Issuu on Google+

N° 14 - Set/Out - 2011

Vila Verde em ação! Atividades esportivas, de lazer e sociais agitaram o condomínio

Festa da Primavera - Comunidade - Meio Ambiente - Nota


Nota

Faltou luz no dia 20 de outubro no Vila Verde. Não foi um galho que rompeu um fio, não foi reparo na rede elétrica, não foi mais uma daquelas noites de forte tempestade. Faltou luz, mas era dia. E a maioria das pessoas, atarefadas no seu dia a dia, não percebeu. Pode ser que demore, mas o tempo vai nos fazer sentir falta dessa energia contagiante que passou a cuidar de todos nós, durante um curto, mas significativo período da nossa história. Fica difícil acreditar que precisou ser assim: rápido e marcante. Mas quem sentiu pôde afirmar que era boa a energia. Legítima a intenção. Como um bom enxadrista, começou como peão. Foi fiel e fiscal como um bispo. E se tornou rei. Fica difícil acreditar que o destino agora o derruba do cavalo e tomba as peças do nosso tabuleiro. Seu exército está frágil e incrédulo. Como tão nobre cavaleiro pôde ser derrotado? A ti, meu caro amigo, deixo meu respeito. A seu pedido, levanto as peças e sigo para uma nova partida. Homenagem e agradecimento da diretoria da Associação dos Amigos do Vila Verde ao Vice-Presidente Ricardo Rudge Ramos.

2 Expediente: A Revista Vila Verde é um veículo produzido pelo Conselho Diretor da Associação dos Amigos do Vila Verde. Essa publicação não se responsabiliza por idéias ou conceitos emitidos por pessoas que não sejam do Conselho. Distribuição Gratuita. Administração: Estrada da Boa Vista, s/n°, Itapevi, SP, CEP 06670-330 - Tel/Fax: 4145-1300 / 4145-1311 e-mail vila-verde@vila-verde.org.br - Jornalista Responsável: Paulo Ishimaru - MTB: 53.592


Obras Empenho 3 – Manutenção nos asfaltos das Alamedas Cambarás, Caneleiras, Ingás, Jequitibás, Manacá da Serra, Orquídeas, Paineiras e Sabiá; 4 – Passagem para animais na Pau Brasil; 5 – Escada na Área de Lazer; 6 – Piso Intertravado na Área de Lazer e Fotos: 1 – Manutenção na Estação de nova iluminação; 7 – Escada hidráulica na Tratamento; 2 – Monitor de identificação; Caneleiras; 8 – Recinto de aves. 1 2 As obras realizadas no Vila Verde, além de melhorarem a estrutura dos moradores e funcionários, são projetadas para aumentar a segurança, como é o caso da iluminação e instalação de câmeras de monitoramento na área de lazer.

3

4

5

6

7

8

3


Comunidade alunos especiais do Centro Municipal de Educação Básica - CEMEB Prefeito Romeu Manfrinato.

Visita CEMEB Nos dias 19 e 20 de setembro, durante a III Semana de Educação Ambiental promovida pela Prefeitura de Itapevi, o Vila Verde recebeu a visita de 72

Os alunos visitaram o Centro Cultural do Vila Verde, tiveram contato com as peças biológicas do acervo e fizeram um passeio ecológico monitorado. O condomínio ofereceu um café da manhã para os alunos que posteriormente acompanharam o manejo de tucanos-dobico-verde e de um sabiá-poca na área de soltura do Projeto ASAS. O término das atividades foi marcado pelo plantio de 50 mudas de árvores nativas. Essa é mais uma atividade integradora entre o Vila Verde e a comunidade de Itapevi.

Ação Social No dia 25 de agosto, o Vila Verde fez a doação de computadores à Cooperativa de Produção dos Catadores de Materiais Recicláveis de Itapevi – CMR, localizada no bairro de Santa Rita. A cooperativa, que realiza a coleta do material reciclável do Vila Verde, infelizmente, foi vítima de um furto onde toda sua estrutura de escritório e apoio foi roubada. A doação ajudou a instituição a se reestruturar e continuar com um belo trabalho que emprega atualmente 20 trabalhadores. De acordo com Rosa Maria Araujo dos Santos, diretora da CRM, as atividades da cooperativa iniciaram com a coleta de 4

material do Vila Verde e do condomínio Nova São Paulo: “Começamos do zero e graças a esses condomínios o trabalho pode ser viabilizado”. Rosa afirma que ainda há muito potencial de coleta no Vila Verde, onde mensalmente quase duas toneladas de materiais reciclados são recolhidos. “A média de material subiu com a construção da nova área de coleta do condomínio, próxima à portaria 2”, relata. Com essa parceria, o Vila Verde minimiza os danos ambientais causados pelo lixo sem o devido destino e contribui diretamente para o trabalho social desenvolvido pela cooperativa.


Jurídico Departamento Jurídico O Departamento Jurídico da Associação dos Amigos do Vila Verde informa aos proprietários de lotes do Loteamento Vila Verde, que a decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal acerca da inconstitucionalidade da arrecadação mensal em associação de moradores, não deve afetar o Vila Verde, à medida que existem, no caso desse Loteamento, algumas peculiaridades que garantem a manutenção da obrigatoriedade da contribuição. Entre os pontos mais expressivos está a Lei Municipal nº 1.238 de 1995, a qual dispõe sobre a desafetação de bens públicos situados no Loteamento Vila Verde e a

concessão de direito real de uso à Associação dos Amigos do Vila Verde. Há ainda, corroborando com o escopo acima, a associação voluntária da grande maioria dos proprietários de lotes situados no Loteamento Vila Verde, a qual garante a Associação dos Amigos do Vila Verde o direito à arrecadação mensal dos valores necessários à manutenção do Loteamento, em detrimento do enriquecimento ilícito, amplamente combatido em nossos Tribunais. Adriana Mallegni

Meio Ambiente Referência regional O Vila Verde, através do Projeto ASAS, tem se firmado a cada ano como referência regional em projetos de manejo e soltura de animais silvestres. Além do projeto, a fauna da região tem atraído pesquisadores e observadores de animais. Atualmente, cientistas do Instituto Butantã realizam uma importante pesquisa nas dependências do condomínio. Eles estão coletando carrapatos e amostras de sangue de animais silvestres para verificarem a ocorrência de microorganismos potencialmente transmissores da chamada Síndrome Baggio-Yoshinari (SYB). O objetivo da pesquisa é identificar o

agente causador da SYB para a elaboração de métodos de controle epidemiológico. O Vila Verde também recebeu, no mês de setembro, a visita de observadores do Centro de Estudos Ornitológicos – CEO, os quais fizeram um levantamento da avifauna do condomínio, sendo um estudo fundamental para aprimorar os trabalhos de soltura e monitoramento realizados pelo Projeto ASAS. Diversas espécies, até então ausentes na lista de aves, foram catalogadas. Em apenas uma visita, a lista de aves observadas dentro do Vila Verde passou de 95 para 127. Esse trabalho exalta ainda mais a importância da preservação da fauna e flora da região.

5


Segurança Controle de Acesso Com o objetivo de atender os moradores que solicitaram esclarecimentos sobre a segurança e o não funcionamento, por alguns dias, do controle de acesso das portarias do Vila Verde, administração e diretoria realizaram no dia 18 de outubro uma reunião aberta para responderem todas as dúvidas dos condôminos.

Ricardo afirma que a fase inicial de implantação do novo sistema serve para realizar os ajustes necessários, sendo que, em alguns momentos, o sistema deve ser reiniciado e atualizado para garantir seu pleno funcionamento.

Na reunião, foi informado todo o processo de implantação do novo sistema de segurança e detalhes das obras de infraestrutura realizadas nas portarias I, II e III. Também foram definidas datas para o término da instalação das novas câmeras de monitoramento e das obras.

• A administração informa que a abertura das cancelas é realizada pelo porteiro após confirmação da foto e identificação do morador, através do sinal de leitura de proximidade do cartão de identificação. Um alerta é emitido pelo sistema, caso alguma divergência seja verificada.

Todas as mudanças visam melhorar as condições de estrutura e tecnologia para a o aumento da segurança no Vila Verde, desejo da maioria absoluta dos moradores. A reunião teve a presença do gerente de segurança Ricardo Souza e do diretor operacional da empresa Execução Segurança, ambos responderam aos diversos questionamentos realizados. De acordo com o gerente de segurança Ricardo, vários moradores se recadastraram devido à nova tecnologia, “conforme informado na reunião, o sistema de controle de acesso com exibição das fotos dos moradores, já está em funcionamento desde o dia 30 de outubro passado, gerando mais de 25 visitas à administração, só na primeira semana, para regularização e atualizações das fotos cadastradas nos cartões de acesso”.

6

Esclarecimento

• Quando o cadastro está completo, a foto do morador proprietário do cartão aparece em ponto maior na tela do computador, além das fotos dos demais cadastrados no mesmo endereço e de seus nomes, que aparecem no mesmo módulo de informação. • Para evitar transtornos, a administração pede a atualização urgente dos moradores que ainda não realizaram o recadastramento de informações e fotos. A administração do Vila Verde e diretoria contam com a colaboração dos moradores nesse momento de ajustes e atualizações necessárias do sistema. Todo morador que tiver alguma dúvida será prontamente atendido pela administração.

Treinamento da equipe de vigilância e porteiros realizados nos dias 27 e 28 de outubro


Festa da Primavera Festa da Primavera No dias 24 e 25 de setembro aconteceu a Festa da Primavera do Vila Verde. Nessa edição ocorreram atividades recreativas para as crianças, palestras, enterro da Cápsula do Tempo, praça de alimentação, comércio de flores e produtos e o plantio de 50 mudas de árvores frutíferas. Na

tarde de 25, moradores puderam fazer um passeio de observação de pássaros acompanhado de um especialista em estudos ornitológicos. As atrações musicais ficaram por conta do grupo musical Nosso Som, do cantor Carlos Madia e do Quinteto da Vila.

7


Esportes Torneio Interno de Tênis Dose Dupla 2011

Foto: Rubens Chaves

De 27 de agosto a 18 de setembro, em mais uma emocionante competição, os tenistas do Vila Verde demonstraram determinação e empenho. O destaque vai para o amigo Valmir que, mesmo classificado na repescagem, superou os vencedores da fase de grupo e sagrou-se campeão. Veja os resultados:

8

Especial A - Campeão: Valmir; Vice: Ferracini Duplas Especial - Campeões: Adriano/ Rubinho; Vice: Valmir/Julio Simples B - Campeão: Wagner; Vice: Rodrigo Duplas Mista “B” - Campeões: Carolina/ Cícero; Vice: Marina/Wagner


Futebol No dia 23 de outubro aconteceu a grande final do Torneio de Futebol Society 2011 do Vila Verde. As equipes que foram denominadas com nomes de países fizeram uma competição empolgante. Na disputa do terceiro lugar, Espanha e Alemanha empataram em 2 x 2. Na disputa

de pênaltis, Espanha ganhou por 4 x 3. Na disputa pelo título, por um placar elástico de 5 x 0 sobre a Inglaterra, a Holanda se sagrou como grande campeã. O torneio foi organizado pelos amigos Rubinho e Hector e teve apoio da administração do Vila Verde.

Lazer

Prefeita e vice-prefeito de Itapevi recepcionam moradores do Vila Verde no passeio ciclístico

Passeio Ciclístico

Na III Semana de Educação Ambiental do Município de Itapevi, no dia 17 de setembro, ocorreu um passeio ciclístico com a participação de mais de 600 inscritos que percorreram um trecho entre a COHAB e a Vila Cardoso. Vários moradores do Vila Verde participaram do evento que contou com o apoio dos colegas Beto, Valdeci, Rogério e Marcelo – que cedeu uma van de sua empresa DSMVANS para transporte

dos ciclistas, e da empresa SCM – que emprestou um caminhão para transportar as bicicletas até o local do passeio. O condomínio também colaborou com as atividades da III Semana Ambiental, apresentando à comunidade a área de soltura da associação. De acordo com a Prefeitura, está previsto a realização do Passeio Ciclístico de Verão em dezembro, que será anunciado em data próxima a sua realização pela Secretaria do Meio Ambiente. 9


Artigo

Flores comestíveis! Após o inverno, época de resguardo e introspecção de todos os seres, começa o período de voltar-se para fora. É na Primavera que as plantas florescem, trazendo também sentimentos de serenidade, coragem e confiança.

Os romanos, por volta de 140 a.C., foram os primeiros a usufruir das flores na cozinha e hoje é o Reino Unido que tem utilizado os sabores de diversas espécies em receitas diferentes e deliciosas. Deixo aqui uma receitinha que veio de lá!

Este é o período onde as espécies se reproduzem e, portanto, quando podemos ver e comer uma grande diversidade de flores!

Salada de arroz com calêndula:

Comer flores não é novidade, brócolis, couve-flor e alcachofra, por exemplo, são inflorescências (ramo) de plantas das quais comemos com frequência. A flor da abóbora podemos comer inteira, até o pedúnculo mais conhecido como cambuquira. Da vinagreira usamos o cálice, das pétalas de rosas faz-se uma geleia incrível. O néctar, a secreção adocicada das flores, que proporciona o sabor agradável ao paladar e os óleos essenciais dão aromas distintos.

• 200 g de ervilha cozida

O importante é que se saiba do histórico de produção, pois somente as flores orgânicas é que mantêm os sabores e não causarão nenhum mal a nossa saúde. A flor é uma parte muito sensível da planta e extremamente suscetível ao acúmulo de químicos. De qualquer modo, é bom saber que cada flor tem um gosto, a capuchinha um pouco amarga, as pétalas da calêndula têm gosto apimentado e a rosa é adocicada. Com a flor da babosa se faz um belo refogado, hibisco e petúnia são comestíveis também. Amor-perfeito além de poder comer, colocada no fundo de xícaras para chá dá um toque especial.

10

• 250 g de arroz • 60 pétalas de calêndula • 30 ml de azeite • 10 ml de vinagre • Sal e pimenta a gosto • 10 folhas de hortelã Cozinhar o arroz e 50 pétalas de calêndula em água com sal. Misturar esse arroz, tingido de amarelo, frio, com a ervilha e temperar com azeite, vinagre, sal e pimenta. Picar o resto de pétalas de calêndula e a hortelã e misturar com o arroz. Calêndula (calendula officinalis): usada como compressa para varizes e contra micoses, estimula o sistema imunológico. Suas pétalas se fecham quando o sol se vai. A produção de flores diminui quando a temperatura se eleva. As sementes devem ser plantadas no início da primavera. Mariane Tomi Sato, formada em artes plásticas, trabalha com arte e alimentação. Pesquisa a comida como cultura e saúde desenvolvendo produtos alimentícios artesanais e orgânicos. Realiza oficinas, palestras e orientações para uma alimentação saudável em parceria com a Ecodaterra – entrega de cestas orgânicas.


Mercado Verde

Anunie aqui! Sua empresa com visibilidade garantida. 4145-1300 / 4145-1344

15


Nosso Olhar

Pica-pau-de-cabeça-amarela (Celeus flavescens). Ave comum em áreas arborizadas do Estado de São Paulo. Ilustração de Fernando Igor de Godoy, biólogo, ornitólogo e ilustrador. Envie seu olhar sobre o nosso condomínio. E-mail: vila-verde@vila-verde.com.br


Revista VV Set-Out-2011