Page 1

11 Ans Après Fotografias/Photographies PAULO ABRANTES

11 Ans Après Paulo Abrantes


2001 “Antes de mais, é preciso tomar em consideração esse conjunto de imagens e de sensações ao qual se reduz inevitávelmente uma viagem no seu imediatismo. Emoções difusas, percepções desordenadas, ideias confusas, fragmentos e pedaços do real sem qualquer relação à partida, a não ser o facto de serem apreendidos em determinado lugar, tempo, hora e sitio. No centro do acontecimento, existe apenas uma multiplicidade de informações vividas em desordem: um amontoado de setas, um rol de solicitações, um grande fogo-deartifício, mas nada de concreto aqui e agora. O corpo abre-se à experiência, regista e acolhe o difuso, o diverso.” *

Pelicula Hilford HP5 Black&White

2


4


5


6


8


11


13


14


15


19


20


21


22


23


24


25


26


27


28


29


30


31


32


33


34


35


36


41


42


44


45


46


48


49


50


51


52


53


54


55


56


59


60


61


62


63


64


“A substãncia   da   recordação   é   aquilo   que   deslumbra   o   espírito   depois   de   abandonada  a  geogra9ia.  Segundo  esta  ordem  de  ideias,  a  memória  trabalha-­‐se  do   mesmo  modo  que  uma  pedra  preciosa  em  bruto  pronta  a  ser  lapidada.”  * *  In  “Teoria  da  Viagem,  Uma  Poética  da  Geogra3ia”,  Michel  Onfray

65


66


LYON: 11 ANS APPRÈS  

Lyon, France.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you