Page 1

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


Sono infantil: como fazer criança dormir Ter um filho é a experiência mais maravilhosa que uma família pode ter, mas um filho que dorme mal trás um duplo dilema: os pais sentem que estão tirando nota ZERO no quesito paternidade.1 Não é à toa que a dificuldade com o sono infantil é uma das maiores reclamações dos pais sobre o comportamento dos filhos nos consultórios pediátricos.1

1. Por que e como se adaptar ao ritmo de sono da criança 1.1 A privação do sono O sono é um dos momentos mais importantes para o perfeito desenvolvimento do bebê e da criança. É nessa hora que eles absorvem tudo o que aprenderam durante o dia. Mas nem sempre os pequenos “dormem como anjinhos”: é bastante comum o relato de pais preocupados com a má qualidade do sono de seus filhos, problema que afeta não só a saúde das crianças, mas também a rotina dos seus cuidadores. Uma criança com dificuldades de sono pode provocar um estresse significativo na família. E se a situação não for resolvida, os efeitos serão prejudiciais sobre o bem-estar físico e emocional da criança e da família. Acordar diversas vezes nos faz ficar apenas em sono leve, reduzindo a quantidade de sono profundo e restaurador de que precisamos para preparar nossas mentes e corpos para os desafios do dia seguinte.1 Privação de sono crônica faz o humor piorar, provoca falhas na coordenação motora, diminui o raciocínio, diminui a resistência a infecções e favorece o ganha de peso. Muitos pais, com frequência, acreditam que o seu filho tem um sono de má qualidade e que não há nada que possam fazer quanto ao isso.2 Esses pais se sentem imensamente frustrados, impotentes, aborrecidos e irritados. Levantar da cama repetidas vezes e perder uma grande parte do sono faz com que as atividades durante o dia sejam prejudicadas. Além do que, a disposição e a interação com a criança durante o dia estarão cercadas de frustração e fadiga.2 1.2 Tabela de sono Cada criança é diferente, há algumas que precisam dormir mais que outras. A quantidade média de sono para crianças depende da idade e estão demonstradas na tabela abaixo.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


Idade 1 mês 3 meses 6 meses 9 meses 12 meses 18 meses 2 anos 3 anos 4-5 anos Pantley, E. 2003.

Durante a noite 8-10h 10-11h 10-11h 11-12h 11-12h 11-12h 11-12h 11h 11h

Durante o dia 6-7h (3-4 sonecas) 5-6h (3-4 sonecas) 3-4h (2 sonecas) 21/2-4h (2 sonecas) 2-3h (1-2 sonecas) 2h (1 soneca) 1-2h (1 soneca) 1-11/2h (1 soneca) 0

Total 15-16h 15h 14-15h 14h 13-14h 13h 13h 12h 11h

1.3 Planejando o pós-parto Importante definir antes da chegada do bebê: • Quem irá ficar responsável pela alimentação da mãe e do resto da família? Uma secretária do lar, um parente ou a avó? • Quem cuidará da limpeza da casa e da lavanderia? • Quem virá cuidar um pouco do bebê durante o dia para que a mãe tire uma merecida soneca? • Qual será o arranjo de cama que seu bebê vai ter? Vai ser a cama compartilhada? Vai ser o berço no seu quarto? Vai ser o berço no quarto do bebê? • Quem poderá ajudar a mãe durante as noites? Para algumas pessoas, ficar acordado à noite é muito difícil. Se a mãe tem muita dificuldade em lidar com a privação do sono, talvez seja bom se preparar e conseguir alguma ajuda. 1.4 O sono do recém-nascido Bebês recém-nascidos dormem cerca de 16-18 horas por dia, distribuídas regularmente em 6 a 7 períodos de sono. À medida que crescem e se desenvolvem, o período de sono diminui; aos 5 anos de idade, dormem entre 10 e 12 horas por dia. Os recém-nascidos precisam mamar a cada duas, três horas, então não se pode esperar que eles durmam a noite toda por meses. É preciso se acostumar com isso e a mãe deve se esforçar para tentar recuperar o atraso de sono toda vez que puder, tirando sonecas enquanto o bebê também dorme. Recém-nascidos (0-3 meses) se sentem confortáveis quando o ambiente parece similar ao ventre materno. Enrolando o bebê, um pouco de balanço, isso tudo faz o bebê se sentir seguro. Uma vez que o sono começa a ter um padrão e os bebês podem ficar mais tempo sem acordar para mamar (3-5 horas por volta dos 4 meses), pode-se esperar períodos de sono mais longos. Isso pode começar por volta das 6-10 semanas de vida.1 1.5 Como estabelecer bons hábitos de sono para bebês de 0 a 3 meses • Deixe que o bebê adormeça por conta própria Tentar deixar o bebê adormecer sozinho, colocando-o no berço quando parecer cansado, mas ainda estando acordado. Dessa forma, ele vai aprender a adormecer sem que alguém tenha que ficar balançando de um lado para o outro.3 • Ruídos do sono Os bebês quando dormem emitem sons, resmungam, choramingam, choram, mas nem sempre estão acordados. Portanto, é importante não responder a cada ruído de sono. É preciso ouvir e observar o bebê atentamente. Aprender a diferenciar os sons do sono, da fome e do despertar.3

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


• Diferença entre dia e noite Ajudar o bebê a distinguir sono diurno e sono noturno dando um banho toda noite antes de dormir, mantendo as mamadas noturnas silenciosas e tranquilas. Não é preciso fazer trocas de fralda, a não ser que estejam muito molhadas. Caso for realizar a troca, evitar luzes intensas.3 • Não permitir que o bebê tire longas sonecas Se o bebê dormir muito durante o dia, por períodos de 3 a 5 horas consecutivas, acordará com frequência à noite.3 • Ativando o reflexo de calma Usando o casulo, o balanço, o ruído branco, o sugar.3

2. Sono e desenvolvimento da criança 2.1 Como estabelecer bons hábitos de sono para crianças de 4 meses a 5 anos • Organize o dia do bebê Organize os horários das sonecas e da hora da cama. Tente ser consistente e previsível. Não é preciso rigidez, mas mantenha razoavelmente a rotina de horários de forma regular.3 • Corrigir a hora de dormir Crianças exaustas demoram 20% mais tempo para voltar a dormir. Bebês que dormem antes das 21h dormem significativamente mais tempo.3 • Diminuir atividade antes da cama Trinta a sessenta minutos antes de colocar o bebê para dormir, diminuir as luzes da casa, desligar televisão, realizar atividades tranquilas – banho, massagem, contar histórias, música.3 • Objetos de apego Dar um objeto de apego aconchegante e fofinho para ajudá-lo a dormir, lembrando sempre da questão de segurança. Não pode ter partes pequenas, que poderão se soltar, e de preferência que possa ser lavável. 2.2 O sono Quando falamos em sono infantil, nos referimos ao período diurno ou noturno durante o qual a criança descansa, assimila e organiza o que viu e, assim, aprende. Durante o sono há um amadurecimento físico e emocional da criança. O sono restaura o estado de alerta do cérebro e o vigor do corpo. Ou seja, ele melhora a saúde, pois ele fortalece as células de combate a infecções, previne depressão, diminui doenças cardíacas, reduz a obesidade, previne câncer.1

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


2.3 Problemas com a falta de sono Crianças que têm sono interrompido ou insuficiente podem ser menos capazes de inibir suas respostas emocionais. Isto pode torná-las mais propensas a explosões de impulsividade ou violência. Em geral, as crianças em idade escolar que perdem mais de 3 ou 4 horas de sono por dia podem apresentar, a curto prazo: 1- Irritabilidade e impulsividade 2- Falta de atenção e concentração 3- Desânimo, desmotivação e falta de ânimo 4- Baixa tolerância à frustração 5- Cansaço, apatia e esgotamento 6- Deficiência de memória 7- Falta de autocontrole e de atenção 8- Baixo rendimento motor e diminuição dos reflexos 9- Dores de cabeça 10- Propensão a acidentes Pais de crianças pequenas estão sempre com falta de sono, o que acontece mais frequentemente com as mães, podendo afetar a qualidade do relacionamento afetivo do casal. 2.4 Ciclo circadiano Os ritmos circadianos são mudanças físicas, mentais e comportamentais que seguem um ciclo de 24 horas, respondendo primeiramente aos estímulos de claridade e escuridão no ambiente de um organismo. O relógio biológico controla os ritmos circadianos. 3 A luz é a principal influência nos ritmos circadianos, ligando e desligando genes que controlam os relógios biológicos. Os ritmos circadianos são importantes para determinar padrões de sono dos humanos. O relógio biológico central controla a produção de melatonina, um hormônio que nos faz sonolentos. Estando localizado acima dos nervos óticos, que enviam informações dos olhos para o cérebro, recebe informação sobre a luz exterior. Quando há menos luz – como a noite – há informação para o cérebro para produzir mais melatonina, assim ficamos sonolentos. 2.5 Hormônios do sono Nosso organismo não consegue se livrar dos hormônios nem para adormecer, nem quando está dormindo e nem para acordar. Se essas substâncias produzidas pelas nossas glândulas não funcionarem adequadamente, nosso sono não será reparador. E isso vale não só para nós, adultos, mas principalmente também para as crianças. Não dormir direito, em longo prazo, pode comprometer seriamente a saúde, uma vez que é durante o sono que são produzidos alguns hormônios que desempenham papéis vitais no funcionamento de nosso organismo.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


• MELATONINA A melatonina é um neuro-hormônio relacionado à regulação do sono, produzido por uma pequena glândula que se chama pineal, que fica atrás dos olhos. Sabe-se que essa glândula pineal não é bem desenvolvida em bebês e isso faz com que a sua melatonina seja fabricada de forma muito irregular. Assim, seu sono é muito imprevisível e os bebês podem dormir de dia e ficar acordados durante grande parte da noite. A melatonina é produzida no escuro, ou seja, à noite, e sua liberação começa logo que fechamos os olhos. O adolescente e o adulto jovem têm o ápice da produção da melatonina e vai caindo depois dos trinta ou quarenta anos, chegando à terceira idade no seu mais baixo nível. Isso pode explicar porque as pessoas mais idosas podem apresentar mais dificuldade para adormecer. Se a luz atrapalha o sono por inibir a liberação de melatonina, colocar uma lampadinha ou uma luz para que a criança durma pode interferir de forma negativa dependendo da sensibilidade da criança. Comer uma refeição rica em carboidratos, tomar um banho quente também pode aumentar a secreção de melatonina e favorecer o sono. • GH – HORMÔNIO DO CRESCIMENTO Na infância cerca de 90% do hormônio do crescimento é liberado durante o sono e crianças que têm dificuldade para dormir têm mais chance de ter problemas no seu desenvolvimento físico. Ele é o hormônio responsável não só pelo crescimento da criança, mas também ajuda a manter tônus muscular, evita o acúmulo de gordura e a fragilidade de ossos, dando mais disposição. 2.6 Ciclo de sono adulto Uma vez que adormecemos, o ritmo circadiano dá lugar a outro ciclo, que irá organizar e orquestrar nosso sono, as flutuações entre sono REM e NÃO-REM (NREM). O sono REM é a fase dos movimentos oculares rápidos, é a fase ativa do sono, em que o cérebro permanece ativo, é a fase dos sonhos, a respiração fica irregular, o rosto faz caretas, os músculos estão relaxados e moles. Já o sono NREM é a fase tranquila e profunda do sono. E também a mais longa. No adulto, a cada 90 minutos há um ciclo completo, passando do sono leve para o profundo, depois retornando ao sono leve, ou mesmo um despertar leve. A cada noite, os adultos passam por volta de 75% do seu sono no modo NREM, restaurando e revigorando corpo e cérebro.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


Fonte: http://www.portugal-linha.net/arteviver/disturbios.htm

2.8 Ciclo de sono infantil O ciclo de sono infantil dura de 45 a 60 minutos. Bebês passam 50% em NREM e 50% em REM. Ou seja, a criança tem 5 vezes mais sono REM (8 horas para crianças e 1,5 horas para adultos). Crianças vão direto para sono REM para processar a caixa de memória. Por isso precisam de mais horas de sono e precisam dormir de tempos em tempos (dia e noite).3 Conforme o bebê vai crescendo, o normal é que os sonos REM vão diminuindo e os NREM vão aumentando.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


3. Segurança no ambiente de sono

“Por mais cansados que estejam, por mais tentadora que a situação pareça, esteja certa de que a segurança do bebê está acima de tudo.”3 3.1 Síndrome da morte súbita A Síndrome da morte súbita é inexplicável, os cientistas ainda não conseguiram encontrar a causa definitiva. Ela acontece entre 1 mês e 1 ano, mais frequentemente entre 1 e 4 meses. As pesquisas revelam alguns fatores que podem reduzir este risco: 3 1. Colocar o bebê para dormir de barriga para cima 2. Amamentação por pelo menos 6 meses 3. Bebês dormindo no quarto dos pais nos primeiros 6 meses 4. Não realizar cama compartilhada até os 4 meses 5. Fortalecer as costas e pescoço do bebê com exercícios – colocando-o de bruços sob supervisão de um adulto 6. Evitar o superaquecimento 7. Evitar o uso de cobertores e bichos de pelúcia felpudos no berço 8. Evitar uso de travesseiros 9. Evitar uso de protetores de berço 3.2 Precauções gerais para cama compartilhada 1. A melhor opção é colocar o colchão no chão 2. Colchão firme, plano e regular 3. Lençóis bem preços e esticados 4. Se a cama estiver encostada a parede ou móveis, verificar se não há vão onde o bebê pode ficar preso 5. O bebê deve ficar entre a mãe e a parede 6. Jamais dormir com a criança após a ingestão de bebida alcoólica 7. Nunca deixe o bebê sozinho na cama do casal 8. Não dormir com roupas que tenham cordões ou fitas longas

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


3.3 Modelos de cama co-sleeper

Onde comprar Co sleeper no Brasil: - http://www.mamybaby.com.br - http://www.aptotrading.com.br/ - http://www.aptotrading.com.br

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


4. Os principais problemas de sono infantil 4.1 Como identificar problemas de sono Cuidado para não se confundir. Se seu filho se recusa a ir para a cama antes das 23h, não quer dizer que ele não precise de tanto sono. Pense nas seguintes perguntas para saber se ele está dormindo o suficiente: • Seu filho sempre dorme quando anda de carro? • Você precisa acordar seu filho quase todo dia de manhã? • Ele fica irritado, nervoso e manhoso durante o dia? • Certas noites, seu filho "desmaia" muito mais cedo que o horário normal? As crianças devem adormecer rapidamente, dormir bem à noite, acordar espontaneamente (ou pelo menos com facilidade) pela manhã e tirar uma soneca somente conforme seja adequado para a idade. Se elas fazem todas essas coisas e atuam bem durante o dia, então, provavelmente, estão dormindo o suficiente.2 4.2 Principais problemas de sono • Demora muito tempo para adormecer • Acorda muito cedo • Acorda com frequência durante a noite • Não faz soneca ou, quando faz, é muito curta 4.3 Dicas para melhorar o sono na hora da cama Tente fazer com que o ritual não seja muito longo. Cerca de meia hora já é suficiente, sem contar o banho. Assim, você conseguirá repetir o processo todo dia, mesmo que tenha visitas em casa ou que esteja em outro lugar. A previsibilidade da rotina vai até ajudar a tranquilizar seu bebê se vocês estiverem num ambiente novo.3 Faça o ritual do sono com todo o carinho, mas tenha sempre em mente que sua meta é fazer seu filho se sentir seguro e amado para dormir tranquilo quando você não estiver ao lado dele, coisa que, em algum momento da vida, inevitavelmente vai acontecer. 3 • Esgote as energias da criança Dependendo da criança, pode funcionar deixá-la descarregar toda energia que tiver sobrado do dia, para que depois ela consiga descansar mais tranquila. Você pode experimentar deixála pular, segurando nas suas mãos, ou fazer uma brincadeira mais agitada. Depois, troque a atividade por alguma coisa bem mais calma, como um banho e uma história, para então colocá-la na cama. 5

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


• Use o poder da água A imersão na água morna é gostosa e deixa a criança tranquila para ir para a cama. O banho também é uma ótima chance de os papais participarem mais da rotina do recém-nascido. Agora, se seu bebê fica agitado demais no banho ou simplesmente odeia a banheira, não use essa estratégia. Em vez disso, dê o banho bem mais cedo, e no ritual noturno passe algum tempo juntinho dele ou leia uma história.5 • Faça uma massagem Antes ou depois do banho, você pode massagear seu filho com movimentos suaves e óleo ou hidratante especiais para bebê. Cada criança é de um jeito, e há algumas que simplesmente adoram massagem. Já outras ficam incomodadas. 5 • Cuide da higiene É bom já aderir ao hábito de escovar os dentes desde cedo, pois assim seu filho já se acostuma à rotina da higiene bucal. E, mesmo para bebês pequeninhos, o pijama ajuda a estabelecer a sinalizar a hora de dormir e de acordar para o bebê e para os pais. 5 • Brinque um pouco Fazer uma brincadeira calma na sala ou no chão do quarto do bebê é uma ótima maneira de se divertir com ele antes da hora de dormir. Pode ser uma brincadeirinha simples de esconder o rosto, qualquer coisa que distraia seu filho e não o deixe muito excitado. 5 • Dê boa noite para todos Muitos bebês gostam de ser carregados pela casa ou pelo quarto dando boa noite para tudo e todos que encontrarem pela frente: “Boa noite, palhaço!”, “boa noite, bonequinho!”, “boa noite, Totó!”, “boa noite, papai!”, “boa noite, ursinho!” e assim por diante. 5 • Leia uma história É um jeito clássico de colocar uma criança para dormir. A leitura vai ajudar seu filho a aprender novas palavras. Estudos mostram que a exposição a um grande vocabulário é positiva para desenvolver habilidades linguísticas e até a inteligência. Estabeleça o tempo da história ou qual será o livro, em vez de ler até ele pegar no sono. 5 • Cante para ele Canções de ninar são um método infalível para fazer bebês dormirem, especialmente se acompanhadas de um bom balanço no colo. Se você gosta de ninar seu bebê no colo, cante uma música segurando-o e depois coloque-o no berço acordado e cante mais um pouco. 5 • Dê uma naninha para seu filho “Naninhas” são objetos de estimação que transmitem segurança ao bebê. Pode ser uma fraldinha, um bonequinho ou bichinho de pelúcia. O ideal é que seja um objeto que fique constantemente no berço. Ao se encontrar com ele, o bebê sabe que é hora de dormir. 5 • Não deixe o bebê sentir fome durante o dia Verifique se o bebê está comendo o suficiente durante o dia, sobretudo se é amamentado ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


exclusivamente no seio materno. Para dormir mais à noite, eles precisam se alimentar mais durante o dia.3 • Verifique o conforto noturno do bebê Vestir o bebê de acordo com a temperatura ambiente, tomando cuidado para ele não sentir frio nem calor.3 • A rotina para dormir é importante durante toda a infância Não pense que a rotina é cansativa ou desnecessária. Ela é superimportante para as crianças.3 4.4 Dicas para melhorar o sono das crianças que acordam muito cedo • Ajustar a hora da cama – A maioria dos bebês e crianças dorme melhor e por mais tempo quando vão para cama mais cedo. O relógio biológico do bebê está preparado para dormir a partir das 19h e o das crianças às 20h. Quanto mais exausta está a criança mais cedo será o despertar.3 • O quarto deve ser confortável - Nem muito quente nem muito frio, silencioso e escuro. Se o quarto for muito escuro para a criança, pode ser utilizada uma iluminação noturna, porém mantida durante toda a noite. 3 • Diminuir exposição a luz - Se houver luzes penetrando no quarto provindas da rua ou do sol matinal, uma “dica” simples é usar cortinas pesadas. A exposição à luz matinal, assim como a evitação de luz no início da noite, podem ajudar a ajustar o relógio circadiano. 3 4.5 Dicas para diminuir os despertares durante a noite • De quanto sono uma criança precisa? As necessidades de sono na infância mudam com a idade. O sono diurno diminui até os 5 anos, quando a maioria das crianças deixa de dormir de dia. A necessidade total de sono a cada 24 horas também diminui com a idade. É importante lembrar que, em qualquer idade, as crianças diferem quanto à quantidade de sono de que precisam para ficar descansadas. A pergunta mais importante para a família não é quanto a criança dorme, e sim se ela está descansada durante o dia. • O quarto da criança: oferece um ambiente seguro, protegido e tranquilo para o sono. O local onde a criança dorme pode variar entre as famílias. A “dica” importante a respeito do quarto da criança é que, independentemente de qual seja o local, deve ser um espaço adequado e confortável para o sono. • Estabelecer uma rotina para a hora de dormir. Uma boa rotina ajudará a criança a relaxar e a fazer a transição para o sono. A rotina deve incluir atividades que acalmem e, idealmente, deve ser realizada no quarto da criança. Deve ser iniciada de 15 a 30 minutos antes da hora estabelecida para dormir. Crianças mais novas devem ter uma rotina mais curta. É importante que os pais/parceiros e cuidadores sigam a mesma rotina. Quanto mais regular e previsível for a rotina, mais fácil será para a criança se acalmar e “pegar no sono” na hora de ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


dormir. • Manter um esquema regular. Na medida do possível, os pais devem tentar manter horários de dormir e de acordar compatíveis durante os sete dias da semana. • Ensinando a criança a adormecer sozinha. Um bebê deve ser colocado no berço sonolento, mas ainda acordado. Depois dos primeiros meses de vida, ao invés de amamentá-lo ou alimentá-lo até que adormeça, os pais devem parar de alimentá-lo quando ele já está sonolento, mas não tem mais fome. Quando já está um pouco mais crescido (depois dos 6 meses de idade), o bebê pode ser colocado na cama acordado e os pais podem afastar-se gradualmente, permitindo que ele adormeça sozinho.

5. Sonecas

Entender as necessidades de sono diurno da criança pode ser mais confuso do que entender as do sono da noite. E isso se torna mais difícil ainda se o seu bebê tiver cólicas e/ou refluxo, porque fica fácil confundir os sinais de sono com os desconfortos abdominais que esses bebês sentem. Para crianças mais novas que dormem de dia, é importante manter os horários em um esquema regular. Sempre que possível, o sono diurno deve ocorrer no quarto da criança. Quando já acontece apenas uma vez durante o dia, esse cochilo em geral ocorre depois do almoço. Independentemente do momento em que se iniciou o cochilo, acorde a criança antes das quatro horas da tarde, para que seja mais fácil que ela adormeça à noite. 5.1 Sinais de sono Os bebês normalmente demonstram sinais de sono: • Boceja • Se agita • Se mexe e remexe • Abre os olhos completamente • Faz barulhinhos • Esconde o rosto no peito da mãe • Apresenta movimentos involuntários com os braços e pernas • Esfrega os olhinhos • Puxa as orelhas • Esfrega o rosto • Demonstra menos coordenação de movimentos • Perde interesse pelos brinquedos • Se move para frente e para trás • Cai quando anda ou vai de encontro a móveis ou outras coisas no caminho

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)


5.2 Janelas de sono São os intervalos entre períodos de sono, ou seja, o tempo que o bebê consegue ficar acordado entre os períodos de sono contando dia e noite. 0 a 1 mês – até no máximo 40 minutos 1-2 meses – até no máximo 40-60 minutos 2-3 meses – até no máximo 60-80 minutos 3-4 meses – até 60-90 minutos 4-6 meses – até no máximo 1h15min até 1h45min 6-8 meses – perto de 2.5h 8-10 meses – 2 a 3.5 horas Daí para a frente o intervalo não varia mais tanto, fica na média de 3h-3.5h até a criança chegar na fase dos 13-18 meses quando elimina a soneca da manhã e consegue ficar acordada por períodos mais longos.

Referências 1. KARP H. O bebê mais feliz: guia para um ótimo sono. Novo Século, 2013. 2. FERBER R. Bom sono: guia completo para pais, com orientações para os problemas do sono de seus filhos. Celebris, 2008. 3. PANTLEY E. Soluções para noites sem choro: maneiras tranquilas de ajudar o bebê a dormir a noite toda. MBooks, 2003. 4. Wikipedia. Sono. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sono (acesso em 15/3/15) 4. BABYCENTER. Rotinas e rituais para a hora de dormir. Disponível em: http://brasil.babycenter.com/a2400100/rotinas-e-rituais-para-a-hora-de-dormir#ixzz3Tdk2q2md (acesso em 10/3/15)

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “SONO INFANTIL” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

Profile for Paula Taysse

Apostila Sono Infantil  

Apostila Sono Infantil  

Advertisement