Page 1

o r l a n d o n e w s . c o m

clipping R

E

V

I

S

T

A

REVISTA CLIPPING ON . RADIO ORLANDO NEWS.COM . SEGUNDA 07 A 21 DEZ.2015 . Nยบ 15

o n a e d

a d i r รณ l F

Fim

[

[

r a d i o


editorial Bem vindo a leitura da Clipping ON!

A 15 edição da Revista Clipping ON (Orlando News) já esta circulando na internet, seguindo o mesmo padrão de qualidade editorial do portal de notícias e web Radio Orlando News.com, seu “hospedeiro”, com um conteúdo informativo de Turismo, Entretenimento e temas locais como poucos veículos conseguem produzir. A Clipping ON trás artigos assinados por pessoas e profissionais brasileiros da Flórida, especialmente da região de Orlando como o advogado Young J. Kim, Carol Larson, Suzana Muricy, Paulo Corrêa, entre outros, nas áreas de imigração, política, comportamento, gastronomia, financeiro e outros assuntos de interesse geral. Além de informar com qualidade, a Clipping ON também serve como um veículo de promoção empresarial e institucional, mostrando o grande potencial da comunidade brasileira da região. Nesta edição, o leitor vai encontrar, além de artigos sobre o Orlando City, Copa America, Florida Cup, Culinária Ancestral, Azul Linhas Aéreas, Walt Disney, Disneyworld e muito mais. Além da entrevista com Alma Grey, a brasileira que ao longo dos seus 95 anos fez história na nossa comunidade, entre outros assuntos importantes. Uma ótima leitura a todos! Paulo Corrêa

Residindo em Orlando há 28 anos, o radialista e jornalista Paulo Corrêa é o idealizador do Portal de noticias, revista Clipping ON e da web radio Radio Orlando News . com


PASSEAR IN TOWN

COMPRAR TO SHOP

i n foco 24

ARTE E DESIGN ART & DESIGN

E

FICAR TO STAY

COMER TO EAT

ESPORTE SOCCER

52 16

15 P

AGITAR GOING OUT

R

F

I

L

NEGÓCIOS BUSINESS

MÚSICA MUSIC

SAÚDE HEALTH

FAÇA AS IMIGRAÇÃO MALAS IMIGRATION MAKE BAGS

48 13

10

Notícia, comentários e opinião, a qualquer hora do dia. Esta é a Rádio Orlando News e a Clipping ON, idealizados pelo jornalista Paulo Corrêa, editor do portal de notícias com web radio e a revista online, conta com a importante ajuda do diretor de arte Marcelo Begosso e da direção técnica e áudio de Gilberto Azevedo, além da participação de toda a equipe de repórteres, colunistas, diagramadores e técnicos de som da Orlando News, que compartilha, por aqui, os bastidores da produção diária do portal e sua rede social. Um espaço para ler, comentar e até acompanhar nas “rodadas de informações”.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

05

Animal Kingdom

terá show noturno em 2016

O primeiro show noturno do parque temático Animal Kingdom, em Walt Disneyworld, em Orlando, na Flórida, será o Rivers of Light, previsto para a primavera americana de 2016. O espetáculo promete colorir o parque, que costuma abrir somente até o fim da tarde, e faz parte da expansão que incluirá um safári noturno e a terra de Avatar, baseada nos personagens do filme de James Cameron. O show acontecerá no Discovery River, entre a Discovery Island e a Expedition Everest e terá como anfitriões seres místicos que comandarão show de luzes, água e efeitos visuais, representando os espíritos dos animais. A Árvore da Vida, símbolo do parque, será tomada pelos espíritos e ganhará, durante a noite, um visual diferente. O show foi criado pelos imagineers da Disney (engenheiros da imaginação), juntamente com o designer de bonecos Michael Curry, o compositor Mark Mancina e cineastas da divisão Disneynature. A expectativa da Disney é que o show seja mais um momento “uau” na visita ao parque.


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

06

117 mil

brasileiros indocumentados nos Estados Unidos


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

PASSEAR IN TOWN

07

Um estudo inédito do Migration Policy Institute divulgado recentemente mostra, pela primeira vez, o número de imigrantes indocumentados divididos por condado e país de origem. O estudo, intitulado “Profile of the Unauthorized Population”, feito com dados do Census de 2009 a 2013, estima que a população de indocumentados brasileiros é de 117 mil. A maioria dos brasileiros indocumentados estão, de acordo com o estudo, em Massachusetts, com 32 mil, seguido pela Flórida, com 20 mil, e a Califórnia, com 8 mil. De acordo com o estudo, dos 11 milhões de indocumentados vivendo nos Estados Unidos, 605 mil vivem na Flórida, que está entre os 14 estados que abrigam 82% do total de indocumentados no país. Do total de indocumentados na Flórida, estima-se que 156 mil vivam em Miami-Dade/Monroe, 83 mil em Broward, 42 mil em Orange e 65 mil em Palm Beach. Os asiáticos – em especial os chineses – estão ganhando terreno rapidamente em relação aos mexicanos e imigrantes da América Central em geral. O estudo, que tem 31 páginas, é talvez o mais detalhado até hoje sobre os imigrantes indocumentados vivendo nos EUA, cujo número total é estimado em 11 milhões de pessoas, segundo o “El Nuevo Herald”.

11

milhões de imigrantes vivem indocumentados nos Estados Unidos


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

08

Brasileiros indocumentados nos EUA – 117 mil:

Flórida: 20 mil – Broward: 6 mil – Orange: 3 mil – Palm Beach: 3 mil – Miami-Dade: 3 mil

32 mil (26 mil Massachusetts: na região de Boston NECTA) New Jersey: 16 mil (7 mil em Essex, 3 mil em Monmouth) Califórnia: 8 mil (2 mil em Los Angeles) Connecticut: 7 mil (5 mil em Fairfield) New York: 6 mil Geórgia: 5 mil (2 mil em Cobb) Maryland: 3 mil (2 mil em Montgomery) Pensilvânia: 3 mil (2 mil em Filadélfia) North Carolina: 2 mil Texas: 2 mil Virgínia: 2 mil


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

PASSEAR IN TOWN

09

Dos 156 mil indocumentados em Miami-Dade e Monroe, 22 mil são da Nicarágua, 20 mil de Honduras, 18 mil da Colômbia, 16 mil do México, 14 mil da Guatemala, 11 mil da Venezuela e 3 mil do Brasil. Em Broward, a população de indocumentados é de 83 mil pessoas, das quais a maioria, 11 mil, é colombiana, seguida por 9 mil mexicanos, 9 mil jamaicanos e 6 mil brasileiros. Em Orange, dos 42 mil, 12 mil são do México, 4 mil da Colômbia, 3 mil do Brasil e 2 mil da Venezuela. Em Palm Beach, de 65 mil, 22 mil são da Guatemala, 15 mil do México, 4 mil de Honduras, 3 mil da Colômbia e 3 mil do Brasil. Entre outros condados da Flórida, estima-se que 38 mil estejam em Hillsboro (17 mil do México, 3 mil de Honduras e 2 mil da Colômbia, além de 5 mil da América do Sul). Collier abriga 22 mil indocumentados (11 mil do México, 4 mil da Guatemala). Em Lee, são 27 mil indocumentados (11 do México, 7 mil da Guatemala e, entre outras regiões especificadas, 4 mil da América do Sul). Pinellas abriga 15 mil indocumentados (6 mil do México, e o restante especificado apenas por região: 7 mil do México e América Central, 2 mil da América do Sul e 2 mil da Ásia). Pelo menos 20 mil indocumentados vivem em 41 estados mais o Distrito de Columbia, de acordo com o estudo. Do total, 56% são do México, seguido por 15% da América Central, 14% da Ásia, 6% da América do Sul, 4% da Europa, Canadá e Oceania, 3% da África e 2% do Caribe. Por: Marise Barbosa

Fonte: GazetaNews/El Nuevo Herald117 mil brasileiros indocumentados nos EUA


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

No guichê da empresa em Orlando ou Fort Lauderdale, o processo todo não leva mais do que 45 minutos.

10

David Neeleman, o big boss da AZUL fotografado por Roberto Caiafa

Sucesso cada vez maior os voos diretos para Flórida (Fort Lauderdale - cidade vizinha de Miami) e Orlando, o embarque em Viracopos (Campinas), cerca de 90 km de distância de São Paulo – Capital, não deixa nada a desejar, o terminal internacional é bem feito e muito mais vazio, o check-in e toda a parte burocrática demora menos de uma hora, o que em Cumbica (capital) são filas 5 vezes maiores. A Azul utiliza aeronaves A330, com preços bem atrativos, muitos residentes e turistas estão cada vez mais interessados em realizar uma viagem com a Azul Linhas Aéreas. "Acredito que os nossos passageiros veem "Tudo Azul" com a “mais querida” empresa aérea para a Flórida. Nossos voos tem excelência nos serviços de bordo e terra e uma pontualidade sem igual, disse Claudia Fonseca Melo, uma das funcionárias do aeroporto de Orlando. Para confirmar uma das afirmações de Claudia Melo, a Azul foi eleita novamente, em outubro, a companhia aérea mais pontual da América do Sul, de acordo com a Flight Stats, líder mundial em informações de voo em tempo real, com 90,95% de voos no horário previsto nos últimos meses.

Voando para os EUA com a Azul


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

AGITAR GOING OUT

Os comissários de bordo são muito bem preparados e ajudam em tudo que os passageiros precisarem

11

Os funcionários da Flórida estão muito bem treinados. A foto acima são os funcionários da base de Orlando

"Respeitando os nossos clientes e com operações seguras são alguns de nossos principais pilares de atuação, estamos muito felizes em manter índices elevados e relevantes de pontualidade e de frequência. Os números dos últimos tempos reflete nosso compromisso e o trabalho impecável de nossos funcionários, que comandam mais de 900 operações diárias. Tenho a certeza que manteremos essas estatísticas lá em cima, sempre com a qualidade reconhecida da companhia", diz David Neeleman, o big boss da Azul.

Alimentação: Jantar da ida:

Queijos, salada, frango com arroz, manteiga, pão e um bolo de chocolate

Café-da-manhã da ida:

Café-damanhã da ida: Frutas, cereal, leite ou café, pão, manteiga e um sanduíche (acho que era queijo-quente)

Jantar da volta:

Jantar da volta: Queijos, salada, carne com arroz, manteiga, pão e um bolo de baunilha com chocolate

Café-da-manhã da volta:

Frutas, cereal, leite ou café, bagel, cream cheese e um queijo-quente.

Bom, todos sabem que alimentação de avião (principalmente se for classe econômica) não é lá aquelas coisas, mas apesar da apresentação simples, a comida e sempre muito elogiada.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

12

ORLANDO TERÁ A MAIOR MONTANHA-RUSSA DO MUNDO

O Comitê do Condado de Orange, aprovou a construção do complexo Skyplex, projeto que inclui a montanha-russa vertical mais alta do mundo, que será instalado no parque Universal Studios em Orlando, Flórida. Um investimento de mais de US$ 500 milhões em um empreendimento do grupo Wallack Holdings LLC que terá a montanharussa central de 152 metros construída na base de uma torre vertical, o Skyfall, atração de queda livre com 137 metros de altura, e uma tirolesa com cerca de 180 metros de extensão. A previsão de abertura é para o verão de 2018.

O empreendimento, além da montanha-russa, será em um parque chamado “Skysurf” e terá um hotel com 350 quartos, além de bares, lojas e restaurantes construídos no local. Segundo a empresa, o investimento trará um impacto econômico de cerca de US$ 600 milhões na região, gerando cerca de 4 mil empregos diretos e indiretos.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

é n a ta l

Busch Gardens Tampa

13 A Christmas Town já vem acontecendo entre 27 de novembro e 31 de dezembro. Além dos tradicionais shows, também são apresentados novos espetáculos. Para aproveitar tudo o que o evento oferece, o parque permanecerá aberto até às 22h, com exceção da véspera e na noite de Natal, quando as atividades se encerrarão às 20h.

Muito mais o que fazer:

A cidade vintage de Holiday Hills conta com a Holiday Hill Band, que apresenta as tradicionais músicas natalinas, envolvendo o público no verdadeiro espírito de Natal na Gwazi Plaza. Além disso, fique de olhos abertos, porque a cada 10 minutos a árvore de 45 metros ganha vida com milhares de luzes dançantes no Christmas Time Tree Show. O novo espetáculo de luzes fica localizado no Christmas Time Terrace, um cenário inspirado na natureza que é ideal para belas fotos em família. Outro espetáculo para a data é o We Three Kings Show, na área Three Kings Oásis, que conta a história da famosa jornada dos Três Reis Magos até Belém. Os visitantes também podem se divertir no Santa´s House presented by Coca-Cola e em outras atrações que dão as boas-vindas ao Natal, como o Christmas on Ice e o Carol of the Bells. Fotos: Divulgação Fonte: Orlando Sentinel


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

PALADAR TO TASTE

Suzana Muricy

15

PALADAR COM SUZE

suzana.muricy@ yahoo.com.br

I H C C O N G INGREDIENTES

. 1 Batata do reino grande ( cozida ) . 1 ovo batido . 1 xícara de farinha de trigo

MODO DE PREPARO

Esprema a batata ainda quente, acrescente o ovo batido e a farinha, amasse bem, faça rolinhos e corte com uma faca, passe na farinha de trigo e reserve. Feito isto, coloque água ( o bastante ) com um pouco de sal na panela para ferver , e quando

estiver fervendo coloque os gnocchis, aguarde alguns instantes para que subam a superfície da água. Assim que os gnocchis subirem, escorra em um escorredor, coloque em uma travessa, passe um pouco de manteiga e jogue o molho por cima.

. 4 tomates (sem pele e sem semente ) . 1/2 copo com água Coloque duas colheres de manteiga com a cebola picada em fogo baixo, por 1 minuto, ponha os tomates aguardando mais ou menos uns 2 minutos e acrescente a água, assim que levantar fervura esta pronto.

Ingredientes

BOM APETITE!

MOLHO

. 2 Colheres de manteiga . 1 cebola ( branca ) picada


a D

W lt PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE

isonhador sney

“O riso é eterno, a imaginação não tem idade, os sonhos são para sempre.” Walt Disney

Em comemoração ao aniversário do grande Walter Elias Disney, dia 5 de dezembro, a nossa singela homenagem ao grande idealizador do grande "Mundo Encantado”, a "Disneyworld”. Foi a partir de 1963 que as equipes ligadas ao Walt Disney, começaram a procurar secretamente um local ideal para o Projeto Disneyworld. Graças a uma irmandade filosófica, chegou-se ao Governador do Estado da Flórida, Haydon Burns que, ao conhecer Walt e seu projeto, tornaram-se muito amigos e o projeto evoluiu. Com um clima quente o ano todo, a Flórida Central já era uma região completamente plana e pantanosa. Walt, foi convencido por Burns, que poderia adquirir uma área grande de pântano a preços muito baixos, pois além de tudo aquela região era inabitada. Ao decidir pela Flórida Central, Walt deu como motivo de sua decisão, afastar sua cidade do risco


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

PASSEAR IN TOWN

“É divertido fazer o impossível!” “Eu gosto do impossível porque lá a concorrência é menor.” Walt Disney

17

de furacões. Naquela época, a Flórida era o estado mais pobre da federação americana. Sem indústrias, vivia praticamente da plantação de laranjas. Mais tarde, ganhou importância com a implantação de Cabo Canaveral, pela NASA. Para se ter uma ideia do lento desenvolvimento do estado, Miami completou seu primeiro centenário em 1998. Como os americanos não se habituavam aos climas quentes, a cidade só passou a ser habitada com o advento do ar condicionado. A partir do ano de 1964, a organização Disney, começou a comprar terras na Flórida. As vastas áreas compradas eram divididas em lotes de 2 mil e 800 mil hectares. Eram pântanos com ciprestes situados cerca de 50 kms a oeste da cidade de Orlando. Toda a transação imobiliária estava sendo realizada no mais absoluto sigilo. Vários emissários, (precisamente 114 executivos) partiram de vários pontos do País sem que um tivesse conhecimento dos outros.


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

18

Compraram lotes de terra em nome de empresas americanas, orientados pelo Governador da Flórida, Haydom Burns que, entusiasmado com a vinda da Disney para a Flórida, vislumbrava o progresso e o crescimento de seu Estado. Concluída a compra da área desejada, todos os lotes foram transferidos para a Walt Disney Corporation, numa operação que se transformou na maior transação imobiliária particular dos Estados Unidos. Na época, Orlando, a cidade mais próxima do local, era um vilarejo que tinha a agricultura sua principal atividade econômica. Sua população era composta de gente simples. As especulações giravam em torno de uma instalação de uma fábrica da Coca-Cola ou da General Motors na região. Protegido e amparado pelo governador Burns, Walt evitava viajar para a Flórida para não levantar suspeitas. Hoje, o sonho se transformou no maior complexo de entretenimento do Mundo que todos querem conhecer de perto... Viva Walt Disney e o seu " Mundo Encantado". Por Carlos Toledo


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

radioorlandonews

a

W i lt sney D E

Mickey

A RADIO ORLANDO NEWS.COM HOMENAGEIA O GRANDE PERSONAGEM DO "MUNDO ENCANTADO", MICKEY MOUSE, POR SEUS 87 ANOS (NOVEMBRO), E DO SEU CRIADOR WALT DISNEY QUE ACONTECE DIA 5 DE DEZEMBRO...

homenageia o Mickey

PASSEAR IN TOWN

19


AGITAR GOING OUT

história REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

20

Alma Grey

O memorável relato de Pioneira dos imigrantes brasileiros em Orlando trabalhou no aeroporto junto à Imigração, auxiliando na chegada de estrangeiros. Recepcionou personalidades e lutou em defesa da “ Nossa Comunidade”. Aos 95 anos, resgata fatos marcantes de uma trajetória incrível Por Walther Alvarenga

Ela caminhou com certa dificuldade até alcançar o batente da porta. Aguardou com um leve sorriso os visitantes inesperados. Pessoas que adentravam ao seu mundo solitário, cercado de jardins, lago e objetos de demarcam uma trajetória de vida privilegiada. Uma história de desafios e empenho da precursora no auxilio aos brasileiros que desembarcaram em Orlando, a partir dos anos setenta. Um gesto que denota o seu amor pela Comunidade. O par de olhos azuis mantém-se fixo e atento no momento dos cumprimentos. Nenhum passo além do acesso de entrada à residência, pois ali era o seu limite, a linha demarcatória de quem viveu o ilimitável, que percorreu o mundo, recepcionou autoridades, artistas e intelectuais. Alma Grey traz em si experimentações que engrandece quem às ouvem. É imprescindível que haja tempo e compenetração para compartilhar com o imensurável. Pouco mais das dez horas da manhã quando a reportagem do "Nossa Gente” chega à casa de Alma Grey, si-

Eu pude ajudar muitas pessoas e tenho certeza de que Deus me abençoou por isso”, fala com saudosismo no olhar, esboçando um leve sorrido.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

21

Alma Grey com seus

95 anos, resgatando fatos marcantes de uma trajetória incrível

Alma Grey entre o casal Suzana e Paulo Corrêa, 30 anos de sincera amizade

tuada em um cenário arborizado, à beira do lago, em Winter Park, uma das áreas mais caras da região de Orlando. Mas a simplicidade e a naturalidade da anfitriã denotam que nada disso é o mais importante. Ela é a pioneira dos imigrantes brasileiros, pois chegou aos EUA, em 1951, acompanhada do esposo, William, um geólogo americano que conheceu no Brasil. Aos 95 anos – completados em 25 de julho passado-, lúcida e atuante, surpreende quando brinca com a própria idade ao afirmar que, “estou começando a ficar velha”. Natural da Guiana Inglesa foi levada ao Brasil ainda bebê e faz questão de evidenciar a sua brasilidade: “sou brasileira, eu me sinto brasileira. A minha família é portuguesa, Teles Menezes, que residiu em São Paulo”, lembra.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

22

Alma Grey e Paulo Correa, 30 anos de sincera amizade com uma admiração mútua

Conta Alma que quando chegou a Orlando, nos anos cinquenta, a Comunidade Brasileira não existia. E os poucos brasileiros que aqui residiam, estavam dispersos. “Era difícil organizar a comunidade brasileira na época. Existia o clube dos alemães, dos franceses, enfim, vários clubes, mas os brasileiros mantinham-se afastados. Eu tenho muito amor pelos brasileiros. Fiquei triste porque nunca consegui reunir a comunidade da forma que eu gostaria. Eu queria mostrar à música, as danças, a cultura brasileira, mas não consegui”, relata. “Era complicado porque o brasileiro parecia estar competindo entre si e isso dificultava qualquer iniciativa. E quando aconteciam reuniões, todo mundo queria ser presidente”, alfineta. Mas em 1992 foi dado um passo importante para a unificação da Comunidade com a criação da “Associação Brasileira da Central Flórida”, juntamente com o jornalista e radialista Paulo Corrêa, entre outros colaboradores, ocasião em que Alma teve expressivo empenho na elaboração e registro do estatuto.“Eu não me esqueço de um episódio ocorrido durante a reunião da Associação, quando uma senhora brasileira se levantou e questionou a minha presença ali dizendo que eu não era brasileira (Alma sorri demonstrando complacência). Ela queria que eu saísse, sem tomar conhecimento de que eu era uma das organizadoras da associação”, fala. “Nunca me senti magoada, achei muita graça (sorri)”. Interprete no aeroporto – Com o contingente de estrangeiros que desembarcavam no aeroporto de Orlando,a partir de outubro de 1971, quando na inauguração do “Magic Kingdom Park”, da Disney, Alma Grey foi convidada para trabalhar junto ao Departamento de Imigração, auxiliando os oficiais de imigração na chegada de brasileiros e de turistas de outros países. O pequeno aeroporto da cidade havia passado por reestruturação para atender a demanda de visitantes. “Eu organizei um centro de informações no aeroporto de Orlando para auxiliar as pessoas que falavam outras línguas. Era o Banco de Línguas, que disponibilizava intérpretes, de diversos idiomas, e que atendiam pelo telefone. Quando chegava um estrangeiro no guichê da imigração eu o recepcionava e o encaminhava para o Banco de Línguas e lá ele fazia contato com o intérprete de seu respectivo idioma. Eu tinha uma lista de voluntários. O turista lia a lista e apontava para o seu respectivo idioma, então eu contatava o atendente para traduzir. Isso facilitou muito o trabalho da imigração porque o aeroporto era muito busy. Eu, inclusive, recepcionava as autoridades brasileiras que chegavam ao país”, ressalta.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

23

Mas um fato marcou Alma, em meio ao tumultuado embarque e desembarque de estrangeiros. Ela não soube precisar o país, entretanto, relatou que uma senhora, prestes a dar à luz, recorreu ao Banco de Línguas. “A turista necessitava de informações do hospital. Queria contato com algum médico ou alguém que pudesse ajuda-la no hospital porque o bebê estava prestes a nascer. Foi lindo, apesar da correria, mas tudo acabou bem (faz pequena pausa). Gostei muito de trabalhar no aeroporto de Orlando, que na ocasião ainda era pequeno. Depois o aeroporto foi ampliado e o trabalho do Banco de Línguas tornou-se importantíssimo porque todos se recorriam a ele, inclusive, os médicos em trânsito. Elaborei um informativo, em vários idiomas, disponibilizado aos turistas que desembarcavam em Orlando com todas as informações sobre os procedimentos no aeroporto e o contato com os tradutores voluntários. Eu pude ajudar muitas pessoas e tenho certeza de que Deus me abençoou por isso”, fala com saudosismo no olhar, esboçando um leve sorrido. Alma também era requisitada para receber em Orlando os grandes empresários brasileiros e portugueses, além de políticos, intelectuais de expressão e artistas. Ela os acompanhava durante a estadia na cidade, atuando como tradutora, inclusive, recebendo-os em sua residência com coquetel. Um exímio trabalho de relações públicas que a elegeu competente anfitriã de personalidades dos países de língua portuguesa. “Tive contato com muita gente maravilhosa. Pessoas incríveis passaram por aqui”, comenta. O seu trabalho também foi reconhecido e premiado pelo “Brazilian Day – Orlando” e “Brazilian Press Awards”. Por frações de segundos, Alma interrompe a entrevista para mostrar souvenires que trouxe dos países que visitou, inclusive, da Tailândia onde morou por dois anos. Ela aponta para espadas, estatuetas e resquícios de lembranças que pontuam a sua trajetória pelo mundo. Quadros incríveis e acessórios de prataria integram o cenário particular. Grey está envolta de nostalgia, rememoradas em diversificados ângulos da casa. Tem uma coleção privilegiada de livros, dentro os quais há relatos dos Teles Menezes, a sua família. Sentada na poltrona, a entrevistada lembra-se do marido ao mostrar blocos de minerais coletados pelo saudoso companheiro, durante trabalho de exploração e pesquisa. O olhar é meigo e os traços de sua beleza continuam intactos, evidenciando as características de uma mulher elegante, dócil e feminil. Quanto à possibilidade de voltar ao Brasil e relembrar pontos marcantes de sua história no país, Alma Grey sorriu denotando emoção latente. Entrelaçou as mãos e respirou com profundidade antes de responder. Era como se rebuscasse a infância, a adolescência, tudo o que fosse possível na tentativa, talvez, de se redimir ao passado. “Sinto muita falta e saudade do Brasil. Eu gostaria muito de poder voltar, seria maravilhoso. Todas às vezes que penso em voltar ao Brasil acabo desistindo porque para mim, agora, é muito difícil. Nas minhas condições fica inviável fazer essa viagem. A família sempre me convida para ir lá, mas não posso. Não estou em condições de viajar”, justifica. E sobre os filhos, quando indagada, Alma se referiu ao William que a visita com frequência. “Ele tem o mesmo nome do pai, mas nós o apelidamos de Budy. Ele mora próximo daqui e passa com frequência para me ver”. Já a filha Carol, faleceu há cinco anos. A reportagem acompanha Alma Grey até os fundos da casa. Lá há um amplo jardim, cercado de árvores e gramado, que parece interminável. Uma velha ponte de madeira, envolta por musgos, dá acesso ao lago, de onde se pode avistar o cenário deslumbrante. Foi ali que aconteceram recepções para convidados ilustres, reuniões de família e, certamente, os momentos memoráveis quando na chegada do casal Grey a Orlando. E desde que adentrou ao país, Alma reside na mesma casa. Portanto, cada centímetro do lugar está inserido na sua história de vida. Ela permanece em silencio, apenas observa. No término da entrevista, a despedida calorosa de uma mulher sempre muito gentil. Vai até a porta de entrada e acena para a equipe que se afasta. Alma, a pioneira dos emigrantes brasileiros permanece estática.

“Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata”


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

24

Celebration

jรก comemora Suzana Muricy com sua filha e neto Suzane e Filipe Coelho


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

o n a ta l

Celebration, uma cidade idealizada pelo gênio Walt Disney. Sua ideia era que fosse o melhor lugar para viver e trabalhar. A região abriga os parques temáticos mais famosos do mundo, como o Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios, Animal Kingdom, entre outros. É a região ideal para se hos-

pedar nas férias e curtir as festas de fim de ano com a família. A área tem mais de 50 mil acomodações para todos os bolsos, mesmo com o dólar valorizado é possível aproveitar uma das épocas do ano das mais bonitas, com muitas luzes e “neve”. Visite a Tree-lined Front Street e suas avenidas próximas ao Town Center, onde esta a seleção de charmosas boutiques, restaurantes, sorveteria, cinema, etc. A cidade de Celebration é considerada a mais elegante por ter uma arquitetura que chama a atenção de todos, inclusive celebridades brasileiras com Silvio Santos, Rubinho Barrichello, a família do grupo KLB, entre muitos outros brasileiros que podem pagar algumas centenas de milhares de dólares por uma mansão.

25


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

26

Confira algumas das atividades comemorativas e já prepare o passaporte e venha se divertir neste Mundo Encantado. Jingle all the way O clima natalino chegou com a

29ª edição do Jingle All The Way. Uma das maiores tradições da Flórida, o festival acontece anualmente no Orlando Museum Of Art. Você será convidado a entrar no espírito de Natal com árvores decoradas por designers, guirlandas e outros elementos temáticos. Comidas típicas do feriado também serão servidas no restaurante, e ainda é possível adiantar as compras de final de ano nas lojas do museu e aproveitar as demais exposições com um único ingresso. Mas tem que correr: o evento só ficará aberto até 28 de Dezembro.


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

27

Now Snowimg Neve caindo, patinação no gelo e Papai Noel são elementos de um típico Natal

nos Estados Unidos. E isso não poderia faltar na região da Flórida Central. O festival Now Snowing, que acontece do centro de Celebration, leva neve fazendo o Natal do Celebration ainda mais especial para os visitantes. O evento conta com uma programação de shows e atrações para celebrar o tradicional feriado entre os dias 28 de novembro e 31 de dezembro.


COMER TO EAT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

28

Onjé Darugbô

Comida

l a r t s e c n A

A ACFBA (Associação Civil Filhos de Bárbara) apresentou através da palestra do seu líder, Pai Roberto de Iansã, as comidas simples dos negros de senzalas que se transformaram em deliciosos pratos da culinária baiana e nordestina. O axé nas mãos de quem cozinha.

A culinária ancestral dos povos de terreiros com o título ‘Onjé – Darugbô’, tema de documentário que foi lançado internacionalmente na cidade de Orlando, Flórida, no lotado auditório da universidade Valencia College. A apresentação foi fruto das parcerias entre a Radio Orlando News, Brazilian Day Orlando Festival com Valencia College que convidaram a Associação Civil Filhos de Bárbara, liderada pelo Pai Roberto de Iansã, e contou com o apoio


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

COMER TO EAT

29

A vice reitora Ana Jhanilca Caldero, Pai Roberto de Iansã, o professor titular da cadeira de idiomas, Richard Sansone, e o diretor da TV Pelourinho André Actis

feijoada

Mungunzá

Carne Seca com Pirão

cultural do Governo da Bahia, por meio da Bahiatursa. A palestra foi concorrida e o auditório do Valencia College estava lotado e contou com a participação de alunos, comunidade acadêmica, entre eles a vice reitora Ana Jhanilca Caldero e o professor titular da cadeira de idiomas, Richard Sansone e jornalistas. “ONJÉ DARUGBÔ” ("Comida Ancestral"), uma produção executiva da ACFBA e audiovisual da TV Pelourinho, que surgiu na necessidade de se registrar a arte de culinária ancestral da Bahia que vem se perdendo, ação que reforça as ações afirmativas de cidadania, dignidade, respeito às religiões, inclusive as de matrizes africanas. O documentário mostra casas de candomblé e de católicos fervorosos experimentando o tempero que só o baiano tem! Afirmou o palestrante Pai Roberto de Iansã. A palestra com o lançamento do documentário ocorreu no inicio do mês de dezembro. Ao longo da narrativa foram apresentados personagens que revelaram os mistérios de 12 pratos tradicionais da cultura popular: a Feijoada, o Mungunzá, Carne Seca com Pirão, Roupa Velha, Xinxim de Bofe, Quiabada, Farofa D’agua, Moqueca de Ovo, Rabada, Sarapatel, Efó, Galinha ao Molho Pardo e evidenciando suas heranças históricas. Também foi apresentado na solenidade, o CD ‘Salmos dos Orixás’, produto contém 12 faixas, com fundo musical percussivo, narrações e cânticos relacionados aos orixás, resultado de pesquisas em terreiros e entrevistas com anciãos, ogãs e babalorixás sobre histórias e situações vivenciadas por essas pessoas.


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

COMER TO EAT

Galinha ao molho pardo

30

Também foi apresentado na solenidade, o CD ‘Salmos dos Orixás’, produto contém 12 faixas, com fundo musical percussivo, narrações e cânticos relacionados aos orixás

Rabada

Moqueca de Ovo

Roupa Velha

A Baiana auxiliando o Pai Roberto de Iansã

Foi servido para o público presente a ROUPA VELHA, carne assada de uma refeição anterior, guarde na geladeira para fazer roupa velha, pois além de ser um aproveitamento inteligente do que sobrou, é uma delicia!


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

COMER TO EAT

31

A apresentação foi fruto das parcerias entre a Radio Orlando News, Brazilian Day Orlando Festival com Valencia College que convidaram a Associação Civil Filhos de Bárbara, liderada pelo Pai Roberto de Iansã

Professor Richard Sansone apresentando o Pai Roberto de Iansã para a palestra no Valencia College

Pai Roberto de Iansã dando entrevista na Radio Orlando News

O auditório do Valencia College estava lotado


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

OPINIÃO TO OPINE

carol larson

colunista www.larsoncc.com

Investidor Estrangeiro Para o investidor estrangeiro que chega aos EUA pensando em adquirir imóveis ou outros investimentos um dos questionamentos mais frequentes é sobre como transferir seus recursos do Brasil e como funciona a tributação em solo americano. Os EUA tributam somente receitas auferidas no país – e não remessas cambiais em si - e exigem, mesmo para não-residentes fiscais, o pagamento de impostos em solo americano caso tais rendimentos excedam o limite de isenção de não-residente. Nesse sentido, o não-residente precisa obter um Tax ID number (ITIN) para prestar suas contas com o leão americano. Caso não possua o número, o investidor deverá entregar às instituições pagantes de rendimento o formulário W8-BEN que trata de uma autorização expressa para que todo rendimento obtido de fontes

33

sediadas nos EUA seja tributado na fonte à alíquota de 30%. Dessa maneira, na compra de um imóvel não é necessariamente obrigatório obter um ITIN. No entanto, se a compra dessa propriedade se der através de uma empresa norte-americana aberta em nome desse investidor – formato sugerido para a maioria dos investidores estrangeiros, o ITIN torna-se obrigatório. Todo rendimento auferido nos EUA é tributável nos EUA. Rendas de aluguel, dividendos recebidos e ganhos de capital na venda de imóveis geram imposto nos EUA. É imprescindível buscar a ajuda de profissionais capacitados para que auxiliem seus empreendimentos na esfera fiscal – desde constituição de uma empresa até o intermédio de uma aplicação para Tax ID. Além de reportar e pagar impostos nos Estados Unidos, o beneficiário dos rendimentos deverá verificar a legislação local de seu país para determinar se haverá bitributação independente dos recursos voltarem a seu país. Por fim qualquer soma de recursos no exterior deverá ser reportada aos órgãos locais. Aos brasileiros compete informar à Receita Federal todos os valores fora do país enquanto ao Banco Central Brasileiro o contribuinte deverá fazer uma declaração especial chamada de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE) se somar mais de U$ 100.000 fora do Brasil no final de um determinado ano. À receita federal americana bastará declarar rendimentos recebidos em território americano.


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

ESPORTES SPORTS

Por: Marcos Peres

Fotos: Divulgação

34

Documentário do Orlando City foi exibido no Museu do Futebol em São Paulo Making History (Fazendo História), um documentário sobre a história do Orlando City dirigido pelo brasileiro Décio Lopes, foi exibido pela primeira vez no Brasil no dia 27 de novembro, no Museu do Futebol, no estádio do Pacaembú, em São Paulo. O filme de 47 minutos é um dos destaques da sexta edição do Festival de Cinema de Futebol Internacional CINEfoot. O documentário será exibido às 20h do dia 27 de novembro com entrada franca. Décio Lopes trabalhou durante seis anos como documentarista da seleção brasileira, antes de se juntar ao Orlando City, em 2015, como diretor de novos negócios do clube. Lopes tem uma carreira de 24 anos como jornalista, produtor e empresário do ramo de televisão no Brasil. Dirige atualmente os programas “Bra-


ESPORTES SPORTS

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

35

sil Visto de Cima” e “Mundo Museu” - ambos exibidos pela +Globosat - e Mapa do Pop, do canal TNT. O paulistano passou boa parte da carreira nas Organizações Globo, onde foi editor-chefe dos programas Globo Esporte e do Esporte Espetacular, dirigindo e apresentando ainda o Expresso da Bola e o Expresso do Esporte, no SporTV. Já esteve em 4 Copas do Mundo da FIFA, 4 Copas das Confederações, 3 Olimpíadas e 4 Copas América. “Esse importante documentário captura o histórico dia 8 de março de 2015, o primeiro jogo do Orlando City pela MLS, o primeiro gol, marcado por Kaká, e tudo o que levou àquele momento incrível”, contou Lopes. “Foi uma honra criar esse projeto com as pessoas diretamente envolvidas nessa jornada. Mas, principalmente, produzi-lo para as futuras gerações de torcedores verem como o clube nasceu.” O documentário inclui imagens dos bastidores da história do clube, desde o primeiro dia, ainda no estado do Texas, Estados Unidos - então chamado de Austin Aztex -, a mudança para Orlando e o tremendo sucesso na liga USL, até a estreia de destaque mundial na Major League Soccer em 2015. Muitos personagens envolvidos no sucesso do clube participam do filme, como o proprietário do Orlando City, o brasileiro Flávio Augusto da Silva, o presidente Phil Rawlins, o CEO e também brasileiro Alex Leitão, Kay Rawlins, diretora de relações com a comunidade, além do treinador Adrian Heath. “Naquele dia 8 de março, o Orlando City ganhou destaque mundial. E havia uma câmera documentando cada detalhe nos bastidores, recontando um sonho que se tornou realidade sob a perspectiva daqueles que construíram uma das marcas de maior sucesso e reconhecimento do futebol na América do Norte”, disse o CEO Alex Leitão. “Nossos torcedores terão a oportunidade de assistir à fantástica escalada da qual fazem parte na tela de cinema.” O filme inclui ainda imagens de jogos históricos do Orlando City nas ligas USL e MLS. Mais informações em: http://www.cinefoot.org/portfolio-item/fazendo-historia/

O documentário inclui imagens dos bastidores da história do clube, desde o primeiro dia, ainda no estado do Texas, Estados Unidos

ACONTECEU:

Exibição de “Making History” no CINEfoot 2015:

Data: Sexta-feira, 27 de novembro de 2015 Horário: 20h

Local: Museu do Futebol Estádio do Pacaembú

Endereço: Praça Charles Miller, s/n São Paulo, SP

Entrada franca


ESPORTES SPORTS

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

36

no Florida Cup Clubes brasileiros

No próximo janeiro (entre os dias 10 e 20) de 2016 acontecerá a segunda edição da Florida Cup, evento esportivo realizado pela SV2Sports em parceria com a Disney. Quatro times brasileiros participarão do torneio: Internacional, Atlético Mineiro, Fluminense e Corinthians, além de dois alemães (Bayer Leverkusen e Schalke 04), um colombiano (Santa Fé), um ucraniano, Shakhtar Donetsk, e uma equipe norteamericana o Fort Lauderdale Strikers. Este último tem o ex-jogador Ronaldo Fenômeno como sócio-proprietário. Com o primeiro torneio foram obtidos ótimos resultados dentro e fora de campo – “ O nosso retorno financeiro por meio de ações de marketing e porcentagem de receitas de bilheteria e direitos de transmissão foram muito acima do esperado, garantiu Ricardo Silveira, cofundador da SV2Sports. Na competição, cada clube fará dois jogos e o campeão será definido pela pontuação e saldo de gols. Inter e Atlético-MG serão os primeiros brasileiros a entrarem em campo, no dia 13 de janeiro (quarta-feira), contra Bayer Leverkusen e Schalke 04, respectivamente. No dia 17 (domingo), o Fluminense faz o primeiro jogo contra o Shakhtar, e o Corinthians pode fazer um duelo entre campeão e vice do Brasileirão 2015, contra o Atlético-


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

ESPORTES

37

Confira a tabela dos jogos com os times brasileiros:

Inter x Bayer LeverkusenQuarta-feira, 13 de janeiro - Orlando Disney’s ESPN WWS

Schalke 04 x Atlético MG Quarta-feira – 13 de janeiro Fort Lauderdale - Lockhart

Shakhtar x Fluminense Domingo - 17 de janeiro- Orlando Disney’s ESPN WWS

MG (confira a tabela completa no final). A tabela mostra ainda que os times do Brasil enfrentarão um compatriota e um adversário do Exterior cada. Durante a competição, no dia 16 (sábado), ocorrerá o All Star Game. A Disney antes só apoiava e a partir de 2016 passa a ter os direitos da competição até 2020. A companhia ainda comercializará itens dos clubes, como camisetas, em locais licenciados. “A marca Disney é muito forte. Criamos ações especiais, já que podemos usar toda a estrutura deles. Associar a marca à da Disney é um ganho muito grande para qualquer clube”, disse Ricardo Silveira , da SV2Sports, empresa que organiza a Florida Cup. O objetivo é fazer da Florida Cup o maior torneio de preparação do mundo”, destaca Silveira. Além de Orlando, as cidades de Fort Lauderdale e Boca Raton também receberão jogos da competição. O campeão da Florida Cup será quem somar mais pontos.

Atlético MG x Corinthians Domingo – 17 de janeiro Boca Raton - FAU

Corinthians x Shakhtar Quarta-feira – 20 de janeiro - Orlando - Disney’s ESPN WWS

Fluminense x Internacional Quarta-feira – 20 de janiero - Fort Lauderdale – Lockhart Além da cidade de Orlando, o torneiro terá partidas em Fort Lauderdale e Boca Raton. Os ingressos já estão à venda. Mais informações pelo site: http://www.floridacup.com.


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

ESPORTES SPORTS

38

ROSE BOWL

Orlando receberá a Seleção Brasileira A cidade de Orlando foi oficializada como sede da Copa América Centenário 2016. A competição, que comemorará o aniversário de 100 anos da tradicional Copa América, acontecerá pela primeira vez na história fora do território sul-americano, sendo realizada nos Estados Unidos entre os dias 3 e 26 de junho.

“O futebol é hoje uma das maiores paixões da população de Orlando, que quebrou diversos recordes de público em nossa temporada de estreia na Major League Soccer”, disse o CEO do Orlando City, o brasileiro Alex Leitão. “Ajudar a trazer para a cidade uma das principais competições do mundo, que reúne craques do quilate de Lionel Messi, Neymar, James Rodríguez, Luis Suárez e tantos outros é uma forma de retribuir o incrível apoio que temos recebido dos nossos torcedores”, afirmou o executivo, que atuou em quatro edições diferentes da Copa América antes de juntar-se ao clube.

LINCOLN FINANCIAL FIELD FILADÉLFIA, PA

NRG STADIUM

CAPACIDADE: 71 795 - HOUSTON, TX

CAPACIDADE: 69 176 -


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

ESPORTES

39

SE BOWL CAPACIDADE: 92 542 - PASADENA, CA (ÁREA DE LOS ANGELES)

METLIFE STADIUM CAPACIDADE: 82 566 - EAST RUTHERFORD, NJ (ÁREA DE NEW YORK)

O sucesso do futebol na cidade de Orlando foi crucial para trazer a maior competição entre seleções da América do Sul para o estádio Orlando Citrus Bowl, onde o Orlando City já recebeu mais de meio-milhão de torcedores entre março e outubro desse ano. Como retribuição, donos de boletos de temporada do Orlando City, Orlando Pride e Orlando City B, assim como membros de organizações diretamente envolvidas com o crescimento do futebol local terão o direito a venda exclusiva. Demais informações serão divulgadas em breve. Para saber mais, visite: www.ussoccer.com/CopaAmerica2016. O Orlando City SC, a Comissão de Esportes da Flórida Central, a Orlando Venues - responsável pela gestão das arenas municipais da cidade de Orlando - e o governo do Condado de Orange trabalharam juntos para assegurar a inclusão do estádio Orlando Citrus Bowl entre as sedes do torneio. “Desde o turismo internacional, o significativo impacto na economia local, à empolgação da população com o futebol, o anúncio de hoje é outra grande vitória da cidade de Orlando”, disse o prefeito Buddy Dyer. “Passamos boa parte do ano passado reconstruindo completamente o estádio Orlando Citrus Bowl para que pudéssemos receber mais eventos de grande porte e estou orgulhoso de continuarmos realizando essa promessa.”

LEVI'S STADIUM CAPACIDADE: 68 500 - SANTA CLARA, CA (ÁREA DE SÃO FRANCISCO)

A seleção brasileira vai jogar pela Copa América Centenário 2016 em Orlando, no dia 8 de junho de 2016


ESPORTES SPORTS

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

40

“O sucesso do futebol na cidade de Orlando foi crucial para trazer a maior competição entre seleções da América do Sul para o estádio Orlando Citrus Bowl” “Receber a Copa America Centenário no estádio Orlando Citrus Bowl é um grande exemplo do que nossa comunidade pode conquistar quando trabalhamos juntos por um objetivo comum”, disse a prefeita do condado de Orange, Teresa Jacobs. “Esses eventos não apenas representam oportunidades interessantes para nossa população, como vão atrair milhares de pessoas ao redor do mundo, beneficiando nossa economia. O torneio deve gerar aproximadamente 40 mil diárias de hotéis e $ 30 milhões de dólares de impacto econômico para o Condado de Orange.” “Nós competimos com os maiores destinos esportivos do país para receber um evento desse calibre e cumprir nossa missão de atrair visitantes à Flórida Central”, disse John Bisignano, presidente e CEO da Comissão de Esportes da Flórida Central. “Ter sido escolhida uma das 10 sedes do torneio é uma prova da qualidade internacional de nossas instalações e fantástico trabalho em equipe dos parceiros de nossa comunidade.” A Copa América Centenário terá as participações de todas as seleções da Confederação Sul-americana de Futebol (CONMEBOL) - Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela - e seis equipes da Confederação de Futebol das Américas do Norte, Central e do Caribe (CONCACAF). Pela CONCACAF, já estão confirmados os Estados Unidos (país-sede), México (convidado), Costa Rica (campeã da Copa Cen-

CENTURYLINK FIELD CAPACIDADE: 67 000 SEATTLE, WA

O torneio deve gerar aproximadamente 40 mil diárias de hotéis e $ 30 milhões de dólares de impacto econômico para o Condado de Orange


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

ESPORTES SPORTS

41

O futebol é hoje uma das maiores paixões da população de Orlando, que quebrou diversos recordes de público em nossa temporada de estreia na Major League Soccer, finaliza Alex Leitão

SOLDIER FIELD

CAPACIDADE: 63 500 - CHICAGO, IL

A Copa América reúne craques do quilate de Lionel Messi, Neymar, James Rodríguez, Luis Suárez, entre outros


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

ESPORTES

UNIVERSITY OF PHOENIX STADIUM GLENDALE, AZ

CAPACIDADE: 63 400

42

CITRUS BOWL

CAPACIDADE: 60 219 - ORLANDO, FL

tro-americana) e Jamaica (campeã da Copa do Caribe). Os últimos dois representantes serão conhecidos no próximo dia 8 de janeiro, em dois jogos a serem disputados na cidade de Panamá. A seleção local enfrenta Cuba, enquanto Trinidad e Tobago pega o Haiti. Os vencedores classificam-se automaticamente. Entre as 24 candidaturas para receber os jogos, dez foram escolhidas. Houve requisitos mínimos, como a capacidade para ao menos 60 mil pessoas – diferente dos jogos de futebol no Brasil, os torcedores dos Estados Unidos, país que nem é referência no esporte, lotam seus estádios em praticamente todos os jogos do campeonato nacional. Orlando venceu cidades maiores, mais ricas e com estádios com bem mais capacidades de torcedores como (Georgia Dome - 71 000) Atlanta, Georgia, (Sports Authority Field at Mile High - 76 000) Denver, Colorado, (Qualcomm Stadium - 70 000) San Diego, Califórnia, graças o empenho das autoridades local. A maior torcida da especialista no momento, contudo, não são os gols, mas para que a seleção canarinho jogue em Orlando. E o destino está preparado, segundo Flávio Augusto . “O Citrus Bowl foi reformado e temos o estádio do Orlado City em construção, nele teremos o que há de melhor em instalações para acomodar jogos de qualquer grande evento.”

METLIFE STADIUM CAPACIDADE: 82 566 - EAST RUTHERFORD, NJ (ÁREA DE NEW YORK)


ESPORTES SPORTS

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

43

Orlando venceu cidades maiores, mais ricas e com estádios com bem mais capacidades de torcedores como (Georgia Dome - 71 000) Atlanta, Georgia, (Sports Authority Field at Mile High - 76 000) Denver, Colorado, (Qualcomm Stadium - 70 000) San Diego, Califórnia, graças o empenho das autoridades local.

Seleção Brasileira em Orlando

A seleção brasileira vai jogar pela Copa América Centenário 2016 em Orlando, no dia 8 de junho. O estádio Orlando Citrus Bowl será sede de três partidas da competição - que comemora os 100 anos da tradicional Copa América -, nos dias 4, 6 e 8 de junho. “Junho será um mês histórico para o futebol na região da Flórida Central, com o início da Copa América e, mais especificamente, a presença da seleção brasileira em Orlando”, disse o prefeito de Orlando, Buddy Dyer. “Nós convidamos os fãs de futebol a juntarem-se a nós no estádio Orlando Citrus Bowl para essa oportunidade única na vida. “

Mais informações em www.ca2016.com.


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

SOLIDARIEDADE SOLIDARITY

Texto: Marisa Arruda Barbosa

44

Fotos: Divulgação

Primeira Igreja Batista da Flórida doa 50 toneladas de águas A sensação é de luto”, descreve a mineira Márcia Teixeira sobre a situação do Rio Doce, depois do rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Samarco na cidade de Mariana. “Todos que têm uma relação com o rio têm essa sensação”. Márcia vive no sul da Flórida há 29 anos, mas seus pais continuaram em sua cidade natal, Governador Valadares. Ela relata que a situação na cidade ainda está difícil. “Quase não tem água da torneira. Minha mãe, que vive em um bairro de classe média alta, disse que foi à lavanderia lavar roupa e

precisou dar meia volta por causa da falta de água. De manhã, pinga um pouco de água, ela corre para tomar banho e encher um balde para usar ao longo do dia”, relata Márcia. Depois de ouvir que sua mãe pagou R$ 25 por um galão de água, Márcia a colocou em contato com a Primeira Igreja Batista de Governador Valadares, que está doando água. A doação de água foi possível devido aos esforços da Primeira Igreja Batista da Flórida, que enviou 50 toneladas a Governador Valadares. A doação, feita em dinheiro, foi enviada para Vitória da

Conquista, na Bahia, de onde saiu a água que chegou à cidade mineira na última semana. O movimento foi feito em parceria com a PIB de Governador Valadares, o pastor Danilo Secon e o pastor Wesley Galvão Porto, da Nova Esperança de Orlando. O frete também foi uma doação de Gideon Almeida, que mobilizou as igrejas da Bahia. Interessados em fazer doações podem procurar pela PIB Flórida (1103 NE 33rd St. Pompano Beach, FL 33064. Tel: (954)783-0119). Cada $10 dólares doados compram 20 litros de água, de acordo com o pastor.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

46

Conheça a programação de ano novo na Flórida Um dos destinos favoritos dos brasileiros durante as férias, a Flórida traz uma intensa programação de celebrações de Ano Novo para quem está em família ou quem busca mais de animação e glamour. Confira tudo o que vai rolar nesse final de ano e escolha a festa ideal para dar boas-vindas a 2016.


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

AGITAR GOING OUT

MIAMI O rapper Pitbull será o anfitrião da festa de

Ano Novo mais esperada de Bayfront Park. A contagem regressiva estará cheia de deliciosas comidas, fogos de artifício e muita música a partir das 20h do dia 31 de dezembro. Outra opção é a comemoração do Biltomore Hotel, que trará dois eventos. Junto com o tradicional Jantar de Gala Dança, será oferecido a "Neverland Bash" para crianças com idade entre quatro e 12 anos, além de serviço de babá para menores de três anos. Para uma passagem de ano diferente, a pedida é o evento Genesis, no The Shore Club. Nele você poderá curtir o melhor de Miami: praia, diversão sol, águas límpidas e muita gente bonita. Este ano trará performance de Karina Iglesias, do programa The Voice, e os DJs Scotty Thompson & Tracy Young. Compre seu ingresso aqui.

ORLANDO O Walt Disney World Resort

tem uma variedade de opções emocionantes para comemorar o Ano Novo. A chegada de 2016 será comemorada com música, festas e entretenimento nos parques Disney´s Hollywood Studios, Magic Kingdom, Epcot e em Downtown Disney. Também há muita animação no Universal Studios. O City Walk contará com fogos de artifício, comida gourmet, música ao vivo , brindes e seis cenários diferentes. Fonte: www.visitflorida.com

47

FORT LAUDERDALE A contagem regressiva Fort Lauderdale

Orange Bowl Downtown é um festival de rua livre cheio de diversão e emoção. Cada ano, foliões embalam o centro para celebrar. As crianças podem se entreter com pinturas faciais, jogos, competições e dança com o DJ. Quando a noite cai, a festa começa para os adultos com música ao vivo.

PALM BEACH Desfrute de música ao vivo no

City Place Plaza, junto com um jantar incrível. A celebração ainda conta com cascatas de neve na praça e muito mais. Confira a lista completa de eventos aqui. Ou, aposte numa experiência gastronômica com o Chef Daniel do restaurante Café Boulud, no hotel The Brazilian Court. Menus de degustação comemorativos serão servidos em dois turnos: o primeiro (17h30 às 18h30) oferece quatro pratos e o segundo (20h às 22h) será mais luxuoso, estilo gala.


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

circulando com paulo corrêa

paulotvtour@gmail.com

BLITZ EM TOUR USA

30 anos DE BLITZ

48


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

49

Para os mais jovens, a Blitz foi criada no Rio de Janeiro, em 1982, incorporando sonoridade a atmosfera das praias do Rio de Janeiro carioca, tornando se uma das mais importantes da geração 80 Com vários shows na Flórida (Jacksonville, Orlando e Miami) e norte do Pais (New York e Boston), a Blitz fez bonito no Café Mineiro Restaurante e Lounge de Orlando em comemoração aos seus mais de 30 anos de formação. A banda Blitz aterrizou em solo americano para sua turnê “30 anos de Blitz” com quase todos da formação original, disse seu band líder Evandro Mesquita que esta à frente nos vocais, guitarra e violão, acompanhado por Juba na bateria, Rogério Meanda na guitarra, Billy nos teclados, Cláudia Niemeyer no baixo e Andréa Coutinho e Nicole Cyrne nos backing vocals, no total de 13 componentes que estão juntos há 10 anos. A grandiosa e bem sucedida produção tem as assinaturas de Danielle Souza e Abarbarela Productions. Para os mais jovens, e preciso dizer que a Blitz foi criada no Rio de Janeiro, em 1982, incorporando sonoridade a atmosfera praias do Rio de Janeiro carioca, tornando se uma das mais importantes da geração 80. A banda Blitz nasceu dentro do Circo Voador, que lançou uma geração de músicos nos anos 1980, como Titãs e Paralamas do Sucesso. Liderada pelo músico, compositor e ator Evandro Mesquita, remanescente do grupo teatral “Asdrúbal Trouxe o Trombone”, a Blitz se consagrou por fazer uma música meio cantada, meio falada, cheia de swing e letras divertidas. A Blitz sempre muito lembrada por sucessos, como “A dois passos do paraíso”, “Você não soube me amar”, “Mais uma de amor” e “ Beth Frigida”, entre outros sucessos sempre com acordes e voz do Evandro Mesquita e sua trupe que fizeram a festa com as melhores memórias de uma grande época do rock brasileiro.

Na próxima página, acompanhe flashs do Marcelo Fernandes no evento no Café Mineiro Restaurante e Lounge em Orlando


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

circulando

50

com paulo corrêa

paulotvtour@gmail.com

A banda BLITZ chegou matando a saudade das musicas que embalaram muitos romances e baladas dos anos 80 e 90

A banda BLITZ com as produtoras da Abarbarela Productions


AGITAR GOING OUT

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

51

O Fotografõ Marcelo Fernandes (terceiro da esquerda) entre a banda BLITZ e as produtoras do evento

Sucesso absoluto!!!

Evandro Mesquita, band líder da Blitz, interagindo com seu público Fiel

Evandro Mesquita entre os comandantes do Café Mineiro, Daniel Aredes e o seu chefe de atendimento

A banda Blitz promete voltar aos EUA para uma nova Turnê


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

52

Câmara pode bloquear a vinda de refugiados


PASSEAR IN TOWN

REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

A Câmara dos Representantes, de maioria republicana, aprovou no dia 20 um projeto de lei que suspenderia o acolhimento dos refugiados sírios e iraquianos, até que agências chave de segurança nacional certifiquem que eles não representam um risco à segurança nacional. O texto foi aprovado com o apoio da maioria republicana e uma parte dos democratas, por 289 votos contra 137, , com 47 democratas se unindo a 242 republicanos a favor da medida, mas ainda precisa ser analisado pelo Senado. A Casa Branca assegurou que o presidente vetará o texto, mas este voto é uma expressão da rejeição súbita à onda de refugiados da Síria que ganhou todo o país após os ataques em Paris. A Câmara tenta, desta forma, bloquear o plano do governo de acolher 10 mil refugiados sírios durante o próximo ano até que o FBI e os serviços segurança verifiquem os antecedentes dos solicitantes de asilo, o que pode exigir meses ou até anos. A administração do presidente Barack Obama tem repetido que o procedimento de seleção entre os refugiados nos cam-

53

pos da ONU na Turquia, Jordânia e Egito é bem amplo, e a prova disto é que apenas 2 mil refugiados já obtiveram visto. Em visita ao exterior, o presidente defendeu o programa dizendo que os oponentes republicanos estão com medo de “viúvas e órfãos”, dizendo que não é possível tomar boas decisões se elas forem baseadas em “histeria e exagero dos riscos”. O porta-voz da Câmara, Paul Ryan disse a repórteres que “isso é urgente. Não podemos e não deveríamos esperar para agir, não quando a nossa segurança nacional está em jogo”. Fonte: GazetaNews.com


REVISTA CLIPPING ON RADIO ORLANDO NEWS.COM SEGUNDA, 07 A 21 DE DEZ.2015

IMIGRAÇÃO IMIGRATION

54

A Radio Orlando News.com convidou o advogado de imigração Young J. Kim da Stronghold Law P A, a responder algumas dúvidas dos nossos ouvintes / leitores. Se você esta com dúvidas sobre imigração, envie as suas perguntas para o e-mail do nosso site, que ele responderá.

Paulo Ribeiro Santo André –São Paulo

Young J. Kim da Stronghold Law PA

Assunto: Viver nos EUA

Fábio Barreto Toledo - Paraná

Young J. Kim da Stronghold Law PA

Assunto: Menor de idade

Estive esse ano a passeio nos EUA com a família. Todos nós estamos à procura de uma possibilidade de um permit de trabalho. Temos o visto de turista com a validade de 10 anos. Estamos à procura de uma forma de se legalizar. Eu estou finalizando minha graduação. Outra pessoa da família é empresário no Brasil, mas estamos disposto a começar a vida aí..

Advogado Young J. Kim: Existem algumas maneiras para imigrar para os EUA, mas nenhuma delas é imediata e todas estão vinculadas a um tipo de processo, seja de investidor, trabalho ou através de um familiar americano (cônjuge, mãe, filho). Existem vistos de trabalho, uma vez que você termine seus estudos, como também existem

Em 2016 vou fazer uma viagem turística para a Flórida sem meus pais, porém, terei 20 anos. Gostaria de saber como funciona esse processo de maior idade são 21 anos?

Advogado Young J. Kim: Fique tranquilo, nos EUA, é considerado maior de idade com 18 anos . Você poderá tentar um visto se onde você mora for permitido você viajar sozinho.

Atenção: Se proteja contra fraude. Certifique-se sempre que você está consultando um advogado para as suas perguntas sobre imigração, porque somente um advogado pode representar-lo durante seu processo imigratório.


21.DEZ.2015

imagem da semana

ON

DESCRIÇÃO:

POR DIVULGAÇÃO

A Magia do Natal Encantado na Disney


Abraçe essa ideia junto com a Revista Clipping ON. E contribua pelo site Leve Vida A Quem Precisa.

http://www.hcancerbarretos.com.br R. Antenor Duarte VilĂŠla, 1331 - Dr. Paulo Prata, Barretos - SP, 14784-400 (17) 3321-6600

Revistaclipping on 15webdigital  

Revista Clipping ON Edição 15 Uma revista feita para você brasileiro que mora em Orlando. Lazer, Cultura, Entretenimento e Turismo. Diretor:...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you