Issuu on Google+

SALVADOR, SÁBADO, 27 DE JULHO DE 2013

Xi, ESQueCEu

MEmóriA dE ELEfaNTe

A memória pode ser perdida temporariamente. Essa perda é chamada de amnésia. Isso acontece quando uma parte do cérebro chamada hipocampo é ferida em um acidente, por exemplo. Chemas explicou que a memória também enfraquece quando as pessoas ficam mais velhas. “Os neurônios são células importantes do cérebro. Apesar de termos milhares dessas células, elas morrem com o passar do tempo”.

Não são todas as pessoas que têm facilidade em lembrar corretamente as datas de aniversário dos amigos, os números de telefone ou endereços. Já os elefantes têm ótima memória. Eles são capazes de guardar muitas informações, disse o professor do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP) Gilberto Xavier. “Os elefantes percorrem distâncias enormes e precisam lembrar dos

Por DenTRO dA CABEÇA A memória é uma caixa de guardar lembranças PAULA MORAIS

Responda rápido: qual era a cor da roupa que usou no dia 27 de julho de 2012? Se não foi difícil lembrar é porque você tem boa memória. É nela que as informações e experiências de vida das pessoas são guardadas. O neurocientista Ricardo Chemas disse que o cérebro divide a memória em dois tipos: a de curto e a de longo prazo. A primeira guarda informações por poucos dias ou horas. É por isso que o almoço da semana

CérEbro dE

MÁQUINA

passada já foi esquecido. Já a de longo prazo fica armazenada para sempre. Chemas falou que, normalmente, são lembranças de momentos felizes ou trágicos. “Uma substância chamada adrenalina é liberada no cérebro quando passamos por eventos emotivos. A adrenalina faz com que essas lembranças fixem na memória e nunca saiam”. CABE QUANTO?

O cérebro não tem problema de espaço para

O computador também lembra e esquece informações. É igual às memórias de curto e longo prazo, explicou o professor de engenharia da computação da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Jess Cerqueira.

4e5

lugares para se localizar”. A vantagem é que eles nunca esquecem onde ficam as árvores e água disponíveis para a sobrevivência, explicou o professor. “Todos os animais selecionam o que é bom e ruim para eles. É uma questão de se adaptar ao meio, senão eles não sobrevivem”. Não faz sentido o elefante gravar um número de telefone, por exemplo. Ele não teria nenhuma vantagem com isso.

guardar as informações e lembranças de uma vida. Ricardo Chemas disse que a capacidade de armazenamento é pouco mais de 10 mil gigabytes (GB). É como juntar 200 milhões de músicas mp3, com duração de cinco minutos cada uma, dentro de um pendrive. E, ainda assim, não enche e não trava. Chemas explicou que o ser humano usa apenas 10% de todo esse espaço. “Os outros 90% são para descobrir e aprender novas coisas”.

Pendrive, CDs, DVDs são exemplos de memórias longas, porque os dados não desaparecem quando o computador é desligado. As memórias curtas são diferentes. Elas só são lembradas quando

o aparelho está ligado. A máquina também pode confundir as informações, disse o professor. “A memória se perde quando a energia que faz o computador ligar passa pelo circuito errado”.

Ilustrações Aziz


"Por dentro da cabeça"