Page 1

2º Poema Patrícia Rafaela Lopes Cardoso 14-11-12

Provavelmente deveria de estar a estudar, porém, hoje está com pouca paciência. Não seria um bom dia, reparou nisso logo pela manhã. Quando o viu pensou que fosse melhorar, mas, no entanto pouco se alterou. Aquele sorriso na cara dela não enganava ninguém, era amor. Amor que sentia quando os olhares se cruzavam, quando sentia o coração a palpitar a mil por minuto, quando retribuíam sorrisos no lugar de palavras. Havia dias que só lhe apetecia chorar, Talvez hoje seria um dia desses, Talvez só lhe apetecesse ouvir as palavras vindas dele. Para ela, ele era um tipo de rapaz perfeito. Talvez não fosse perfeito, porque no mundo real a perfeição não existe, mas, aos olhos dela era o rapaz ideal. Ele tinha muitas mais qualidades do que defeitos ou, no entanto ela só via assim. Ele por acaso até é perfeito, carinhoso, querido, Inteligente, esforçado, bonito, simpático e amigo, Entre outas tantas qualidades.

2-Poema  

segundopoema