Page 1

Ficha de Trabalho – Movimentos retilíneos e leis de Newton 1. Um corpo, inicialmente em x = -4,0 m, movimenta-se de acordo com a seguinte lei das velocidades: v x = 3.t – 5,0 (SI) Indica, para este movimento, 1.1.

a lei das posições.

1.2.

A componente do deslocamento no intervalo [0,0; 3,0] s.

1.3.

a distância percorrida no intervalo referido anteriormente.

1.4.

A “classificação” do movimento nos instantes 1,0 s e 2,5 s.

2. Um esquiador de 70,0 kg, deixa-se escorregar de uma pista com inclinação de 37,0º, em relação à horizontal, percorrendo nesta uma distância de 15 m. No final da pista há uma zona horizontal com atrito, sendo a intensidade da força de atrito 15% do peso. Calcula para o esquiador: 2.1. o módulo da aceleração na pista inclinada; 2.2. o módulo da aceleração no plano horizontal; 2.3. o tempo que demora a atingir a base da pista; 2.4. a distância, na horizontal, percorrida, até parar. 3. Uma bola de 150 g é largada de uma altura de 3,0 m. Em simultâneo, uma bola de 250 g é lançada, do solo, para cima, na vertical, com uma velocidade inicial de 10 m/s. Considerando como origem o solo e o sentido positivo do referencial “para cima”, Indica. 3.1. As leis dos movimentos das bolas; 3.2. o instante e a posição em que cruzam; 3.3. o(s) instante(s) em que distam 1,0 m; 3.4. o tempo, após a chegada da 1ª bola, que a 2ª bola leva a atingir o solo.


4. A figura representa dois corpos (A e B) ligados por uma corda inextensível, de massa desprezável. Sabendo que m A=1,5 kg , que a corda e a roldana têm massas desprezáveis, que quando A é largado percorre 1,0 m no 1º segundo do movimento, calcula:

4.1. o valor da aceleração dos blocos; 4.2. a tensão da corda; 4.3. a massa de B.

ExerciciosMovimentos_e_2leiNewton  

3.1. As leis dos movimentos das bolas; 1.3. a distância percorrida no intervalo referido anteriormente. 2.3. o tempo que demora a atingir a...