Page 1

“Química escureceu Van Goghs’’ INFO Exame Online - http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/quimica-causouescurecimento-em-van-goghs-15022011-23.shl (15/02/2011) Inovação Tecnológica http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=reacaoquimica-complexa-destroi-brilho-obras-van-gogh&id=030175110215 (15/02/2011) Bianca Cámara e Isabela F. Souza – 2ºC

Resumo Crítico “Mudanças Imperceptíveis” No século XIX pintores desenvolveram uma tinta amarela brilhante para usá-la em seus quadros. Mas com o passar dos anos muitas telas escureceram. Por ter propriedades tóxicas, o uso da tinta foi proibido. Alguns pesquisadores queriam descobrir as causas da mudança de tonalidade da tinta, então pegaram amostras dos tubos da época e expuseram o material na luz ultravioleta para simular a luz solar. E as amostras mudaram de cor. Com a ajuda de equipamentos, como a luz de síncrotron (um acelerador de partículas), os pesquisadores conseguiram examinar os compostos. Perceberam que um cromo hexavalente foi reduzido para um cromo trivalente, ganhando três elétrons, que possui carga negativa (produzindo uma coloração escura). Para esse processo dá-se o nome de reação de redução, quando há ganho de elétrons e consequente aumento no número de oxidação do elemento (carga do íon Cr, neste caso). A luz síncrotron é eletromagnética, produzida por elétrons de alta energia através de um acelerador de partículas. Abrange também raio-x, luz ultravioleta, infravermelho e a luz visível. Seus raios com ondas fazem com que os pesquisadores descubram o que acontece entre a camada de tinta e verniz.


Essa camada em que a coloração da tinta muda possui nanômetros, que são 0,000001 centímetros (10-6 cm). O pesquisador Koen Janssems afirma que "É uma mistura de sulfato de crômio que é muito sensível à luz solar". A luz do sol penetra apenas alguns micrômetros na tela, que são 0,0001 centímetros (10-4 cm). Os quadros de Van Goghs que possuem esta tinta são as “Margens do Sena”, “Vista de Arles com Lírios”. Esta pesquisa mostra que os processos de redução e oxidação estão presentes no que menos imaginamos e que é possível descobrir como evitar danos na coloração de quadros antigos, como expor o quadro em uma sala escura e acender a luz somente quando há visitação ou analisar outros quadros e ver se há mudanças nas cores também.

Referência Bibliográfica: Aguiari, Vinicius. ‘Química escureceu Van Goghs’ Info Online, 15 fev. 2011, Disponível em: <http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/quimica-causouescurecimento-em-van-goghs-15022011-23.shl> ‘Reação química complexa destrói brilho das obras de Van Gogh’ Inovação Tecnológica, 15 fev. 2011, Disponível em: <http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=reacaoquimica-complexa-destroi-brilho-obras-van-gogh&id=030175110215>

Mudanças Imperceptíveis  

Texto sobre as mudanças causadas por processos químicos em algumas obras de Van Gogh

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you