo informações da Faculdade de Geociências da Universidade do Texas , o padrão de rupturas nessa falha segue uma progressão do leste para o oeste. Houve tremores em 1751 na Ilha Hispaniola (República Dominicana) e, em 1907, em Kingston, capital da Jamaica. O ritmo médio de deslizamento de placas

Povo do Haiti em pânico após terremoto

tem sido de 8 milímetros por ano. Desde o maior evento registrado, o de 1751, o deslocamento já acumula 2 metros. Toda essa tensão, se liberada de uma só vez, dá um terremoto de magnitude 7,2. As unidades lotéricas estão recebendo doações para ajuda humanitária ao povo do Haiti. Como os depósitos são limitados até R$ 1.000,00 por

conta ao dia, ou até três depósitos, a Caixa criou código de barras específico para captar as doações. As lotéricas não receberão tarifas pela arrecadação, tendo em vista que a Caixa Econômica Federal também não cobrará pelo serviço prestado com o objetivo de repassar o valor doado integralmente às autoridades competentes.

Patrocinadoras do Loterias em Foco recebem doações ao Haiti AS LOTÉRICAS QUE APÓIAM A PUBLICAÇÃO DESTINADA AOS APOSTADORES ESTÃO PRONTAS PARA RECEBER DOAÇÕES AO HAITI. MAIS UMA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

LOTÉRICA ALTEROSA LOTÉRICA SÃO PAULO

LOTÉRICA LOTOPRÊMIO LOTÉRICA LONDRISORTE

LOTÉRICA LOTEBOL LOTÉRICA WM

EXTRA

Cadeião no centro de Londrina será revitalizado

O prefeito Barbosa Neto assinou na última quinta-feira (11/02), um protocolo de intenção para um convênio de parceria com o presidente do Sistema Fecomércio (Sesc, Senac e Sebrae-PR), Darci Piana, que garante a restauração e reforma do prédio da antiga Cadeia Pública, o “Cadeião”, localizado na rua Sergipe, próximo à avenida Leste Oeste, que está desativado há puco mais de 16 anos. A assinatura ocorreu no pátio do Cadeião. O convênio consiste

em uma ampla reforma no antigo prédio, com instalação de auditório, biblioteca, salas para oficinas e cursos, galeria e atelier de artes, salas para ensaios e práticas de atividades musicais, teatrais e de dança. O “Cadeião” se tornará um centro para desenvolvimento de atividades culturais e artísticas da cidade. Para isso, a Prefeitura cederá o imóvel em processo de comodato, com prazo determinado para uso e devolução, que será de 30 anos. O sistema Fecomér-

cio fará toda a restauração do prédio, em investimento de aproximadamente de R$ 1,8 milhões, conforme anunciado no momento da assinatura pelo presidente Darci Piana, além de fornecerem toda a estrutura e equipamentos necessários para colocar em funcionamento o centro cultural. O processo de cessão do imóvel ainda será votado pela Câmara Municipal de Londrina (CML). Entretanto, o governo não acredita ter dificuldades em aprovar o projeto.

Cadeião desativado desde 1994 será prédio cultural