Page 1

Detalhes do jogo São Caetano X Coritiba São Caetano e Coritiba se apresentavam para o confronto com a promessa de repetir o excelente desempenho da primeira rodada, após o primeiro golear o Taboão por 4 à 0 e o outro também golear o CSA por 5 à 1. Enfim, o jogo valia a liderança do grupo V. O técnico Carlão mandou o São Caetano ao campo esse time:

Esquema:

4-4-2 1 Charles Dikens

2 Piolho 7 Felipe

3 Mineiro

4 Alan Brandão 6 Niltinho

5 Neguitinho

17 Ulisses

8 Robinho 11 Fernando 9 Nicolas

Mas a equipe apresentara uma pequena variação tática, muito comum nos times atualmente, de 4-4-2 para 3-5-2. Em alguns momentos do jogo, Neguitinho recuava formando uma linha de três zagueiros.


Já o forte Coritiba começou a partida dessa forma:

Esquema:

4-4-2 1 Victor Brasil 3 William Rodrigues

4 Eberson

2

6 Felipe Ramon

Iago 5 Icaro

21 Gustavo

10 José Rafael

8 Thiago Primão

7 William Henrique 11 Alex

Nos primeiros dez minutos, o Coritiba marcou presença ofensiva, dando sinais de que queria marcar um gol logo de cara. O São Caetano passou poucas vezes do meio de campo, criando jogadas pelo lado direito. Piolho foi acionado na lateral tendo a parceria do Robinho e aproximação de Nicolas, destaque na primeira partida. Mas ameaçou muito pouco o goleiro Victor. Nota do período, o zagueiro Eberson tomou uma pancada forte na cabeça e chegou a ficar desacordado em campo. A partida ficou parada por três minutos. Aos 16, o Coritiba chegou ao primeiro gol, após a defesa do São Caetano marcar bobeira, com dois jogadores do Coritiba desmarcados na área. Por ali Alex dominou a bola e marcou o primeiro gol. Depois de sofrer o gol, o São Caetano chegava de maneira tímida ao ataque. A evidente dificuldade de fazer a saída de bola, o São Caetano perdia a posse de bola quando estava aos pés dos volantes Felipe, Ulisses, ou com os laterais Piolho e Niltinho. Nessa situação, o São Caetano oferecia contra-ataque aos comandantes velocistas Zé Rafael e Thiago Primão do Coritiba.


O São Caetano começou a apostar em jogadas de lançamento direto da defesa ao ataque. Neguitinho por algumas vezes, tentou jogadas de lançamento para o Fernando e Nicolas, que não conseguiam dominar a bola no ataque, sempre bem marcados pelos defensores do Coritiba. Em questão de tempo o Coritiba chegou ao segundo gol, aos 36 e ao terceiro gol, aos 47, ambos com o Zé Rafael. No terceiro gol, desconcentração geral da defesa do São Caetano. Se não tivesse tomado o terceiro gol, a história poderia ter sido diferente. Isso por que após o intervalo de jogo o São Caetano mesmo com a difícil missão de buscar o empate, voltou com disposição. Forçou a marcação do meio de campo e conseguiu pressionar o Coritiba. O gol foi marcado logo aos 4 minutos, após cobrança de escanteio cobrado por Piolho e Alan Brandão cabeceando para de repente marcar o início da reação do São Caetano. Mas o fogo do São Caetano foi apagado aos 13 minutos. O bom lateral esquerdo Felipe Ramon fez boa jogada e entregou a bola ao volante Ícaro, que desmarcado, arriscou um chute de média distância e marcou um belíssimo gol. Depois de sofrer o quarto gol, o São Caetano estacionou definitivamente. O Coritiba teve algumas boas oportunidades de marcar o quinto e até mais gols. O técnico Carlão ainda promoveu substituições colocando em campo os jogadores Willians, Jeferson e Alan. O Coritiba, com grande vantagem, teve a presença em campo, dos jogadores Denner, Felipe Pimentel e William Rocha. No final, o São Caetano ficou na promessa e o Coritiba confirmou a força de um time muito forte no conjunto e nos bons valores individuais. Destaques para Thiago Primão, Alex, Zé Rafael e Felipe Ramon. O São Caetano realmente ficou devendo. O goleiro Charles se apresentou muito inseguro em alguns lances. Nicolas que foi destaque na primeira partida, praticamente não participou do jogo. Niltinho falhou na marcação e não conseguiu produzir ofensivamente. E Ulisses foi muito mal por que perdeu a posse de bola algumas vezes no meio de campo. O Coritiba deve classificar na liderança. Ao São Caetano resta vencer por goleada o CSA para passar à próxima fase, no índice técnico como segundo colocado. Apesar disso, o São Caetano tem boas chances de concretizar isso, pois o CSA é uma equipe muito fraca tecnicamente. Possivelmente, o Coritiba vai longe na Copinha, o São Caetano não.


Detalhe Técnico do jogo São Caetano X Coritiba - 1ª Fase - 2ª Rodada da Copa SP Jr 2012  

Detalhe Técnico do jogo São Caetano X Coritiba - 1ª Fase - 2ª Rodada da Copa São Paulo Futebol Junior 2012

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you